Acções da Sporting SAD - Psi-Geral

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Têm dúvidas, vão ler a reestruturação financeira original de 2013,já não há paciência para as vossas "dúvidas". Dúvidas de 5 anos, descobriram o clube hoje?
Acho que isto é novidade. Ou não?
18 M de aumento de capital foi falado há 2-3 anos.
Nova emissão de VMOCs no valor de 55M.
Parecem medidas alternativas ao empréstimo obrigacionista que foi parado pela CMVM.
Poderá a CMVM parar isto, também?

. Em concreto, poderão ser concretizados (i) o aumento do capital social num montante total de €18.000.000, a realizar por novas entradas em dinheiro, com consequente reembolso do mesmo valor ao Novo Banco e (ii) uma nova emissão de VMOC da Sporting SAD, subscrita pelo Novo Banco e pelo Millennium BCP, no montante global de € 55.000.000,00, a emitir em moldes idênticos à emissão de 80.000.000 de VMOC com o ISIN PTSCPEZM0000, e conduzindo a uma conversão de dívida bancária em títulos contabilizados como Capitais Próprios, operações que permitirão aumentar os seus capitais próprios
Mas que aumento de capital?
Quem é que vai meter dinheiro? O unico investidor é o que foi escolhido para bode expiatorio.

Em relação a VMOCS, os bancos já foram simpaticos e não querem dar mais crédito ao futebol.

Continuam em ir em propagandas e não veem a realidade.

Enviado do meu SM-J530F através do Tapatalk
Olá Zagalo. Já insultaste membros do fórum no facebook hoje?

 :mrgreen:
"Infelizmente, o Sporting é o Clube mais divisionista, intriguista e falso-puritano que conheço. Por muito que doa aos sportinguistas, não há sentido de Corpo neste Clube. Somos todos sportinguistas, sim senhor, mas desde que o Sporting seja à medida de cada um e não à medida de todo o mundo leonino. Há quem exulte com as derrotas do clube, se isso significar estar um passo mais perto do lugar, do cargo, da posição ou, como se diz na gíria leonina, do "croquete" "
http://tribunaexpresso.pt/revista-de-imprensa/2018-06-20-BCP-acaba-com-a-concessao-de-creditos-a-clubes-de-futebol

O que referi ontem.



Enviado do meu SM-J530F através do Tapatalk



Interessante é que quando os lampiões começaram a miar por causa da nova versão da nossa restruturação anunciada pelo BdC na entrevista ao DN, já nessa altura , entrevistaram este senhor e ele disse exactamente o mesmo.

Mais uma noticia mentirosa que tenta colar uma decisão antiga ao que se está a passar actualmente no SCP.

SL
http://tribunaexpresso.pt/revista-de-imprensa/2018-06-20-BCP-acaba-com-a-concessao-de-creditos-a-clubes-de-futebol

O que referi ontem.



Enviado do meu SM-J530F através do Tapatalk



Interessante é que quando os lampiões começaram a miar por causa da nova versão da nossa restruturação anunciada pelo BdC na entrevista ao DN, já nessa altura , entrevistaram este senhor e ele disse exactamente o mesmo.

Mais uma noticia mentirosa que tenta colar uma decisão antiga ao que se está a passar actualmente no SCP.

SL

 :great:
Citar
SPORTING AFUNDA COM LIQUIDEZ QUASE DEZ VEZES ACIMA DA MÉDIA
A poucos dias de uma importante assembleia geral do clube

As acções do Sporting regressaram esta quarta-feira às variações bruscas em bolsa, sendo que nesta sessão também se destacou pela liquidez bem superior à média.

Na chamada das 15:30 os títulos desceram 16,46% para 66 cêntimos, o que anulou o ganho de mais de 20% registado na segunda-feira.

Foram transaccionados 17.457 acções, o que representa quase dez vezes mais o volume médio dos últimos seis meses (1.842 por dia).

Esta variação das acções da SAD surge a poucos dias de uma importante assembleia geral do Sporting, pois os sócios do clube vão votar no sábado a possível destituição do conselho directivo liderado por Bruno de Carvalho.

Ontem os títulos tinham fechado sem variação, no dia em que a PWC, auditora da Sporting SAD, alertou que as rescisões de contrato por parte de nove jogadores do clube, na sequência dos incidentes em Alcochete, representam uma "ameaça concreta" à continuidade das operações da SAD.

Num comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a PWC explicita que essa ameaça decorre da impossibilidade de realização do valor de venda destes activos, o que terá impacto na gestão do risco de liquidez da Sporting SAD.

Reportando às últimas contas publicadas pela SAD do Sporting, a 31 de Março, a PWC calcula que a saída dos nove jogadores do clube de Alvalade tem um impacto de 16,5 milhões de euros no activo, ou 6% do total, resultando numa redução dos capitais próprios de 7,5 milhões de euros para cerca de 9 milhões negativos.

