Jesus admite traição

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Não estou nada de acordo que tenha sido uma jogada de mestre. Porquê? Por ter vindo direto dos corruptos? Apenas criou-se ruido, Carnaval, histerismo mediático, deu-se muito a ganhar à comunicação social que já odiava o BDC, e em termos de modernização de estrutura não foi nada pensado pelo próprio clube. Foi colocar tudo nas mãos de um megalómano. Também diga-se de passagem que o BDC não era propriamente um tipo discreto mas adiante.

De mestre tinha sido contratar o Paulo Fonseca na altura. Claro que não era fashionable porque tinha falhado no Porto e tinha regressado ao Paços. Futebolisticamente não perdíamos em nada. Antes pelo contrário. É verdade, fazer o Euromilhões depois de sair é fácil. O pior é que esta escolha foi baseada num nome pomposo e é considerado de Mestre porque veio do outro lado. De resto não ficou nada. 0.

Enquanto se pensar que a mestria está em recrutar o que vem dali em vez de sermos nós a seguir o nosso caminho... mas adiante, que agora já todos viram o embuste que foram aqueles 3 anos, não vou perder mais tempo a falar desse personagem.

A modernização da estrutura era algo que deveria ter acontecido independentemente do treinador.
Estamos a falar de um treinador campeão no eterno rival.
Na altura a contratação de JJ abanou e de que maneira a estrutura dos lampiões. Talvez já não te recordes dos primeiros meses deles sem JJ, mas aquilo esteve feio.
Ter sido campeões nesse ano seria uma machadada quase fatal para eles, tal como a qualificação para Champions no ano passado (que os empurraria para a Liga Europa).

É preciso analisar os acontecimentos á luz do que se sabe no momento. Naquele momento a contratação de JJ é uma grande jogada. Qualquer empresa atualmente quer recrutar os que obtêm melhores resultados e se vier diretamente da concorrencia ainda melhor. O elan que pairou à volta da equipa do Sporting durante essa temporada foi único. Não me lembro de ver algo assim. Foi um ano onde de facto eramos considerados como favoritos a ser campeões. A hipótese era real, estava ali à nossa frente.

Depois do despedimento de Marco Silva a direção tinha que apresentar um treinador forte. O unico português era JJ, caso contrário teria que ser um estrangeiro com curriculo.
Ok não estou de acordo e acho que foi uma contratação que não tinha nada a ver com o perfil dos primeiros anos de mandato, mas pronto cada um pensa da maneira que quer. Não vou gastar mais uma linha a falar do favelado da Reboleira.
Achas que alguém que está há 11 anos no futebol, que tem curso de treinador, que está diariamente no balneário, com dirigentes, treinadores, jogadores, staff, dos seniores aos iniciados, não tem toda uma experiência e conhecimento que, sei lá, um gestor, um advogado, um trolha, ainda têm que ir aprendendo ao longo de anos quando chegam à presidência de um clube?
O erro foi não ter despedido o homem depois de 2016/2017, os 9 milhões de indemnização ficavam muito mais baratos do que isto que aconteceu. Ia à vida depois da eliminação em Chaves, apostava-se nos miúdos, afastava-se o caruncho latino já para preparar a época seguinte.
Isto.
Para mim a cronologia é bastante simples.

Contratação de JJ ao benfica foi uma jogada de mestre. Uma das melhores das ultimas decadas.
1º ano JJ estava super motivado e fez um trabalho extraordinario.
Benfica NUNCA poderia deixar JJ ser campeão no Sporting depois de jogada de BdC. Custasse o que custasse. Foi o que se viu.
JJ sabendo que perdeu aquele campeonato e sabendo o modus operandi do Benfica sabia que nunca seria campeão no Sporting e começou a jogar em 2 tabuleiros.
Aliando isto ao facto do pai ter falecido, nada o ligava mais ao Sporting
BdC falhou em ter renovado depois da chantagem ridícula de JJ, mas se não renovasse e ele fosse de facto para o Porto seria queimado em praça publica por imprensa e sportingados como estavam desejosos de um deslize. Os restantes sportinguistas tótós iriam na onda e acabaria como acabou.

