Bruno de Carvalho

tafish, Paulo Fontes, ammendes, Crash Vegas e 14 Visitantes estão a ver este tópico.

Mais uma pérola anedótica.. Agora é o Ricciardi de joelhos.... Mas alguém imagina uma pessoa com o peso e importancia dele, algum dia se iria sujeitar a isso? Nem os apoiantes acreditam nisso..

Os médicos dizem que rir faz bem a saúde. Pois bem, ele deve ser agraciado pelos bons serviços prestados eh eh...
23 DE JUNHO DE 2018: O DIA DA LIBERDADE! DITADURA NUNCA MAIS!!✊✊

01 DE MARÇO DE 2019: BRUNO DE CARVALHO EXPULSO DE SOCIO -- O DIA EM QUE O FUTURO DO CLUBE FICOU A SALVO! HONRA AO CONSELHO FISCAL ✊✊
Ricciardi pôs-se de joelhos agarrado às pernas de BdC a dizer o quanto se tinha enganado nos últimos 20 anos e whiskas saquetas?
Eh pá...menos...muito menos!!!
Um tema desnecessário, praticamente impossível de ser comprovado e que dá um ar muito pouco honesto ao livro...
Mas está visto que será, acima de tudo, um lavar de roupa suja capítulo sim, capítulo sim.
Espero que o que está a vir a público sejam apenas os soundbytes para vender e que sejam apresentados factos que ajudem a clarificar tudo o que se passou no clube de mau. Porque se for somente para dar corda à má língua...
E sim, se tiver oportunidade, irei ler o livro assim que o arranjar em PDF.

Comentário do Super-Moderador Editado. Assim, não
« Última modificação: Fevereiro 14, 2019, 12:16 pm por Lion73 »
Por acaso acho a escolha de Luís Aguillar para escrever o livro uma opção acertada de BdC. Mostra um pensamento estratégico que muitas vezes lhe faltou durante o último mandato.
Fosse uma escolha como Fernando Correia ou Nuno Saraiva e o livro seria facilmente arrumado pela CS como um exercício de vaidade pessoal, um ajuste de contas com o passado, um livro que só teria interesse para os seus seguidores mais fiéis. Sendo o autor "um dos seus" é muito mais difícil de o descredibilizar e o livro terá muito maior impacto, que é o principal objectivo de BdC.

100% de acordo


Não tenho escrito muito aqui para evitar o caos em que este tópico se tornou, mas achei interessante alguns excertos do livro que explicam, por palavras do próprio, o momento em que mergulhou. É curioso como o próprio Bruno admite que o seu comportamento e estabilidade emocional se alteraram devido à relação com a Joana Ornelas.

Muito aqui se escreveu sobre este assunto, que existia um BdC antes Joana e um BdC depois Joana, e agora é o próprio que o confirma.

Enquanto Sportinguista tenho pena que ele não tenha conseguido desviar-se desses problemas e que tenha entrado numa queda vertiginosa. Para mim, ele não tinha efectivamente condições de continuar à frente do clube naquela fase. Mais do que os problemas relacionados com o clube e com a pressão mediática, ele tinha que ultrapassar os seus problemas pessoais para voltar a ser o grande Presidente que foi no passado. Para a história fica um primeiro mandato que para mim foi o melhor que vi no clube.

Resta aguardar pelo amanhã. Acredito que daqui a alguns anos, possamos ter de volta um BdC mais maduro e experiente, que de alguma forma volte a ocupar uma posição de relevo no clube. Por agora, é altura de deixar as feridas sararem.

Sim, também sempre pensei que fosse isso. Os erros ele próprio os admite, ainda que o seu ego provavelmente não reconheça alguns (não despachar o chiclas no fim da 2a época).
O mestre da táctica aliado aquela mulher de ataque arrebentaram com a presidência dele ...e com o Sporting.
O resto, foi a oportunidade que o cartel Roquette esperava desde 2013.
Aí está um bom motivo pra nunca ir pró regabofe com colegas do trabalho  :hand:
Quando ele mais precisava, mais o empurraram para baixo, e gente que sabia o que se passava. Mais se vai saber. Tou curioso.

O problema é este...quando tens uma pessoa que não está em condições psicológicas de manter um cargo achas que vale a pena deixá-lo lá?
Não aconteceria em nenhuma empresa do mundo.
Foi uma porquice? Foi. Mas os adeptos não têm maneira de saber o que se passa com o presidente e a mulher entre quatro paredes.
As declarações dele depois de ser destituído provam que não estava bem.
Eu, pessoalmente, não estive contra a destituição. A catástrofe é que já sabia o que vinha a seguir!
A brigada do reumático no Sporting nunca falhou nem nunca vai falhar (vale a pena lembrar que a maioria do sócios votantes não optaram pelo Dr. Frederico).
Vamos continuar a fingir que a destituição não aconteceu por causa de Alcochete e rescisões?

Precisamente.
Aquele post no facebook depois do jogo com o Atlético foi o equivalente a dares 1kg de kryponite ao pior inimigo do Super-homem. Não me admirava que os talibãs da CMTV até tivessem aberto champanhe...NUNCA NA VIDA QUE ELE PODIA FAZER AQUILO!!!
Estivesse a cabeça dele como tivesse nunca que podia ter aquela reacção!
Sabes o que fazia? Final da época: chiclas rua, Patrício vendido, William já devia ter ido desde 2014, e Gelson nem tem inteligência pra saber quanto é 1+1 quanto mais pra jogar no Sporting.
Agora atacar os jogadores ainda por cima numa rede social?! Que presidente do que quer que fosse é que resistia a isso?
Alcochete e rescisões.

O post de Madrid?

O post pós Guimarães em 2015 foi pior.

O post de Madrid foi infantil e imbecil. Só.

"Ataque". ::)

Graves foram 2 situações pós post Madrid. Uma resposta de um plantel sabe-se lá porque e a resposta a essa resposta.

Agora o post de Madrid?

PS

Um presidente fala em jogadores de qualidade reduzida.

Treinadores falam em meninos mimados, jogadores sem qualidade e afins.

Vestes rasgadas?

Nenhumas.

De que maneira é que o ligavas a Alcochete, sem esse episódio?
Era o que mais faltava um presidente ser corrido do clube porque meia centena de palermas entraram pelo centro de estágio adentro e espancaram jogadores.
O descontrolo dele a partir daí foi a cola que o cartel usou para o ligá-lo a esse ataque nomeadamente a teoria bem conhecida do Correio da Manhã que nós sabemos qual é.
Já agora depois de Guimarães ele pediu desculpa aos adeptos pelo resultado e por sentir que os jogadores não tinham dado tudo. No post do facebook atacou-os individualmente. Não vês aqui nenhuma diferença?

Gelson devia ter chutado para a esquerda?

Montero devia ter encostado em vez de rematar para as nuvens?

Dost e Coentrão "não quiseram" jogar a segunda mão? As aspas não são minhas. E sim de BdC.

C'mon..

E sim. Foi o que tiveste. Uma AG onde os sócios foram juízes e carrascos após semanas de intoxicação mediática.

Lion, não interessa se o teu nome é Florentino Peréz, Silvio Berlusconi, Roman Abramovich, ou Uli Hoeness. Ninguém no mundo do futebol resiste a ter um plantel todo contra ele. Fora de questão.
Queres que te diga que ele tinha razão? Isso é óbvio! Não é novidade para ninguém que o William era uma m**** de profissional, que o Gelson tava-se completamente a ca*** para o clube (caso contrário não levava aquele amarelo imbecil antes do jogo mais importante da época) e que os rescisores valem o que valem, visto que um deles até acha que está habilitado a usar a braçadeira de capitão.
Agora ir ao Facebook criticar prestações de jogadores?! Que dirias tu se o teu chefe questionasse a tua competência numa porca miséria duma rede social?
Meu caro...

Eu não dei nomes aos bois, mas fiz referência a declarações recentes de senhores com responsabilidades no futebol português. Ou que são portugueses.

