Marcel Keizer - Treinador do Sporting Clube de Portugal

diogojj e 3 Visitantes estão a ver este tópico.

Era a ladainha do estrangeiro era, viu-se em Tondela (ou melhor, viu-se logo na convocatória).

Eu não tenho dúvidas que a sua posição vai estar dependente daquilo que fizer até ao final da época.Até ao momento demonstrou ser como disse um one trick pony, se vai evoluir mais que isso...veremos.


Sim, é ladaínha.

Como tudo, no estrangeiro há bons e maus treinadores. Ainda não percebi bem onde se insere este. Mas o curriculum é pequenino, para não dizer nenhum, logo a incógnita ainda se torna maior.

Metam cá um bom técnico estrangeiro ( e não falo de guardiolas) e vamos lá ver se come chocolate como este... Acabem com mito do futebol tuga como ciência oculta. Tem as suas especificidades, como o de qualquer país, mas nada que quem acompanha o técnico não possa ajudar a resolver. A equipa não sabe defender, isso não tem nada a ver com ser tuga, chinês ou o raio que o parta. Assim como a convocatória seria "esquisita" em qualquer campeonato do mundo e não só para tondela.

É o que acho, também. Mas quando se é bom, para se mostrar isso mesmo, convém ser protegido pela hierarquia.

Há coisas que me parecem evidentes, como são as lacunas mais óbvias do plantel. Se eu fosse presidente e trouxesse o Keizer, nas circunstâncias que foram, em Dezembro já tinha fechado 2 laterais e um 6, para iniciarem em Janeiro com a equipa. Depois de fechar as necessidades mais urgentes, então, era capaz de brincar aos empréstimos de gajos com 18 anos, de ir buscar um ponta de lança à II Liga, etc..

O certo é que se corre o sério risco de perder mais 1 ou 2 jogos em Janeiro, sem que o plantel tenha sido reforçado. Aliás, os boatos que correm é que podem sair o Dost e o Acuña. E perdendo esses jogos, o treinador é capaz de ficar condenado, sem que tenhamos percebido se o gajo tem ou não tem qualidade. Mas entra na nova época queimado ou, pior, nem sequer a inicia.
"Players lose you games, not tactics. There's so much crap talked about tactics by people who barely know how to win at dominoes." - Brian Clough

"He is a perfect illustration of my constant theme about assembling a team of imperfect players who compliment each other perfectly. Unless he is surrounded by team mates who recognise his strenghts and cover for his weaknesses, his special goal scoring ability will go largely untapped. He needs to to be in the right place at the right time!" - Bob Paisley on John Wark
Era a ladainha do estrangeiro era, viu-se em Tondela (ou melhor, viu-se logo na convocatória).

Eu não tenho dúvidas que a sua posição vai estar dependente daquilo que fizer até ao final da época.Até ao momento demonstrou ser como disse um one trick pony, se vai evoluir mais que isso...veremos.


Sim, é ladaínha.

Como tudo, no estrangeiro há bons e maus treinadores. Ainda não percebi bem onde se insere este. Mas o curriculum é pequenino, para não dizer nenhum, logo a incógnita ainda se torna maior.

Metam cá um bom técnico estrangeiro ( e não falo de guardiolas) e vamos lá ver se come chocolate como este... Acabem com mito do futebol tuga como ciência oculta. Tem as suas especificidades, como o de qualquer país, mas nada que quem acompanha o técnico não possa ajudar a resolver. A equipa não sabe defender, isso não tem nada a ver com ser tuga, chinês ou o raio que o parta. Assim como a convocatória seria "esquisita" em qualquer campeonato do mundo e não só para tondela.

Esse argumento é fácil, tragam o treinador estrangeiro que trouxerem se falhar é porque era fraco...

Não é ladainha é facto, na liga dos chico espertos os estrangeiros são presa fácil.Porque razão será Keizer o único estrangeiro a treinar na primeira liga?

Houve alturas que treinadores estrangeiros proliferavam na nossa liga, mas ao longo dos anos isso foi mudando e os clubes perceberam das notórias dificuldades que os mesmos se deparavam(o risco nesse tipo de apostas deixou de compensar).

Este tipo ficou apresentado no jogo com o Tondela, a falta de noção que mostrou naquela convocatória é suficiente para perceber o quão desfasado está da realidade do futebol Português.

