O maior ataque de sempre ao Sporting Clube de Portugal

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

100% de acordo!
Excelente publicação.

Cinco anos. Mais de setenta mil novos sócios. Um pavilhão. Modalidades competitivas e a conquistar troféus (inclusive europeus). Uma equipa de futebol. Repito: uma equipa de futebol. Durante vários anos não tivemos uma equipa de futebol: tivemos um conjunto de homens a pisarem um relvado com o objetivo de ficarem à frente do Braga. E a falharem esse objetivo. Problemas financeiros resolvidos. Contas com saldo positivo. Leonardo Jardim, Marco Silva e Jorge Jesus vs Paulo Sérgio, Vercauteren ou Paulo Bento. Bas Dost vs Tiui. Bruno Fernandes vs Labyad. Moutinho vendido por dez milhões vs João Mário por trinta milhões.

A memória é curta. E a comunicação social não se esquece do lugar onde quer ver o Sporting outra vez: em 6º, sem conseguir pagar contas da luz e com cada vez menos sócios. No fundo, querem-nos sossegadinhos. Sem estrebuchar. A criar talentos para os outros. Há cinco anos não se falava durante 24h do Sporting, do seu presidente, dos seus jogadores. E quando se falava, era num misto de repulsa, pena e compaixão. Coitado do Sporting, é um clube de totós e perdedores.

Isso mudou. Mas ninguém da comunicação social enalteceu o trabalho feito. Porque ninguém queria que as coisas mudassem. A mediocridade do Sporting era conveniente. A todos aqueles que não eram do Sporting e a alguns que fingiam ser do Sporting.

Por isso, não tenhamos dúvidas do seguinte: este é o maior ataque de sempre ao nosso clube. De sempre. É concertado, continuado e perverso. Concertado porque só alguém ingénuo acredita numa invasão à Academia no dia em que saem notícias de corrupção. Continuado porque em todos os canais e a todas as horas existem bocas a cuspir no presidente. Perverso porque é baseado em falsidades e tem apenas uma intenção: destruir.

Temos vários exemplos. Numa entrevista longa onde o presidente fala em várias coisas e critica de forma clara o ataque à Academia, pegam nas palavras “chato”, usadas não para classificar o ataque mas alguns telefonemas recebidos. Um jornal vem dizer que tem provas inequívocas sobre o Jorge Jesus saber do conluio entre Bruno de Carvalho e os invasores, contudo quando surge o desmentido por parte de Jorge Jesus, o jornal reafirma a veracidade do que foi escrito por causa das fontes. Porque uma fonte vale mais do que o ator principal da notícia. Surreal. Depois temos a recusa em jogar a final da Taça vs o não jogar a final da Taça; a NOS vai deixar o Sporting vs a NOS não vai fazer nada; o Bruno Fernandes está no Porto vs o Bruno Fernandes está em Lisboa.

A mentira é contínua. Inesgotável. A campanha de desinformação é de uma ordem nunca antes vista. E põe em causa TODOS os orgãos de comunicação social, no que diz respeito à sua imparcialidade e seriedade.

Bruno de Carvalho não é perfeito. Cometeu vários erros ao longo deste percurso. A incapacidade de gerir a crítica trouxe problemas ao Sporting. A incapacidade de trazer de volta ao clube os descontentes, de os seduzir em vez de entrar em confronto direto, trouxe problemas ao Sporting. A constante necessidade de se imiscuir no futebol trouxe problemas ao Sporting. A péssima gestão da comunicação trouxe problemas ao Sporting.

São vários problemas. Mas não foi Bruno de Carvalho que invadiu a academia. Conflitos entre jogadores e presidentes existem em vários clubes sem originar atos de terrorismo. Bruno de Carvalho também está longe do epicentro da suposta corrupção. Ao contrário da situação dos nossos clubes rivais. Um deles tem um presidente diretamente implicado em escutas e o outro em e-mails. Mas não lhes fizeram uma campanha durante dias a fio a exigir a demissão.

Por isso, o presidente não se deve demitir. Este presidente recuperou o Sporting em escassos cinco anos. Nem que seja apenas por isso, devemos-lhe o benefício da dúvida. E devemos, também, nunca mais comprar nenhum pasquim. Nunca mais. Boicote total aos jornais. Para sempre.

@Winston Smith
"O meu coração só tem uma cor: verde e branco."
Parabéns ao escritor dessas belas e nobres verdades que custam a entra nas cabeças duras de muitos ainda infelizmente....
Força Sporting
Não sou Sportinguista de Coração, porque esse um dia para...

