Drama do preço das rendas das casas em Lisboa

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Deviam ser tomadas medidas para limitar o airbnb , mas os políticos só se interessam em cavalgar esta onda no curto prazo , porque isto tem um grande impacto no PIB e serve de medalha que o governo está a bombar.

Isto vai acontecer , o que já aconteceu noutras áreas , quando quiserem fazer alguma coisa , já vai ser tarde , Lisboa será uma cidade irreconhecível e os turistas que isto é de moda já andarão atrás de outra onda.

Até lá , com a taxa de natalidade nacional cada vez mais baixa e com a emigração , qualquer dia Portugal só mesmo no nome , com as principais cidades completamente dominadas por estrangeiros.

Falam aqui que a rede de transportes públicos é má , é verdade , nomeadamente , o metro que é insuficiente , mas a verdade é que se tivessemos uma rede de transportes muito boa , esta invasão não estaria a acontecer só em Lisboa , este processo ainda seria maior e mais rapido , seria na área metropolitana toda.

Corríamos o risco depois do emigra de Passos , termos uma especie de vamos colonizar o interior à força , por já não haver condições no Litoral para os portugueses.
Vieira 04/04/2017

" Lentamente temos estado a colaborar em unir o Sporting. Vamos ignora lo " em relação a Bruno de Carvalho.

"Brunismo" expressão usada 1º por Pedro Guerra no Prolongamento.
Meus caros, toda a vida vivi na linha de Cascais... até o ano passado.

Por razões de facilitar a vida e reduzir custos, resolvemos em família vender a nossa moradia e neste momento vivo na Margem Sul, Montijo.

Rendas e casas mais baratas, por enquanto.

Estou a 20, 25 minutos da Expo, de carro ou autocarro dos TST e do Cais do Sodré se for de barco (desde que a Transtejo funcione bem).

Pago 600€ de renda por um T3 duplex e, em princípio, sairei em Julho para casa comprada, se Deus quiser.

Os preços das casas ainda estão simpáticos e há muitas casas acabadas de construir por bancos, devido à falência de alguns construtores no tempo da crise. Estas casas têm 100% de empréstimo garantido. É só ter paciência e procurar nas dezenas de imobiliárias que existem em Alcochete e no Montijo.

Muita gente da Margem Norte está a fazer isso. Em 6 meses nota-se o aumento do tráfego na Vasco da Gama se bem que não atinja o tráfego infernal da 25 de Abril.

E a vida é muito mas mesmo muito mais calma.

É uma boa opção.
Estou a trabalhar no Montijo desde Janeiro e já andei a espreitar possíveis opções que me permitissem "transferir" os gastos de +- 300€ mensais em transporte que dispendo no meu trajecto diário para uma habitação/quarto/wtv nessa zona.

Conselhos? Quando googlei encontrava T3 e T4 enormes a 400/500€ mas como tenciono viver sozinho numa primeira fase não achei o mercado muito rentável.

Aproveita e se estiveres com vontade de assentar arraias, compra.

O Montijo, Alcochete, Moita, toda aquela zona vai-se transformar numa nova Almada / Amadora.

Tendencialmente mais bem organizada e agradável.
Meus caros, toda a vida vivi na linha de Cascais... até o ano passado.

Por razões de facilitar a vida e reduzir custos, resolvemos em família vender a nossa moradia e neste momento vivo na Margem Sul, Montijo.

Rendas e casas mais baratas, por enquanto.

Estou a 20, 25 minutos da Expo, de carro ou autocarro dos TST e do Cais do Sodré se for de barco (desde que a Transtejo funcione bem).

Pago 600€ de renda por um T3 duplex e, em princípio, sairei em Julho para casa comprada, se Deus quiser.

Os preços das casas ainda estão simpáticos e há muitas casas acabadas de construir por bancos, devido à falência de alguns construtores no tempo da crise. Estas casas têm 100% de empréstimo garantido. É só ter paciência e procurar nas dezenas de imobiliárias que existem em Alcochete e no Montijo.