Não basta qualidade, é preciso também doses de ratice para superar as vicissitudes da nossa liga.E nisso um técnico Português vai sempre estar mais apto que um estrangeiro.

Futebol romantico nesta liga?É muito bonito, mas só se o objectivo não for vencer jogos e ganhar títulos.


São despedidos como são os tugas por cá a toda a hora. Se não prestam, e vais me dizer que bom treinador estrangeiro passou pelo Sporting desde Bobby Robson (sim, o Boloni safou-se porque se juntou lá o jardel), é igual serem tugas o estrangeiros. Um bom técnico, e faça-se prospecção de treinadores também, é bom aqui como em qualquer lugar. Um bom técnico, percebe o plantel que tem e tira o sumo possível do mesmo.

Mesmo o porto e as galinhas só têm trazido estrangeiros da treta... Criou-se esse mito, bem patrociando diga-se, que apenas serve para dar trabalho aos treinadores portugueses, sejam competentes ou incompetentes.
Um passado que regressa com a forma de futuro.


Era a ladainha do estrangeiro era, viu-se em Tondela (ou melhor, viu-se logo na convocatória).

Eu não tenho dúvidas que a sua posição vai estar dependente daquilo que fizer até ao final da época.Até ao momento demonstrou ser como disse um one trick pony, se vai evoluir mais que isso...veremos.


Sim, é ladaínha.

Como tudo, no estrangeiro há bons e maus treinadores. Ainda não percebi bem onde se insere este. Mas o curriculum é pequenino, para não dizer nenhum, logo a incógnita ainda se torna maior.

Metam cá um bom técnico estrangeiro ( e não falo de guardiolas) e vamos lá ver se come chocolate como este... Acabem com mito do futebol tuga como ciência oculta. Tem as suas especificidades, como o de qualquer país, mas nada que quem acompanha o técnico não possa ajudar a resolver. A equipa não sabe defender, isso não tem nada a ver com ser tuga, chinês ou o raio que o parta. Assim como a convocatória seria "esquisita" em qualquer campeonato do mundo e não só para tondela.

É o que acho, também. Mas quando se é bom, para se mostrar isso mesmo, convém ser protegido pela hierarquia.

Há coisas que me parecem evidentes, como são as lacunas mais óbvias do plantel. Se eu fosse presidente e trouxesse o Keizer, nas circunstâncias que foram, em Dezembro já tinha fechado 2 laterais e um 6, para iniciarem em Janeiro com a equipa. Depois de fechar as necessidades mais urgentes, então, era capaz de brincar aos empréstimos de gajos com 18 anos, de ir buscar um ponta de lança à II Liga, etc..

O certo é que se corre o sério risco de perder mais 1 ou 2 jogos em Janeiro, sem que o plantel tenha sido reforçado. Aliás, os boatos que correm é que podem sair o Dost e o Acuña. E perdendo esses jogos, o treinador é capaz de ficar condenado, sem que tenhamos percebido se o gajo tem ou não tem qualidade. Mas entra na nova época queimado ou, pior, nem sequer a inicia.


Concordo contigo. Ou então trazia um gajo que não obrigasse a mexer tanto no plantel, mais conservador. Apostou neste, e agora já se lê que reforços depende do jogo com o porto. ***, assim não dura sequer até ao fim desta época.
Um passado que regressa com a forma de futuro.


 O plantel é uma bela m**** e raramente estão todos disponíveis. Esperam o quê? Enquanto não entrarem reforços a sério este plantel não dá para atacar todas as frentes. Vamos dia 9 e até agora nada.
Sócio 103769-0

São despedidos como são os tugas por cá a toda a hora. Se não prestam, e vais me dizer que bom treinador estrangeiro passou pelo Sporting desde Bobby Robson (sim, o Boloni safou-se porque se juntou lá o jardel), é igual serem tugas o estrangeiros. Um bom técnico, e faça-se prospecção de treinadores também, é bom aqui como em qualquer lugar. Um bom técnico, percebe o plantel que tem e tira o sumo possível do mesmo.

Mesmo o porto e as galinhas só têm trazido estrangeiros da treta... Criou-se esse mito, bem patrociando diga-se, que apenas serve para dar trabalho aos treinadores portugueses, sejam competentes ou incompetentes.

Como pode ser mito se depois temos N situações que o comprovam?Não pode ser mito quando a realidade demonstra tal.

