União, Fake News, Comunicação.

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Bruno de Carvalho sempre se queixou dessa falta de militância mas acho que está mais do que provado que é algo que simplesmente não é para este clube.

Durante anos Jorge Nuno Pinto da Costa pintou a manta e nem uma voz no norte se levantou contra ele quanto mais destituições e o catano... aquilo era discursos incendiários todos os dias contra Lisboa e o sul em geral, só queria era ver Lisboa a arder, os super dragões eram autênticas milicias que intimidavam toda a gente, desde árbitros, adversários, jornalistas, etc etc.

Nos vermelhos por estes dias é a vergonha que se vê. Mas também ali está tudo calado à volta do líder.

Só aqui é que se anda sempre em convulsões internas e a bajular fracos, mansos, tachistas, chupistas, etc etc. Assim nunca chegaremos a lado nenhum.

E com muita pena minha, todo o entusiasmo com que vivi o nosso Sporting nos últimos anos desapareceu completamente, já regressei ao modo Godinho Lopes, Jose Eduardo Bettencourt, Soares Franco, etc, ou seja, acompanho claro sempre, mas naquela desportiva de esperar o pior e ficar resignado com ele, já não fico chateado com o insucesso.

O SCP tem um cancro em fase terminal dentro de si: os sócios do clube. Pelas minhas contas, seria necessário expurgar e expulsar de sócio em definitivo entre 10.000 a 15.000 sócios actuais. Isto seria para se voltar a respirar o SCP de 1906. Mas para pelo menos limpar o parasitismo e loserismo crónico, no mínimo entre 2.000 a 3.000 sócios. Eu que nem tenho acesso à BD do clube tenho uma lista com quase 1.500 nomes completamente identificados. É a última esperança do Sportinguismo.
«Já vi o suficiente deste JJ e já lhe tirei as medidas. Com ele, o Sporting não vai a lado nenhum»
@SCP Always in forumscp 22-08-17

Queria aproveitar este momento conturbado e preocupante da vida do nosso Clube para publicamente reconhecer que o amigo tinha toda a razão. Ainda mais do que aquela que na altura todos suponhamos ser possível.
@Toca_do_lobo 18/05/2018
Bruno de Carvalho sempre se queixou dessa falta de militância mas acho que está mais do que provado que é algo que simplesmente não é para este clube.

Durante anos Jorge Nuno Pinto da Costa pintou a manta e nem uma voz no norte se levantou contra ele quanto mais destituições e o catano... aquilo era discursos incendiários todos os dias contra Lisboa e o sul em geral, só queria era ver Lisboa a arder, os super dragões eram autênticas milicias que intimidavam toda a gente, desde árbitros, adversários, jornalistas, etc etc.

Nos vermelhos por estes dias é a vergonha que se vê. Mas também ali está tudo calado à volta do líder.

Só aqui é que se anda sempre em convulsões internas e a bajular fracos, mansos, tachistas, chupistas, etc etc. Assim nunca chegaremos a lado nenhum.

E com muita pena minha, todo o entusiasmo com que vivi o nosso Sporting nos últimos anos desapareceu completamente, já regressei ao modo Godinho Lopes, Jose Eduardo Bettencourt, Soares Franco, etc, ou seja, acompanho claro sempre, mas naquela desportiva de esperar o pior e ficar resignado com ele, já não fico chateado com o insucesso.

O SCP tem um cancro em fase terminal dentro de si: os sócios do clube. Pelas minhas contas, seria necessário expurgar e expulsar de sócio em definitivo entre 10.000 a 15.000 sócios actuais. Isto seria para se voltar a respirar o SCP de 1906. Mas para pelo menos limpar o parasitismo e loserismo crónico, no mínimo entre 2.000 a 3.000 sócios. Eu que nem tenho acesso à BD do clube tenho uma lista com quase 1.500 nomes completamente identificados. É a última esperança do Sportinguismo.

Belo conceito de democracia.
 :venia:
Bruno de Carvalho sempre se queixou dessa falta de militância mas acho que está mais do que provado que é algo que simplesmente não é para este clube.

Durante anos Jorge Nuno Pinto da Costa pintou a manta e nem uma voz no norte se levantou contra ele quanto mais destituições e o catano... aquilo era discursos incendiários todos os dias contra Lisboa e o sul em geral, só queria era ver Lisboa a arder, os super dragões eram autênticas milicias que intimidavam toda a gente, desde árbitros, adversários, jornalistas, etc etc.

