Manif/Protestos Coletes amarelos

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Fiasco autêntico..Meia duzia..

Na net tudo da a cara e diz que sim.. Na hora H é o que se ve..
Em 1º sempre o grande Sporting!!
Neste país se não forem os partidos ou os sindicatos a organizar manifestações pura e simplesmente elas não acontecem.
A malta é roubada a torto e a direito mas nem pia, seja políticos, banqueiros, etc, o que interessa é malhar no Sporting, vibrar com o Benfica, ver a Cmtv e os programas da TVI. Triste país este.
Neste país se não forem os partidos ou os sindicatos a organizar manifestações pura e simplesmente elas não acontecem.
A malta é roubada a torto e a direito mas nem pia, seja políticos, banqueiros, etc, o que interessa é malhar no Sporting, vibrar com o Benfica, ver a Cmtv e os programas da TVI. Triste país este.

E o que adiantava se tivessem saído 100mil gajos ontem para as ruas? Já dei uma olhada nas medidas que propunham e tirando 3 ou 4 boas o resto parecia saído do programa do BE.  A situação de Portugal resolve-se mesmo é pelo voto.

Com o sistema politico em portugal cada vez estou mais convencido que uma mudança (à séria) passa por novos partidos. Eu para o ano devo votar na Iniciativa Liberal, que apesar de não ser um partido à minha imagem é um claro upgrade ao que temos.

Ora, tendo em conta o que as sondagens nos dão- e agora é a parte onde concordo contigo- os portugueses estão satisfeitos com o que têm tido nas últimas decadas.  Enjoy socialism

Teoricamente podia-se resolver pelo voto sim, democraticamente seria assim, mas votar em quem? Os partidos do sistema estão todos viciados, os que não são do sistema para algum dia lá chegar só conseguem se fizerem parte do sistema viciado, têm de se viciar também. Isto não há volta a dar.
Teoricamente podia-se resolver pelo voto sim, democraticamente seria assim, mas votar em quem? Os partidos do sistema estão todos viciados, os que não são do sistema para algum dia lá chegar só conseguem se fizerem parte do sistema viciado, têm de se viciar também. Isto não há volta a dar.

Não necessariamente. A oligarquia não consegue ser assim tão ágil e capturar novos partidos como captura o PS/PSD  que já existem há decadas.

Existe claramente um sistema oligarquico em PT. Mas não é assim tão monstruoso.
Olha o que o trump fez nos USA. Podemos dizer que ele agora está envolto em vários interesses, mas não chegou lá com a ajuda deles. A hilary era claramente a preferida e dentro dos republicanos havia n candidatos preferidos.
Deixem os tolos comemorar , isso não é nada , ao pé da decisão ontem do Trump de saltar fora da Síria e reduzir a presença a metade no Afeganistão



E a demissão do Mattis a seguir.



É simplesmente o fim para esta Europa.





Se a Europa não quer mudar , vai mudar à força.

Deixem os tolos andarem entretidos com a fraca adesão dos coletes amarelos que o mundo está a mudar debaixo dos nossos pés.

Já há algum tempo.

Sempre tive algum interesse sobre ambas as extremas, mas nunca pensei que ia ver isto "voltar" ao mesmo... e nem 100 anos vão passar.

Uma das coisas que me vai entreter bastante é ver os media sofrer.  :lol:

  São os media que vão sofrer se isto descambar? Que sentimento grotesco...serão os mesmos de sempre a pagarem os excessos de meia-dúzia

O povo sofre sempre, em tempos de paz e em tempos de guerra, assim como nos tempos do entretanto. Aqui Portugal está safo, estamos no canto e não temos recursos, não servimos para absolutamente nada (já nem os Açores).

Ai os media não sofrem nestas alturas? Muito me contas, são logo os primeiros a levar com pressões, e isto nos tempos em que nem havia televisão quanto mais agora, ainda por cima quando a classe se tornou incompetente e tendenciosa.

Tenho pena zero destes filhos da p***. Se fizessem o trabalho deles como deve ser em vez de andar a espalhar propaganda, metade dos extremismos para os quais estamos a caminhar nem existiam, porque educação e informação combatem muita coisa.
Portugalé um país onde 15% da nossa força de trabalho é funcionário do estado, mais 5% são funcionários "indiretos" do estado e outros 10% "vivem" à conta do estado. A somar a isto, temos 50% da população ativa que não paga IRS.

Há pouca margem social para qualquer protesto deste género ter uma forte adesão. Como foi aliás desde o 25 de Abril planeado pela oligarquia politica. Desta forma, conseguem manter a populaça sobre controlo. As únicas manifestações que ocorrem são controladas pelos sindicatos que vivem da função pública & associados. O resto da população, que inclui principalmente a classe média, está asfixiada em impostos e condenada a trabalhar para pagar todo este regabofe.