João Novais - aBosta

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

O contrato do Evangelista não acaba agora. O que acaba é o empréstimo. Já aqui disse algumas vezes que já o tinha fechado, não engana. Era o 8 que queria para fazer sombra ao Wendel na próxima época.

Quanto ao Novais, está bem em vila do conde. Saber bater bolas paradas não chega.

E quanto ao Battaglia, concordo com o Matchbox. A 6 a funcionar de vassoura é onde rende mais e onde deveria contar.
O médio para fazer sombra ao Wendell, a sério? O Wendell nem terceira escolha do plantel ainda é para 8 quanto mais. Mas numa coisa estás certo, no padrão de avaliação do Evangelista, que só jogou bem contra o Sporting e nos outros jogos tem sido quase sempre um zero á esquerda. Jogadores assim, que só sobressaem mediante certas 'condições' se é que me estou a fazer entender, não interessam ao clube.

Enviado do meu Mi A1 através do Tapatalk

Sporting sempre!

http://napontadabola.blogspot.pt
Um espaço para debater futebol
O contrato do Evangelista não acaba agora. O que acaba é o empréstimo. Já aqui disse algumas vezes que já o tinha fechado, não engana. Era o 8 que queria para fazer sombra ao Wendel na próxima época.

Quanto ao Novais, está bem em vila do conde. Saber bater bolas paradas não chega.

E quanto ao Battaglia, concordo com o Matchbox. A 6 a funcionar de vassoura é onde rende mais e onde deveria contar.
O médio para fazer sombra ao Wendell, a sério? O Wendell nem terceira escolha do plantel ainda é para 8 quanto mais. Mas numa coisa estás certo, no padrão de avaliação do Evangelista, que só jogou bem contra o Sporting e nos outros jogos tem sido quase sempre um zero á esquerda. Jogadores assim, que só sobressaem mediante certas 'condições' se é que me estou a fazer entender, não interessam ao clube.

Enviado do meu Mi A1 através do Tapatalk



A sério, o Wendel (com 1 L). Não tenho dúvidas que na próxima época ganha a titularidade (se não a ganhar nos jogos pós Braga).

Devo ter sorte nos jogos que tenho visto do Estoril. Porque sempre que vejo é Evangelista + 10. E como já o conheço desde os tempos do São Paulo estou à vontade para falar dele. Já cá devia estar.
O contrato do Evangelista não acaba agora. O que acaba é o empréstimo. Já aqui disse algumas vezes que já o tinha fechado, não engana. Era o 8 que queria para fazer sombra ao Wendel na próxima época.

Quanto ao Novais, está bem em vila do conde. Saber bater bolas paradas não chega.

E quanto ao Battaglia, concordo com o Matchbox. A 6 a funcionar de vassoura é onde rende mais e onde deveria contar.
O médio para fazer sombra ao Wendell, a sério? O Wendell nem terceira escolha do plantel ainda é para 8 quanto mais. Mas numa coisa estás certo, no padrão de avaliação do Evangelista, que só jogou bem contra o Sporting e nos outros jogos tem sido quase sempre um zero á esquerda. Jogadores assim, que só sobressaem mediante certas 'condições' se é que me estou a fazer entender, não interessam ao clube.

Enviado do meu Mi A1 através do Tapatalk



A sério, o Wendel (com 1 L). Não tenho dúvidas que na próxima época ganha a titularidade (se não a ganhar nos jogos pós Braga).

Devo ter sorte nos jogos que tenho visto do Estoril. Porque sempre que vejo é Evangelista + 10. E como já o conheço desde os tempos do São Paulo estou à vontade para falar dele. Já cá devia estar.
Pois olha eu devo ter tido muito azar, a seguir ao jogo com o Sporting foi só grandes exibições do Lucas, divinais mesmo. E estamos a falar de um jogador que não se impôs na Udinese, nem em nenhum outro lado depois de sair do Brasil.
Mas é a tua opinião, por mim o João Novais seria uma aposta bem mais consistente. Vamos ver, o tempo será o melhor juíz.
Quanto ao Wendel, espero que tenhas razão. Agora que até agora a tua previsão é infundada, é.