Sempre foi uma lose-lose situation. Mas jogar no totobola à terça é sempre mais fácil.


Parece que esta interessado em levar o Petrovic e o Alan Ruiz para o Flamengo...há não depois do carrilo, agora quer o Jardel e o Jonas.

Todos os chulos se vão revelando...o mal é que muitos precisam de um abre olhos maior!

Grande filho da p*** que pregou uma grande facada no Sporting...o Alcochete para mim vai ficar e muito associado a este m****!

O jogo com o maritmo foi a segunda maior facada!
O que aconteceu com o JJ foi o mesmo que aconteceu com o Jardel. Duas jogadas de mestre e que podiam ter mudado para sempre o tugão.
Na primeira época mostraram os dois o que podiam fazer e como iam inclinar a competicao para os nossos lados por uns bons anos. Os alarmes soam no galinheiro e tomam-se as medidas necessárias para dar cabo dos trunfos. Tanto num caso como no outra valia tudo para os destruirem. Com o Jardel foi a droga. Com o JJ foi jogarem com a cabeca dele e com as suas fraquezas e ilusoes.
O resultado foi o mesmo. Foram os dois destruidos. Anularam as nossas jogadas. E tanto o Jardel como o JJ se não fossem burros percebiam que eles foram os mais prejudicados com as manipulacoes de que foram alvo.

E com o BdC foi igual. Com esse usaram a imprensa comprada e o Mendes.

Mentalizem-se que custa menos, os gajos vão sempre destruir os trunfos que arranjarmos se os arranjarmos. Não temos defesas nenhumas.
:arrow: :arrow:

Enquanto formos comidos de cebolada pelas jogadas de bastidores deles não temos hipóteses.
Vatangas o Usurpador
#NasciLeãoNãoLampião
Ir buscar o treinador mais titulado de sempre do maior rival não é uma jogada de mestre ?


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk


Tanto foi uma jogada de mestre, que só atolado em corrupção, tráfico de influências e expedientes mafiosos, o rival conseguiu ser campeão nesse ano.
O que aconteceu com o JJ foi o mesmo que aconteceu com o Jardel. Duas jogadas de mestre e que podiam ter mudado para sempre o tugão.
Na primeira época mostraram os dois o que podiam fazer e como iam inclinar a competicao para os nossos lados por uns bons anos. Os alarmes soam no galinheiro e tomam-se as medidas necessárias para dar cabo dos trunfos. Tanto num caso como no outra valia tudo para os destruirem. Com o Jardel foi a droga. Com o JJ foi jogarem com a cabeca dele e com as suas fraquezas e ilusoes.
O resultado foi o mesmo. Foram os dois destruidos. Anularam as nossas jogadas. E tanto o Jardel como o JJ se não fossem burros percebiam que eles foram os mais prejudicados com as manipulacoes de que foram alvo.

E com o BdC foi igual. Com esse usaram a imprensa comprada e o Mendes.

Mentalizem-se que custa menos, os gajos vão sempre destruir os trunfos que arranjarmos se os arranjarmos. Não temos defesas nenhumas.
:arrow: :arrow:

Enquanto formos comidos de cebolada pelas jogadas de bastidores deles não temos hipóteses.

 :arrow: :arrow: :arrow:

E não vejo jeitos da coisa mudar nos tempos mais próximos e longínquos.

Eu já me mentalizei, vou para a cova com a recordação de termos sido campeões pela última vez em 2001-2002. Assim custa muito menos...
Está um programa sobre ele na SIC. Que personagem do c******, f***-**.