Muita gente da Margem Norte está a fazer isso. Em 6 meses nota-se o aumento do tráfego na Vasco da Gama se bem que não atinja o tráfego infernal da 25 de Abril.

E a vida é muito mas mesmo muito mais calma.

É uma boa opção.
Estou a trabalhar no Montijo desde Janeiro e já andei a espreitar possíveis opções que me permitissem "transferir" os gastos de +- 300€ mensais em transporte que dispendo no meu trajecto diário para uma habitação/quarto/wtv nessa zona.

Conselhos? Quando googlei encontrava T3 e T4 enormes a 400/500€ mas como tenciono viver sozinho numa primeira fase não achei o mercado muito rentável.

Aproveita e se estiveres com vontade de assentar arraias, compra.

O Montijo, Alcochete, Moita, toda aquela zona vai-se transformar numa nova Almada / Amadora.

Tendencialmente mais bem organizada e agradável.

Isso de comprar só por causa do emprego actual é sempre um bocado arrsicado...
Meus caros, toda a vida vivi na linha de Cascais... até o ano passado.

Por razões de facilitar a vida e reduzir custos, resolvemos em família vender a nossa moradia e neste momento vivo na Margem Sul, Montijo.

Rendas e casas mais baratas, por enquanto.

Estou a 20, 25 minutos da Expo, de carro ou autocarro dos TST e do Cais do Sodré se for de barco (desde que a Transtejo funcione bem).

Pago 600€ de renda por um T3 duplex e, em princípio, sairei em Julho para casa comprada, se Deus quiser.

Os preços das casas ainda estão simpáticos e há muitas casas acabadas de construir por bancos, devido à falência de alguns construtores no tempo da crise. Estas casas têm 100% de empréstimo garantido. É só ter paciência e procurar nas dezenas de imobiliárias que existem em Alcochete e no Montijo.

Muita gente da Margem Norte está a fazer isso. Em 6 meses nota-se o aumento do tráfego na Vasco da Gama se bem que não atinja o tráfego infernal da 25 de Abril.

E a vida é muito mas mesmo muito mais calma.

É uma boa opção.
Estou a trabalhar no Montijo desde Janeiro e já andei a espreitar possíveis opções que me permitissem "transferir" os gastos de +- 300€ mensais em transporte que dispendo no meu trajecto diário para uma habitação/quarto/wtv nessa zona.

Conselhos? Quando googlei encontrava T3 e T4 enormes a 400/500€ mas como tenciono viver sozinho numa primeira fase não achei o mercado muito rentável.

Aproveita e se estiveres com vontade de assentar arraias, compra.

O Montijo, Alcochete, Moita, toda aquela zona vai-se transformar numa nova Almada / Amadora.

Tendencialmente mais bem organizada e agradável.

Isso de comprar só por causa do emprego actual é sempre um bocado arrsicado...

Sim, por isso mesmo disse, se ele espera ficar durante muitos anos, quiçá mudar-se para lá.
Mudei-me para a malveira recentemente e até acho que não estou a pagar uma exorbitância (550€ por um T2 mobilado, com cerca de 65m2 num prédio de 2008). Já pensei em comprar casa aqui, em que os preços rondam os 1000, 1000 e poucos euros o m2, mas há aquele "pequeno" problema de não ter disponiveis 15 ou 20 mil euros para dar de entrada e assegurar as despesas administrativas. Pessoalmente, acho que é das melhores zonas da periferia para se morar. Como os transportes são uma m**** ainda passa um bocado ao lado desta loucura lisboeta.
Mudei-me para a malveira recentemente e até acho que não estou a pagar uma exorbitância (550€ por um T2 mobilado, com cerca de 65m2 num prédio de 2008). Já pensei em comprar casa aqui, em que os preços rondam os 1000, 1000 e poucos euros o m2, mas há aquele "pequeno" problema de não ter disponiveis 15 ou 20 mil euros para dar de entrada e assegurar as despesas administrativas. Pessoalmente, acho que é das melhores zonas da periferia para se morar. Como os transportes são uma m**** ainda passa um bocado ao lado desta loucura lisboeta.