Enviado do meu Mi A1 através do Tapatalk

Sporting sempre!

http://napontadabola.blogspot.pt
Um espaço para debater futebol
Além do mais, esqueces que para a posição 8 o Sporting tem várias opções válidas, incluindo Bruno Fernandes.

Enviado do meu Mi A1 através do Tapatalk

Sporting sempre!

http://napontadabola.blogspot.pt
Um espaço para debater futebol
Bom jogador, mas pelo que vi em Alvalade é de combate.

Não é um médio de definição...
 O Bruno Fernandes devia fixar-se nas costas do Bas Dost, em definitivo.

 Falta rotatividade defensiva ao Evangelista para ser 8 num meio-campo a dois. O mesmo para o Chico. Aqui o Novais é mais rotativo, mas menos criativo com bola, apesar de ser competente e um grande upgrade em comparação com o Battaglia. Vamos ver como fica o meio-campo para a próxima época, o William e Battaglia podem ser vendidos, o Misic nada mostrou e o Wendel está ainda verdade (para o Jorge Jesus).

 Parece-me, que vamos mexer e bem no miolo. Bem no sentido numérico.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Não consigo imaginar o João Novais a acrescentar grande coisa ao jogo do Sporting. Aliás, mesmo no Rio Ave, tirando as bolas paradas, passa bastante frequentemente ao lado dos jogos. É um jogador para ir acompanhando, mas por enquanto é só isso.
A informação que me chegou é que esta é a minha assinatura. Vale o que vale...
Também entro na onda daqueles que preferem o Evangelista ao João Novais. Para mim o português não ia acrescentar nada ao nosso meio-campo, exceptuando a marcação de bolas paradas. O miolo vai sofrer alterações, mas espero que não se cometam os mesmos erros (Elias, Petrovic, Mattheus Oliveira...).
"Esforço, Dedicação, Devoção e Glória"
Além do mais, esqueces que para a posição 8 o Sporting tem várias opções válidas, incluindo Bruno Fernandes.

Enviado do meu Mi A1 através do Tapatalk

Olhe que não, olhe que não...
Além do mais, esqueces que para a posição 8 o Sporting tem várias opções válidas, incluindo Bruno Fernandes.

Enviado do meu Mi A1 através do Tapatalk

Olhe que não, olhe que não...
Bruno Fernandes, Geraldes, Rafael Barbosa... não são opções válidas para a posição 8? Ok, queres andar com o Sporting sempre a jogar com um segundo avançado... que não é avançado!
Mas lá está, são opiniões e todos temos direito a elas ;)

Enviado do meu Mi A1 através do Tapatalk

Sporting sempre!

http://napontadabola.blogspot.pt
Um espaço para debater futebol
Além do mais, esqueces que para a posição 8 o Sporting tem várias opções válidas, incluindo Bruno Fernandes.

Enviado do meu Mi A1 através do Tapatalk

Olhe que não, olhe que não...
Bruno Fernandes, Geraldes, Rafael Barbosa... não são opções válidas para a posição 8? Ok, queres andar com o Sporting sempre a jogar com um segundo avançado... que não é avançado!
Mas lá está, são opiniões e todos temos direito a elas ;)

Enviado do meu Mi A1 através do Tapatalk

Para mim não.
Quanto ao resto não disse nada disso...apenas disse que não temos assim tantas opções validas a 8.
Nao tou a ver o novais como 8 num meio campo a 2. Ainda hoje tenho duvidas no bruno fernandes a 8 qt mais este.

Se fosse a interior num 4.3.3... Ai tudo bem.

É bom jogador mas no modelo do jj acho q ia acabar a ala ou 2 avançado.

