LIGA NOS 2018/19

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Bem o mapa de equipas para a próxima época é só ridículo como mostram aqui:



Só as regiões do Minho, Beira Litoral, Estremadura e Algarve estão representadas.

Alentejo, Ribatejo, Trás-os-Montes e Beira Interior sem um único clube na primeira.

Gostava de uma Liga com os históricos Académica, Beira-Mar, União de Leiria e Estoril, por exemplo. Também gosto do Chaves.
A Liga agora está boa é para o FCP. Praticamente não têm deslocações longas.

Já não estamos nos anos 70. O país é pequeno e tem boas ligações viárias. O eixo Porto-Braga está apenas a 3:00-3:30 de distância. Os voos para os Açores e para a Madeira não são nada de especial: um pouco menos de 2 horas para o Funchal e umas 2:30 para Ponta Delgada. Qualquer equipa em Espanha ou Itália faz muito mais quilómetros do que as portugueses. E nem pensemos em países com o tamanho de continentes, como a Rússia ou os EUA. Em suma, é irrelevante e mais ainda para um clube da nossa dimensão.

Por outro lado, somos um clube nacional, pelo que não importa muito onde joguemos - encontraremos sempre sportinguistas locais. Se jogamos mais vezes a norte, é bom para os sportinguistas do norte, que poderão ver a equipa ao vivo mais vezes. Quem vive em Lisboa ou perto já tem 17 oportunidades por ano + competições europeias. 

Quanto à concentração de clubes no Norte. Não há (nem deve haver) quotas por regiões. E não é novidade para ninguém que o futebol na zona Porto-Braga-Aveiro, tanto a nível distrital como de II B, é mais competitivo do que no resto do país. Há mais ligação do tecido económico local e há maior ligação da população aos clubes. Pode ser ilusão de ótica. mas vejo muito mais apoio às equipas locais no norte do que no sul, tanto na II Liga como na II B. Claro que na I Liga (e até já na II Liga), os horários marados dos jogos afastam muita gente. Mas ainda assim...

A subida do Famalicão e do Paços à I Divisão foi tranquila, sendo muito superiores aos adversários mais próximos. O Famalicão já tinha um projeto de subida à I divisão há muito e o Paços é um clube de primeira divisão a quem lhe aconteceu um acidente na época passada. Duvido que algum deles desça para o ano.

Aliás, não me espantava nada que o predomínio do norte se acentuasse ainda mais nos próximos anos. O Vitória FC é um clube em crise permanente há pelo menos 30 anos, o Belenenses é o caos que sabemos (clube no Distrital e SAD sem raízes, que qualquer dia se vai alojar noutro sítio qualquer) e o Portimonense distingue-se pouco de uma série de clubes que luta para não descer. Se estes forem caindo, resta quem? O Estoril e talvez um ou outro clube algarvio - sendo que o historial recente do Farense é ser um iô-iô entre a II e a II B e o Olhanense rebentou após a sua última passagem pela I Divisão.

O resto são memórias mais ou menos distantes. Não estou a ver um Estrela da Amadora (renascido), um Barreirense, um Atlético, um Oriental ou um Torreense a terem condições para voltarem alguma vez à I Divisão. E as experiencias mais recentes, já com dinheiro estrangeiro por trás - Cova da Piedade, Real Massamá, Mafra - parecem ter como teto a luta pela sobrevivência na II Liga.
Se tirarmos o Tondela, o Portimonense e as equipas das ilhas tudo o resto está concentrado em duas zonas, a de Lisboa e a do Porto/Minho.

Eu acredito que existe cartel e estas equipas se ajudam umas às outras.
não será onde está localizado o dinheiro?

sendo que no norte as pessoas são mt mais aguerridas, daí haver mais equipas
Tem tudo haver com dinheiro....
A zona do minho donde são grande parte desses clubes é das mais ricas do país. Nomeadamente em termos industriais....
Por exemplo no alto minho não tens nenhuma equipa.
Abel continua no Braga. Não tava à espera que continuasse.
 Boas notícias a manutenção do nojento abel no braguilha, é da maneira que esse clube não conta para nada na próxima época.
Carlos Carvalhal é o novo treinador do Rio Ave
Carlos Carvalhal é o novo treinador do Rio Ave

 :o

Boa escolha.
Carlos Carvalhal é o novo treinador do Rio Ave

 :o

Boa escolha.

???? Muito boa escolha. Quem nos dera.
Júlio Mendes demite-se. Vai para a Liga? É isso?

Ou vai deixar uma herança pesada para o que se segue..?
Our culture is not for sale..! Sporting Sempre
Crise em Guimaraes com o presidente e direçao a demitirem-se
"Eu posso não ter escrito SPORTINGUISTA na testa mas tenho no coração"

Lloris; Pavard, Varane, Umtiti, Hernández; Kanté, Pogba, Matuidi; Mbappé, Griezmann, Giroud; Tolisso, N'Zonzi, Fekir - Merci (15/07/2018, Moscou)
O problema da crise no Vitória é Exigência vs Capital.

Os adeptos exigem mais e o presidente acha que não é possível fazer mais sem mais investimento do investidor, que por sua vez não aceita investir mais sem mandar mais, que por sua vez, na ultima AG, essa "diminuição" de poderes do clube na SAD foi chumbada pelos adeptos...
GUIMARÃES 2012 - A cultura do mundo numa só cidade...
www.sportingateamorte.blogspot.com
Problema em Guimarães são os adeptos...

