Boletim Clínico - 2018/2019

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Citar

BOLETIM CLÍNICO
Por Jornal Sporting
28 Abr, 2018
EQUIPA PRINCIPAL
Informações médicas do futebol profissional

O departamento médico do futebol profissional do Sporting Clube de Portugal, liderado pelo dr. Frederico Varandas, divulga as seguintes informações clínicas:

William Carvalho – lesão muscular na coxa esquerda (treino condicionado)

Daniel Podence – fractura de lisfranc do pé esquerdo (treino condicionado)

Bruno César – entorse do joelho direito (treino condicionado)

Rafael Leão – lesão muscular na face posterior da coxa esquerda (tratamento)

André Pinto – lesão muscular no recto anterior da coxa direita (tratamento)

Piccini - lesão muscular nos adutores da coxa esquerda (tratamento)

Jérémy Mathieu - lesão muscular nos gémeos da perna direita (tratamento)


http://www.sporting.pt/pt/noticias/futebol/equipa-principal/2018-04-28/boletim-clinico
« Última modificação: Agosto 31, 2018, 22:58 pm por Invictus »
Muitos problemas de lesões... para a próxima época espero que a rotação seja maior...
Gostava que algum paineleiro questionasse o JJ sobre isto!
Foi com isto que perdemos o campeonato... com a falta de gestão, com as lesões, com tanto jogador de fora...
Gostava que algum paineleiro questionasse o JJ sobre isto!
Foi com isto que perdemos o campeonato... com a falta de gestão, com as lesões, com tanto jogador de fora...

De facto, poderia e deveria ter havido uma maior rotação. De qualquer modo, há ali jogadores que não jogaram tanto tempo assim para terem lesões musculares - André Pinto, Leão.

Mathieu pela idade, Piccini por termos um lateral que é uma boa alternativa e William para se jogar de modo diferente, é caso para dizer, não havia necessidade.

Acuña está esgotado, valendo-nos um Ruiz com meia época de descanso.

Citar
OS CASOS CLÍNICOS DO LEÃO
Para lá de Piccini, Mathieu e William

André Pinto. Lesionou-se na coxa direita no Restelo, com o Belenenses, e não mais jogou desde então. Tem feito trabalho de recuperação e até é provável que se junte a Mathieu e Coates no lote de centrais disponíveis para o dérbi com o Benfica.

Bruno César. O brasileiro está parado desde o jogo em Chaves, onde fez um entorse no joelho direito que obrigou à sua saída ainda durante a primeira parte. Desde então tem feito trabalho de recuperação e também ginásio, aguardando agora indicação do corpo clínico para começar a fazer trabalho no relvado.

Rafael Leão. O avançado lesionou-se frente à Suíça, num jogo pela Seleção sub-21. Recupera da terceira lesão muscular da temporada e, por isso, neste momento tem feito um tipo de tratamento mais conservador. Esta semana, pode começar a efetuar trabalho de campo e ser opção no jogo com o Benfica.

Podence. Foi operado em fevereiro ao pé esquerdo, após sofrer uma fratura de Lisfranc. Está na fase final da recuperação e nem deve ser mais utilizado esta época, embora não seja de excluir a sua presença na Taça de Portugal, frente ao Aves, no Jamor, daqui a quase um mês. Por agora, Podence ainda não faz trabalho no relvado com o restante plantel leonino.

Record
Mais vale construir um hospital ***!
Uma clínica já não chega!
Citar
TRIO AINDA EM RECUPERAÇÃO
Bruno César, Rafael Leão e Podence em tratamento

Para além de Rúben Ribeiro, também Bruno César (entorse no joelho esquerdo), Rafael Leão (lesão muscular na coxa esquerda) e Podence (fratura no pé esquerdo) continuam entregues ao departamento clínico liderado por Frederico Varandas. Por esse motivo, este trio estará naturalmente de fora para o dérbi de amanhã.