E por este andar Keizer vai ser só mais um exemplo das dificuldades natas que o treinador estrangeiro encontra na nossa liga.Tenha ele muita qualidade, alguma ou nenhuma.

Podemos ter uma liga que não vale grande coisa é certo, mas está muito longe de ser um campeonato acessível(de todo mesmo, isto é uma selva).

Ir buscar um treinador estrangeiro para pegar na equipa naquela altura(recomendado por um Médico...brilhante...  ^-^ ) foi uma ideia peregrina.Ou então ainda vamos perceber que o mesmo nunca passou de uma solução só para seis meses, veremos o que dizem depois algumas movimentações estão a ocorrer no clube.

São despedidos como são os tugas por cá a toda a hora. Se não prestam, e vais me dizer que bom treinador estrangeiro passou pelo Sporting desde Bobby Robson (sim, o Boloni safou-se porque se juntou lá o jardel), é igual serem tugas o estrangeiros. Um bom técnico, e faça-se prospecção de treinadores também, é bom aqui como em qualquer lugar. Um bom técnico, percebe o plantel que tem e tira o sumo possível do mesmo.

Mesmo o porto e as galinhas só têm trazido estrangeiros da treta... Criou-se esse mito, bem patrociando diga-se, que apenas serve para dar trabalho aos treinadores portugueses, sejam competentes ou incompetentes.

Como pode ser mito se depois temos N situações que o comprovam?Não pode ser mito quando a realidade demonstra tal.

E por este andar Keizer vai ser só mais um exemplo das dificuldades natas que o treinador estrangeiro encontra na nossa liga.Tenha ele muita qualidade, alguma ou nenhuma.

Podemos ter uma liga que não vale grande coisa é certo, mas está muito longe de ser um campeonato acessível(de todo mesmo, isto é uma selva).

Ir buscar um treinador estrangeiro para pegar na equipa naquela altura(recomendado por um Médico...brilhante...  ^-^ ) foi uma ideia peregrina.Ou então ainda vamos perceber que o mesmo nunca passou de uma solução só para seis meses, veremos o que dizem depois algumas movimentações estão a ocorrer no clube.
O que os factos demonstram é que só se trouxeram treinadores estrangeiros da tanga desde o Robson. Tanto o Porto como o Benfica e até o Sporting (muito pelo factor que disse) já foram campeões com estrangeiros neste milénio.

Além disso, o teu final de comentário só dá força ao que digo. Esta escolha era um tiro no escuro, não havia amostra consideravel, fosse tuga ou holandês.

O que o Sporting precisa é de um bom treinador, infelizmente, ao longo de décadas contam-se pelos dedos, tugas ou não.

Enviado do telele

Um passado que regressa com a forma de futuro.



Além disso, o teu final de comentário só dá força ao que digo. Esta escolha era um tiro no escuro, não havia amostra consideravel, fosse tuga ou holandês.


Mas uns bons resultados foi o suficiente para ver comentários por ai a "destruir" o mito...afinal o treinador estrangeiro funciona!O pior foi quando os treinadores ratos desta liga começaram a topar este tipo(até um José Mota...até esse!).

Os treinadores Portugueses não são a ultima coca cola do deserto, a sua larga maioria até é bastante medíocre.
Mas aqui na nossa liga são verdadeiros ratos, e comem esta estrangeirada de cebolada.Tenha ela muita qualidade ou não.

Não é um campeonato acessível para estrangeiros, e com o passar de anos cada vez se tornou pior para os mesmos.

Dai hoje só termos um a treinar na primeira divisão, as razões para tal são bastante fortes.O risco/recompensa não vale a pena.

Além disso, o teu final de comentário só dá força ao que digo. Esta escolha era um tiro no escuro, não havia amostra consideravel, fosse tuga ou holandês.


Mas uns bons resultados foi o suficiente para ver comentários por ai a "destruir" o mito...afinal o treinador estrangeiro funciona!O pior foi quando os treinadores ratos desta liga começaram a topar este tipo(até um José Mota...até esse!).

Os treinadores Portugueses não são a ultima coca cola do deserto, a sua larga maioria até é bastante medíocre.
Mas aqui na nossa liga são verdadeiros ratos, e comem esta estrangeirada de cebolada.Tenha ela muita qualidade ou não.

Não é um campeonato acessível para estrangeiros, e com o passar de anos cada vez se tornou pior para os mesmos.

