Os amigos de Setúbal...

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Agora saiu uma notícia que o João Teixeira e o Luís Filipe já não jogam mais esta época por 'lesão grave'... Karma ou algo mais?

Enviado do meu Mi A1 através do Tapatalk

Sporting sempre!

http://napontadabola.blogspot.pt
Um espaço para debater futebol


O jogador que não estica a perna é o Nuno Reis. Pois.

Deixem-se de tretas. Até parece que o Vitória não perdeu com o fifica apenas por causa de um penalti escandalosamente marcado e que desafia as leis da física. Culpar o Vitória é so estúpido.
6 lugares no Camarote Presidencial por convite direto de LFV para o Vitória de Setúbal




Qual o motivo para tanta...generosidade?

Os confrontos entre os 2 clubes, próximos a esta excursao ao Estádio da Luz:



http://www.fcporto.ws
Ai o José Couceiro teve direito a convite do presidente do orelhas para ver o benfica - bayern (2016)... ena, que simpatia...


EDIT: reparei agora que estava nesta lista o Chumbita Nunes!  :rotfl: Que cancros do c******...
« Última modificação: Abril 26, 2018, 00:52 am por Principe Perfeito »
Ricardo Lopes, Presidente do Conselho Fiscal e Disciplinar do VFC.
"If you can survive disappointment, nothing can beat you."

(...) But my dreams have been stolen away.


O BENFICA É MESMO O ABONO DE FAMÍLIA DO VITÓRIA DE SETÚBAL

Desde a nova divulgação dos e-mails pelo site Mercado de Benfica, escrevi sobre o Presidente do Conselho de Disciplina (aqui) e sobre o facto da Polícia Judiciária nunca chatear o Domingos Soares de Oliveira (aqui).

Agora vou falar do Setúbal, que tem como abono de família o clube do Polvo. O ex-presidente do Vitória de Setúbal, Fernando Oliveira, referiu em 2017 que o Benfica era o abono de família do clube.


http://www.record.pt/futebol/futebol-nacional/liga-nos/v--setubal/detalhe/fernando-oliveira-o-benfica-e-o-nosso-abono-de-familia.html

Fernando Oliveira tinha assumido a presidência do Vitória de Setúbal em 2009 e, em 2017, afirmava que o Benfica era o abono de família dos Sadinos. Ao ler os e-mails de Domingos Soares Oliveira ficámos a saber que o Benfica é o abono de família do Setúbal desde 2005. O e-mail foi enviado por José Andrade de Sousa, chefe do departamento jurídico do Benfica na altura dos factos, para Domingos Soares de Oliveira, a 26 de outubro de 2005.



Portanto, José Andrade de Sousa, tinha sido convocado por Luís Filipe Vieira e José Veiga para uma reunião com o presidente do Setúbal, Chumbita Nunes. Não é a primeira vez que um dirigente do Setúbal foi referenciado nos e-mails do Benfica, podem saber mais sobre o assunto aqui.


http://www.maisfutebol.iol.pt/v-setubal-chumbita-tenta-solucao-que-nao-passe-pelo-benfica

Portanto esta informação surgiu um dia após o mail enviado a Domingos Soares de Oliveira. O timing tão curto é muito estranho. Para além disso, alguns meses depois, alguns jogadores do Setúbal rumaram ao Benfica. Curiosamente, um desses jogadores foi o José Fonte que tinha rescindido o contrato com o Setúbal na véspera do jogo entre os Sadinos e o Benfica e ingressou para o clube da Luz após essa rescisão. Coincidências? Não.

Surpreendentemente, José Fonte acabou por afirmar em 2015 que tinha sido o Benfica a pagar-lhe os salários em atraso. Podem ler mais sobre o caso José Fonte no artigo do Mister do Café (aqui).

Para além disso, incrivelmente, uma semana após o Chumbita Nunes ter afirmado que procurava uma solução que não passasse pelo Benfica, os jogadores receberam cheques para pagar os salários em atraso.


http://www.maisfutebol.iol.pt/v-setubal-jogadores-recebem-cheques-mas-esperam-para-levantar-o-dinheiro

Não há dúvidas que foi um cheque à Benfica.



« Última modificação: Abril 28, 2018, 12:10 pm por Principe Perfeito »
Sábado 19 Março 2005 - 21h15 - Estádio do Bonfim (POR) (Setúbal)

https://www.zerozero.pt/match_live.php?id=86989

27 Minutos - Veríssimo (Setúbal) é expulso

resultado final, Setúbal 0 - 2 Benfica, (43 Manuel Fernandes, 64 Geovanni)

Para quem não se lembra ou não sabe, este campeonato, foi muito nivelado por baixo, o Benfica foi campeão com 7 derrotas, apenas 19 vitórias em 34 jogos, o Sporting esteve na luta pelo titulo e na luta pelas competições todas praticamente toda a época, até a penúltima jornada em que até lhe bastava ganhar na Luz para se sagrar campeão, perde esse jogo com o famoso golo em falta de Luisão sobre o Ricardo, e perde em casa com o Nacional (2-4) na ultima jornada para o Porto ir a liga dos campeões. em que o Nacional marca 3 golos em fora de jogo com outra arbitragem inacreditável...

