Hóquei em Patins 2018/19 - CAMPEÃO EUROPEU!!!

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Isto de andar nisto do antes estava tudo bem e agora por causa do Varandas está tudo mal tem de acabar aqui e em todo lado . A bem do Sporting .. ainda por cima com argumentos de m****.
Hoje se formos eliminados no dragão para a taça de andebol vão todos esquecer como perdemos a taça de andebol o ano passado , há 2 anos e há 3... Em tempos de exigência máxima e sem Vagandas. Tenham vergonha na cara antes de escrever.

Ainda não está tudo mal porque ainda não deu tempo para mexer em todas as modalidades. Mas onde esta Direção e Comissão de Gestão mexeram, ficámos claramente piores:

- Futebol sénior masculino
Já vamos em 4 treinadores esta época (Sinisa, Peseiro, TFernandes e Kaiser), muitas saídas, entre elas Nani e Montero a custo zero, e muitas entradas, a maior parte entulho, gastando cerca de 10M quando não tinham dinheiro para pagar as prestações do Raphinha e Acuña, só para dar o exemplo. A qualidade do futebol nunca foi boa, tirando os primeiros jogos de kaiser, mas quando Peseiro saiu estávamos a 2 ponto do 1º lugar, os mesmos pontos de diferença quando Kaiser entrou após 2 vitórias com Tiago Fernandes. Portanto foi sempre a piorar...

- Futebol sénior feminino
Saneamento da Directora e 2 contratações feitas pela actual Direcção que não acrescentaram nada.
Perdemos a invencibilidade em território nacional. A Taça e Supertaça não vão ser nossas pela primeira vez desde que retomámos esta modalidade. O campeonato está encaminhado para o braguilha.

- Formação futebol 11
Muitas mudanças na equipa técnica dos juniores (uma geração de campeões em juvenis) e é o que se vê. Nos juvenis e iniciados, onde se mantiveram as apostas continuamos competitivos e com qualidade.

- Voleibol
Mexidas no plantel a meio da época não fortaleceram a equipa, antes pelo contrário.


Uns têm o toque de Midas, e outros um toque de m3rd@s.

Foi o Varandas e o Miguel Albuquerque que "acertaram" no Raul Marin, no Aleksiev, Nikolov, Brown, Stejpanovic, Rocha , Alex ...
E foi graças À direção anterior que ganhamos em Monza quando nada o fazia prever e que vamos jogar com o Veszprem na Champions de Andebol, que estamos mais uma vez na F4 da UCL de futsal  e que ganhamos a Golden League em Judo ...

Algum distraido ainda vai aqui (e noutros sitios) escrever que levamos 7-0 numa final da Uefa Futsal Cup por causa do Varandas e da sua direção ... por "falta de cultura de exigência" ... que cambada pá ...

Se o Gonçalo Portugal não defende aquele penalti , se o Girão não faz aquela defesa nos segundo finais contra o porto ou se aquela bola que vai à rede no volei e cai para o campo deles gostava de ver esses "atrasados" a sairem da toca ...     

     
Tens razão , foi graças ao varandas  :rotfl:

Só escolhes para comentar o que te convém.  Comenta o post todo ...
Cheira-me é que este ano boiamos em tudo. No futebol já se sabe logo no início da temporada que lutar pelo campeonato não é para nós. Agora, as modalidades? Ehpah no ano passado limpamos tudo o que era modalidade de pavilhão. Este ano vejo os rivais bem mais lançados para nos retirarem o que conquistamos. E não me venham com balelas que estamos na luta por todos os títulos. Todos sabemos que isso não vai acontecer. Nem no andebol que estamos muitos furos acima de toda a concorrência.
Exigência, zero.

No futebol neste momento estamos igual ao número de títulos do ano passado e há 2 anos foi uma supertaça...


Sim, sim. Troféus importantíssimos esses. Eu quero é ser campeão, troco 10 taças da carica e 10 taças de Portugal por 1 campeonato. Nisso não contamos para o totobola. No início da época só falta saber se intitulo é para a frutaria se para a toupeiragem. Se é que já não está previamente definido...


Concordo a 100%
O que é certo é que na temporada passada quando as modalidades começaram a fazer m€rd@ houve um puxar de orelhas público que pôs ordem na casa e encarrilou as modalidades para os títulos que se seguiram.

Havia cultura de exigência. Quando as coisas corriam mal, havia quem puxasse orelhas.

Agora, perder tornou-se banal, e isso é claramente culpa do banana que temos a presidente.

O que interessa é que ninguém de magoe... ainda que andem a levar nas trombas em todo o lado.

E só por isso quero deixar um agradecimento especial ao fivelas.

Obrigado vagangas e carrega 71.

Como dizia o João Pinto. "Estamos à beira do precipício, vamos dar um passo em frente."
“no small number of these whaling seamen belong to the Azores, where the outward bound Nantucket whalers frequently touch to augment their crews from the hardy peasants of those rocky shores.”
Herman Melville - Moby Dick
Cheira-me é que este ano boiamos em tudo. No futebol já se sabe logo no início da temporada que lutar pelo campeonato não é para nós. Agora, as modalidades? Ehpah no ano passado limpamos tudo o que era modalidade de pavilhão. Este ano vejo os rivais bem mais lançados para nos retirarem o que conquistamos. E não me venham com balelas que estamos na luta por todos os títulos. Todos sabemos que isso não vai acontecer. Nem no andebol que estamos muitos furos acima de toda a concorrência.
Exigência, zero.

