Por mim, Bruno fica.

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.




Ponto prévio:

Não retiro nada que tenha dito relativamente à postura e algumas atitudes de Bruno de Carvalho principalmente desde as eleições de Março de 2017.

Não gostei, continuo a não gostar e voltava e voltarei a sublinhar tal se for caso disso. Não por uma questão de empunhar uma qualquer bandeira de liberdade de opinião que obviamente TODOS temos e continuaremos a ter.

Mas sim e pela informação que tenho como mero adepto, muito menor e sustentada que a de a de quem lidera o clube, de entender que os interesses do clube poderiam ter sido defendidos de outra forma, até por protecção de quem dá o corpo às balas. Por entender que o actual presidente é uma verdadeira mais valia e é preciso defender a obra feita e construir em cima do muito que se fez.

Também não gostei do desenlace desta última Assembleia Geral. Acho também que Bruno de Carvalho tem a sua grande quota de responsabilidades para um contexto que se criou que coloca em grande perigo a sua continuidade. Porque assim o escolheu.

Não nos enganemos. As propostas de alteração de estatutos não tornarão um clube difícil de gerir, em fácil de gerir. Não são profundas nem estruturantes, quando muito dotam os Orgãos Sociais de algumas ferramentas adicionais o que à partida torna este contexto de potencial queda de uma direcção, substantivamente pouco compreensível, do ponto de vista formal e de governance.

O que está então, verdadeiramente, em causa?

Desgaste do presidente. Ponto. Os sinais estavam lá e a AG do último fim de semana foi a última gota. As reacções dos dias anteriores nas redes sociais, o discurso na abertura da AG, mostraram alguém farto de ser atacado e farto de ser pouco defendido.

Os tais 90%, os tais que o legitimam ( e legitimam, de facto ) não impediram uma onda de falácias relativamente às propostas do Conselho Directivo, aliás, contribuíram e muito menos permitiram que o presidente se fizesse ouvir num espaço de debate e esclarecimento no local para tal.

Não é isto?

Bruno de Carvalho não pôde defender aquilo que considera ( bem ou mal ), ser dos interesses do clube e viu que essa impossibilidade foi promovida por figuras como Severino e Morgado. Não estão em causa a boa fé que muitos sócios tiveram e têm em querer para outro dia uma discussão de pontos de alguma sensibilidade, dada uma AG que se prolongou o tempo e pelos relatos, mal conduzida.

Para o presidente, ficou certamente a mágoa de ver pessoas sinistras terem mão numa AG do clube. Que basicamente, foi isso que aconteceu.

Bruno de Carvalho até se porá a jeito em muitas coisas? Põe. Mas nada justifica traição, compadrio com quem nos quer mal, o ataque pessoal e à família e as denúncias caluniosas.

E que se desconfie e se façam processos de intenção falaciosos e agora falo dos tais 90% que o legitimam, relativamente ao presidente como se fizeram na semana que antecedeu a AG, relativamente às propostas dos Orgãos Sociais.

No dia 17 estarei em Lisboa, farei 600 kms para fazer a minha parte.

Por mim, Bruno fica.
No entanto, caso essa escolha tenha que ser feita no Ponto 3, não vou nunca (apesar de estar completamente contra estas "rants" de BdC) retirar o meu apoio ao Presidente. E não vou porque apesar de não estar alinhado com estas acções, não posso nunca ver ratos de esgoto a vencer. E ratos de esgoto não são aquelas pessoas que estão na Lista. A maioria delas são grandes Sportinguistas. Ratos de esgoto são aqueles Sportinguistas que conspiram com rivais nos almoços, que passam informações internas à CS; ratos de esgoto são aqueles que se aliam à corja lampiónica para derrubar BdC. Uns bandalhos. Uns m*****. Não valem nada. Põem a sua agenda pessoal à frente do Clube, chegando ao ponto de passar informações a rivais, à CS e procurando tacho nos rivais. Uns m*****.

Entre estes ratos de esgoto e o Presidente actual, não poderá nunca haver outra escolha, por muito ou pouco que se concorde com a recente actuação de BdC. Eu já fiz a minha escolha. Achava sinceramente que a purga se limitaria à corja roquetteira, mas estarei ao lado de qualquer Presidente que esteja a ser sabotado por sabujos bandalhos ratos de esgoto que se vendem aos lampiões. Enquanto estes existirem no clube a purga nunca estará terminada.
Este forista recusa aplicar nos seus posts o novo Acordo Ortográfico
10 Mandamentos do Sporting

Bruno de Carvalho - melhor Presidente de sempre
Texto muito bom.
Não concordo com o ponto que põe em causa a liberdade de expressão e em condições normais votaria contra. No entanto, é um mal menor. Se chumbarmos e ele se for embora estamos a dar pérolas a porcos. Não é que seja defensor do Bruno ou caos, mas os croquetes não vão perder a oportunidade para tentar regressar.
Para além de que a entrada de um novo presidente neste momento (por muito bom que seja) pode fraccionar o clube. As comparações com o Bruno serão óbvias e caso alguma coisa corra mal vai ser corrido em meia dúzia de meses.

