Frederico Varandas - Presidente do Sporting Clube de Portugal

Ryuseiken, tpedro, mixpooll e 12 Visitantes estão a ver este tópico.

Os velhos sempre conhecem melhor um Sporting vencedor do que os novos.  :inde:

Hoje em dia um gajo de 20 anos não sabe o que é ser campeão ou como se é campeão no Sporting, assustador. Com os velhos e a diferenciação dos votos o Bruno de Carvalho foi eleito, reeleito e teve uma aprovação de 90% no início do ano passado, fosse o problema do Sporting o número de votos por cabeça e estávamos nós bem, o problema do Sporting é um de identidade, falta dela no caso. E não, o melhor Presidente do Sporting não foi o Bruno de Carvalho, nem tão pouco o João Rocha que perante o surgimento do f.c.porto se acobardou, preocupante é as referências serem estas, isso sim...dois homens que foram engolidos e cuspidos pelo sistema criado pelos rivais. Até no momento em que o Sporting estava a ressurgir , depois de 2 campeonatos em três épocas em vez de deixarmos quem de direito trabalhar, que na altura até estavam a fazer coisas certas decidimos ameaçar dirigentes por contratarem o Mourinho, a história conta o resto, depois disso 17 anos sem ver 1 campeonato, boa decisão sem dúvida.  :lol:

Depois só Presidentes fracos, sem força, sem poder...um Pinto da Costa que só está aqui graças ao engenho de quem trabalha no S João sabe mais a dormir do que eles todos acordados e com estimulantes.


Se o universo Sporting não consegue produzir um líder temos zero que nos queixar.

Grande Lol! É a conclusão a que chego!

Roquete e Dias "o sistema" da Cunha foram melhores que J. Rocha e BDC?

Não deixaram quem trabalhar? O roquete em final de mandato ou o Dias da Cunha em início de mandato?

Felizmente lembro-me de 3 campeonatos. O de 82, 2000 e 2002. O de 80 nem por isso. Pujança e expectativa de ganhar em futebol e modalidades apenas durante o J. Rocha e BDC lamento informar!

Mais ainda, entre 2000 e 2002 o nosso principal rival foi... o boavista. Tanto lampiões como fruteiros estavam fraquitos.

Expectativa de ganhar é qualquer coisa de facto.

No Sporting é bom quem ganha, dada a falta de campeonatos então melhor é ainda.

Para vermos grandes Presidentes no Sporting, líderes, temos que olhar para trás do João Rocha, e se te lembras do campeonato de 80 devias lembrar também da falta de engenho do João Rocha perante a estratégia do f.c.porto, foi vergado por eles e o Sporting por arrasto.

Como escrevi antes ter João Rocha e Bruno de Carvalho como referências só mesmo num clube que nos últimos quase 40 anos foi campeão 3 vezes.

E isto aplica-se também ao Varandas e aos outros que se perfilaram nas últimas eleições, homens fracos e sem estratégia, seriam e são manietados pelo futebol português sem apelo nem agravo.


Vir para aqui falar da obra de um Presidente que não foi campeão é qualquer coisa, só no Sporting.
(...)Até no momento em que o Sporting estava a ressurgir , depois de 2 campeonatos em três épocas em vez de deixarmos quem de direito trabalhar, que na altura até estavam a fazer coisas certas decidimos ameaçar dirigentes por contratarem o Mourinho, a história conta o resto, depois disso 17 anos sem ver 1 campeonato, boa decisão sem dúvida.  :lol:

"Deixarmos quem de direito"?

Quem de direito toma decisões. Não as tomaram porque não quiseram. Aquela trapalhada Inácio/Duque e Mourinho aos dirigentes se deve.

Fala-se de messianismos de terceiros e o diabo a quatro, mas depois e conforme as agendas, surpreendem-se e rasgam as vestes porque nem tudo corre bem e é bem feito, ou sacam orgasmos porque se escreve à Liga.

O Sporting cresceu a nivel patrimonial, financeiro e desportivo nos últimos 5 anos. E algumas vertentes, de forma brutal e com enorme sucesso.

A coisa ficou inacabada. Não é relevante agora apontar o dedo porque x ou y fizeram w e k. Mas ficou inacabada. Parámos um contexto de crescimento para entrarmos não sabemos muito bem em que. Vá, em algo mais compatível com os "valores" das nossas "elites". e fazedores de opinião. Repito, parámos um contexto de crescimento.

Isso das elites não sei o que é, mas se te referes a uma linhagem de Presidentes então foram os últimos a dar 1 campeonato ao clube.

Quanto à trapalhada foi mútua, os dirigentes porque não tiveram tomates para manter a decisão que era mais do que acertada apesar de polémica, e o tempo veio comprovar isso em grande peso, e os adeptos que após a quebra do jejum não souberam dar margem a quem de direito. Responsabilidades dos 2 lados, como disse, falta um líder à muito tempo.

Obra feita? Obra feita no Sporting é ser campeão, ponto. Em 5 épocas nem 1 campeonato, nada a assinalar no futebol, uma taça, uma super taça e uma taça da liga. Acabou com jogadores a rescindir, órgãos sociais que escolheu a abandonarem o barco, etc etc...uma maravilha não haja dúvida.