Nos vermelhos por estes dias é a vergonha que se vê. Mas também ali está tudo calado à volta do líder.

Só aqui é que se anda sempre em convulsões internas e a bajular fracos, mansos, tachistas, chupistas, etc etc. Assim nunca chegaremos a lado nenhum.

E com muita pena minha, todo o entusiasmo com que vivi o nosso Sporting nos últimos anos desapareceu completamente, já regressei ao modo Godinho Lopes, Jose Eduardo Bettencourt, Soares Franco, etc, ou seja, acompanho claro sempre, mas naquela desportiva de esperar o pior e ficar resignado com ele, já não fico chateado com o insucesso.

O SCP tem um cancro em fase terminal dentro de si: os sócios do clube. Pelas minhas contas, seria necessário expurgar e expulsar de sócio em definitivo entre 10.000 a 15.000 sócios actuais. Isto seria para se voltar a respirar o SCP de 1906. Mas para pelo menos limpar o parasitismo e loserismo crónico, no mínimo entre 2.000 a 3.000 sócios. Eu que nem tenho acesso à BD do clube tenho uma lista com quase 1.500 nomes completamente identificados. É a última esperança do Sportinguismo.

Belo conceito de democracia.
 :venia:

"Não te vi com essa preocupação" nas ultimas eleições.
Bruno de Carvalho sempre se queixou dessa falta de militância mas acho que está mais do que provado que é algo que simplesmente não é para este clube.

Durante anos Jorge Nuno Pinto da Costa pintou a manta e nem uma voz no norte se levantou contra ele quanto mais destituições e o catano... aquilo era discursos incendiários todos os dias contra Lisboa e o sul em geral, só queria era ver Lisboa a arder, os super dragões eram autênticas milicias que intimidavam toda a gente, desde árbitros, adversários, jornalistas, etc etc.

Nos vermelhos por estes dias é a vergonha que se vê. Mas também ali está tudo calado à volta do líder.

Só aqui é que se anda sempre em convulsões internas e a bajular fracos, mansos, tachistas, chupistas, etc etc. Assim nunca chegaremos a lado nenhum.

E com muita pena minha, todo o entusiasmo com que vivi o nosso Sporting nos últimos anos desapareceu completamente, já regressei ao modo Godinho Lopes, Jose Eduardo Bettencourt, Soares Franco, etc, ou seja, acompanho claro sempre, mas naquela desportiva de esperar o pior e ficar resignado com ele, já não fico chateado com o insucesso.

O SCP tem um cancro em fase terminal dentro de si: os sócios do clube. Pelas minhas contas, seria necessário expurgar e expulsar de sócio em definitivo entre 10.000 a 15.000 sócios actuais. Isto seria para se voltar a respirar o SCP de 1906. Mas para pelo menos limpar o parasitismo e loserismo crónico, no mínimo entre 2.000 a 3.000 sócios. Eu que nem tenho acesso à BD do clube tenho uma lista com quase 1.500 nomes completamente identificados. É a última esperança do Sportinguismo.

Belo conceito de democracia.
 :venia:

"Não te vi com essa preocupação" nas ultimas eleições.

Qual preocupação? E quais eleições?
Se vamos expulsar toda a gente que votou na destituição de BdC e toda a gente que votou em Setembro contra a vontade de BdC (que apelou ao não-voto) ficam os sócios menores de idade e os 20 ou 30 gatos pingados que ainda apoiam o ex-Presidente.

Estar a dizer que era preciso limpar 15.000 sócios por se discordar das convicções destes é ridiculamente anti-democrático.

Eu votei PSD nas últimas legislativas. Passos Coelho, embora sendo o mais votado, foi ultrapassado por uma coligação do PS, BE e PCP. Nem por isso me viste aqui numa demanda para erradicar 50% das pessoas deste país por votarem contra a minha opinião.
Bruno de Carvalho sempre se queixou dessa falta de militância mas acho que está mais do que provado que é algo que simplesmente não é para este clube.

Durante anos Jorge Nuno Pinto da Costa pintou a manta e nem uma voz no norte se levantou contra ele quanto mais destituições e o catano... aquilo era discursos incendiários todos os dias contra Lisboa e o sul em geral, só queria era ver Lisboa a arder, os super dragões eram autênticas milicias que intimidavam toda a gente, desde árbitros, adversários, jornalistas, etc etc.