Refira-se, no entanto, que o lote de lesionados ficou bastante mais ‘aliviado’ ao longo dos últimos dias. Em relação ao último boletim clínico divulgado pelos verdes e brancos, Piccini e William estão recuperados dos respetivos problemas físicos e desta forma aumentam o leque de opções de Jorge Jesus de forma determinante, visto tratarem-se de dois habituais titulares. Para além desta dupla, também os centrais Mathieu e André Pinto - não figuraram no último boletim clínico disponibilizado - apontam ao dérbi. Enquanto o primeiro deverá fazer dupla com Coates no eixo da defesa, o segundo será a alternativa.

Record
Citar

BOLETIM CLÍNICO
Por Sporting CP
13 maio, 2018
EQUIPA PRINCIPAL
Informações médicas do futebol profissional

O departamento clínico do futebol profissional, liderado pelo dr. Frederico Varandas, divulga as seguintes informações clínicas:

Bruno César – entorse do joelho direito; treino condicionado

Rafael Leão – lesão muscular na face posterior da coxa esquerda; treino condicionado

André Pinto – lesão muscular no recto anterior da coxa direita; treino condicionado


http://www.sporting.pt/pt/noticias/futebol/equipa-principal/2018-05-13/boletim-clinico
Citar

BOLETIM CLÍNICO
Por Jornal Sporting
19 maio, 2018
EQUIPA PRINCIPAL
Informações médicas do futebol profissional do Sporting CP

O departamento médico do futebol profissional do Sporting Clube de Portugal, liderado pelo dr. Frederico Varandas, divulga as seguintes informações clínicas:

Bruno César - entorse do joelho direito - treino condicionado

Rafael Leão - lesão muscular na face posterior da coxa esquerda - treino condicionado

André Pinto - lesão muscular no recto anterior da coxa direita - treino condicionado

Piccini- mialgia na face posterior da coxa direita - tratamentos

Doumbia - síndrome gripal


http://www.sporting.pt/pt/noticias/futebol/equipa-principal/2018-05-19/boletim-clinico
Citar

BOLETIM CLÍNICO
Por
31 Ago, 2018
EQUIPA PRINCIPAL
Informações médicas do futebol profissional

O departamento médico do futebol profissional do Sporting Clube de Portugal divulga as seguintes informações clínicas:

Bas Dost: treino condicionado. Sem condições para competir

Mathieu: tratamento  problema muscular na coxa esquerda

Wendel: tendinite no joelho direito

Viviano: inflamação no joelho esquerdo

 
https://www.sporting.pt/pt/noticias/futebol/equipa-principal/2018-08-31/boletim-clinico



Mathieu é para rir .........

SL


Mathieu é para rir .........

SL
Também ouvi dizer...

Acho que a ser verdade foram poucas.
"Tratamento - Problema muscular"

Sou Fisioterapeuta, trabalho no futebol ja faz vários anos, e posso dizer-vos que este boletim é uma verdadeira m**** (leia-se mentira), ou entao quem o escreveu é incompetente pa ***.

Chamem-me o que quiserem.
Citar
Viviano e Wendel OK
Paragem do campeonato permitiu ao departamento médico recuperar alguns jogadores

A paragem do campeonato permitiu ao departamento médico recuperar alguns jogadores que falharam o encontro com o Feirense por motivos físicos.

Viviano, segundo o último boletim clínico divulgado pelos leões, apresentava uma inflamação no joelho esquerdo, que entretanto foi debelada – resta agora saber se finalmente o internacional italiano terá a oportunidade de estrear-se em partidas oficiais. Já o médio brasileiro Wendel também recuperou de uma tendinite no joelho direito e, desta forma, alimenta igualmente a esperança de jogar no domingo.

Record

Citar

Raphinha é o quarto problema muscular da época
Sucessão de lesões

É a quarta vez esta temporada que um jogador do Sporting tem uma lesão muscular e é obrigado a parar. Primeiro foi Bas Dost, logo à segunda jornada diante do V. Setúbal, e depois Mathieu com o Qarabag. Ambos os jogadores estão afastados da competição desde então. Agora foi a vez de Raphinha, após uma sequência de 7 jogos a titular em 8 possíveis (o brasileiro apenas não entrou no onze em Poltava, jogando os últimos 20 minutos), mas pouco antes Wendel parou igualmente pelo mesmo motivo. O médio está no Brasil por razões pessoais.

