Poder político

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Benfica: também António Costa pediu bilhetes para os filhos

Actual director do Serviço de Informações e Segurança, Neiva da Cruz, foi um dos campeões das borlas. O chefe de gabinete de Miguel Relvas pedinchava bilhetes para a irmã, mas não a queria no camarote presidencial.

Não foi só o ministro das Finanças, Mário Centeno, a pedir ao Benfica bilhetes para si e para o seu filho. Também António Costa, enquanto presidente da Câmara de Lisboa, fez o mesmo. Em Novembro de 2012, quando o Benfica jogou contra o Celtic, a sua secretária, depois de receber o convite oficial para o presidente da autarquia, perguntou se era possível mais dois, que posteriormente passou a um. O contemplado: o filho, Pedro Costa. O Benfica lá providenciou, mas a responsável pelas Relações Públicas, Ana Paula Godinho, advertiu a secretária de Costa que o filho teria que ir bem vestido para a tribuna presidencial. "Peço que recorde o Pedro das calças de ganga e ténis... não deixamos mesmo....".

Em Agosto de 2012, Carla Matos, secretária de Costa na autarquia de Lisboa, fez chegar ao Benfica um pedido: "dois ingressos para o jogo BenficaxBraga em nome de Catarina Costa". A solicitação chegou ao administrador Domingos Soares Oliveira: "Pedido para a filha do Dr António Costa". O administrador, segundos os novos emails revelados pelo blog "mercadodebenficapolvo.wordpress.com" terá dado seguimento ao pedido.

Sempre que há um jogo grande no Estádio da Luz, há duas filas de adeptos: os que passam horas intermináveis nas filas para as bilheteiras e os que tentam poupar tempo com um simples email. Nos últimos emails revelados publicamente, há de tudo: directores do Serviço de Informações e Segurança, elementos da PSP, GNR, políticos e juízes. Uns recebiam, outros faziam-se ao convite, como revelam os emails de Ana Paula Godinho, responsável pelas Relações Públicas do clube da luz.
(...)

Espiões vão à bola. De borla

Uma das duplas mais activas no pedido de convites era o anterior e o actual director do SIS: o juiz desembargador Horácio Pinto e Neiva da Cruz, respectivamente. Entre 2012 e 2014, ambos através do secretariado dos serviços secretos, pediram vários convites para assistirem a jogos dos encarnados. Foi para o Benfica-Barcelona (2012), a que se juntou um pedido para o juiz Antero Luís, que também tinha sido director do SIS; nesse ano, pediram ainda para o Benfica-Leverkussen. Seguiram-se pedidos para um Benfica-Sporting; Benfica-Leverkussen, Benfica-Newcastle, Benfica-PSG. Os espiões adoram ir à bola. Sobretudo se for à borla.

No que diz respeito a forças de segurança, um ficheiro "excel" que consta das comunicações elenca 12 pessoas ligadas à PSP, PJ e GNR e Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, identificados na categoria "convites do gabinete da presidência": os convites seriam distribuídos pelo "chefe Simões DIAP", "João Polícia" , "Leandro", "Chefe Luís", "Cabo Santos", "Carlos Elias", "SEF".

No meio de tantas borlas, há ainda um email de 3 de Outubro de 2010, no qual um quadro do Benfica solicita sete bilhetes "para oferecer ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras para o jogo com o Beira Mar no domingo".

Via: http://www.sabado.pt/portugal/detalhe/benfica-tambem-antonio-costa-pediu-bilhetes-para-os-filhos?ref=SEC_ultimos_ultima-hora



"If you can survive disappointment, nothing can beat you."

(...) But my dreams have been stolen away.
Ainda não estão a pegar nas situações mais interessantes: árbitro Bruno Paixão e polícias do aeroporto (que indicia favorimento em tráfico de droga).
Este favorecimento remonta a 2012, que é precisamente o ano em que o Chamuças andava a pedir bilhetes para o camarote...

https://observador.pt/2015/04/08/benfica/

Citar
Benfica pode ter de pagar 2,2 milhões em taxas já perdoadas pela Câmara de Lisboa
8/4/2015, 18:30340
5
Em 2012 Câmara Municipal de Lisboa legalizou em 2012 o edifício do museu, das piscinas e dos pavilhões do Sport Lisboa e Benfica que tinha sido construído em 2003, sem contudo legalizar toda a área onde esse e outros edifícios se encontram. Só em 2014 é que esse processo começou. É dele que decorre toda a atual polémica relativa à isenção de taxas urbanísticas – e também por isso o clube arrisca-se a ter de pagar 2,2 milhões de euros de que já tinha sido isentado há três anos.