O que aconteceu com o JJ foi o mesmo que aconteceu com o Jardel. Duas jogadas de mestre e que podiam ter mudado para sempre o tugão.
Na primeira época mostraram os dois o que podiam fazer e como iam inclinar a competicao para os nossos lados por uns bons anos. Os alarmes soam no galinheiro e tomam-se as medidas necessárias para dar cabo dos trunfos. Tanto num caso como no outra valia tudo para os destruirem. Com o Jardel foi a droga. Com o JJ foi jogarem com a cabeca dele e com as suas fraquezas e ilusoes.
O resultado foi o mesmo. Foram os dois destruidos. Anularam as nossas jogadas. E tanto o Jardel como o JJ se não fossem burros percebiam que eles foram os mais prejudicados com as manipulacoes de que foram alvo.

E com o BdC foi igual. Com esse usaram a imprensa comprada e o Mendes.

Mentalizem-se que custa menos, os gajos vão sempre destruir os trunfos que arranjarmos se os arranjarmos. Não temos defesas nenhumas.

Boa análise.
Citar
Jorge Jesus garante que rejeitou Chelsea e Newcastle
Tudo aconteceu, segundo confessou no Brasil, antes de aceitar o Flamengo
Redação Maisfutebol
 @maisfutebol
    
Jorge Jesus garante que rejeitou Chelsea e Newcastle
Jorge Jesus foi oficializado como novo treinador do Flamengo a 1 de junho, mas o Brasil podia não ter sido o destino. O português revelou, em entrevista à FOX Sports, que rejeitou propostas inglesas do Chelsea e do Newcastle
 
«Se fosse pelo dinheiro, podia ter ficado no Al Hilal», disse o técnico, confessando logo a seguir que rejeitou propostas do Chelsea e Newcastle, antes de abraçar a sua primeira experiência em solo brasileiro.

Embora o agente do antigo treinador de Benfica e Sporting não pretendesse que o destino de Jesus passasse pelo Flamengo, ele próprio revelou, na mesma entrevista, que escolheu o Brasil.

A entrevista com o timoneiro de 65 anos vai ser exibida na estação brasileira no sábado à noite.

 :rotfl:

Mas alguém acredito isto? O Newcastle um gajo ainda come, agora o Chelsea? E ele rejeitava o Chelsea para treinar o Flamengo? :lol:

Deixa de ser mentiroso pá.
"Para mim , o Sporting é como uma mulher que se ama logo à primeira vista. Um homem pode conhecer várias mulheres , mas há sempre ‘aquela’, a especial. Independentemente de ficarmos com ela ou não, lembramo-nos dela para sempre!" - Ivone De Franceschi
Citar
Jorge Jesus garante que rejeitou Chelsea e Newcastle
Tudo aconteceu, segundo confessou no Brasil, antes de aceitar o Flamengo
Redação Maisfutebol
 @maisfutebol
    
Jorge Jesus garante que rejeitou Chelsea e Newcastle
Jorge Jesus foi oficializado como novo treinador do Flamengo a 1 de junho, mas o Brasil podia não ter sido o destino. O português revelou, em entrevista à FOX Sports, que rejeitou propostas inglesas do Chelsea e do Newcastle
 
«Se fosse pelo dinheiro, podia ter ficado no Al Hilal», disse o técnico, confessando logo a seguir que rejeitou propostas do Chelsea e Newcastle, antes de abraçar a sua primeira experiência em solo brasileiro.

Embora o agente do antigo treinador de Benfica e Sporting não pretendesse que o destino de Jesus passasse pelo Flamengo, ele próprio revelou, na mesma entrevista, que escolheu o Brasil.

A entrevista com o timoneiro de 65 anos vai ser exibida na estação brasileira no sábado à noite.

 :rotfl:

Mas alguém acredito isto? O Newcastle um gajo ainda come, agora o Chelsea? E ele rejeitava o Chelsea para treinar o Flamengo? :lol:

Deixa de ser mentiroso pá.

Devem ter deixado de falar no Flamengo por cá para ele vir com essa.

É igualzinho ao Marcelo Rebelo de Sousa tem que estar sempre em antena , se não se fala nele , inventa-se tretas dessas.
Vieira 04/04/2017

" Lentamente temos estado a colaborar em unir o Sporting. Vamos ignora lo " em relação a Bruno de Carvalho.

"Brunismo" expressão usada 1º por Pedro Guerra no Prolongamento.