Votação

Quem foi para ti o melhor em campo?

Romain Salin
61 (21.3%)
Stefan Ristovski
2 (0.7%)
Sebastián Coates
6 (2.1%)
Jérémy Mathieu
2 (0.7%)
Jefferson
2 (0.7%)
Radosav Petrović
1 (0.3%)
Rodrigo Battaglia
0 (0%)
Bruno Fernandes
161 (56.1%)
Nani
0 (0%)
Marcos Acuña
0 (0%)
Bas Dost
29 (10.1%)
Jovane Cabral
18 (6.3%)
Raphinha
5 (1.7%)

Votos totais: 287

Liga NOS 2018-19 [1ªJ] Moreirense 1-3 Sporting CP [12/08 | 18:30]

0 Membros e 2 Visitantes estão a ver este tópico.

Já paravam com o off-topic.. ::)
Em 1º sempre o grande Sporting!!
G71 a maior vergonha da história do Sporting.







G71 a escória do Sporting.

A 5ª coluna que só sabe destruir o Sporting , agora e sempre.

Piores que lampiões.
Jogo sofrível. Tivemos um penalty caido do céu que desbloqueou o empate.
Como é possível deixar-mos Raphinha, Jovane e Matheus Pereira no Banco.
Agora que mais experientes estejamos, mais conhecimentos tamos, melhor também estamos.
Pelo menos com o PESEIRO conseguimos ganhar no Moreirense!!!

Com o JJ a culpa era do campo ser pequeno, ou do calor ou do relvadovem mau estado.

Bom jogo do Bruno, Salin e Coates.
Foi um pouco injusto para o que o Moreirense fez, sendo que a meu ver foi melhor que o Sporting durante todo o jogo, mas vencemos e ainda nos foi roubado um golo limpo.

Devias ter vergonha na cara e tirar o simbolo do Sporting como teu avatar, tu não és Sporting

Metes nojo

Este gajo é um portista ferrenho, residente em S. Mamede e Festa e mais conhecido que a batata por se ter conseguido infiltrar neste fórum faz anos. Há quem diga que desde PdC assumiu o clube nos anos 80 teve sempre de costas viradas com o seu clube e que vive com uma frustração imensa.
Já cá ando há uns 15 anos no fórum e só quem for muito tapado não perceberia isto. No entanto, teve sempre conivência do gozo constante que faz com o Sporting.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk
Não é bem assim mas não andas longe. Tudo começou numa das danceterias do Reinaldo Teles. O Rui, dragão d’ouro em 77 por méritos na casa e clube do Porto de Lourenço Marques, sempre gostou de dançar. Era figura assídua numa danceteria ali na Trindade. Quando Pinto da Costa ganha a presidência do Porto a danceteria é vendida. O Rui protestou e na famosa Ag de 1983 mete um requerimento para o clube recomprar o edifício. As coisas azedam, Reinaldo cola-se ao presidente e, ambos, hostilizam Rui Trindade. Num rasgo de fúria, Rui retira o dragão d’ouro da lapela (rasgando o Blazer do segundo casamento) e atira-o para a mesa da direção. Acerta no olho esquerdo do Presidente da Mag (um bombeiro reformado da Ribeira), cegando-o. Um GNR, Abel de seu nome, um tipo afável mas marcado pelo tempo, leva-o para o cárcere. E é aí, em 1986, que conhece Zé Maria, um bancário de Alenquer que viria a mudar a sua vida.
Saiu da cadeia de Custoias em 89. Era um homem mais frio, mais calculista e com um plano:
Infiltrar-se no Sporting!
E aqui está ele, perfeitamente desmascarado e prestes a ser banido.
Foi bom enquanto durou Rui
Um abraço e biba o puortoooo!


Grande @Mega_SCP, após tantos anos fui catado. 


És do fcp e não dizias aqui à malta? Inqualificável Rui!