Lá está, quando as referências são estas no Sporting está muita coisa explicada.

O que é que aconteceu em 2015/16?

Fico sempre maldisposta quando vêm com esta argumentação.
(...)Até no momento em que o Sporting estava a ressurgir , depois de 2 campeonatos em três épocas em vez de deixarmos quem de direito trabalhar, que na altura até estavam a fazer coisas certas decidimos ameaçar dirigentes por contratarem o Mourinho, a história conta o resto, depois disso 17 anos sem ver 1 campeonato, boa decisão sem dúvida.  :lol:

"Deixarmos quem de direito"?

Quem de direito toma decisões. Não as tomaram porque não quiseram. Aquela trapalhada Inácio/Duque e Mourinho aos dirigentes se deve.

Fala-se de messianismos de terceiros e o diabo a quatro, mas depois e conforme as agendas, surpreendem-se e rasgam as vestes porque nem tudo corre bem e é bem feito, ou sacam orgasmos porque se escreve à Liga.

O Sporting cresceu a nivel patrimonial, financeiro e desportivo nos últimos 5 anos. E algumas vertentes, de forma brutal e com enorme sucesso.

A coisa ficou inacabada. Não é relevante agora apontar o dedo porque x ou y fizeram w e k. Mas ficou inacabada. Parámos um contexto de crescimento para entrarmos não sabemos muito bem em que. Vá, em algo mais compatível com os "valores" das nossas "elites". e fazedores de opinião. Repito, parámos um contexto de crescimento.

Isso das elites não sei o que é, mas se te referes a uma linhagem de Presidentes então foram os últimos a dar 1 campeonato ao clube.

Quanto à trapalhada foi mútua, os dirigentes porque não tiveram tomates para manter a decisão que era mais do que acertada apesar de polémica, e o tempo veio comprovar isso em grande peso, e os adeptos que após a quebra do jejum não souberam dar margem a quem de direito. Responsabilidades dos 2 lados, como disse, falta um líder à muito tempo.

Obra feita? Obra feita no Sporting é ser campeão, ponto. Em 5 épocas nem 1 campeonato, nada a assinalar no futebol, uma taça, uma super taça e uma taça da liga. Acabou com jogadores a rescindir, órgãos sociais que escolheu a abandonarem o barco, etc etc...uma maravilha não haja dúvida.

Lá está, quando as referências são estas no Sporting está muita coisa explicada.

Portanto, ficamos todos a saber que lutar taco a taco pelo título e perdê-lo, ou ficar último é igual, pois títulos, zerinho.
Isto é de arrepiar, e porque razão temos de gramar com estas pessoas? porque razão estes lunáticos têm de vir parar todos ao Sporting?

Leste mal, não tenho culpa.

Lutar taco a taco? O Soares Franco é referência também está visto. Bruno de Carvalho lutou 1 vez taco a taco, em 5 épocas, grande obra de facto.
(...)Até no momento em que o Sporting estava a ressurgir , depois de 2 campeonatos em três épocas em vez de deixarmos quem de direito trabalhar, que na altura até estavam a fazer coisas certas decidimos ameaçar dirigentes por contratarem o Mourinho, a história conta o resto, depois disso 17 anos sem ver 1 campeonato, boa decisão sem dúvida. 

"Deixarmos quem de direito"?

Quem de direito toma decisões. Não as tomaram porque não quiseram. Aquela trapalhada Inácio/Duque e Mourinho aos dirigentes se deve.

Fala-se de messianismos de terceiros e o diabo a quatro, mas depois e conforme as agendas, surpreendem-se e rasgam as vestes porque nem tudo corre bem e é bem feito, ou sacam orgasmos porque se escreve à Liga.

O Sporting cresceu a nivel patrimonial, financeiro e desportivo nos últimos 5 anos. E algumas vertentes, de forma brutal e com enorme sucesso.

A coisa ficou inacabada. Não é relevante agora apontar o dedo porque x ou y fizeram w e k. Mas ficou inacabada. Parámos um contexto de crescimento para entrarmos não sabemos muito bem em que. Vá, em algo mais compatível com os "valores" das nossas "elites". e fazedores de opinião. Repito, parámos um contexto de crescimento.

Isso das elites não sei o que é, mas se te referes a uma linhagem de Presidentes então foram os últimos a dar 1 campeonato ao clube.

Quanto à trapalhada foi mútua, os dirigentes porque não tiveram tomates para manter a decisão que era mais do que acertada apesar de polémica, e o tempo veio comprovar isso em grande peso, e os adeptos que após a quebra do jejum não souberam dar margem a quem de direito. Responsabilidades dos 2 lados, como disse, falta um líder à muito tempo.

Obra feita? Obra feita no Sporting é ser campeão, ponto. Em 5 épocas nem 1 campeonato, nada a assinalar no futebol, uma taça, uma super taça e uma taça da liga. Acabou com jogadores a rescindir, órgãos sociais que escolheu a abandonarem o barco, etc etc...uma maravilha não haja dúvida.

Lá está, quando as referências são estas no Sporting está muita coisa explicada.

O que é que aconteceu em 2015/16?