Sou Sportinguista de Alma pois essa é Eterna!!
#feitodesporting
totalmente correto .... juntos somos mais fortes ... força Sporting
Em boa hora te levantaste do túmulo, @Winston Smith !
Bem haja!
@Winston Smith

Em total acordo ! É bom ver que ainda há sócios racionais no meio de toda esta desgraça...
Post do ano :venia:
Força Presidente Bruno de Carvalho estamos consigo :venia:

Enviado do meu Redmi 5 Plus através do Tapatalk

E por coincidência, após termos perdido a final da Taça desapareceram as 20h diárias de programas na TV sobre Sporting, bem como as dezenas de acusações que nos foram feitas.

A todos aqueles que se dizem Sportinguistas e que foram na conversa dos inimigos e CS e que contribuíram para alimentar o que já de si era difícil de combater só tenho isto para vos dizer, e que vem do fundo do coração:

Vão para o c*ralho.
“Um grande clube, tão grande como os maiores da Europa.”
I hear the lion's roar. Loud and clear.
Temos vários exemplos. Numa entrevista longa onde o presidente fala em várias coisas e critica de forma clara o ataque à Academia, pegam nas palavras “chato”, usadas não para classificar o ataque mas alguns telefonemas recebidos. Um jornal vem dizer que tem provas inequívocas sobre o Jorge Jesus saber do conluio entre Bruno de Carvalho e os invasores, contudo quando surge o desmentido por parte de Jorge Jesus, o jornal reafirma a veracidade do que foi escrito por causa das fontes. Porque uma fonte vale mais do que o ator principal da notícia. Surreal. Depois temos a recusa em jogar a final da Taça vs o não jogar a final da Taça; a NOS vai deixar o Sporting vs a NOS não vai fazer nada; o Bruno Fernandes está no Porto vs o Bruno Fernandes está em Lisboa.

A mentira é contínua. Inesgotável. A campanha de desinformação é de uma ordem nunca antes vista. E põe em causa TODOS os orgãos de comunicação social, no que diz respeito à sua imparcialidade e seriedade.

@Winston Smith

O que mais me assusta é esta avalanche de notícias falsas não ter consequência nenhuma. Como é isto possível?

Hoje é o Sporting, amanhã é um partido político, ou um simples indivíduo que pisou os calcanhares a um conjunto de pessoas com "poder". Esta vergonha não deve afectar apenas os Sportinguistas, é uma ameaça real a todos os portugueses.

Carissimo...esse "amanhã" que referes já aconteceu inúmeras vezes. Normalmente chamam maluquinhos da teoria da conspiraç~~ao a quem vê algumas dessas tramoias e vão continuando a alinhar a sociedade. Neste caso concreto espero que a sociedade Leonina não se deixe alinhar e pense por si.
O Sporting Somos Nós !!
Cinco anos. Mais de setenta mil novos sócios. Um pavilhão. Modalidades competitivas e a conquistar troféus (inclusive europeus). Uma equipa de futebol. Repito: uma equipa de futebol. Durante vários anos não tivemos uma equipa de futebol: tivemos um conjunto de homens a pisarem um relvado com o objetivo de ficarem à frente do Braga. E a falharem esse objetivo. Problemas financeiros resolvidos. Contas com saldo positivo. Leonardo Jardim, Marco Silva e Jorge Jesus vs Paulo Sérgio, Vercauteren ou Paulo Bento. Bas Dost vs Tiui. Bruno Fernandes vs Labyad. Moutinho vendido por dez milhões vs João Mário por trinta milhões.

A memória é curta. E a comunicação social não se esquece do lugar onde quer ver o Sporting outra vez: em 6º, sem conseguir pagar contas da luz e com cada vez menos sócios. No fundo, querem-nos sossegadinhos. Sem estrebuchar. A criar talentos para os outros. Há cinco anos não se falava durante 24h do Sporting, do seu presidente, dos seus jogadores. E quando se falava, era num misto de repulsa, pena e compaixão. Coitado do Sporting, é um clube de totós e perdedores.

Isso mudou. Mas ninguém da comunicação social enalteceu o trabalho feito. Porque ninguém queria que as coisas mudassem. A mediocridade do Sporting era conveniente. A todos aqueles que não eram do Sporting e a alguns que fingiam ser do Sporting.

Por isso, não tenhamos dúvidas do seguinte: este é o maior ataque de sempre ao nosso clube. De sempre. É concertado, continuado e perverso. Concertado porque só alguém ingénuo acredita numa invasão à Academia no dia em que saem notícias de corrupção. Continuado porque em todos os canais e a todas as horas existem bocas a cuspir no presidente. Perverso porque é baseado em falsidades e tem apenas uma intenção: destruir.