Eu bem dizia, este "gaijo" era por demais evidente do FCP,  agora percebo tudo, infiltrado pessoal, peço a moderação para banir esta pessoa, mais a mais mete veneno a favor do Bruno, para destruir totalmente o nosso Sporting football club.
O que eu vejo é o peseiro e o Sousa Cintra andarem sempre a falar de reforços, sem nenhuma contenção verbal, desvalorizando e passando atestados de menoridade aos jogadores que fazem parte deste plantel.
Atestados de menoridade foram passados n aos jogadores a época passada em alturas mais sensíveis e muita gente batia palminhas.
Não esperava grande exibição, mas o que interessa nesta fase são os 3 pontos, e que os mercenários continuem a faturar no próximo jogo. SL
O que retiro do jogo de ontem:

- Precisamos urgentemente de um lateral direito e de um 6/8 competentes, Jeferson e Petrovic valem muito pouco.
- A equipa foi esforçada mas com um futebol fraco
- Dos que rescindiram os que voltaram provaram que eram os que mais nos iam fazer falta como ontem ficou provado.
- Excelente entrada dos miúdos Raphinha e Jovane;
- Jogar contra o Moreirense com 2 médios defensivos discordo totalmente mas o Pzero explicou o porquê;
- Wendel e Matheus de fora da convocatória surpreendeu muita gente, a mim inclusive, mas fazendo fé no que o Pzero disse eu se fosse o treinador também os tinha deixado de fora, só talento não chega.

Finalizando, eu estou a 100000% contra esta situação toda desde que o boi do JMS começou com toda esta vergonha, passando pela AG destitutiva e até agora, mas tendo em conta que esta é a nossa realidade só me compete defender que veste as nossas cores (como sempre).

Vamos ver o que esta semana nos trás e começar já a preparar a recepção ao Setúbal.
"Se apenas vagamente vocês compreendessem o que é para mim aquela camisola, morreriam em campo hoje para me dar a vitória" - Miguel d'Almada
Foi um pouco injusto para o que o Moreirense fez, sendo que a meu ver foi melhor que o Sporting durante todo o jogo, mas vencemos e ainda nos foi roubado um golo limpo.

Devias ter vergonha na cara e tirar o simbolo do Sporting como teu avatar, tu não és Sporting

Metes nojo

Este gajo é um portista ferrenho, residente em S. Mamede e Festa e mais conhecido que a batata por se ter conseguido infiltrar neste fórum faz anos. Há quem diga que desde PdC assumiu o clube nos anos 80 teve sempre de costas viradas com o seu clube e que vive com uma frustração imensa.
Já cá ando há uns 15 anos no fórum e só quem for muito tapado não perceberia isto. No entanto, teve sempre conivência do gozo constante que faz com o Sporting.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk
Não é bem assim mas não andas longe. Tudo começou numa das danceterias do Reinaldo Teles. O Rui, dragão d’ouro em 77 por méritos na casa e clube do Porto de Lourenço Marques, sempre gostou de dançar. Era figura assídua numa danceteria ali na Trindade. Quando Pinto da Costa ganha a presidência do Porto a danceteria é vendida. O Rui protestou e na famosa Ag de 1983 mete um requerimento para o clube recomprar o edifício. As coisas azedam, Reinaldo cola-se ao presidente e, ambos, hostilizam Rui Trindade. Num rasgo de fúria, Rui retira o dragão d’ouro da lapela (rasgando o Blazer do segundo casamento) e atira-o para a mesa da direção. Acerta no olho esquerdo do Presidente da Mag (um bombeiro reformado da Ribeira), cegando-o. Um GNR, Abel de seu nome, um tipo afável mas marcado pelo tempo, leva-o para o cárcere. E é aí, em 1986, que conhece Zé Maria, um bancário de Alenquer que viria a mudar a sua vida.
Saiu da cadeia de Custoias em 89. Era um homem mais frio, mais calculista e com um plano:
Infiltrar-se no Sporting!
E aqui está ele, perfeitamente desmascarado e prestes a ser banido.
Foi bom enquanto durou Rui
Um abraço e biba o puortoooo!


Grande @Mega_SCP, após tantos anos fui catado. 


És do fcp e não dizias aqui à malta? Inqualificável Rui!

Sim estou triste Rui, não esperava isso de ti! E olha que perdeste muito tempo dedicado ao Sporting, se calhar mais que os gajos dos 71%. Não queres mudar e ficar connosco?
O futebol não é uma questão de vida ou de morte. É muito mais importante que isso...
Bill Shankly
Grande vitória, ontem. Mérito total do Presidente Sousa Cintra que se bateu fortemente para dotar o SCP de mais valias como Bas Dost e Bruno Fernandes.

À 1ª jornada já está mais do que à vista que foi a decisão acertada. 3 pontos para a Comissão de Gestão. Vamos ver quantos serão até ao final da época...
Grande vitória, ontem. Mérito total do Presidente Sousa Cintra que se bateu fortemente para dotar o SCP de mais valias como Bas Dost e Bruno Fernandes.