No futebol neste momento estamos igual ao número de títulos do ano passado e há 2 anos foi uma supertaça...

No futebol estamos um espetáculo, basta ver as enchentes em Alvalade... Como diria o Varandas: O que não quer ver é o pior cego...

- Kaizerball a ser Kaizerzero.
- "Doações" de Doumbia, Demiral, Nani, Montero.
- Encaixes financeiros, não do Sporting, mas dos empresários com o Mendes à cabeça.
- Assassinato da Formação e aposta nas contratações de pazadas de entulho, quando criticavam o excesso de jogadores ligados ao clube.
- Regresso da partilha dos passes dos jogadores adquiridos, quando essa política tinha sido invertida.

O que vale é que agora já há colchões novos!
#NasciLeãoNãoLampião
- "Basta que os homens de bem nada façam, para que o mal prevaleça"
- "Prefiro morrer de pé a viver ajoelhado"
O problema desta secção não tem nada a haver com o Varandas. Já vem pré varandas.

Nos perdemos jogos com Paço d'Arcos na secretaria por ter um gajo no banco que nem utilizado foi.
Perdemos um jogo na taça de portugal, porque usamos um um 5v4 quando os regulamentos não o permitiam.
Gastamos balurdios e apesar de termos um plantel "bom" tem sérias lacunas em que metade é ou deveria ser para dispensar.

Para mim não ganhamos ontem, apesar de muito terem feito alguns dos nossos jogadores em parte por causa da arbitragem, tenho que o reconhecer, houve dualidade de critérios, e estes jogos decidem-se nos detalhes.

Agora... não posso ignorar o facto que a equipa joga um hóquei muito pobre, e quando as invidualidades não aparecem, ou as bolas paradas que ficamos nisto.

Paulo Freitas é bom treinador, mas não é treinador para o Sporting, fez um bom trabalho em Espinho, fez um bom trabalho em Barcelos, foi campeão pelo Sporting, quando eu nem sequer acreditava nisso.

Mas para ganhar, temos de ser melhores, e basta olhar para as jogadas de ataque do Porto, as movimentações dos jogadores promovem espaços que os jogadores deles tentam aproveitar. Nós é sempre a tacticazinha do na área a tapar o guarda redes e 3 exteriores a fazerem carroceis até esgotar o tempo de ataque com um rematezinho inconsequente. Assim estamos à espera do quê? De ganhar no pavilhão onde nem para o Barcelona é fácil ganhar?

Fiquei triste, pois o jogo precisava de outra abordagem, não era arriscar a 30s do fim que ia fazer diferença. Acho que fez bem em arriscar e devia ter arriscado mais cedo. O que não pode acontecer é ter jogadores que ontem só fizeram borrada como o Ferran Font (jogador que aprecio muito, mas ontem só fez m****). Os nossos power plays são uma vergonha.

PS.: Varandas e Cintras são potes de m****, mas nada têm a ver com a incompetência desta secção.
Diz lá que plantel querias e treinador, então
"O Sporting não é o clube do tass bem", Paulo Freitas
Na minha opinião, e esta opinião nada tem a ver com direcções x ou y, é que o Sporting não está a ser inteligente nem racional na construção dos plantéis e podíamos ter equipas melhores e mais curtas ao invés de equipas mais equilibradas e vastas.

Porque depois quando a coisa aperta vemos que há jogadores que não contam ou não fazem a diferença.

No hóquei aquele 5 do porto com Rafa, Helder, Gonçalo e Reinaldo é fortíssimo. Vão gerindo a coisa, poupam uns minutos aqui e ali, entram dois ou três na rotação e chegam ao fim e vão ser campeões e têm feito participações boas na Champions. Nós temos vários elementos que ou não jogam ou não acrescentam quando estão em campo nestes jogos de grau elevado, como o Caio, o João, o Vitor Hugo ou o Toni. Se calhar com um plantel mais curto e com 2 ou 3 jovens que temos na B, daria para um salário de um craque que fizesse a diferença.

Isto também acontece com as outras modalidades.

No andebol começamos com 3 guarda-redes quando o Gaspar servia para 3º. Agora temos 3 Pontas e só um LD que ainda por cima é um lesionado crónico. Contratamos 2 PD quando se calhar bastava um porque o Tavares servia para suplente.

No futsal temos 3 guarda-redes, 7 estrangeiros, alguns jogadores de plantel que nos jogos a doer raramente jogam 1 minuto que seja. Se calhar com um plantel mais curto (12-13 em vez dos 16) e só com 5 ou 6 estrangeiros dava para o tal craque ala.