Fico sempre maldisposta quando vêm com esta argumentação.
Fomos assaltados. Deviam estar entupidos em croquete para não verem....

Enviado do meu Mi A1 através do Tapatalk

Por cada Leão que cair, outro se levantará.



olhem quem vai voltar...

f*** se, nunca!  :cartao:

Judas iscariotes de volta?

Mais um mercenário  :lol: :lol:
E se for verdade mais esta barracada da direção do varandas, o atlético terá de pagar na mesma.
(...)Até no momento em que o Sporting estava a ressurgir , depois de 2 campeonatos em três épocas em vez de deixarmos quem de direito trabalhar, que na altura até estavam a fazer coisas certas decidimos ameaçar dirigentes por contratarem o Mourinho, a história conta o resto, depois disso 17 anos sem ver 1 campeonato, boa decisão sem dúvida.  :lol:

"Deixarmos quem de direito"?

Quem de direito toma decisões. Não as tomaram porque não quiseram. Aquela trapalhada Inácio/Duque e Mourinho aos dirigentes se deve.

Fala-se de messianismos de terceiros e o diabo a quatro, mas depois e conforme as agendas, surpreendem-se e rasgam as vestes porque nem tudo corre bem e é bem feito, ou sacam orgasmos porque se escreve à Liga.

O Sporting cresceu a nivel patrimonial, financeiro e desportivo nos últimos 5 anos. E algumas vertentes, de forma brutal e com enorme sucesso.

A coisa ficou inacabada. Não é relevante agora apontar o dedo porque x ou y fizeram w e k. Mas ficou inacabada. Parámos um contexto de crescimento para entrarmos não sabemos muito bem em que. Vá, em algo mais compatível com os "valores" das nossas "elites". e fazedores de opinião. Repito, parámos um contexto de crescimento.

Isso das elites não sei o que é, mas se te referes a uma linhagem de Presidentes então foram os últimos a dar 1 campeonato ao clube.

Quanto à trapalhada foi mútua, os dirigentes porque não tiveram tomates para manter a decisão que era mais do que acertada apesar de polémica, e o tempo veio comprovar isso em grande peso, e os adeptos que após a quebra do jejum não souberam dar margem a quem de direito. Responsabilidades dos 2 lados, como disse, falta um líder à muito tempo.

Obra feita? Obra feita no Sporting é ser campeão, ponto. Em 5 épocas nem 1 campeonato, nada a assinalar no futebol, uma taça, uma super taça e uma taça da liga. Acabou com jogadores a rescindir, órgãos sociais que escolheu a abandonarem o barco, etc etc...uma maravilha não haja dúvida.

Lá está, quando as referências são estas no Sporting está muita coisa explicada.

O que é que aconteceu em 2015/16?

Fico sempre maldisposta quando vêm com esta argumentação.

O mesmo que com Soares Franco e Paulo Bento, fomos roubados de 1 campeonato. O mesmo que se passou com o Cintra nos anos 90 quando tivemos os nossos melhores planteis.

E isso só se enquadra precisamente naquilo que escrevi, engolidos e cuspidos pelo sistema, noutros tempos, já longínquos, não se atreviam a fazer isso ao Sporting. Décadas de líderes e estruturas fracas dá nisso mesmo.

(...)Até no momento em que o Sporting estava a ressurgir , depois de 2 campeonatos em três épocas em vez de deixarmos quem de direito trabalhar, que na altura até estavam a fazer coisas certas decidimos ameaçar dirigentes por contratarem o Mourinho, a história conta o resto, depois disso 17 anos sem ver 1 campeonato, boa decisão sem dúvida. 

"Deixarmos quem de direito"?

Quem de direito toma decisões. Não as tomaram porque não quiseram. Aquela trapalhada Inácio/Duque e Mourinho aos dirigentes se deve.

Fala-se de messianismos de terceiros e o diabo a quatro, mas depois e conforme as agendas, surpreendem-se e rasgam as vestes porque nem tudo corre bem e é bem feito, ou sacam orgasmos porque se escreve à Liga.

O Sporting cresceu a nivel patrimonial, financeiro e desportivo nos últimos 5 anos. E algumas vertentes, de forma brutal e com enorme sucesso.

A coisa ficou inacabada. Não é relevante agora apontar o dedo porque x ou y fizeram w e k. Mas ficou inacabada. Parámos um contexto de crescimento para entrarmos não sabemos muito bem em que. Vá, em algo mais compatível com os "valores" das nossas "elites". e fazedores de opinião. Repito, parámos um contexto de crescimento.

Isso das elites não sei o que é, mas se te referes a uma linhagem de Presidentes então foram os últimos a dar 1 campeonato ao clube.

Quanto à trapalhada foi mútua, os dirigentes porque não tiveram tomates para manter a decisão que era mais do que acertada apesar de polémica, e o tempo veio comprovar isso em grande peso, e os adeptos que após a quebra do jejum não souberam dar margem a quem de direito. Responsabilidades dos 2 lados, como disse, falta um líder à muito tempo.