Negócios
Citar
AÇÕES DA SPORTING SAD VALORIZARAM-SE 6% ESTE ANO MAS SÓ NEGOCIARAM 128 MIL EUROS
Título com reduzida liquidez que nos últimos dias recuperou de quedas

As ações da SAD do Sporting apenas negociaram 128 mil euros desde início do ano, um título com reduzida liquidez que nos últimos dias recuperou de quedas, depois de ter chegado a valer pouco mais de 60 cêntimos.

Desde início do ano, e apesar da turbulência dos últimos meses, as ações da Sporting SAD valorizaram-se 5,97% tendo fechado a 0,71 euros esta sexta-feira, ainda assim muito abaixo dos 1.000 escudos (o equivalente a cinco euros) a que entraram em bolsa em 1998.

As ações do Sporting, à semelhança dos outros clubes cotados (Benfica e Porto), têm poucas transações e são também as que estão disponíveis para negociação ('free float'), cerca de 3%.

A SAD do Sporting tem como maior acionista o Sporting SGPS, com cerca de 64%, seguida da empresa Holdimo, de Álvaro Sobrinho, com 30%, e da Olivedesportos, de Joaquim Oliveira, com 3%.

O reduzido 'free float' das ações do Sporting e baixa liquidez do título fazem com que a capitalização bolsista seja pouco representativa do valor da empresa.

"É abusivo tirar grandes ilações do comportamento em bolsa das ações. O que interessava era saber o preço se grandes acionistas decidissem vender as ações", disse o economista Filipe Garcia, da IMF -- Informação dos Mercados Financeiros, à Lusa.

A mesma opinião é partilhada por Tiago Cardoso, da corretora XTB, que recordou que uma variação de 20% é apenas sobre o valor em 'free float' os cerca de 3%, e não tem impacto sobre os 97% de capital. Ou seja, é pouco indicativo do impacto em toda a sociedade.

Esta sexta-feira, as ações do Sporting fecharam a subir 4,41% (face a quinta-feira) para 0,71 cêntimos. Contudo, nessa sessão houve apenas sete transações em que foram negociadas 4.585 ações.

"Serve de indicação para ver o sentimento, mas sete transações não é nada. Por vezes, há grandes subidas ou grandes quedas apenas porque houve uma transação grande", afirmou Tiago Cardoso.

Ainda assim, considerou que a decisão que será tomada hoje em assembleia-geral extraordinária do clube, que decidirá a continuidade ou não do presidente, Bruno de Carvalho, poderá ter implicações significativas na bolsa.

"Se houver revogação do Conselho Diretivo do clube parece-me que o mercado poderá digerir negativamente, porque não se sabe como será com a comissão de gestão", afirmou, lembrando que no final de junho acaba também o mandato da gestão da SAD e que, caso Bruno de Carvalho deixe de ser presidente, não se sabe quem irá assumir as funções.

O Sporting tem ainda prevista uma emissão obrigacionista, que de momento está adiada.

A crise no Sporting agudizou-se em 15 de maio, quando cerca de 40 pessoas encapuzadas invadiram a Academia do Sporting, em Alcochete, e agrediram alguns futebolistas e elementos da equipa técnica, com a GNR a deter 23 dos atacantes, que ficaram em prisão preventiva.

Record

Ouve muitos a ganhar mt dinheiro com estas polemicas.  Acoes a subir e descer as vezes 30% num dia....
Mt compraram   e venderam varias vezes este mes...
Esforço, Dedicação, Devoção e Gloria.......... CAMPEÕOOOEESSSSS
Ouve muitos a ganhar mt dinheiro com estas polemicas.  Acoes a subir e descer as vezes 30% num dia....
Mt compraram   e venderam varias vezes este mes...

o volume de negociação dos títulos do SCP não permite que se ganhe dinheiro com a volatilidade.
Citar
AÇÕES DO SPORTING SOBEM 9,86% APÓS DESTITUIÇÃO DE BRUNO DE CARVALHO
Valem 78 cêntimos na primeira chamada

As acções do Sporting subiram 9,86% para os 78 cêntimos na primeira chamada após a destituição de Bruno de Carvalho com 71% dos votos. Foi na assembleia-geral de sábado que os sócios decidiram dizer adeus ao presidente do clube, tendo este sido substituído temporariamente por José Sousa Cintra pela comissão de gestão da SAD. As eleições para nomear os novos corpos sociais vão realizar-se a 8 de Setembro.

Apesar desta subida, é de ressalvar que foram transaccionadas apenas 100 acções. Um número bastante baixo face à média diária de negociação dos últimos seis meses da cotada: 1.935. As acções da SAD do Sporting estão a subir há três sessões consecutivas.

Este desempenho na bolsa acontece depois de no sábado os sócios do Sporting terem dado "luz verde" à destituição da direcção do Sporting. O "sim" venceu com 71,36% dos votos, tendo o "não" recolhido 28,64%. Votaram 14.735 sócios na AG que fica para a história uma vez que Bruno Carvalho foi o primeiro presidente a ser afastado desta forma em quase 112 anos de história do clube.