Enviado do meu LG-H525n através do Tapatalk

Esforço, dedicação, devoção e glória – Eis o Sporting Clube de Portugal!
O melhor 11 para lá dos grandes e uma analise ao Lucas Evangelista (para mim superior ao Novais).

https://goalpoint.pt/jogador-do-mes-evangelista-o-profeta-da-bola_52751

Citar
Poucos jogos mas muita bola no pé
O mês futebolístico foi curto, mas nem por isso de menor rendimento. Prova disso é o facto de identificarmos nada menos do que 15 jogadores que, cumprindo os requisitos acima referidos, terminaram Dezembro com um rating médio igual ou superior a 6.50, um registo que quem nos acompanha sabe ser sinónimo de desempenho acima da média. E as curiosidades não ficam por ai, ao identificarmos apenas dois jogadores dos “grandes” nas cinco melhores médias mensais, mas deixamos essas revelações para o anúncio do “onze” do mês, a publicar ainda antes do final de 2017. Por agora centramos a nossa merecida atenção no jogador que melhor desempenho teve no advento natalício. E nada mais apropriado do que um jogador com nome de santo e apelido que encaixa na perfeição com a quadra? Lucas Evangelista (Estoril) é o jogador do mês de Dezembro, por mérito próprio, sem qualquer influência religiosa.

Lucas, o profeta do “miolo”
É difícil dizer algo mais sobre Lucas Evangelista, tendo em conta que ainda há pouco tempo o destacámos como o primeiro GoalPoint Moneyball Player da Liga NOS 17/18, aprofundando as razões que nos fizeram conceder-lhe atenção tão exclusiva. O último mês de 2017 acabou por reforçar ainda mais o protagonismo do brasileiro, ele que já detinha o melhor GoalPoint Rating da Liga, no que toca a jogadores obrigados a oferecer o seu futebol fora do atípico “oásis” dos “grandes”.


O facto de Evangelista alinhar no Estoril realça ainda mais os seus números, mesmo tendo em conta que o lugar ocupado pelos “canarinhos” não reflectirá com justiça o desempenho colectivo do emblema. O 17º classificado procura encetar uma fuga à zona de despromoção, com apenas duas derrotas nas últimas cinco jornadas, e Lucas tem exercido um papel determinante nessa tentativa, como médio-centro que oferece soluções na criação, recuperação e até no remate e concretização. Um “oito” do mais completo que a Liga oferece e que suplantou em Dezembro (ainda que por margem curta) o futebol de qualidade quantificável de outro rival de sector de cujo talento já ninguém duvida: Bruno Fernandes (Sporting CP).

Mas a verdade é que Lucas conseguiu terminar o mês com o mesmo registo de acções para golo que o influente médio leonino (um tento e uma assistência), ocasiões flagrantes criadas (duas) e títulos MVP GoalPoint (dois), descolando do “rival” tanto em remates como em diversas variáveis defensivas que atestam a sua atípica polivalência. Se recordarmos que Evangelista obteve estes números não só ao serviço do Estoril, mas também num ciclo que incluiu uma visita ao Estádio da Luz (na qual, apesar da derrota, foi o MVP), percebemos o quão especial foi o mês do jovem brasileiro de apenas 22 anos.

Emprestado pela Udinese ao Estoril, e já após uma passagem pela Grécia (Panathinaikos, também por empréstimo), Lucas tem tudo para confirmar, na Liga NOS, o carácter de jovem “mais do que” promessa, caso mantenha o nível que até agora demonstrou. Com um valor de mercado de apenas 1,6 milhões de euros (e que já ascendeu a cerca de três milhões), é caso para dizer que, como é costume, a Liga NOS é “montra” de qualidade, visível a quem se liberte das “palas” observacionais e, já agora, atente nos números. Porque esses… não mentem.

O melhor 11 para lá dos grandes e uma analise ao Lucas Evangelista (para mim superior ao Novais).

https://goalpoint.pt/jogador-do-mes-evangelista-o-profeta-da-bola_52751

Citar
Poucos jogos mas muita bola no pé
O mês futebolístico foi curto, mas nem por isso de menor rendimento. Prova disso é o facto de identificarmos nada menos do que 15 jogadores que, cumprindo os requisitos acima referidos, terminaram Dezembro com um rating médio igual ou superior a 6.50, um registo que quem nos acompanha sabe ser sinónimo de desempenho acima da média. E as curiosidades não ficam por ai, ao identificarmos apenas dois jogadores dos “grandes” nas cinco melhores médias mensais, mas deixamos essas revelações para o anúncio do “onze” do mês, a publicar ainda antes do final de 2017. Por agora centramos a nossa merecida atenção no jogador que melhor desempenho teve no advento natalício. E nada mais apropriado do que um jogador com nome de santo e apelido que encaixa na perfeição com a quadra? Lucas Evangelista (Estoril) é o jogador do mês de Dezembro, por mérito próprio, sem qualquer influência religiosa.