"Mimados", "qualidade reduzida", "não estão cá a fazer nada"

É impensável e disse-o na altura, um plantel responder a um presidente naquelas exactas circunstâncias.

Porque NÃO foi um ataque ao profissionalismo e dignidade de quem quer que seja. Não foi. Repito também o que disse após esse post. Infantil e imbecil. Só.

Por esta altura e após tantos meses, o que me faz confusão é:

Resposta motivada e influenciada por...quem?

Há alturas em que a tua adoração por BdC te faz perder por completo o norte e o discernimento.
Alguém dizer "Dost e Coentrão não quiseram jogar a 2ª mão..." ou a que diz "jogámos com 9 numa alusão aos erros de MAthieu e Coates" não é atacar o profissionalismo???? Por amor da Santa!
Olha...se alguém me dissesse isso, para mim seria um ataque gravíssimo à minha honra enquanto profissional.
Mas pronto...tu consegues ver sempre as coisas de forma mais suave quando toca a situações em que BdC não esteve bem
Porra.

"Não quiseram" jogar.

Foi isto que foi escrito.

Brincamos ou que? E ainda falas em discernimento? Adoração?

Falo...mas pronto, mais cego do que o que não vê, é aquele que não quer ver.
E como sabes, não sou o primeiro a dizer-te isto.
Mas é a tua opinião...há que respeitar.
A minha é que ele faltou imenso à honra daqueles que estiveram em campo, sejam os que fizeram melhores exibições, sejam os que estiveram menos bem.
Bruno de Carvalho, teve toda a razão para se sentir defraudado com a entrega dos jogadores, nunca o deveria ter feito publicamente, primeiro porque estava a desvalorizar a equipa no mercado, segundo porque demonstrou que não aprendeu nada com o post pós guimarães, terceiro porque as modalidades e o futebol profissional tem características completamente diferentes, e reagem de forma diferente às "provocações", e a parte "política" precisa de controle emocional, coisa que não vinha demonstrando nalgumas situações. Queria cabeças despedia o J.J., despachava os capitães de equipa. Por outro lado os jogadores nunca em momento algum poderiam ter respondido da forma que o fizeram, e apenas quiseram amotinar-se para tentar forçar a saída. No conteúdo B.C. teve toda a razão, na forma foi o inverso. Agora nada disto interessa por uma simples razão, o Sporting foi tomado de assalto e ninguém fez nada para impedir. B.C. teve uns quatro anos de mandato como nunca vi neste clube e que nos aproximou de vencer e de sermos mais competitivos a todos os níveis e era um caminho que nunca deveríamos abdicar seja qual fosse o Presidente. Não interessa muito estar a discutir a situação A ou B quando se fragmentou o Sporting desta forma, não aprendemos nada com o passado, e de um clube com uma pujança Incrivel, passámos de novo a albergue de parasitas e gente que não quer saber do Clube para nada. No final a culpa não vai ser do bruno nem do varandas, vai ser dos sócios que se preocupam com o acessório (e não falo deste caso em particular porque na altura foi relevante)e não se concentram naquilo que realmente é importante. SL


Não tenho escrito muito aqui para evitar o caos em que este tópico se tornou, mas achei interessante alguns excertos do livro que explicam, por palavras do próprio, o momento em que mergulhou. É curioso como o próprio Bruno admite que o seu comportamento e estabilidade emocional se alteraram devido à relação com a Joana Ornelas.

Muito aqui se escreveu sobre este assunto, que existia um BdC antes Joana e um BdC depois Joana, e agora é o próprio que o confirma.

Enquanto Sportinguista tenho pena que ele não tenha conseguido desviar-se desses problemas e que tenha entrado numa queda vertiginosa. Para mim, ele não tinha efectivamente condições de continuar à frente do clube naquela fase. Mais do que os problemas relacionados com o clube e com a pressão mediática, ele tinha que ultrapassar os seus problemas pessoais para voltar a ser o grande Presidente que foi no passado. Para a história fica um primeiro mandato que para mim foi o melhor que vi no clube.

Resta aguardar pelo amanhã. Acredito que daqui a alguns anos, possamos ter de volta um BdC mais maduro e experiente, que de alguma forma volte a ocupar uma posição de relevo no clube. Por agora, é altura de deixar as feridas sararem.

Sim, também sempre pensei que fosse isso. Os erros ele próprio os admite, ainda que o seu ego provavelmente não reconheça alguns (não despachar o chiclas no fim da 2a época).
O mestre da táctica aliado aquela mulher de ataque arrebentaram com a presidência dele ...e com o Sporting.
O resto, foi a oportunidade que o cartel Roquette esperava desde 2013.
Aí está um bom motivo pra nunca ir pró regabofe com colegas do trabalho  :hand:
Quando ele mais precisava, mais o empurraram para baixo, e gente que sabia o que se passava. Mais se vai saber. Tou curioso.

O problema é este...quando tens uma pessoa que não está em condições psicológicas de manter um cargo achas que vale a pena deixá-lo lá?
Não aconteceria em nenhuma empresa do mundo.
Foi uma porquice? Foi. Mas os adeptos não têm maneira de saber o que se passa com o presidente e a mulher entre quatro paredes.
As declarações dele depois de ser destituído provam que não estava bem.
Eu, pessoalmente, não estive contra a destituição. A catástrofe é que já sabia o que vinha a seguir!
A brigada do reumático no Sporting nunca falhou nem nunca vai falhar (vale a pena lembrar que a maioria do sócios votantes não optaram pelo Dr. Frederico).
Vamos continuar a fingir que a destituição não aconteceu por causa de Alcochete e rescisões?

Precisamente.
Aquele post no facebook depois do jogo com o Atlético foi o equivalente a dares 1kg de kryponite ao pior inimigo do Super-homem. Não me admirava que os talibãs da CMTV até tivessem aberto champanhe...NUNCA NA VIDA QUE ELE PODIA FAZER AQUILO!!!
Estivesse a cabeça dele como tivesse nunca que podia ter aquela reacção!
Sabes o que fazia? Final da época: chiclas rua, Patrício vendido, William já devia ter ido desde 2014, e Gelson nem tem inteligência pra saber quanto é 1+1 quanto mais pra jogar no Sporting.
Agora atacar os jogadores ainda por cima numa rede social?! Que presidente do que quer que fosse é que resistia a isso?
Alcochete e rescisões.

O post de Madrid?

O post pós Guimarães em 2015 foi pior.

O post de Madrid foi infantil e imbecil. Só.

"Ataque". ::)

Graves foram 2 situações pós post Madrid. Uma resposta de um plantel sabe-se lá porque e a resposta a essa resposta.

Agora o post de Madrid?

PS

Um presidente fala em jogadores de qualidade reduzida.

Treinadores falam em meninos mimados, jogadores sem qualidade e afins.

Vestes rasgadas?

Nenhumas.

De que maneira é que o ligavas a Alcochete, sem esse episódio?
Era o que mais faltava um presidente ser corrido do clube porque meia centena de palermas entraram pelo centro de estágio adentro e espancaram jogadores.
O descontrolo dele a partir daí foi a cola que o cartel usou para o ligá-lo a esse ataque nomeadamente a teoria bem conhecida do Correio da Manhã que nós sabemos qual é.
Já agora depois de Guimarães ele pediu desculpa aos adeptos pelo resultado e por sentir que os jogadores não tinham dado tudo. No post do facebook atacou-os individualmente. Não vês aqui nenhuma diferença?

Gelson devia ter chutado para a esquerda?

Montero devia ter encostado em vez de rematar para as nuvens?

Dost e Coentrão "não quiseram" jogar a segunda mão? As aspas não são minhas. E sim de BdC.

C'mon..

E sim. Foi o que tiveste. Uma AG onde os sócios foram juízes e carrascos após semanas de intoxicação mediática.