No Voleibol podíamos ter ficado com o Lourenço para a rotação, podíamos ter ficado com o Afonso Reis que é mais barato(temos 3 distribuidores, Maia, Hernan e José Monteiro, este raramente joga), podíamos ter percebido que às tantas a idade e o estado físico de alguns jogadores já não davam garantias. Até porque o próprio plantel tem jogadores que quando jogam nos jogos complicados nota-se o quão longe estão do alto nível. E sendo assim era preferível que esses jogadores fossem mais baratos e mais jovens ao invés de serem jogadores mais velhos e mais caros.

Ainda bem que o tal jogador de ténis de mesa não veio(se calhar vou ser criticado por estar a dizer isto). Porque para ganhar a liga não era preciso e para a Champions ter o Apolónia não faria diferença nenhuma porque teríamos 0% de hipóteses na mesma. Ainda por cima o Monteiro lesionou-se.

Eu há muito que defendo isto até para o plantel de futebol. Mais qualidade, menos quantidade. Mais jogadores que façam a diferença, menos role players caros que nas fases decisivas não contam.
Na minha opinião, e esta opinião nada tem a ver com direcções x ou y, é que o Sporting não está a ser inteligente nem racional na construção dos plantéis e podíamos ter equipas melhores e mais curtas ao invés de equipas mais equilibradas e vastas.

Porque depois quando a coisa aperta vemos que há jogadores que não contam ou não fazem a diferença.

No hóquei aquele 5 do porto com Rafa, Helder, Gonçalo e Reinaldo é fortíssimo. Vão gerindo a coisa, poupam uns minutos aqui e ali, entram dois ou três na rotação e chegam ao fim e vão ser campeões e têm feito participações boas na Champions. Nós temos vários elementos que ou não jogam ou não acrescentam quando estão em campo nestes jogos de grau elevado, como o Caio, o João, o Vitor Hugo ou o Toni. Se calhar com um plantel mais curto e com 2 ou 3 jovens que temos na B, daria para um salário de um craque que fizesse a diferença.

Isto também acontece com as outras modalidades.

No andebol começamos com 3 guarda-redes quando o Gaspar servia para 3º. Agora temos 3 Pontas e só um LD que ainda por cima é um lesionado crónico. Contratamos 2 PD quando se calhar bastava um porque o Tavares servia para suplente.

No futsal temos 3 guarda-redes, 7 estrangeiros, alguns jogadores de plantel que nos jogos a doer raramente jogam 1 minuto que seja. Se calhar com um plantel mais curto (12-13 em vez dos 16) e só com 5 ou 6 estrangeiros dava para o tal craque ala.

No Voleibol podíamos ter ficado com o Lourenço para a rotação, podíamos ter ficado com o Afonso Reis que é mais barato(temos 3 distribuidores, Maia, Hernan e José Monteiro, este raramente joga), podíamos ter percebido que às tantas a idade e o estado físico de alguns jogadores já não davam garantias. Até porque o próprio plantel tem jogadores que quando jogam nos jogos complicados nota-se o quão longe estão do alto nível. E sendo assim era preferível que esses jogadores fossem mais baratos e mais jovens ao invés de serem jogadores mais velhos e mais caros.

Ainda bem que o tal jogador de ténis de mesa não veio(se calhar vou ser criticado por estar a dizer isto). Porque para ganhar a liga não era preciso e para a Champions ter o Apolónia não faria diferença nenhuma porque teríamos 0% de hipóteses na mesma. Ainda por cima o Monteiro lesionou-se.

Eu há muito que defendo isto até para o plantel de futebol. Mais qualidade, menos quantidade. Mais jogadores que façam a diferença, menos role players caros que nas fases decisivas não contam.
Completamente de acordo.
Na minha opinião, e esta opinião nada tem a ver com direcções x ou y, é que o Sporting não está a ser inteligente nem racional na construção dos plantéis e podíamos ter equipas melhores e mais curtas ao invés de equipas mais equilibradas e vastas.

Porque depois quando a coisa aperta vemos que há jogadores que não contam ou não fazem a diferença.

No hóquei aquele 5 do porto com Rafa, Helder, Gonçalo e Reinaldo é fortíssimo. Vão gerindo a coisa, poupam uns minutos aqui e ali, entram dois ou três na rotação e chegam ao fim e vão ser campeões e têm feito participações boas na Champions. Nós temos vários elementos que ou não jogam ou não acrescentam quando estão em campo nestes jogos de grau elevado, como o Caio, o João, o Vitor Hugo ou o Toni. Se calhar com um plantel mais curto e com 2 ou 3 jovens que temos na B, daria para um salário de um craque que fizesse a diferença.

Isto também acontece com as outras modalidades.

No andebol começamos com 3 guarda-redes quando o Gaspar servia para 3º. Agora temos 3 Pontas e só um LD que ainda por cima é um lesionado crónico. Contratamos 2 PD quando se calhar bastava um porque o Tavares servia para suplente.

No futsal temos 3 guarda-redes, 7 estrangeiros, alguns jogadores de plantel que nos jogos a doer raramente jogam 1 minuto que seja. Se calhar com um plantel mais curto (12-13 em vez dos 16) e só com 5 ou 6 estrangeiros dava para o tal craque ala.