550 por 65 m2? Desculpa que te diga mas acho que estás a ser chulado.
Não precisas de 15 ou 20 mil para despesas administrativas, imóvel da banca, 100% financiamento, consegues comprar aí nesse mesmo sítio, uma casa bem melhor e por bem menos por mês (ao banco).
Mudei-me para a malveira recentemente e até acho que não estou a pagar uma exorbitância (550€ por um T2 mobilado, com cerca de 65m2 num prédio de 2008). Já pensei em comprar casa aqui, em que os preços rondam os 1000, 1000 e poucos euros o m2, mas há aquele "pequeno" problema de não ter disponiveis 15 ou 20 mil euros para dar de entrada e assegurar as despesas administrativas. Pessoalmente, acho que é das melhores zonas da periferia para se morar. Como os transportes são uma m**** ainda passa um bocado ao lado desta loucura lisboeta.

550 por 65 m2? Desculpa que te diga mas acho que estás a ser chulado.
Não precisas de 15 ou 20 mil para despesas administrativas, imóvel da banca, 100% financiamento, consegues comprar aí nesse mesmo sítio, uma casa bem melhor e por bem menos por mês (ao banco).

És aqui da zona Vasco? Eu morava em Torres Vedras e pagava 380€ por um T0 mobilado também com 38m2. Quando comecei a procurar (e estive 3 meses a fazê-lo) foi de longe o melhor negócio que consegui. O arrendamento nestas zonas é em pouca quantidade e quando há os preços são todos desta ordem.

Comprar está no horizonte no futuro próximo, porque pelas simulações que fiz facilmente consigo reduzir este valor num empréstimo bancário. O único inconveniente é que não pretendo ficar para sempre aqui e quando voltasse para Viseu queria ter um imóvel do qual me conseguisse desfazer com facilidade e sem perder dinheiro.
Mudei-me para a malveira recentemente e até acho que não estou a pagar uma exorbitância (550€ por um T2 mobilado, com cerca de 65m2 num prédio de 2008). Já pensei em comprar casa aqui, em que os preços rondam os 1000, 1000 e poucos euros o m2, mas há aquele "pequeno" problema de não ter disponiveis 15 ou 20 mil euros para dar de entrada e assegurar as despesas administrativas. Pessoalmente, acho que é das melhores zonas da periferia para se morar. Como os transportes são uma m**** ainda passa um bocado ao lado desta loucura lisboeta.

550 por 65 m2? Desculpa que te diga mas acho que estás a ser chulado.
Não precisas de 15 ou 20 mil para despesas administrativas, imóvel da banca, 100% financiamento, consegues comprar aí nesse mesmo sítio, uma casa bem melhor e por bem menos por mês (ao banco).

És aqui da zona Vasco? Eu morava em Torres Vedras e pagava 380€ por um T0 mobilado também com 38m2. Quando comecei a procurar (e estive 3 meses a fazê-lo) foi de longe o melhor negócio que consegui. O arrendamento nestas zonas é em pouca quantidade e quando há os preços são todos desta ordem.

Comprar está no horizonte no futuro próximo, porque pelas simulações que fiz facilmente consigo reduzir este valor num empréstimo bancário. O único inconveniente é que não pretendo ficar para sempre aqui e quando voltasse para Viseu queria ter um imóvel do qual me conseguisse desfazer com facilidade e sem perder dinheiro.

Conheço a zona sim, na altura em que andava à procura de casa havia boas casas a bons preços nessa zona, apenas não queria ir para tão longe (do centro de Lisboa por cá trabalhar).
Mas tenho amigos e colegas que fora até para mais longe: Ericeira. Mas também Venda do Pinheiro por exemplo.
Um imóvel é sempre um bom investimento, não desvaloriza e até podes sempre alugar.
Meus caros, toda a vida vivi na linha de Cascais... até o ano passado.

Por razões de facilitar a vida e reduzir custos, resolvemos em família vender a nossa moradia e neste momento vivo na Margem Sul, Montijo.

Rendas e casas mais baratas, por enquanto.