P.S. A possibilidade de ver o fim do conselho leonino também me agrada imenso. Precisamente pela conotação histórica que esse órgão ganhou no tempo do roquetismo.

Por mim fica.
Continua a Saga do Damage Control.

Mais atacado que defendido? No Sporting? Falácia.

Traído? Por quem, onde e quando?

Estou farto deste lerolero... Só pedia um pingo de objectividade para conseguir perceber a origem deste circo todo...


... Ah já sei, o Bruno "está farto disto tudo".

Andamos a brincar com isto, e na sucessiva tentativa de enfiar gelados pela testa a dentro dos Sportinguistas... Isto aliado com um desnorte total por parte de quem nos lidera nos últimos tempos.
"Brace Yourselves, Winter is Coming. "
Continua a Saga do Damage Control.

Mais atacado que defendido? No Sporting? Falácia.

Traído? Por quem, onde e quando?

Estou farto deste lerolero... Só pedia um pingo de objectividade para conseguir perceber a origem deste circo todo...


... Ah já sei, o Bruno "está farto disto tudo".

Andamos a brincar com isto... Aliado com um desnorte total por parte de quem nos lidera nos últimos tempos.

Explicas essa do Damage Control, sff.
Disclaimer: todas as imagens de emails são fictícias, inúteis, e de fonte secundária.

"If you can survive disappointment, nothing can beat you."

(...) But my dreams have been stolen away.
Por mim o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL fica.

E não o Bruno de Carvalho Clube de Portugal.

Se a opção do Bruno for a 1ª escolha, excelente e siga caminho.

Se a opção do Bruno for a 2ª escolha, não contará mais com o meu apoio.

O Bruno é um presidente que ganhou eleições há pouquíssimo tempo com 90% dos votos!!!

E sempre que oiço, vejo, Sportinguistas a falar, a escrever, é MUITO raro ver um comentário a dizer que o Bruno não serve!

Tem pessoas contra ele, que lhe querem fazer a vida negra? Que surpresa...um gajo que é presidente do Sporting e que se mete em conflitos com tudo e todos (e muitos dele bem, outros não) está à espera de quê? Que lhe andem constantemente a oferecer rosas e bombons? Se não aguenta isso, então tem de decidir, ou mete-se em menos conflitos ou tem de sair do cargo.

Se não aguenta mais isso, que o diga de forma claro e diga que vai pôr o cargo à disposição porque a sua vida pessoal não aguenta com o cargo.

Não entremos em coisas ridiculas como "ou aceitam as mudanças nos estatutos que eu quero ou saio", este tipo de ultimato não fica nada bem e muita gente odeia este tipo de coisas, é entrar em guerra com quem o sempre apoiou só porque há quem não esteja de acordo com os estatutos (e isto começou porque ainda há muita gente que precisa de entender melhor o que significa esta mudança nos estatutos, que só queriam adiar a votação!).

Ainda por cima isto de querer falar em coisas tão sensíveis como mudanças nos estatutos a meio da época, não lembra a ninguém, criar guerras internas quando os lamps e o seu presidente estão com toda a gente em cima, quando estavamos em 1º no futebol, depois de ganharmos pela 1ª vez a taça da liga, isto não é de maneira nenhuma pensar no melhor para o Sporting.

E não me venham com conversas do "Bruno ou Caos", "Bruno ou Croquettes", o Sporting vai sempre existir com ou sem Bruno, SEMPRE. Até pode ficar desmaiado, moribundo, em coma, ou até pode ficar melhor, não sei, sei que vai sempre existir, cabe aos sócios decidirem isso. E o Sporting pode ter um presidente que nem seja o Bruno nem seja os croquettes, não sei se sabiam. Ou querem ver que no Sporting não há um único possível futuro candidato que não seja croquette?