Obra feita? Obra feita no Sporting é ser campeão, ponto. Em 5 épocas nem 1 campeonato, nada a assinalar no futebol, uma taça, uma super taça e uma taça da liga. Acabou com jogadores a rescindir, órgãos sociais que escolheu a abandonarem o barco, etc etc...uma maravilha não haja dúvida.

Lá está, quando as referências são estas no Sporting está muita coisa explicada.

O que é que aconteceu em 2015/16?

Fico sempre maldisposta quando vêm com esta argumentação.

O mesmo que com Soares Franco e Paulo Bento, fomos roubados de 1 campeonato. O mesmo que se passou com o Cintra nos anos 90 quando tivemos os nossos melhores planteis.

E isso só se enquadra precisamente naquilo que escrevi, engolidos e cuspidos pelo sistema, noutros tempos, já longínquos, não se atreviam a fazer isso ao Sporting. Décadas de líderes e estruturas fracas dá nisso mesmo.
Claro. Gloriosos tempos do girafa. Em que se delapidava património e se chorava por militância....

Enviado do meu Mi A1 através do Tapatalk

Por cada Leão que cair, outro se levantará.
(...)Até no momento em que o Sporting estava a ressurgir , depois de 2 campeonatos em três épocas em vez de deixarmos quem de direito trabalhar, que na altura até estavam a fazer coisas certas decidimos ameaçar dirigentes por contratarem o Mourinho, a história conta o resto, depois disso 17 anos sem ver 1 campeonato, boa decisão sem dúvida. 

"Deixarmos quem de direito"?

Quem de direito toma decisões. Não as tomaram porque não quiseram. Aquela trapalhada Inácio/Duque e Mourinho aos dirigentes se deve.

Fala-se de messianismos de terceiros e o diabo a quatro, mas depois e conforme as agendas, surpreendem-se e rasgam as vestes porque nem tudo corre bem e é bem feito, ou sacam orgasmos porque se escreve à Liga.

O Sporting cresceu a nivel patrimonial, financeiro e desportivo nos últimos 5 anos. E algumas vertentes, de forma brutal e com enorme sucesso.

A coisa ficou inacabada. Não é relevante agora apontar o dedo porque x ou y fizeram w e k. Mas ficou inacabada. Parámos um contexto de crescimento para entrarmos não sabemos muito bem em que. Vá, em algo mais compatível com os "valores" das nossas "elites". e fazedores de opinião. Repito, parámos um contexto de crescimento.

Isso das elites não sei o que é, mas se te referes a uma linhagem de Presidentes então foram os últimos a dar 1 campeonato ao clube.

Quanto à trapalhada foi mútua, os dirigentes porque não tiveram tomates para manter a decisão que era mais do que acertada apesar de polémica, e o tempo veio comprovar isso em grande peso, e os adeptos que após a quebra do jejum não souberam dar margem a quem de direito. Responsabilidades dos 2 lados, como disse, falta um líder à muito tempo.

Obra feita? Obra feita no Sporting é ser campeão, ponto. Em 5 épocas nem 1 campeonato, nada a assinalar no futebol, uma taça, uma super taça e uma taça da liga. Acabou com jogadores a rescindir, órgãos sociais que escolheu a abandonarem o barco, etc etc...uma maravilha não haja dúvida.

Lá está, quando as referências são estas no Sporting está muita coisa explicada.

O que é que aconteceu em 2015/16?

Fico sempre maldisposta quando vêm com esta argumentação.

O mesmo que com Soares Franco e Paulo Bento, fomos roubados de 1 campeonato. O mesmo que se passou com o Cintra nos anos 90 quando tivemos os nossos melhores planteis.

E isso só se enquadra precisamente naquilo que escrevi, engolidos e cuspidos pelo sistema, noutros tempos, já longínquos, não se atreviam a fazer isso ao Sporting. Décadas de líderes e estruturas fracas dá nisso mesmo.
Claro. Gloriosos tempos do girafa. Em que se delapidava património e se chorava por militância....

Enviado do meu Mi A1 através do Tapatalk

Mas quem é que falou em tempos gloriosos? Tudo menos gloriosos.

Aliás nos últimos 17 anos não há nada de glorioso a assinalar.

Vocês é que dizem que é de assinalar ser roubado de 1 campeonato, Soares Franco também o foi.




olhem quem vai voltar...

f*** se, nunca!  :cartao:

Judas iscariotes de volta?

Mais um mercenário  :lol: :lol:
E se for verdade mais esta barracada da direção do varandas, o atlético terá de pagar na mesma.

Se eles o voltam aceitar, é o cúmulo da pouca vergonha! Um traidor, que está arrumado no banco do atletico, mal joga já.. Estão mortinhos pra se livrarem dele. Agora no fim de arrebentado é que alegadamente vêm.. Não acredito nessa noticia. Era mau demais
Citação de: desconfiado em Hoje às 22:55
"O jogo de hoje mostra claramente o porquê de o sporting não ganhar um campeonato há 16 anos e ter estado outros 18 sem o ganhar. Jogo completamente encomendado. Bastou o sporting ter 1 hipótese em 100 de roubar a champions ao foculporto que logo a "fruta" entrou em acção. Expulsão completamente exagerada e propositada. Mas atenção a culpa não é só do "sistema".Também é nossa. Somos um clube "sem tomates". Um clube de "varandetes". Qualquer "pressãozita" ou qualquer "roubo" que nos façam que abrimos logo as p**** das pernas e o foculporto.Hoje fomos completamente sodomizados em Alvalade e nós deixamos porque não temos espinha.É por isto que nunca seremos campeões."
(...)Até no momento em que o Sporting estava a ressurgir , depois de 2 campeonatos em três épocas em vez de deixarmos quem de direito trabalhar, que na altura até estavam a fazer coisas certas decidimos ameaçar dirigentes por contratarem o Mourinho, a história conta o resto, depois disso 17 anos sem ver 1 campeonato, boa decisão sem dúvida. 

