Bruno de Carvalho - Candidato à Presidência do Sporting CP

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Já se sabe quem são os elementos que acompanham Bruno de Carvalho?
Já se sabe quem são os elementos que acompanham Bruno de Carvalho?

Sim, desde a apresentação.

( Pois, eu sei, não houve destaque quase nenhum.. )

Os outros é que são todos a conta gotas, como se fosse política

Tens aqui

http://www.leaisaosporting.pt/


« Última modificação: Julho 14, 2018, 03:33 am por OhDaeSu »
Para se despedir alguém, ao contrário de alguém se demitir, é necessário mais do que a comunicação verbal.


Os “democratas” nomeados são tão magnânimos que até vão deixar falar o “ditador” eleito!
Advogado BdC



"A maciça campanha do porno-jornalismo dos placards de bordéis, somada a outras manifestações de indigência, que também se apresentam como “imprensa”, ”informação televisiva”, ou no plano mais geral, "comunicação social", repercutindo ainda nas redes sociais – única relevância plausível de tais fenómenos – faz da apresentação de Bruno de Carvalho a eleições o único modo de tornar claras as coisas.

Entre as coisas que importa deixar claras está, evidentemente, a circunscrição do relevo que tenham os boletins de bordéis, na única função que lhes cabe e se lhes reconhece: publicitar, quotidianamente, com aparente protecção funcional pela passividade do Ministério Público – e em violação das obrigações do Estado, fixadas por convenção internacional – os proxenetas que pagam às publicações certas. Os outros “jornalismos”, têm a sua relevância esclarecida. A insolvência. Apresentam-se portanto, uns e outros, entre os cardumes de piranhas à procura dos seus bocados de carne.

Felizmente há ainda sector público da Comunicação Social...

A prosperidade reconstruida de um clube, antes exangue, mobiliza a avidez incontível dos falidos, a fúria revanchista dos ineptos, a morbidez dos especuladores, nas mil formas de conspiração dos “viscondes”.

O presidente da Direcção, pretensamente processado por pretensa comissão de inimigos – que antes ostentaram, na praça da jorna da imprensa insolvente, a disponibilidade para a tarefa de executores da corda – pretensamente destituído, sem defesa, por deliberação aparentemente nula em Assembleia-Geral (coisa a esclarecer judicialmente, porque, ao menos formalmente, ainda há tribunais) apresenta-se com a autoridade do trabalho feito, à reafirmação clarificante do voto. 
   
E de novo bramam os boletins de proxenetas, visando erguer as respectivas clientelas. Querem impedir-lhe a candidatura.

É preciso explicar aos “viscondes” tudo desde o princípio.

Começando talvez pelo facto de não haver “viscondes”. Todas as dignidades nobiliárquicas caducaram – e por indignidade – nos sucessivos momentos em que dois reis foram assassinados (Luis Filipe foi sucessor por instantes ) sem outra defesa além do cocheiro, que não era visconde mas soube enfiar a carruagem no arsenal da marinha, poupando duas vidas. Ainda assim, Manuel foi deposto. Esses “viscondes” são nados-mortos. Sabem apenas reproduzir a morte e fazem-no quanto a tudo aquilo em que lhes consentirem tocar.

É lícito consentir-lhes que se apropriem de um clube popular, reerguido pelo trabalho alheio? Olhem lá para o belo friso das “comissões”...

E respondam as urnas. Sendo isso possível, porque a clareza não é realmente desejada pelos “viscondes”.

Neste aspecto, BdC nunca desilude: ele não se rodeia de gente moderada.  :mrgreen:

Apesar de tudo, tenho pena que ele não tenha o discernimento para desacelerar e ter uma intervenção mais ponderada.

Ainda há um par de dias ele dizia que tinha aprendido, certo?


Como assim, desacelerar ?
Agora um advogado também já não pode ter opinião, ainda para mais sobre o jornalixo ?
Nem o Luis Paulo Rodrigues ?

Ou foi o BdC que disse/fez alguma coisa entretanto ? ( Penso que não )

Penso que os posts desse senhor são excelentes. ( Vejam os anteriores ^^ )
Melhor ainda.
Um texto destes, passar pelo "filtro" do público alvo do Verborreio da Manha, fica complicado, pois estão habituados a coisas do mais básico que há.

