Beto - Team Manager

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Não sei se o Beto é profissional ou não. Não sei se tem competência ou não para as funções que vai exercer porque nunca as exerceu.

 Então acabas por concordar comigo, na questão do profissionalismo e competência questionável.

 Quanto ao resto, eu tenho outra visão estrutural da questão.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Não sei se o Beto é profissional ou não. Não sei se tem competência ou não para as funções que vai exercer porque nunca as exerceu.

 Então acabas por concordar comigo, na questão do profissionalismo e competência questionável.

 Quanto ao resto, eu tenho outra visão estrutural da questão.

Mais ou menos. Simplesmente não tenho dados para dizer se tem isso ou não. E não tendo dados, prefiro superar para ver a colocar já esses aspectos em questão.

Respeito a visão. Sendo que gosto de ter estas figuras em cargos práticos e a passar mística a quem está cá de passagem. Pauzinho como roupeiro. Beto como team manager. Gostava de ter o Benedito no futsal a preparar-se para a presidência futura. Gosto de ter o Galambas no andebol. Etc.
Citar

Raul José desejado para o scout do Sporting
Além do nome do adjunto de Jorge Jesus, também o de Paulo Menezes (Sp. Braga) está na lista


O novo presidente do Sporting, Frederico Varandas, entrou a todo o gás em Alvalade, tendo começado de imediato a promover várias alterações na estrutura do futebol profissional. Na entrevista concedida à Sporting TV, o novo líder leonino, de 38 anos, revelou que iria chegar "em janeiro (por motivos contratuais com outro clube)" um novo responsável pelo ‘scouting’ e, de acordo com informações recolhidas por Record, o nome escolhido é o de Raul José, adjunto de Jorge Jesus há já largos anos, que neste momento se encontra contratualmente vinculado ao Al-Hilal, da Arábia Saudita.

Segundo foi possível apurar, Frederico Varandas já terá conversado com o técnico de 54 anos sobre o seu projeto para o futebol verde e branco, situação essa que é do total conhecimento de Jorge Jesus. Aliás, se for essa a vontade do seu fiel adjunto, não será o ex-treinador principal do Sporting a ‘cortar-lhe as pernas’. Raul José é o braço-direito de JJ desde 2004/05, altura em que se cruzaram em Moreira de Cónegos. Daí para a frente... a dupla Jesus/José não mais se separou: União de Leiria, Belenenses, Sp. Braga, Benfica, Sporting e agora Al-Hilal.

Alternativa de peso

No entanto, este não é o único nome que Frederico Varandas tem em carteira para a renovada estrutura de ‘scouting’. Também Paulo Menezes, atualmente ao serviço do Sp. Braga, está na ‘shortlist’ do presidente. Recorde-se que este ‘scout’ passou pela Academia de Alcochete entre 2010 e 2013 , antes de ter regressado à cidade dos Arcebispos, no início desta temporada.

Certo é que, devido a questões contratuais, tanto Raul José como, potencialmente, Paulo Menezes apenas poderão assumir o projeto implementado por Varandas no Sporting a partir de janeiro do próximo ano. Até lá, segundo foi possível perceber, Manuel Fernandes continuará a desempenhar as funções para as quais foi contratado ainda no tempo de Bruno de Carvalho e, em 2019, será recolocado numa área de intervenção ainda a designar.

Além da reformulação da cúpula do futebol profissional – Beto iniciou ontem funções enquanto ‘team manager’ e Hugo Viana como diretor das relações externas –, Frederico Varandas pretende ainda reconstruir algumas valências da Academia, adaptando-as às necessidades do futebol atual.

Primeira vez longe do banco

A aposta em Raul José surge num contexto de profundo conhecimento por parte de Frederico Varandas, que vê no adjunto de Jorge Jesus a pessoa ideal para personificar o estilo de prospeção que deseja ver implementado em Alvalade. Além de ser ‘um homem do futebol’, Raul José está totalmente identificado com a forma de trabalhar do Sporting, com as necessidades do clube ao nível da formação e, por isso, sem necessidade de ser ‘integrado’ no novo projeto leonino.



Record
Se fosse um lampião era porque era lampião.
Se fosse um tripeiro era porque era tripeiro.
Se fosse um puto novo era porque não tinha experiência.
Se fosse um mais velho era porque já estava ultrapassado porque o futebol mudou.
Se fosse um conhecido do clube era porque já tinha estado ligado a uma má era.
Se fosse desconhecido do clube era porque não percebia a grandeza do Sporting.
Se fosse um ex-jogador era porque está na moda mas não são competentes.
Se não fosse um ex-jogador era porque não sabia o que era o balneário e o peso da camisola.