"Deixarmos quem de direito"?

Quem de direito toma decisões. Não as tomaram porque não quiseram. Aquela trapalhada Inácio/Duque e Mourinho aos dirigentes se deve.

Fala-se de messianismos de terceiros e o diabo a quatro, mas depois e conforme as agendas, surpreendem-se e rasgam as vestes porque nem tudo corre bem e é bem feito, ou sacam orgasmos porque se escreve à Liga.

O Sporting cresceu a nivel patrimonial, financeiro e desportivo nos últimos 5 anos. E algumas vertentes, de forma brutal e com enorme sucesso.

A coisa ficou inacabada. Não é relevante agora apontar o dedo porque x ou y fizeram w e k. Mas ficou inacabada. Parámos um contexto de crescimento para entrarmos não sabemos muito bem em que. Vá, em algo mais compatível com os "valores" das nossas "elites". e fazedores de opinião. Repito, parámos um contexto de crescimento.

Isso das elites não sei o que é, mas se te referes a uma linhagem de Presidentes então foram os últimos a dar 1 campeonato ao clube.

Quanto à trapalhada foi mútua, os dirigentes porque não tiveram tomates para manter a decisão que era mais do que acertada apesar de polémica, e o tempo veio comprovar isso em grande peso, e os adeptos que após a quebra do jejum não souberam dar margem a quem de direito. Responsabilidades dos 2 lados, como disse, falta um líder à muito tempo.

Obra feita? Obra feita no Sporting é ser campeão, ponto. Em 5 épocas nem 1 campeonato, nada a assinalar no futebol, uma taça, uma super taça e uma taça da liga. Acabou com jogadores a rescindir, órgãos sociais que escolheu a abandonarem o barco, etc etc...uma maravilha não haja dúvida.

Lá está, quando as referências são estas no Sporting está muita coisa explicada.
Portanto o Nuno N a defender os primórdios do roquetismo. Dá para tudo, está visto.

Obra feita é criar capacidade para ganhar tudo em tudo. Quando havia capacidade para ganhar quase nada.

Que foi o BdC fez. Nalgumas coisas, poderia e deveria ter feito bem melhor, mas foi isso que tivemos. Um Sporting capaz de ganhar tudo. E ganhou quase tudo no ano que saiu.

A memória é de facto muito curta. E selectiva. BdC não apanhou um clube q somara 150M de prejuízos nos 4 anos anteriores, passivo quase nos 500M  em que a distância média para o primeiro lugar no futebol estava acima dos 20 pontos nos 4 anos anteriores, que lutava por coisa nenhuma desde 2006.

Olha, azar o nosso onde se bateu com Benficas e Portos a bater recordes pontuais e não a disputar o título com o Boavista num momento em que se vivia do dinheiro da banca e estávamos nas vésperas de ficar asfixiados financeiramente por uma geração.



.
FOI A D. CLOTILDE!
(...)Até no momento em que o Sporting estava a ressurgir , depois de 2 campeonatos em três épocas em vez de deixarmos quem de direito trabalhar, que na altura até estavam a fazer coisas certas decidimos ameaçar dirigentes por contratarem o Mourinho, a história conta o resto, depois disso 17 anos sem ver 1 campeonato, boa decisão sem dúvida.  :lol:

"Deixarmos quem de direito"?

Quem de direito toma decisões. Não as tomaram porque não quiseram. Aquela trapalhada Inácio/Duque e Mourinho aos dirigentes se deve.

Fala-se de messianismos de terceiros e o diabo a quatro, mas depois e conforme as agendas, surpreendem-se e rasgam as vestes porque nem tudo corre bem e é bem feito, ou sacam orgasmos porque se escreve à Liga.

O Sporting cresceu a nivel patrimonial, financeiro e desportivo nos últimos 5 anos. E algumas vertentes, de forma brutal e com enorme sucesso.

A coisa ficou inacabada. Não é relevante agora apontar o dedo porque x ou y fizeram w e k. Mas ficou inacabada. Parámos um contexto de crescimento para entrarmos não sabemos muito bem em que. Vá, em algo mais compatível com os "valores" das nossas "elites". e fazedores de opinião. Repito, parámos um contexto de crescimento.

Isso das elites não sei o que é, mas se te referes a uma linhagem de Presidentes então foram os últimos a dar 1 campeonato ao clube.

Quanto à trapalhada foi mútua, os dirigentes porque não tiveram tomates para manter a decisão que era mais do que acertada apesar de polémica, e o tempo veio comprovar isso em grande peso, e os adeptos que após a quebra do jejum não souberam dar margem a quem de direito. Responsabilidades dos 2 lados, como disse, falta um líder à muito tempo.