No Voleibol podíamos ter ficado com o Lourenço para a rotação, podíamos ter ficado com o Afonso Reis que é mais barato(temos 3 distribuidores, Maia, Hernan e José Monteiro, este raramente joga), podíamos ter percebido que às tantas a idade e o estado físico de alguns jogadores já não davam garantias. Até porque o próprio plantel tem jogadores que quando jogam nos jogos complicados nota-se o quão longe estão do alto nível. E sendo assim era preferível que esses jogadores fossem mais baratos e mais jovens ao invés de serem jogadores mais velhos e mais caros.

Ainda bem que o tal jogador de ténis de mesa não veio(se calhar vou ser criticado por estar a dizer isto). Porque para ganhar a liga não era preciso e para a Champions ter o Apolónia não faria diferença nenhuma porque teríamos 0% de hipóteses na mesma. Ainda por cima o Monteiro lesionou-se.

Eu há muito que defendo isto até para o plantel de futebol. Mais qualidade, menos quantidade. Mais jogadores que façam a diferença, menos role players caros que nas fases decisivas não contam.
No hóquei acho que poderemos castigar a construção do plantel talvez na próxima época
Cheira-me a abordagem ao mercado será má, num mercado em que haverá muitas oportunidades de negócio
"O Sporting não é o clube do tass bem", Paulo Freitas
Na minha opinião, e esta opinião nada tem a ver com direcções x ou y, é que o Sporting não está a ser inteligente nem racional na construção dos plantéis e podíamos ter equipas melhores e mais curtas ao invés de equipas mais equilibradas e vastas.

Porque depois quando a coisa aperta vemos que há jogadores que não contam ou não fazem a diferença.

No hóquei aquele 5 do porto com Rafa, Helder, Gonçalo e Reinaldo é fortíssimo. Vão gerindo a coisa, poupam uns minutos aqui e ali, entram dois ou três na rotação e chegam ao fim e vão ser campeões e têm feito participações boas na Champions. Nós temos vários elementos que ou não jogam ou não acrescentam quando estão em campo nestes jogos de grau elevado, como o Caio, o João, o Vitor Hugo ou o Toni. Se calhar com um plantel mais curto e com 2 ou 3 jovens que temos na B, daria para um salário de um craque que fizesse a diferença.

Isto também acontece com as outras modalidades.

No andebol começamos com 3 guarda-redes quando o Gaspar servia para 3º. Agora temos 3 Pontas e só um LD que ainda por cima é um lesionado crónico. Contratamos 2 PD quando se calhar bastava um porque o Tavares servia para suplente.

No futsal temos 3 guarda-redes, 7 estrangeiros, alguns jogadores de plantel que nos jogos a doer raramente jogam 1 minuto que seja. Se calhar com um plantel mais curto (12-13 em vez dos 16) e só com 5 ou 6 estrangeiros dava para o tal craque ala.

No Voleibol podíamos ter ficado com o Lourenço para a rotação, podíamos ter ficado com o Afonso Reis que é mais barato(temos 3 distribuidores, Maia, Hernan e José Monteiro, este raramente joga), podíamos ter percebido que às tantas a idade e o estado físico de alguns jogadores já não davam garantias. Até porque o próprio plantel tem jogadores que quando jogam nos jogos complicados nota-se o quão longe estão do alto nível. E sendo assim era preferível que esses jogadores fossem mais baratos e mais jovens ao invés de serem jogadores mais velhos e mais caros.

Ainda bem que o tal jogador de ténis de mesa não veio(se calhar vou ser criticado por estar a dizer isto). Porque para ganhar a liga não era preciso e para a Champions ter o Apolónia não faria diferença nenhuma porque teríamos 0% de hipóteses na mesma. Ainda por cima o Monteiro lesionou-se.

Eu há muito que defendo isto até para o plantel de futebol. Mais qualidade, menos quantidade. Mais jogadores que façam a diferença, menos role players caros que nas fases decisivas não contam.
Completamente de acordo.




No que diz respeito hpatins estão completamente errados
Varandas e Albuquerque fazem o que GBorges lhes cantas em função do interesse Paulo freitas e seus interesses
Formacao não há qq hipótese !!!!


Para ano mais estrangeiros vamos pagar a cláusula do Verona mais uma pipa de massa
Joao pinto tem de sair porque os enfrentam idependentemente se serve ou não
GBOrges trabalha no interior e faz o quer e sobra lhe tempo
Este ano pagamos a 15 atletas tinham argumento que ser necessários pela extensão do campeonato
Para ano tal não se coloca, vamos ver como se livram dos atletas menos amigos


Grande sportinguistas dos interesses próprios !!!!
SL
SL
Na minha opinião, e esta opinião nada tem a ver com direcções x ou y, é que o Sporting não está a ser inteligente nem racional na construção dos plantéis e podíamos ter equipas melhores e mais curtas ao invés de equipas mais equilibradas e vastas.

Porque depois quando a coisa aperta vemos que há jogadores que não contam ou não fazem a diferença.

