Bruno Fernandes

Diogo Sousa (+ 1 Escondidos) e 8 Visitantes estão a ver este tópico.

Só para lembrar que o Presidente do Clube há altura do ataque a Alcochete está arrolado num processo de terrorismo contra os jogadores. É um processo de terrorismo. Se fossem vocês  trabalhadores de uma empresa onde simpatizantes dessa mesma empresa vos tivessem atacado da mesma forma que foi o ataque a Alcochete, imagino que a primeira e única ideia que iriam ter era: O que eu mais quero é continuar aqui, sujeitar-me a ser atacado novamente, sentir a minha família ameaçada, e poder morrer por esta empresa em que o presidente está envolvido no ataque. É o que eu mais quero.
Por acaso imaginam a UEFA a considerar um jogador culpado por ter rescindido por justa causa, quando o presidente do clube  está acusado de terrorismo contra o jogador que rescindiu?
O desejo é uma coisa a realidade é outra.
terrorismo :)
então mas o BF, Dost e Battaglia voltaram...


Sim. Terrorismo é a acusação. Achas que no tribunal da UEFA iriam condenar um jogador?


Os jogadores do vitoria riram se.
E os que por azar já faleceram num ataque terrorista também se riram.
Tenham vergonha na cara.

Pela lei Portuguesa e acto de terrorismo. Podes não gostar, e discordar, mas foi considerado como tal pela acusacao.

Qual é o limite mínimo para um acto de terrorismo?

Se achas normal o que aconteceu, e isso faz parte da vida normal de um clube, acho que não percebeste o que é e para que serve o desporto.

Quando o general é fraco e sem autoridade, quando suas ordens não são claras e compreensíveis, quando não há obrigações determinadas para os oficiais e os soldados e as fileiras são formadas de forma desleixada e a esmo, o resultado é desorganização absoluta. (Sun Tzu em Arte da Guerra)
Só para lembrar que o Presidente do Clube há altura do ataque a Alcochete está arrolado num processo de terrorismo contra os jogadores. É um processo de terrorismo. Se fossem vocês  trabalhadores de uma empresa onde simpatizantes dessa mesma empresa vos tivessem atacado da mesma forma que foi o ataque a Alcochete, imagino que a primeira e única ideia que iriam ter era: O que eu mais quero é continuar aqui, sujeitar-me a ser atacado novamente, sentir a minha família ameaçada, e poder morrer por esta empresa em que o presidente está envolvido no ataque. É o que eu mais quero.
Por acaso imaginam a UEFA a considerar um jogador culpado por ter rescindido por justa causa, quando o presidente do clube  está acusado de terrorismo contra o jogador que rescindiu?
O desejo é uma coisa a realidade é outra.
terrorismo :)
então mas o BF, Dost e Battaglia voltaram...

Primeiro não é na UEFA mas sim na FIFA.
Segundo na Ucrânia caíram bombas a 20 km de um centro de estágio e os jogadores mesmo assim perderam.
No brasil o presidente mandou fazer uma espera aos jogadores assumindo-o publicamente e também aí eles perderam o processo...
Portanto... está muito longe de isso que estás a dizer ser uma verdade absoluta. Até porque a própria classificação como terrorismo neste caso não é pacifico entre a doutrina.
Só para lembrar que o Presidente do Clube há altura do ataque a Alcochete está arrolado num processo de terrorismo contra os jogadores. É um processo de terrorismo. Se fossem vocês  trabalhadores de uma empresa onde simpatizantes dessa mesma empresa vos tivessem atacado da mesma forma que foi o ataque a Alcochete, imagino que a primeira e única ideia que iriam ter era: O que eu mais quero é continuar aqui, sujeitar-me a ser atacado novamente, sentir a minha família ameaçada, e poder morrer por esta empresa em que o presidente está envolvido no ataque. É o que eu mais quero.
Por acaso imaginam a UEFA a considerar um jogador culpado por ter rescindido por justa causa, quando o presidente do clube  está acusado de terrorismo contra o jogador que rescindiu?
O desejo é uma coisa a realidade é outra.
terrorismo :)
então mas o BF, Dost e Battaglia voltaram...


Sim. Terrorismo é a acusação. Achas que no tribunal da UEFA iriam condenar um jogador?


Os jogadores do vitoria riram se.
E os que por azar já faleceram num ataque terrorista também se riram.
Tenham vergonha na cara.

