Frederico Varandas - Presidente do Sporting Clube de Portugal

larsson (+ 1 Escondidos) e 11 Visitantes estão a ver este tópico.

@Filipe83 , ganhar com o apoio do Mendes é quase o mesmo que ganhar a comprar árbitros.
Somos o Sporting, temos limites ou não?
os meus limites e querer ser campeão que já não sou a 17 anos e vejo os outros a serem e a não se importarem se e com ajuda do Mendes o dos árbitros
Trocado por miúdos: "bora la ser campeão, roubado ou não, não importa"
(Sobre as medidas do varandas para o sucesso nas modalidades)
Citação de: Presidente em Hoje às 14:36

Os resultados falam por si. A política do "eu fiz isto, eu ganhei aquilo" já acabou. Agora temos um presidente que sabe ser e sabe estar, respeitador dos seus funcionários e que consegue motivá-los sem ser à base de ameaças e insultos.
Já vi que neste fórum uma pessoa não pode ter uma opinião diferente sobre o Mendes que é logo criticado e já classificado como alguém da cartilha do varandas como demange control. Eu que sempre fui contra o varandas e sou acho que não tem qualidade para ser presidente do Sporting

É historio e factual que o mendes nunca nos ajudou. Depois de veres os ratos que sairam irem para os clubes da esfera do mendes e ainda achas que ele vem para cá nos ajudar?
O contrato dele e com o panelas
vocês têm razão o Jorge Mendes só quer prejudicar o Sporting não vou entrar mais nisso cada um fica com a sua opinião

Em 39 anos não me lembro de ele ter nos favorecido? e tu lembraste?? foi quando??? qual o bom negocio????

Eu lembro-me... foi naquele negócio do coiso... como é que se chamava o gajo, aquele que passava a bola e teve ali umas jogadas... o coiso... porra pá, esta memoria.
o único negócio que me lembro foi o do Nani acho que foi com ele mas lá está com o Bruno nunca fizemos negócios com ele e com os outros não fazíamos negócios a culpa era dele o da porcaria de presidentes que tivemos

Essa do Nani referente quando? quando veio do Real Massamà?
Com o Bruno foste buscar um gajo por 300mil e vendeste o por 30 milhoes. Quando o Mendes fizer isso depois falamos.
não quando foi para Manchester mas eu estou a dizer alguma coisa sobre os negócios do Bruno foram os melhores alguém põem isso em causa

Então mais me ajudas, o mendes para tirar tudo o que é bom do Sporting está cá ele (mas como saldos), agora para meter cá bons jogadores, para lutar pelo 1 lugar é que tá quieto.
Só puxei a conversa do Bruno para aqui para comparares que sem ajudas do mendes e amigos, o Bruno fez das melhores compras e das melhores vendas de muito e muitos e muito e muito mais anos.

Olha uma coisa é certa se não houvesse mendes o carnide já tinha ido com o c****** a muito tempo.
"De todos os presidentes que tivemos neste percurso, o mais explícito foi Bruno de Carvalho, que já na campanha eleitoral teceu rasgados elogios à nossa caminhada, talvez por conhecer a nossa forma de estar e o nosso trajeto. O atual presidente esteve connosco três anos, de 2006 a 2009, e apoiou-nos como sportinguista e empresário, numa equipa onde jogavam José Diogo, Pedro Delgado e André Pimenta, que ainda estão connosco, e outros que já saíram, como Gonçalo Alves, Miguel Rocha ou Diogo Neves. Este presidente prometeu e cumpriu!"

Engenheiro Gilberto Borges 13/05/2019
@Filipe83 , ganhar com o apoio do Mendes é quase o mesmo que ganhar a comprar árbitros.
Somos o Sporting, temos limites ou não?
os meus limites e querer ser campeão que já não sou a 17 anos e vejo os outros a serem e a não se importarem se e com ajuda do Mendes o dos árbitros
Trocado por miúdos: "bora la ser campeão, roubado ou não, não importa"

Essa conversa não faz sentido nenhum. Vocês nunca mais vão ver o Sporting campeão.
@Filipe83 , ganhar com o apoio do Mendes é quase o mesmo que ganhar a comprar árbitros.
Somos o Sporting, temos limites ou não?
os meus limites e querer ser campeão que já não sou a 17 anos e vejo os outros a serem e a não se importarem se e com ajuda do Mendes o dos árbitros
Trocado por miúdos: "bora la ser campeão, roubado ou não, não importa"

Essa conversa não faz sentido nenhum. Vocês nunca mais vão ver o Sporting campeão.