Dai hoje só termos um a treinar na primeira divisão, as razões para tal são bastante fortes.O risco/recompensa não vale a pena.
Comem estrangeirada medíocre. Ainda não me deste um nome estrangeiro que não o fosse para o comprovar.

Enviado do telele

Um passado que regressa com a forma de futuro.


O Keizer tá um bocadinho à rasca, mas só tem que ser protegido pq tem qualidade. Senão o protegerem vão vê lo a ganhar noutros lados, como de costume.
E tb como de costume vão deixa lo arder sozinho para não se queimarem. Ninguém põe o clube à frente dos seus interesses. Saudades do maluco.

Onde se assina para trocar este pelo Sérgio Conceição?

Voces são anjinhos, esse arruaceiro no Sporting passaria maior parte do tempo suspenso pela Liga, como acontecia c o JJ que fazia o que queria no benfica, entrava em campo, mandava os arbitros po c.... e aqui lixou-se, voces acreditam mesmo que isto é so uma questão de treinador e jogadores?

Além disso, o teu final de comentário só dá força ao que digo. Esta escolha era um tiro no escuro, não havia amostra consideravel, fosse tuga ou holandês.


Mas uns bons resultados foi o suficiente para ver comentários por ai a "destruir" o mito...afinal o treinador estrangeiro funciona!O pior foi quando os treinadores ratos desta liga começaram a topar este tipo(até um José Mota...até esse!).

Os treinadores Portugueses não são a ultima coca cola do deserto, a sua larga maioria até é bastante medíocre.
Mas aqui na nossa liga são verdadeiros ratos, e comem esta estrangeirada de cebolada.Tenha ela muita qualidade ou não.

Não é um campeonato acessível para estrangeiros, e com o passar de anos cada vez se tornou pior para os mesmos.

Dai hoje só termos um a treinar na primeira divisão, as razões para tal são bastante fortes.O risco/recompensa não vale a pena.
Comem estrangeirada medíocre. Ainda não me deste um nome estrangeiro que não o fosse para o comprovar.

Enviado do telele

Como queres que te dê um nome de um estrangeiro se o último que foi campeão por cá foi salvo o erro o Adriaanse.

Não existe aposta no treinador estrangeiro em Portugal por muito boas razões(facto), e cada vez mais o mesmo vai ser uma raridade por estas bandas.

Esta é a realidade, depois gritasse mito para o ar para ver se pega...  :inde:

Além disso, o teu final de comentário só dá força ao que digo. Esta escolha era um tiro no escuro, não havia amostra consideravel, fosse tuga ou holandês.


Mas uns bons resultados foi o suficiente para ver comentários por ai a "destruir" o mito...afinal o treinador estrangeiro funciona!O pior foi quando os treinadores ratos desta liga começaram a topar este tipo(até um José Mota...até esse!).

Os treinadores Portugueses não são a ultima coca cola do deserto, a sua larga maioria até é bastante medíocre.
Mas aqui na nossa liga são verdadeiros ratos, e comem esta estrangeirada de cebolada.Tenha ela muita qualidade ou não.

Não é um campeonato acessível para estrangeiros, e com o passar de anos cada vez se tornou pior para os mesmos.

Dai hoje só termos um a treinar na primeira divisão, as razões para tal são bastante fortes.O risco/recompensa não vale a pena.
Comem estrangeirada medíocre. Ainda não me deste um nome estrangeiro que não o fosse para o comprovar.

Enviado do telele

Como queres que te dê um nome de um estrangeiro se o último que foi campeão por cá foi salvo o erro o Adriaanse.

Não existe aposta no treinador estrangeiro em Portugal por muito boas razões(facto), e cada vez mais o mesmo vai ser uma raridade por estas bandas.

Esta é a realidade, depois gritasse mito para o ar para ver se pega...  :inde:
Não se apostar é um facto.

Mas a pergunta que fiz é simples e podes responder.

Que treinadores estará gieros passaram por cá nos últimos 20 anos e, desses, qual era o que não passava de banal e perdeu por causa das estraordinarias peculiaridades do futebol nacional.

Podes meter dos rivais e tudo...



Enviado do telele

Um passado que regressa com a forma de futuro.


Era a ladainha do estrangeiro era, viu-se em Tondela (ou melhor, viu-se logo na convocatória).

Eu não tenho dúvidas que a sua posição vai estar dependente daquilo que fizer até ao final da época.Até ao momento demonstrou ser como disse um one trick pony, se vai evoluir mais que isso...veremos.