No hóquei aquele 5 do porto com Rafa, Helder, Gonçalo e Reinaldo é fortíssimo. Vão gerindo a coisa, poupam uns minutos aqui e ali, entram dois ou três na rotação e chegam ao fim e vão ser campeões e têm feito participações boas na Champions. Nós temos vários elementos que ou não jogam ou não acrescentam quando estão em campo nestes jogos de grau elevado, como o Caio, o João, o Vitor Hugo ou o Toni. Se calhar com um plantel mais curto e com 2 ou 3 jovens que temos na B, daria para um salário de um craque que fizesse a diferença.

Isto também acontece com as outras modalidades.

No andebol começamos com 3 guarda-redes quando o Gaspar servia para 3º. Agora temos 3 Pontas e só um LD que ainda por cima é um lesionado crónico. Contratamos 2 PD quando se calhar bastava um porque o Tavares servia para suplente.

No futsal temos 3 guarda-redes, 7 estrangeiros, alguns jogadores de plantel que nos jogos a doer raramente jogam 1 minuto que seja. Se calhar com um plantel mais curto (12-13 em vez dos 16) e só com 5 ou 6 estrangeiros dava para o tal craque ala.

No Voleibol podíamos ter ficado com o Lourenço para a rotação, podíamos ter ficado com o Afonso Reis que é mais barato(temos 3 distribuidores, Maia, Hernan e José Monteiro, este raramente joga), podíamos ter percebido que às tantas a idade e o estado físico de alguns jogadores já não davam garantias. Até porque o próprio plantel tem jogadores que quando jogam nos jogos complicados nota-se o quão longe estão do alto nível. E sendo assim era preferível que esses jogadores fossem mais baratos e mais jovens ao invés de serem jogadores mais velhos e mais caros.

Ainda bem que o tal jogador de ténis de mesa não veio(se calhar vou ser criticado por estar a dizer isto). Porque para ganhar a liga não era preciso e para a Champions ter o Apolónia não faria diferença nenhuma porque teríamos 0% de hipóteses na mesma. Ainda por cima o Monteiro lesionou-se.

Eu há muito que defendo isto até para o plantel de futebol. Mais qualidade, menos quantidade. Mais jogadores que façam a diferença, menos role players caros que nas fases decisivas não contam.

Esta semana a tónica aqui no fórum era que o FCP ia estar cansado porque tinha uma rotação curta.
Agora, ter uma rotação curta já é bom...
O Caio, o João Pinto, o Vítor Hugo e o Toni Perez com todos os seus defeitos foram instrumentais na conquista do título do ano passado (e chegámos à F4 da LE).
Foram activos bem importantes e os 3 últimos já fizeram grandes jogos ainda este ano...
E nós já temos essa estrela, esse craque que se chama Raul Marin.
O que houve foi um overbooking do plantel, com uma abundância de recursos, não está relacionado com a qualidade ou tipo de jogadores mas com a quantidade ou número de jogadores.
E vamos ver para o ano, as decisões que se vão tomar neste particular.
Quanto a mim seria um erro ir ao mercado.
« Última modificação: Março 18, 2019, 10:31 am por EDDGlória »


Falta juntar Taça de Portugal Futebol feminino.


Tudo teorias da conspiração...
#NasciLeãoNãoLampião
- "Basta que os homens de bem nada façam, para que o mal prevaleça"
- "Prefiro morrer de pé a viver ajoelhado"
O problema desta secção não tem nada a haver com o Varandas. Já vem pré varandas.

Nos perdemos jogos com Paço d'Arcos na secretaria por ter um gajo no banco que nem utilizado foi.
Perdemos um jogo na taça de portugal, porque usamos um um 5v4 quando os regulamentos não o permitiam.
Gastamos balurdios e apesar de termos um plantel "bom" tem sérias lacunas em que metade é ou deveria ser para dispensar.

Para mim não ganhamos ontem, apesar de muito terem feito alguns dos nossos jogadores em parte por causa da arbitragem, tenho que o reconhecer, houve dualidade de critérios, e estes jogos decidem-se nos detalhes.

Agora... não posso ignorar o facto que a equipa joga um hóquei muito pobre, e quando as invidualidades não aparecem, ou as bolas paradas que ficamos nisto.

Paulo Freitas é bom treinador, mas não é treinador para o Sporting, fez um bom trabalho em Espinho, fez um bom trabalho em Barcelos, foi campeão pelo Sporting, quando eu nem sequer acreditava nisso.

Mas para ganhar, temos de ser melhores, e basta olhar para as jogadas de ataque do Porto, as movimentações dos jogadores promovem espaços que os jogadores deles tentam aproveitar. Nós é sempre a tacticazinha do na área a tapar o guarda redes e 3 exteriores a fazerem carroceis até esgotar o tempo de ataque com um rematezinho inconsequente. Assim estamos à espera do quê? De ganhar no pavilhão onde nem para o Barcelona é fácil ganhar?

Fiquei triste, pois o jogo precisava de outra abordagem, não era arriscar a 30s do fim que ia fazer diferença. Acho que fez bem em arriscar e devia ter arriscado mais cedo. O que não pode acontecer é ter jogadores que ontem só fizeram borrada como o Ferran Font (jogador que aprecio muito, mas ontem só fez m****). Os nossos power plays são uma vergonha.