Dito de outra forma: antes de regularizar todo aquele espaço, a câmara regulou apenas uma parcela. E fê-lo, segundo o processo a que o Observador teve acesso, mesmo não havendo “antecedente válido” nem “parâmetros urbanísticos” definidos para o local.

, a autarquia lisboeta permitiu que o Benfica ampliasse um edifício junto ao estádio e perdoou 2,2 milhões de euros em taxas. Esse ato pode, no entanto, não ter validade. Câmara não esclarece.
Em 2012, a câmara legalizou apenas um edifício. Em 2014, iniciou-se a discussão sobre o enquadramento jurídico a que devem estar obrigadas todas as construções já feitas à volta do Estádio da Luz, através de uma alteração ao alvará de loteamento. O licenciamento de 2012 pode, no entanto, não ter validade legal, uma vez que os limites de construção definidos no alvará poderão ter sido ultrapassados. A ter acontecido, isso anularia todo o processo de 2012, que não é claro sobre os limites de construção. A Câmara, questionada pelo Observador desde quinta-feira, 2 de abril, nada esclarece.

(...)

o artigo é extenso, mas mto informativo
Vieira 04/04/2017

" Lentamente temos estado a colaborar em unir o Sporting. Vamos ignora lo " em relação a Bruno de Carvalho.

"Brunismo" expressão usada 1º por Pedro Guerra no Prolongamento.
« Última modificação: Março 21, 2018, 20:18 pm por Principe Perfeito »
Venfique, a via-verde dos bilhetes.

Ribeiro e Castro, ex-líder do CDS-PP, "super católico", pessoa de enorme influência na RRenascença, profícuo em declarações como esta: "Ribeiro e Castro compara Bruno de Carvalho a Kim Jong-un"
Consciente, pelo menos no visível e acordado em conjunto (ele sabe), da Tribuna e bancadas de "elite" serem um "bordel",
gosta é disto que se segue.
Os sócios do benfica são uma Santa Casa involuntária para figuras como ele.


"If you can survive disappointment, nothing can beat you."

(...) But my dreams have been stolen away.
Para que não restem dúvidas da consciência (e atenção, não confundir com "convites pela porta do cavalo", habituais "especiais", influências de recompensa/castigo no desporto, e outras paródias,...que se irão saber e perceber),

« Última modificação: Março 22, 2018, 03:57 am por skydragon »
"If you can survive disappointment, nothing can beat you."

(...) But my dreams have been stolen away.
Ribeiro e Castro, ex-líder do CDS-PP, "super católico", pessoa de enorme influência na RRenascença, profícuo em declarações como esta: "Ribeiro e Castro compara Bruno de Carvalho a Kim Jong-un"
Consciente, pelo menos no visível e acordado em conjunto (ele sabe), da Tribuna e bancadas de "elite" serem um "bordel",
gosta é disto que se segue.
Os sócios do benfica são uma Santa Casa involuntária para figuras como ele.



https://pt.linkedin.com/in/maria-ribeiro-e-castro-b577bb41

?

Citar
Cunhas do IPDJ para ver jogos na Luz

Numa lista divulgada, há um pedido de Baganha a interceder pelo líder de outro instituto

O Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) é dos principais solicitadores de bilhetes para os jogos do Benfica. Ou, pelo menos, era em 2012 e 2013, a avaliar pela extensa lista de emails ontem revelada nas redes sociais. Inclusive, há um email enviado pelo então secretário de Luís Filipe Vieira, Orlando Dias, à responsável pelo protocolo das águias, Ana Paula Godinho, a dar conta de um telefonema do IPDJ, por parte do presidente do organismo, Augusto Baganha, "a interceder dois convites" para o líder do conselho diretivo do Instituto de Segurança Social – na altura, Luís Monteiro.