Curiosidade, o mesmo Setúbal que o Benfica andou "acarinhar" e a comprar jogadores para pagar salários, nesse ano vence a Taça de Portugal no Jamor por 2-1 contra.... o Benfica.

No dia em que  se souber toda a verdade, pelo menos 20 anos de futebol Português terão que ser "clarificados".



Verissimo que é o atual adjunto do Helder na equipa B

SL

Formado no benfica e passou alguns anos no Alverca de Luís Filipe Vieira.
Sábado 19 Março 2005 - 21h15 - Estádio do Bonfim (POR) (Setúbal)

https://www.zerozero.pt/match_live.php?id=86989

27 Minutos - Veríssimo (Setúbal) é expulso

resultado final, Setúbal 0 - 2 Benfica, (43 Manuel Fernandes, 64 Geovanni)

Para quem não se lembra ou não sabe, este campeonato, foi muito nivelado por baixo, o Benfica foi campeão com 7 derrotas, apenas 19 vitórias em 34 jogos, o Sporting esteve na luta pelo titulo e na luta pelas competições todas praticamente toda a época, até a penúltima jornada em que até lhe bastava ganhar na Luz para se sagrar campeão, perde esse jogo com o famoso golo em falta de Luisão sobre o Ricardo, e perde em casa com o Nacional (2-4) na ultima jornada para o Porto ir a liga dos campeões. em que o Nacional marca 3 golos em fora de jogo com outra arbitragem inacreditável...

Curiosidade, o mesmo Setúbal que o Benfica andou "acarinhar" e a comprar jogadores para pagar salários, nesse ano vence a Taça de Portugal no Jamor por 2-1 contra.... o Benfica.

No dia em que  se souber toda a verdade, pelo menos 20 anos de futebol Português terão que ser "clarificados".



Verissimo que é o atual adjunto do Helder na equipa B

SL

Formado no benfica e passou alguns anos no Alverca de Luís Filipe Vieira.

Sábado 19 Março 2005 - 21h15 - Estádio do Bonfim (POR) (Setúbal)

https://www.zerozero.pt/match_live.php?id=86989

27 Minutos - Veríssimo (Setúbal) é expulso

resultado final, Setúbal 0 - 2 Benfica, (43 Manuel Fernandes, 64 Geovanni)

Para quem não se lembra ou não sabe, este campeonato, foi muito nivelado por baixo, o Benfica foi campeão com 7 derrotas, apenas 19 vitórias em 34 jogos, o Sporting esteve na luta pelo titulo e na luta pelas competições todas praticamente toda a época, até a penúltima jornada em que até lhe bastava ganhar na Luz para se sagrar campeão, perde esse jogo com o famoso golo em falta de Luisão sobre o Ricardo, e perde em casa com o Nacional (2-4) na ultima jornada para o Porto ir a liga dos campeões. em que o Nacional marca 3 golos em fora de jogo com outra arbitragem inacreditável...

Curiosidade, o mesmo Setúbal que o Benfica andou "acarinhar" e a comprar jogadores para pagar salários, nesse ano vence a Taça de Portugal no Jamor por 2-1 contra.... o Benfica.

No dia em que  se souber toda a verdade, pelo menos 20 anos de futebol Português terão que ser "clarificados".

É melhor isto aqui...

@Ricciardo tks
« Última modificação: Abril 28, 2018, 11:52 am por Principe Perfeito »
O artista do dia tb aborda este assunto...



Citar
quinta-feira, 26 de abril de 2018
Benfica to the rescue
Um dos emails ontem divulgados pelo blogue Mercado de Benfica permite perceber o serviço benemérito que o Luís Filipe Vieira faz em prol do futebol português e dos clubes que com ele competem.

Numa altura em que o V. Setúbal passava por dificuldades financeiras particularmente graves - escrevo particularmente porque, infelizmente, é um problema recorrente no clube -, responsáveis do clube sadino contactaram dirigentes benfiquistas no sentido de negociar a transferência de cinco jogadores que ajudassem à resolução dos salários em atraso.


(via @paravertudo)

Tenha sido ou não na sequência deste pedido, o que é facto é que o Benfica viria a contratar dois jogadores ao V. Setúbal na janela de transferências seguinte: primeiro contratando José Fonte, que já tinha rescindido por salários em atraso, e depois ultrapassando o Porto na contratação de Moretto.

