Daniel Bragança (Emp. - Estoril Praia)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Temo que Varandas/ Keizer sejam como Carvalho/Jesus: a preferência é sempre por jogadores vindos de fora.
Preferia que fossem como Carvalho/Jardim de facto!

Gerson Magrão riu-se.

Sem dúvida, Magrão foi titular a época toda, a equipa estava incompreensivelmente construída à volta dele  ^-^ ^-^

f***-**, saiu a meio da primeira parte na primeira jornada!!

E a partir, só jogou quando havia necessidade, até porque o plantel era curtíssimo

Se era para jogar só quando havia necessidade não havia um jogador como o João Mário na B para ter esse tempo de jogo ou valia mais apostar em alguém que não tinha qualquer futuro no Clube? Não haverá nunca um treinador que tenha apostas totalmente consensuais.
A confirmar-se, muito boa decisão. Acho que vai ser muito bom para o Bragança subir o nível e preparar-se para jogar ao mais alto nível para ser opção a serio, não como o Miguel Luís este ano.

Há aqui muito wishfull thinking e por não termos muitos jogadores da formação a vingar nos últimos 2 anos (mesmo assim houve Rafael Leão e Jovane) todos querem ver ouro em tudo o que brilha. O Bragança claramente precisa um ano a jogar na Liga e melhorar os índices de agressividade.
Incompreensível se nem pré época faz. Mas pronto mais um ano mais uma voltinha, lá para os 30 está pronto para jogar.
 :pray: :pray: ;D ;D ;D
 É bem.

 Antes de avançar para contratações, sobretudo de segundas linhas, é este trabalho de observação e teste que temos que obrigatoriamente que fazer. Faz pouco sentido estar a gastar dinheiro em atletas que pouco vêm acrescentar, quando temos atletas no clube que são capazes de acrescentar qualidade e médio / longo prazo.

 Se formos honestos com o Daniel Bragança e sobretudo corajosos, o Daniel fica no plantel.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Os juniores de 1° ano é só para motivar

O Bragança é para ficar
O Daniel tem que ficar, não brinquem.

Tem um talento fenomenal e pode ser uma mais valia num meio-campo que carece de opções válidas.
"Para mim , o Sporting é como uma mulher que se ama logo à primeira vista. Um homem pode conhecer várias mulheres , mas há sempre ‘aquela’, a especial. Independentemente de ficarmos com ela ou não, lembramo-nos dela para sempre!" - Ivone De Franceschi
Emprestem também este, depois mandem regressar em Janeiro.
Este é craque!

Apostar sem medo. Tem que ficar no plantel.
Fazer pré-época é de elementar justiça.
Duvido que consigamos ir buscar algum jovem com mais potencial do que o Daniel Bragança. Só tem de ficar no plantel e com oportunidades muito regulares.
Find what you love and let it kill you.
O Daniel vai ficar no plantel, vai ser a “descoberta” da próxima época...
Se tudo lhe correr conforme o seu talento permite, fica. Acho bem que lhe seja dada uma oportunidade e que não se fique apenas por uma ou duas semanas de estágio.

E, já agora, que nenhuma lesão na fase inicial o impeça de se mostrar, nestes momentos também é preciso ter alguma sorte.
Campo Grande paga a traidores.
O Daniel vai ficar no plantel, vai ser a “descoberta” da próxima época...
Espero bem que sim...
Temo que Varandas/ Keizer sejam como Carvalho/Jesus: a preferência é sempre por jogadores vindos de fora.
Preferia que fossem como Carvalho/Jardim de facto!

Gerson Magrão riu-se.

Sem dúvida, Magrão foi titular a época toda, a equipa estava incompreensivelmente construída à volta dele  ^-^ ^-^

f***-**, saiu a meio da primeira parte na primeira jornada!!

E a partir, só jogou quando havia necessidade, até porque o plantel era curtíssimo

Se era para jogar só quando havia necessidade não havia um jogador como o João Mário na B para ter esse tempo de jogo ou valia mais apostar em alguém que não tinha qualquer futuro no Clube? Não haverá nunca um treinador que tenha apostas totalmente consensuais.
falas por falar. O João Mario estava na B por castigo. Quando saiu para o Setúbal a coisa estava muito feia para ele, simplesmente acabou por fazer uma boa segunda metade de época que lhe permitiu integrar o plantel época seguinte. Mas o motivo pelo qual não foi aposta para LJ foi a sua postura.
Não há esforço, não há dedicação, não há devoção e muito menos há glória.
Temo que Varandas/ Keizer sejam como Carvalho/Jesus: a preferência é sempre por jogadores vindos de fora.
Preferia que fossem como Carvalho/Jardim de facto!

Gerson Magrão riu-se.

Sem dúvida, Magrão foi titular a época toda, a equipa estava incompreensivelmente construída à volta dele  ^-^ ^-^

f***-**, saiu a meio da primeira parte na primeira jornada!!