Nos vermelhos por estes dias é a vergonha que se vê. Mas também ali está tudo calado à volta do líder.

Só aqui é que se anda sempre em convulsões internas e a bajular fracos, mansos, tachistas, chupistas, etc etc. Assim nunca chegaremos a lado nenhum.

E com muita pena minha, todo o entusiasmo com que vivi o nosso Sporting nos últimos anos desapareceu completamente, já regressei ao modo Godinho Lopes, Jose Eduardo Bettencourt, Soares Franco, etc, ou seja, acompanho claro sempre, mas naquela desportiva de esperar o pior e ficar resignado com ele, já não fico chateado com o insucesso.

O SCP tem um cancro em fase terminal dentro de si: os sócios do clube. Pelas minhas contas, seria necessário expurgar e expulsar de sócio em definitivo entre 10.000 a 15.000 sócios actuais. Isto seria para se voltar a respirar o SCP de 1906. Mas para pelo menos limpar o parasitismo e loserismo crónico, no mínimo entre 2.000 a 3.000 sócios. Eu que nem tenho acesso à BD do clube tenho uma lista com quase 1.500 nomes completamente identificados. É a última esperança do Sportinguismo.

Belo conceito de democracia.
 :venia:

"Não te vi com essa preocupação" nas ultimas eleições.

Qual preocupação? E quais eleições?
Se vamos expulsar toda a gente que votou na destituição de BdC e toda a gente que votou em Setembro contra a vontade de BdC (que apelou ao não-voto) ficam os sócios menores de idade e os 20 ou 30 gatos pingados que ainda apoiam o ex-Presidente.

Estar a dizer que era preciso limpar 15.000 sócios por se discordar das convicções destes é ridiculamente anti-democrático.

Eu votei PSD nas últimas legislativas. Passos Coelho, embora sendo o mais votado, foi ultrapassado por uma coligação do PS, BE e PCP. Nem por isso me viste aqui numa demanda para erradicar 50% das pessoas deste país por votarem contra a minha opinião.

É a democracia, é uma coisa chata porque se por um lado se dá oportunidade às pessoas de escolher por outro vemos que elas sistematicamente escolhem mal, vemos isso na política portuguesa, vemos isso no nosso sporting.

Curiosamente no "teu" partido lidam muito mal com a mesma, já a Manuela Ferreira Leite em tempos referiu que era preciso instaurar uma ditadura por seis meses para endireitar isto, no domingo passado a propósito da escolha que os eleitores brasileiros fizeram para a segunda volta das eleições Marques Mendes referiu "venha o diabo e escolha".

Curiosamente não sendo nenhum do meu partido porque simplesmente não tenho concordo com ambos.

No Sporting passa-se o mesmo, já se viu que a democracia só nos empurra para baixo.
Bruno de Carvalho sempre se queixou dessa falta de militância mas acho que está mais do que provado que é algo que simplesmente não é para este clube.

Durante anos Jorge Nuno Pinto da Costa pintou a manta e nem uma voz no norte se levantou contra ele quanto mais destituições e o catano... aquilo era discursos incendiários todos os dias contra Lisboa e o sul em geral, só queria era ver Lisboa a arder, os super dragões eram autênticas milicias que intimidavam toda a gente, desde árbitros, adversários, jornalistas, etc etc.

Nos vermelhos por estes dias é a vergonha que se vê. Mas também ali está tudo calado à volta do líder.

Só aqui é que se anda sempre em convulsões internas e a bajular fracos, mansos, tachistas, chupistas, etc etc. Assim nunca chegaremos a lado nenhum.

E com muita pena minha, todo o entusiasmo com que vivi o nosso Sporting nos últimos anos desapareceu completamente, já regressei ao modo Godinho Lopes, Jose Eduardo Bettencourt, Soares Franco, etc, ou seja, acompanho claro sempre, mas naquela desportiva de esperar o pior e ficar resignado com ele, já não fico chateado com o insucesso.