Quanto mais tem mais insatisfeitos estão.
Alias os adeptos em Guimarães sempre prejudicaram mais o clube do que dão ao clube.

Eu sou de Guimarães conheço muito bem aquilo.
Problema em Guimarães são os adeptos...

Quanto mais tem mais insatisfeitos estão.
Alias os adeptos em Guimarães sempre prejudicaram mais o clube do que dão ao clube.

Eu sou de Guimarães conheço muito bem aquilo.
Mas em Guimarães não são todos do Vitória? Tenho ideia que #aquiesovitoria
Eu sou de Guimarães e tenho vários amigos sócios e adeptos ferrenhos do Vitória. O que eu acho que está a acontecer, ou pelo menos estava, é uma clara divisão dos adeptos no que toca a direcções e à forma de gerir o clube, um pouco à imagem do que acontece connosco neste momento. Júlio Mendes não agravada a muita gente, eu acho que devia estar quase 50%-50%, e vamos ver se agora entra alguém que volte a unir as tropas em torno da causa VSC. Bastava ir uma noite qualquer para um café em Guimarães ver um jogo de futebol e não demorava muito até começar a discussão entre vitorianos sobre o clube, por isso chegou a um ponto que esta guerrilha constante tirou margem à direcção que entrtanto se demitiu.
« Última modificação: Maio 29, 2019, 12:36 pm por PiniGoooL »
Sócio 139980-8
Nao encontrei topico sobre a Supertaça e como andei no excel...

Em anexo os palmares da Supertaça, Sporting 8 vitórias e apenas 1 derrota. :)
« Última modificação: Maio 29, 2019, 14:23 pm por jcsc »
#SPORTINGsempre
#OSportingÉoNossoGrandeAmor
Em Alvalade todos de verde!
Já há datas para as jornadas do campeonato, taça, taça da liga, etc...

https://www.ligaportugal.pt/media/20565/comunicado-oficial-280.pdf
« Última modificação: Maio 30, 2019, 12:14 pm por jcsc »
#SPORTINGsempre
#OSportingÉoNossoGrandeAmor
Em Alvalade todos de verde!
Eu sou de Guimarães e tenho vários amigos sócios e adeptos ferrenhos do Vitória. O que eu acho que está a acontecer, ou pelo menos estava, é uma clara divisão dos adeptos no que toca a direcções e à forma de gerir o clube, um pouco à imagem do que acontece connosco neste momento. Júlio Mendes não agravada a muita gente, eu acho que devia estar quase 50%-50%, e vamos ver se agora entra alguém que volte a unir as tropas em torno da causa VSC. Bastava ir uma noite qualquer para um café em Guimarães ver um jogo de futebol e não demorava muito até começar a discussão entre vitorianos sobre o clube, por isso chegou a um ponto que esta guerrilha constante tirou margem à direcção que entrtanto se demitiu.

O Vitória, pelo menos nos últimos 20 anos, assemelha-se muito ao Sporting (cada um à sua escala)... Épocas inconstantes, fracassos desportivos sucessivos, instabilidade directiva, dificuldades financeiras, invasões aos centros de treino, adeptos a criticar presidentes em pleno estádio, facções dentro do clube, constantemente ultrapassados pelos rivais...

Se olharmos aos últimos 15 anos e às 5 principais equipas da liga...
fcp - 1 Presidente;
slb - 1 Presidente;
scb - 1 Presidente;
vsc - 3 Presidentes (vai para o 4º);
SPORTING - 5 Presidentes;

GUIMARÃES 2012 - A cultura do mundo numa só cidade...
www.sportingateamorte.blogspot.com
Eu sou de Guimarães e tenho vários amigos sócios e adeptos ferrenhos do Vitória. O que eu acho que está a acontecer, ou pelo menos estava, é uma clara divisão dos adeptos no que toca a direcções e à forma de gerir o clube, um pouco à imagem do que acontece connosco neste momento. Júlio Mendes não agravada a muita gente, eu acho que devia estar quase 50%-50%, e vamos ver se agora entra alguém que volte a unir as tropas em torno da causa VSC. Bastava ir uma noite qualquer para um café em Guimarães ver um jogo de futebol e não demorava muito até começar a discussão entre vitorianos sobre o clube, por isso chegou a um ponto que esta guerrilha constante tirou margem à direcção que entrtanto se demitiu.

O Vitória, pelo menos nos últimos 20 anos, assemelha-se muito ao Sporting (cada um à sua escala)... Épocas inconstantes, fracassos desportivos sucessivos, instabilidade directiva, dificuldades financeiras, invasões aos centros de treino, adeptos a criticar presidentes em pleno estádio, facções dentro do clube, constantemente ultrapassados pelos rivais...

Se olharmos aos últimos 15 anos e às 5 principais equipas da liga...
fcp - 1 Presidente;
slb - 1 Presidente;
scb - 1 Presidente;
vsc - 3 Presidentes (vai para o 4º);
SPORTING - 5 Presidentes;




Espero que tal como nós, eles também tenham a sorte de encontar o seu "BdC" , e se esse dia chegar que aproveitem mais e melhor do que nós fizemos. Seria bom para o campeonato e seria bom para a região.
Sócio 139980-8