Lion, não interessa se o teu nome é Florentino Peréz, Silvio Berlusconi, Roman Abramovich, ou Uli Hoeness. Ninguém no mundo do futebol resiste a ter um plantel todo contra ele. Fora de questão.
Queres que te diga que ele tinha razão? Isso é óbvio! Não é novidade para ninguém que o William era uma m**** de profissional, que o Gelson tava-se completamente a ca*** para o clube (caso contrário não levava aquele amarelo imbecil antes do jogo mais importante da época) e que os rescisores valem o que valem, visto que um deles até acha que está habilitado a usar a braçadeira de capitão.
Agora ir ao Facebook criticar prestações de jogadores?! Que dirias tu se o teu chefe questionasse a tua competência numa porca miséria duma rede social?
Meu caro...

Eu não dei nomes aos bois, mas fiz referência a declarações recentes de senhores com responsabilidades no futebol português. Ou que são portugueses.

"Mimados", "qualidade reduzida", "não estão cá a fazer nada"

É impensável e disse-o na altura, um plantel responder a um presidente naquelas exactas circunstâncias.

Porque NÃO foi um ataque ao profissionalismo e dignidade de quem quer que seja. Não foi. Repito também o que disse após esse post. Infantil e imbecil. Só.

Por esta altura e após tantos meses, o que me faz confusão é:

Resposta motivada e influenciada por...quem?

Há alturas em que a tua adoração por BdC te faz perder por completo o norte e o discernimento.
Alguém dizer "Dost e Coentrão não quiseram jogar a 2ª mão..." ou a que diz "jogámos com 9 numa alusão aos erros de MAthieu e Coates" não é atacar o profissionalismo???? Por amor da Santa!
Olha...se alguém me dissesse isso, para mim seria um ataque gravíssimo à minha honra enquanto profissional.
Mas pronto...tu consegues ver sempre as coisas de forma mais suave quando toca a situações em que BdC não esteve bem
Porra.

"Não quiseram" jogar.

Foi isto que foi escrito.

Brincamos ou que? E ainda falas em discernimento? Adoração?

Falo...mas pronto, mais cego do que o que não vê, é aquele que não quer ver.
E como sabes, não sou o primeiro a dizer-te isto.
Mas é a tua opinião...há que respeitar.
A minha é que ele faltou imenso à honra daqueles que estiveram em campo, sejam os que fizeram melhores exibições, sejam os que estiveram menos bem.
Bruno de Carvalho, teve toda a razão para se sentir defraudado com a entrega dos jogadores, nunca o deveria ter feito publicamente, primeiro porque estava a desvalorizar a equipa no mercado, segundo porque demonstrou que não aprendeu nada com o post pós guimarães, terceiro porque as modalidades e o futebol profissional tem características completamente diferentes, e reagem de forma diferente às "provocações", e a parte "política" precisa de controle emocional, coisa que não vinha demonstrando nalgumas situações. Queria cabeças despedia o J.J., despachava os capitães de equipa. Por outro lado os jogadores nunca em momento algum poderiam ter respondido da forma que o fizeram, e apenas quiseram amotinar-se para tentar forçar a saída. No conteúdo B.C. teve toda a razão, na forma foi o inverso. Agora nada disto interessa por uma simples razão, o Sporting foi tomado de assalto e ninguém fez nada para impedir. B.C. teve uns quatro anos de mandato como nunca vi neste clube e que nos aproximou de vencer e de sermos mais competitivos a todos os níveis e era um caminho que nunca deveríamos abdicar seja qual fosse o Presidente. Não interessa muito estar a discutir a situação A ou B quando se fragmentou o Sporting desta forma, não aprendemos nada com o passado, e de um clube com uma pujança Incrivel, passámos de novo a albergue de parasitas e gente que não quer saber do Clube para nada. No final a culpa não vai ser do bruno nem do varandas, vai ser dos sócios que se preocupam com o acessório (e não falo deste caso em particular porque na altura foi relevante)e não se concentram naquilo que realmente é importante. SL

Mas será que é assim tão difícil perceber o quão estás acertado quanto ao que se passou no pós-Madrid e à infantilidade daquela publicação?
 :clap:
Mais uma pérola anedótica.. Agora é o Ricciardi de joelhos.... Mas alguém imagina uma pessoa com o peso e importancia dele, algum dia se iria sujeitar a isso? Nem os apoiantes acreditam nisso..

Os médicos dizem que rir faz bem a saúde. Pois bem, ele deve ser agraciado pelos bons serviços prestados eh eh...
Ok morcao já percebemos ao que vêns. Deixa  o tópico respirar melhor.
#NasciLeãoNãoLampião

#SeAMerdaFosseOuroOVarandasEraUmTesouro
Isto forte hoje. Batem palminhas tipo putos estúpidos.
Tenho interesse na "rebelião by varandas" para além do resto claro. Tudo mentiras n se esqueçam. Eu não tenho interesse..... Talvez em PDF. Lol.
#NasciLeãoNãoLampião

#SeAMerdaFosseOuroOVarandasEraUmTesouro
Eu para mim é bife meio termo se faz favor. É esse meio termo que falha a muitos de vós na analise da Presidência de Bruno de Carvalho.

Mesmo eu que lhe coloquei os patins para ir de vela, tenho de lhe agradecer. Fez coisas fantásticas. Não podemos ter uma memória selectiva. Mas também fez um acto terrível de gestão ao nível de tudo o que de bom fez. Não vou enumerar os factos positivos porque estão para ai espalhados no fórum e acho que todos, mesmo os que não o apoiam, tem de admitir que seria um excelente Presidente caso não vira-se a boneca. O homem entrou numa espiral de destruição. Disparou para todos os lados. Perdeu apoios e estava em queda livre. Foi pena não ter dado um tempo para colocar aquela cabeça no lugar.

Facto é que perdeu activos importantes para o clube por não ter conseguido gerir a situação. Activos com possibilidade de muita valorização. Falar de um plantel de futebol ou de outra qualquer modalidade é completamente diferente quando estás em Portugal e o futebol é rei. O seu maior problema nem foi Alcochete. O seu maior problema foi não ter sensibilidade para gerir um plantel que valia muito dinheiro. Pode-se argumentar que em tribunal iria receber o que tinha perdido mas era apenas uma possibilidade que se esfumaçava no tempo.

Quanto ao livro além da parte monetária para Bruno de Carvalho, tenho curiosidade de ver qual o registo em que se desenvolve. Um livro de alma Sportinguista ou um livro de ego Bruno de Carvalho. Foi nesta dualidade a sua Presidência. 
Realmente é preciso ligar se muitos as aparências e não ao trabalho realizado, para ainda se andar a criticar post no facebook, alias não me espanta que sejam sempre os mesmo users com esta lenga lenga, devem ser como o outro que é amigo da cristas.
Ainda se espantam do estado do clube.
"De todos os presidentes que tivemos neste percurso, o mais explícito foi Bruno de Carvalho, que já na campanha eleitoral teceu rasgados elogios à nossa caminhada, talvez por conhecer a nossa forma de estar e o nosso trajeto. O atual presidente esteve connosco três anos, de 2006 a 2009, e apoiou-nos como sportinguista e empresário, numa equipa onde jogavam José Diogo, Pedro Delgado e André Pimenta, que ainda estão connosco, e outros que já saíram, como Gonçalo Alves, Miguel Rocha ou Diogo Neves. Este presidente prometeu e cumpriu!"

Engenheiro Gilberto Borges 13/05/2019


Não tenho escrito muito aqui para evitar o caos em que este tópico se tornou, mas achei interessante alguns excertos do livro que explicam, por palavras do próprio, o momento em que mergulhou. É curioso como o próprio Bruno admite que o seu comportamento e estabilidade emocional se alteraram devido à relação com a Joana Ornelas.

Muito aqui se escreveu sobre este assunto, que existia um BdC antes Joana e um BdC depois Joana, e agora é o próprio que o confirma.

Enquanto Sportinguista tenho pena que ele não tenha conseguido desviar-se desses problemas e que tenha entrado numa queda vertiginosa. Para mim, ele não tinha efectivamente condições de continuar à frente do clube naquela fase. Mais do que os problemas relacionados com o clube e com a pressão mediática, ele tinha que ultrapassar os seus problemas pessoais para voltar a ser o grande Presidente que foi no passado. Para a história fica um primeiro mandato que para mim foi o melhor que vi no clube.