Lucas, o profeta do “miolo”
É difícil dizer algo mais sobre Lucas Evangelista, tendo em conta que ainda há pouco tempo o destacámos como o primeiro GoalPoint Moneyball Player da Liga NOS 17/18, aprofundando as razões que nos fizeram conceder-lhe atenção tão exclusiva. O último mês de 2017 acabou por reforçar ainda mais o protagonismo do brasileiro, ele que já detinha o melhor GoalPoint Rating da Liga, no que toca a jogadores obrigados a oferecer o seu futebol fora do atípico “oásis” dos “grandes”.


O facto de Evangelista alinhar no Estoril realça ainda mais os seus números, mesmo tendo em conta que o lugar ocupado pelos “canarinhos” não reflectirá com justiça o desempenho colectivo do emblema. O 17º classificado procura encetar uma fuga à zona de despromoção, com apenas duas derrotas nas últimas cinco jornadas, e Lucas tem exercido um papel determinante nessa tentativa, como médio-centro que oferece soluções na criação, recuperação e até no remate e concretização. Um “oito” do mais completo que a Liga oferece e que suplantou em Dezembro (ainda que por margem curta) o futebol de qualidade quantificável de outro rival de sector de cujo talento já ninguém duvida: Bruno Fernandes (Sporting CP).

Mas a verdade é que Lucas conseguiu terminar o mês com o mesmo registo de acções para golo que o influente médio leonino (um tento e uma assistência), ocasiões flagrantes criadas (duas) e títulos MVP GoalPoint (dois), descolando do “rival” tanto em remates como em diversas variáveis defensivas que atestam a sua atípica polivalência. Se recordarmos que Evangelista obteve estes números não só ao serviço do Estoril, mas também num ciclo que incluiu uma visita ao Estádio da Luz (na qual, apesar da derrota, foi o MVP), percebemos o quão especial foi o mês do jovem brasileiro de apenas 22 anos.

Emprestado pela Udinese ao Estoril, e já após uma passagem pela Grécia (Panathinaikos, também por empréstimo), Lucas tem tudo para confirmar, na Liga NOS, o carácter de jovem “mais do que” promessa, caso mantenha o nível que até agora demonstrou. Com um valor de mercado de apenas 1,6 milhões de euros (e que já ascendeu a cerca de três milhões), é caso para dizer que, como é costume, a Liga NOS é “montra” de qualidade, visível a quem se liberte das “palas” observacionais e, já agora, atente nos números. Porque esses… não mentem.

O marítimo também tem lá um brasileiro muito bom.

Enviado do meu SM-A500FU através do Tapatalk

As estatísticas valem o cócó que valem...Mas por alguma razão o Lucas Evangelista é mais caro que o João Novais, e ainda por cima é mais novo, o que em teoria lhe dá maior margem de progressão.

https://www.transfermarkt.com/vergleich/spielervergleich/statistik/def/spieler/270188&228940
Mas porque estão a falar do Lucas? Está mais que fechado nos lamps..
Em relação ao Novais.. não vejo o que possa acrescentar.
S C P - 1 9 0 6
Mas porque estão a falar do Lucas? Está mais que fechado nos lamps..
Em relação ao Novais.. não vejo o que possa acrescentar.

Creio que não está...
O contrato do Evangelista não acaba agora. O que acaba é o empréstimo. Já aqui disse algumas vezes que já o tinha fechado, não engana. Era o 8 que queria para fazer sombra ao Wendel na próxima época.

Quanto ao Novais, está bem em vila do conde. Saber bater bolas paradas não chega.