Acredita que esse advogado mexe-se bastante bem, e tem bastantes conhecimentos em vários Meios.
Inclusivé, há vários processos e queixas ( de várias pessoas, não só dele ) a dar entrada nos Tribunais.
Segunda feira, parece que seguem mais 2 ou 3.

Eu acho o post de topo, inclusivé a "forma" como é passado o "conteúdo".

Enough is enough ( relativamente à Intoxicação Social )

EDIT - Typos
« Última modificação: Julho 14, 2018, 04:01 am por OhDaeSu »
Para se despedir alguém, ao contrário de alguém se demitir, é necessário mais do que a comunicação verbal.


Os “democratas” nomeados são tão magnânimos que até vão deixar falar o “ditador” eleito!
Já se sabe quem são os elementos que acompanham Bruno de Carvalho?

Vai ao site da candidatura que tens lá
Já se sabe quem são os elementos que acompanham Bruno de Carvalho?

Sim, desde a apresentação.

( Pois, eu sei, não houve destaque quase nenhum.. )

Os outros é que são todos a conta gotas, como se fosse política

Tens aqui

http://www.leaisaosporting.pt/



Obrigado. Não tive possibilidade de ver a apresentação e desde ai que tento saber a lista e ainda não tinha conseguido. Talvez também por inépcia minha nestas coisas de procurar na net  :-[
Já se sabe quem são os elementos que acompanham Bruno de Carvalho?

Vai ao site da candidatura que tens lá
Obrigado. Já fui ver.   :great:
Obrigado. Não tive possibilidade de ver a apresentação e desde ai que tento saber a lista e ainda não tinha conseguido. Talvez também por inépcia minha nestas coisas de procurar na net  :-[

No worries !
^^
Para se despedir alguém, ao contrário de alguém se demitir, é necessário mais do que a comunicação verbal.


Os “democratas” nomeados são tão magnânimos que até vão deixar falar o “ditador” eleito!
@Dakine

Se o que João quadros diz é verdade, não vai haver academia nenhuma. Nem em Alcochete nem em lado algum

E o Estádio é a seguir. Esse vai para a Holdimo. Não, espera, para o Mendes. Não, espera, para os americanos. Whatever.

Sabes o que me lixa mais @Dakine , e que eu sei que tu ate es mesmo do SCP e apesar de andares aqui a desconversar, nota-se que acreditas no que dizes e no que te dizem.
Eu nao sei que idade tens, nem quero saber, mas garanto-te, sao os socios como tu que mais choram no fim, quando comecam a ver que nao resta nada mais que uma desolacao.
Eu hoje ando a esticar-me demais no que toca a postar info que nao devia contar, mas digo-te que ja existe um grupo imobiliario pronto para um "leasing" (nao naming) no Pavilhao JR, que sera passado para a SAD.
Acreditas se quiseres, Deus nos de aos 2 saude para ver o que se vai passar, eu choro agora, no futuro choramos os dois.
You'll see...

Passado para a SAD? O Pavilhão é do Clube, para passar para a SAD precisa de ser aprovado por 75% dos sócios.

É só venderem a história como fizeram para a destituição… Não foi assim que aconteceu com a Alvaláxia, o Edificio e os terrenos no tempo dos croquetes?
A mim o "Medo" é uma cena que não me assiste...

@Dakine

Se o que João quadros diz é verdade, não vai haver academia nenhuma. Nem em Alcochete nem em lado algum

E o Estádio é a seguir. Esse vai para a Holdimo. Não, espera, para o Mendes. Não, espera, para os americanos. Whatever.

Sabes o que me lixa mais @Dakine , e que eu sei que tu ate es mesmo do SCP e apesar de andares aqui a desconversar, nota-se que acreditas no que dizes e no que te dizem.
Eu nao sei que idade tens, nem quero saber, mas garanto-te, sao os socios como tu que mais choram no fim, quando comecam a ver que nao resta nada mais que uma desolacao.
Eu hoje ando a esticar-me demais no que toca a postar info que nao devia contar, mas digo-te que ja existe um grupo imobiliario pronto para um "leasing" (nao naming) no Pavilhao JR, que sera passado para a SAD.
Acreditas se quiseres, Deus nos de aos 2 saude para ver o que se vai passar, eu choro agora, no futuro choramos os dois.
You'll see...