Resta aguardar pelo amanhã. Acredito que daqui a alguns anos, possamos ter de volta um BdC mais maduro e experiente, que de alguma forma volte a ocupar uma posição de relevo no clube. Por agora, é altura de deixar as feridas sararem.

Sim, também sempre pensei que fosse isso. Os erros ele próprio os admite, ainda que o seu ego provavelmente não reconheça alguns (não despachar o chiclas no fim da 2a época).
O mestre da táctica aliado aquela mulher de ataque arrebentaram com a presidência dele ...e com o Sporting.
O resto, foi a oportunidade que o cartel Roquette esperava desde 2013.
Aí está um bom motivo pra nunca ir pró regabofe com colegas do trabalho  :hand:
Quando ele mais precisava, mais o empurraram para baixo, e gente que sabia o que se passava. Mais se vai saber. Tou curioso.

O problema é este...quando tens uma pessoa que não está em condições psicológicas de manter um cargo achas que vale a pena deixá-lo lá?
Não aconteceria em nenhuma empresa do mundo.
Foi uma porquice? Foi. Mas os adeptos não têm maneira de saber o que se passa com o presidente e a mulher entre quatro paredes.
As declarações dele depois de ser destituído provam que não estava bem.
Eu, pessoalmente, não estive contra a destituição. A catástrofe é que já sabia o que vinha a seguir!
A brigada do reumático no Sporting nunca falhou nem nunca vai falhar (vale a pena lembrar que a maioria do sócios votantes não optaram pelo Dr. Frederico).
Vamos continuar a fingir que a destituição não aconteceu por causa de Alcochete e rescisões?

Precisamente.
Aquele post no facebook depois do jogo com o Atlético foi o equivalente a dares 1kg de kryponite ao pior inimigo do Super-homem. Não me admirava que os talibãs da CMTV até tivessem aberto champanhe...NUNCA NA VIDA QUE ELE PODIA FAZER AQUILO!!!
Estivesse a cabeça dele como tivesse nunca que podia ter aquela reacção!
Sabes o que fazia? Final da época: chiclas rua, Patrício vendido, William já devia ter ido desde 2014, e Gelson nem tem inteligência pra saber quanto é 1+1 quanto mais pra jogar no Sporting.
Agora atacar os jogadores ainda por cima numa rede social?! Que presidente do que quer que fosse é que resistia a isso?
Alcochete e rescisões.

O post de Madrid?

O post pós Guimarães em 2015 foi pior.

O post de Madrid foi infantil e imbecil. Só.

"Ataque". ::)

Graves foram 2 situações pós post Madrid. Uma resposta de um plantel sabe-se lá porque e a resposta a essa resposta.

Agora o post de Madrid?

PS

Um presidente fala em jogadores de qualidade reduzida.

Treinadores falam em meninos mimados, jogadores sem qualidade e afins.

Vestes rasgadas?

Nenhumas.

De que maneira é que o ligavas a Alcochete, sem esse episódio?
Era o que mais faltava um presidente ser corrido do clube porque meia centena de palermas entraram pelo centro de estágio adentro e espancaram jogadores.
O descontrolo dele a partir daí foi a cola que o cartel usou para o ligá-lo a esse ataque nomeadamente a teoria bem conhecida do Correio da Manhã que nós sabemos qual é.
Já agora depois de Guimarães ele pediu desculpa aos adeptos pelo resultado e por sentir que os jogadores não tinham dado tudo. No post do facebook atacou-os individualmente. Não vês aqui nenhuma diferença?

Gelson devia ter chutado para a esquerda?

Montero devia ter encostado em vez de rematar para as nuvens?

Dost e Coentrão "não quiseram" jogar a segunda mão? As aspas não são minhas. E sim de BdC.

C'mon..

E sim. Foi o que tiveste. Uma AG onde os sócios foram juízes e carrascos após semanas de intoxicação mediática.

Lion, não interessa se o teu nome é Florentino Peréz, Silvio Berlusconi, Roman Abramovich, ou Uli Hoeness. Ninguém no mundo do futebol resiste a ter um plantel todo contra ele. Fora de questão.
Queres que te diga que ele tinha razão? Isso é óbvio! Não é novidade para ninguém que o William era uma m**** de profissional, que o Gelson tava-se completamente a ca*** para o clube (caso contrário não levava aquele amarelo imbecil antes do jogo mais importante da época) e que os rescisores valem o que valem, visto que um deles até acha que está habilitado a usar a braçadeira de capitão.
Agora ir ao Facebook criticar prestações de jogadores?! Que dirias tu se o teu chefe questionasse a tua competência numa porca miséria duma rede social?
Meu caro...

Eu não dei nomes aos bois, mas fiz referência a declarações recentes de senhores com responsabilidades no futebol português. Ou que são portugueses.

"Mimados", "qualidade reduzida", "não estão cá a fazer nada"

É impensável e disse-o na altura, um plantel responder a um presidente naquelas exactas circunstâncias.

Porque NÃO foi um ataque ao profissionalismo e dignidade de quem quer que seja. Não foi. Repito também o que disse após esse post. Infantil e imbecil. Só.

Por esta altura e após tantos meses, o que me faz confusão é:

Resposta motivada e influenciada por...quem?

Há alturas em que a tua adoração por BdC te faz perder por completo o norte e o discernimento.
Alguém dizer "Dost e Coentrão não quiseram jogar a 2ª mão..." ou a que diz "jogámos com 9 numa alusão aos erros de MAthieu e Coates" não é atacar o profissionalismo???? Por amor da Santa!
Olha...se alguém me dissesse isso, para mim seria um ataque gravíssimo à minha honra enquanto profissional.
Mas pronto...tu consegues ver sempre as coisas de forma mais suave quando toca a situações em que BdC não esteve bem
Porra.

"Não quiseram" jogar.

Foi isto que foi escrito.

Brincamos ou que? E ainda falas em discernimento? Adoração?

Falo...mas pronto, mais cego do que o que não vê, é aquele que não quer ver.
E como sabes, não sou o primeiro a dizer-te isto.
Mas é a tua opinião...há que respeitar.
A minha é que ele faltou imenso à honra daqueles que estiveram em campo, sejam os que fizeram melhores exibições, sejam os que estiveram menos bem.
Bruno de Carvalho, teve toda a razão para se sentir defraudado com a entrega dos jogadores, nunca o deveria ter feito publicamente, primeiro porque estava a desvalorizar a equipa no mercado, segundo porque demonstrou que não aprendeu nada com o post pós guimarães, terceiro porque as modalidades e o futebol profissional tem características completamente diferentes, e reagem de forma diferente às "provocações", e a parte "política" precisa de controle emocional, coisa que não vinha demonstrando nalgumas situações. Queria cabeças despedia o J.J., despachava os capitães de equipa. Por outro lado os jogadores nunca em momento algum poderiam ter respondido da forma que o fizeram, e apenas quiseram amotinar-se para tentar forçar a saída. No conteúdo B.C. teve toda a razão, na forma foi o inverso. Agora nada disto interessa por uma simples razão, o Sporting foi tomado de assalto e ninguém fez nada para impedir. B.C. teve uns quatro anos de mandato como nunca vi neste clube e que nos aproximou de vencer e de sermos mais competitivos a todos os níveis e era um caminho que nunca deveríamos abdicar seja qual fosse o Presidente. Não interessa muito estar a discutir a situação A ou B quando se fragmentou o Sporting desta forma, não aprendemos nada com o passado, e de um clube com uma pujança Incrivel, passámos de novo a albergue de parasitas e gente que não quer saber do Clube para nada. No final a culpa não vai ser do bruno nem do varandas, vai ser dos sócios que se preocupam com o acessório (e não falo deste caso em particular porque na altura foi relevante)e não se concentram naquilo que realmente é importante. SL

Mas será que é assim tão difícil perceber o quão estás acertado quanto ao que se passou no pós-Madrid e à infantilidade daquela publicação?
 :clap:
Não respondeste. Foi ou não foi tal como citei?
#NasciLeãoNãoLampião

#SeAMerdaFosseOuroOVarandasEraUmTesouro
Mais uma pérola anedótica.. Agora é o Ricciardi de joelhos.... Mas alguém imagina uma pessoa com o peso e importancia dele, algum dia se iria sujeitar a isso? Nem os apoiantes acreditam nisso..