Sim, é ladaínha.

Como tudo, no estrangeiro há bons e maus treinadores. Ainda não percebi bem onde se insere este. Mas o curriculum é pequenino, para não dizer nenhum, logo a incógnita ainda se torna maior.

Metam cá um bom técnico estrangeiro ( e não falo de guardiolas) e vamos lá ver se come chocolate como este... Acabem com mito do futebol tuga como ciência oculta. Tem as suas especificidades, como o de qualquer país, mas nada que quem acompanha o técnico não possa ajudar a resolver. A equipa não sabe defender, isso não tem nada a ver com ser tuga, chinês ou o raio que o parta. Assim como a convocatória seria "esquisita" em qualquer campeonato do mundo e não só para tondela.

É o que acho, também. Mas quando se é bom, para se mostrar isso mesmo, convém ser protegido pela hierarquia.

Há coisas que me parecem evidentes, como são as lacunas mais óbvias do plantel. Se eu fosse presidente e trouxesse o Keizer, nas circunstâncias que foram, em Dezembro já tinha fechado 2 laterais e um 6, para iniciarem em Janeiro com a equipa. Depois de fechar as necessidades mais urgentes, então, era capaz de brincar aos empréstimos de gajos com 18 anos, de ir buscar um ponta de lança à II Liga, etc..

O certo é que se corre o sério risco de perder mais 1 ou 2 jogos em Janeiro, sem que o plantel tenha sido reforçado. Aliás, os boatos que correm é que podem sair o Dost e o Acuña. E perdendo esses jogos, o treinador é capaz de ficar condenado, sem que tenhamos percebido se o gajo tem ou não tem qualidade. Mas entra na nova época queimado ou, pior, nem sequer a inicia.


Concordo contigo. Ou então trazia um gajo que não obrigasse a mexer tanto no plantel, mais conservador. Apostou neste, e agora já se lê que reforços depende do jogo com o porto. ***, assim não dura sequer até ao fim desta época.

Chama-se navegar à vista. Os reforços dependem do jogo do Porto porquê? É que até dá vontade de rir.

Quero dizer, se calhar até consigo perceber a lógica: se ganharmos contratamos determinado tipo de jogadores; se não ganharmos, não vem ninguém ou seguimos noutro sentido.

Depois, no fim da época, em caso de vitória contra o Porto, temos aí um saco de gajos caros, que têm que ser despachados.
"Players lose you games, not tactics. There's so much crap talked about tactics by people who barely know how to win at dominoes." - Brian Clough

"He is a perfect illustration of my constant theme about assembling a team of imperfect players who compliment each other perfectly. Unless he is surrounded by team mates who recognise his strenghts and cover for his weaknesses, his special goal scoring ability will go largely untapped. He needs to to be in the right place at the right time!" - Bob Paisley on John Wark
Ja se esta a acomodar ao conforto de treinar um clube em tempos grande em termos de ambicao,  e que agora e comodo e sem exigencia de quem gere.

Ta se bem.

Sol, boa comida, gente simpatica...

Sera uma boa experiencia pessoal.
DA RAÇA QUE NUNCA VERGA!

Apesar da croquetada e Varandetes.
De todos os treinadores que tivemos esta época, para mim o mais competente, inteligente e exigente ainda era o que foi corrido antes de começar. Mas o Sousa Cintra precisava de pagar a ajuda do grande agente com aquela amostra de treinador. Agora a época acabou e vejo os apoiantes do Varandas a atacar na televisão do clube, não querem perder a face quando ele for corrido?

Enviado do meu Mi A1 através do Tapatalk

 O plantel é uma bela m**** e raramente estão todos disponíveis. Esperam o quê? Enquanto não entrarem reforços a sério este plantel não dá para atacar todas as frentes. Vamos dia 9 e até agora nada.

Jogamos com um cepo a ponta de lança quando tínhamos acabado de contratar o melhor marcador e ponta de lança da segunda divisão.

Está aqui a diferença para o sérgio conceição, que apostou no Fernando Andrade.
Agora que mais experientes estejamos, mais conhecimentos tamos, melhor também estamos.
Quem aqui vaticina/deseja uma saída do holandês está a pensar de cabeça quente.