Com a entrada da liga dos campeões a 40 milhoes a cabeça. É mesmo para esquecer, esse dinheiro já tem destinatário.
"De todos os presidentes que tivemos neste percurso, o mais explícito foi Bruno de Carvalho, que já na campanha eleitoral teceu rasgados elogios à nossa caminhada, talvez por conhecer a nossa forma de estar e o nosso trajeto. O atual presidente esteve connosco três anos, de 2006 a 2009, e apoiou-nos como sportinguista e empresário, numa equipa onde jogavam José Diogo, Pedro Delgado e André Pimenta, que ainda estão connosco, e outros que já saíram, como Gonçalo Alves, Miguel Rocha ou Diogo Neves. Este presidente prometeu e cumpriu!"

Engenheiro Gilberto Borges 13/05/2019
@Filipe83 , ganhar com o apoio do Mendes é quase o mesmo que ganhar a comprar árbitros.
Somos o Sporting, temos limites ou não?
os meus limites e querer ser campeão que já não sou a 17 anos e vejo os outros a serem e a não se importarem se e com ajuda do Mendes o dos árbitros
Trocado por miúdos: "bora la ser campeão, roubado ou não, não importa"
eu gostava muito de viver num país sem corruptos sem jogos de bastidores sem toupeiras sem fruta e este o campeonato onde jogamos, onde os verdadeiros os que honram pela verdade desportiva são campeões
@Dakine

Mesmo que o universo Mendes possa parecer atractivo, a frustração que me assola passa pelo facto de termos estado onde precisavamos de estar, sem ter entrado no carrossel.

Conseguimos fazer o que o Benfica, por exemplo, não conseguiu: vender alguém por 40M€, sem intervenção do JM.

Estiveste à beira de ganhar um campeonato, sem ter lá jogadores colocados pelo JM. Incrementámos a nossa competitividade, por via do aumento da média pontual, sem termos precisado dos negócios com o selo Mendes. Chegámos ao ponto de não termos que andar a contratar esperanças para o futuro, porque conseguimos angariar um bom grupo de jogadores, ao mesmo tempo que fomos capazes de gerar capacidade de investimento. Tudo isto sem o auxílio do Jorge Mendes e do seu círculo de amigos.

De repente, parece que precisamos do Mendes para um sem número de situações de mercado. Temos o nosso melhor activo à beira de ser negociado, com intervenção do Mendes. Tivemos o Mendes como intermediário de uma negociação extra-judicial, que acabou por resultar em negócios de menor valor ao que seria desejável e exequível, quer no caso do Patrício, quer no caso do Gelson.

Tu podes estar cheio de razão e, no fim, isto pode resultar tudo magnificamente. Mas, convenhamos que, dentro do conhecimento que nós temos das relações do Mendes com os nossos rivais e connosco e dentro dos sinais que os processos negociais recentes nos deram, é preciso ter uma considerável dose de fé para não estar pessimista.

Nós estivemos no ponto em que queríamos estar. Este novo capítulo representa um retrocesso nesse ponto e num ideal que, muito provavelmente, te levaria a conseguir ganhar.

Trabalhares com o Mendes não invalida nada do que disseste e que se continue a fazer. Não ficas a trabalhar só com ele e limitado a ele. Apenas dá opções. Tem o seu custo, mas o que é que ganhámos a negociar com o Costa Aguiar? Com o Recreativo de Caála? Quantos milhões custou isso também? Talvez tenhamos andado a bater à porta errada. Vamos ver.
@Filipe83 , ganhar com o apoio do Mendes é quase o mesmo que ganhar a comprar árbitros.
Somos o Sporting, temos limites ou não?
os meus limites e querer ser campeão que já não sou a 17 anos e vejo os outros a serem e a não se importarem se e com ajuda do Mendes o dos árbitros
Trocado por miúdos: "bora la ser campeão, roubado ou não, não importa"
eu gostava muito de viver num país sem corruptos sem jogos de bastidores sem toupeiras sem fruta e este o campeonato onde jogamos, onde os verdadeiros os que honram pela verdade desportiva são campeões