À 1ª jornada já está mais do que à vista que foi a decisão acertada. 3 pontos para a Comissão de Gestão. Vamos ver quantos serão até ao final da época...

Nem preciso de te mandar, já deves saber o caminho de cor.. Só queres isto..tempo de antena!
 O Sporting do José Peseiro é uma equipa sem identidade de jogo, sem unidade em campo e onde tudo é confuso, cada qual tenta tomar as decisões de forma isolada, individual e sublinhando a falta de um colectivo. Foi isto que aconteceu em Moreira de Cónegos. Há que dar um pouco o benefício de dúvida, a equipa vem de uma pré-época muito mal planeada e sem qualquer competitividade para permitir a equipa crescer.

 Nós apostamos num duplo-pivot antagónico com os restantes elementos da equipa. Assim, ficamos sem meio-campo, ficamos sem motor e é natural que depois a organização ofensiva seja medíocre porque sem bola com qualidade na frente, têm que ir atrás para pegar no jogo. Foi um jogo onde os centrais assumiam a primeira-fase de construção e assumiam a responsabilidade de meter a bola na frente, quando devem ser os médios a fazer, usamos e abusamos dos passes longos na profundidade, tanto pelo Coates, como sobretudo pelo Mathieu. Ora, isto resulta de vez em quando, tornar isto sistemático é dar conforto ao adversário ou pensamos ganhar todas as bolas aéreas?

 Zonas de pressão. Ninguém sabe bem onde e como pressionar. É sobre os centrais adversários? É sobre os médios? Jogamos com um bloco mais subido ou baixamos e pressionamos no nosso meio-campo? Quem sai ao portador em determinada zona? Nada. A equipa ficou normalmente refém do que o adversário fazia, tiveram bola em frente à área com facilidade, fruto dessa falta de organização e definição defensiva. Os nosso laterais fecham mal por dentro, controlam mal a profundidade e depois têm zero agilidade física.

 As triangulações, as dinâmicas, só apareceram depois da entrada do Jovane e do Raphinha por serem jogadores mais rápidos, mais explosivos e assim conseguiram criar qualquer coisa no espaço entrelinhas do adversário. O Nani e o Acuña são demasiado lentos para estas dinâmicas, a um falta explosividade e a outro falta a qualidade técnica.

 Temos que definir uma identidade, uma ideia de jogo. É urgente e isso definirá o que vamos ser daqui para a frente. Por agora, somos um somatório de coisa nenhuma, uma anarquia em campo, onde as individualidades tentam resolver tudo e mais alguma coisa, isto é uma morte anunciada. Ninguém sabe bem o que fazer, como fazer, é ir lá para dentro, esperar para ver o que o jogo dá e ir reagindo consoante o conhecimento individual. Por isso tivemos um Bas Dost muito fora do jogo, o Bruno Fernandes a procura bola em todo o campo, o Nani muito individualista e o Acuña totalmente perdido.

 Como começar a solucionar? Mudar a dupla de médios. Urgentemente.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Falta linha de jogo, ligação, o meio campo não tem quase qualquer participação no jogo, seja a nível defensivo ou ofensivo. Das poucas coisas que vi rotinadas foi o "banal" descer do trinco para o meio dos centrais para pegar no jogo, permitindo a subida dos laterais. Muita insistência no passe longo e muitos passes falhados. Equipa desgarrada, a correr em demasia, com o bloco demasiado afastado. A equipa quebra totalmente a meio. Defensivamente, a equipa foi fechando conforme podia, mas vi demasiados cortes à última hora, ou seja, já dentro de área, com um molho de jogadores lá metidos.
Individualmente:

Salin ( 8 ) - Belo jogo, duas defesas importantes, segurança qb na saída de entre os postes e jogo de pés.

Ristovski (7) - Uma boa assistência, pendor ofensivo, entrega descomunal.

Coates (7) - O esteio habitual, com a também habitual subida com bola. Cortes importantes.

Mathieu (6) - Sem falhas graves, pareceu-me ainda algo preso e a precisar de ritmo de jogo.

Jefferson (4) - Uma avenida pelo lado esquerdo. Pendor ofensivo sem grande aproveitamento, falhas posicionais defensivas bastante graves. Nada de novo.

Petrovic (5) - Nem é carne, nem é peixe. Não faz nada de muito útil. Um corte aqui, outro acolá. Quando as pernas começam a falhar, parte para a falta.