Pela lei Portuguesa e acto de terrorismo. Podes não gostar, e discordar, mas foi considerado como tal pela acusacao.

Qual é o limite mínimo para um acto de terrorismo?

Se achas normal o que aconteceu, e isso faz parte da vida normal de um clube, acho que não percebeste o que é e para que serve o desporto.



Sabes essa palavra terrorismo é um pouco forte, pois normalmente ataques terroristas têm um objectivo de ódio, e infelizmente por azar varias pessoas morrem e outras ficam todas desfeitas ou aleijadas para o resto da vida. Eu sei que gostam de brincar com as palavras, e com as cabeças das pessoas, mas terrorismo neste caso só gente como tu é que consegue fazer essa comparação.
Quando acontece um ataque terrorista, e têm acontecido alguns, as noticias espalham se pelo mundo, e não vi em nenhum lado esta noticia ser comparada a um acto terrorista.

Podes ir dar baile á banana sff.
"De todos os presidentes que tivemos neste percurso, o mais explícito foi Bruno de Carvalho, que já na campanha eleitoral teceu rasgados elogios à nossa caminhada, talvez por conhecer a nossa forma de estar e o nosso trajeto. O atual presidente esteve connosco três anos, de 2006 a 2009, e apoiou-nos como sportinguista e empresário, numa equipa onde jogavam José Diogo, Pedro Delgado e André Pimenta, que ainda estão connosco, e outros que já saíram, como Gonçalo Alves, Miguel Rocha ou Diogo Neves. Este presidente prometeu e cumpriu!"

Engenheiro Gilberto Borges 13/05/2019
Só para lembrar que o Presidente do Clube há altura do ataque a Alcochete está arrolado num processo de terrorismo contra os jogadores. É um processo de terrorismo. Se fossem vocês  trabalhadores de uma empresa onde simpatizantes dessa mesma empresa vos tivessem atacado da mesma forma que foi o ataque a Alcochete, imagino que a primeira e única ideia que iriam ter era: O que eu mais quero é continuar aqui, sujeitar-me a ser atacado novamente, sentir a minha família ameaçada, e poder morrer por esta empresa em que o presidente está envolvido no ataque. É o que eu mais quero.
Por acaso imaginam a UEFA a considerar um jogador culpado por ter rescindido por justa causa, quando o presidente do clube  está acusado de terrorismo contra o jogador que rescindiu?
O desejo é uma coisa a realidade é outra.
terrorismo :)
então mas o BF, Dost e Battaglia voltaram...


Sim. Terrorismo é a acusação. Achas que no tribunal da UEFA iriam condenar um jogador?
Esta direcção, a comissão e gestão e a direcção anterior acham que sim.
Aliás, o actual presidente manifestou a sua forte confiança há pouquíssimo tempo e o Bruno Fernandes admitiu o erro da rescisão (numa conferência de imprensa, se a memória não me falha).

3 direcções que estão confiantes na condenação dos jogadores e um jogador que admite o erro.

The past is now part of my future,the present is well out of hand Ian Curtis, Heart and Soul
Que estupidez.... Estar acusado é diferente de ser culpado!! A UEFA nunca se poderia basear em suposições! Isso só ocorre com gente ignorante, mal formada e burra

Pois .. Claro que sim...tens razão...

Claro que a UEFA nunca mas mesmo nunca iria fazer isso ....não de todo ...tens mesmo toda a razão...

É de todo impossível que se possa considerar a ínfima hipótese de a UEFA levar em consideração que:

a) O Ataque ter sido efectuado no local de trabalho
b) Por Pessoas com fortes ligações ao clube, tendo a acusação identificado funcionários do clube
c) Onde o presidente só não está preso porque pagou fiança
d) Onde existem provas do ataque planeado
e) Onde mais de 30 pessoas estão presas
f) Onde existe a acusação de o presidente ter participado na organização do ataque

Tens razão só mesmo gente ignorante, mal formada e burra pode ter essa ideia absurda....

O que salva isto tudo é que existe gente que não é ignorante, mal formada e burra e consegue ver todo o cenário com uma clareza profunda...ainda bem que existes.

Só se houvesse mortes é que talvez, é que a gente ignorante, mal formada e burra poderia eventualmente ter essa ideia absurda....  só se houvesse mortes.

como não houve mortes está tudo bem, não se passou nada, faz parte da vida normal dos jogadores,

Peço desculpa pelo meu post tão fora de contexto. Tenho de ter em mente que violência só começa com a morte, até lá é tudo forma de expressar carinho e amor....