Quem não gostava..
Citação de: desconfiado em Hoje às 22:55
"O jogo de hoje mostra claramente o porquê de o sporting não ganhar um campeonato há 16 anos e ter estado outros 18 sem o ganhar. Jogo completamente encomendado. Bastou o sporting ter 1 hipótese em 100 de roubar a champions ao foculporto que logo a "fruta" entrou em acção. Expulsão completamente exagerada e propositada. Mas atenção a culpa não é só do "sistema".Também é nossa. Somos um clube "sem tomates". Um clube de "varandetes". Qualquer "pressãozita" ou qualquer "roubo" que nos façam que abrimos logo as p**** das pernas e o foculporto.Hoje fomos completamente sodomizados em Alvalade e nós deixamos porque não temos espinha.É por isto que nunca seremos campeões."

SURREAL! ISTO NEM NA COREIA DO NORTE...
É nojento o Varandas e seus muchachos fazerem jogo de marketing político com estas situações, ainda para mais se se comprovarem mentiras.
Mas, infelizmente, é só mais uma do Fivelas.

SURREAL! ISTO NEM NA COREIA DO NORTE...
É nojento o Varandas e seus muchachos fazerem jogo de marketing político com estas situações, ainda para mais se se comprovarem mentiras.
Mas, infelizmente, é só mais uma do Fivelas.

É pelo menos a 3ª vez que Varandas é associado a divulgação de fotografias com gente a ser assistida.
Agora passou para o outro lado da câmara  :mrgreen:

Para além de capitão, médico, presidente e fazer jogging, tb deve ser fotógrafo-amador.
No exército, como médico e no jogging não sei avaliar.
Como presidente é péssimo para o clube (mas óptimo para o Mendes).
Na fotografia, sai sempre a ganhar.
"Quem, ali do outro lado, tinha definido o ataque ao Benfica como principal instrumento da sua promoção individual, foi corrido pelos que achava serem seus. Espero que este gesto seja o princípio de uma regularização da vivência institucional que deve caracterizar os maiores clubes nacionais" (Luís Filipe Vieira, presidente de SAD acusada de vários crimes no E-Toupeira, explica, a 28-09-2018, o papel de Marta Soares, Henrique Monteiro, Torres Pereira, Sousa Cintra e G71).
O Mendes nunca nos deixaria ir a tribunal por causa das rescisões.

Não deixaria nem deixa, um a um vão ser todos resolvidos "com acordo entre as partes".
Tenho ideia que só falta Ruben Ribeiro, o meia-leca que saiu do armário e o Rafael Leão.
O 1º foi prás arábias e teve declarações insólitas. Duvido que chegue a tribunal.
O 2º é do Mendes, logo é gente de bem, tb está tudo pra limpar.

O Rafael Leão é que é pior. O presidente do clube anda por aí a cantar de galo...
"Quem, ali do outro lado, tinha definido o ataque ao Benfica como principal instrumento da sua promoção individual, foi corrido pelos que achava serem seus. Espero que este gesto seja o princípio de uma regularização da vivência institucional que deve caracterizar os maiores clubes nacionais" (Luís Filipe Vieira, presidente de SAD acusada de vários crimes no E-Toupeira, explica, a 28-09-2018, o papel de Marta Soares, Henrique Monteiro, Torres Pereira, Sousa Cintra e G71).
Tenho ideia que só falta Ruben Ribeiro, o meia-leca que saiu do armário e o Rafael Leão.
O 1º foi prás arábias e teve declarações insólitas. Duvido que chegue a tribunal.
O 2º é do Mendes, logo é gente de bem, tb está tudo pra limpar.

O Rafael Leão é que é pior. O presidente do clube anda por aí a cantar de galo...

Confere....