Passado para a SAD? O Pavilhão é do Clube, para passar para a SAD precisa de ser aprovado por 75% dos sócios.

É só venderem a história como fizeram para a destituição, criam um cenário miserabilista e convencem o clube dos 71, como alguns dos outros 29 saírem não será muito difícil… Não foi desta forma que aconteceu com a Alvaláxia, o Edificio e os terrenos no tempo dos croquetes?
A mim o "Medo" é uma cena que não me assiste...
O que eu gostava de saber, mais do que as vossas negações, é a vossa posição perante o facto se vir a comprovar, se for o caso, a veracidade, o conteúdo e o contexto das mensagens.

Como me mereces respeito, digo-te a minha posição.

Do que li do correio da manha não há, por ora, qualquer conteúdo ou contexto de mensagens.
Mas vamos admitir que aparecem mensagens e contextos.
Isto é. Vamos admitir que Geraldes disse a BdC ou vice-versa que era necessário mandar alguém (1, 5 ou 50 gajos) partir a boca dos jogadores, em Alvalade, Alcochete ou em casa deles.

Claro que condenarei e te direi que na AG de destituição deveria ter votado em sentido completamente diferente daquele que fiz.
Cá estarei para isso. Sem espinhas
Fica combinado, ok?  :great:

(se quiseres, dou-te o meu nº de telemóvel para me ligares a recordar que tenho de vir cá assumir o erro do voto e erro gigante de n posts)



Agora, diz-me tu: o que achas se as mensagens forem como esta no calor da derrota em Madrid, igual a tantas outras tb vindas de críticos acérrimos de BdC, mais ou menos como tu, seja pelo facebook, pela academia, pela não demissão, pela hipótese recandidatura, e tb defensores acérrimos da expulsão, do linchamento público ainda mais feroz, etc.?

Já tinham sido miseráveis em Braga, e hoje miseráveis continuam... o que mereciam era um aperto!

O que dirás, caro @juziel, se as mensagens forem deste teor?
Ou que pretenderás que eu diga?

Digo-te que não concordo com isso e que até poderei ter dito o mesmo como desabafo, mas nunca o diria numa posição de responsabilidade, sob pena de ser mal interpretado e daquilo que eu digo ter impacto na vida real.

Eu, como adepto anónimo, sou um low-profile que pode dizer todo o tipo de porcaria que quiser, que isso pouco importa ao Sporting. Se eu disser aos tipos da Juve Leo para apertarem fulano ou sicrano, provavelmente levo logo nos dentes e vou para casa com uma baliza de hóquei na boca.

Se eu for o Team Manager ou o presidente e disser a mesma coisa... a coisa pia mais fino.

E @stick, nem por um momento acredito que haja correlação directa entre este suposto diálogo e os incidentes de Alcochete. Se isto fosse cronologicamente coerente a peça não se ficava por aí, que eles colaram aquilo a cola cuspe.

Mas mesmo as notícias do CM costumam ter 1% de verdade antes de serem o CM e fazerem aquilo que os caracteriza, que é extrapolar e distorcer e pelo que conheço dos personagens em causa, pelo diálogo que tiveram e que permite alguma colagem ao que é citado nas mensagens, pelo contexto... já estive mais longe de acreditar que possa ser verdade.

Também já disse aqui que na hora da invasão a Alcochete pensei que BdC estivesse ou pudesse estar directamente relacionado e essa é a grande perda dele neste mandato, a perda de confiança por parte dos sócios. Agora poderei estar a incorrer no mesmo erro, mas onde antes acreditava que podia ter mandado bater, hoje já não acredito nisso. Mas que ele tenha mandado ou que lhe tenham perguntado se podiam apertar os jogadores? Que ele quisesse fazer uma demonstração de poder, o tal "mostrar quem manda", e usar uma claque para isso? Eh pá, eu vejo nisto o mesmo tipo de carácter que permitiu devolver ao Sporting, em 5 anos, a vida que ele nunca teve em 30. E isso foi bom numas coisas e má nas outras.