Quando o general é fraco e sem autoridade, quando suas ordens não são claras e compreensíveis, quando não há obrigações determinadas para os oficiais e os soldados e as fileiras são formadas de forma desleixada e a esmo, o resultado é desorganização absoluta. (Sun Tzu em Arte da Guerra)
Que estupidez.... Estar acusado é diferente de ser culpado!! A UEFA nunca se poderia basear em suposições! Isso só ocorre com gente ignorante, mal formada e burra

Pois .. Claro que sim...tens razão...

Claro que a UEFA nunca mas mesmo nunca iria fazer isso ....não de todo ...tens mesmo toda a razão...

É de todo impossível que se possa considerar a ínfima hipótese de a UEFA levar em consideração que:

a) O Ataque ter sido efectuado no local de trabalho
b) Por Pessoas com fortes ligações ao clube, tendo a acusação identificado funcionários do clube
c) Onde o presidente só não está preso porque pagou fiança
d) Onde existem provas do ataque planeado
e) Onde mais de 30 pessoas estão presas
f) Onde existe a acusação de o presidente ter participado na organização do ataque

Tens razão só mesmo gente ignorante, mal formada e burra pode ter essa ideia absurda....

O que salva isto tudo é que existe gente que não é ignorante, mal formada e burra e consegue ver todo o cenário com uma clareza profunda...ainda bem que existes.

Só se houvesse mortes é que talvez, é que a gente ignorante, mal formada e burra poderia eventualmente ter essa ideia absurda....  só se houvesse mortes.

como não houve mortes está tudo bem, não se passou nada, faz parte da vida normal dos jogadores,

Peço desculpa pelo meu post tão fora de contexto. Tenho de ter em mente que violência só começa com a morte, até lá é tudo forma de expressar carinho e amor....






Bem nem deveria perder tempo a responder aos teus argumentos, está visto de onde os tiraste... Como tu, já desmanchei uns quantos "sportinguistas" com a mesma cartilha. Vou só responder a algumas questões de base que põem em causa toda a tua argumentação.

- Quanto ao ataque ter sido feito no local de trabalho, se um empregado de um posto de abastecimento automóvel for agredido por um ladrão durante o turno, tem o direito de exigir uma indemnização ao patrão?

- Quanto às 30 pessoas presas, tu sabes que elas apenas estão presas pois foi inventada literalmente uma acusação de terrorismo inédita no mundo do futebol, cortesia de um ex-dirigente do benfica, pois as restantes acusações não davam direito a prisão preventiva? Volto a frisar, uma acusação inédita! Nem no massacre no Egipto em que os adeptos de um dos clubes fecharam todas as saídas do estádio e em que morreram 74 pessoas! Nem nos campeonatos sul-americanos! Nunca! Como podes ver, mesmo em situações com mortes esteve melhor do que aqui.

- Quanto aos funcionários, tu viste as gravações das camaras de vigilância? Ou já não foste a tempo? Ou não te interessou? Talvez devesses ter visto para perceber o quanto mentiram alguns funcionários do clube em relação ao cenário de terrorismo. Entre estes funcionários contam-se Manuel Fernandes e o teu "legitimo" presidente que por lá andavam em amena cavaqueira. Por alguma razão estas gravações estiveram escondidas tanto tempo e levaram um chá de sumiço quase imediato.

- Quanto ao presidente só não estar preso por ter pago caução tenho uma coisa muito simples a dizer: Se leste a acusação que foi feita a Bruno de Carvalho e achas que ele devia estar preso então acho que devias ser proibido de votar, és potencialmente nocivo para a democracia! A acusação a Bruno de Carvalho não tinha factos nem provas, foi baseada na convicção da Procuradora! Isto é gravíssimo que uma pessoa possa ser presa por convicções de outrem! Repara, podiam ter-me acusado a mim tendo por base o mesmo pressuposto com uma diferença, eu apesar de inocente estaria preso pois não tinha os 70 mil euros para pagar de caução. Se não compreendes a gravidade de uma situação destas, não sei que te diga...

Esclarecido quanto aos meus pontos de vista?