E a partir, só jogou quando havia necessidade, até porque o plantel era curtíssimo

Se era para jogar só quando havia necessidade não havia um jogador como o João Mário na B para ter esse tempo de jogo ou valia mais apostar em alguém que não tinha qualquer futuro no Clube? Não haverá nunca um treinador que tenha apostas totalmente consensuais.
falas por falar. O João Mario estava na B por castigo. Quando saiu para o Setúbal a coisa estava muito feia para ele, simplesmente acabou por fazer uma boa segunda metade de época que lhe permitiu integrar o plantel época seguinte. Mas o motivo pelo qual não foi aposta para LJ foi a sua postura.

Não estava na B por castigo. Estava na B porque o treinador não contava com ele na equipa principal. Da mesma maneira que não contava com o Iuri Medeiros ou com o Ricardo Esgaio (que estava a fazer uma temporada tremenda). Entendeu-se emprestar o jogador ao Setúbal porque, de facto, o jogador tinha estagnado na equipa B. O empréstimo acabou por ser a decisão correcta face à decisão estúpida que foi manter o jogador na equipa principal.

Confesso que eu, adepto, também me sinto desmotivado quando vejo o Petrovic e o Gudelj em campo e via o Bruno Paz no banco. Da mesma maneira, eu, adepto, também me senti desanimado quando vi o Vítor ou o Gerson Magrão em campo quando o João Mário estava chateado na equipa B por não ser aposta na equipa principal. Também me senti desanimado quando se contratou um Heldon quando o Iuri Medeiros e, principalmente, o Ricardo Esgaio andavam a fazer temporadas na equipa B e se foi ao Marítimo buscar um jogador sem que se tenham testado antes estes.

A mim chateia-me a postura dos treinadores que na ausência de soluções na equipa principal, preferem escudar-se em desculpas ou recorrer a um mercado duvidoso, do que mandar um jogador jovem lá para dentro. Noutros países, alguns bem mais evoluídos futebolisticamente do que o nosso, não há receio de mandar um puto de 17 ou 18 anos lá para dentro.
Temo que Varandas/ Keizer sejam como Carvalho/Jesus: a preferência é sempre por jogadores vindos de fora.
Preferia que fossem como Carvalho/Jardim de facto!

Gerson Magrão riu-se.

Sem dúvida, Magrão foi titular a época toda, a equipa estava incompreensivelmente construída à volta dele  ^-^ ^-^

f***-**, saiu a meio da primeira parte na primeira jornada!!

E a partir, só jogou quando havia necessidade, até porque o plantel era curtíssimo

Se era para jogar só quando havia necessidade não havia um jogador como o João Mário na B para ter esse tempo de jogo ou valia mais apostar em alguém que não tinha qualquer futuro no Clube? Não haverá nunca um treinador que tenha apostas totalmente consensuais.
falas por falar. O João Mario estava na B por castigo. Quando saiu para o Setúbal a coisa estava muito feia para ele, simplesmente acabou por fazer uma boa segunda metade de época que lhe permitiu integrar o plantel época seguinte. Mas o motivo pelo qual não foi aposta para LJ foi a sua postura.

Não estava na B por castigo. Estava na B porque o treinador não contava com ele na equipa principal. Da mesma maneira que não contava com o Iuri Medeiros ou com o Ricardo Esgaio (que estava a fazer uma temporada tremenda). Entendeu-se emprestar o jogador ao Setúbal porque, de facto, o jogador tinha estagnado na equipa B. O empréstimo acabou por ser a decisão correcta face à decisão estúpida que foi manter o jogador na equipa principal.

Confesso que eu, adepto, também me sinto desmotivado quando vejo o Petrovic e o Gudelj em campo e via o Bruno Paz no banco. Da mesma maneira, eu, adepto, também me senti desanimado quando vi o Vítor ou o Gerson Magrão em campo quando o João Mário estava chateado na equipa B por não ser aposta na equipa principal. Também me senti desanimado quando se contratou um Heldon quando o Iuri Medeiros e, principalmente, o Ricardo Esgaio andavam a fazer temporadas na equipa B e se foi ao Marítimo buscar um jogador sem que se tenham testado antes estes.

A mim chateia-me a postura dos treinadores que na ausência de soluções na equipa principal, preferem escudar-se em desculpas ou recorrer a um mercado duvidoso, do que mandar um jogador jovem lá para dentro. Noutros países, alguns bem mais evoluídos futebolisticamente do que o nosso, não há receio de mandar um puto de 17 ou 18 anos lá para dentro.
O João Mario nesse ano teve um conjunto de atitudes que fizeram com que não fosse aposta para LJ, quando sai para o setubal não saiu meramente numa perspectiva evolutiva saiu também porque havia algum desagrado do clube para com a postura recente dele. é bom lembrar por exemplo que LJ não teve problema algum em por um tal de mané a titular.
Não há esforço, não há dedicação, não há devoção e muito menos há glória.
O Daniel vai ficar no plantel, vai ser a “descoberta” da próxima época...

Isso é um desejo ou uma certeza?  :victory:
Estou curioso para ver este puto a jogar na equipa principal, espero que tenha oportunidade pra demonstrar o seu potencial.