Os pedidos do IPDJ, como se constata na alegada correspondência divulgada, num total de 16 gigabytes, são vários. Pode ver-se um email em que a secretária do conselho diretivo solicita bilhetes para a diretora do departamento de recursos humanos, financeiros e patrimoniais, Sílvia Alves, extensivo às "duas filhas, ao pai e ao marido", referindo que "são adeptos e que nunca foram ao estádio do Benfica". Na comunicação, acaba por ser citado o então vice-presidente João Bibe [do IPDJ], que "fazia muito gosto que tivessem essa possibilidade, pelo que dois bilhetes não viabiliza esse desejo".

Os pedidos de ingressos são de vários quadrantes – governantes, autarcas, militares da Brigada de Trânsito... –, mas o IPDJ tem estado na mira de FC Porto e Sporting, por, na ótica de dragões e leões, fechar os olhos à não legalização das claques encarnadas. Ainda esta semana, o diretor de comunicação dos portistas, Francisco J. Marques, questionou a dualidade de critérios do organismo neste tema. No início de época, o instituto anulou a interdição da Luz, após o Benfica ter apresentado um novo regulamento de segurança, como explicaria Baganha, em novembro. E sublinhou que os grupos organizados de adeptos do Benfica "não tem sido um problema para o IPDJ e para a polícia".

Ao nosso jornal, fonte oficial do Benfica sublinhou que o emblema da Luz não irá reagir a este tipo de temática de divulgação de emails. "São crimes", suportou.

Embaixada em troca de 'favores'

Na extensa listagem de emails divulgados com pedidos de várias embaixadas, está um onde aparenta existir uma retribuição de Luís Filipe Vieira por alguma ajuda de um funcionário da Embaixada de Moçambique em Portugal na atribuição de vistos para uma empresa pessoal do presidente benfiquista. O documento é de 11 de abril de 2013 e teve como intermediários Orlando Dias, na altura secretário de Vieira, e Ana Paula Godinho. "O senhor Jaime Dias, responsável pela secção de vistos da Embaixada de Moçambique – que tem sido inexcedível nos ‘vistos’ para a empresa do presidente – mostrou interesse em assistir ao jogo de 2.ª feira" – no caso, contra o P. Ferreira, das meias-finais da Taça de Portugal.

Pedro Mourão com direito a ingressos

Pedro Mourão, juiz desembargador que chegou a ser, entre julho e setembro de 2006, presidente da Comissão Disciplinar da Liga de Clubes – o equivalente ao atual CD da FPF –, também teve direito, segundo os emails ontem revelados, a bilhetes em 2013. Na altura, da Luz foi enviado um documento a convidar o antigo responsável para assistir ao jogo com o V. Setúbal, relativo à 17.ª jornada da edição 2012/13 do campeonato. Frisaram os encarnados que o convite era válido para duas pessoas, não tendo sido divulgada a confirmação (ou não) da presença do juiz. Recorde-se que Pedro Mourão se demitiu do CD da Liga na sequência do famoso ‘caso Mateus’, que marcou uma época conturbada no futebol nacional.

In rascord
- "Basta que os homens de bem nada façam, para que o mal prevaleça"
- "Prefiro morrer de pé a viver ajoelhado"
- "Pior do que perder é não dar tudo para vencer"
Isto está tudo ao contrário quando o Record publica uma notícia dessas  :mrgreen:
Vieira 04/04/2017

" Lentamente temos estado a colaborar em unir o Sporting. Vamos ignora lo " em relação a Bruno de Carvalho.

"Brunismo" expressão usada 1º por Pedro Guerra no Prolongamento.
Vieira 04/04/2017

" Lentamente temos estado a colaborar em unir o Sporting. Vamos ignora lo " em relação a Bruno de Carvalho.

"Brunismo" expressão usada 1º por Pedro Guerra no Prolongamento.
A sério que não percebo como não há barulho sobre o assunto da isenção de 4,6M€ em 2012, e o facto de nesse ano o Antônio Costa se fartar de mamar bilhetes e ainda ir à final da Liga Europa com tudo pago, e sabe se lá com que mais regalias...
Não peguem nisto não!
A sério que não percebo como não há barulho sobre o assunto da isenção de 4,6M€ em 2012, e o facto de nesse ano o Antônio Costa se fartar de mamar bilhetes e ainda ir à final da Liga Europa com tudo pago, e sabe se lá com que mais regalias...
Não peguem nisto não!