Deu importância aos famosos "Sportingados" e aos fora, o que é para mim um erro dos grandes, só os ajuda e não o contrário. E eu sei bem disto, porque os nomes que ele referiu dos "net" discuti muito com vários deles, nos grupos do face (onde fui banido em mais que um), em blogs, especialmente no antes e nas eleições antes do Bruno ser presidente, então com o Ruben Proença de Amorim, o Ruben Coelho, o Pedro Quartin Graça, entre outros (porque faltam ali nomes), foi um fartote. Digo, sem dúvida alguma, devem ter adorado o post do presidente a referi-los, devem estar muito orgulhosos.

A grande maioria Sportinguista está com ele, ganhou as últimas eleições com cerca de 90% dos votos, mesmo que o critiquem (e eu por exemplo critico em algumas coisas) não significa que o deixaram de apoiar, o Bruno não é perfeito, é normal que faça coisas erradas e por isso é normal que seja criticado, como qualquer outra pessoa.

Se acha que ninguém pode criticá-lo, então a única direcção que pode tomar é a porta da saída.

Se acha que os 10% que estão contra ele importam mais que os 90% que o apoiam, então precisa de fazer um retiro espiritual e perceber que 90% é MUITO mais significativo que 10%.

Se acha que a sua vida pessoal não aguenta mais o cargo de presidente do Sporting, que o diga de forma sincera e clara e passemos à próxima fase, marcar eleições e preparar o Sporting para o futuro.

Uma coisa eu sei, aconteça o que acontecer dia 17, o SPORTING NUNCA IRÁ ACABAR!!
BdC foi eleito com 90% dos votos, não é preciso mais nada do que isto, oposição irá ter sempre, gente a atacar irá existir sempre, os cães ladram e a caravana passa, e para mim é sobretudo isto que falta ao nosso presidente: capacidade de ignorar o que e quem não interessa, filtrar.
Completamente desnecessária toda esta novela numa altura em que o centro das atenções devia ser o esquema de corrupção do benfica e seus dirigentes.
Por mim o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL fica.

E não o Bruno de Carvalho Clube de Portugal.

Se a opção do Bruno for a 1ª escolha, excelente e siga caminho.

Se a opção do Bruno for a 2ª escolha, não contará mais com o meu apoio.

Junta:

"O Bruno ou o caos,  :lol:".

"Eu sou do Sporting e não de BdC".

"Eu penso pela minha cabeça".

"Eu tenho convicções e não abdico delas".

E tens o ramalhete de chavões vazio completo.
Continua a Saga do Damage Control.

Mais atacado que defendido? No Sporting? Falácia.

Traído? Por quem, onde e quando?

Estou farto deste lerolero... Só pedia um pingo de objectividade para conseguir perceber a origem deste circo todo...


... Ah já sei, o Bruno "está farto disto tudo".

Andamos a brincar com isto... Aliado com um desnorte total por parte de quem nos lidera nos últimos tempos.

Explicas essa do Damage Control, sff.


O Damage Control é óbvio.

O Bruno de à uns dias para cá pegou numa metralhadora aponta-a aos pés e descarregou o gatilho.

A própria falta de coerência na argumentação é tanta em tudo o que gira em torno deste circo, que nem é bom entrar por aí então... :menos:

Vou voltar a repetir me, o Bruno não se vai demitir. Ponto. Simplesmente não vai acontecer.

Se o fizer por causa da alteração de estatutos não ser aprovada, só prova que neste momento não possui os mínimos de sanidade mental para continuar nos a liderar, e seria o melhor que faria para seu bem e do Sporting.

Eu só vou fazer uma pergunta. Faz algum sentido o Bruno afrontar e ameaçar que se demite por a aprovação de uns estatutos que só entram em vigor no próximo mandato (em 2021)?
 Então mas o presidente não anda "farto disto tudo"? Ou está a pensar em se recandidatar em 2021, e afinal mesmo "farto disto tudo" aguenta mais 3 anos sem os estatutos a entrar em vigor?

Continuem com este discurso Oco, e a postar fotos do camarote leonino, do Mama Primas almoçar com o Severino no tópico do Bruno para justificar este episódio digno de um manicómio. Aliás essa gente move massas dentro do Sporting como ficou visível nas últimas eleições.

Uma coisa tenho a certeza, há aqui algo que nos escapa com este ponto e com a intenção do Bruno.
"Brace Yourselves, Winter is Coming. "
Da minha parte fica tb.

É chantagem? É. É uma ameaça? É. Mas não deixa de ser um desabafo de um homem que tem lutado contra tudo e contra todos, muitas vezes sozinho, sem a solidariedade de quem o devia apoiar e ir á luta, e que tem visto a sua vida pessoal completamente devassada em prol do Sporting.

Vou fazer os máximos para poder estar presente, e dar os meus votos favoráveis aos 3 pontos em discussão, e manifestar o meu apoio a BdC.