Obra feita? Obra feita no Sporting é ser campeão, ponto. Em 5 épocas nem 1 campeonato, nada a assinalar no futebol, uma taça, uma super taça e uma taça da liga. Acabou com jogadores a rescindir, órgãos sociais que escolheu a abandonarem o barco, etc etc...uma maravilha não haja dúvida.

Lá está, quando as referências são estas no Sporting está muita coisa explicada.

O que é que aconteceu em 2015/16?

Fico sempre maldisposta quando vêm com esta argumentação.

O mesmo que com Soares Franco e Paulo Bento, fomos roubados de 1 campeonato. O mesmo que se passou com o Cintra nos anos 90 quando tivemos os nossos melhores planteis.

E isso só se enquadra precisamente naquilo que escrevi, engolidos e cuspidos pelo sistema, noutros tempos, já longínquos, não se atreviam a fazer isso ao Sporting. Décadas de líderes e estruturas fracas dá nisso mesmo.

Facto.

Mas muitos já se devem ter esquecido da mão do Ronny, sem falar de todos os outros jogos onde fomos roubados(e o Porto levado ao colo) bastaria nos esse jogo para sermos campeões.

E como disseste e bem o mais triste nisto, é que em tantos anos de futebol os melhores exemplos que se conseguem encontrar são simplesmente medíocres ou medianos(no que concerne o futebol profissional entenda-se).

A certa altura parece que o futebol neste clube e na mente dos dirigentes parou nos anos 80, e um amadorismo perdura.

Este Presidente que agora dá ao nome ao tópico, tem muita garganta e diz que faz isto e aquilo.Mas até ver a profissionalização que supostamente está a criar no futebol do clube é bola, não se vê nada(bem pelo contrário vê-se erros que perduram do passado).

Basta ver alias pelo exemplo do treinador que contratou, alguém que lhe foi recomendado por um...médico (ele pode vir com as historias que quiser mas foi isso que aconteceu).

O problema do Sporting foi e continua a ser os seus dirigentes, não há um que se aproveite na totalidade para liderar o clube.Talvez daqui a uns 30 ou 40 anos apareça alguém verdadeiramente competente e capaz de fazer evoluir o clube para os patamares que todos desejam. Mas até ver é tudo paisagem.
(...)Até no momento em que o Sporting estava a ressurgir , depois de 2 campeonatos em três épocas em vez de deixarmos quem de direito trabalhar, que na altura até estavam a fazer coisas certas decidimos ameaçar dirigentes por contratarem o Mourinho, a história conta o resto, depois disso 17 anos sem ver 1 campeonato, boa decisão sem dúvida. 

"Deixarmos quem de direito"?

Quem de direito toma decisões. Não as tomaram porque não quiseram. Aquela trapalhada Inácio/Duque e Mourinho aos dirigentes se deve.

Fala-se de messianismos de terceiros e o diabo a quatro, mas depois e conforme as agendas, surpreendem-se e rasgam as vestes porque nem tudo corre bem e é bem feito, ou sacam orgasmos porque se escreve à Liga.

O Sporting cresceu a nivel patrimonial, financeiro e desportivo nos últimos 5 anos. E algumas vertentes, de forma brutal e com enorme sucesso.

A coisa ficou inacabada. Não é relevante agora apontar o dedo porque x ou y fizeram w e k. Mas ficou inacabada. Parámos um contexto de crescimento para entrarmos não sabemos muito bem em que. Vá, em algo mais compatível com os "valores" das nossas "elites". e fazedores de opinião. Repito, parámos um contexto de crescimento.

Isso das elites não sei o que é, mas se te referes a uma linhagem de Presidentes então foram os últimos a dar 1 campeonato ao clube.

Quanto à trapalhada foi mútua, os dirigentes porque não tiveram tomates para manter a decisão que era mais do que acertada apesar de polémica, e o tempo veio comprovar isso em grande peso, e os adeptos que após a quebra do jejum não souberam dar margem a quem de direito. Responsabilidades dos 2 lados, como disse, falta um líder à muito tempo.

Obra feita? Obra feita no Sporting é ser campeão, ponto. Em 5 épocas nem 1 campeonato, nada a assinalar no futebol, uma taça, uma super taça e uma taça da liga. Acabou com jogadores a rescindir, órgãos sociais que escolheu a abandonarem o barco, etc etc...uma maravilha não haja dúvida.

Lá está, quando as referências são estas no Sporting está muita coisa explicada.
Portanto o Nuno N a defender os primórdios do roquetismo. Dá para tudo, está visto.

Obra feita é criar capacidade para ganhar tudo em tudo. Quando havia capacidade para ganhar quase nada.

Que foi o BdC fez. Nalgumas coisas, poderia e deveria ter feito bem melhor, mas foi isso que tivemos. Um Sporting capaz de ganhar tudo. E ganhou quase tudo no ano que saiu.

