Liga dos Campeões 2018/19

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

 @Dr.McAwesome, o Son. Partindo do princípio que o Harry Kane podia jogar. 
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
 @Dr.McAwesome, o Son. Partindo do princípio que o Harry Kane podia jogar.

A sério? Son para mim era completamente indiscutível. Seria entre kane ou lucas. Nao consigo criticar o poch, afinal de contas, é o kane...
A sério? Son para mim era completamente indiscutível. Seria entre kane ou lucas. Nao consigo criticar o poch, afinal de contas, é o kane...

 O Harry Kane a estar disponível tem que jogar, é o melhor jogador da equipa e um líder em campo. Quanto ao Son, caiu um bocado de forma nas últimas semanas e como o Dele Alli é importante no equilíbrio da equipa, seria o sul-coreano a sair do XI. Era simplesmente aproveitar a vantagem emocional que o jogador possuía, mais que uma decisão técnica e táctica. Ficavam na mesma com um excelente jogador para mexer no jogo. Foi o único grande erro que aponto ao Pochettino, além da falta de objectividade do Tottenham que os vem acompanhando desde Março.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
A final mais sonolenta dos últimos tempos. O Tottenham merecia mais pelo que fez na segunda parte.
Liverpool marca muito cedo e com sorte à mistura (Sissoko claramente a fazer sinal para um colega ocupar o espaço) e depois faz aquilo que fez este ano e que caracteriza esta mudança de estilo do Klopp. O Liverpool de ano passado ia continuar a carrega, o deste simplesmente congelou o jogo.

Tottenham sem arte nem engenho para furar a defesa do Liverpool.

Jogo claramente condicionado pelo que aconteceu aos 30 segundos, é difícil dizer se foi justo ou injusto mas o resultado aceita-se porque o Liverpool esteve sempre no controlo. 1-0 seria mais fiel à realidade. Penalty também se aceita mas eu não marcaria

Jogão do Son. Deu-me pena por ele. Eriksen simplesmente horrível, tal como o Alli.

Sporting good
Dream Team Summer 19: Renan, Rosier, Coates, Mathieu, Acuña, Battaglia, Wendel, Robertone, Raphinha, Camacho, Bas Bost
Vamos ser campeões manos
Xiiii tanto cabeçudo :dance: :boohoo:

Isto é a morte do artista. É uma versão melhorada do Torsiglieri, mas para um Sporting campeão não chega.

"All the people that was rooting on me to fail, at the end of the day they have to wake up tomorrow and have the same life that they had before they woke up today," James said. | "Lebron is not as good as Michael Jordan ? C´mon! Lebron is in a class by himself!" O.Robertson said.
A final mais sonolenta dos últimos tempos. O Tottenham merecia mais pelo que fez na segunda parte.

Vou deixar só isto.

Tottenham ou Ajax teriam sido sempre presas fáceis, especialmente para predadores como Liverpool ou Barça, caso tivessem seguido em frente. Estamos a falar de realidades completamente díspares, em termos de qualidade do plantel e experiência nestas andanças. Se há coisa que não se deve subestimar, é o calo de quem é assíduo nas grandes decisões. Faz um mundo de diferença.

Quem se apurar para a final, na eliminatória entre Barça e Liverpool, vai ser campeão com relativa facilidade.

Não.

#teamAjax

Quem se apurar para a final, na eliminatória entre Barça e Liverpool, vai ser campeão com relativa facilidade.

 :rotfl:

Tottenham e Ajax são carne para canhão, para dois portentos como Barça e Liverpool. São histórias bonitas, mas é isso. Então se apanham o Barça, uma equipa recheada de gajos batidos nestas andanças, o jogo fica resolvido ao intervalo.

Tu ris, mas devo ter sido o único, ou dos únicos, que apostou na vitória do Ajax contra o Real Madrid. Um post acima, literalmente, a tua aposta foi Real Madrid. Portanto, a fé não era muita.

Schalke 04 - Manchester City
Manchester United - PSG
Lyon - Barcelona
Ajax - Real Madrid
Atl. Madrid - Juventus
Totenham - Dortmund
Roma - Porto
Liverpool - Bayern

Passam estes.