Se estiver enganado cá me retratarei como fiz noutras ocasiões, como nessa da invasão a Alcochete. Mas aqui basta-me que o presidente tenha mesmo mandado apertar ou que lhe tenham pedido para apertar os jogadores e ele tenha mantido essas pessoas em funções para ser algo que não concedo.

Eu nem sequer extrapolo que se isto aconteceu Alcochete passa a ser responsabilidade dele, mas imagino que isto seja mel para os advogados dos parasitas que rescindiram. E isso é um problema para o Sporting. Mesmo que isto tenha acontecido em 2014 ou 2015, demonstra uma relação de poder assente na intimidação e violência e isso, se for verdade, é terrível para nós neste tema.

E para mim demonstra a total incapacidade de resolver problemas e a tal forma doentia de liderar. E isto, com todos os méritos que BdC teve e tem, também é um dos defeitos que lhe apontei há já algum tempo. Talvez se não fosse assim o Sporting não tivesse crescido tanto em tão pouco tempo, mas também por isso chegou a um ponto onde só podia rebentar.

Em duas ou tres frases: escreveste uma parede de texto para esconder o facto de teres saltado logo no ataque a BdC, e agora precisas pedir desculpa sem perder a face.

Essa figura de estilo chama-se obfuscaçao. Esconder a verdade no meio de tanta porcaria que ninguem sabe onde começa e acaba, nem o que é a verdade.

Quem utiliza muito isso é o Pedro Guerra.

Vais pedir desculpa ou nao?

Ja agora o @jz tb podia fazer o mesmo
Dá pra ter o Dr. Ranj em vez do Dr. Fivelas?
https://www.bbc.co.uk/programmes/b06py5g1/credits
Plano da cofina: lança as suspeitas em manchete no jornal cm que é o mais vendido do país, faz um programa baseado em falsas informações na cmtv e depois usa no dia seguinte o record para desmentir as notícias num canto do jornal ou numa pequena notícia no site... entretanto a propaganda está feita, foi assim com as dividas a fornecedores e agora com os sms de BdC com Geraldes. O record vem agora dizer que as sms não tem nada a ver com o ataque a alcochete. Que vergonha :inde:

Citar
As mensagens que André Geraldes, à data ‘team manager’ dos leões, enviou a Bruno de Carvalho, que continham as expressões "para cima dos jogadores" e "quem manda", não estão relacionadas com o ataque a Alcochete. Fonte próxima do processo esclareceu ao nosso jornal que estas expressões, referidas nas comunicações entre os dirigentes, dizem respeito a um momento que se seguiu aos processos de suspensão dos jogadores, anunciados por Bruno de Carvalho no Facebook após a derrota frente ao Atlético Madrid, na 1.ª mão dos quartos-de-final da Liga Europa.

Na altura, André Geraldes e o treinador Jorge Jesus tentavam retirar a todo o custo os processos aos jogadores, contra a vontade do presidente do Sporting, para depois ser marcada uma reunião com todo o plantel. Após muita insistência com Bruno de Carvalho, o à data líder dos verdes e brancos acedeu à proposta e foi então combinado um encontro com os jogadores, para debater e sanar todo o problema. As expressões "para cima dos jogadores" e "quem manda" surgem no contexto desse encontro e a uma tomada de posição por parte da estrutura em relação ao plantel, que como se sabe se manifestou contra a atitude de BdC de suspender o grupo de trabalho. Em causa não estava um ‘apertão’ por parte dos adeptos aos jogadores.

Autores: Alexandre Moita e Vítor Almeida Gonçalves

Record

Plano da cofina: lança as suspeitas em manchete no jornal cm que é o mais vendido do país, faz um programa baseado em falsas informações na cmtv e depois usa no dia seguinte o record para desmentir as notícias num canto do jornal ou numa pequena notícia no site... entretanto a propaganda está feita, foi assim com as dividas a fornecedores e agora com os sms de BdC com Geraldes. O record vem agora dizer que as sms não tem nada a ver com o ataque a alcochete. Que vergonha :inde:

Citar
As mensagens que André Geraldes, à data ‘team manager’ dos leões, enviou a Bruno de Carvalho, que continham as expressões "para cima dos jogadores" e "quem manda", não estão relacionadas com o ataque a Alcochete. Fonte próxima do processo esclareceu ao nosso jornal que estas expressões, referidas nas comunicações entre os dirigentes, dizem respeito a um momento que se seguiu aos processos de suspensão dos jogadores, anunciados por Bruno de Carvalho no Facebook após a derrota frente ao Atlético Madrid, na 1.ª mão dos quartos-de-final da Liga Europa.