Enviado do meu ASUS_Z00AD através do Tapatalk

Tenho ideia que só falta Ruben Ribeiro, o meia-leca que saiu do armário e o Rafael Leão.
O 1º foi prás arábias e teve declarações insólitas. Duvido que chegue a tribunal.
O 2º é do Mendes, logo é gente de bem, tb está tudo pra limpar.

O Rafael Leão é que é pior. O presidente do clube anda por aí a cantar de galo...
Também falta o anão
Já vi que neste fórum uma pessoa não pode ter uma opinião diferente sobre o Mendes que é logo criticado e já classificado como alguém da cartilha do varandas como demange control. Eu que sempre fui contra o varandas e sou acho que não tem qualidade para ser presidente do Sporting

É historio e factual que o mendes nunca nos ajudou. Depois de veres os ratos que sairam irem para os clubes da esfera do mendes e ainda achas que ele vem para cá nos ajudar?
O contrato dele e com o panelas
vocês têm razão o Jorge Mendes só quer prejudicar o Sporting não vou entrar mais nisso cada um fica com a sua opinião

Proponho-te então que invertas o raciocinio. Quando é que o Jorge Mendes ajudou o Sporting?
Já vi que neste fórum uma pessoa não pode ter uma opinião diferente sobre o Mendes que é logo criticado e já classificado como alguém da cartilha do varandas como demange control. Eu que sempre fui contra o varandas e sou acho que não tem qualidade para ser presidente do Sporting

Habitua te rapaz..aqui ou todos se ajoelham e dizem amen ao santo deus ou és logo rotulado e perseguido. As pessoas vão, mas a ideologia e os seguidores ficam.

Força rapaz, não tenhas medo de falar.

Com uma conta com menos de um mês no fórum tens umas opiniões muito definidas sobre o que aqui se passa.
@Filipe83 , ganhar com o apoio do Mendes é quase o mesmo que ganhar a comprar árbitros.
Somos o Sporting, temos limites ou não?
os meus limites e querer ser campeão que já não sou a 17 anos e vejo os outros a serem e a não se importarem se e com ajuda do Mendes o dos árbitros
Mas tu és digno de ser rabolho. Não do Sporting. Se pensas assim, muda te. Se é que não és um infiltrado.
 Eu apostaria no user do Twitter truelion83. Algo me diz que és esse artista.
Por ti contra tudo e todos!
Há pessoal que curte ver futebol como se fosse wrestling.
Sempre podíamos contratar o tarzan taborda.
"De todos os presidentes que tivemos neste percurso, o mais explícito foi Bruno de Carvalho, que já na campanha eleitoral teceu rasgados elogios à nossa caminhada, talvez por conhecer a nossa forma de estar e o nosso trajeto. O atual presidente esteve connosco três anos, de 2006 a 2009, e apoiou-nos como sportinguista e empresário, numa equipa onde jogavam José Diogo, Pedro Delgado e André Pimenta, que ainda estão connosco, e outros que já saíram, como Gonçalo Alves, Miguel Rocha ou Diogo Neves. Este presidente prometeu e cumpriu!"

Engenheiro Gilberto Borges 13/05/2019
É bem LPM... areia com aldrabices pelo meio para enganar os tolos.
Agora somos respeitados e a casa está quase arrumada!  :whistle:


Uns ficaram, outros saíram. Como está o caso dos jogadores que rescindiram após o ataque à Academia

Bas Dost, Bruno Fernandes e Battaglia acionaram justa causa para saírem do Sporting, mas negociaram o regresso. William foi transferido, Patrício chegou a acordo através do Wolves. Processo de Gelson foi resolvido na terça-feira, enquanto Rafael Leão, Podence e Rúben Ribeiro ainda estão entre a FIFA e o Tribunal Arbitral do Desporto.

No dia 15 de maio de 2018, um grupo de adeptos, descontentes com os maus resultados da equipa do Sporting, invadiu a Academia, em Alcochete, e agrediu jogadores e técnicos. Resultado? Pelo menos nove jogadores invocaram justa causa para rescindir o contrato de forma unilateral com os leões. Três acabaram por regressar (Bas Dost, Bruno Fernandes e Battaglia), um negociou a saída (William Carvalho), outro chegou a acordo depois de assinar por outro clube (Rui Patrício), outro chegou a acordo na véspera do aniversário dos acontecimentos (Gelson Martins) e três e os respetivos clubes ainda têm processos às costas (Podence, Rafael Leão e Rúben Ribeiro).