O que salva isto tudo é que existe gente que não é ignorante, mal formada e burra e consegue ver todo o cenário com uma clareza profunda...ainda bem que ainda existem!
@SEANJO
Basicamente respondes usando as mesmas baboseiras que ele tinha acabado de salientar. Esta visto qual é a tua posição e provavelmente és só mais um a receber dinheiro para despejar a sua cartilha.

PS: não engana ninguém, so quem esta no mesmo trabalho que tu é que te vai bater palmas.
(Sobre as medidas do varandas para o sucesso nas modalidades)
Citação de: Presidente em Hoje às 14:36

Os resultados falam por si. A política do "eu fiz isto, eu ganhei aquilo" já acabou. Agora temos um presidente que sabe ser e sabe estar, respeitador dos seus funcionários e que consegue motivá-los sem ser à base de ameaças e insultos.
Terrorismo é a acusação.
Vamos aguardar pelo tribunal.
Até agora a acusação está em Terrorismo.
Coisas feias tem nomes feios.

Quem defende a violência não tem espaço no SCP.

Defender ou tentar esconder a violência não é próprio de um Sportinguista, não está na génese do Sporting.
Quem defende a violência não é Sportinguista.
Pode gostar do Sporting, mas não é Sportinguista.

Violência não faz parte dos fundamentos do SCP.

Não é por até serem sócios que são Sportinguistas, é-se Sportinguista quando se tem na alma a essência do Sporting.

Para que conste, não apoio nem Varandas, Carvalhos, Godinhos, Rochas, ou qualquer outro antigo presidente. 

Sou independente. Não sigo cartilhas.

Sou Sporting

Boa noote
Quando o general é fraco e sem autoridade, quando suas ordens não são claras e compreensíveis, quando não há obrigações determinadas para os oficiais e os soldados e as fileiras são formadas de forma desleixada e a esmo, o resultado é desorganização absoluta. (Sun Tzu em Arte da Guerra)
Terrorismo é a acusação.
Vamos aguardar pelo tribunal.
Até agora a acusação está em Terrorismo.
Coisas feias tem nomes feios.

Quem defende a violência não tem espaço no SCP.

Defender ou tentar esconder a violência não é próprio de um Sportinguista, não está na génese do Sporting.
Quem defende a violência não é Sportinguista.
Pode gostar do Sporting, mas não é Sportinguista.

Violência não faz parte dos fundamentos do SCP.

Não é por até serem sócios que são Sportinguistas, é-se Sportinguista quando se tem na alma a essência do Sporting.

Para que conste, não apoio nem Varandas, Carvalhos, Godinhos, Rochas, ou qualquer outro antigo presidente. 

Sou independente. Não sigo cartilhas.

Sou Sporting

Boa noote
Tu segues a cartilha de defender os jogadores e atacar o ex presidente, ainda não tinha acontecido nada em Alcochete.
Por ti contra tudo e todos!
Que estupidez.... Estar acusado é diferente de ser culpado!! A UEFA nunca se poderia basear em suposições! Isso só ocorre com gente ignorante, mal formada e burra

Pois .. Claro que sim...tens razão...

Claro que a UEFA nunca mas mesmo nunca iria fazer isso ....não de todo ...tens mesmo toda a razão...

É de todo impossível que se possa considerar a ínfima hipótese de a UEFA levar em consideração que:

a) O Ataque ter sido efectuado no local de trabalho
b) Por Pessoas com fortes ligações ao clube, tendo a acusação identificado funcionários do clube
c) Onde o presidente só não está preso porque pagou fiança
d) Onde existem provas do ataque planeado
e) Onde mais de 30 pessoas estão presas
f) Onde existe a acusação de o presidente ter participado na organização do ataque

Tens razão só mesmo gente ignorante, mal formada e burra pode ter essa ideia absurda....

O que salva isto tudo é que existe gente que não é ignorante, mal formada e burra e consegue ver todo o cenário com uma clareza profunda...ainda bem que existes.

Só se houvesse mortes é que talvez, é que a gente ignorante, mal formada e burra poderia eventualmente ter essa ideia absurda....  só se houvesse mortes.

como não houve mortes está tudo bem, não se passou nada, faz parte da vida normal dos jogadores,

Peço desculpa pelo meu post tão fora de contexto. Tenho de ter em mente que violência só começa com a morte, até lá é tudo forma de expressar carinho e amor....