Cabe aos sócios escolherem o que querem para o futuro do Sporting. :arrow:



No dia 17 estarei em Lisboa, farei 600 kms para fazer a minha parte.


De louvar.  :mais: :mais: :mais:
Esforço, Dedicação e Devoção servem de pouco se não houver Competência e Rigor.

Acrescente-se definitivamente estes 2 pilares ao ADN do Sporting, para atingirmos a Gloria.
Continua a Saga do Damage Control.

Mais atacado que defendido? No Sporting? Falácia.

Traído? Por quem, onde e quando?

Estou farto deste lerolero... Só pedia um pingo de objectividade para conseguir perceber a origem deste circo todo...


... Ah já sei, o Bruno "está farto disto tudo".

Andamos a brincar com isto... Aliado com um desnorte total por parte de quem nos lidera nos últimos tempos.

Explicas essa do Damage Control, sff.


O Damage Control é óbvio.

O Bruno de à uns dias para cá pegou numa metralhadora aponta-a aos pés e descarregou o gatilho.

A própria falta de coerência na argumentação é tanta em tudo o que gira em torno deste circo, que nem é bom entrar por aí então... :menos:

Vou voltar a repetir me, o Bruno não se vai demitir. Ponto. Simplesmente não vai acontecer.

Se o fizer por causa da alteração de estatutos não ser aprovada, só prova que neste momento não possui os mínimos de sanidade mental para continuar nos a liderar, e seria o melhor que faria para seu bem e do Sporting.

Eu só vou fazer uma pergunta. Faz algum sentido o Bruno afrontar e ameaçar que se demite por a aprovação de uns estatutos que só entram em vigor no próximo mandato (em 2021)?
 Então mas o presidente não anda "farto disto tudo"? Ou está a pensar em se recandidatar em 2021, e afinal mesmo "farto disto tudo" aguenta mais 3 anos sem os estatutos a entrar em vigor?

Continuem com este discurso Oco, e a postar fotos do camarote leonino, do Mama Primas almoçar com o Severino no tópico do Bruno para justificar este episódio digno de um manicómio. Aliás essa gente move massas dentro do Sporting como ficou visível nas últimas eleições.

Uma coisa tenho a certeza, há aqui algo que nos escapa com este ponto e com a intenção do Bruno.

Acabaste por não explicar o damage control na sequência do meu texto.

Quanto à decisão de ontem de BdC, fico sem perceber o que é que o contexto da próxima AG, com necessidade de votações favoráveis muito exigentes, tem de "controlo de danos".

Umas notas:

- Só as alterações que se prendem com os OS, é que entram em vigor nas próximas eleições.

- A gente que não move massas, impediu o presidente de esclarecer e debater propostas que ele trabalhou e quis apresentar em Ag.
Por mim o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL fica.

E não o Bruno de Carvalho Clube de Portugal.

Se a opção do Bruno for a 1ª escolha, excelente e siga caminho.

Se a opção do Bruno for a 2ª escolha, não contará mais com o meu apoio.

Junta:

"O Bruno ou o caos,  :lol:".

"Eu sou do Sporting e não de BdC".

"Eu penso pela minha cabeça".

"Eu tenho convicções e não abdico delas".

E tens o ramalhete de chavões vazio completo.


Tens de lhe juntar "o homem está desnorteado e sem condições psicológicas para presidir"..

De longe eu vejo é uma grande golpada(resta saber quem a patrocina), visível a olho nú, e muitos estão a virar-se contra ele, talvez venha daí a sua necessidade de apoio e saber quem (e quantos) está do seu lado..

Resumindo, está tudo a cair na esparrela de croquettes e lampiões.

Junta:

"O Bruno ou o caos,  :lol:".

"Eu sou do Sporting e não de BdC".

"Eu penso pela minha cabeça".

"Eu tenho convicções e não abdico delas".

E tens o ramalhete de chavões vazio completo.

A mim pouco interessa-me se são chavões ou não, o que eu sei é que Bruno é o presidente do Sporting e não o Sporting, que vai haver Sporting após Bruno (seja ele após dia 17 ou no fim do mandato ou daqui a muitos anos) e que os sócios não têm de ir na conversa de ultimatos, têm de pensar e votar no melhor para o Sporting.

Se os sócios acham que a mudança de estatutos é errada, só têm de votar não à mudança e não pensar "se votarmos não mesmo que não concordemos, o Bruno sai".