A memória é de facto muito curta. E selectiva. BdC não apanhou um clube q somara 150M de prejuízos nos 4 anos anteriores, passivo quase nos 500M  em que a distância média para o primeiro lugar no futebol estava acima dos 20 pontos nos 4 anos anteriores, que lutava por coisa nenhuma desde 2006.

Olha, azar o nosso onde se bateu com Benficas e Portos a bater recordes pontuais e não a disputar o título com o Boavista num momento em que se vivia do dinheiro da banca e estávamos nas vésperas de ficar asfixiados financeiramente por uma geração.


Raio, mas onde é que defendi primórdios seja do que for?

Referi apenas factos, nessa fase fomos campeões, ponto.

Criar capacidade para ganhar sim já é ambíguo, qual é a medida de avaliação disso? Ganhar, e em 5 épocas não se ganhou. Se criou capacidade sem a concretizar vale de pouco, ou nada no fundo.

Foi bom o trabalho nas modalidades? Foi.

Trouxe entusiasmo? Trouxe.

Ganhou no futebol? Não.

E esta tem que ser a medida de avaliação, que quando o deixar de ser já nem a história nos vale.

17 anos sem 1 campeonato, Bruno de Carvalho contribuío para 5, os outros para os restantes, com diferenças óbvias entre eles? Claro, Bruno de Carvalho foi o melhor nestes 17 anos? Foi sim senhor, mas estão todos abaixo de zero, como estará o Varandas se contribuir para o jejum, 1 ano já vai contribuir pelo menos é todos os que se lhe seguirem e não forem campeões.

17 anos sem 1 campeonato, Bruno de Carvalho contribuío para 5, os outros para os restantes, com diferenças óbvias entre eles? Claro, Bruno de Carvalho foi o melhor nestes 17 anos? Foi sim senhor, mas estão todos abaixo de zero, como estará o Varandas se contribuir para o jejum, 1 ano já vai contribuir pelo menos é todos os que se lhe seguirem e não forem campeões.

Só para deixar claro que: factualmente, repito, factualmente, o clube que Varandas pega é infinitamente melhor que o clube que Bruno de Carvalho pegou. Dada a disparidade de orçamentos era preciso UM MILAGRE quase a roçar o de Leicester para o Sporting ser campeão nas suas primeiras duas temporadas. Depois disso sim, poderia e deveria ter sido campeão e por erros do próprio e factores externos não o foi (e será que não foi). Mas essas condições foi ele mesmo que as criou. Coisa que não vejo a acontecer actualmente, por muito cedo que ainda seja.
Porque não fundam o Campo Grande Football Clube?
Citação de: Vitor Ferreira
Só pessoas estúpidas, intelectualmente desonestas e cegas é que estão neste momento com Bruno de Carvalho, qualquer pessoa meramente inteligente (...)
Citação de: Jaime Marta Soares
Vai poder candidatar-se! Não tem nenhuma outra situação que não seja, se tiver as cotas em dia e se for essa a sua vontade, candidatar-se.
(...)Até no momento em que o Sporting estava a ressurgir , depois de 2 campeonatos em três épocas em vez de deixarmos quem de direito trabalhar, que na altura até estavam a fazer coisas certas decidimos ameaçar dirigentes por contratarem o Mourinho, a história conta o resto, depois disso 17 anos sem ver 1 campeonato, boa decisão sem dúvida. 

"Deixarmos quem de direito"?

Quem de direito toma decisões. Não as tomaram porque não quiseram. Aquela trapalhada Inácio/Duque e Mourinho aos dirigentes se deve.

Fala-se de messianismos de terceiros e o diabo a quatro, mas depois e conforme as agendas, surpreendem-se e rasgam as vestes porque nem tudo corre bem e é bem feito, ou sacam orgasmos porque se escreve à Liga.

O Sporting cresceu a nivel patrimonial, financeiro e desportivo nos últimos 5 anos. E algumas vertentes, de forma brutal e com enorme sucesso.

A coisa ficou inacabada. Não é relevante agora apontar o dedo porque x ou y fizeram w e k. Mas ficou inacabada. Parámos um contexto de crescimento para entrarmos não sabemos muito bem em que. Vá, em algo mais compatível com os "valores" das nossas "elites". e fazedores de opinião. Repito, parámos um contexto de crescimento.

Isso das elites não sei o que é, mas se te referes a uma linhagem de Presidentes então foram os últimos a dar 1 campeonato ao clube.

Quanto à trapalhada foi mútua, os dirigentes porque não tiveram tomates para manter a decisão que era mais do que acertada apesar de polémica, e o tempo veio comprovar isso em grande peso, e os adeptos que após a quebra do jejum não souberam dar margem a quem de direito. Responsabilidades dos 2 lados, como disse, falta um líder à muito tempo.

Obra feita? Obra feita no Sporting é ser campeão, ponto. Em 5 épocas nem 1 campeonato, nada a assinalar no futebol, uma taça, uma super taça e uma taça da liga. Acabou com jogadores a rescindir, órgãos sociais que escolheu a abandonarem o barco, etc etc...uma maravilha não haja dúvida.

Lá está, quando as referências são estas no Sporting está muita coisa explicada.
Portanto o Nuno N a defender os primórdios do roquetismo. Dá para tudo, está visto.