Temos vários exemplos. Numa entrevista longa onde o presidente fala em várias coisas e critica de forma clara o ataque à Academia, pegam nas palavras “chato”, usadas não para classificar o ataque mas alguns telefonemas recebidos. Um jornal vem dizer que tem provas inequívocas sobre o Jorge Jesus saber do conluio entre Bruno de Carvalho e os invasores, contudo quando surge o desmentido por parte de Jorge Jesus, o jornal reafirma a veracidade do que foi escrito por causa das fontes. Porque uma fonte vale mais do que o ator principal da notícia. Surreal. Depois temos a recusa em jogar a final da Taça vs o não jogar a final da Taça; a NOS vai deixar o Sporting vs a NOS não vai fazer nada; o Bruno Fernandes está no Porto vs o Bruno Fernandes está em Lisboa.

A mentira é contínua. Inesgotável. A campanha de desinformação é de uma ordem nunca antes vista. E põe em causa TODOS os orgãos de comunicação social, no que diz respeito à sua imparcialidade e seriedade.

Bruno de Carvalho não é perfeito. Cometeu vários erros ao longo deste percurso. A incapacidade de gerir a crítica trouxe problemas ao Sporting. A incapacidade de trazer de volta ao clube os descontentes, de os seduzir em vez de entrar em confronto direto, trouxe problemas ao Sporting. A constante necessidade de se imiscuir no futebol trouxe problemas ao Sporting. A péssima gestão da comunicação trouxe problemas ao Sporting.

São vários problemas. Mas não foi Bruno de Carvalho que invadiu a academia. Conflitos entre jogadores e presidentes existem em vários clubes sem originar atos de terrorismo. Bruno de Carvalho também está longe do epicentro da suposta corrupção. Ao contrário da situação dos nossos clubes rivais. Um deles tem um presidente diretamente implicado em escutas e o outro em e-mails. Mas não lhes fizeram uma campanha durante dias a fio a exigir a demissão.

Por isso, o presidente não se deve demitir. Este presidente recuperou o Sporting em escassos cinco anos. Nem que seja apenas por isso, devemos-lhe o benefício da dúvida. E devemos, também, nunca mais comprar nenhum pasquim. Nunca mais. Boicote total aos jornais. Para sempre.

@Winston Smith
vou usar o teu texto para postar no meu face, ok?
Para os que ainda duvidam do que se está a passar, abram os olhos. Leiam do princípio ao fim, vale a pena.

http://misterdocafe.blogspot.pt/
Esforço, dedicação, devoção e glória!!!
Sou dos que acha que cheira a esturro.

Tudo bem que a gestão pública dos assuntos internos do clube tem sido desastrosa, mas o timing concertado de notícias, investigações e opiniões paraquedistas é suspeito.

Não coloco as minhas mãos no fogo por quem não conheço, mas independentemente de membros do clube estarem ou não envolvidos em casos de corrupção, parece-me que o timing das denúncias serve simplesmente para criar a imagem de que todos os clubes cometem os mesmos crimes. Provavelmente, ilibam ou dão penas mais do que leves a tudo o que é crime relacionado com bola e amigos como dantes.

Por outro lado, sou também da opinião que este ciclo futebolístico (i.e., os últimos 5 anos ficaram muito a desejar independentemente de trafulhices alheias). No entanto, há que não esquecer onde o clube - e repito, o clube - estava há uns anos. E não foi por magia que passou de clube-chacota a uma instituição com património e personalidade.

Agora, a direcção colocou-se a jeito. O sangue começou a jorrar e os abutres apareceram todos. Querem à força toda que mandemos embora um presidente sem saber o que vem a seguir (alguém saberá). Sei que esta conversa é igual à dos Velhos do Restelo em 2011 aquando da candidatura de BdC (e admito que demorei a passar para o lado do actual presidente). Por isso, digo que está é uma óptima altura para surgir uma oposição construtiva. Sigamos um processo democrático com calma e consciência. Que haja debate de ideias. Que se pese o mérito de candidaturas. Tenho pouca esperança que aconteça e acho que vou acabar por ir às urnas votar em BdC para impedir um regresso da última dinastia. Mas gostava mesmo que começassem a surgir alternativas viáveis. Só fazia bem ao clube e até mesmo a BdC.

Para mim, o difícil vai ser distinguir os verdadeiros dos oportunistas. Para isso recorrerei como sempre ao fórum (que tem melhor memória que eu).

Resumindo, a CS está a fazer o papel que lhe pagam para fazer. O nosso papel enquanto sócios é o de não ir na conversa deles. Não tenhamos memória curta. Aproveitemos esta turbulência para sair mais fortes do outro lado.