Os médicos dizem que rir faz bem a saúde. Pois bem, ele deve ser agraciado pelos bons serviços prestados eh eh...

E mais ridículo do que olhar para a tabela e ver o serviço perpetuado pelos “Luiz” desta vida ?

Olha que não sei.

7 pontos do Braga :lol:


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk


Não tenho escrito muito aqui para evitar o caos em que este tópico se tornou, mas achei interessante alguns excertos do livro que explicam, por palavras do próprio, o momento em que mergulhou. É curioso como o próprio Bruno admite que o seu comportamento e estabilidade emocional se alteraram devido à relação com a Joana Ornelas.

Muito aqui se escreveu sobre este assunto, que existia um BdC antes Joana e um BdC depois Joana, e agora é o próprio que o confirma.

Enquanto Sportinguista tenho pena que ele não tenha conseguido desviar-se desses problemas e que tenha entrado numa queda vertiginosa. Para mim, ele não tinha efectivamente condições de continuar à frente do clube naquela fase. Mais do que os problemas relacionados com o clube e com a pressão mediática, ele tinha que ultrapassar os seus problemas pessoais para voltar a ser o grande Presidente que foi no passado. Para a história fica um primeiro mandato que para mim foi o melhor que vi no clube.

Resta aguardar pelo amanhã. Acredito que daqui a alguns anos, possamos ter de volta um BdC mais maduro e experiente, que de alguma forma volte a ocupar uma posição de relevo no clube. Por agora, é altura de deixar as feridas sararem.

Sim, também sempre pensei que fosse isso. Os erros ele próprio os admite, ainda que o seu ego provavelmente não reconheça alguns (não despachar o chiclas no fim da 2a época).
O mestre da táctica aliado aquela mulher de ataque arrebentaram com a presidência dele ...e com o Sporting.
O resto, foi a oportunidade que o cartel Roquette esperava desde 2013.
Aí está um bom motivo pra nunca ir pró regabofe com colegas do trabalho  :hand:
Quando ele mais precisava, mais o empurraram para baixo, e gente que sabia o que se passava. Mais se vai saber. Tou curioso.

O problema é este...quando tens uma pessoa que não está em condições psicológicas de manter um cargo achas que vale a pena deixá-lo lá?
Não aconteceria em nenhuma empresa do mundo.
Foi uma porquice? Foi. Mas os adeptos não têm maneira de saber o que se passa com o presidente e a mulher entre quatro paredes.
As declarações dele depois de ser destituído provam que não estava bem.
Eu, pessoalmente, não estive contra a destituição. A catástrofe é que já sabia o que vinha a seguir!
A brigada do reumático no Sporting nunca falhou nem nunca vai falhar (vale a pena lembrar que a maioria do sócios votantes não optaram pelo Dr. Frederico).
Vamos continuar a fingir que a destituição não aconteceu por causa de Alcochete e rescisões?

Precisamente.
Aquele post no facebook depois do jogo com o Atlético foi o equivalente a dares 1kg de kryponite ao pior inimigo do Super-homem. Não me admirava que os talibãs da CMTV até tivessem aberto champanhe...NUNCA NA VIDA QUE ELE PODIA FAZER AQUILO!!!
Estivesse a cabeça dele como tivesse nunca que podia ter aquela reacção!
Sabes o que fazia? Final da época: chiclas rua, Patrício vendido, William já devia ter ido desde 2014, e Gelson nem tem inteligência pra saber quanto é 1+1 quanto mais pra jogar no Sporting.
Agora atacar os jogadores ainda por cima numa rede social?! Que presidente do que quer que fosse é que resistia a isso?
Alcochete e rescisões.

O post de Madrid?

O post pós Guimarães em 2015 foi pior.

O post de Madrid foi infantil e imbecil. Só.

"Ataque". ::)

Graves foram 2 situações pós post Madrid. Uma resposta de um plantel sabe-se lá porque e a resposta a essa resposta.

Agora o post de Madrid?

PS

Um presidente fala em jogadores de qualidade reduzida.

Treinadores falam em meninos mimados, jogadores sem qualidade e afins.

Vestes rasgadas?

Nenhumas.

De que maneira é que o ligavas a Alcochete, sem esse episódio?
Era o que mais faltava um presidente ser corrido do clube porque meia centena de palermas entraram pelo centro de estágio adentro e espancaram jogadores.
O descontrolo dele a partir daí foi a cola que o cartel usou para o ligá-lo a esse ataque nomeadamente a teoria bem conhecida do Correio da Manhã que nós sabemos qual é.
Já agora depois de Guimarães ele pediu desculpa aos adeptos pelo resultado e por sentir que os jogadores não tinham dado tudo. No post do facebook atacou-os individualmente. Não vês aqui nenhuma diferença?

Gelson devia ter chutado para a esquerda?

Montero devia ter encostado em vez de rematar para as nuvens?

Dost e Coentrão "não quiseram" jogar a segunda mão? As aspas não são minhas. E sim de BdC.

C'mon..

E sim. Foi o que tiveste. Uma AG onde os sócios foram juízes e carrascos após semanas de intoxicação mediática.

Lion, não interessa se o teu nome é Florentino Peréz, Silvio Berlusconi, Roman Abramovich, ou Uli Hoeness. Ninguém no mundo do futebol resiste a ter um plantel todo contra ele. Fora de questão.
Queres que te diga que ele tinha razão? Isso é óbvio! Não é novidade para ninguém que o William era uma m**** de profissional, que o Gelson tava-se completamente a ca*** para o clube (caso contrário não levava aquele amarelo imbecil antes do jogo mais importante da época) e que os rescisores valem o que valem, visto que um deles até acha que está habilitado a usar a braçadeira de capitão.
Agora ir ao Facebook criticar prestações de jogadores?! Que dirias tu se o teu chefe questionasse a tua competência numa porca miséria duma rede social?
Meu caro...

Eu não dei nomes aos bois, mas fiz referência a declarações recentes de senhores com responsabilidades no futebol português. Ou que são portugueses.

"Mimados", "qualidade reduzida", "não estão cá a fazer nada"

É impensável e disse-o na altura, um plantel responder a um presidente naquelas exactas circunstâncias.

Porque NÃO foi um ataque ao profissionalismo e dignidade de quem quer que seja. Não foi. Repito também o que disse após esse post. Infantil e imbecil. Só.

Por esta altura e após tantos meses, o que me faz confusão é:

Resposta motivada e influenciada por...quem?

Há alturas em que a tua adoração por BdC te faz perder por completo o norte e o discernimento.
Alguém dizer "Dost e Coentrão não quiseram jogar a 2ª mão..." ou a que diz "jogámos com 9 numa alusão aos erros de MAthieu e Coates" não é atacar o profissionalismo???? Por amor da Santa!
Olha...se alguém me dissesse isso, para mim seria um ataque gravíssimo à minha honra enquanto profissional.
Mas pronto...tu consegues ver sempre as coisas de forma mais suave quando toca a situações em que BdC não esteve bem
Porra.

"Não quiseram" jogar.

Foi isto que foi escrito.

Brincamos ou que? E ainda falas em discernimento? Adoração?