Primeiro de tudo, estão mesmo à espera que o Vagandas ou o(s) gajos(s) que lhe puxam os cordelinhos caia(m) no engodo de trocar de treinador do pé pra mão? A menos que haja uma hecatombe de todo o tamanho até meados de fevereiro isso não vai acontecer.

Eu continuo na minha, esta táctica tem lógica e pernas para andar, o problema está nos executantes. Arranjem defesas de qualidade e verão. Nem vou falar do 6 à frente da defesa a servir de tampão, falo mesmo de encontrar defesas rápidos e extremamente disciplinados tácticamente. Actualmente só temos um (Mathieu) que cumpre o requisito. O resto não sabe minimamente o que anda a fazer em campo.

Mas devíamos. Não apenas do 6, mas de todos os que estão à frente da defesa. Porque garantidamente nenhuma defesa no mundo aguenta um jogo sozinha. Não hoje em dia. Se à frente não souberem aguentar a bola, não souberem progredir com a bola e não fizerem nada para impedir o adversário de jogar quando ele ganha a bola, nada feito. E eu vejo isso em campo. Vejo o Sporting não saber progredir com a bola (está pior que inicialmente, parece que os jogadores se cansaram) e não sabe pressionar quando a perde. Não me parece que seja apenas uma questão de dinâmica colectiva, porque vejo ali jogadores que nem me parecem estar ligados ao jogo, seja a atacar, seja a defender.
“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly
#NasciLeãoNãoLampião
- "Basta que os homens de bem nada façam, para que o mal prevaleça"
- "Prefiro morrer de pé a viver ajoelhado"
Meter gelo no incêndio: teve mais ou menos as mesmas derrotas que Peseiro (Braga e Portimão vs Guimarães e Tondela) mas as vitórias foram incomparavelmente mais contundentes. No campeonato, na Liga Europa e nas taças.

Isto sem fazer pré-época nem escolher o plantel (ao contrário do português), que é manifestamente curto.

Da minha parte tem neste momento crédito para montar um plantel à sua imagem e prepará-lo numa pré-temporada, mas naturalmente isso dependerá da evolução que a equipa registar ou não até fim da época.

Todos os treinadores estão dependentes de resultados, sendo que neste caso o contexto é o que é.
Citar
Eurico, o único futebolista que conquistou títulos nos três grandes, considera que o "Sporting tem uma equipa que se baseia muito em jogar quando lhe apetece, um pouco como se passa dentro do clube", enquanto no FC Porto "há disciplina, rigor e cultura de trabalho diário, ninguém mete o pé na argola"
O antigo futebolista entende que os sete triunfos conseguida após a chegada do treinador Marcel Keizer, foram "pantanosas".
"O Sporting é oscilante, não foi muito bom aquelas quatro ou cinco vitorias [sete em todas as competições] para um treinador jovem e novo que não conhece nada do futebol português. Foram vitórias pantanosas, foi a vontade dos jogadores que deu essas vitórias e agora a vontade é menor, já estão mais estabilizados e tranquilos", afirmou

in rascord
#NasciLeãoNãoLampião
- "Basta que os homens de bem nada façam, para que o mal prevaleça"
- "Prefiro morrer de pé a viver ajoelhado"
Meter gelo no incêndio: teve mais ou menos as mesmas derrotas que Peseiro (Braga e Portimão vs Guimarães e Tondela) mas as vitórias foram incomparavelmente mais contundentes. No campeonato, na Liga Europa e nas taças.

Isto sem fazer pré-época nem escolher o plantel (ao contrário do português), que é manifestamente curto.

Da minha parte tem neste momento crédito para montar um plantel à sua imagem e prepará-lo numa pré-temporada, mas naturalmente isso dependerá da evolução que a equipa registar ou não até fim da época.

Todos os treinadores estão dependentes de resultados, sendo que neste caso o contexto é o que é.

Estou de acordo. Keizer de momento ainda tem crédito apesar de alguns sinais pouco favoráveis que mostrou, e dependendo do que fizer até final da época logo dará para ter uma ideia se serve ou não para tocar esta guitarra.
Uma coisa é certa, há ali muito jogador banalissimo que não ajuda, e mesmo os superiores hierárquicos têm demonstrado estar nivelados por os jogadores citados. Resta saber que o treinador está acima da média das gentes com quem trabalha, ou ao mesmo nível.

Sendo bom ou mau, não correndo as coisas como se desejam será o bode expiatório para a sua (in)competencia e a de terceiros!!!