Na altura, André Geraldes e o treinador Jorge Jesus tentavam retirar a todo o custo os processos aos jogadores, contra a vontade do presidente do Sporting, para depois ser marcada uma reunião com todo o plantel. Após muita insistência com Bruno de Carvalho, o à data líder dos verdes e brancos acedeu à proposta e foi então combinado um encontro com os jogadores, para debater e sanar todo o problema. As expressões "para cima dos jogadores" e "quem manda" surgem no contexto desse encontro e a uma tomada de posição por parte da estrutura em relação ao plantel, que como se sabe se manifestou contra a atitude de BdC de suspender o grupo de trabalho. Em causa não estava um ‘apertão’ por parte dos adeptos aos jogadores.

Autores: Alexandre Moita e Vítor Almeida Gonçalves

Record


E resulta.Nem é preciso recorrer àqueles que estão pouco atentos ao que se passa e apenas se guiam por aquilo qua aparece nos jornais para verificar isso.Basta ver o que se passa aqui no fórum, atiram-se as pedras e depois esconde-se a mão...


Citar
É tempo de definições, e eu, como pessoa frontal que sempre fui, devo dizer-vos meus amigos, com muita tristeza e com o coração apertado - porque significa desconectar-me definitivamente de alguém em quem acreditei convictamente até há muito pouco tempo - mas, sem que me reste alternativa, que retiro em absoluto o meu apoio à candidatura do Dr. Bruno de Carvalho à Presidência do SCP.

Esta dificílima decisão, até pela muita simpatia que tenho pelo Bruno e a sua fantástica família, é dolorosa, mas assenta em várias circunstâncias que na minha opinião são bastante graves (quanto mais não seja ética, valorativa e moralmente indignas…) com as quais não posso concordar, em homenagem aos princípios que os senhores meus pais me incutiram e aos valores que me norteiam enquanto jurista e ser humano.

Peço que respeitem a minha decisão, recordando-vos que ninguém mais do que eu apoiou, com prejuízo próprio (até social e profissionalmente falando) o Dr. Bruno de Carvalho na pior fase da sua Presidência, assumindo em boa-fé e consciência jurídica impoluta, a presidência duma comissão que permitisse, em nome do Conselho Directivo, salvaguardar os interesses do SCP numa fase singularmente conturbada da sua existência.

Um abraço Bruno,
Um abraço a todos
E um até sempre SCP

SL

Isto que o cm esta a fazer deve ser único no mundo.
Acusações do mais grave que existe e desmentidos no dia seguinte em pequeno.
Nunca vi algo na vida parecido.
Inédito.
Por ti contra tudo e todos!
Não o vão deixar ir a eleições.
"Queremos um Clube tão grande como os maiores da Europa"
Projecto pessoal sobre o Football Manager
Não o vão deixar ir a eleições.
Irá chegar o dia em que estes ditadores de opinião pagarão por tudo o que fizeram e continuam a fazer!
Esse dia chegará!


Citar
É tempo de definições, e eu, como pessoa frontal que sempre fui, devo dizer-vos meus amigos, com muita tristeza e com o coração apertado - porque significa desconectar-me definitivamente de alguém em quem acreditei convictamente até há muito pouco tempo - mas, sem que me reste alternativa, que retiro em absoluto o meu apoio à candidatura do Dr. Bruno de Carvalho à Presidência do SCP.

Esta dificílima decisão, até pela muita simpatia que tenho pelo Bruno e a sua fantástica família, é dolorosa, mas assenta em várias circunstâncias que na minha opinião são bastante graves (quanto mais não seja ética, valorativa e moralmente indignas…) com as quais não posso concordar, em homenagem aos princípios que os senhores meus pais me incutiram e aos valores que me norteiam enquanto jurista e ser humano.