Falo...mas pronto, mais cego do que o que não vê, é aquele que não quer ver.
E como sabes, não sou o primeiro a dizer-te isto.
Mas é a tua opinião...há que respeitar.
A minha é que ele faltou imenso à honra daqueles que estiveram em campo, sejam os que fizeram melhores exibições, sejam os que estiveram menos bem.
Bruno de Carvalho, teve toda a razão para se sentir defraudado com a entrega dos jogadores, nunca o deveria ter feito publicamente, primeiro porque estava a desvalorizar a equipa no mercado, segundo porque demonstrou que não aprendeu nada com o post pós guimarães, terceiro porque as modalidades e o futebol profissional tem características completamente diferentes, e reagem de forma diferente às "provocações", e a parte "política" precisa de controle emocional, coisa que não vinha demonstrando nalgumas situações. Queria cabeças despedia o J.J., despachava os capitães de equipa. Por outro lado os jogadores nunca em momento algum poderiam ter respondido da forma que o fizeram, e apenas quiseram amotinar-se para tentar forçar a saída. No conteúdo B.C. teve toda a razão, na forma foi o inverso. Agora nada disto interessa por uma simples razão, o Sporting foi tomado de assalto e ninguém fez nada para impedir. B.C. teve uns quatro anos de mandato como nunca vi neste clube e que nos aproximou de vencer e de sermos mais competitivos a todos os níveis e era um caminho que nunca deveríamos abdicar seja qual fosse o Presidente. Não interessa muito estar a discutir a situação A ou B quando se fragmentou o Sporting desta forma, não aprendemos nada com o passado, e de um clube com uma pujança Incrivel, passámos de novo a albergue de parasitas e gente que não quer saber do Clube para nada. No final a culpa não vai ser do bruno nem do varandas, vai ser dos sócios que se preocupam com o acessório (e não falo deste caso em particular porque na altura foi relevante)e não se concentram naquilo que realmente é importante. SL

Mas será que é assim tão difícil perceber o quão estás acertado quanto ao que se passou no pós-Madrid e à infantilidade daquela publicação?
 :clap:
Não respondeste. Foi ou não foi tal como citei?

Estás a referir-te às aspas? Se é a isso, sim, é como tu dizes.
Se para mim muda alguma coisa? Não...
Ora essa, comento pois claro, não compro nem leio pois claro. Quem quiser ler um livro escrito pelo Aguilar que faça bom proveito.  :mrgreen:

Não gostas nem de uma nem de outra pessoa, não vais comprar o livro, mas vens comentar. Realmente faz sentido.

Tanta m**** importante para te preocupares no clube e tu aqui a comentar o livro dum gajo que não conta para nada, não é assim?

E aposto 1 tomate e meio como o vai ler.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk


Não tenho escrito muito aqui para evitar o caos em que este tópico se tornou, mas achei interessante alguns excertos do livro que explicam, por palavras do próprio, o momento em que mergulhou. É curioso como o próprio Bruno admite que o seu comportamento e estabilidade emocional se alteraram devido à relação com a Joana Ornelas.

Muito aqui se escreveu sobre este assunto, que existia um BdC antes Joana e um BdC depois Joana, e agora é o próprio que o confirma.

Enquanto Sportinguista tenho pena que ele não tenha conseguido desviar-se desses problemas e que tenha entrado numa queda vertiginosa. Para mim, ele não tinha efectivamente condições de continuar à frente do clube naquela fase. Mais do que os problemas relacionados com o clube e com a pressão mediática, ele tinha que ultrapassar os seus problemas pessoais para voltar a ser o grande Presidente que foi no passado. Para a história fica um primeiro mandato que para mim foi o melhor que vi no clube.

Resta aguardar pelo amanhã. Acredito que daqui a alguns anos, possamos ter de volta um BdC mais maduro e experiente, que de alguma forma volte a ocupar uma posição de relevo no clube. Por agora, é altura de deixar as feridas sararem.

Sim, também sempre pensei que fosse isso. Os erros ele próprio os admite, ainda que o seu ego provavelmente não reconheça alguns (não despachar o chiclas no fim da 2a época).
O mestre da táctica aliado aquela mulher de ataque arrebentaram com a presidência dele ...e com o Sporting.
O resto, foi a oportunidade que o cartel Roquette esperava desde 2013.
Aí está um bom motivo pra nunca ir pró regabofe com colegas do trabalho  :hand:
Quando ele mais precisava, mais o empurraram para baixo, e gente que sabia o que se passava. Mais se vai saber. Tou curioso.

O problema é este...quando tens uma pessoa que não está em condições psicológicas de manter um cargo achas que vale a pena deixá-lo lá?
Não aconteceria em nenhuma empresa do mundo.
Foi uma porquice? Foi. Mas os adeptos não têm maneira de saber o que se passa com o presidente e a mulher entre quatro paredes.
As declarações dele depois de ser destituído provam que não estava bem.
Eu, pessoalmente, não estive contra a destituição. A catástrofe é que já sabia o que vinha a seguir!
A brigada do reumático no Sporting nunca falhou nem nunca vai falhar (vale a pena lembrar que a maioria do sócios votantes não optaram pelo Dr. Frederico).
Vamos continuar a fingir que a destituição não aconteceu por causa de Alcochete e rescisões?

Precisamente.
Aquele post no facebook depois do jogo com o Atlético foi o equivalente a dares 1kg de kryponite ao pior inimigo do Super-homem. Não me admirava que os talibãs da CMTV até tivessem aberto champanhe...NUNCA NA VIDA QUE ELE PODIA FAZER AQUILO!!!
Estivesse a cabeça dele como tivesse nunca que podia ter aquela reacção!
Sabes o que fazia? Final da época: chiclas rua, Patrício vendido, William já devia ter ido desde 2014, e Gelson nem tem inteligência pra saber quanto é 1+1 quanto mais pra jogar no Sporting.
Agora atacar os jogadores ainda por cima numa rede social?! Que presidente do que quer que fosse é que resistia a isso?
Alcochete e rescisões.

O post de Madrid?

O post pós Guimarães em 2015 foi pior.

O post de Madrid foi infantil e imbecil. Só.

"Ataque". ::)

Graves foram 2 situações pós post Madrid. Uma resposta de um plantel sabe-se lá porque e a resposta a essa resposta.

Agora o post de Madrid?

PS

Um presidente fala em jogadores de qualidade reduzida.

Treinadores falam em meninos mimados, jogadores sem qualidade e afins.

Vestes rasgadas?

Nenhumas.

De que maneira é que o ligavas a Alcochete, sem esse episódio?
Era o que mais faltava um presidente ser corrido do clube porque meia centena de palermas entraram pelo centro de estágio adentro e espancaram jogadores.
O descontrolo dele a partir daí foi a cola que o cartel usou para o ligá-lo a esse ataque nomeadamente a teoria bem conhecida do Correio da Manhã que nós sabemos qual é.
Já agora depois de Guimarães ele pediu desculpa aos adeptos pelo resultado e por sentir que os jogadores não tinham dado tudo. No post do facebook atacou-os individualmente. Não vês aqui nenhuma diferença?

Gelson devia ter chutado para a esquerda?

Montero devia ter encostado em vez de rematar para as nuvens?

Dost e Coentrão "não quiseram" jogar a segunda mão? As aspas não são minhas. E sim de BdC.

C'mon..

E sim. Foi o que tiveste. Uma AG onde os sócios foram juízes e carrascos após semanas de intoxicação mediática.

Lion, não interessa se o teu nome é Florentino Peréz, Silvio Berlusconi, Roman Abramovich, ou Uli Hoeness. Ninguém no mundo do futebol resiste a ter um plantel todo contra ele. Fora de questão.
Queres que te diga que ele tinha razão? Isso é óbvio! Não é novidade para ninguém que o William era uma m**** de profissional, que o Gelson tava-se completamente a ca*** para o clube (caso contrário não levava aquele amarelo imbecil antes do jogo mais importante da época) e que os rescisores valem o que valem, visto que um deles até acha que está habilitado a usar a braçadeira de capitão.
Agora ir ao Facebook criticar prestações de jogadores?! Que dirias tu se o teu chefe questionasse a tua competência numa porca miséria duma rede social?
Meu caro...

Eu não dei nomes aos bois, mas fiz referência a declarações recentes de senhores com responsabilidades no futebol português. Ou que são portugueses.

"Mimados", "qualidade reduzida", "não estão cá a fazer nada"

É impensável e disse-o na altura, um plantel responder a um presidente naquelas exactas circunstâncias.

Porque NÃO foi um ataque ao profissionalismo e dignidade de quem quer que seja. Não foi. Repito também o que disse após esse post. Infantil e imbecil. Só.

