Prospecção de Treinadores

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

O Raphaël Wicky está sem clube. Se o nome não diz nada, foi só o 'arquitecto' do Ba5ileia  :mrgreen: Confesso que não acompanhei aquela equipa na liga suíça, mas deram um grande show na Champions, futebol agressivo e de pé na chapa, a potenciar jogadores e um modelo de jogo que por cá faziam mossa (avançados como Oberlin ou laterais como Blas Riveros).

Foi despedido após perder o campeonato para o Young Boys, mas é um nome que vale a pena ter em carteira.

Ele que fez carreira como médio defensivo. Pode parecer irrelevante, mas a história tem mostrado que não...
Marco Giampaolo da Sampdoria, alguém consegue dizer alguma coisa sobre ele?...
« Última modificação: Setembro 03, 2018, 21:11 pm por Astherion »
Nós somos da raça que nunca se vergará!
Marco Giampaolo da Sampdoria, alguém consegue dizer alguma coisa sobre ele?...


Já o sugiro há imenso tempo, quando (e se) se lembrarem vai ser demasiado tarde. Muitas semelhanças com o Sarri.
"Se uma equipa de futebol fosse uma empresa de construção civil e o adepto comum um empreiteiro, os trabalhadores não construiriam segundo um projecto, mas trabalhariam incessantemente, colocando tijolos em tudo o que era sítio. Não haveria casa, mas ninguém os poderia acusar de não terem trabalhado." - Nuno Amado; Entredez
Marco Giampaolo da Sampdoria, alguém consegue dizer alguma coisa sobre ele?...


Já o sugiro há imenso tempo, quando (e se) se lembrarem vai ser demasiado tarde. Muitas semelhanças com o Sarri.
Tens noção dos valores pelos quais o poderíamos contratar?
Nós somos da raça que nunca se vergará!
Marco Giampaolo da Sampdoria, alguém consegue dizer alguma coisa sobre ele?...


Já o sugiro há imenso tempo, quando (e se) se lembrarem vai ser demasiado tarde. Muitas semelhanças com o Sarri.
Epá isso é muito desconhecido, a gente quer treinadores que conheçam o campeonato, de preferência o Jesus.
Chat shit get banged.
O Cláudio Braga no Marítimo está a dar bons sinais. É um treinador com "escola" holandesa, a equipa joga em posse, como equipa grande.

 É cedo para falar do Cláudio Braga, um treinador com um trabalho mais ligado à formação de jovens atletas. Por agora uma certeza, a identidade de jogo que pretende implementar é para ser ofensiva, mais tempo em organização ofensiva, que defensiva. Ainda anda à procura do melhor XI, a melhor posição para os principais jogadores e tudo muito recente. Há indícios positivos, demasiado verde ainda para poder aferir com mais certeza.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
O Cláudio Braga no Marítimo está a dar bons sinais. É um treinador com "escola" holandesa, a equipa joga em posse, como equipa grande.



Já o Santa Clara dele era interessante, sem resultados de maior mas com excelente ideias.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk
Para quem gosta, o Pekerman ficou livre.  :twisted:
Para quem gosta, o Pekerman ficou livre.  :twisted:
Oi?
o que há para não gostar? :)

Enviado do meu Redmi Note 3 através do Tapatalk
Sempre Sporting!
Para quem gosta, o Pekerman ficou livre.  :twisted:

sim, já que estamos numa de regresso ao passado.
let us fight until the end. let me try at least that - fight. Pep Guardiola
sim, já que estamos numa de regresso ao passado.

 Um passado sonhador. O homem tinha lá paciência de se meter neste ninho de ratos que é o Sporting. Corria o sério risco de envelhecer muito mais rápido e ele nem vai propriamente para novo. Tirando isso, gostava imenso porque é um treinador que sabe imenso de formação de atletas, sabe muito de futebol e seria óptimo para ajudar a organizar o clube.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Para quem gosta, o Pekerman ficou livre.  :twisted:
Oi?
o que há para não gostar? :)

Enviado do meu Redmi Note 3 através do Tapatalk

Para quem gosta, o Pekerman ficou livre.  :twisted:

sim, já que estamos numa de regresso ao passado.

sim, já que estamos numa de regresso ao passado.

 Um passado sonhador. O homem tinha lá paciência de se meter neste ninho de ratos que é o Sporting. Corria o sério risco de envelhecer muito mais rápido e ele nem vai propriamente para novo. Tirando isso, gostava imenso porque é um treinador que sabe imenso de formação de atletas, sabe muito de futebol e seria óptimo para ajudar a organizar o clube.

Estamos á beira das eleições, é altura ideal para a próxima direção pensar em contratar um treinador.  :whistle: :mrgreen:
"Para mim , o Sporting é como uma mulher que se ama logo à primeira vista. Um homem pode conhecer várias mulheres , mas há sempre ‘aquela’, a especial. Independentemente de ficarmos com ela ou não, lembramo-nos dela para sempre!" - Ivone De Franceschi
@Inkie e @Chown o Cláudio Braga parece-me querer controlar a posse mas não acho que consiga criar as melhores situações posicionais para já. É certo que há uma mentalidade inteira do plantel para mudar mas é para já muito muito curto. Uma estatística que pode ser interessante é que ainda não marcaram um golo em bola corrida para a Liga. Se o jogo de posse servir para chegar a posições perigosas onde conseguem converter de livre/cantos, muito bem, mas isso mais tarde ou mais cedo pode tornar-se complicado.