PS.: Varandas e Cintras são potes de m****, mas nada têm a ver com a incompetência desta secção.
Diz lá que plantel querias e treinador, então

Já disse várias vezes que sou fã do Enrico Mariotti, actual treinador do Follonica.

Logicamente que não mando na modalidade, mas por mim só ficavam Girão, Platero, Romero, Henrique Magalhães e Font (apesar de ser o maior responsável por não termos ganho ontem) o resto seguia tudo para onde veio.

Gostava de ter por cá o Federico Ambrosio, Gerard Teixido, Alex Rodriguez, Checo Compagno e contratava o Diogo Alves apra gr suplente.
O problema desta secção não tem nada a haver com o Varandas. Já vem pré varandas.

Nos perdemos jogos com Paço d'Arcos na secretaria por ter um gajo no banco que nem utilizado foi.
Perdemos um jogo na taça de portugal, porque usamos um um 5v4 quando os regulamentos não o permitiam.
Gastamos balurdios e apesar de termos um plantel "bom" tem sérias lacunas em que metade é ou deveria ser para dispensar.

Para mim não ganhamos ontem, apesar de muito terem feito alguns dos nossos jogadores em parte por causa da arbitragem, tenho que o reconhecer, houve dualidade de critérios, e estes jogos decidem-se nos detalhes.

Agora... não posso ignorar o facto que a equipa joga um hóquei muito pobre, e quando as invidualidades não aparecem, ou as bolas paradas que ficamos nisto.

Paulo Freitas é bom treinador, mas não é treinador para o Sporting, fez um bom trabalho em Espinho, fez um bom trabalho em Barcelos, foi campeão pelo Sporting, quando eu nem sequer acreditava nisso.

Mas para ganhar, temos de ser melhores, e basta olhar para as jogadas de ataque do Porto, as movimentações dos jogadores promovem espaços que os jogadores deles tentam aproveitar. Nós é sempre a tacticazinha do na área a tapar o guarda redes e 3 exteriores a fazerem carroceis até esgotar o tempo de ataque com um rematezinho inconsequente. Assim estamos à espera do quê? De ganhar no pavilhão onde nem para o Barcelona é fácil ganhar?

Fiquei triste, pois o jogo precisava de outra abordagem, não era arriscar a 30s do fim que ia fazer diferença. Acho que fez bem em arriscar e devia ter arriscado mais cedo. O que não pode acontecer é ter jogadores que ontem só fizeram borrada como o Ferran Font (jogador que aprecio muito, mas ontem só fez m****). Os nossos power plays são uma vergonha.

PS.: Varandas e Cintras são potes de m****, mas nada têm a ver com a incompetência desta secção.
Diz lá que plantel querias e treinador, então

Já disse várias vezes que sou fã do Enrico Mariotti, actual treinador do Follonica.

Logicamente que não mando na modalidade, mas por mim só ficavam Girão, Platero, Romero, Henrique Magalhães e Font (apesar de ser o maior responsável por não termos ganho ontem) o resto seguia tudo para onde veio.

Gostava de ter por cá o Federico Ambrosio, Gerard Teixido, Alex Rodriguez, Checo Compagno e contratava o Diogo Alves apra gr suplente.




Henrique Magalhaes dos melhores defesas portugueses esquerdino e Ainda jovem não serve ao Sporting
Vai para Oliveirense


Siga
SL
SL
infelizmente sai... é muito competente a defender, um pouco limitado a atacar. vamos ver se o telmo pinto é um replacement à altura.
O Magalhães se sair nao tem nada a ver com.servir ou não. A Malta desonesta aparece sempre nestas alturas.

Bandalhos.

SL
O problema desta secção não tem nada a haver com o Varandas. Já vem pré varandas.

Nos perdemos jogos com Paço d'Arcos na secretaria por ter um gajo no banco que nem utilizado foi.
Perdemos um jogo na taça de portugal, porque usamos um um 5v4 quando os regulamentos não o permitiam.
Gastamos balurdios e apesar de termos um plantel "bom" tem sérias lacunas em que metade é ou deveria ser para dispensar.

Para mim não ganhamos ontem, apesar de muito terem feito alguns dos nossos jogadores em parte por causa da arbitragem, tenho que o reconhecer, houve dualidade de critérios, e estes jogos decidem-se nos detalhes.

Agora... não posso ignorar o facto que a equipa joga um hóquei muito pobre, e quando as invidualidades não aparecem, ou as bolas paradas que ficamos nisto.

Paulo Freitas é bom treinador, mas não é treinador para o Sporting, fez um bom trabalho em Espinho, fez um bom trabalho em Barcelos, foi campeão pelo Sporting, quando eu nem sequer acreditava nisso.

Mas para ganhar, temos de ser melhores, e basta olhar para as jogadas de ataque do Porto, as movimentações dos jogadores promovem espaços que os jogadores deles tentam aproveitar. Nós é sempre a tacticazinha do na área a tapar o guarda redes e 3 exteriores a fazerem carroceis até esgotar o tempo de ataque com um rematezinho inconsequente. Assim estamos à espera do quê? De ganhar no pavilhão onde nem para o Barcelona é fácil ganhar?