Record
Citar

O Sporting e as lesões musculares: um problema que não é de agora

JOÃO PEDRO CORDEIRO

Terá a saída de Varandas do corpo clínico do Sporting alguma coisa a ver com a onda de lesões musculares no clube?

Primeiro foi Bas Dost, depois Jeremy Mathieu, seguiu-se Wendel e, agora, foi a vez de Raphinha ver confirmada uma lesão muscular que deixa o extremo brasileiro de fora do encontro do Sporting frente ao Loures a contar para a Taça de Portugal e, em princípio, também frente ao Arsenal em jogo a contar para a Liga Europa. Ao todo, no Sporting, são já quatro as lesões musculares sofridas esta temporada em poucas semanas de competição - Battaglia também falhou dois jogos do Sporting devido a complicações musculares - e há quem já relacione a questão com a saída de Frederico Varandas da liderança do corpo clínico dos Leões. Fomos tentar perceber se há alguma relação.

Caso Raphinha acabe mesmo por ficar de fora dos dois próximos encontros do Sporting devido à lesão muscular sofrida no passado domingo em Portimão, ascenderá a vinte o acumulado de partidas perdidas por jogadores do Sporting esta temporada devido a lesões musculares. Bas Dost, o primeiro a sofrer uma lesão do género esta temporada, falhou já oito jogos devido a lesão depois de ter sido substituído ao intervalo do encontro da segunda jornada que opôs o Sporting ao Vitória FC em Alvalade.

Jérémy Mathieu foi o nome que se seguiu, com o defesa central francês a já ter falhado sete jogos do Sporting esta temporada devido a lesões musculares. Primeiro na coxa da perna direita, lesão que afastou o central francês dos encontros frente ao Benfica e Feirense para a Liga e frente ao Marítimo para a Taça da Liga e, depois, após lesão sofrida no regresso aos relvados frente ao Qarabag, que obrigou Peseiro a substituir Mathieu aos 75 minutos. Desde então, devido a um problema no gémeo da perna esquerda, Mathieu já falhou quatro jogos dos leões (Vorskla Poltava para a Liga Europa, SC Braga, Marítimo e Portimonense para a Liga Portuguesa) naquela que é a sua segunda lesão muscular da temporada.

Seguiu-se Wendel, que falhou o primeiro treino do Sporting devido a lesão muscular a 19 de setembro, na altura, de preparação para o encontro dos Leões para a Liga Europa frente ao Qarabag e ainda não regressou às opções de José Peseiro tendo já sido jogados três encontros desde então, com o médio brasileiro, agora no Brasil devido a problemas pessoais, ainda à espera de regressar aos relvados após lesão. Estarão estes casos relacionados, de alguma forma, com a saída de Frederico Varandas da liderança do corpo clínico dos leões?

Promovido à titularidade na equipa de José Peseiro após a lesão de Mathieu, André Pinto foi um dos nomes que sofreu com lesões musculares na temporada passada quando duas lesões musculares diferentes, uma em inícios de Março e, outra, já em meados de Abril, retiraram o defesa central português da convocatória de dez dos jogos do Sporting na temporada passada, época em que Mathieu também sofreu pontualmente com este tipo de problemas tendo falhado ao longo da temporada cinco jogos do Sporting devido a problemas musculares, mas nunca de forma prolongada e consecutiva.

Também Marcos Acuña falhou jogos na temporada passada devido a problemas musculares, com o extremo argentino a ter ficado de fora das contas de Jorge Jesus em três encontros na temporada passada devido a problemas musculares. Entre problemas musculares, pequenas lesões e questões relacionadas com a gestão de esforço, Fábio Coentrão falhou na temporada passada oito encontros do Sporting relacionados com estas situações. Quem sofreu particularmente com lesões do foro muscular na temporada passada foi Cristiano Piccini que, entre gestão de esforço, problemas e lesões musculares, falhou vinte e um jogos do Sporting na temporada passada.