Peço que respeitem a minha decisão, recordando-vos que ninguém mais do que eu apoiou, com prejuízo próprio (até social e profissionalmente falando) o Dr. Bruno de Carvalho na pior fase da sua Presidência, assumindo em boa-fé e consciência jurídica impoluta, a presidência duma comissão que permitisse, em nome do Conselho Directivo, salvaguardar os interesses do SCP numa fase singularmente conturbada da sua existência.

Um abraço Bruno,
Um abraço a todos
E um até sempre SCP

SL


quem é esse ?

Já vi, foi a Elsa Judas

que se esperava ? Desde o Inicio que se viu que era uma pessoa que gosta de Vela
« Última modificação: Julho 14, 2018, 11:53 am por pozzani »
Advogado BdC



"A maciça campanha do porno-jornalismo dos placards de bordéis, somada a outras manifestações de indigência, que também se apresentam como “imprensa”, ”informação televisiva”, ou no plano mais geral, "comunicação social", repercutindo ainda nas redes sociais – única relevância plausível de tais fenómenos – faz da apresentação de Bruno de Carvalho a eleições o único modo de tornar claras as coisas.

Entre as coisas que importa deixar claras está, evidentemente, a circunscrição do relevo que tenham os boletins de bordéis, na única função que lhes cabe e se lhes reconhece: publicitar, quotidianamente, com aparente protecção funcional pela passividade do Ministério Público – e em violação das obrigações do Estado, fixadas por convenção internacional – os proxenetas que pagam às publicações certas. Os outros “jornalismos”, têm a sua relevância esclarecida. A insolvência. Apresentam-se portanto, uns e outros, entre os cardumes de piranhas à procura dos seus bocados de carne.

Felizmente há ainda sector público da Comunicação Social...

A prosperidade reconstruida de um clube, antes exangue, mobiliza a avidez incontível dos falidos, a fúria revanchista dos ineptos, a morbidez dos especuladores, nas mil formas de conspiração dos “viscondes”.

O presidente da Direcção, pretensamente processado por pretensa comissão de inimigos – que antes ostentaram, na praça da jorna da imprensa insolvente, a disponibilidade para a tarefa de executores da corda – pretensamente destituído, sem defesa, por deliberação aparentemente nula em Assembleia-Geral (coisa a esclarecer judicialmente, porque, ao menos formalmente, ainda há tribunais) apresenta-se com a autoridade do trabalho feito, à reafirmação clarificante do voto. 
   
E de novo bramam os boletins de proxenetas, visando erguer as respectivas clientelas. Querem impedir-lhe a candidatura.

É preciso explicar aos “viscondes” tudo desde o princípio.

Começando talvez pelo facto de não haver “viscondes”. Todas as dignidades nobiliárquicas caducaram – e por indignidade – nos sucessivos momentos em que dois reis foram assassinados (Luis Filipe foi sucessor por instantes ) sem outra defesa além do cocheiro, que não era visconde mas soube enfiar a carruagem no arsenal da marinha, poupando duas vidas. Ainda assim, Manuel foi deposto. Esses “viscondes” são nados-mortos. Sabem apenas reproduzir a morte e fazem-no quanto a tudo aquilo em que lhes consentirem tocar.

É lícito consentir-lhes que se apropriem de um clube popular, reerguido pelo trabalho alheio? Olhem lá para o belo friso das “comissões”...

E respondam as urnas. Sendo isso possível, porque a clareza não é realmente desejada pelos “viscondes”.

Neste aspecto, BdC nunca desilude: ele não se rodeia de gente moderada.  :mrgreen:

Apesar de tudo, tenho pena que ele não tenha o discernimento para desacelerar e ter uma intervenção mais ponderada.

Ainda há um par de dias ele dizia que tinha aprendido, certo?


Como assim, desacelerar ?
Agora um advogado também já não pode ter opinião, ainda para mais sobre o jornalixo ?
Nem o Luis Paulo Rodrigues ?