O SCP tem um cancro em fase terminal dentro de si: os sócios do clube. Pelas minhas contas, seria necessário expurgar e expulsar de sócio em definitivo entre 10.000 a 15.000 sócios actuais. Isto seria para se voltar a respirar o SCP de 1906. Mas para pelo menos limpar o parasitismo e loserismo crónico, no mínimo entre 2.000 a 3.000 sócios. Eu que nem tenho acesso à BD do clube tenho uma lista com quase 1.500 nomes completamente identificados. É a última esperança do Sportinguismo.

Belo conceito de democracia.
 :venia:

"Não te vi com essa preocupação" nas ultimas eleições.

Qual preocupação? E quais eleições?
Se vamos expulsar toda a gente que votou na destituição de BdC e toda a gente que votou em Setembro contra a vontade de BdC (que apelou ao não-voto) ficam os sócios menores de idade e os 20 ou 30 gatos pingados que ainda apoiam o ex-Presidente.

Estar a dizer que era preciso limpar 15.000 sócios por se discordar das convicções destes é ridiculamente anti-democrático.

Eu votei PSD nas últimas legislativas. Passos Coelho, embora sendo o mais votado, foi ultrapassado por uma coligação do PS, BE e PCP. Nem por isso me viste aqui numa demanda para erradicar 50% das pessoas deste país por votarem contra a minha opinião.

A preocupação que referiste um forista não ter num acontecimento anterior. Dois pesos, duas medidas.

Dizes bem, quais eleições. Aquela coisa anti-democrática que fizeram dia 8 de Setembro.
Bruno de Carvalho sempre se queixou dessa falta de militância mas acho que está mais do que provado que é algo que simplesmente não é para este clube.

Durante anos Jorge Nuno Pinto da Costa pintou a manta e nem uma voz no norte se levantou contra ele quanto mais destituições e o catano... aquilo era discursos incendiários todos os dias contra Lisboa e o sul em geral, só queria era ver Lisboa a arder, os super dragões eram autênticas milicias que intimidavam toda a gente, desde árbitros, adversários, jornalistas, etc etc.

Nos vermelhos por estes dias é a vergonha que se vê. Mas também ali está tudo calado à volta do líder.

Só aqui é que se anda sempre em convulsões internas e a bajular fracos, mansos, tachistas, chupistas, etc etc. Assim nunca chegaremos a lado nenhum.

E com muita pena minha, todo o entusiasmo com que vivi o nosso Sporting nos últimos anos desapareceu completamente, já regressei ao modo Godinho Lopes, Jose Eduardo Bettencourt, Soares Franco, etc, ou seja, acompanho claro sempre, mas naquela desportiva de esperar o pior e ficar resignado com ele, já não fico chateado com o insucesso.

O SCP tem um cancro em fase terminal dentro de si: os sócios do clube. Pelas minhas contas, seria necessário expurgar e expulsar de sócio em definitivo entre 10.000 a 15.000 sócios actuais. Isto seria para se voltar a respirar o SCP de 1906. Mas para pelo menos limpar o parasitismo e loserismo crónico, no mínimo entre 2.000 a 3.000 sócios. Eu que nem tenho acesso à BD do clube tenho uma lista com quase 1.500 nomes completamente identificados. É a última esperança do Sportinguismo.

Belo conceito de democracia.
 :venia:

"Não te vi com essa preocupação" nas ultimas eleições.

Qual preocupação? E quais eleições?
Se vamos expulsar toda a gente que votou na destituição de BdC e toda a gente que votou em Setembro contra a vontade de BdC (que apelou ao não-voto) ficam os sócios menores de idade e os 20 ou 30 gatos pingados que ainda apoiam o ex-Presidente.

Estar a dizer que era preciso limpar 15.000 sócios por se discordar das convicções destes é ridiculamente anti-democrático.

Eu votei PSD nas últimas legislativas. Passos Coelho, embora sendo o mais votado, foi ultrapassado por uma coligação do PS, BE e PCP. Nem por isso me viste aqui numa demanda para erradicar 50% das pessoas deste país por votarem contra a minha opinião.

A preocupação que referiste um forista não ter num acontecimento anterior. Dois pesos, duas medidas.

Dizes bem, quais eleições. Aquela coisa anti-democrática que fizeram dia 8 de Setembro.

Anti-democrática mas com a maior afluência da nossa história?
yeah, right...
Bruno de Carvalho sempre se queixou dessa falta de militância mas acho que está mais do que provado que é algo que simplesmente não é para este clube.