Dois negócios que, curiosamente, acabaram por ser fechados em termos simpáticos para o próprio Vitória, segundo palavras dos intervenientes: a oferta que o Benfica fez por Moretto foi superior ao que o V. Setúbal pedia, e o Benfica ofereceu 50% de uma futura transferência de José Fonte, apesar de não ter qualquer obrigação nesse sentido já que o central era um jogador livre quando foi contratado por Vieira.



O próprio José Fonte revelou, numa entrevista dada muitos anos depois deste episódio, que foi o Benfica a pagar-lhe alguns meses de salários que tinha a receber do V. Setúbal.



Nada disto é ilícito, obviamente, e à primeira vista até foi uma bonita atitude de solidariedade de um clube para com outro... mas conhecendo as peças em questão, não passa pela cabeça de ninguém que não terá havido contrapartidas. Se o mero convite para a bola é o que é, qual terá sido o retorno que o Benfica terá tido com estas valiosas cortesias?

 :eh: :eh:


« Última modificação: Abril 28, 2018, 12:00 pm por Principe Perfeito »


LOL

Citar
Depois de ter estado muito perto de ser reforço no início da temporada, o futebolista, que tem contrato apenas por mais um ano com os sadinos, continuou a ser observado e volta a estar na mira.

O Benfica está interessado na contratação de João Amaral, extremo do Vitória de Setúbal. O JOGO sabe que as boas exibições e os golos marcados esta temporada pelo atacante têm impressionado os responsáveis encarnados, razão pela qual a aquisição dos direitos económicos do futebolista de 26 anos está a ser analisada pela SAD benfiquista.

A cumprir a sua segunda época ao serviço do emblema do Bonfim, após ter sido contratado ao Pedras Rubras, João Amaral conseguiu superar o rendimento do ano de estreia, apresentando nesta fase 38 encontros disputados e nove golos, tendo falhado a recente receção à turma de Rui Vitória, que o Benfica venceu por 2-1 nos descontos, devido a problemas físicos.

Com contrato com o V. Setúbal válido apenas por mais uma temporada - assinou apenas por três anos quando trocou o então Campeonato de Portugal pelos sadinos, no início de 2016/17 -, o extremo esteve já muito perto de se tornar reforço das águias no início desta época, tal como o nosso jornal revelou ainda em maio de 2017. O negócio acabou por não avançar em definitivo, mas João Amaral manteve-se no radar encarnado, com o clube da Luz a observar atentamente as suas exibições e a sua evolução, apontando agora novamente à contratação.


« Última modificação: Maio 01, 2018, 17:50 pm por Principe Perfeito »
estas teorias da conspiração... ai estas teorias da conspiração...
estas teorias da conspiração... ai estas teorias da conspiração...

Acertaste na mouche.
Mas para acertar é preciso disparar, e disparaste há muito tempo, pra isto ser tudo uma coincidencia.
Obrigado pelo trabalho fenomenal!
Em terra de olho, quem tem cego... Errei!
Citar

Confirma-se, o Benfica tinha o direito de opção sobre João Amaral
Jul242018
https://opolvo.pt/2018/07/24/confirma-se-o-benfica-tinha-o-direito-de-opcao-sobre-joao-amaral/

No último embate entre o Vitória de Setúbal e o Benfica, toda a gente estranhou o facto do João Amaral, segundo melhor artilheiro dos sadinos na altura do jogo, não ter jogado. Tinha feito um artigo sobre o caso aqui.

Como já tinha referido no artigo, o Benfica tinha um direito de opção sobre o jogador mas tal não significava que o mesmo não podia atuar.

O Mercado de Benfica revelou o contrato assinado entre um intermediário e o Benfica em julho de 2017, para o direito de opção do jogador.

(O contrato pode ser lido na sua totalidade aqui)

Portanto, este direito de opção existia mesmo. Mas será que foi só isso? O ex-Presidente do Vitória de Setúbal disse algo muito estranho em maio deste ano, afirmando que já tinha vendido o João Amaral em 2017.

(Notícia Completa)

Estas declarações não deixam de ser surpreendentes. Será que não estamos a presenciar um empréstimo encapotado? Pois, o Benfica já tinha emprestado três jogadores ao Vitória de Setúbal na época passada: César, Patrick e João Teixeira. Pelos regulamentos da Liga, o Benfica não podia emprestar mais nenhum jogador ao Vitória de Setúbal.

O João Amaral ficou de fora no jogo contra o Benfica sem qualquer razão válida, a não ser a possibilidade do empréstimo encapotado. João Amaral acabou por ser oficializado como jogador das águias no final da época.