É claro que cheira a esturro, então caía tudo esta semana? Está bem abelha, coincidências é nos filmes.
porque é que o Nuno não reage a a estes *** ? escreveu tanta m**** qd não era preciso e agora não reage?  porra não estou a perceber o que se está a passar
https://eco.pt/2018/05/22/acoes-do-sporting-disparam-10-e-anulam-perdas-provocadas-pela-crise-em-alcochete/

Ações do Sporting disparam 10% e anulam perdas provocadas pela crise em Alcochete
Rita Neto
10:47
10
As ações da SAD do Sporting estão a subir pela terceira sessão consecutiva, anulando na totalidade as perdas sofridas com a crise no clube, provocada pelos episódios de violência em Alcochete.
As ações da SAD do Sporting estão a subir pela terceira sessão consecutiva, anulando na totalidade as perdas sofridas com a crise no clube provocada pelos episódios de violência em Alcochete.

Os títulos, que negoceiam por chamada, fixaram esta manhã um preço de 0,825 euros, o que representa uma valorização de 10% face à cotação de fecho desta segunda-feira. Esta terça-feira, foram trocadas 10,5 mil ações, cerca de dez vezes mais do que a média diária do último semestre, que se fixou em 1.300 títulos.

O Sporting como epifenómeno

 Ler Mais

Na sequência dos últimos acontecimentos que envolveram o clube, os títulos chegaram a tocar um mínimo de 0,63 euros por ação. No entanto, com a notícia de que o clube teria entrada direta na fase de grupos da Liga Europa, as ações recuperaram e seguem em alta há três sessões consecutivas, acumulando uma valorização de 30% neste período. A entrada na Liga Europa, a confirmar-se, garantirá um encaixe de 2,6 milhões de euros.

Na terça-feira da semana passada, dia em que os jogadores foram agredidos em Alcochete, os títulos estavam a valer 0,76 euros. Desde aí, já recuperaram 8,5%.

Os órgãos sociais do clube estiveram reunidos no início desta semana, numa tentativa de encontrar uma saída para a crise que se instalou em Alvalade, depois dos episódios de violência na Academia de Alcochete. Está marcada uma nova reunião para esta quinta-feira.
Pessoal, a comunicação social vai continuar a ser o que é, e a representar os interesses que representa, seja para nos "martelar" a nós, seja para "bater forte e feio" em quem eles bem entenderem que lhes dá "canal" ou lhes belisca a sua esfera de influência.

Deixarmos de os ter em consideração, seja do modo que for, só nos fará estar em desvantagem competitiva.
É apenas e só deixarmos o flanco desprotegido... Se é que me faço entender. Deixamos de lhes comprar jornais, ou de os ler, ou de os ter em conta, mas eles vão continuar a estar lá, a plantar, a semear, para recolherem os seus frutos e dividendos.

A nossa estratégia tem de ser exactamente a contrária!
Temos é de ter uma estrutura de comunicação, que não só o presidente, para esbater os argumentos de um modo simples, cabal e eficaz... E alguém lhe meta de uma vez por todas na cabeça, que ele tem de se proteger. É perfeitamente lunático, termos o nosso general sempre na frente de combate, em todos os combates, seja qual for a frente!
Temos de ser metódicos...

Até a própria direcção de comunicação... Optar-se por não centrar toda a comunicação do clube, numa só pessoa. Desmultiplicar por diferentes elementos, por diferentes meios (facebook, site, comunicados, conferência de imprensa, comunicação social) a nossa informação, de modo a esbater o natural desgaste público.
O que importa é a nossa comunicação passar... Independentemente de quem a comunica!

Só assim para começar, metia-se um "rookie" que ninguém conheça, a desmarcará-los nas "fake news" da rescisão do contrato da NOS e da possível renovação do Coentrão (a ser verdade, claro)!
Protejam o presidente!!!

Sporting!!!
Esforço, Dedicação, Devoção e Glória!!!
« Última modificação: Maio 22, 2018, 11:58 am por SebulbaMahn »
Words... Words will always retain their power. Words offer the means to meaning, for those who will listen, the enuntiation of Truth!
Concordo 100% com que foi escrito.
Apesar de saber que o BDC tem falhas todos nós como ser humanos não somos perfeitos e mal ou bem este presidente acaba por ser melhor numa conjuntura de que outros que já tivemos.
Já sabíamos que ao mexer neste tacho cheio de aldrabices que é o futebol em portugal teríamos ataques de toda a gente,
e assim no futebol e na vida como tal continuo apoiar o BDC.
Mas só continuo a apoiar se aprendermos com os erros do passado e na próxima época mostrarmos essa diferença.
porque é que o Nuno não reage a a estes *** ? escreveu tanta m**** qd não era preciso e agora não reage?  porra não estou a perceber o que se está a passar
Também não percebo o que se passa com o Nuno Saraiva, desapareceu de um momento para o outro e se ele estivesse presente o BDC não tinha estado tão exposto a situações.