Fiquei triste, pois o jogo precisava de outra abordagem, não era arriscar a 30s do fim que ia fazer diferença. Acho que fez bem em arriscar e devia ter arriscado mais cedo. O que não pode acontecer é ter jogadores que ontem só fizeram borrada como o Ferran Font (jogador que aprecio muito, mas ontem só fez m****). Os nossos power plays são uma vergonha.

PS.: Varandas e Cintras são potes de m****, mas nada têm a ver com a incompetência desta secção.
Diz lá que plantel querias e treinador, então

Já disse várias vezes que sou fã do Enrico Mariotti, actual treinador do Follonica.

Logicamente que não mando na modalidade, mas por mim só ficavam Girão, Platero, Romero, Henrique Magalhães e Font (apesar de ser o maior responsável por não termos ganho ontem) o resto seguia tudo para onde veio.

Gostava de ter por cá o Federico Ambrosio, Gerard Teixido, Alex Rodriguez, Checo Compagno e contratava o Diogo Alves apra gr suplente.
E os emprestados?

Pessoalmente também sou fã do Mariotti, eu próprio confesso que não sou o maior fã do estilo de jogo do Paulo Freitas, mas é um excelente treinador, apenas acho que o seu estilo de jogo não beneficia jogadores com as características do Gil, Marín e Font, em certos jogos

Quanto aos reforços, Ambrosio era mel, Compagno para o futuro também
Diogo Alves duvido que queira vir para suplente, saiu das toupeiras por isso
O Teixidó e o Alex Rodriguez não eram upgrades, apesar de eu gostar do Alex

Para mim, Girão, Platero, Henrique (que infelizmente tá de saída), Romero, Gonçalo Nunes, Font, Marín, Gil e Alvarinho seria a minha base (especialmente para a próxima época)
O Zé Diogo pouco me importa, por mim pode ficar, tem evoluído e sente o clube, sente-se bem, aceita ser suplente do Girão, mas se fosse trocado por um puto não me importava
"O Sporting não é o clube do tass bem", Paulo Freitas
Pois lá isso é verdade!!!


SL
SL


Falta juntar Taça de Portugal Futebol feminino.


Tudo teorias da conspiração...



Falta juntar Taça de Portugal Futebol feminino.


Tudo teorias da conspiração...

Troféus perdidos em 2017/2018

Taça Portugal Futebol;
Campeonato Futebol;
Taça hóquei;
Liga europeia hóquei;
Taça Portugal andebol;
Supertaça andebol;
Taça voleibol;
Taça liga futsal;
Uefa futsal cup;

Isto é só para demonstrar que antes também não ganhávamos tudo. Muito longe disso......
O problema desta secção não tem nada a haver com o Varandas. Já vem pré varandas.

Nos perdemos jogos com Paço d'Arcos na secretaria por ter um gajo no banco que nem utilizado foi.
Perdemos um jogo na taça de portugal, porque usamos um um 5v4 quando os regulamentos não o permitiam.
Gastamos balurdios e apesar de termos um plantel "bom" tem sérias lacunas em que metade é ou deveria ser para dispensar.

Para mim não ganhamos ontem, apesar de muito terem feito alguns dos nossos jogadores em parte por causa da arbitragem, tenho que o reconhecer, houve dualidade de critérios, e estes jogos decidem-se nos detalhes.

Agora... não posso ignorar o facto que a equipa joga um hóquei muito pobre, e quando as invidualidades não aparecem, ou as bolas paradas que ficamos nisto.

Paulo Freitas é bom treinador, mas não é treinador para o Sporting, fez um bom trabalho em Espinho, fez um bom trabalho em Barcelos, foi campeão pelo Sporting, quando eu nem sequer acreditava nisso.

Mas para ganhar, temos de ser melhores, e basta olhar para as jogadas de ataque do Porto, as movimentações dos jogadores promovem espaços que os jogadores deles tentam aproveitar. Nós é sempre a tacticazinha do na área a tapar o guarda redes e 3 exteriores a fazerem carroceis até esgotar o tempo de ataque com um rematezinho inconsequente. Assim estamos à espera do quê? De ganhar no pavilhão onde nem para o Barcelona é fácil ganhar?

Fiquei triste, pois o jogo precisava de outra abordagem, não era arriscar a 30s do fim que ia fazer diferença. Acho que fez bem em arriscar e devia ter arriscado mais cedo. O que não pode acontecer é ter jogadores que ontem só fizeram borrada como o Ferran Font (jogador que aprecio muito, mas ontem só fez m****). Os nossos power plays são uma vergonha.

PS.: Varandas e Cintras são potes de m****, mas nada têm a ver com a incompetência desta secção.
Diz lá que plantel querias e treinador, então

Já disse várias vezes que sou fã do Enrico Mariotti, actual treinador do Follonica.

Logicamente que não mando na modalidade, mas por mim só ficavam Girão, Platero, Romero, Henrique Magalhães e Font (apesar de ser o maior responsável por não termos ganho ontem) o resto seguia tudo para onde veio.