Ao contrário do que tinha garantido anteriormente, Bruno de Carvalho disse este domingo no Facebook que vai impugnar o resultado da assembleia-geral e candidatar-se à presidência do clube. Francisco Varandas, o ex-director médico do clube, já assumiu a sua candidatura.

Em cotadas como o Sporting que têm pouca liquidez ou pouca dispersão em bolsa, a negociação não é contínua, mas sim por chamada. Ou seja, as ordens só entram duas vezes por dia: uma às 10h30 e outra às 15h30. Assim, à tarde poderá haver nova negociação.

Autor: Negócios

Citar
AÇÕES DO SPORTING SOBEM QUASE 17% EM QUATRO DIAS
Volume negociado esta sessão foi bastante superior à média

Os títulos da SAD do Sporting estão a subir 1,32% para 0,77 euros esta terça-feira. Esta é a quarta sessão consecutiva de ganhos para as ações da SAD desportiva, num período marcado por várias mudanças.

O volume negociado esta sessão foi bastante superior à média, tendo já trocado de mãos 6.000 ações da SAD leonina, o que compara com uma média diária de 1.980 nos últimos seis meses.

Este foi o desempenho registado na chamada das 10:30. Em cotadas como o Sporting que têm pouca liquidez ou pouca dispersão em bolsa, a negociação não é contínua, mas sim por chamada. Ou seja, as ordens só entram duas vezes por dia: uma às 10:30 e outra às 15:30.

Este desempenho das acções da SAD do Sporting acontece num período marcado pela assembleia geral, que ditou a destituição de Bruno de Carvalho. E a nomeação de Sousa Cintra para ficar à frente da SAD até que sejam realizadas novas eleições.

Entretanto, esta terça-feira também foi noticiado que Sinisa Mihajlovic, o treinador escolhido por Bruno de Carvalho, está de saída do Sporting.

Record
Citar

Ações do Sporting caem mais de 5%
José Peseiro foi despedido esta madrugada

A derrota do Sporting esta quarta-feira frente ao Estoril foi a gota de água que levou ao despedimento do treinador José Peseiro. As ações do clube estão a retrair-se: desvalorizaram mais de 5% na bolsa.

A pressionar as ações estará a derrota frente ao Estoril - num jogo que torna mais difícil a continuação do Sporting na Allianz Cup -, que ditou a saída do treinador José Peseiro. A decisão foi tomada pelo novo presidente, Frederico Varandas, mas até ao momento ainda não se conhece o substituto.

Por outro lado, o Sporting já entregou o prospecto da emissão obrigacionista que pretende realizar no início de Novembro, o que deverá garantir a urgente injecção de capital que a SAD leonina precisa para fazer face ao reembolso de um empréstimo obrigacionista adiado para 26 de Novembro.

Ontem também foi comunicada a venda de Rui Patrício ao Wolverhampton por 18 milhões de euros.

Em cotadas como o Sporting que têm pouca liquidez ou pouca dispersão em bolsa, a negociação não é contínua, mas sim por chamada. Ou seja, as ordens só entram duas vezes por dia: uma às 10:30 e outra às 15:30.

Se as ordens que tiverem entrado corresponderem a uma variação superior a 10% (a partir da qual é espoletado o travão automático) o congelamento mantém-se. Contudo, esta regra impõe-se apenas na primeira chamada após a sessão anterior, sendo depois calculado outro valor na segunda chamada.


Record
Citar

Ações do Sporting disparam 9% com regresso ao 2.º lugar em plena crise no Benfica
Cotação dos encarnados em bolsa recua mais de 1%

A demissão de Rui Vitória de treinador do Benfica e o regresso ao segundo lugar da tabela classificativa do campeonato nacional estão a impulsionar as ações da SAD do Sporting para uma subida de 9,38% para 70 cêntimos.

Até ao momento já negociaram 801 ações da sociedade verde e branca, valor que compara com a média diária dos últimos seis meses de 1.381 títulos negociados.

Para esta subida contribuem dois factos conhecidos na noite desta quinta-feira, com o Sporting a somar três pontos frente ao Belenenses em Alvalade, o que permitiu ao clube leonino regressar à vice-liderança do campeonato.

Por outro lado, também ontem à noite foi confirmado que Rui Vitória já não é treinador do Benfica, notícia que surgiu um dia depois de as águias terem sido derrotadas por duas bolas a zero pelo Portimonense.

O Sporting segue em segundo lugar no campeonato nacional com 34 pontos, a cinco do líder FC Porto mas mais um do que o SC Braga e mais dois do que o Benfica.

As ações da SAD do Benfica seguem a perder 1,45% para 1,705 euros, tendo negociado 200 títulos, o que compara com a média diária de quase 5.000 mil ações por dia. Já a SAD do FC Porto ainda não negociou qualquer ação esta sexta-feira.

Autor: Negócios