A abertura de um inquérito sobre este caso é inevitável.
- "Basta que os homens de bem nada façam, para que o mal prevaleça"
- "Prefiro morrer de pé a viver ajoelhado"
- "Pior do que perder é não dar tudo para vencer"
Citar
Confirma-se o empréstimo encapotado de João Amaral.
Jul282018
https://opolvo.pt/2018/07/28/confirma-se-o-emprestimo-encapotado-de-joao-amaral/

O Mercado de Benfica voltou a colocar contratos celebrados por direitos de opção de João Amaral.

A 4 de abril de 2017, foi celebrado um contrato entre o Vitória de Setúbal e o Benfica para a aquisição do direito de preferência de vários jogadores do Vitória de Setúbal, sendo eles, André Pedrosa, Gonçalo Duarte. André Sousa e, claro, o João Amaral.

Este contrato de direito de preferência permitiu um encaixa de uma bela quantia por parte dos sadinos.

Este contrato foi assinado pelo Presidente do Setúbal na altura dos factos, Fernando Oliveira, pelo Vice-presidente dos Sadinos, Paulo Oliveira, pelo Luís Filipe Vieira e pelo Domingos Soares de Oliveira diretor executivo da SAD do Benfica.

Aqui, já tinha falado sobre contrato de representação celebrado entre o Benfica e uma empresa de representação de jogadores para desenvolver negociações e diligências para assegurar um direito de opção de aquisição dos direitos desportivos do João Amaral.

Curiosamente, esse contrato foi celebrado a 12 de maio de 2017, cerca de um mês depois do acordo que já tinha sido celebrado entre o Benfica e o Vitória de Setúbal. Qual será a razão pela celebração deste contrato?

Contrato de opção exclusiva de aquisição definitiva de direitos desportivos e económicos.

Três dias depois de contrato de representação, o Benfica, os intermediários e o Setúbal celebraram outro contrato, agora de opção exclusiva de aquisição definitiva do João Amaral.

No momento em que o Benfica exercia a opção exclusiva, contratando o João Amaral, o Benfica pagaria unicamente 10 000 euros.


Ou seja, o Benfica pagou no total 450 000 euros por João Amaral, tendo pago 97.7% do passe deste jogador em maio de 2017. Ainda existe alguma dúvida que o Benfica já tinha comprado João Amaral? Não é por acaso que o presidente do Setúbal na altura dos factos, Fernando Oliveira, já o tinha confirmado nas notícias. Ainda mais delicioso é ler a seguinte cláusula.

Resumindo, em abril de 2017 o Benfica compra o direito de preferência de vários jogadores do Setúbal por 400’000 euros, revelando mais uma vez ser um bom abono de família para o Setúbal.  Um mês depois compra um dos jogadores presentes nesse contrato por 450’000 euros, João Amaral, e este continua no Setúbal durante uma época antes de vir para o Benfica, ficando fora do embate entre os encarnados e o Setúbal na segunda volta do campeonato, quando estava em perfeitas condições físicas e era o segundo melhor marcador da equipa do Sado. Alguém no seu perfeito juízo pode considerar isto normal? Será que no Benfiquistão vão continuar a assobiar para o lado? A FPF e a Liga têm obrigação de se pronunciar sobre este caso.
- "Basta que os homens de bem nada façam, para que o mal prevaleça"
- "Prefiro morrer de pé a viver ajoelhado"
- "Pior do que perder é não dar tudo para vencer"
https://www.sabado.pt/portugal/detalhe/benfica-lanca-guerra-na-justica

Benfica lança guerra na Justiça
08:26 por SÁBADO 0
Autoridades suspeitam de esquema que envolvia empréstimos de jogadores nunca utilizados e que serviam para pagar favores a vários clubes de dimensões menores.

A Polícia Judiciária suspeita que o Benfica organizou um esquema que envolvia empréstimos de jogadores nunca utilizados e que serviam para pagar favores a vários clubes de dimensões menores, mas também da Primeira Liga. Segundo o Correio da Manhã, a PJ recolheu também indícios fortes de que, em pelo menos três jogos, os "encarnados" pagaram ou ofereceram dinheiro para que clubes da Primeira Liga ganhassem ao FC Porto.

Foi mais de um ano de investigações da Polícia Judiciária do Porto que agora foram para Lisboa para integrar o megaprocesso que poderá fazer sentar o Benfica no banco dos réus. A Polícia Judiciária tinha já reunido inúmeros documentos e também há vários testemunhos que apontam para um plano criminoso que tinha o epicentro na Luz. A "passagem" do processo para Lisboa abre uma guerra no Ministério Público, mas não põe em causa a investigação.

Segundo o CM apurou, o Desportivo das Aves, o Chaves, o Setúbal e também o Paços de Ferreira estão a ser investigados.