Estou a 20, 25 minutos da Expo, de carro ou autocarro dos TST e do Cais do Sodré se for de barco (desde que a Transtejo funcione bem).

Pago 600€ de renda por um T3 duplex e, em princípio, sairei em Julho para casa comprada, se Deus quiser.

Os preços das casas ainda estão simpáticos e há muitas casas acabadas de construir por bancos, devido à falência de alguns construtores no tempo da crise. Estas casas têm 100% de empréstimo garantido. É só ter paciência e procurar nas dezenas de imobiliárias que existem em Alcochete e no Montijo.

Muita gente da Margem Norte está a fazer isso. Em 6 meses nota-se o aumento do tráfego na Vasco da Gama se bem que não atinja o tráfego infernal da 25 de Abril.

E a vida é muito mas mesmo muito mais calma.

É uma boa opção.
Estou a trabalhar no Montijo desde Janeiro e já andei a espreitar possíveis opções que me permitissem "transferir" os gastos de +- 300€ mensais em transporte que dispendo no meu trajecto diário para uma habitação/quarto/wtv nessa zona.

Conselhos? Quando googlei encontrava T3 e T4 enormes a 400/500€ mas como tenciono viver sozinho numa primeira fase não achei o mercado muito rentável.

Aproveita e se estiveres com vontade de assentar arraias, compra.

O Montijo, Alcochete, Moita, toda aquela zona vai-se transformar numa nova Almada / Amadora.

Tendencialmente mais bem organizada e agradável.
Devo ficar pelo Montijo uns 2/3 anos portanto avançar para a compra de um imóvel não está nos meus planos. Mas o balúrdio que gasto em viagens - fora o tempo - faz-me querer procurar um barraco para dormir nesta nova fase da minha vida.
Os preços na periferia também têm disparado, na linha de Cascais os estrangeiros andam literalmente numa caça a moradias, em minha casa é dia sim dia não (sem exagerar) panfletos no correio de agências imobiliárias destinadas a suecos ou a chineses a fazerem publicidade e a pedirem para contactar. E é à cara podre, vêm sugestões nesses panfletos para vender parte ou até um único quarto, algo que creio (estou errado?) ser ilegal.

Oeiras tem tido um boom diabólico, a dita Nova Oeiras tem empreendimentos a surgir que nem cogumelos, pouco falta para virar uma Amadora


Oeiras tem tido um boom diabólico, a dita Nova Oeiras tem empreendimentos a surgir que nem cogumelos, pouco falta para virar uma Amadora

Amadora é um mini Queens/Bronx, eles querem transformar a dita Nova Oeiras numa mini Silicon Valley, a terrinha das start ups da tecnologia e do e-commerce, por isso os preços desses empreendimentos vão andar próximos dos preços de Lisboa.
Eu vivo em Almada, e não penso mudar, nem pouco mais ou menos. Está perto de Lisboa, é mais pacato, tenho alguns transportes, e acima de tudo, é ideal para ter carro. Perto de tudo.
Contudo olho para Lisboa, tendo muitos amigos, com um perigo de perda de identidade. Em Almada os preços das casas já estão a crescer como nunca vi. E o PS estar agora no "poder" em Almada deve-se essencialmente à entrada de 10.000 pessoas (lisboetas?) nos últimos 2 anos. Felizmente, está longe de perder a sua identidade. E pode ser que Cacilhas seja um grande pólo de saída à noite no futuro, em alternativa ao Cais. 

Preocupa-me a situação em Lisboa, mas não sei como pode o governo actuar, apesar de tudo, parecem-me legitimas as pessoas que querem rentabilizar um quarto/casa. Não é, contudo, para os portugueses.
Citar
http://www.sabado.pt/dinheiro/detalhe/alguns-imoveis-em-lisboa-custam-tanto-como-casas-em-paris

IMOBILIÁRIO
Lisboa: Estrangeiros desistem de comprar casa a preços de Paris

Há já quem desista de comprar casa em Portugal por preços serem tão altos como noutras capitais europeias.