Obra feita é criar capacidade para ganhar tudo em tudo. Quando havia capacidade para ganhar quase nada.

Que foi o BdC fez. Nalgumas coisas, poderia e deveria ter feito bem melhor, mas foi isso que tivemos. Um Sporting capaz de ganhar tudo. E ganhou quase tudo no ano que saiu.

A memória é de facto muito curta. E selectiva. BdC não apanhou um clube q somara 150M de prejuízos nos 4 anos anteriores, passivo quase nos 500M  em que a distância média para o primeiro lugar no futebol estava acima dos 20 pontos nos 4 anos anteriores, que lutava por coisa nenhuma desde 2006.

Olha, azar o nosso onde se bateu com Benficas e Portos a bater recordes pontuais e não a disputar o título com o Boavista num momento em que se vivia do dinheiro da banca e estávamos nas vésperas de ficar asfixiados financeiramente por uma geração.


Raio, mas onde é que defendi primórdios seja do que for?

Referi apenas factos, nessa fase fomos campeões, ponto.

Criar capacidade para ganhar sim já é ambíguo, qual é a medida de avaliação disso? Ganhar, e em 5 épocas não se ganhou. Se criou capacidade sem a concretizar vale de pouco, ou nada no fundo.

Foi bom o trabalho nas modalidades? Foi.

Trouxe entusiasmo? Trouxe.

Ganhou no futebol? Não.

E esta tem que ser a medida de avaliação, que quando o deixar de ser já nem a história nos vale.

17 anos sem 1 campeonato, Bruno de Carvalho contribuío para 5, os outros para os restantes, com diferenças óbvias entre eles? Claro, Bruno de Carvalho foi o melhor nestes 17 anos? Foi sim senhor, mas estão todos abaixo de zero, como estará o Varandas se contribuir para o jejum, 1 ano já vai contribuir pelo menos é todos os que se lhe seguirem e não forem campeões.


Pena quando as frases taxativas e as estatísticas cruéis só se apliquem quando dá jeito...

"Jogadores a rescindir, uma maravilha..."... Mas, um campeonato roubado - factual como nunca - à vista de todos... "foi azar", não ganhou paciência, não é ?...

Na língua de alguns está mais fácil sentenciar o mau e esquecer que o Sporting FOI campeão 2015-2916... vá-se lá saber a razão por que o fazem...

Isto quando o próprio varandas fez desse campeonato cavalo de batalha...

Pena quando as frases taxativas e as estatísticas cruéis só se apliquem quando dá jeito...
(...)

Afunilamento argumentativo. Repara: "Vieira não foi campeão europeu, facto". Aceite esse ponto de partida, e varrendo toda a restante envolvente, o argumento está ganho (na formalidade) desde que gire à volta da premissa. Isso inclui banalizar factores como crescimento, dívida reduzida, maior massa humana, melhores contratos, maior competitividade sustentada, combate à corrupção, e por aí fora.
É uma escolha.
"If you can survive disappointment, nothing can beat you."

(...) But my dreams have been stolen away.
Eu também sou capaz de dizer mal de qualquer um.  8)
#NasciLeãoNãoLampião
- "Basta que os homens de bem nada façam, para que o mal prevaleça"
- "Prefiro morrer de pé a viver ajoelhado"
É mero facto, não fomos campeões com BDC.

Foi nos espoliado um campeonato?É verdade, da mesma maneira que em 06/07 vergonhosamente nos foi roubado um campeonato que era nosso por justiça.

Época essa que tínhamos um Presidente que não tinha respeito algum pelos sócios, tinha um treinador ridículo(e um plantel miserável a acompanhar) e cortava em tudo o que era orçamento(o tal que para ele só devia haver futebol e futsal no clube).

E mesmo com todas essas situações esse traste de Presidente conseguiu almejar o mesmo êxito(que para mim não o foi, pois sempre fui um dos seus maiores críticos) desportivo no futebol que BDC em cinco anos.


Posso admitir ter saudades de BDC numa situação ou outra onde de facto tinha (grandes)méritos e qualidades, mas ao que concerne o futebol profissional...não sinto saudades nenhumas mesmo.

A sua visão para futebol "profissional" (que nunca o foi com ele) era retrograda, assentava nos princípios do futebol dos anos 80( o futebol presidencialista).Teve grande mérito naquela época com Jardim, mas depois nunca se soube adaptar ao contexto que foi mudando(contexto que mudou por mérito dele depois daquela época do Jardim).



Infelizmente ainda não tivemos um dirigente capaz de liderar ou delegar com competência o futebol do clube e profissionaliza-lo de acordo com os tempos que vivemos.

Este que está lá agora é só garganta, promete isto e aquilo e depois continua-se a ver erros que perduram à anos.

Os próximos, que já sabe quem é (obviamente que será Benedito) se a amostra das ultimas eleições serve de alguma coisa...cruzes credo, vai ser um desastre autentico.

E não saímos disto.Como disse noutro post vamos ter de esperar 20,30 ou 40 anos até aparecer alguém realmente capaz de pegar no clube. Porque para um clube como o Sporting o suficiente não chega, é preciso um clube vencedor e vencedor naquilo que é o motor da instituição( a modalidade com qual este clube nasceu).