Não está preso porque não foram encontrados indícios (porque como é óbvio o gajo não estava envolvido). Já o bacano da segurança foi promovido. Há cenas do ***.
Chat shit get banged.
Vamos ver é se o estado português não vai ser julgado internacionalmente por brincar com coisas sérias...

Enviado do telele

Um passado que regressa com a forma de futuro.


Terrorismo é a acusação.
Vamos aguardar pelo tribunal.
Até agora a acusação está em Terrorismo.
Coisas feias tem nomes feios.

Quem defende a violência não tem espaço no SCP.

Defender ou tentar esconder a violência não é próprio de um Sportinguista, não está na génese do Sporting.
Quem defende a violência não é Sportinguista.
Pode gostar do Sporting, mas não é Sportinguista.

Violência não faz parte dos fundamentos do SCP.

Não é por até serem sócios que são Sportinguistas, é-se Sportinguista quando se tem na alma a essência do Sporting.

Para que conste, não apoio nem Varandas, Carvalhos, Godinhos, Rochas, ou qualquer outro antigo presidente. 

Sou independente. Não sigo cartilhas.

Sou Sporting

Boa noote


 Mais um. A lista é interminável!
Apesar de ser apontado como alvo de Pep Guardiola nas últimas semanas, em Inglaterra vão avançando que o Manchester City não vai tirar Bruno Fernandes do Sporting.

Segundo avança a BBC, os campeões ingleses procuram de facto reforçar o meio-campo, mas o alvo é Rodri, do Atlético Madrid, e que deverá necessitar um investimento na ordem dos 70 milhões de euros.

Rodri atua mais atrás no terreno que o internacional português e, segundo a mesma estação televisiva, os citizens estão focados em encontrar um substituto para Fernandinho, perfil esse que não será o do capitão dos leões.

Fonte: A BOLA
Ai foi terrorismo? Conta mais.

O que foi o 11 de Setembro para ti?

Enviado do meu MI 8 Lite através do Tapatalk

 Rodri no City, Griezmann no Barça.. Bruno no Atlético por 55M€ (mendilhões) e o restante do passe do Vietto.

 Nada disto seria surpreendente, pelo contrário. Veremos o que acontecerá, com o super empresário em jogo a conversa agora é outra, ao menos reduz imenso o número de interessados.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Pelas negociatas que por aqui se fazem ainda o vendem por 30 milhões mais 50% do passe de alguém a ganhar imenso
O Bruno se tiver juizo jamais vai para um Atlético de Madrid
"Irmão mais do que ninguém sei pelo que lutaste e fizeste para que este acordo fosse possível! Não és craque só dentro do campo, és também uma enorme pessoa e de grande coração. Quem te conhece sabe que és a humildade em pessoa, sempre juntos meu parceiro", escreveu Bruno.

14 Maio 2019 às 19:37

Mensagem do Bruno Fernandes para o traidor e é este gajo capitão do SCP, era escusada está msg ou então anda mesmo à procura de provocar os adeptos do SCP para sair sem remorsos.
Têm tanto de bons jogadores como de hipócritas.

Enviado do meu ALE-L21 através do Tapatalk

Anda à procura da segunda rescisão... :twisted:

Ps: eu vendia-o a um clube chinês.
Meu amigo Sporting, nas boas e nas más horas, obrigado por me acompanhares ao longo da vida.
Ai foi terrorismo? Conta mais.

O que foi o 11 de Setembro para ti?

Enviado do meu MI 8 Lite através do Tapatalk

Foi o dia do juízo final com...os nove portões do inferno a abrirem-se ao mesmo tempo.
Meu amigo Sporting, nas boas e nas más horas, obrigado por me acompanhares ao longo da vida.
Só para lembrar que o Presidente do Clube há altura do ataque a Alcochete está arrolado num processo de terrorismo contra os jogadores. É um processo de terrorismo. Se fossem vocês  trabalhadores de uma empresa onde simpatizantes dessa mesma empresa vos tivessem atacado da mesma forma que foi o ataque a Alcochete, imagino que a primeira e única ideia que iriam ter era: O que eu mais quero é continuar aqui, sujeitar-me a ser atacado novamente, sentir a minha família ameaçada, e poder morrer por esta empresa em que o presidente está envolvido no ataque. É o que eu mais quero.
Por acaso imaginam a UEFA a considerar um jogador culpado por ter rescindido por justa causa, quando o presidente do clube  está acusado de terrorismo contra o jogador que rescindiu?
O desejo é uma coisa a realidade é outra.