O Moreirense de Ivo Vieira parece ter um jogo posicional ofensivo interessante, com o Pedro Nuno como falso 9, o Loum a oferecer qualidade na saída e com Chiquinho a ser o principal desiquilibrador com a sua qualidade tecnica. Heriberto também promete bons numeros. Mas existem claras dificuldades na transição e organização defensivas que precisam de ser corrigidas antes de subir o nível.

Ainda não vi nada do Belenenses este ano.

Já o Pepa no Tondela começo a achar que se saltar para um plantel com mais qualidade irá retomar a sua matriz inicial mais lírica. Quando tem de correr atrás do resultado o tondela é capaz de montar um jogo posicioal minimamente interessante que poderá ser uma constante num plantel com maior qualidade. Não vejo problemas de maior na transição e organização defensivas, sendo que num patamar mais elevado teria muito espaço nas costas, seria interessante ver como lida com isso. Ainda assim seria sempre uma aposta de risco. Gostava de o ver primeiro experimentado num Vitória SC ou num Rio Ave, que lhe permitiriam ter planteis interessantes e assumir um maior controlo do jogo.


Posto isto, da nossa liga só Luis Castro veria com bons olhos numa chamada imediata. E mesmo aí teríamos de nos habituar a algumas falhas na vertente defensiva do jogo. Ainda assim seria uma aposta no domínio e no jogo posicional.

Na segunda liga continuar atentos ao Luis Freire que comanda uma equipa que tentará a subida e será "um grande" na segunda liga. Veremos como se porta até ao fim da época.

Lá fora o De Zerbi já começa a dar nas vistas com as suas ideias de jogo, estando atualmente no segundo posto da classificação, ainda que de forma provisória. Mais acesível será Andreazzoli que está agora ao serviço do Empoli.
Ricciardi para presidente, vender a SAD para os burros dos sportinguistas pararem de vez de fazerem escolhas lesivas para o clube.
 @jl17, o Cláudio Braga ainda nem o XI conseguiu assentar, quanto mais poder transmitir de forma segura a identidade de jogo que pretende ali implementar. E isto surge do facto de lhe faltar jogadores para a ideia que tem, anda em testes e muito ao sabor do que os jogadores fazem no jogo passado. O Fabrício nunca pode ser o médio mais recuado, é começar logo mal a primeira fase de construção, ou baixa o Jean Cléber (era a minha opção) ou terá que lançar o Gamboa, mantendo o Jean Cléber a 8. Depois, os extremos. O Danny tem que ser médio ofensivo / segundo-avançado, falta-lhe já capacidade física para ser extremo, o Correa sim é uma excelente opção como interior direito e fica a faltar uma opção para o lado esquerdo,  que tem rodado entre o Ricardo Valente, o Edgar Costa e o Rodrigo Pinho.

 Vamos ver como vai evoluir assim que acertar com o XI que aproxime a equipa mais da identidade de jogo que pretende, por agora há essa tremenda dificuldade em trabalhar em zonas mais ofensivas e finalizar, há muitos passes perdidos, falta dinâmica (somente o Danny e Correa interpretam bem) e um entendimento colectivo. Paciência, têm que  rodar mais bola, mais mobilidade nos apoios frontais, menos progressões individuais com bola e mais rotatividade.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
@Inkie e @Chown o Cláudio Braga parece-me querer controlar a posse mas não acho que consiga criar as melhores situações posicionais para já. É certo que há uma mentalidade inteira do plantel para mudar mas é para já muito muito curto. Uma estatística que pode ser interessante é que ainda não marcaram um golo em bola corrida para a Liga. Se o jogo de posse servir para chegar a posições perigosas onde conseguem converter de livre/cantos, muito bem, mas isso mais tarde ou mais cedo pode tornar-se complicado.

O Moreirense de Ivo Vieira parece ter um jogo posicional ofensivo interessante, com o Pedro Nuno como falso 9, o Loum a oferecer qualidade na saída e com Chiquinho a ser o principal desiquilibrador com a sua qualidade tecnica. Heriberto também promete bons numeros. Mas existem claras dificuldades na transição e organização defensivas que precisam de ser corrigidas antes de subir o nível.

Ainda não vi nada do Belenenses este ano.

Já o Pepa no Tondela começo a achar que se saltar para um plantel com mais qualidade irá retomar a sua matriz inicial mais lírica. Quando tem de correr atrás do resultado o tondela é capaz de montar um jogo posicioal minimamente interessante que poderá ser uma constante num plantel com maior qualidade. Não vejo problemas de maior na transição e organização defensivas, sendo que num patamar mais elevado teria muito espaço nas costas, seria interessante ver como lida com isso. Ainda assim seria sempre uma aposta de risco. Gostava de o ver primeiro experimentado num Vitória SC ou num Rio Ave, que lhe permitiriam ter planteis interessantes e assumir um maior controlo do jogo.


Posto isto, da nossa liga só Luis Castro veria com bons olhos numa chamada imediata. E mesmo aí teríamos de nos habituar a algumas falhas na vertente defensiva do jogo. Ainda assim seria uma aposta no domínio e no jogo posicional.


Preferia 10000000000 de vezes o Professor Luis Castro do que esta abécula que por cá anda.
Nunca irei perceber esta contratação do Pezero
Bruno de Carvalho: «O Sporting é nosso outra vez»