Por esta altura e após tantos meses, o que me faz confusão é:

Resposta motivada e influenciada por...quem?

Há alturas em que a tua adoração por BdC te faz perder por completo o norte e o discernimento.
Alguém dizer "Dost e Coentrão não quiseram jogar a 2ª mão..." ou a que diz "jogámos com 9 numa alusão aos erros de MAthieu e Coates" não é atacar o profissionalismo???? Por amor da Santa!
Olha...se alguém me dissesse isso, para mim seria um ataque gravíssimo à minha honra enquanto profissional.
Mas pronto...tu consegues ver sempre as coisas de forma mais suave quando toca a situações em que BdC não esteve bem
Porra.

"Não quiseram" jogar.

Foi isto que foi escrito.

Brincamos ou que? E ainda falas em discernimento? Adoração?

Falo...mas pronto, mais cego do que o que não vê, é aquele que não quer ver.
E como sabes, não sou o primeiro a dizer-te isto.
Mas é a tua opinião...há que respeitar.
A minha é que ele faltou imenso à honra daqueles que estiveram em campo, sejam os que fizeram melhores exibições, sejam os que estiveram menos bem.
Bruno de Carvalho, teve toda a razão para se sentir defraudado com a entrega dos jogadores, nunca o deveria ter feito publicamente, primeiro porque estava a desvalorizar a equipa no mercado, segundo porque demonstrou que não aprendeu nada com o post pós guimarães, terceiro porque as modalidades e o futebol profissional tem características completamente diferentes, e reagem de forma diferente às "provocações", e a parte "política" precisa de controle emocional, coisa que não vinha demonstrando nalgumas situações. Queria cabeças despedia o J.J., despachava os capitães de equipa. Por outro lado os jogadores nunca em momento algum poderiam ter respondido da forma que o fizeram, e apenas quiseram amotinar-se para tentar forçar a saída. No conteúdo B.C. teve toda a razão, na forma foi o inverso. Agora nada disto interessa por uma simples razão, o Sporting foi tomado de assalto e ninguém fez nada para impedir. B.C. teve uns quatro anos de mandato como nunca vi neste clube e que nos aproximou de vencer e de sermos mais competitivos a todos os níveis e era um caminho que nunca deveríamos abdicar seja qual fosse o Presidente. Não interessa muito estar a discutir a situação A ou B quando se fragmentou o Sporting desta forma, não aprendemos nada com o passado, e de um clube com uma pujança Incrivel, passámos de novo a albergue de parasitas e gente que não quer saber do Clube para nada. No final a culpa não vai ser do bruno nem do varandas, vai ser dos sócios que se preocupam com o acessório (e não falo deste caso em particular porque na altura foi relevante)e não se concentram naquilo que realmente é importante. SL
Basicamente concordo contigo, menos com a parte  de a culpa nao ser do varandas, se realmente ele nao fosse um traidor e tivesse de boa fe, seria o primeiro ate pela amizade que tinha  com os jogadores a aconselhar os jogadores a terem calma e nao enveredarem pelo caminho das rescisoes  estando a prejudicar o clube por causa de uma so pessoa?

Mesmo que Bruno de carvalho tivesse errado,  nos adeptos  fomos desrespeitados pelos jogadores que rescindiram e pelo varandas.
Indepedendente de gostares ou nao do Bruno a primeira coisa que os jogadores  o varandas e os outros deveriam de pensar seria no clube ,so pensaram neles, por culpa de uma pesssoa? 

Mas era tao conveniente, o seu irmao ser socio do Rogerio alves e escreveu as rescisoes dos jogadores e curiosamente escritas com o mesmo conteudo.
No dia a seguir era candidato a presidente quando ninguem tinha falado em eleicoes?
O varandas e um traidor e tem de sair do clube e ja . 
Ora essa, comento pois claro, não compro nem leio pois claro. Quem quiser ler um livro escrito pelo Aguilar que faça bom proveito.  :mrgreen:

Não gostas nem de uma nem de outra pessoa, não vais comprar o livro, mas vens comentar. Realmente faz sentido.

Tanta m**** importante para te preocupares no clube e tu aqui a comentar o livro dum gajo que não conta para nada, não é assim?

E aposto 1 tomate e meio como o vai ler.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Vai ler e espumar se todo
"De todos os presidentes que tivemos neste percurso, o mais explícito foi Bruno de Carvalho, que já na campanha eleitoral teceu rasgados elogios à nossa caminhada, talvez por conhecer a nossa forma de estar e o nosso trajeto. O atual presidente esteve connosco três anos, de 2006 a 2009, e apoiou-nos como sportinguista e empresário, numa equipa onde jogavam José Diogo, Pedro Delgado e André Pimenta, que ainda estão connosco, e outros que já saíram, como Gonçalo Alves, Miguel Rocha ou Diogo Neves. Este presidente prometeu e cumpriu!"

Engenheiro Gilberto Borges 13/05/2019
Ora essa, comento pois claro, não compro nem leio pois claro. Quem quiser ler um livro escrito pelo Aguilar que faça bom proveito.  :mrgreen:

Não gostas nem de uma nem de outra pessoa, não vais comprar o livro, mas vens comentar. Realmente faz sentido.

Tanta m**** importante para te preocupares no clube e tu aqui a comentar o livro dum gajo que não conta para nada, não é assim?

E aposto 1 tomate e meio como o vai ler.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Vai ler e espumar se todo

E vir para o fórum dizer que os foristas são hipocritas em pedir gajos do Mendes porque não lhe apetece discutir a gestão do futebol profissional


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk


Não tenho escrito muito aqui para evitar o caos em que este tópico se tornou, mas achei interessante alguns excertos do livro que explicam, por palavras do próprio, o momento em que mergulhou. É curioso como o próprio Bruno admite que o seu comportamento e estabilidade emocional se alteraram devido à relação com a Joana Ornelas.

Muito aqui se escreveu sobre este assunto, que existia um BdC antes Joana e um BdC depois Joana, e agora é o próprio que o confirma.

Enquanto Sportinguista tenho pena que ele não tenha conseguido desviar-se desses problemas e que tenha entrado numa queda vertiginosa. Para mim, ele não tinha efectivamente condições de continuar à frente do clube naquela fase. Mais do que os problemas relacionados com o clube e com a pressão mediática, ele tinha que ultrapassar os seus problemas pessoais para voltar a ser o grande Presidente que foi no passado. Para a história fica um primeiro mandato que para mim foi o melhor que vi no clube.

Resta aguardar pelo amanhã. Acredito que daqui a alguns anos, possamos ter de volta um BdC mais maduro e experiente, que de alguma forma volte a ocupar uma posição de relevo no clube. Por agora, é altura de deixar as feridas sararem.

Sim, também sempre pensei que fosse isso. Os erros ele próprio os admite, ainda que o seu ego provavelmente não reconheça alguns (não despachar o chiclas no fim da 2a época).
O mestre da táctica aliado aquela mulher de ataque arrebentaram com a presidência dele ...e com o Sporting.
O resto, foi a oportunidade que o cartel Roquette esperava desde 2013.
Aí está um bom motivo pra nunca ir pró regabofe com colegas do trabalho  :hand:
Quando ele mais precisava, mais o empurraram para baixo, e gente que sabia o que se passava. Mais se vai saber. Tou curioso.

O problema é este...quando tens uma pessoa que não está em condições psicológicas de manter um cargo achas que vale a pena deixá-lo lá?
Não aconteceria em nenhuma empresa do mundo.
Foi uma porquice? Foi. Mas os adeptos não têm maneira de saber o que se passa com o presidente e a mulher entre quatro paredes.
As declarações dele depois de ser destituído provam que não estava bem.
Eu, pessoalmente, não estive contra a destituição. A catástrofe é que já sabia o que vinha a seguir!
A brigada do reumático no Sporting nunca falhou nem nunca vai falhar (vale a pena lembrar que a maioria do sócios votantes não optaram pelo Dr. Frederico).
Vamos continuar a fingir que a destituição não aconteceu por causa de Alcochete e rescisões?