A Comissão Arbitral Paritária da Liga de Clubes reconheceu razão aos jogadores nas rescisões por justa causa "para efeitos meramente desportivos". Ou seja, para poderem assinar novos vínculos, mas não impede ambas as partes de pedir compensações financeiras. Os processos seguem na FIFA e no Tribunal Arbitral do Desporto (TAD), sendo que o Sporting chegou a apresentar pedidos de indemnização no valor de 242 milhões de euros. Para já, só recebeu 14 milhões do acordo com o Wolves por Patrício e 22,5 milhões do Atlético por Gelson. Contactado o clube lembrou ao DN que não havia "nada a acrescentar ao que já era público".

Rafael Leão esteve quase a regressar, mas assinou pelo Lille

Visto como jovem promessa com potencial para se afirmar na equipa principal, o jogador viu na rescisão assinada a 14 de junho uma oportunidade para sair de Alvalade em que recebia apenas três mil euros por mês. O "reconhecimento e gratidão" pelo Sporting foram abalados pelo "desequilíbrio comportamental de alguns dirigentes" e o leão saiu. Foi muito cobiçado e isso terá pesado na decisão de ir embora. Depois de rescindir, o clube ainda tentou o regresso, numa altura em que se falava do Benfica, mas o jogador acabou por assinar pelo modesto, mas rico, Lille.

O emblema francês garantiu que não pagava nem um cêntimo aos leões e o clube acionou os tribunais. O processo decorre no Tribunal Arbitral do Desporto e já houve várias audiências. Os leões pedem 45 milhões de indemnização ao clube francês e mais dois milhões ao jogador (valor do contrato até 2023). Nesta época lutou pelo título de campeão em França e mostrou grande potencial. Fez oito golos em 26 jogos e está em segundo lugar na liga francesa com o PSG já campeão.

Rúben Ribeiro viu as portas fecharem-se ao regresso

Rescindiu com o Sporting e, ao contrário de alguns colegas, as portas do clube não mais lhe voltaram a ser abertas. Foi o sétimo a rescindir e depois disso ficou sem clube e sem jogar. Culpou os leões por isso, mas isso não impediu o clube de acionar a FIFA. Rúben Ribeiro teve passagem fugaz por Alvalade. Contratado no mercado de janeiro, o médio ex-Rio Ave assinou pelo Sporting até junho de 2020, mas rescindiu e ficou sem clube.

Existem nesta altura dois processos a correr. Um no Tribunal Arbitral do Desporto, em que o jogador reclama um prémio de assinatura em falta, e um outro na FIFA, em que o Sporting exige mais de 62 milhões de euros (60 ao Al Ain dos Emirados Árabes Unidos e cerca de 2,5 milhões ao jogador). Já o atleta defendeu-se no organismo mundial alegando que tinha justa causa para rescindir e exigindo ele 2,5 milhões aos leões. Além disso, é o único jogador assistente no processo crime relativo à invasão à Academia em maio do ano passado.

Podence era promessa e ainda está por resolver

Foi dos primeiros a rescindir. Apresentou a carta alegando justa causa para quebrar o contrato de forma unilateral no dia 1 de junho, a par do capitão Patrício. O jogador de 22 anos foi escolha regular de Jesus no início da época, mas sofreu uma lesão que o obrigou a cirurgia e perdeu a maior parte da temporada. Só voltou a treinar-se já no final do campeonato, mas não voltou a jogar. Foi para o Olympiacos e o Sporting acionou o TAD, pedindo 60 milhões de euros aos gregos e mais alguns milhares ao atleta pela cessação do contrato válido até 2020. O jogador e restantes testemunhas, nomeadamente Jorge Jesus, já foram ouvidas, estando o procersso na reta final. Na Grécia fez 28 jogos e sete golos.

