Daniel Bragança (Emp. - Estoril Praia)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Se o Daniel não se impuser no Sporting não será por falta de altura.

 Creio que está bastante claro que eu discordo do argumento da altura como elemento principal na avaliação da qualidade de um atleta. Apesar de ser um elemento importante.


Então porque afirma categoricamente que "é demasiado baixo para se impor no Sporting"?

Basta ler o texto para se perceber que ele estava a gozar.



Há duas coisas que me continuam a fazer confusão: como é que o Miguel Luís passa à frente dele na entrada para a A, dado que no meu entender não possui a mesma dinâmica que o Daniel e como é que continuam muitos adeptos (e treinadores) a ver ali um 6.
“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly
Então porque afirma categoricamente que "é demasiado baixo para se impor no Sporting"?

 Estava a ser irónico.



ok. não tinha percebido.

Há duas coisas que me continuam a fazer confusão: como é que o Miguel Luís passa à frente dele na entrada para a A, dado que no meu entender não possui a mesma dinâmica que o Daniel e como é que continuam muitos adeptos (e treinadores) a ver ali um 6.

100% de acordo.
(Sobre as medidas do varandas para o sucesso nas modalidades)
Citação de: Presidente em Hoje às 14:36

Os resultados falam por si. A política do "eu fiz isto, eu ganhei aquilo" já acabou. Agora temos um presidente que sabe ser e sabe estar, respeitador dos seus funcionários e que consegue motivá-los sem ser à base de ameaças e insultos.
Se o Daniel não se impuser no Sporting não será por falta de altura.

 Creio que está bastante claro que eu discordo do argumento da altura como elemento principal na avaliação da qualidade de um atleta. Apesar de ser um elemento importante.


Então porque afirma categoricamente que "é demasiado baixo para se impor no Sporting"?

Basta ler o texto para se perceber que ele estava a gozar.



Há duas coisas que me continuam a fazer confusão: como é que o Miguel Luís passa à frente dele na entrada para a A, dado que no meu entender não possui a mesma dinâmica que o Daniel e como é que continuam muitos adeptos (e treinadores) a ver ali um 6.
Não é muito difícil de perceber, sem contar com a parte física em termos de construcao o Daniel é muito parecido ao que o William fazia quando queria jogar. Tem um bom passe longo, varia bem o jogo, tem transporte de bola e faz uma boa ligação entre o meio campo e a defesa.
Não há esforço, não há dedicação, não há devoção e muito menos há glória.
Se o Daniel não se impuser no Sporting não será por falta de altura.

 Creio que está bastante claro que eu discordo do argumento da altura como elemento principal na avaliação da qualidade de um atleta. Apesar de ser um elemento importante.


Então porque afirma categoricamente que "é demasiado baixo para se impor no Sporting"?

Basta ler o texto para se perceber que ele estava a gozar.



Há duas coisas que me continuam a fazer confusão: como é que o Miguel Luís passa à frente dele na entrada para a A, dado que no meu entender não possui a mesma dinâmica que o Daniel e como é que continuam muitos adeptos (e treinadores) a ver ali um 6.

O Miguel é um jogador com outra agressividade na criação, o Daniel é melhor na fase de construção.

O Daniel Bragança jogou vários anos como médio-defensivo e esta época será muito importante para se ambientar a funções mais ofensivas, isto é, a receber a bola no meio-campo contrário, a ter de receber e rodar, a ter de jogar mais rápido em vez de mais "pausado" a ver e pensar qual a melhor opção para entregar a bola (o que pode fazer com mais tempo mais atrás), etc.

O empréstimo não me pareceu mau, foi para uma equipa de um campeonato mais competitivo que os sub-23 que precisava de um médio como ele como de água para a boca.
Se o Daniel não se impuser no Sporting não será por falta de altura.

 Creio que está bastante claro que eu discordo do argumento da altura como elemento principal na avaliação da qualidade de um atleta. Apesar de ser um elemento importante.


Então porque afirma categoricamente que "é demasiado baixo para se impor no Sporting"?

Basta ler o texto para se perceber que ele estava a gozar.



Há duas coisas que me continuam a fazer confusão: como é que o Miguel Luís passa à frente dele na entrada para a A, dado que no meu entender não possui a mesma dinâmica que o Daniel e como é que continuam muitos adeptos (e treinadores) a ver ali um 6.
Não é muito difícil de perceber, sem contar com a parte física em termos de construcao o Daniel é muito parecido ao que o William fazia quando queria jogar. Tem um bom passe longo, varia bem o jogo, tem transporte de bola e faz uma boa ligação entre o meio campo e a defesa.