Chegamos a William Carvalho que teve em 2017/18 uma temporada, também ela, complicada a nível de questões musculares. O internacional português falhou treze jogos dos leões na temporada passada devido a lesões musculares. Já Gelson Martins, falhou três encontros do Sporting na temporada passada devido a uma rotura muscular sofrida em final de janeiro. Alan Ruiz, por seu lado, ainda antes de deixar o clube de Alvalade, falhou cinco jogos do Sporting na temporada passada devido a uma lesão nos adutores entre outubro e novembro. Uma lesão na coxa também já tinha tirado Bas Dost das contas do Sporting em três encontros da temporada passada. Já Doumbia, falhou doze jogos do Sporting na temporada passada devido a problemas musculares e também Rafael Leão ficou afastado dos últimos quinze encontros da temporada leonina depois de uma lesão muscular sofrida em março.

Ou seja, se é dos que acredita que a saída de Frederico Varandas da liderança do corpo clínico do Sporting tem estado na origem do número, aparentemente elevado, de lesões musculares sofridas pelo plantel do Sporting neste início de temporada, talvez possa ter de mudar de ideias. Diretor clínico dos leões entre 2011 e maio de 2018, não foi por isso que o Sporting não teve também uma temporada marcada por lesões musculares em 2017/18. A razão será, certamente, outra.


Bancada
Mais uma para a estatística. Agora foi o Ristovski

E mais uma para agradecer ao sujeito que mal lá chegou mais não fez que mandar embora um corpo clínico inteiro já contratado e com exames feitos a grande parte dos jogadores, para meter o director que já lá tinha estado no tempo dele há 20 e tal anos atrás.
« Última modificação: Outubro 25, 2018, 21:24 pm por kinglion »
Citar

BOLETIM CLÍNICO
Por Sporting CP
05 Nov, 2018
CLUBE
Informações médicas da equipa de futebol profissional


O departamento médico do futebol profissional do Sporting Clube de Portugal divulga as seguintes informações clínicas.

Rodrigo Battaglia: Já foi reavaliado. Sofreu uma entorse do joelho direito com rotura do ligamento cruzado anterior. Será nesta terça-feira submetido a intervenção cirúrgica.

Raphinha e Ristovski: Entregues ao departamento clínico, para tratamento e recuperação.

 
https://www.sporting.pt/pt/noticias/clube/2018-11-05/boletim-clinico

Citar

RODRIGO BATTAGLIA JÁ FOI OPERADO
Por Jornal Sporting
07 Nov, 2018
EQUIPA PRINCIPAL
O atleta Rodrigo Battaglia foi na noite desta terça-feira submetido a uma ligamentoplastia do LCA do joelho direito, no Hospital Cuf Descobertas.

A cirurgia decorreu sem intercorrências, tendo sido conduzida pelo Dr. Pedro Pessoa, com a colaboração do Dr. Nuno Oliveira.

O tempo estimado de recuperação será de seis meses.


https://www.sporting.pt/pt/2018-11-07/boletim-clinico-rodrigo-battaglia
Citar

Dupla ao cuidado de João Pedro Araújo
Diretor clínico de olho em Raphinha e Montero

No regresso do Sporting aos treinos, dois jogadores trabalharam à parte do restante grupo. Raphinha, que se prepara para voltar aos relvados após lesão, e Montero, que não tem estado no boletim clínico, cumpriram um programa especial de recondicionamento físico, monitorizado pelo novo diretor clínico, João Pedro Araújo. O brasileiro e o colombiano deverão estar disponíveis para o jogo da Taça com o Lusitano Vildemoinhos. De fora continuam Ristovski (que fez tratamento e trabalho de ginásio) e Battaglia (em recuperação pós-cirúrgica).

Record