Gelson Martins valia cem milhões e pode ficar por 22,5 milhões mais bónus

Era o maior imbróglio e foi resolvido nesta terça-feira, dia 14 de maio, véspera do aniversários dos acontecimentos. Com cláusula de cem milhões de euros e com melhoria salarial prevista, Gelson Martins rescindiu a 11 de junho para depois assinar pelo Atlético Madrid. Não se deu bem na capital espanhola e foi emprestado ao Mónaco de Leonardo Jardim.

Entretanto, o Sporting fez queixa do jogador e dos colchoneros à FIFA, exigindo 105 milhões de indemnização. No entanto, os clubes chegaram a acordo de forma o Sporting encaixar 22,5 milhões de euros e receber ainda o passe de Vietto (será reforço para 2019-2020) avaliado em 7,5 milhões de euros. Gelson participou em 12 jogos (um golo) pelos colchoneros em Espanha, antes de se mudar para o Mónaco e jogar 15 jogos e marcar quatro golos pela equipa do Principado.

Bas Dost regressou ao local do crime por mais três anos

A imagem de uma ferida aberta à cinturada na cabeça de Bas Dost foi revelada (ainda não se sabe por quem) e correu mundo como símbolo de uma agressão nunca antes vista num clube de futebol português. O holandês acabou por ser o maior rosto da invasão à Academia do dia 15 de maio de 2018.

Ficou abalado e pensou em deixar Alvalade. Meteu a carta de rescisão e invocou não ter condições para continuar a ir treinar-se todos os dias ao local do crime, mas passados uns dias voltou atrás e aceitou retirar a rescisão e manter-se no Sporting. Assinou então um novo (por três épocas) e melhorado contrato, mas nunca mais foi o mesmo. Coincidência ou reflexo do que passou nesse dia, o avançado nunca mais foi o mesmo em campo. Era o melhor marcador da equipa e referência única no ataque. Nesta época tem jogado de forma intermitente por culpa de várias lesões. Fez 33 jogos e 22 golos.

Bruno Fernandes aceitou regressar com o mesmo contrato

Foi um dos que discretamente rescindiram quando não se esperava. Peça influente na equipa de Jorge Jesus, Bruno Fernandes rescindiu a 11 de junho, a exemplo de William e Gelson. Tal como outros invocou não ter condições para ir para a Academia todos os dias. Depois voltou. Resgatado por um Sousa Cintra de novo no comando dos leões. Criou-se um burburinho à volta do seu regresso e o médio veio a público garantir que voltou atrás pelo Sporting e não por dinheiro, visto que ficou com o mesmo contrato (a cláusula de cem milhões é que parece ter descido, mas ninguém o confirma).

Dividiu a braçadeira de capitão com Nani até à saída do extremo para os EUA, depois assumiu-se como capitão único e destaque numa equipa com altos e baixos que mudou de treinador com a chegada de um novo presidente (Frederico Varandas). Foi em campo que conquistou de vez o coração dos sportinguistas, com a garra e talento que fazem dele o melhor marcador da equipa com 20 golos em 32 jogos.

Battaglia voltou e renovou

O argentino pediu para ir embora numa carta em que apontava culpas ao então presidente Bruno de Carvalho pelo pedido de cessação unilateral do contrato de trabalho. Tinha feito uma grande época e chamado à seleção argentina. Lamentava-se por isso a perda de um médio importante e Sousa Cintra trabalhou para o seu regresso. E conseguiu-o. Battaglia aceitou ficar no Sporting com um contrato melhor. Renovou por cinco épocas, mas uma lesão grave que o impediu de pôr um pé nos relvados em mais de meio ano tirou-lhe a oportunidade de brilhar como antes. Participou em apenas 11 jogos.

William Carvalho transferiu-se por 18 milhões de euros

Avançou sem avançar. William ameaçou sair a 11 de junho nunca carta de rescisão, alegando justa causa. Depois voltou atrás e convenceu os leões a negociá-lo com o Bétis. O negócio fez-se a troco de 18 milhões de euros. Foi considerado um bom negócio pelos dirigentes leoninos da altura. O internacional português era um dos que teria mais motivos para ir embora depois de acusar o então presidente Bruno de Carvalho de estar feito com os membros da claque que invadiram a Academia - nessa altura não havia indícios da possível saída de Bruno de Carvalho da presidência, o que aconteceu um mês depois. "Saí de uma forma que não queria, mas continuo a amar o Sporting", confessou recentemente. Está a fazer uma boa época ao serviço do Bétis na Liga espanhola (42 jogos), mas muitos questionam se não merecia um destino melhor.