Presidente de clube da Ucrânia faz ameaça a jogadores brasileiros
Com a queda do avião da Malaysia Airlines, os atletas que pertencem ao Shakhtar Donetsk estão com receio de retornar ao país. Mandatário do time ucraniano insiste que não há nada a temer


ALEX TEIXEIRA É UM DOS "DESERTORES" DA EQUIPE UCRANIANA.


Presidente do tradicional clube ucraniano Shakhtar Donetsk, onde atuam os jogadores Alex Teixeira, Fred, Dentinho, Douglas Costa e Ismaily, Rinat Akhmetov usou tom ameaçador para tentar trazer de volta os atletas que não retornaram ao país após um amistoso realizado na França. Com a morte das 298 pessoas do voo MH17 da Malaysia Airlines, os brasileiros não se sentem mais seguros em atuar no leste europeu.

Por meio de nota no site oficial do clube Shakhtar Donetsk, o cartola convocou os “desertores”. "Não descarto que estes jogadores retornem à equipe rapidamente, alguns deles já amanhã mesmo (terça-feira, dia 22). Os jogadores têm contratos que são obrigados a cumprir. Se eles não voltarem, serão os primeiros a sofrer as consequências”, ameaçou o mandatário do clube.

"Cada um deles tem uma cláusula de rescisão de dezenas de milhões de euros. E se alguém quiser reduzir esse montante em um milhão que seja, então, estaremos no nosso direito de decidir como acharmos mais conveniente conforme a situação.", seguiu ameaçando Akhmetov.



Os cinco jogadores recusaram-se a voltar a Donetsk após a derrota por 4 a 1 para o Lyon no último sábado (19), em amistoso de pré-temporada disputado na cidade de Annecy. O presidente do clube ucraniano, mesmo sem explicar como, disse que o Shakhtar garante a segurança dos jogadores.

"Espero que o bom senso e o coração vençam o mal-entendido e os jogadores não sigam pelo caminho da tentação e do temor. Especialmente porque não há nada para temer. Estamos prontos para garantir a segurança. Não vamos correr riscos e de modo algum vamos levar os jogadores para onde seja perigoso. Nós queríamos muito jogar em Donetsk, mas, infelizmente, atualmente isso não é possível", afirmou Akhmetov.

Assim como o quinteto brasileiro do Shakthar, o argentino Sebastian Blanco, do Metalist Kharkiv, recusou-se a voltar ao país europeu, que vive confrontos incessantes por conta de questões políticas-separatistas.



"Depois da queda do avião da Malaysian, eu não tenho intenção de voltar à Ucrânia. A situação atual é anormal, e eu decidi ficar em Buenos Aires", afirmou o meio-campista argentino de 26 anos.

A Federação Ucraniana de Futebol (FFU, na sigla em inglês), ao menos por enquanto, mantém o início do campeonato nacional para o dia 25 de julho. Porém, já mudou o local da primeira partida, de Donetsk para Lviv, cidade a oeste do país.
Meu amigo Sporting, nas boas e nas más horas, obrigado por me acompanhares ao longo da vida.
ASF
INGLESES APRESENTAM O «NOVO LAMPARD» A CAMINHO DE MANCHESTER
SPORTING 10:56
Por
Redação
A possibilidade cada vez mais elevada de Bruno Fernandes abandonar Alvalade rumo a Manchester na próxima janela de transferências -United e City estão em guerra aberta pelo médio- levou o prestigiado periódico BBC a apresentar o capitão dos leões aos leitores e apreciadores de futebol de Inglaterra.

 

A publicação descreve o médio de 24 anos como «um dos valores mais apetecíveis do futebol português», bem como os incríveis números somados por Bruno Fernandes na presente temporada, que o levam a «sentar-se acima de grandes nomes como Pogba e Eriksen».

 

A mesma publicação alude ainda ao recorde atingido por Bruno Fernandes, que se tornou no médio mais goleador de sempre numa só temporada, ultrapassando os números, entre outros, de Frank Lampard, feito que valeu ao médio do Sporting comparação com o antigo médio do Chelsea.

 

«[Bruno Fernandes] tem sido insistentemente comparado a Lampard, sendo que ultrapassou a época mais rentável do inglês, em 2009/10, época em que marcou 27 golos, e onde atingiu o recorde de golos de um médio na Europa», pode ler-se.