Não sei se será feito ou ainda não. Mas desta vez, o mal tem de ser cortado pela raiz.
E essa raiz está identificada, finalmente e de forma clara.
Just my two cents.
"If you can survive disappointment, nothing can beat you."

(...) But my dreams have been stolen away.
António Costa

Câmara de Lisboa

Em 2004, o SLBeneficia para além de construir o seu estádio com ajudas do estado para além do que seria suposto, também construiu uma série de anexos de forma ilegal, e que mais tarde viria a legalizar sem pagar qualquer multa ou taxa. O alvará de loteamento original, apenas teria como objecto o estádio, mas foram construídos pelo menos mais sete: dois espaços comerciais, um equipamento desportivo, um balneário, duas bilheteiras, e um edifício de 18k m2 que incluía o museu Cospe Lampião, as piscinas e um pavilhão.


[2013-07-23 - António Costa, a inaugurar o museu Cospe Lampião, à altura ilegal

Em 2014-04 (apenas dez anos depois), o benfica enviou um pedido para a câmara de Lisboa a pedir a alteração desta licença, de forma a legalizar esses edifícios já construídos. Em anexo, o benfica também pediu uma autorização para novas infraestruturas (expandir um dos edifícios existentes para dois pisos e acrescentar um piso a um balneário), num total de de 38k m2 (18k + 20k). Cerca de um ano depois, em 2015-02, essa proposta não só foi aceite pelo câmara municipal como a própria propôs que o benfica não pagasse qualquer multa por ter construído ilegalmente assim como a isenção ao pagamento de taxas urbanísticas no valor de 1,8M€. Mais tarde, ficou-se a saber que o perdão de dívida podia ascender a 4,6M€, 2,6M€ de taxas de Manutenção e Reforço de Infraestruturas Urbanísticas + 2M€ de taxas de compensações urbanísticas.

Este perdão de dívida foi defendido por António Costa como algo previsto por um protocolo assinado entre a câmara de Lisboa e o benfica no passado, que isentava esta associação criminosa de pagar taxas urbanísticas. No entanto, houve um parecer conjunto dos serviços municipais permanentes contrário a este protocolo e que o arrasou completamente. A somar a esta tentativa de trafulhice, também fica bem lembrar que este episódio aconteceu numa altura em que Portugal estava mergulhado numa crise profunda em que a cobrança de impostos era executada ao cêntimo e em que Costa e sua família eram assíduos na tribuna do galinheiro, quer por convite do SLBeneficia como por pedido de bilhetes feito pelo próprio.

Em resumo, foram construídos 18k m2 de infraestruturas ilegais sem qualquer licenciamento e com a conivência da câmara municipal visto que as obras eram públicas. Assim como nunca houveram problemas quando a sua construção, também não houveram problemas nos dez anos seguintes enquanto essas infraestruturas foram utilizadas para diversas competições oficiais. Não só a conivência da câmara municipal cresce visto não haverem quaisquer tipo de multas ou interdições, mas também se soma a conivência de diversas federações desportivas visto que aprovaram competições e seus resultados sem nunca terem castigado com multas ou penas de derrota, ou interditado as instalações ilegais. Não satisfeitos, dez anos depois o benfica pede a expansão destas infraestruturas para o dobro da área e a própria câmara municipal aprova um perdão de dívida de 4,6M€ sobre multas por construção indevida e taxas urbanísticas.

Depois do parecer super cáustico acima citado, António Costa não teve outro remédio sem ser retirar a proposta para reapreciação. A propósito deste parecer, REESCREVER TENDO EM CONTA http://misterdocafe.blogspot.pt/2018/01/sergio-azevedo-o-deputado-do-benfica.html


XXI Governo Constitucional de Portugal



BENFICAGALPGATE

António Costa defendeu o seu colega de partido, Mário Centeno, quando este se viu envolvido em polémica sobre ter pedido bilhetes grátis para o benfica ao dizer que "é porque certamente tinha boas razões para o fazer". É sabido agora que não só correu em sua defesa por elementar protecção partidária, como também é culpado do mesmo crime.