Durante anos Jorge Nuno Pinto da Costa pintou a manta e nem uma voz no norte se levantou contra ele quanto mais destituições e o catano... aquilo era discursos incendiários todos os dias contra Lisboa e o sul em geral, só queria era ver Lisboa a arder, os super dragões eram autênticas milicias que intimidavam toda a gente, desde árbitros, adversários, jornalistas, etc etc.

Nos vermelhos por estes dias é a vergonha que se vê. Mas também ali está tudo calado à volta do líder.

Só aqui é que se anda sempre em convulsões internas e a bajular fracos, mansos, tachistas, chupistas, etc etc. Assim nunca chegaremos a lado nenhum.

E com muita pena minha, todo o entusiasmo com que vivi o nosso Sporting nos últimos anos desapareceu completamente, já regressei ao modo Godinho Lopes, Jose Eduardo Bettencourt, Soares Franco, etc, ou seja, acompanho claro sempre, mas naquela desportiva de esperar o pior e ficar resignado com ele, já não fico chateado com o insucesso.

O SCP tem um cancro em fase terminal dentro de si: os sócios do clube. Pelas minhas contas, seria necessário expurgar e expulsar de sócio em definitivo entre 10.000 a 15.000 sócios actuais. Isto seria para se voltar a respirar o SCP de 1906. Mas para pelo menos limpar o parasitismo e loserismo crónico, no mínimo entre 2.000 a 3.000 sócios. Eu que nem tenho acesso à BD do clube tenho uma lista com quase 1.500 nomes completamente identificados. É a última esperança do Sportinguismo.

Belo conceito de democracia.
 :venia:

"Não te vi com essa preocupação" nas ultimas eleições.

Qual preocupação? E quais eleições?
Se vamos expulsar toda a gente que votou na destituição de BdC e toda a gente que votou em Setembro contra a vontade de BdC (que apelou ao não-voto) ficam os sócios menores de idade e os 20 ou 30 gatos pingados que ainda apoiam o ex-Presidente.

Estar a dizer que era preciso limpar 15.000 sócios por se discordar das convicções destes é ridiculamente anti-democrático.

Eu votei PSD nas últimas legislativas. Passos Coelho, embora sendo o mais votado, foi ultrapassado por uma coligação do PS, BE e PCP. Nem por isso me viste aqui numa demanda para erradicar 50% das pessoas deste país por votarem contra a minha opinião.

A preocupação que referiste um forista não ter num acontecimento anterior. Dois pesos, duas medidas.

Dizes bem, quais eleições. Aquela coisa anti-democrática que fizeram dia 8 de Setembro.

Anti-democrática mas com a maior afluência da nossa história?
yeah, right...

Todos os candidatos foram livres de concorrer?


Muito gostas tudo de responder alhos a bugalhos. Queres responder, respondes directamente ao que é falado ou não podes fugir ao MO pré-definido?

Olha casos de grande afluência com base em descontentamento popular:

"Na Itália, Mussolini leva o Partido Nacional Fascista ao poder, apostando num discurso nacionalista e imperialista, aproveitando o descontentamento dos italianos face aos partidos políticos (Mussolini Instaura com sucesso o Fascismo em 1926).

 Também na Alemanha a ditadura ascende, sendo o seu lider Hitler e o Partido Nazi. Com Hitler a Alemanha inicia um processo de rearmamento (marcas de descontentamento, imposto pelo tratado de Versalhes) e de expansionismo, que acabará por conduzir à 2ª Guerra mundial."



Responder a antidemocracia com afluência. Como tu dizes, yeah, right ...
Bruno de Carvalho sempre se queixou dessa falta de militância mas acho que está mais do que provado que é algo que simplesmente não é para este clube.

Durante anos Jorge Nuno Pinto da Costa pintou a manta e nem uma voz no norte se levantou contra ele quanto mais destituições e o catano... aquilo era discursos incendiários todos os dias contra Lisboa e o sul em geral, só queria era ver Lisboa a arder, os super dragões eram autênticas milicias que intimidavam toda a gente, desde árbitros, adversários, jornalistas, etc etc.

Nos vermelhos por estes dias é a vergonha que se vê. Mas também ali está tudo calado à volta do líder.

Só aqui é que se anda sempre em convulsões internas e a bajular fracos, mansos, tachistas, chupistas, etc etc. Assim nunca chegaremos a lado nenhum.