Miguel Luís sempre esteve um patamar à frente do Daniel e também o acho superior. Embora ache que o Daniel tem características para jogar a 8, não me importo de ver a 6, até porque me faz lembrar o Redondo. Ainda assim acho que a aposta mais forte a médio prazo para a posição 6 devia ser o Rodrigo Fernandes dos juniores, isto se ninguém se esquecer de lhe renovar o contrato agora quando fizer os 18 anos… como aconteceu ao Tiago Djalo...
Há duas coisas que me continuam a fazer confusão: como é que o Miguel Luís passa à frente dele na entrada para a A, dado que no meu entender não possui a mesma dinâmica que o Daniel e como é que continuam muitos adeptos (e treinadores) a ver ali um 6.

 Vêem ali um 6, como o Poch também vê às vezes no Winks um 6. O papel em campo que desempenham é muito semelhante. A verdade é que a qualidade de passe, a facilidade em transportar a bola, a visão com que vê o jogo, são características úteis num 6 e que acompanhado de um 8 rotativo, intenso e agressivo, a dinâmica pode bem resultar. Pelo o que disse atrás, vejo-o como um bom 8, dá jeito ter em zonas avançadas quem possa meter bem o último passe, possa variar rápido o centro de jogo, quem tenha boa mobilidade, é um excelente médio de construção e igualmente um excelente médio para assistir, rodar e ser uma referência dentro do bloco defensivo do adversário.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Acredito que como 8 possa ser igualmente muito útil, mas eu apostava no Bragança a 6.

Possivelmente todo o meio-campo teria de ser construído para "mascarar" a falta de disponibilidade física do Daniel, mas com a visão de jogo, a qualidade no passe (põe a bola praticamente onde quer) e a inteligência tática que ele possuí, acho que onde poderia render mais seria no vértice mais recuado do meio-campo, de frente para o jogo e a coordenar toda a construção da equipa.
Alguém está a vê-lo?
Vai ser treinado pelo atual pior treinador português, coitado do miúdo. Ou muito me engano ou vai ser encostado, pelo menos nos primeiros tempos. Jogarão os calmeirões.
"Eu vou esperar que o Olivais tenha mais ataques, MAS EU ESPERO QUE O SPORTING VAI ENCARAR ISTO COM MUITO AMOR PERANTE OS NOSSO ADEPTOS" João Fernandes 16/12/2012
Tragam este rapaz de volta e metam-no a jogar na A. Temos de voltar a construir uma base sólida e isso não se consegue com os Gudelj e os Diaby.
Mais um pormenor do Bragança. O toque é daqueles que não engana.



@Ravanelli eu não me importo nada que seja aposta a 8, até porque sei perfeitamente que muito mais fácilmente é aposta aí que noutro sítio qualquer. Mas só uma pergunta, o Rúben Neves para ti era o que?
Mais um pormenor do Bragança. O toque é daqueles que não engana.



@Ravanelli eu não me importo nada que seja aposta a 8, até porque sei perfeitamente que muito mais fácilmente é aposta aí que noutro sítio qualquer. Mas só uma pergunta, o Rúben Neves para ti era o que?

Não vamos misturar os dois. Eu acho que o Bragança tem mais impacto positivo a 8 porque mantendo a capacidade de conduzir e/ou distribuir a bola, consegue facilmente romper linhas adversárias e pensar fora da caixa em espaços curtos. Mais que um médio de condução e distribuição, ele pode aliar aquele factor extra no repentismo das suas acções. Eu não acho que o Rúben seja um desperdício mais atrás. Mas acho isso do Bragança.
“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly
Uma estupidez ter-se emprestado, mais um da formação né verdade?, um jogador que poderia ser uma ajuda no plantel principal.

Mas enquanto não tiver 25 anos e ter 4 ou 5 empréstimos no lombo não serve.
"Para mim , o Sporting é como uma mulher que se ama logo à primeira vista. Um homem pode conhecer várias mulheres , mas há sempre ‘aquela’, a especial. Independentemente de ficarmos com ela ou não, lembramo-nos dela para sempre!" - Ivone De Franceschi
Para mim é 8, e é 8 para rodar com o Wendel e ter muitos minutos já na próxima época.

Enquanto uns metem o Felix a titular abancando o deus deles, por cá continua a falta de visão, depois dizem que a formação está morta. Também é bom para ele estar fora desta bandalheira. Que aproveite o empréstimo e seja o que Deus quiser na próxima época.
Para mim é 8, e é 8 para rodar com o Wendel e ter muitos minutos já na próxima época.




A 8 ainda pode ter uma palavra a dizer, mas a velocidade é muito prejudicial. A 6 é impensável!
Find what you love and let it kill you.
Duvido que jogue mais no Farense!! Entrou novo treinador Alvaro Magalhães...o lampião não vai mete-lo a jogar mais, estejam cientes disso!!