[2012-08-16 | ANA PAULA GODINHO]: António Costa, através da sua secretária, pediu dois bilhetes grátis em nome da sua filha, Catarina Costa, para o benfica x braga em 2012-08-18, a Domingos Soares de Oliveira, administrador do benfica, tendo sido aceite.

[2012-11-16 | ANA PAULA GODINHO]: António Costa, através da sua secretária, pediu dois bilhetes grátis sendo que um era para o seu filho, Pedro Costa, a Ana Paula Godinho, relações públicas do benfica, tendo sido aceite. Ana Paula Godinho terá respondido também que "peço que recorde o Pedro das calças de ganga e ténis...", ou seja, fica a implicação de que não foi a primeira vez que o filho de Costa assistiu a jogos do benfica na tribuna.

[2013-02-01 | ANA PAULA GODINHO]: Ana Paula Godinho envia email a Orlando Dias, , a agradecer a sua ajuda na para identificar presidentes de câmara nacionais que tenham "proximidade" com o SLolB e Luís Filipe Vieira, exceptuando os da câmara municipal de Lisboa (António Costa), Amadora, e Seixal. Este email, juntamente com outros em que são oferecidos bilhetes grátis a estes três de forma recorrente, demonstra que estes três recebiam (pelo menos) o convite para inúmeros jogos do benfica.

[2013-05-03 | ANA PAULA GODINHO]: António Costa, através da sua secretária, pediu três bilhetes para a final da Liga Europa benfica x Chelsea em 2013-05-15 em Amesterdão; sendo que um era para si, outro para o seu filho, Pedro Costa, e outro para o seu tio materno, Jorge Santos. Estes convites podem ter incluído viagem e hospedagem pagas pelo SLolB.

António Costa também fez o triste espectáculo de desvalorizar o caso 'E-TOUPEIRA', ao ter a lata de dizer que "nos devemos regozijar que, pelo menos por uma vez, a violação do segredo de justiça foi fácil de descobrir e pelo menos apontar alguém que o tenha feito", assim como teve o desplante de se referir ao SLBeneficia como o seu "clube querido" numa plena jogada política de apaziguar o colega que o questionava sobre o caso, por serem ambos do mesmo clubzeco de m****.

ANEXO: Cronologia

> 2012-08-16: António Costa pede dois bilhetes para o benfica x braga, em nome da sua filha.
> 2012-11-16: António Costa pede dois bilhetes para o XXXX, em nome do seu filho. Fica implícito na resposta por parte do SLolB que não é a primeira vez que o seu filho vai assistir a jogos na tribuna.
> 2013-05-03: António Costa pede três bilhetes para a final da Liga Europa em Amsterdão, para si e o seu filho, assim como para o seu tio materno. Este pedido pode ter incluído viagens e hospedagem pagas pelo SLolB.
> 2013-07-23: António Costa inaugura o pardieiro 'COSPE LAMPIÃO', que estava ilegal à altura.
> 2014-04-XX: SLBeneficia envia pedido à câmara de Lisboa para que legalize os anexos do galinheiro, assim como uma autorização para construir mais gaiolas.
> 2015-02-11: António Costa / Câmara de Lisboa aprova o pedido do SLolB, assim como o isenta de pagar qualquer multa por construção indevida e 4,6M€ em taxas.



----

ARTIGOS EXTERNOS

> Perdão de dívida pelo gabinete de António Costa de 4,6M€ aos anexos ilegais anexos à sanita do SLBeneficia: 1, 2, 3, 4
> Declarações miseráveis sobre o caso 'E-TOUPEIRA': 1

NOTA: Este post foi escrito por mim, que até sou do PS, e que votei em Costa para a câmara e para o governo. Não vou admitir quaisquer #choro sobre ser anti-PS / anti-Costa ou whatever.
« Última modificação: Março 22, 2018, 19:46 pm por radicalhighway »
@johnfrusciante limpa a tua caixa de mensagens por favor.