Ou foi o BdC que disse/fez alguma coisa entretanto ? ( Penso que não )

Penso que os posts desse senhor são excelentes. ( Vejam os anteriores ^^ )
Melhor ainda.
Um texto destes, passar pelo "filtro" do público alvo do Verborreio da Manha, fica complicado, pois estão habituados a coisas do mais básico que há.

Acredita que esse advogado mexe-se bastante bem, e tem bastantes conhecimentos em vários Meios.
Inclusivé, há vários processos e queixas ( de várias pessoas, não só dele ) a dar entrada nos Tribunais.
Segunda feira, parece que seguem mais 2 ou 3.

Eu acho o post de topo, inclusivé a "forma" como é passado o "conteúdo".

Enough is enough ( relativamente à Intoxicação Social )

EDIT - Typos

É complicado perceber a dinâmica do contexto actual, certo? So assim se explica que tenhas tentado justificar o conteúdo da tal mensagem, sem teres percebido que o comentário que fiz vai noutro sentido.

BdC ter razão ou não, já lá vai. Uma vezes teve, outras vezes não teve nenhuma.

O que nunca muda, tenha razão ou não, é o teor e a agressividade de cada palavra. E, nos últimos tempos, ele tem-se rodeado de gente assim que, ao invés de o fazer perceber que está a remar contra uma maré mais forte do que ele, o incentiva a cometer erro atrás de erro, por motivos de formalismo egocêntrico.

Não, ele não aprendeu nada. Ele quer cantar ao ouvido dos eleitores que o destituíram, tal e qual as Tágides o faziam aos marinheiros que passavam, para poder voltar a fazer o mesmo.

A culpa dos últimos meses não é da CS. A culpa das CTMAG não é da CS. A culpa do "hoje é assim e amanhã é assado" não é da CS. A culpa do "se não me fazem a vontade é porque não me querem e, sendo assim, vou-me embora" não foi da CS.

Há uma altura em que é preciso parar para pensar e mudar o método.
"Players lose you games, not tactics. There's so much crap talked about tactics by people who barely know how to win at dominoes." - Brian Clough

"He is a perfect illustration of my constant theme about assembling a team of imperfect players who compliment each other perfectly. Unless he is surrounded by team mates who recognise his strenghts and cover for his weaknesses, his special goal scoring ability will go largely untapped. He needs to to be in the right place at the right time!" - Bob Paisley on John Wark
Esse e o problema, e que tu acreditas que estao todos de boa vontade.
Sabes quanto patrimonio do clube eu vi ser vendido com a aprovacao de 75% dos socios?
Sabes o que aconteceu aos terrenos do metro que iam da porta do antigo estadio ate onde esta hoje a estacao do Campo Grande?
Nem me vou alongar mais, apenas te peco que nao deixes a raiva a BdC, toldar-te o pensamento e o sentido critico.
Peace
Bom Fim de Semana, como ja aqui expliquei Sabados e Domingos e para a familia (nao e que vcs nao sejam tb), mas preciso mesmo de limpar a cabeca.

Por acaso não foi com 75%, isso foi chumbado, o que mais tarde foi aprovado foi passar a decisão para o CL, orgão social entretanto já extinto.

Wtf... qual era o argumento para se fazer uma coisa dessas?


Depois da 1ª AG o Soares Franco convocou eleições com isso no programa, como o opositor, Abrantes Mendes, defendia o contrário, ao ganhar o SF ficou mais ou menos estabelecido para todos que a maioria estava a favor. Depois na AG até se conseguiu os 75%, com uma AG com muitos poucos sócios, mas para passar a decisão para o CL.

Hoje em dia ninguém vai vender património, a memória colectiva ainda tem essa banhada bem presente. Daqui a 10/20 anos talvez. Até lá não. Quanto muito vende-se a Academia para construir outra mais acessível mas isso é decisão só da Administração da SAD, mas vender a Academia só por vender ninguém se atreve.

É só venderem a história como fizeram para a destituição, criam um cenário miserabilista e convencem o clube dos 71, como alguns dos outros 29 saírem não será muito difícil… Não foi desta forma que aconteceu com a Alvaláxia, o Edificio e os terrenos no tempo dos croquetes?

Ou então fazem o choradinho que nem de casa conseguem sair e se demitem... :shifty: