Emprestados 2018/19

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Dividi os emprestados em 3 grupos. Um primeiro onde coloquei os jogadores de maior potencial, um segundo de jogadores que dificilmente terão lugar na equipa principal mas que ainda poderão ser potencializados e dar um retorno financeiro e um terceiro grupo de jogadores mais jovens emprestados a divisões secundárias.


Domingos Duartewiki (Corunha) - 19 jogos - 1678 minutos - 4 golos - 0 assistências
Merih Demiralwiki (Alanyaspor) - 16 jogos - 1412 minutos - 1 golo - 0 assistências

João Palhinhawiki (Braga) - 13 jogos - 736 minutos - 1 golo - 1 assistência
Wallyson Mallmannwiki (Estoril) - 12 jogos - 904 minutos - 0 golos - 0 assistências
Daniel Bragançawiki (Farense) - 0 jogos - 0 minutos - 0 golos - 0 assistências
Ryan Gauldwiki (Farense / Hibernian) - 13 jogos - 1028 minutos - 2 golos - 3 assistências
Rafael Barbosawiki (Paços) - 0 jogos - 0 minutos - 0 golos - 0 assistências

Matheus Pereirawiki (Nuremberga) - 8 jogos - 477 minutos - 0 golos - 0 assistências
Iuri Medeiroswiki (Génova) - 3 jogos - 170 minutos - 0 golos - 0 assistências
Elves Baldéwiki (Paços) - 1 jogo - 13 minutos - 0 golos - 0 assistências
Gelson Dalawiki (Rio Ave) - 20 jogos - 1108 minutos - 6 golos - 6 assistências



Viviano (SPAL) - 0 jogos - 0 minutos - 0 golos - 0 assistências

Mama (Aves) - 18 jogos - 1305 minutos - 5 golos - 2 assistências
Geraldes (Gijón) - 15 jogos - 1156 minutos - 0 golos - 1 assistência
Ramos (Mafra) - 17 jogos - 1530 minutos - 1 golo - 0 assistências
Ivanildo (Moreirense) - 14 jogos - 1158 minutos - 0 golos - 0 assistências
Jonathan (Legánes) - 17 jogos - 1530 minutos - 1 golo - 3 assistências

Ferreira (Mafra) - 13 jogos - 668 minutos - 0 golos - 3 assistências
Guima (Académica) - 13 jogos - 866 minutos - 0 golos - 2 assistências
Nasirov (Zira) - 9 jogos - 526 minutos - 0 golos - 0 assistências
Mattheus (Guimarães) - 11 jogos - 735 minutos - 1 golo - 1 assistência
Chaby (Estoril) - 0 jogos - 0 minutos - 0 golos - 0 assistências

Alan (Cólon / Aldosivi) - 6 jogos - 435 minutos - 0 golos - 1 assistência
Papel (1º Agosto) - 8 jogos - 697 minutos - 2 golos - 0 assistências
Leonardo (Zorya) - 9 jogos - 364 minutos - 0 golos - 0 assistências
Ronaldo (Cova Piedade) - 12 jogos - 373 minutos - 2 golos - 0 assistências



Vieira (Santa Iria) - 13 jogos - 1083 minutos - 0 golos

Edu (Cesarense) - 6 jogos - 451 minutos - 0 golos
Jatobá (Goianiense) - 0 jogos - 0 minutos - 0 golos

Elói (Loures) - 14 jogos - 982 minutos - 1 golo
Bruno (Gafanha) - 16 jogos - 1364 minutos - 5 golos
« Última modificação: Ontem às 01:20 por josefino »
O Gelson dala só precisou de dois jogos para molhar a sopa.
Meu amigo Sporting, nas boas e nas más horas, obrigado por me acompanhares ao longo da vida.
O Gelson dala só precisou de dois jogos para molhar a sopa.

Devia estar no plantel como substituto do Dost em vez de estarmos a ir buscar jogadores de qualidade duvidosa (Diaby)...
Digo isto desde o dia em que foi emprestado.  :inde:
Life is a sport, make it count.
Nesta jornada temos os golos de Domingos Duarte, Ronaldo Tavares e Guilherme Ramos
Golo de Jonathan, Pedro Ferreira utilizado nos 2 jogos da 2ª liga, Rafael Barbosa utilizado nos 2 jogos
Como existe 2 Geraldes, talvez fosse melhor colocar o 1º nome do Geraldes que está no Sporting Gijon, neste caso André Geraldes.
Citação de: Vitor Ferreira
Só pessoas estúpidas, intelectualmente desonestas e cegas é que estão neste momento com Bruno de Carvalho, qualquer pessoa meramente inteligente (...)
Citação de: Jaime Marta Soares
Vai poder candidatar-se! Não tem nenhuma outra situação que não seja, se tiver as cotas em dia e se for essa a sua vontade, candidatar-se.
Citar

BRUNO FERNANDES (GD Gafanha) - 1997-06-30 (21 anos) - Ponta-de-Lança

Contrato (Junho 2021) Cl. Rescisão (Desconhecida)

19/08/2018 (Campeonato de Portugal (B)) - Marítimo B 3-2 GD GAFANHA
Talvez ainda condicionado pela grave lesão da temporada passada, Bruno Fernandes não foi convocado em nenhum dos dois encontros oficiais do Gafanha. Tomara que esteja afastado o "mau-olhado".
Resumo do Jogo

Jogos - 0 / 2 - 0%

Minutos - 0 / 180 - 0%

Golos - 0 / 3 - 0%

Assistências - 0 / 3 - 0%

Classificação -  14º no Campeonato de Portugal (B) / Ainda não participou na Taça de Portugal

 


GAG
Citar
BRUNO FERNANDES (GD Gafanha) - 1997-06-30 (21 anos) - Ponta-de-Lança

Contrato (Junho 2021) Cl. Rescisão (Desconhecida)

26/08/2018 (Campeonato de Portugal - B) - GD GAFANHA 2-1 Cinfães
Bruno Fernandes voltou novamente a ser feliz, após um longo calvário de lesões que o têm perseguido nas últimas duas temporadas. Foi titular no ataque do Gafanha e surpreendeu pela capacidade de construir jogo. Foi comum vê-lo baixar para pegar no jogo, ao qual deu continuidade com qualidade. Forçou o lance ofensivo que daria o primeiro golo da sua equipa e converteu em golo o penalti que daria a vitória. Jogou os 90 minutos.
Resumo do Jogo

Jogos - 1 / 3 - 33%

Minutos - 90 / 270 - 33%

Golos - 1 / 5 - 20%

Assistências - 0 / 3 - 0%

Classificação -  10º no Campeonato de Portugal (B) / Ainda não participou na Taça de Portugal


GAG

Citar
BRUNO FERNANDES (GD Gafanha)
1997-06-30 (21 anos) – Ponta-de-Lança
Contrato (Junho 2021) Cl. Rescisão (Desconhecida)

02/09/2018 (Campeonato de Portugal – B) – Penalva Castelo 0-3 GD GAFANHA
Bruno Fernandes voltou a assumir a titularidade, actuando nas costas do homem mais adiantado e voltou a marcar, novamente de grande-penalidade. Antes disso, participou no início da jogada do primeiro golo do encontro e sofreu o penalti que havia dado o 0-2, para além de ter sido um dos principais agitadores do jogo durante os 90 minutos. Foi um dos homens do jogo.

Jogos – 2 / 4 – 50%
Minutos – 180 / 360 – 50%
Golos – 2 / 8 – 25%
Assistências – 0 / 4 – 0%
Classificação – 5º no Campeonato de Portugal (B) / Ainda não participou na Taça de Portugal


GAG

A gestão de emprestados do Sporting é outra área a melhorar com urgência.

Dos mais de 20 emprestados, só 4/5 reais hipóteses de lutar por um lugar no plantel. Tudo o resto são excedentários de resolução adiada, seja por não terem qualidade para gerar interesse no mercado, seja por terem um salário superior ao rendimento que apresentam.

Mudar isto é urgente. Os contratos estão assinados e o mais provável é termos que continuar com alguns emprestados só para nos desfazermos deles... Mas que sejam a excepção e não a regra.

De todos os emprestados da época passada, só conseguimos valorizar Héldon e Rosell ao ponto de terem interessados em comprar os seus passes. É pouco, é escasso.
Campo Grande paga a traidores.
Esta questão dos emprestados sempre irá ser assim, acontece em todos os clubes até nos mais ricos do mundo quanto mais... Agora claro que se podia fazer por reduzir, mas com Manuel Fernandes no scouting eu diria que se vai é agravar.
Face às novas políticas de apenas podermos emprestar um jogador por cada equipa da Liga, temos de diversificar os destinos dos empréstimos e as Ligas de acolhimento.

Seria interessante formar uma parceria com um ou dois (idealmente dois) clubes da Liga belga ou holandesa, do género da que fizemos com o Cercle Brugge, aproveitando a boa reputação da nossa formação.

Basta ver que para o ano por exemplo teremos Thierry, Tiago Djaló, Pedro Ferreira, Bragança, Miguel Luís, Rafael Barbosa, Pedro Marques a precisarem de jogar a um nível competitivo mais elevado do que os sub-23 e a maioria não terá espaço na equipa principal. Ainda se pode acrescentar aqui jogadores como o Guilherme Ramos, Ivanildo Fernandes, Bruno Paz, Francisco Geraldes, Iuri Medeiros, Leonardo Ruiz ou Ronaldo Tavares, que não sei se continuarão ligados ao nosso clube, emprestados, etc.
Face às novas políticas de apenas podermos emprestar um jogador por cada equipa da Liga, temos de diversificar os destinos dos empréstimos e as Ligas de acolhimento.

Seria interessante formar uma parceria com um ou dois (idealmente dois) clubes da Liga belga ou holandesa, do género da que fizemos com o Cercle Brugge, aproveitando a boa reputação da nossa formação.

Basta ver que para o ano por exemplo teremos Thierry, Tiago Djaló, Pedro Ferreira, Bragança, Miguel Luís, Rafael Barbosa, Pedro Marques a precisarem de jogar a um nível competitivo mais elevado do que os sub-23 e a maioria não terá espaço na equipa principal. Ainda se pode acrescentar aqui jogadores como o Guilherme Ramos, Ivanildo Fernandes, Bruno Paz, Francisco Geraldes, Iuri Medeiros, Leonardo Ruiz ou Ronaldo Tavares, que não sei se continuarão ligados ao nosso clube, emprestados, etc.

Percebo o que dizes e, para o curto prazo, pode ser útil.

A questão é que se conseguirmos optimizar o número de emprestados (e não é desejo, é obrigação, visto que temos um número absurdo de jogadores séniores com contrato), tens vaga para colocar 5/6 jogadores promissores por empréstimo na Liga todas as épocas, mesmo com a condicionante de poderes emprestar um por equipa.

Agora, se ocupas essas "vagas" colocando Ivanildo ou Mama Baldé, jogadores que não são dos mais promissores e para os quais não há perspectivas de chegar ao plantel... Fica complicado.

Esse tipo de protocolo que falas pode servir é precisamente para colocar alguns dos excedentários numa perspectiva de lhes dar montra para depois colocar em definitivo: Stojkovic, Ivanildo, Kiki, Mama Baldé, Bubacar, etc.
Campo Grande paga a traidores.
Face às novas políticas de apenas podermos emprestar um jogador por cada equipa da Liga, temos de diversificar os destinos dos empréstimos e as Ligas de acolhimento.

Seria interessante formar uma parceria com um ou dois (idealmente dois) clubes da Liga belga ou holandesa, do género da que fizemos com o Cercle Brugge, aproveitando a boa reputação da nossa formação.

Basta ver que para o ano por exemplo teremos Thierry, Tiago Djaló, Pedro Ferreira, Bragança, Miguel Luís, Rafael Barbosa, Pedro Marques a precisarem de jogar a um nível competitivo mais elevado do que os sub-23 e a maioria não terá espaço na equipa principal. Ainda se pode acrescentar aqui jogadores como o Guilherme Ramos, Ivanildo Fernandes, Bruno Paz, Francisco Geraldes, Iuri Medeiros, Leonardo Ruiz ou Ronaldo Tavares, que não sei se continuarão ligados ao nosso clube, emprestados, etc.

Percebo o que dizes e, para o curto prazo, pode ser útil.

A questão é que se conseguirmos optimizar o número de emprestados (e não é desejo, é obrigação, visto que temos um número absurdo de jogadores séniores com contrato), tens vaga para colocar 5/6 jogadores promissores por empréstimo na Liga todas as épocas, mesmo com a condicionante de poderes emprestar um por equipa.

Agora, se ocupas essas "vagas" colocando Ivanildo ou Mama Baldé, jogadores que não são dos mais promissores e para os quais não há perspectivas de chegar ao plantel... Fica complicado.

Esse tipo de protocolo que falas pode servir é precisamente para colocar alguns dos excedentários numa perspectiva de lhes dar montra para depois colocar em definitivo: Stojkovic, Ivanildo, Kiki, Mama Baldé, Bubacar, etc.

Ou não, porque são campeonatos interessantes onde se joga um futebol mais positivo (diferente de melhor, porque tacticamente não o é) que cá.

Depois com apenas meia dúzia de equipas na nossa Liga que por uma razão ou outra querem emprestados teus e apostam neles, estás dependente da necessidade que tenham para complementar e fechar os seus plantéis para colocares o talento X ou o Y.

A parceria com o Cercle Brugge foi bastante positiva, em particular, por exemplo, para o William.

Há jogadores como o Ivanildo que podes acabar contrato mas que sabes que se emprestares um ano até podem valorizar um pouco e facilitar a saída depois, também... até ficando tu com percentagem do passe porque ele está um pouco mais valorizado e os clubes já aceitam ceder isso se facilitares a saída.

Na lista que aí pus acima (esqueci-me do Elves Baldé, do Paulinho que não sei se fica e do Túlio que ponho no mesmo local) estão 7 jogadores, pelo menos 6 dos quais acredito que estarão emprestados. Basta juntares 3 ou 4 da lista de baixo (atletas como o Guilherme Ramos, Bruno Paz, Geraldes e Iuri Medeiros, que não será um escândalo se ficarem ligados contratualmente ao Sporting mais um ano) para já ser bem vindo pelo menos um protocolo de colocação de emprestados com uma equipa de liga estrangeira. Preferencialmente, para mim, belga ou holandesa.
Face às novas políticas de apenas podermos emprestar um jogador por cada equipa da Liga, temos de diversificar os destinos dos empréstimos e as Ligas de acolhimento.

Seria interessante formar uma parceria com um ou dois (idealmente dois) clubes da Liga belga ou holandesa, do género da que fizemos com o Cercle Brugge, aproveitando a boa reputação da nossa formação.

Basta ver que para o ano por exemplo teremos Thierry, Tiago Djaló, Pedro Ferreira, Bragança, Miguel Luís, Rafael Barbosa, Pedro Marques a precisarem de jogar a um nível competitivo mais elevado do que os sub-23 e a maioria não terá espaço na equipa principal. Ainda se pode acrescentar aqui jogadores como o Guilherme Ramos, Ivanildo Fernandes, Bruno Paz, Francisco Geraldes, Iuri Medeiros, Leonardo Ruiz ou Ronaldo Tavares, que não sei se continuarão ligados ao nosso clube, emprestados, etc.

Percebo o que dizes e, para o curto prazo, pode ser útil.

A questão é que se conseguirmos optimizar o número de emprestados (e não é desejo, é obrigação, visto que temos um número absurdo de jogadores séniores com contrato), tens vaga para colocar 5/6 jogadores promissores por empréstimo na Liga todas as épocas, mesmo com a condicionante de poderes emprestar um por equipa.

Agora, se ocupas essas "vagas" colocando Ivanildo ou Mama Baldé, jogadores que não são dos mais promissores e para os quais não há perspectivas de chegar ao plantel... Fica complicado.

Esse tipo de protocolo que falas pode servir é precisamente para colocar alguns dos excedentários numa perspectiva de lhes dar montra para depois colocar em definitivo: Stojkovic, Ivanildo, Kiki, Mama Baldé, Bubacar, etc.

Ou não, porque são campeonatos interessantes onde se joga um futebol mais positivo (diferente de melhor, porque tacticamente não o é) que cá.

Depois com apenas meia dúzia de equipas na nossa Liga que por uma razão ou outra querem emprestados teus e apostam neles, estás dependente da necessidade que tenham para complementar e fechar os seus plantéis para colocares o talento X ou o Y.

A parceria com o Cercle Brugge foi bastante positiva, em particular, por exemplo, para o William.

Há jogadores como o Ivanildo que podes acabar contrato mas que sabes que se emprestares um ano até podem valorizar um pouco e facilitar a saída depois, também... até ficando tu com percentagem do passe porque ele está um pouco mais valorizado e os clubes já aceitam ceder isso se facilitares a saída.