Battaglia (5) - Sem destaque ofensivo ou defensivo. Palmilhou bastante terreno, é importante nas compensações defensivas, mas está várias vezes fora do sítio.

Nani (4) - sem ritmo, sem velocidade, sem pique, sem rasgo. Inteligente no jogo interior, alguns passes de qualidade e pouco mais.

Acuña (3) - Não consigo lembrar-me de uma boa acção de Acuña neste jogo.

Bruno Fernandes (8) - Invariavelmente, o MVP dos jogos do Sporting. Assistências, golos, remates de meia-distância, km's percorridos, bem nas tarefas defensivas, primeira zona de pressão. É escolher.

Dost (7) - Não jogou muito? Não. Marcou golos? Sim. Fez o que lhe competia, um deles em que muitos atiram contra o redes.

Raphinha (6) - Velocidade e repentismo. Pena a bola na cara do GR. Pode ter aprendido alguma coisa com Dost. Trouxe velocidade que faltava nas alas.

Jovane (6) - Desbloqueia o jogo com o penalti ganho. "Ginga", atrevimento e vontade de atacar.

Peseiro: Mal a escalonar a equipa, bem a corrigir. Recebe pontos por isso.
 O Sporting do José Peseiro é uma equipa sem identidade de jogo, sem unidade em campo e onde tudo é confuso, cada qual tenta tomar as decisões de forma isolada, individual e sublinhando a falta de um colectivo. Foi isto que aconteceu em Moreira de Cónegos. Há que dar um pouco o benefício de dúvida, a equipa vem de uma pré-época muito mal planeada e sem qualquer competitividade para permitir a equipa crescer.

 Nós apostamos num duplo-pivot antagónico com os restantes elementos da equipa. Assim, ficamos sem meio-campo, ficamos sem motor e é natural que depois a organização ofensiva seja medíocre porque sem bola com qualidade na frente, têm que ir atrás para pegar no jogo. Foi um jogo onde os centrais assumiam a primeira-fase de construção e assumiam a responsabilidade de meter a bola na frente, quando devem ser os médios a fazer, usamos e abusamos dos passes longos na profundidade, tanto pelo Coates, como sobretudo pelo Mathieu. Ora, isto resulta de vez em quando, tornar isto sistemático é dar conforto ao adversário ou pensamos ganhar todas as bolas aéreas?

 Zonas de pressão. Ninguém sabe bem onde e como pressionar. É sobre os centrais adversários? É sobre os médios? Jogamos com um bloco mais subido ou baixamos e pressionamos no nosso meio-campo? Quem sai ao portador em determinada zona? Nada. A equipa ficou normalmente refém do que o adversário fazia, tiveram bola em frente à área com facilidade, fruto dessa falta de organização e definição defensiva. Os nosso laterais fecham mal por dentro, controlam mal a profundidade e depois têm zero agilidade física.

 As triangulações, as dinâmicas, só apareceram depois da entrada do Jovane e do Raphinha por serem jogadores mais rápidos, mais explosivos e assim conseguiram criar qualquer coisa no espaço entrelinhas do adversário. O Nani e o Acuña são demasiado lentos para estas dinâmicas, a um falta explosividade e a outro falta a qualidade técnica.

 Temos que definir uma identidade, uma ideia de jogo. É urgente e isso definirá o que vamos ser daqui para a frente. Por agora, somos um somatório de coisa nenhuma, uma anarquia em campo, onde as individualidades tentam resolver tudo e mais alguma coisa, isto é uma morte anunciada. Ninguém sabe bem o que fazer, como fazer, é ir lá para dentro, esperar para ver o que o jogo dá e ir reagindo consoante o conhecimento individual. Por isso tivemos um Bas Dost muito fora do jogo, o Bruno Fernandes a procura bola em todo o campo, o Nani muito individualista e o Acuña totalmente perdido.

 Como começar a solucionar? Mudar a dupla de médios. Urgentemente.