 :lol: :lol: :lol:
No âmbito deste tópico e daquilo que aqui escrevi antes:

https://observador.pt/especiais/onde-e-mais-dificil-ter-casa-no-algarve/

Nem de propósito, Lagos como o concelho onde é mais difícil de comprar casa, quando comparado o valor dos imóveis e o salário médio mensal. E ressalvo que estes valores pecam já bastante por defeito.

Nos 5 primeiros concelhos da lista, quatro são algarvios, com Cascais a fechar a lista.

Confesso que também fiquei surpreendido com os baixos preços dos imóveis em alguns concelhos do interior do país.
Citar
http://www.sabado.pt/dinheiro/detalhe/alguns-imoveis-em-lisboa-custam-tanto-como-casas-em-paris

IMOBILIÁRIO
Lisboa: Estrangeiros desistem de comprar casa a preços de Paris

Há já quem desista de comprar casa em Portugal por preços serem tão altos como noutras capitais europeias.

 :lol: :lol: :lol:

Há 2 meses atrás ofereceram um apartamento em Lisboa por "X". Há uma semana atrás colocaram-no à venda por X+ 60.000,00€. Hoje foi vendido por X + 75.000,00€.  :lol: :lol:
A minha velha, que agora vive sozinha, alugou a casa de família no Montijo e conseguiu um apartamento no centro, perto da caixa geral de depósitos, um T1 com quintal completamente remodelado, como novo, num prédio que tem 30 anos mas também está remodelado.Paga 250 Euros por mês.

Acho que muita da inflação também vem dos agentes(especuladores) imobiliários.

Agora só um doido paga 1000 ou mais por um barraco no centro de lisboa podendo ter uma casa grande ou apartamento por metade do preço.
A minha velha, que agora vive sozinha, alugou a casa de família no Montijo e conseguiu um apartamento no centro, perto da caixa geral de depósitos, um T1 com quintal completamente remodelado, como novo, num prédio que tem 30 anos mas também está remodelado.Paga 250 Euros por mês.

Acho que muita da inflação também vem dos agentes(especuladores) imobiliários.

Agora só um doido paga 1000 ou mais por um barraco no centro de lisboa podendo ter uma casa grande ou apartamento por metade do preço.
Obviamente que as agências imobiliárias estão-se a aproveitar do "momento". E esta "bolha" quando rebentar, vai pingar para todos os lados.

Quando decidi sair de casa, o intuito era alugar. Depressa mudei de ideias. Comprar uma casa nunca fez tanto sentido como agora. Ser paciente e esperar por um negócio de ocasião.

As rendas de casas na periferia de Lisboa (não é só no centro) estão em valores completamente desfasados. Como é que um casal nos 20´s tem capacidade para pagar de rendas 450/500 euros quando pode ter a mesma casa, comprada com uma prestação ao banco de 200 e poucos?
A minha velha, que agora vive sozinha, alugou a casa de família no Montijo e conseguiu um apartamento no centro, perto da caixa geral de depósitos, um T1 com quintal completamente remodelado, como novo, num prédio que tem 30 anos mas também está remodelado.Paga 250 Euros por mês.

Acho que muita da inflação também vem dos agentes(especuladores) imobiliários.

Agora só um doido paga 1000 ou mais por um barraco no centro de lisboa podendo ter uma casa grande ou apartamento por metade do preço.
E como soube ela dessa casa? Estava anunciada onde?
A minha velha, que agora vive sozinha, alugou a casa de família no Montijo e conseguiu um apartamento no centro, perto da caixa geral de depósitos, um T1 com quintal completamente remodelado, como novo, num prédio que tem 30 anos mas também está remodelado.Paga 250 Euros por mês.

Acho que muita da inflação também vem dos agentes(especuladores) imobiliários.

Agora só um doido paga 1000 ou mais por um barraco no centro de lisboa podendo ter uma casa grande ou apartamento por metade do preço.
E como soube ela dessa casa? Estava anunciada onde?


Ela andou lá pela cidade e a casa tinha um papel na janela, ela tratou directamente com a proprietária.