Precisamente.
Aquele post no facebook depois do jogo com o Atlético foi o equivalente a dares 1kg de kryponite ao pior inimigo do Super-homem. Não me admirava que os talibãs da CMTV até tivessem aberto champanhe...NUNCA NA VIDA QUE ELE PODIA FAZER AQUILO!!!
Estivesse a cabeça dele como tivesse nunca que podia ter aquela reacção!
Sabes o que fazia? Final da época: chiclas rua, Patrício vendido, William já devia ter ido desde 2014, e Gelson nem tem inteligência pra saber quanto é 1+1 quanto mais pra jogar no Sporting.
Agora atacar os jogadores ainda por cima numa rede social?! Que presidente do que quer que fosse é que resistia a isso?
Alcochete e rescisões.

O post de Madrid?

O post pós Guimarães em 2015 foi pior.

O post de Madrid foi infantil e imbecil. Só.

"Ataque". ::)

Graves foram 2 situações pós post Madrid. Uma resposta de um plantel sabe-se lá porque e a resposta a essa resposta.

Agora o post de Madrid?

PS

Um presidente fala em jogadores de qualidade reduzida.

Treinadores falam em meninos mimados, jogadores sem qualidade e afins.

Vestes rasgadas?

Nenhumas.

De que maneira é que o ligavas a Alcochete, sem esse episódio?
Era o que mais faltava um presidente ser corrido do clube porque meia centena de palermas entraram pelo centro de estágio adentro e espancaram jogadores.
O descontrolo dele a partir daí foi a cola que o cartel usou para o ligá-lo a esse ataque nomeadamente a teoria bem conhecida do Correio da Manhã que nós sabemos qual é.
Já agora depois de Guimarães ele pediu desculpa aos adeptos pelo resultado e por sentir que os jogadores não tinham dado tudo. No post do facebook atacou-os individualmente. Não vês aqui nenhuma diferença?

Gelson devia ter chutado para a esquerda?

Montero devia ter encostado em vez de rematar para as nuvens?

Dost e Coentrão "não quiseram" jogar a segunda mão? As aspas não são minhas. E sim de BdC.

C'mon..

E sim. Foi o que tiveste. Uma AG onde os sócios foram juízes e carrascos após semanas de intoxicação mediática.

Lion, não interessa se o teu nome é Florentino Peréz, Silvio Berlusconi, Roman Abramovich, ou Uli Hoeness. Ninguém no mundo do futebol resiste a ter um plantel todo contra ele. Fora de questão.
Queres que te diga que ele tinha razão? Isso é óbvio! Não é novidade para ninguém que o William era uma m**** de profissional, que o Gelson tava-se completamente a ca*** para o clube (caso contrário não levava aquele amarelo imbecil antes do jogo mais importante da época) e que os rescisores valem o que valem, visto que um deles até acha que está habilitado a usar a braçadeira de capitão.
Agora ir ao Facebook criticar prestações de jogadores?! Que dirias tu se o teu chefe questionasse a tua competência numa porca miséria duma rede social?
Meu caro...

Eu não dei nomes aos bois, mas fiz referência a declarações recentes de senhores com responsabilidades no futebol português. Ou que são portugueses.

"Mimados", "qualidade reduzida", "não estão cá a fazer nada"

É impensável e disse-o na altura, um plantel responder a um presidente naquelas exactas circunstâncias.

Porque NÃO foi um ataque ao profissionalismo e dignidade de quem quer que seja. Não foi. Repito também o que disse após esse post. Infantil e imbecil. Só.

Por esta altura e após tantos meses, o que me faz confusão é:

Resposta motivada e influenciada por...quem?

Há alturas em que a tua adoração por BdC te faz perder por completo o norte e o discernimento.
Alguém dizer "Dost e Coentrão não quiseram jogar a 2ª mão..." ou a que diz "jogámos com 9 numa alusão aos erros de MAthieu e Coates" não é atacar o profissionalismo???? Por amor da Santa!
Olha...se alguém me dissesse isso, para mim seria um ataque gravíssimo à minha honra enquanto profissional.
Mas pronto...tu consegues ver sempre as coisas de forma mais suave quando toca a situações em que BdC não esteve bem
Porra.

"Não quiseram" jogar.

Foi isto que foi escrito.

Brincamos ou que? E ainda falas em discernimento? Adoração?

Falo...mas pronto, mais cego do que o que não vê, é aquele que não quer ver.
E como sabes, não sou o primeiro a dizer-te isto.
Mas é a tua opinião...há que respeitar.
A minha é que ele faltou imenso à honra daqueles que estiveram em campo, sejam os que fizeram melhores exibições, sejam os que estiveram menos bem.
Bruno de Carvalho, teve toda a razão para se sentir defraudado com a entrega dos jogadores, nunca o deveria ter feito publicamente, primeiro porque estava a desvalorizar a equipa no mercado, segundo porque demonstrou que não aprendeu nada com o post pós guimarães, terceiro porque as modalidades e o futebol profissional tem características completamente diferentes, e reagem de forma diferente às "provocações", e a parte "política" precisa de controle emocional, coisa que não vinha demonstrando nalgumas situações. Queria cabeças despedia o J.J., despachava os capitães de equipa. Por outro lado os jogadores nunca em momento algum poderiam ter respondido da forma que o fizeram, e apenas quiseram amotinar-se para tentar forçar a saída. No conteúdo B.C. teve toda a razão, na forma foi o inverso. Agora nada disto interessa por uma simples razão, o Sporting foi tomado de assalto e ninguém fez nada para impedir. B.C. teve uns quatro anos de mandato como nunca vi neste clube e que nos aproximou de vencer e de sermos mais competitivos a todos os níveis e era um caminho que nunca deveríamos abdicar seja qual fosse o Presidente. Não interessa muito estar a discutir a situação A ou B quando se fragmentou o Sporting desta forma, não aprendemos nada com o passado, e de um clube com uma pujança Incrivel, passámos de novo a albergue de parasitas e gente que não quer saber do Clube para nada. No final a culpa não vai ser do bruno nem do varandas, vai ser dos sócios que se preocupam com o acessório (e não falo deste caso em particular porque na altura foi relevante)e não se concentram naquilo que realmente é importante. SL

Mas será que é assim tão difícil perceber o quão estás acertado quanto ao que se passou no pós-Madrid e à infantilidade daquela publicação?
 :clap:
Não respondeste. Foi ou não foi tal como citei?

Estás a referir-te às aspas? Se é a isso, sim, é como tu dizes.
Se para mim muda alguma coisa? Não...
Ah. Não muda. Portanto o meu discernimento é que está afectado por juízos de valor.
Para quem quiser.

https://www.sabado.pt/opiniao/convidados/luis-aguilar/detalhe/o-livro-de-bruno-de-carvalho

"Foi escrito, isso sim, por um autor que, com este, já tem 13 livros publicados, incluindo biografias de alguns dos seus companheiros de painel, como Paulo Futre ou Fernando Mendes. Foi escrito pela pessoa que colabora, há vários anos, com diferentes publicações do mesmo grupo que lhe paga para ele comentar, com maior ou menor conhecimento, todas as semanas."

Para os que continuam sem perceber porque é que Luís Aguilar foi o escolhido, este parágrafo é chave. CM, Cofina e TVI não se atreverão a atacar este livro, e se o fizerem, vão atirar para a fogueira dezenas de cartilheiros. O Sporting sai sempre a ganhar com este livro.

Obrigado pelo post, fez-se luz para mim sobre porque é que ele foi escolhido!
Realmente, uma jogada, mesmo ao jeito do BdC, arriscada, completamente inesperada, com tudo pra ganhar, ou perder...


Eu vejo muitas razoes para nao o ter a colaborar, mas, ou a TVI e afins o despendem de todos os paines e colunas, ou nao o podem criticar.


Muito bem jogado sim senhor!
« Última modificação: Fevereiro 14, 2019, 12:58 pm por Cisito »
#NasciLeaoNaoNasciLampiao
Promete.