E que deixar o homem trabalhar e depois avaliar o seu trabalho?
Se fosse um lampião era porque era lampião.
Se fosse um tripeiro era porque era tripeiro.
Se fosse um puto novo era porque não tinha experiência.
Se fosse um mais velho era porque já estava ultrapassado porque o futebol mudou.
Se fosse um conhecido do clube era porque já tinha estado ligado a uma má era.
Se fosse desconhecido do clube era porque não percebia a grandeza do Sporting.
Se fosse um ex-jogador era porque está na moda mas não são competentes.
Se não fosse um ex-jogador era porque não sabia o que era o balneário e o peso da camisola.

E que deixar o homem trabalhar e depois avaliar o seu trabalho?

Nada o que escreveste e o problema.
O problema e para comecar que nunca exerceu essa funcoes e acima disso, fez parte de uma estrutura cujo lider se descobre agora, traiu o clube e lhe causou enormes prejuizos...
Esse e o problema...

P.S- Refiro-me ao Raul Jose para o Scouting, nao ao Beto.
"Recordo o que disse numa AG no mandato anterior. Estou disposto a dar o meu tempo, vida e alma ao Sporting, mas têm de estar comigo. Nos últimos dois anos tive duas hipóteses: ou me juntava aos interesses ou a vocês. Escolhi juntar-me a vocês."
Bruno de Carvalho, 17 de Fevereiro de 2018
Para quem recorda o grande capitão e para a malta da Sul de quem ele é amigo, será um grande Team Manager.

Por agora, não vejo nada mais que um nome populista...

É aguardar...
"O Sporting tem os melhores adeptos do Mundo mas os piores sócios do Mundo porque são, constantemente, incapazes de decidir o melhor para o clube" PMR, 1/11/2018

CONTRA TUDO E CONTRA TODOS! SPORTING SEMPRE!
A agenda do dia do Varandas sempre foi a mesma:

- Tachos para todos
- Aparência de Sportinguismo

Tal como em Portugal, a competência e a experiência contam pouco, o que interessa são as aparências.

Ir buscar jogadores do passado do clube faz parte. Um Beto ou um Acosta ganham mais votos que um qualquer anónimo.

Sempre gostei do Beto como jogador, e não me recordo de algum dia ter cagado no clube, por isso dou-lhe o beneficio da duvida, mas acho que esta ca so para dar a cara e o nome.
Aquela malta que vai beber um café à Academia e é apanhada na foto a espreitar o treino da equipa principal.

Repito, acho que o Beto pode sentir fervor Sportinguista e o Hugo Viana ser bom rapaz, contudo o intuito não era profissionalizar a estrutura? Vamos ter, numa nova direcção, pessoas que nada provaram nas funções que exercem?

PS: E não me venham com a argumentação patética de que o Beto quando houver um desacato ou precise de chamar a atenção de algo, puxe dos galões, bata no peito e diga que já foi campeão no Sporting. Essa foi só umas das coisas mais ridículas que já aqui li.

Legenda:

Beto: "f***-**, ó Hugo, o Peseiro continua sem perceber nada desta m****".

H.Viana: "Vou ao Brasil buscar o Roca"
Relativamente ao Beto, tenho um enorme carinho e respeito por aquilo que ele foi no Sporting, sei que ele é um grande Sportinguista e que sente o clube como um de nós.

Tenho algumas reservas acerca do que pode fazer no clube, mas não vou para já tecer grandes considerações acerca disso.
Acima de tudo exige-se experiência para qualquer cargo no Sporting...o nível do clube não se compadece com aprendizagens ou tempo para ganhar experiência. Desconheço qualquer experiência que o Beto tenha tido a não ser de jogador...é sufiente para o cargo? penso que não...mas a ver vamos.

Esta estrutura do Varandas tem gente muito verdinha...e não é de sportinguismo
A agenda do dia do Varandas sempre foi a mesma:

- Tachos para todos
- Aparência de Sportinguismo

Tal como em Portugal, a competência e a experiência contam pouco, o que interessa são as aparências.

Ir buscar jogadores do passado do clube faz parte. Um Beto ou um Acosta ganham mais votos que um qualquer anónimo.