Na lista que aí pus acima (esqueci-me do Elves Baldé, do Paulinho que não sei se fica e do Túlio que ponho no mesmo local) estão 7 jogadores, pelo menos 6 dos quais acredito que estarão emprestados. Basta juntares 3 ou 4 da lista de baixo (atletas como o Guilherme Ramos, Bruno Paz, Geraldes e Iuri Medeiros, que não será um escândalo se ficarem ligados contratualmente ao Sporting mais um ano) para já ser bem vindo pelo menos um protocolo de colocação de emprestados com uma equipa de liga estrangeira. Preferencialmente, para mim, belga ou holandesa.

Eu não desdenho a possibilidade de os colocares numa dessas ligas ou até na II Liga espanhola. Mas um protocolo serve apenas para colocares 3/4 jogadores no máximo, nunca consegues escoar todos para lá.

E sim, concordo com isso do Ivanildo. Que jogue bem agora para podermos ceder no fim do ano, ficar com parte do passe e opção de recompra. A mesma coisa com o Mama Baldé e, embora seja mais complicado, com todos aqueles que estão emprestados na II Liga actualmente.

O que interessa realmente é seleccionar os jogadores que interessam manter para efeitos desportivos e dar prioridade na colocação desses jogadores.

Os outros é a normal gestão de um activo que é excedentário, da qual já falei muito aqui há um ano mas que ninguém faz.
Campo Grande paga a traidores.
Citar
BRUNO FERNANDES (GD Gafanha) - 1997-06-30 (21 anos) - Ponta-de-Lança

Contrato (Junho 2021) Cl. Rescisão (Desconhecida)

09/09/2018 (Taça de Portugal) - Salgueiros 0-2 GD GAFANHA
Bruno Fernandes foi titular e marcou o segundo golo do encontro, após excelente recepção a um passe longo do seu guarda-redes. Jogou os 90 minutos.
Resumo do Jogo

16/09/2018 (Campeonato de Portugal - B) - GD GAFANHA 2-1 Cesarense
Bruno Fernandes foi titular no apoio ao ponta de lança e assistiu para o 2-0. Jogou os 90 minutos e mostrou estar num excelente momento.
Resumo do Jogo

Jogos - 4 / 6 - 67%

Minutos - 360 / 540 - 67%

Golos - 3 / 12 - 25%

Assistências - 1 / 8 - 13%

Classificação -  3º no Campeonato de Portugal (B) / Na 2ª Eliminatória da Taça de Portugal



GAG

Citar
BRUNO FERNANDES (GD Gafanha) - 1997-06-30 (21 anos) - Ponta-de-Lança

Contrato (Junho 2021) Cl. Rescisão (Desconhecida)

23/09/2018 (Campeonato de Portugal - B) - Leça 1-2 GD GAFANHA
Bruno Fernandes foi titular e, mais uma vez, decisivo. Marcou o golo da vitória, com alguma felicidade e ajuda do guarda-redes do Leça. Jogou os 90 minutos e foi fundamental na subida da equipa ao 2º lugar.
Resumo do Jogo

Jogos - 5 / 7 - 71%

Minutos - 450 / 630 - 71%

Golos - 4 / 14 - 29%

Assistências - 1 / 8 - 13%

Classificação -  2º no Campeonato de Portugal (B) / Na 2ª Eliminatória da Taça de Portugal



GAG
Com todo o respeito pelos jogadores em questão mas... A SAD do Sporting não pode ter, entre os seus activos, jogadores que são regularmente suplentes em equipas como o Cesarense, Santa Iria, Zyra, Estoril ou Cova da Piedade.

Simplesmente não pode. Ou algo corre mal na adaptação dos jogadores, e convém perceber para os mudar assim que possível, ou então o jogador não está a render desportivamente nesses clubes e, nesse caso, não tem qualquer lógica estar ligado à SAD.
Campo Grande paga a traidores.
Segundo relatos da Turquia, o Demiral, está a fazer uma excelente época e o clube aonde ele está ira exercer a opção de compra (3,5M).
Se isto se confirma, demonstra uma falta de profissionalismo e de conhecimento de alguns elementos que gerem o nosso clube.
Então, não se deveria ter colocado a opção de regresso?!..
Agora vende-se um Internacional pelas camadas jovens da turquia, um ativo assim, por 3,5M?...
O Sporting, terá que continuar a melhorar nestes e em outros aspetos.
Os interesses do clube, tem que ser melhor salvaguardados, por gente ainda mais "competente".
Este tópico fará todo o sentido se se deixar de postar as informações também no tópico dos jogadores.
Ficaria aqui tipo lista de todos os jogadores emprestados, se jogaram, como, golos e assistências, o mais resumidamente possível.