Os centrais não têm a quem passar a bola, o Petrovic parece um corpo estranho para quem jogou toda a sua vida naquela posição. A dupla de médios que, em minha opinião, soluciona passa por  Bata e Fernandes.Tens critério no inicio da organização ofensiva e  a bola chega com qualidade na frente. Na transição defensiva o Fernandes pressiona com muita inteligência ao contrário do Bata que corre contra tudo o que move, mas neste momento é o nosso melhor 6.  Mas recuando o Fernandes quem o substitui? O Nani? Talvez. Ele já não tem a explosão de outrora para fazer a ala  mas tem critério e sabedoria acumulada para jogar no meio. demostrou isso na seleção. Os nossos defesas lateriais são o suplente e o dispensado da época passada. Um deles podemos resolver ao recuar Acuna, pois falta-lhe qualidade técnica pra jogar como extremo onde os espaços são reduzidos na grande maioria dos jogos no Tugão. A lateral tem mais espaço. Será que o Gaspar não é melhor que o Risto? Pelo menos nas transições defensivas, onde o Risto deixa muito a desejar.  Mesmo com estas alterações podemos ficar com um onze mais forte e mais afinado, mas e o banco? A época é longa. Isto sem falar numa possível lesão do Dost. Nas alas o Raphinha tem de ser titular mas gostaria de, na outra ala, ter outro tipo de extremo, um J.Mário talvez. Alguém que acompanhasse o Fernandes no meio seja a contruir, seja a solidificar o meio campo na transição defensiva. Estou pessimista.

Há que contratar um avançado, um médio centro de transição, um extremo
Grande vitória, ontem. Mérito total do Presidente Sousa Cintra que se bateu fortemente para dotar o SCP de mais valias como Bas Dost e Bruno Fernandes.

À 1ª jornada já está mais do que à vista que foi a decisão acertada. 3 pontos para a Comissão de Gestão. Vamos ver quantos serão até ao final da época...

Argumentos iguais aos paineleiros da CMTV ontem e ao pedro guerra.
Como duas gotas de água separadas á nascença.

"Epá, já que não arranjaram clube, que tal um aumento de ordenado, ou metemos aqui uns prémios extra no contrato."

@CintraForever  :venia:

A medalha de ouro do Évora que o cintra se esforçou pra trazer pro clube, também é desta CG.
9377
@Phillipric só não concordo com a pontuação do Risto por causa do golo do Moreirense, não acompanhou o extremo e foi antecipado dando o golo deles.

De resto plenamente de acordo  :great:
"Se apenas vagamente vocês compreendessem o que é para mim aquela camisola, morreriam em campo hoje para me dar a vitória" - Miguel d'Almada
@Phillipric só não concordo com a pontuação do Risto por causa do golo do Moreirense, não acompanhou o extremo e foi antecipado dando o golo deles.

De resto plenamente de acordo  :great:
Tenho de rever o golo porque fiquei na dúvida depois de alguns comentários que li por cá. Que parece haver alguém que vai atacar a bola e cortar e depois deixa-se ficar "a dormir", podendo ter feito com que Risto já não atacasse a bola como deveria. Mas sim. Desprotegeu a sua zona defensiva no golo.
E venho já mostrar aqui o meu desagrado com esse espião Rui Trindade com quase 80.000 posts.
Na altura do post 53.788 eu topei logo, e já suspeitava desde o 48.910.
Claramente um espião do KGB tripeiro.

Vai levar tau tau da moderação. :naughty:
9377
@Phillipric só não concordo com a pontuação do Risto por causa do golo do Moreirense, não acompanhou o extremo e foi antecipado dando o golo deles.

De resto plenamente de acordo  :great:
Tenho de rever o golo porque fiquei na dúvida depois de alguns comentários que li por cá. Que parece haver alguém que vai atacar a bola e cortar e depois deixa-se ficar "a dormir", podendo ter feito com que Risto já não atacasse a bola como deveria. Mas sim. Desprotegeu a sua zona defensiva no golo.

Eu sinceramente só vi o golo na altura, mas a ideia que fiquei é que ele ficou a dormir e foi antecipado, é a única falha que lhe aponto até porque gosto bastante do Risto.

Edit: Resumo do jogo:

« Última modificação: Ontem às 10:45 por Yorda9 »
"Se apenas vagamente vocês compreendessem o que é para mim aquela camisola, morreriam em campo hoje para me dar a vitória" - Miguel d'Almada
Venha o proximo!
Deste jogo so ficam 3 coisas boas.
Os 2 putos que entraram tem vontade de fazer. E qualidade pra o fazerem.
Os 3 pontos, claro. O mais importante, e o que no fim conta.

Nem vou falar do jogo, que é pra nao me chatear mais.
As árvores conhecem-se pelos seus frutos. Nao demora muito a amadurecer a arvore que agora tomou conta do Sporting.

É só esperar pra ver a qualidade da fruta.