Como será no futuro? O Bruno chega a uma AG e diz por exemplo "vamos votar na expulsão dos sócios x, y, z se não votarem a favor, saio do clube" ou "vamos votar na permissão do presidente fazer xixi na bancada, se não votarem a favor, saio do clube". Agora o clube vai funcionar assim? Através de ultimatos?

Isto não é forma de gerir um clube, de maneira alguma.

Cerca de 90% dos sócios votaram para o BdC continuar a ser o presidente há 1 ano atrás, ele continua a ter a confiança desses sócios, por isso que faça o trabalho para que foi eleito e deixe-se de ultimatos que não defendem em nada.

Tens de lhe juntar "o homem está desnorteado e sem condições psicológicas para presidir"..

De longe eu vejo é uma grande golpada(resta saber quem a patrocina), visível a olho nú, e muitos estão a virar-se contra ele, talvez venha daí a sua necessidade de apoio e saber quem (e quantos) está do seu lado..

Resumindo, está tudo a cair na esparrela de croquettes e lampiões.

Mas que golpada? Vai ou está a haver um "Dar Rumo ao Sporting" versão croquette?

Vai haver eleições brevemente?

Seja qual for a golpada, os sócios estão cá para decidir, haja confiança neles antes de andarmos aos ultimatos sobre mudanças nos estatutos.

Tens de lhe juntar "o homem está desnorteado e sem condições psicológicas para presidir"..

De longe eu vejo é uma grande golpada(resta saber quem a patrocina), visível a olho nú, e muitos estão a virar-se contra ele, talvez venha daí a sua necessidade de apoio e saber quem (e quantos) está do seu lado..

Resumindo, está tudo a cair na esparrela de croquettes e lampiões.

Mas que golpada? Vai ou está a haver um "Dar Rumo ao Sporting" versão croquette?

Vai haver eleições brevemente?

Seja qual for a golpada, os sócios estão cá para decidir, haja confiança neles antes de andarmos aos ultimatos sobre mudanças nos estatutos.


Golpada no sentido de mudar a percepção que muitos Sportinguistas têm do Presidente, e começarem a virar-se contra ele.Aliás é bem visível neste fórum a mudança de alguns..

Junta:

"O Bruno ou o caos,  :lol:".

"Eu sou do Sporting e não de BdC".

"Eu penso pela minha cabeça".

"Eu tenho convicções e não abdico delas".

E tens o ramalhete de chavões vazio completo.

A mim pouco interessa-me se são chavões ou não, o que eu sei é que Bruno é o presidente do Sporting e não o Sporting, que vai haver Sporting após Bruno (seja ele após dia 17 ou no fim do mandato ou daqui a muitos anos) e que os sócios não têm de ir na conversa de ultimatos, têm de pensar e votar no melhor para o Sporting.

Se os sócios acham que a mudança de estatutos é errada, só têm de votar não à mudança e não pensar "se votarmos não mesmo que não concordemos, o Bruno sai".

Como será no futuro? O Bruno chega a uma AG e diz por exemplo "vamos votar na expulsão dos sócios x, y, z se não votarem a favor, saio do clube" ou "vamos votar na permissão do presidente fazer xixi na bancada, se não votarem a favor, saio do clube". Agora o clube vai funcionar assim? Através de ultimatos?

Isto não é forma de gerir um clube, de maneira alguma.

Cerca de 90% dos sócios votaram para o BdC continuar a ser o presidente há 1 ano atrás, ele continua a ter a confiança desses sócios, por isso que faça o trabalho para que foi eleito e deixe-se de ultimatos que não defendem em nada.

BdC não se vai deixar de ultimatos.

BdC fez um ultimato.

Agora as pessoas respondem. Quem andou a falar de Golpe Estatutário, de tentativa de perpetuação de poder ( E NÃO FORAM SÓ OS 10% ) E não deixou BdC debater em AG, a reboque de Severino e Morgado, que respondam, também.

Se acham que há um Golpe Estatutário, só têm uma opção. Votar contra.

Qual é a dúvida?

Agora essa conversa do Sporting que haverá pré Bruno e pós Bruno, quer dizer o quê? É óbvio que haverá. Mas descobriu-se a pólvora?

Acho demasiado vergonhoso aqueles que aqui tentam fazer lavagens cerebrais contra o presidente ignorando propositadamente assuntos sérios e graves que levaram a todo este acontecimento. Usa-se tácticas que um qualquer comentadeiro cartilhado usa num qualquer programa nojento de futebol. Ignora-se o grave para se rebater com aqueles argumentos cartilhados e que só servem para denegrir a imagem. Tudo o resto, tudo o que pode desculpabilizar o presidente do Sporting... isso não existe. Eu tinha vergonha.