Gostava de ter por cá o Federico Ambrosio, Gerard Teixido, Alex Rodriguez, Checo Compagno e contratava o Diogo Alves apra gr suplente.
E os emprestados?

Pessoalmente também sou fã do Mariotti, eu próprio confesso que não sou o maior fã do estilo de jogo do Paulo Freitas, mas é um excelente treinador, apenas acho que o seu estilo de jogo não beneficia jogadores com as características do Gil, Marín e Font, em certos jogos

Quanto aos reforços, Ambrosio era mel, Compagno para o futuro também
Diogo Alves duvido que queira vir para suplente, saiu das toupeiras por isso
O Teixidó e o Alex Rodriguez não eram upgrades, apesar de eu gostar do Alex

Para mim, Girão, Platero, Henrique (que infelizmente tá de saída), Romero, Gonçalo Nunes, Font, Marín, Gil e Alvarinho seria a minha base (especialmente para a próxima época)
O Zé Diogo pouco me importa, por mim pode ficar, tem evoluído e sente o clube, sente-se bem, aceita ser suplente do Girão, mas se fosse trocado por um puto não me importava

Mas que é que tu conheces desses jogadores? para teres essa opinião?
O problema desta secção não tem nada a haver com o Varandas. Já vem pré varandas.

Nos perdemos jogos com Paço d'Arcos na secretaria por ter um gajo no banco que nem utilizado foi.
Perdemos um jogo na taça de portugal, porque usamos um um 5v4 quando os regulamentos não o permitiam.
Gastamos balurdios e apesar de termos um plantel "bom" tem sérias lacunas em que metade é ou deveria ser para dispensar.

Para mim não ganhamos ontem, apesar de muito terem feito alguns dos nossos jogadores em parte por causa da arbitragem, tenho que o reconhecer, houve dualidade de critérios, e estes jogos decidem-se nos detalhes.

Agora... não posso ignorar o facto que a equipa joga um hóquei muito pobre, e quando as invidualidades não aparecem, ou as bolas paradas que ficamos nisto.

Paulo Freitas é bom treinador, mas não é treinador para o Sporting, fez um bom trabalho em Espinho, fez um bom trabalho em Barcelos, foi campeão pelo Sporting, quando eu nem sequer acreditava nisso.

Mas para ganhar, temos de ser melhores, e basta olhar para as jogadas de ataque do Porto, as movimentações dos jogadores promovem espaços que os jogadores deles tentam aproveitar. Nós é sempre a tacticazinha do na área a tapar o guarda redes e 3 exteriores a fazerem carroceis até esgotar o tempo de ataque com um rematezinho inconsequente. Assim estamos à espera do quê? De ganhar no pavilhão onde nem para o Barcelona é fácil ganhar?

Fiquei triste, pois o jogo precisava de outra abordagem, não era arriscar a 30s do fim que ia fazer diferença. Acho que fez bem em arriscar e devia ter arriscado mais cedo. O que não pode acontecer é ter jogadores que ontem só fizeram borrada como o Ferran Font (jogador que aprecio muito, mas ontem só fez m****). Os nossos power plays são uma vergonha.

PS.: Varandas e Cintras são potes de m****, mas nada têm a ver com a incompetência desta secção.
Diz lá que plantel querias e treinador, então

Já disse várias vezes que sou fã do Enrico Mariotti, actual treinador do Follonica.

Logicamente que não mando na modalidade, mas por mim só ficavam Girão, Platero, Romero, Henrique Magalhães e Font (apesar de ser o maior responsável por não termos ganho ontem) o resto seguia tudo para onde veio.

Gostava de ter por cá o Federico Ambrosio, Gerard Teixido, Alex Rodriguez, Checo Compagno e contratava o Diogo Alves apra gr suplente.
E os emprestados?

Pessoalmente também sou fã do Mariotti, eu próprio confesso que não sou o maior fã do estilo de jogo do Paulo Freitas, mas é um excelente treinador, apenas acho que o seu estilo de jogo não beneficia jogadores com as características do Gil, Marín e Font, em certos jogos

Quanto aos reforços, Ambrosio era mel, Compagno para o futuro também
Diogo Alves duvido que queira vir para suplente, saiu das toupeiras por isso
O Teixidó e o Alex Rodriguez não eram upgrades, apesar de eu gostar do Alex

Para mim, Girão, Platero, Henrique (que infelizmente tá de saída), Romero, Gonçalo Nunes, Font, Marín, Gil e Alvarinho seria a minha base (especialmente para a próxima época)
O Zé Diogo pouco me importa, por mim pode ficar, tem evoluído e sente o clube, sente-se bem, aceita ser suplente do Girão, mas se fosse trocado por um puto não me importava

Mas que é que tu conheces desses jogadores? para teres essa opinião?
o suficiente para saber que não eram upgrades ao Pedro Gil e ao Marín
ou achas que é com eles que podes fazer frente a Torra's, Ordonez's e Gonçalo's Alves?
"O Sporting não é o clube do tass bem", Paulo Freitas