E com muita pena minha, todo o entusiasmo com que vivi o nosso Sporting nos últimos anos desapareceu completamente, já regressei ao modo Godinho Lopes, Jose Eduardo Bettencourt, Soares Franco, etc, ou seja, acompanho claro sempre, mas naquela desportiva de esperar o pior e ficar resignado com ele, já não fico chateado com o insucesso.

O SCP tem um cancro em fase terminal dentro de si: os sócios do clube. Pelas minhas contas, seria necessário expurgar e expulsar de sócio em definitivo entre 10.000 a 15.000 sócios actuais. Isto seria para se voltar a respirar o SCP de 1906. Mas para pelo menos limpar o parasitismo e loserismo crónico, no mínimo entre 2.000 a 3.000 sócios. Eu que nem tenho acesso à BD do clube tenho uma lista com quase 1.500 nomes completamente identificados. É a última esperança do Sportinguismo.

Belo conceito de democracia.
 :venia:

"Não te vi com essa preocupação" nas ultimas eleições.

Qual preocupação? E quais eleições?
Se vamos expulsar toda a gente que votou na destituição de BdC e toda a gente que votou em Setembro contra a vontade de BdC (que apelou ao não-voto) ficam os sócios menores de idade e os 20 ou 30 gatos pingados que ainda apoiam o ex-Presidente.

Estar a dizer que era preciso limpar 15.000 sócios por se discordar das convicções destes é ridiculamente anti-democrático.

Eu votei PSD nas últimas legislativas. Passos Coelho, embora sendo o mais votado, foi ultrapassado por uma coligação do PS, BE e PCP. Nem por isso me viste aqui numa demanda para erradicar 50% das pessoas deste país por votarem contra a minha opinião.

A preocupação que referiste um forista não ter num acontecimento anterior. Dois pesos, duas medidas.

Dizes bem, quais eleições. Aquela coisa anti-democrática que fizeram dia 8 de Setembro.

Anti-democrática mas com a maior afluência da nossa história?
yeah, right...

Todos os candidatos foram livres de concorrer?


Muito gostas tudo de responder alhos a bugalhos. Queres responder, respondes directamente ao que é falado ou não podes fugir ao MO pré-definido?

Olha casos de grande afluência com base em descontentamento popular:

"Na Itália, Mussolini leva o Partido Nacional Fascista ao poder, apostando num discurso nacionalista e imperialista, aproveitando o descontentamento dos italianos face aos partidos políticos (Mussolini Instaura com sucesso o Fascismo em 1926).

 Também na Alemanha a ditadura ascende, sendo o seu lider Hitler e o Partido Nazi. Com Hitler a Alemanha inicia um processo de rearmamento (marcas de descontentamento, imposto pelo tratado de Versalhes) e de expansionismo, que acabará por conduzir à 2ª Guerra mundial."



Responder a antidemocracia com afluência. Como tu dizes, yeah, right ...

Sim, todos os que cumpriam os requisitos exigidos pelos estatutos.
O Sporting democrático quis de volta um clube que fosse um eterno perdedor.

E o Sporting de hoje em dia perde em toda a linha. O andebol perder para o campeonato com uma das piores equipas portuguesas. O futebol perder com o último classificado. O futsal empatar em casa. As sucessivas derrotas em supertaças. Esta época já vai ser factualmente muito inferior à anterior em termos desportivos. Alguém irá assumir responsabilidades? Claro que não. Aliás, já nem se pede exigência neste clube.

Quem escolheu este rumo só tem de assumir o fracasso desportivo do projecto e pedir a demissão e pedir desculpa aos Sportinguistas. Mas não o farão, já vi este filme com o João Rocha. 1 títulozinho de 20 em 20 anos no futebol e ver o clube a ir definhando no resto é suficiente para calar o Sporting.

O clube perdeu quase tudo nos 27 anos seguintes à saída do João Rocha e o número de sócios foi levando um rombo, uns foram morrendo, outros desertando, outros saíram porque na altura viram o que eu vi hoje em dia e cada vez mais relembro as palavras de um amigo meu que entregou o cartão com a saída de João Rocha. "A m**** que enterrou o Brás Medeiros continua cá toda, este clube está condenado a ser um eterno perdedor".

Hoje no pico da minha experiência cabe-me a mim ter o mesmo papel e dizer:

"A m**** que enterrou o João Rocha continua cá toda, este clube está condenado a ser um eterno perdedor".