E quanto ao Battaglia, concordo com o Matchbox. A 6 a funcionar de vassoura é onde rende mais e onde deveria contar.
O médio para fazer sombra ao Wendell, a sério? O Wendell nem terceira escolha do plantel ainda é para 8 quanto mais. Mas numa coisa estás certo, no padrão de avaliação do Evangelista, que só jogou bem contra o Sporting e nos outros jogos tem sido quase sempre um zero á esquerda. Jogadores assim, que só sobressaem mediante certas 'condições' se é que me estou a fazer entender, não interessam ao clube.

Enviado do meu Mi A1 através do Tapatalk



A sério, o Wendel (com 1 L). Não tenho dúvidas que na próxima época ganha a titularidade (se não a ganhar nos jogos pós Braga).

Devo ter sorte nos jogos que tenho visto do Estoril. Porque sempre que vejo é Evangelista + 10. E como já o conheço desde os tempos do São Paulo estou à vontade para falar dele. Já cá devia estar.
Pois olha eu devo ter tido muito azar, a seguir ao jogo com o Sporting foi só grandes exibições do Lucas, divinais mesmo. E estamos a falar de um jogador que não se impôs na Udinese, nem em nenhum outro lado depois de sair do Brasil.
Mas é a tua opinião, por mim o João Novais seria uma aposta bem mais consistente. Vamos ver, o tempo será o melhor juíz.
Quanto ao Wendel, espero que tenhas razão. Agora que até agora a tua previsão é infundada, é.

Enviado do meu Mi A1 através do Tapatalk

Talvez o Evangelista não tenha o suficiente para um grande. É bem possível. Eu serei suspeito porque passado dois ou três jogos, era a minha recomendação nos meio-campo da Liga fora 3 grandes. Contudo, é bem possível que chegue a um grande e se engasgue. Já o vimos acontecer. E talvez nem seja formatado a um sistema de 2 homens, assim como o Bruno Fernandes ainda não o é.

Mas neste momento, o Evangelista mete o Novais no bolso e sai a jogar. Até o André Sousa mete o Novais no bolso e sai a jogar.
“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly
Tenho algumas dúvidas que o Wendel assuma o lugar de titular na posição "8" porque eu acredito que o Rafael Leão vai rapidamente assumir a posição "9,5" ao lado do Dost. Dessa forma, o BF vai ter de jogar a "8" e não vejo espaço para o Lucas Evangelista, apesar de considerar um excelente jogador e daqui a 1 ano sem contrato é extremamente apetecível pela qualidade-preço brutais.

João Novais era mais um jogador que "talvez fosse reforço". Nós precisamos é de REFORÇOS.

Gostava é que o clube fizesse um esforço para ter REFORÇOS, tais como uma alternativa ao Dost, um jogador "a sério" para a esquerda para rodar com o Matheus e RR na próxima época e um central para rodar com Coates e Mathieu.

                               Rui Patrício

 Piccini               Coates           Mathieu            Coentrão
Ristovski            Pezzella                                   Acuña

 Gelson              Badelj         B. Fernandes         Vilhena
Raphinha          Battaglia          Wendel             Matheus

                       Bas Dost        Rafael Leão
                        Slimani           Podence

Isto sim era um plantel com 20 jogadores de enorme qualidade e todos ao mesmo nível. Aproveitar 2 reforços de enorme qualidade a "custo zero", investir no Vilhena e Raphinha e empréstimo de Slimani.

Sobrava Salin, André Pinto, Palhinha/Misic e RR.
                           
CONTRA TUDO E CONTRA TODOS! SPORTING SEMPRE!
O pessoal gosta muito de divagar...

-- Ah, o Lucas era muito bom num 4-3-3, tal como o Chico...

Malta, nós jogamos num 4-4-2, apenas DOIS no meio!

Enquanto o jota for o nosso mister parem POR FAVOR com as conversas do 4-3-3 (uma táctica que cada vez gosto menos, confesso, até porque é a mais básica de todas, e a ideal para treinadores "ultra-limitados")...

O segundo jogador do meio campo tem de ter características ULTRA-especiais, e tá visto que esse Lucas não as tem, portanto falem-me mas é do Novais do qual só conheço aquele PONTAPÉ FANTÁSTICO que ele tem...