O Simeone vai dar a bola à Juve. Vai ser delicioso ver o Matuidi e Bentancur a criar cenas ... ❤️


pelo ajax nao dava 2 tostões, é verdade. mas ando a dizer desde dezembro q os spurs ganham isto

Os Spurs e o Ajax estão para a Champions este ano, como o Liverpool esteve para a Champions no último: equipas que se agigantaram (o caso do Ajax, sobretudo, é quase surreal) e que, por força de vários imponderáveis que foram caíndo a seu favor, acabaram por chegar longe. Nenhuma destas equipas, aposto ja com um ano de antecedência, vai repetir a mesma trajectória no ano que vem.

O caso do Liverpool era diferente, percebia-se que havia lá uma base que podia crescer e catapultar a equipa para o patamar em que está agora (a disputar Campeonato + Champions). No entanto, ainda não tinham nem perto do pedigree do Real Madrid, que ganhou sem ter que ser suar muito (de todas as finais da Champions, foi de longe a mais acessível).

Hoje sim, o Liverpool tem arcaboiço para estas andanças, e o Barcelona é o Barcelona, não é preciso falar muito mais. É uma diferença abissal, não só em termos de qualidade de jogo, mas também de estaleca. O medo cénico é real. E só quem é habituê nestas andanças é que o consegue controlar.

Vou-me citar novamente, desta vez à minha antevisão do Real Madrid - Liverpool do último ano (o meu raciocínio é o mesmo):

Citar
Objectivamente, o Liverpool é a pior equipa em anos a chegar a uma final da Champions. A sua grande arma é o trio da frente, mas olhar para o meio-campo do Real, e depois olhar para o Henderson, o Wijnaldum e o Milner, é uma brincadeira. A não ser que os 3 da frente se multipliquem, eu não estou a ver em que mundo é que o Liverpool tem capacidade de ir mudando a sua cara consoante os diferentes momentos do jogo.

O Real tem uma vantagem gigante no sector do campo onde se ganham jogos. E o Ronaldo e o Benzema lá na frente, são um mismatch brutal para um Lovren que deve tanto à agilidade (e porque não ao intelecto). A linha defensiva no seu todo não é muito forte, e não é novidade para ninguém vê-los a cometer erros de palmatória. Aliás, até é bastante normal.

Vou dizer que o Real só não ganha se não quiser, porque mesmo sofrendo algum golo, reúne todos os ingredientes para assumir o jogo desde cedo, e ganhá-lo. Esta equipa, honra lhe seja feita, consegue despir e vestir diferentes fatos diversas vezes durante o mesmo jogo.

E tem individualidades que o Liverpool só encontra no Salah ... como se já não fosse underdog o suficiente.

https://www.forumscp.com/index.php?topic=68338.1880


O que eu pensava do Liverpool, é o que eu penso, em certa medida, do Tottenham e Ajax.
Isto é a morte do artista. É uma versão melhorada do Torsiglieri, mas para um Sporting campeão não chega.

"All the people that was rooting on me to fail, at the end of the day they have to wake up tomorrow and have the same life that they had before they woke up today," James said. | "Lebron is not as good as Michael Jordan ? C´mon! Lebron is in a class by himself!" O.Robertson said.
 Vou entrar na wave: Virgil van Dijk para ganhar a Ballon D'Or.

 A vitória do Luka Modric abriu um novo paradigma da competição do maior troféu individual. É justo que este ano se premeie o jogador mais coeso, mais consistente e que deu imensa qualidade ao jogo colectivo. O central holandês está em grande forma, é o melhor de momento e seria um prémio justo.

 Foi o melhor jogador da final da Champions, foi o melhor jogador da Premier League e ainda temos a Taça da Liga das Nações.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Feliz pelo Klopp, já merecia uma destas. É a consagração do melhor técnico da actualidade.

Infelizmente não pude ver a final, mas verdade seja dita pelo que leio aqui e no twitter esteve longe de ser uma final emocionante ou bem jogada (tivemos duas das melhores meias finais de sempre em troca por uma final morna parece-me).
Sim, depois das  eliminatórias melhores dos últimos anos(começa na reviravolta do Ronaldo contra o Atlético e termina nas meias finais), a final destoou um pouco, mas não foi um jogo mau.

Nos últimos anos lembro-me da final em Lisboa como das mais "emocionantes" a  penso que todas as outras foram mais ou menos "mornas". 
there's someone in my head but it's not me.
O golo logo a abrir "matou" o espectáculo.

O Liverpool pôde jogar da forma que mais gosta e onde é letal (contra ataque) mas o Tottenham, sabendo dessa força do adversário, nada arriscou.

Acaba por ser uma vitória justa da melhor equipa e fico contente pelo Klopp que já merecia esta conquista.