"First you believe, then you achieve."
"A m**** que enterrou o João Rocha continua cá toda, este clube está condenado a ser um eterno perdedor".
:arrow:
- "Basta que os homens de bem nada façam, para que o mal prevaleça"
- "Prefiro morrer de pé a viver ajoelhado"
- "Pior do que perder é não dar tudo para vencer"
Bruno de Carvalho sempre se queixou dessa falta de militância mas acho que está mais do que provado que é algo que simplesmente não é para este clube.

Durante anos Jorge Nuno Pinto da Costa pintou a manta e nem uma voz no norte se levantou contra ele quanto mais destituições e o catano... aquilo era discursos incendiários todos os dias contra Lisboa e o sul em geral, só queria era ver Lisboa a arder, os super dragões eram autênticas milicias que intimidavam toda a gente, desde árbitros, adversários, jornalistas, etc etc.

Nos vermelhos por estes dias é a vergonha que se vê. Mas também ali está tudo calado à volta do líder.

Só aqui é que se anda sempre em convulsões internas e a bajular fracos, mansos, tachistas, chupistas, etc etc. Assim nunca chegaremos a lado nenhum.

E com muita pena minha, todo o entusiasmo com que vivi o nosso Sporting nos últimos anos desapareceu completamente, já regressei ao modo Godinho Lopes, Jose Eduardo Bettencourt, Soares Franco, etc, ou seja, acompanho claro sempre, mas naquela desportiva de esperar o pior e ficar resignado com ele, já não fico chateado com o insucesso.

O SCP tem um cancro em fase terminal dentro de si: os sócios do clube. Pelas minhas contas, seria necessário expurgar e expulsar de sócio em definitivo entre 10.000 a 15.000 sócios actuais. Isto seria para se voltar a respirar o SCP de 1906. Mas para pelo menos limpar o parasitismo e loserismo crónico, no mínimo entre 2.000 a 3.000 sócios. Eu que nem tenho acesso à BD do clube tenho uma lista com quase 1.500 nomes completamente identificados. É a última esperança do Sportinguismo.

Belo conceito de democracia.
 :venia:

"Não te vi com essa preocupação" nas ultimas eleições.

Qual preocupação? E quais eleições?
Se vamos expulsar toda a gente que votou na destituição de BdC e toda a gente que votou em Setembro contra a vontade de BdC (que apelou ao não-voto) ficam os sócios menores de idade e os 20 ou 30 gatos pingados que ainda apoiam o ex-Presidente.

Estar a dizer que era preciso limpar 15.000 sócios por se discordar das convicções destes é ridiculamente anti-democrático.

Eu votei PSD nas últimas legislativas. Passos Coelho, embora sendo o mais votado, foi ultrapassado por uma coligação do PS, BE e PCP. Nem por isso me viste aqui numa demanda para erradicar 50% das pessoas deste país por votarem contra a minha opinião.

A preocupação que referiste um forista não ter num acontecimento anterior. Dois pesos, duas medidas.

Dizes bem, quais eleições. Aquela coisa anti-democrática que fizeram dia 8 de Setembro.

Anti-democrática mas com a maior afluência da nossa história?
yeah, right...

Todos os candidatos foram livres de concorrer?


Muito gostas tudo de responder alhos a bugalhos. Queres responder, respondes directamente ao que é falado ou não podes fugir ao MO pré-definido?

Olha casos de grande afluência com base em descontentamento popular:

"Na Itália, Mussolini leva o Partido Nacional Fascista ao poder, apostando num discurso nacionalista e imperialista, aproveitando o descontentamento dos italianos face aos partidos políticos (Mussolini Instaura com sucesso o Fascismo em 1926).

 Também na Alemanha a ditadura ascende, sendo o seu lider Hitler e o Partido Nazi. Com Hitler a Alemanha inicia um processo de rearmamento (marcas de descontentamento, imposto pelo tratado de Versalhes) e de expansionismo, que acabará por conduzir à 2ª Guerra mundial."



Responder a antidemocracia com afluência. Como tu dizes, yeah, right ...

Sim, todos os que cumpriam os requisitos exigidos pelos estatutos.

Os estatutos só são válidos para o que vos dá jeito. Tal como a falta de palavra dá jeito quando é para limitar a oposição.