Sempre gostei do Beto como jogador, e não me recordo de algum dia ter cagado no clube, por isso dou-lhe o beneficio da duvida, mas acho que esta ca so para dar a cara e o nome.
E também ganhar um ordenado chorudo...
ESFORÇO, DEDICAÇÃO, DEVOÇÃO E GLÓRIA. EIS O SPORTING
O Beto é um enorme sportinguista. Agora, esta ideia de achar que todos os ex-jogadores podem exercer funções profissionais só porque têm história no clube... esperar para ver
O Beto é um enorme sportinguista. Agora, esta ideia de achar que todos os ex-jogadores podem exercer funções profissionais só porque têm história no clube... esperar para ver
Vocês se fossem dirigentes de um clube fariam as mesmas escolhas. Um homem para as funções que o Beto vai exercer, tem de ser um homem que tenha passado de balneário, que saiba ter mão naquilo. Tem de ser alguém conhecedor, que tenha estado lá dentro e estatuto no clube.

Enviado do meu SM-A500FU através do Tapatalk



O Beto é um enorme sportinguista. Agora, esta ideia de achar que todos os ex-jogadores podem exercer funções profissionais só porque têm história no clube... esperar para ver
Vocês se fossem dirigentes de um clube fariam as mesmas escolhas. Um homem para as funções que o Beto vai exercer, tem de ser um homem que tenha passado de balneário, que saiba ter mão naquilo. Tem de ser alguém conhecedor, que tenha estado lá dentro e estatuto no clube.

Enviado do meu SM-A500FU através do Tapatalk

mas quem tem que ter mão naquilo é o treinador, não o team manager...
we do not pass to move the ball, we pass to move the opposition. Pep Guardiola


O Beto é um enorme sportinguista. Agora, esta ideia de achar que todos os ex-jogadores podem exercer funções profissionais só porque têm história no clube... esperar para ver
Vocês se fossem dirigentes de um clube fariam as mesmas escolhas. Um homem para as funções que o Beto vai exercer, tem de ser um homem que tenha passado de balneário, que saiba ter mão naquilo. Tem de ser alguém conhecedor, que tenha estado lá dentro e estatuto no clube.

Enviado do meu SM-A500FU através do Tapatalk

mas quem tem que ter mão naquilo é o treinador, não o team manager...

E o actual treinador não tem, não teve e nunca terá mão.
"Para mim , o Sporting é como uma mulher que se ama logo à primeira vista. Um homem pode conhecer várias mulheres , mas há sempre ‘aquela’, a especial. Independentemente de ficarmos com ela ou não, lembramo-nos dela para sempre!" - Ivone De Franceschi
E o que vos faz pensar que o Beto tem essas competências? Lá está. ser ex-jogador, ex-capitão não lhe dá competências para isso. O team manager é mais do que aquele que diz umas palavras aqui e acolá. É responsável por fazer toda uma gestão do plantel para que os jogadores se preocupem apenas e só com jogar futebol.

É como ter o Manuel Fernandes no scouting...
Eu pensava que uma estrutura profissional era composta por profissionais e gente com formação e conhecimento profundo para tal.

Afinal vejo que a gestão é tipo a do clube lá da aldeia, o pessoal já lá jogou e faz um biscate a ajudar com a papelada e m***** dessas.

Espectáculo. Grande Sportinguista é a única coisa que é preciso no currículo.
Se há um idiota no poder, é porque os que o elegeram estão bem representados.
Eu pensava que uma estrutura profissional era composta por profissionais e gente com formação e conhecimento profundo para tal.

Afinal vejo que a gestão é tipo a do clube lá da aldeia, o pessoal já lá jogou e faz um biscate a ajudar com a papelada e m***** dessas.

Espectáculo. Grande Sportinguista é a única coisa que é preciso no currículo.

Quem o viu trabalhar, como Bruno de Carvalho, chegou a querer ficar com ele... porque será?


O Beto é um enorme sportinguista. Agora, esta ideia de achar que todos os ex-jogadores podem exercer funções profissionais só porque têm história no clube... esperar para ver
Vocês se fossem dirigentes de um clube fariam as mesmas escolhas. Um homem para as funções que o Beto vai exercer, tem de ser um homem que tenha passado de balneário, que saiba ter mão naquilo. Tem de ser alguém conhecedor, que tenha estado lá dentro e estatuto no clube.

Enviado do meu SM-A500FU através do Tapatalk

mas quem tem que ter mão naquilo é o treinador, não o team manager...
Nem só o treinador deve ter mão. Um team manager (ou diretor desportivo se houver) assim como o médico e o fisioterapeuta do clube têm muita importância no controlo do balneário, na exata medida em que os jogadores quando têm um problema recorrem a estas pessoas para falarem/desabafarem e não ao treinador. Se estes 2/3 elementos extra treinador estiverem com o treinador este acaba por ter o balneário na mão, disso ninguém tenha dúvidas.
Desconheço as suas qualidades como Team Manager. Vou esperar para ver.