Rui Patrício rendeu 18 milhões de euros a posteriori

O capitão deu a cara pelo plantel publicamente após os chamados acontecimentos de Madrid, quando o então presidente Bruno de Carvalho acusou a equipa de falta de empenho, e isso saiu-lhe caro. Primeiro levou com uma chuva de tochas num clássico, depois passou a sentir-se perseguido pelo líder leonino e por alguns elementos da claque, que lhe fizeram algumas esperas na garagem do estádio. Foi o primeiro a rescindir. A 1 de junho, numa carta de 34 páginas, Patrício chega mesmo a referir que "uma sucessão de factos imputáveis ao Sporting Clube de Portugal - Futebol SAD o fazem "temer pela vida". Arranjou clube passado uns dias. Tentou sair a bem, mas não houve acordo e ele foi mesmo assim.

Assinou pelo Wolves de Nuno Espírito Santo - tinha feito uma oferta de 18 milhões antes dos acontecimentos - e o caso seguiu para a FIFA com pedido de 57 milhões. No entanto, passado uns meses e já com Frederico Varandas na presidência, os clubes chegaram a um acordo. O Sporting recebeu 14 milhões e liquidou uma dívida antiga com Jorge Mendes no valor de quatro milhões de euros. Patrício é titularíssimo do Wolves na Premier League (37 jogos e 46 golos sofridos) e foi um dos destaques da época na baliza da equipa de NES, que terminou a liga inglesa em sétimo lugar.

Fonte: DN Premium - 15/Maio/2019
Quando desgraçadamente sabemos quem é a “gente de bem” do Sporting, eu vou querer estar sempre no lado da “gente de mal” - @chirola
Já vi que neste fórum uma pessoa não pode ter uma opinião diferente sobre o Mendes que é logo criticado e já classificado como alguém da cartilha do varandas como demange control. Eu que sempre fui contra o varandas e sou acho que não tem qualidade para ser presidente do Sporting

Não foi o fórum que usou a expressão damage control, fui eu. Podes identificar à vontade, eu não tenho medo do que digo. Posso errar, posso pedir desculpa, posso rectificar a informação, mas assumo o que escrevo.

Não foste classificado, foste associado. Podes opinar à vontade. Agora, a partir do momento em que existe uma linha de continuidade, é possível alguém fazer essa associação. Ainda mais quando mais de metade dos posts totais de alguém são nessa linha orientadora.

Ouve, eu aqui no fórum também já fui associado a muita coisa. À linha A, ao candidato B, ao treinador C, à ideologia futebolística D... Não me comeram nenhuma mão por causa disso. Se eu tenho uma ideia, explica-a. Se a minha ideia aprece decalcada de outros... a associação é inevitável.

E sim, não estava a brincar. Apresento a minha candidatura a um part-time no departamento de defesa pública das acções. Não há ponta de ironia nisto. Zero. Eu arranjo tempo, é o Sporting. Se não pertences ou tens contacto, então peço desculpa estar a incomodar a pessoa errada.



Habitua te rapaz..aqui ou todos se ajoelham e dizem amen ao santo deus ou és logo rotulado e perseguido. As pessoas vão, mas a ideologia e os seguidores ficam.

Força rapaz, não tenhas medo de falar.

Caro @JM55, qual ideologia? A que entidade divina te referes? Que seguidores? Quem?

Já agora, continuo à espera da resposta à outra questão. "Não tenhas medo de falar". Explica-me, que eu quero compreender.



Mas tu és digno de ser rabolho. Não do Sporting. Se pensas assim, muda te.

Então eu também não sou digno de ser do Sporting CP? Devo entregar o cartão? Sim, que por mim podemos ganhar os jogos todos com 4 penaltys a meio-campo. Essa coisa já me passou. Regras são regras e aqui são essas.
“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly