Arbitragem 2017/2018 - Lances da Jornada

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

   Vou criar uma lista com as ligações para cada jornada de cada competição nacional. Actualizo no post de abertura. :great:
   Lista de partidas disputadas
   (competições nacionais)


   Liga NOS -  1.ª jornada
   Liga NOS -  2.ª jornada
   Liga NOS -  3.ª jornada
   Liga NOS -  4.ª jornada
   Liga NOS -  5.ª jornada
   Liga NOS -  6.ª jornada
   Liga NOS -  7.ª jornada
   Liga NOS -  8.ª jornada
   Liga NOS -  9.ª jornada
   Liga NOS - 10.ª jornada

   Taça de Portugal/Placard - 3.ª eliminatória

   Supertaça de Portugal Cândido de Oliveira

   Taça da Liga/CTT - 1.ª jornada (fase de grupos)

   Liga LEDMAN Pro -  3.ª jornada

   Adicionada ao post de abertura. Se quiserem pôr lá mais informação para além da lista das jornadas, como a classificação actual/alternativa, ou com os dados estatísticos, tem que se sintetizar num quadro e depois eu adiciono no post inaugural.
Hei, @HULK VERDE ! Tudo bem?

Faço-te uma questão:
consideras que os dois penaltys a favor do Benfica são mal assinalados? O 2º é obviamente, mas o primeiro ? É que se o consideras assim eu terei de alterar o meu post  :great: .
   Não, o penalti mal assinalado é o que permite o 1-3. Eu digo que tem influência no resultado no sentido de permitir matar o jogo, a pouco menos de 15 minutos do fim.

   Só nesse sentido é que tem influência no resultado, e porque o erro permite alcançar um golo que não seria válido caso o VAR funcionasse correctamente. Portanto é um erro grave.

   A vitória da equipa visitante fica manchada por esse favorecimento, mas como o Aves apenas marcou um golo, não me parece que possa ser colocada em causa.

   Também não precisas de alterar a classificação por aquilo que eu considero ou não, tens liberdade para dar a tua opinião independente.

   Outra coisa, já fiz a contabilização de alguns números até à jornada 9. Estive para colocar, mas assim espero pelos jogos de hoje para incluir já as 10 primeiras jornadas e a contabilidade das incidências da arbitragem.

   Um abraço.
Citar
   Liga NOS - 10.ª jornada
   (números totais)


   Golos

   Sporting: 5 assinalados contra e a favor 22 / 0 mal assinalados contra e a favor 0 / 0 por assinalar contra e a favor 1
   FC Porto: 5 assinalados contra e a favor 28 / 0 mal assinalados contra e a favor 0 / 0 por assinalar contra e a favor 0
   Benfica  : 7 assinalados contra e a favor 20 / 0 mal assinalados contra e a favor 2 / 0 por assinalar contra e a favor 0
   
   Penaltis

   Sporting: 0 assinalados contra e a favor 2 / 0 mal assinalados contra e a favor 0 / 0 por assinalar contra e a favor 1
   FC Porto: 0 assinalados contra e a favor 1 / 0 mal assinalados contra e a favor 0 / 0 por assinalar contra e a favor 2
   Benfica  : 0 assinalados contra e a favor 4 / 0 mal assinalados contra e a favor 2 / 1 por assinalar contra e a favor 0


   Offsides


   Cartões

   Sporting: 17 (+0) atribuídos contra e a favor 21 (+0) / 0 (+0) mal atribuídos contra e a favor 0 (+0) / 0 (+0) por atribuir contra e a favor 0 (+2)
   FC Porto: 20 (+0) atribuídos contra e a favor 28 (+1) / 0 (+0) mal atribuídos contra e a favor 0 (+0) / 0 (+2) por atribuir contra e a favor 0 (+0)
   Benfica  : 14 (+0) atribuídos contra e a favor 22 (+1) / 0 (+0) mal atribuídos contra e a favor 0 (+0) / 0 (+4) por atribuir contra e a favor 0 (+1)


   Folha Disciplinar

   Sporting: 1 folha limpa contra e a favor 1 / 3 1 amarelo contra e a favor 2 / 4 2 amarelos contra e a favor 1
                                                                             0 1 vermelho contra e a favor 0 / 0 2 vermelhos contra e a favor 0
   FC Porto: 0 folha limpa contra e a favor 1 / 2 1 amarelo contra e a favor 1 / 3 2 amarelos contra e a favor 2
                                                                             0 1 vermelho contra e a favor 1 / 0 2 vermelhos contra e a favor 0
   Benfica  : 1 folha limpa contra e a favor 3 / 2 1 amarelo contra e a favor 1 / 3 2 amarelos contra e a favor 3
                                                                             0 1 vermelho contra e a favor 1 / 0 2 vermelhos contra e a favor 0


   Castigos / suspensões

   Sporting: 0 jogadores
   n.º castigos (x0):
   n.º de jogos (x0):

   FC Porto: 1 jogador [2 expulsões perdoadas: Maxi Pereira (x1) e Felipe (x1)]
   n.º castigos (x1): Danilo (x1)
   n.º de jogos (x1): Danilo (x1)

   Benfica  : 0 jogadores [4 expulsões perdoadas: Eliseu (x2), Pizzi (x1) e Luisão (x1)]
   n.º castigos (x0): 
   n.º de jogos (x0):

   Bem, este é o quadro com os números totais de golos, penaltis, cartões, expulsões e castigos. Há dados que são mais fáceis de recolher e aferir (dados oficiais) e depois há dados que têm de ser analisados que não são propriamente unânimes ou fáceis de contabilizar (cartões e expulsões por atribuir, offsides bem e mal marcados, penaltis por marcar contra e a favor).

   Se alguém quiser colaborar na recolha e contabilização desses números, esteja à vontade. Este quadro vai ser elaborado à medida que a contabilidade for sendo feita e revista. Colocarei também no post de abertura, junto à listagem das jornadas.

   @AndreCruzomago

   Faz um quadro com a tua apresentação das classificações actuais e alternativas, e eu colocarei lá também com a tua devida autoria destacada. Sempre que actualizares, eu copio e coloco lá. Assim fica tudo mais fácil de ler e localizar. :great:

   Quanto à jornada 10, jogo da Luz, penalti por marcar a favor do Feirense, Luisão por expulsar por acumulação de amarelos ou até vermelho directo no lance do penalti. Parece haver um prejuízo da equipa visitante, e os 3 pontos obtidos pela equipa da casa poderiam eventualmente transformar-se num empate a 1 golo. Falha o árbitro, que deixou jogar com muito pouco rigor disciplinar e técnico, favorecendo claramente a equipa da casa, tanto nos cartões amarelos que não exibiu, quanto no penalti que ficou por marcar.

   No jogo de Vila do Conde, mais um jogo com um critério disciplinar muito largo, um único cartão exibido a Fábio Coentrão já perto do fim, depois do golo do Sporting, por demora a executar o lançamento de linha lateral. Excesso de rigor do árbitro nessa situação, que se admite, não se admite é a falta de rigor do árbitro noutros lances, faltas, etc.
   De qualquer modo, existem cartões amarelos por mostrar a jogadores do Rio Ave e também um ou outro a jogadores do Sporting, existe uma eventual falta de Coates à entrada da área mas o árbitro por algum motivo não entendeu que houvesse contacto suficiente, e a imagem não esclarecedora. Depois, o golo de Bruno Fernandes é bem anulado com recurso ao vídeo árbitro, Guedes está em fora-de-jogo no lance em que falha a baliza já sem oposição, imediatamente antes do golo do Sporting, em que Bas Dost está em linha, apenas com o braço adiantado, e o jogador que o coloca em linha está atrás dele na perspectiva quer do árbitro auxiliar, quer na da câmara que repete o lance, pelo que a decisão é correctíssima, porque em última análise em caso de dúvida o benefício recai sobre o atacante.
   Portanto, a arbitragem de Vila do Conde sai incólume, assim como o VAR, que agiu bem. A única questão é o critério de disciplina, mas uma vez que foi mais ou menos equitativo (com prejuízo para o Sporting), aceita-se.

   Já agora, o Sporting é a equipa com mais cartões amarelos dos 3 candidatos, é a equipa que tem menos cartões amarelos e nenhum vermelho a seu favor (contra os adversários).
   Agora imaginem quantos cartões (amarelos e vermelhos) já ficaram por mostrar a jogadores azuis e vermelhos, ainda são uns quantos... (vermelhos 2 para os azuis, Maxi e Felipe, pelo menos, e 3 para os vermelhos, Eliseu duas vezes e Pizzi, e isto contas por baixo)

   Não caiam na conversa nos benefícios da arbitragem ao Sporting que quer azuis quer vermelhos andam a clamar.

   EDIT: o Bruno César afinal também levou amarelo, vi agora, aos 89m. Deve ter sido na sequência do amarelo do Coentrão, por protestos. 2 cartões amarelos para o Sporting, nenhum para o Rio Ave. Mas o Sporting anda a ser beneficiado, porque o Bas Dost mete-as lá dentro, quer arranque em linha, quer arranque em jogo, quer arranque "ligeiramente adiantado", sem hipótese de desfazer a dúvida.

   EDIT 2: já editei os jogos de ontem, agora falta editar o derby portuense de hoje

   Actualização Liga NOS - 10.ª jornada
« Última modificação: Outubro 29, 2017, 00:16 am por HULK VERDE »
   Não, o penalti mal assinalado é o que permite o 1-3. Eu digo que tem influência no resultado no sentido de permitir matar o jogo, a pouco menos de 15 minutos do fim.

   Só nesse sentido é que tem influência no resultado, e porque o erro permite alcançar um golo que não seria válido caso o VAR funcionasse correctamente. Portanto é um erro grave.

   A vitória da equipa visitante fica manchada por esse favorecimento, mas como o Aves apenas marcou um golo, não me parece que possa ser colocada em causa.

   Também não precisas de alterar a classificação por aquilo que eu considero ou não, tens liberdade para dar a tua opinião independente.

   Outra coisa, já fiz a contabilização de alguns números até à jornada 9. Estive para colocar, mas assim espero pelos jogos de hoje para incluir já as 10 primeiras jornadas e a contabilidade das incidências da arbitragem.

   Um abraço.
Hm, é bom saber que pudeste arcar com a responsabilidade de organizar outras estatísticas! De resto, prefiro guiar-me por aquilo que tu consideras, porque eu não sou a pessoa mais fiável para fazer esses juízos  :great: . Se é como dizes, não tenho nada a alterar.
Só vi este post agora. Que trabalho magnífico do forista, não sei como se deu ao trabalho! Amanhã terei tempo para analisá-lo com maior critério. SL

Enviado do meu SM-G935F através de Tapatalk

Pergunta: Cor?
Joaquim Agostinho: Verde. Porque representa a natureza e eu sou um homem da terra. E branco. Porque é a cor da pureza, da simplicidade. E também porque são as cores do Sporting.
Pergunta: Uma conclusão para a vida...
Joaquim Agostinho: Que a vida é curta, que se nasce, que se vive e que se morre depressa e por isso é aproveitar todos os minutos para amar o nosso semelhante como a nós mesmos e partir tranquilamente, sem queixas, orgulhoso de ter amado e de ter sido amado.
Citar
   Liga NOS - 10.ª jornada*
   (folha disciplinar)


   Folha Disciplinar

   Sporting: 1 folha limpa contra e a favor 1 / 3 1 amarelo contra e a favor 2 / 4 2 amarelos contra e a favor 1
                                                                             0 1 vermelho contra e a favor 0 / 0 2 vermelhos contra e a favor 0
   FC Porto: 0 folha limpa contra e a favor 1 / 2 1 amarelo contra e a favor 1 / 3 2 amarelos contra e a favor 2
                                                                             0 1 vermelho contra e a favor 1 / 0 2 vermelhos contra e a favor 0
   Benfica  : 1 folha limpa contra e a favor 3 / 2 1 amarelo contra e a favor 1 / 3 2 amarelos contra e a favor 3
                                                                             0 1 vermelho contra e a favor 1 / 0 2 vermelhos contra e a favor 0

   Bem, decidi fazer também uma tabela onde se possa contabilizar o n.º de jogos em que as equipas não tiveram qualquer registo disciplinar, ou tiveram apenas 1 cartão amarelo/cartão vermelho, ou 2 cartões amarelos.

   Dessa forma é possível ver melhor a distribuição dos cartões por todas as equipas, e perceber que equipas têm sido mais ou menos favorecidas no critério disciplinar, cruzando dados.

  Por exemplo, a equipa encarnada já teve 3 jogos da Liga NOS sem levar qualquer cartão (folha limpa). Contra o Belenenses (o jogo em que Eliseu pisou o adversário caído no relvado sem qualquer advertência de toda a equipa de arbitragem, liderada por Rui Costa, incluindo o vídeo-árbitro), Portimonense (Gonçalo Martins) e agora Feirense (Luís Godinho), todos em casa. O Sporting apenas na 1.ª jornada, na Vila das Aves, beneficiou de clean sheet (Tiago Martins). O Porto em casa com o Moreirense (Manuel Oliveira). E houve mais jogos em que as equipas viram apenas um cartão, ou 2. É essa contabilidade, em número de jogos, que é feita neste quadro.

   Algumas curiosidades que reparei: comparar o número de cartões que Luís Godinho distribuiu no Sporting - Estoril, com os que mostrou ontem no Benfica - Feirense.

   Há jogos em que o número de cartões dispara, quando a tendência tem sido, nos jogos dos 3 candidatos, um critério disciplinar pouco rigoroso e bastante intermitente ou até ausente.

   Vou ainda analisar o quadro dos árbitros e tentar perceber o seu desempenho individual, como árbitros principais ou VAR, etc, o reflexo nos jogos dos vários candidatos, e os seus maiores erros ou incongruências no somatório de todos os jogos. A seu tempo.
« Última modificação: Outubro 28, 2017, 20:32 pm por HULK VERDE »
Boa noite e Saudações Leoninas!
Aqui está mais uma análise, desta vez da jornada 10. Estou a gostar do modo como tudo tem sido realizado e é provável que continue com a iniciativa  :mais:.

SPORTING
Pontos atuais:26
Pontos reais:26( tendo sido possivelmente prejudicado  :menos: em 2 pontos contra o Moreirense (F), 7ª jornada )

Na minha ótica, e tendo em conta as observações do @HULK VERDE , o Sporting não foi favorecido. O golo do B.Fernandes é bem anulado, e o do Dost, apesar de deixar dúvida eu acho, só é fora de jogo claro na cabeça dos rivais. De facto a perna do Tarantini é ocultada e é sobretudo o braço de Dost que o adianta. Aliás, nem há imagens conclusivas aí a circular e o ataque deve ser beneficiado. 0 pontos possíveis e 0 pontos reais/efetivos.

BENFICA, ou orcalhada
Pontos atuais:23
Pontos reais:20, devido ao benefício em  :mais: um ponto contra o Rio Ave (F) na 4ª jornada, e em  :mais: 2 pontos contra o Feirense (C), na 10ª e última jornada ( sendo ainda possível o favorecimento em 2 pontos frente ao Portimonense, em casa, na 5ª jornada )

E continua a Saga! Isto é digno de um livro, pura e simplesmente  :twisted: ! 1) Um penalty por assinalar; 2) poucos amarelos em relação ao número de faltas cometidas pelo Benfica e 3) o Luisão poderia muito bem ter sido expulso, se contássemos com um amarelo no penalty e outro quando trava o jogador adversário na entrada da área.  Visto o facto de haver um penalty por assinalar para o Feirense, e ainda existirem outros fatores a favorecer os mesmos de sempre, parece-me claro que se tratam de dois pontos efetivos em que são beneficiados.

PORTO, ou Porco ( :mrgreen: )
Pontos atuais:28
Pontos reais:28 - não existiram momentos assinaláveis.

Mais uma jornada " pacata", aqui com os rivais do Norte. Ganharam 3-0 e não houve sequer nenhum momento polémico relevante, por isso nada a dizer.


De notar que nas tabelas novas vê-se bem que mais uma vez, é o SLB o grande beneficiado.

Para a semana estou de volta, não se esqueçam de dar sugestões, participar e dar a vossa opinião e espero que apreciem o trabalho que tem vindo a ser realizado! Abraço!
Citar
   Liga NOS - 10.ª jornada*

   Faltas

   Sporting: 155 faltas cometidas e sofridas 179 / 15,5 média de faltas por jogo cometidas e sofridas 17,9
   FC Porto: 153 faltas cometidas e sofridas 153 / 15,3 média de faltas por jogo cometidas e sofridas 15,3
   Benfica*: 157 faltas cometidas e sofridas 124 / 17,4 média de faltas por jogo cometidas e sofridas 13,8

   * 9 jogos (faltam dados do jogo da 2.ª jornada em Chaves)

   Após a contagem do n.º de faltas cometidas pelos equipas candidatas ao título, e também as que sofreram nos jogos disputados para a Liga - faltando os números do Chaves-Benfica na ficha de jogo. Apesar de só ter contabilizadas as faltas de 9 dos 10 jogos disputados, é a equipa que mais faltas cometeu dos 3 "grandes".
   Liga NOS 2017/2018 - 11.ª jornada

   FC Porto - Belenenses [04.11.2017]
   Fábio Veríssimo fez uma arbitragem polvilhada de erros de avaliação, completamente permissiva e sem qualquer critério do ponto de vista disciplinar. A dualidade de critérios permitiu por exemplo que Felipe cometesse duas faltas dentro da área portista impunemente sobre Diogo Viana (10 e 23m), e pudesse abusar da agressividade sempre que necessário, sem qualquer admoestação. Mais uma daquelas arbitragens de trazer por casa, mais vulgares que fruta da época no supermercado. A cereja no topo do bolo foi o toque com a mão na jogada do golo inaugural do FC Porto (42) que nenhum elemento da equipa de arbitragem detectou e/ou assinalou. No lance da queda à entrada da área de Hernâni (4), a haver falta, o contacto ocorreu fora da grande-área. O fora-de-jogo a Corona (71) foi correctamente assinalado, pelo que mesmo que a bola entrasse não seria golo.
   (arbitragem com muitas falhas técnicas e disciplinares, sempre em benefício da equipa da casa)













   Folha limpa para o FC Porto, apesar de todo o ímpeto de Felipe ao longo da partida. Já o Belenenses não pode dizer que se portou tão bem: o prevaricador André Sousa (18) foi admoestado ainda na 1.ª parte, naquele que foi também o único cartão amarelo exibido por Fábio Veríssimo.

   Vídeo-árbitro: Luis Ferreira e o auxiliar Inácio Pereira não ousaram nunca perturbar o critério caseiro do árbitro principal, não o alertando para nenhum dos lances para penalti cometidos na grande-área portista. No golo inaugural do FC Porto, também conseguiram não ver o toque com a mão de Diego Reyes - será que falhou alguma coisa, ou vão divulgar o áudio para esclarecer tudo?

   Vitória de Guimarães - Benfica [05.11.2017]
   Artur Soares Dias fez um jogo relativamente discreto, poupando o Vitória de Guimarães aos cartões. Correcta a decisão do penalti no último minuto cometido por André Almeida, seguindo o critério do penalti que havia sido assinalado a favor do Benfica em Vila do Conde (jogo arbitrado por Hugo Miguel). Arbitragem que não pode ser muito criticada mesmo que tenha cometido erros esporádicos,  que porém não influenciaram a expressão e o desenrolar do jogo.
   (arbitragem mediana com erros pontuais e dualidade de critério disciplinar mas sem influência decisiva no resultado, correcta a decisão no lance do penalti)

Resumo  Vitória SC 1-3 SL Benfica


   A equipa do Vitória não foi admoestada com qualquer cartão - a 2.ª folha limpa para adversários do Benfica. As punições disciplinares, já no 2.º tempo, resultaram em quatro cartões amarelos para jogadores da equipa visitante: Fejsa (49), Svilar (57), Luisão (69) e finalmente André Almeida (90+4), pelo penalti que cometeu ao cair do pano, agarrando e puxando Rafael Martins.

   Vídeo-árbitro: nada a apontar a Hélder Malheiro e Bruno Jesus, a não ser o lance final do penalti correctamente sinalizado a favor do Vitória de Guimarães, que porém não foi convertido por Tallo Jr (90+4). Podiam ter intervindo em outros lances durante o jogo, e não apenas no fim, mas imperou sempre o critério técnico e disciplinar do árbitro.

   Sporting CP - Braga [05.11.2017]
   Uma das arbitragens mais polémicas e confusas desta Liga, ainda assim não se pode culpar Carlos Xistra por tudo o que correu mal ou foi erradamente decidido. Certamente houve erros no critério disciplinar e algumas faltas mal assinaladas, em prejuízo ora de uma ora de outra equipa. Alguns dos mais polémicos, por serem lances de golo iminente, tiveram a influência dos árbitros auxiliares de linha lateral, como foi o do golo anulado a Fransérgio (47) por Carlos Xistra, que apitou logo após indicação do auxiliar, induzido pelo erro de avaliação deste. Uma vez que o lance foi interrompido, nem mesmo a intervenção do VAR pôde alterar a decisão de validar o posterior remate de Fransérgio, em jogo, que fez a bola entrar na baliza - quem estava realmente fora-de-jogo (posicional) era outro jogador bracarense. Mas logo depois Podence (51) foi pisado no centro da área com a jogada de ataque a desenrolar-se e nenhum elemento da equipa de arbitragem nem o VAR assinalaram qualquer falta, num lance que passou despercebido (?). Nessa situação falharam todos, não apenas o árbitro auxiliar. Estes foram os dois lances mais polémicos, mas houve outros lances semelhantes, e também lances a meio-campo e várias faltas que foram cometidas e assinaladas sem punição disciplinar, ou até mal assinaladas ou que ficaram por assinalar. Estas incidências concentraram-se nos minutos finais da 1.ª parte, como por exemplo o lance confuso da queda de Bruno César/Coates (45+2) na área do Braga, e nos minutos iniciais da 2.ª parte, mas também nos últimos 15 minutos de jogo, com um final frenético e reviravoltas no marcador. E foram erros que prejudicaram e beneficiaram ora uma ora outra equipa, numa espécie de compensação do erro pelo erro, que mostraram uma arbitragem pouco eficiente e desconcertada, mas nem por isso com tendência de favorecer apenas um dos lados da contenda, pois foi errónea para ambos.
   (arbitragem muito oscilante e polémica, porém com falhas repartidas pelos auxiliares, árbitro principal e VAR, resultando em vários erros que prejudicaram ora uma ora outra equipa)


Fora-de-jogo mal assinalado ao ataque do Braga (47), Fransérgio está em jogo no momento do passe (in jornal A Bola, 6/11/2017)



   Carlos Xistra exibiu três cartões amarelos a jogadores da equipa visitante: Raul Silva (34) e Esgaio (45), ainda na 1.ª parte, e Vukcevic (68), na 2.ª metade. O último cartão amarelo da partida foi para a equipa do Sporting, André Pinto (82).

   Vídeo-árbitro: Rui Costa e o auxiliar Tiago Costa fizeram-se notar no lance do fora-de-jogo mal assinalado ao ataque do Braga que eventualmente resultaria no primeiro golo do jogo, ao comunicarem a situação da posição regular do jogador que recebeu a bola no centro da área e rematou. Porém a jogada já tinha sido interrompida pela equipa de arbitragem, após o árbitro auxiliar sinalizar o fora-de-jogo, que a ocorrer foi do outro jogador que não recebeu a bola, esse sim adiantado no momento do cruzamento. Daí que não se possa responsabilizar o VAR nesse erro da equipa de arbitragem, porque o lance já fora interrompido ficando desde logo invalidado. Existem ainda outros lances duvidosos de parte a parte, entre os quais dois lances polémicos, de possível grande penalidade, na grande-área do Braga, Bruno César/Coates (45+2) e Podence (51), mas sem influência visível do VAR, apesar de algumas decisões duvidosas da equipa de campo poderem ter sido interpeladas.
« Última modificação: Novembro 08, 2017, 17:51 pm por HULK VERDE »
Boa noite e Saudações Leoninas!

Aqui fica a análise da 11ª jornada em que existiram diversos lances duvidosos em vários jogos e em que, muito infelizmente, o nosso Sporting não ganhou. Comecemos então pelo nosso Sporting:

SPORTING
Pontos atuais:27
Pontos reais:27 ( tendo sido possivelmente prejudicado  :menos: em 2 pontos, contra o Moreirense (F), na 7ª jornada)

Neste último jogo existiram diversos lances duvidosos. Do nosso lado, aquele lance do Podence aos 51 minutos teria de ser penalty, e aquele em que caiem 2 jogadores nossos também foi dúbio. Quanto ao golo anulado ao Braga, é claro, muito claro, que fomos beneficiados. É um lance claro de benefício contra outro lance claro de benefício, por isso nada a dizer.


BENFICA, ou beneficiados:
Pontos atuais:26
Pontos reais:23 ( devido ao favorecimento  :mais: em 1 ponto contra o Rio Ave (F) na 4ª jornada e contra o Feirense (C) em mais  :mais: 2 pontos na 10ª jornada. É ainda possível o favorecimento em 2 pontos frente ao Portimonense (C), na 5ª jornada. )

Os beneficiados esta jornada não me pareceram ... beneficiados. Não houveram lances decisivos, nada a dizer, 0 pontos efetivos e 0 possíveis.

PORTO, ou Frutaria
Pontos atuais:31
Pontos reais:29 ( favorecimento efetivo em  :mais: 2 pontos, contra o Belenenses (C), na 11ª jornada )

Que bela missa ... Deve ter sido dos jogos mais mal arbitrados do campeonato e tudo a favor dos porquinhos. Houve mão do Reyes antes do golo do Herrera, dois penaltys por assinalar por assinalar a favor do Belenenses e Felipe fez o que quis. Eu acho que o Porto foi beneficiado em 2 pontos EFETIVOS, mas até podiam ser 3 ... quer dizer se o objetivo fosse fazer a pior arbitragem possível os árbitros tinham 4 pontos como recompensa!


Neste campeonato, vemos os árbitros sim, pressionados a favorecer o Benfica, mas nota-se também que já respeitam mais o Sporting e o Porto, sobretudo este último, que temo que ocupe o lugar dos Corruptos do Sul.  Vejamos. Nota também para a utilidade do vídeo-árbitro.

No próximo post irei colocar a tabela classificativa real.
« Última modificação: Novembro 07, 2017, 21:19 pm por AndreCruzomago »
TABELA CLASSIFICATIVA REAL:

1º PORTO - 29 PONTOS - atualmente tem 31 pontos
2º SPORTING-27 PONTOS-atualmente tem 27 pontos
3º BENFICA-23 PONTOS-atualmente tem 26 pontos


Sempre o mesmo como se pode verificar. Aqui está o post que pretendias @HULK VERDE , podes colocar no início do tópico ( depois editarei esta parte ).
   Bom trabalho, @AndreCruzomago. Estou a gostar do teu sistema e das tuas avaliações e os resultados produzidos. Continua e não te preocupes muito com alguma interpretação menos clara ou algum pormenor que fique por referir, porque muitas vezes tenho de corrigir as minhas análises ou erros de edição dos posts, ou acrescentar mais informação. Não me foco muito se ficou um amarelo por dar aqui ou ali (a não ser que seja demasiado grosseiro), ou se houve uma falta mal ou bem ajuizada, o que tento é fazer sínteses para que se perceba a actuação do árbitro no cômputo geral das partidas. Parabéns. :great:

   Agora deixo aqui os números totais à jornada 11 (faltam algumas picuinhices, como os cartões amarelos por dar ou mal mostrados):

   Liga NOS - 11.ª jornada
   (números totais)


   Golos

   Sporting: 7 assinalados contra e a favor 24 / 0 mal assinalados contra e a favor 0 / 1 por assinalar contra e a favor 1
   FC Porto: 5 assinalados contra e a favor 30 / 0 mal assinalados contra e a favor 0 / 0 por assinalar contra e a favor 0
   Benfica  : 8 assinalados contra e a favor 23 / 0 mal assinalados contra e a favor 2 / 0 por assinalar contra e a favor 0
   
   Penaltis

   Sporting: 1 assinalados contra e a favor 3 / 0 mal assinalados contra e a favor 0 / 0 por assinalar contra e a favor 2
   FC Porto: 0 assinalados contra e a favor 1 / 0 mal assinalados contra e a favor 0 / 2 por assinalar contra e a favor 2
   Benfica  : 1 assinalados contra e a favor 4 / 0 mal assinalados contra e a favor 2 / 1 por assinalar contra e a favor 0

   Offsides

   Sporting: 24 assinalados contra e a favor 15 / 0 mal assinalados contra e a favor 2 / 0 por assinalar contra e a favor 0
   FC Porto: 29 assinalados contra e a favor  9 / 0 mal assinalados contra e a favor 0 / 0 por assinalar contra e a favor 0
   Benfica  : 25 assinalados contra e a favor 24 / 0 mal assinalados contra e a favor 1 / 0 por assinalar contra e a favor 0

   Faltas

   Sporting: 171 faltas cometidas e sofridas 199 / 15,5 média de faltas por jogo cometidas e sofridas 18,1
   FC Porto: 169 faltas cometidas e sofridas 163 / 15,4 média de faltas por jogo cometidas e sofridas 14,8
   Benfica  : 195 faltas cometidas e sofridas 155 / 17,7 média de faltas por jogo cometidas e sofridas 14,1

   Cartões

   Sporting: 18 (+0) atribuídos contra e a favor 24 (+0) / 0 (+0) mal atribuídos contra e a favor 0 (+0) / 0 (+0) por atribuir contra e a favor 0 (+2)
   FC Porto: 20 (+0) atribuídos contra e a favor 29 (+1) / 0 (+0) mal atribuídos contra e a favor 0 (+0) / 0 (+3) por atribuir contra e a favor 0 (+0)
   Benfica  : 18 (+0) atribuídos contra e a favor 22 (+1) / 0 (+0) mal atribuídos contra e a favor 0 (+0) / 0 (+4) por atribuir contra e a favor 0 (+1)

   Folha Disciplinar

   Sporting: 1 folha limpa contra e a favor 1 / 4 1 amarelo contra e a favor 2 / 4 2 amarelos contra e a favor 1
                                                                             0 1 vermelho contra e a favor 0 / 0 2 vermelhos contra e a favor 0
   FC Porto: 0 folha limpa contra e a favor 2 / 2 1 amarelo contra e a favor 2 / 3 2 amarelos contra e a favor 2
                                                                             0 1 vermelho contra e a favor 1 / 0 2 vermelhos contra e a favor 0
   Benfica  : 2 folha limpa contra e a favor 3 / 2 1 amarelo contra e a favor 1 / 3 2 amarelos contra e a favor 3
                                                                             0 1 vermelho contra e a favor 1 / 0 2 vermelhos contra e a favor 0

   Castigos / suspensões

   Sporting: 0 jogadores
   n.º castigos (x0):
   n.º de jogos (x0):

   FC Porto: 1 jogador [3 expulsões perdoadas: Maxi Pereira (x1) e Felipe (x2)]
   n.º castigos (x1): Danilo (x1)
   n.º de jogos (x1): Danilo (x1)

   Benfica  : 0 jogadores [4 expulsões perdoadas: Eliseu (x2), Pizzi (x1) e Luisão (x1)]
   n.º castigos (x0): 
   n.º de jogos (x0):



   Lista de partidas disputadas
   (competições nacionais)


   Liga NOS -   1.ª jornada [Desportivo das Aves 0-2 Sporting CP / FC Porto 4-0 Estoril-Praia / Benfica 3-1 Braga]
   Liga NOS -   2.ª jornada [Sporting CP 1-0 Vitória de Setúbal / Tondela 0-1 FC Porto / Chaves 0-1 Benfica]
   Liga NOS -   3.ª jornada [Vitória de Guimarães 0-5 Sporting CP / Benfica 5-0 Belenenses / FC Porto 3-0 Moreirense]
   Liga NOS -   4.ª jornada [Rio Ave 1-1 Benfica / Sporting CP 2-1 Estoril-Praia / Braga 0-1 FC Porto]
   Liga NOS -   5.ª jornada [Feirense 2-3 Sporting CP / Benfica 2-1 Portimonense / FC Porto 3-0 Chaves]
   Liga NOS -   6.ª jornada [Sporting CP 2-0 Tondela / Boavista 2-1 Benfica / Rio Ave 1-2 FC Porto]
   Liga NOS -   7.ª jornada [FC Porto 5-2 Portimonense / Moreirense 1-1 Sporting CP / Benfica 2-0 Paços de Ferreira]
   Liga NOS -   8.ª jornada [Sporting CP 0-0 FC Porto / Marítimo 1-1 Benfica]
   Liga NOS -   9.ª jornada [FC Porto 6-1 Paços de Ferreira / Desportivo das Aves 1-3 Benfica / Sporting CP 5-1 Chaves]
   Liga NOS - 10.ª jornada [Benfica 1-0 Feirense / Rio Ave 0-1 Sporting CP / Boavista 0-3 FC Porto]
   Liga NOS - 11.ª jornada [FC Porto 2-0 Belenenses / Vitória de Guimarães 1-3 Benfica / Sporting CP 2-2 Braga]

   Taça de Portugal/Placard - 3.ª eliminatória [Oleiros 2-4 Sporting CP / Lusitano 0-6 FC Porto / Benfica 1-0 Olhanense]

   Supertaça de Portugal Cândido de Oliveira [Benfica 3-1 Vitória de Guimarães]

   Taça da Liga/CTT - 1.ª jornada (fase de grupos) [Sporting CP 0-0 Marítimo / Benfica 1-1 Braga / FC Porto 0-0 Leixões]

   Liga LEDMAN Pro -  3.ª jornada [Real Massamá 1-2 Sporting CP B]

TABELA CLASSIFICATIVA REAL:

1º FC PORTO - 29 PONTOS - atualmente tem 31 pontos
2º SPORTING- 27 PONTOS - atualmente tem 27 pontos
3º BENFICA   - 23 PONTOS - atualmente tem 26 pontos

   Tinha mais coisas a acrescentar sobre a contabilidade dos números não oficiais (e.g. penaltis por assinalar, ou penaltis mal assinalados), e o sistema de cores na classificação das arbitragens (azul/vermelho - laranja - preto), mas perdi o post.

   De qualquer modo, resumindo, as cores significam a tendência do árbitro e/ou VAR, sendo o aviso laranja sinal de uma arbitragem errática mas sem influência excessiva ou tendenciosa, e o preto uma arbitragem aceitável e decente. Quanto aos números, referir que conto por baixo, ou seja por defeito e não por excesso, os lances de penaltis por marcar ou mal marcados, de forma a não exagerar os números nem os empolar, seja em que situação fôr.

   Por exemplo, conto 2 penaltis por marcar a favor do Sporting [Setúbal (c) e Braga (c)], e não considero o possível penalti sobre Coates / Bruno César (45+2) no jogo frente ao Braga, por não ser indiscutível ou evidente.

   Da mesma forma, considero 2 penaltis mal marcados a favor do Benfica [Portimonense (c) e Aves (f)], e não contabilizo o de Vila do Conde, até porque o mesmo critério já foi aplicado contra o próprio Benfica no penalti a favor do Guimarães na última jornada, mas mais do que isso, para não me acusarem de ser faccioso e empolar os números.

   Dessa forma, a contabilidade dos erros será sempre feita com um critério conservador e minimalista, e não sujeito a toda e qualquer suspeita de erro, fazendo disparar os números.

   Penso que me fiz entender. Qualquer dúvida ou contribuição, estejam à vontade.
   Liga NOS - 12.ª jornada
   (árbitros & VAR)


   Liga NOS -   1.ª jornada [Desportivo das Aves 0-2 Sporting CP / FC Porto 4-0 Estoril-Praia / Benfica 3-1 Braga]
                                             Tiago Martins & João Pinheiro / Hugo Miguel & Luís Ferreira / Carlos Xistra & Fábio Veríssimo

   Liga NOS -   2.ª jornada [Sporting CP 1-0 Vitória de Setúbal / Tondela 0-1 FC Porto / Chaves 0-1 Benfica]
                                 Bruno Paixão & Hugo Miguel / Fábio Veríssimo & Hélder Malheiro / Jorge Sousa & Tiago Martins

   Liga NOS -   3.ª jornada [Vitória de Guimarães 0-5 Sporting CP / Benfica 5-0 Belenenses / FC Porto 3-0 Moreirense]
                                                         Hugo Miguel & Jorge Sousa / Rui Costa & Vasco Santos / Manuel Oliveira & Tiago Martins

   Liga NOS -   4.ª jornada [Rio Ave 1-1 Benfica / Sporting CP 2-1 Estoril-Praia / Braga 0-1 FC Porto]
                            Hugo Miguel & Fábio Veríssimo / Luís Godinho & Tiago Martins / Carlos Xistra & Bruno Esteves

   Liga NOS -   5.ª jornada [Feirense 2-3 Sporting CP / Benfica 2-1 Portimonense / FC Porto 3-0 Chaves]
                    Artur Soares Dias & Tiago Martins / Gonçalo Martins & Fábio Veríssimo / Rui Oliveira  & Hugo Miguel

   Liga NOS -   6.ª jornada [Sporting CP 2-0 Tondela / Boavista 2-1 Benfica / Rio Ave 1-2 FC Porto]
                    Manuel Oliveira & Tiago Martins / Artur Soares Dias & Bruno Esteves / Jorge Sousa & Luís Godinho

   Liga NOS -   7.ª jornada [FC Porto 5-2 Portimonense / Moreirense 1-1 Sporting CP / Benfica 2-0 Paços de Ferreira]
                                      Luís Ferreira & Jorge Sousa / Luís Godinho & João Pinheiro / Carlos Xistra & Hugo Miguel

   Liga NOS -   8.ª jornada [Sporting CP 0-0 FC Porto / Marítimo 1-1 Benfica]
                                    Carlos Xistra & Hugo Miguel / Jorge Sousa & Luís Godinho

   Liga NOS -   9.ª jornada [FC Porto 6-1 Paços de Ferreira / Desportivo das Aves 1-3 Benfica / Sporting CP 5-1 Chaves]
                                 Manuel Oliveira & Fábio Veríssimo / Nuno Almeida & Vítor Ferreira / Rui Costa & Bruno Esteves

   Liga NOS - 10.ª jornada [Benfica 1-0 Feirense / Rio Ave 0-1 Sporting CP / Boavista 0-3 FC Porto]
                    Luis Godinho & Carlos Xistra / Jorge Sousa & João Capela / Hugo Miguel & Tiago Martins

   Liga NOS - 11.ª jornada [FC Porto 2-0 Belenenses / Vitória de Guimarães 1-3 Benfica / Sporting CP 2-2 Braga]
                   Fábio Veríssimo & Luis Ferreira / Artur Soares Dias & Hélder Malheiro / Carlos Xistra & Rui Costa
« Última modificação: Novembro 27, 2017, 18:44 pm por HULK VERDE »
Saudações Leoninas!
Se tu achas que o lance do Podence é penalty claro, nesse caso não podemos considerar que o Sporting tenha sido possivelmente favorecido, porque acontece que é um lance claro a favor do Braga e outro a favor dos nossos, @HULK_VERDE .
Não vejo casos nenhuns no jogo para além de foras-de-jogo mal assinalados. E não, não foi roubado nenhum golo ao scBraga, visto que o árbitro apitou antes (pelo menos é o que dizem, eu não ouço apito algum e não revi lance algum). Quanto muito poderá ter ficado um cartão por mostrar, por ter chutado a bola após o apito (o que é sempre parvo em situações onde não seja claramente para demorar tempo, seja falta ou não).

Não vejo faltas ou penaltys por marcar. E se não em engano, ainda na 1ª parte o mesmo fiscal assinala mal um fora-de-jogo a um jogador do Sporting. pena não haver imagens disso. Tenho quase a certeza que isso aconteceu.

Qualquer pessoa que defende que o que o Doumbia faz é falta para ser marcada, não está atenta aos jogos. Principalmente em Portugal. Ou aquela m**** só é falta se for o atacante? É que vejo os defesas fazerem aquilo em todos os jogos e ninguém marca porra nenhuma. E quanto mais altos, mais recorrente é.

Não existem Tabelas classificativas reais para além da que é factual e homologada pela Liga. Fazerem-se contas e publicarem-se outras tabelas à conta de lances de arbitragem é um exercício puramente faccioso e sempre errado. Ninguém pode fazer um exercício desses acreditando que o jogo seria o mesmo mudando um momento, um fenómeno, um acontecimento. Ninguém sabe o que teria acontecido caso não fosse marcado fora-de-jogo ao Fransérgio e/ou ele tivesse marcado golo. Podiam ter empatado à mesma, podiam ter ganho por 5 ou perdido por 5. Isso da Liga real é invenção de um jornalista e algo que já um jornal tinha feito. Mas de real não tem nada.
“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly
   A partir dos dados oficiais, já é possível tirar algumas conclusões: o Sporting foi a equipa que mais faltas sofreu (199) das três, mas isso não se reflecte no número de cartões exibidos aos adversários (24, +2 que o Benfica que sofreu menos 44 faltas e -5 que o Porto que sofreu menos 36 faltas).

   Média de faltas por cartão dos adversários dos grandes:

   Sporting: 199/24 = 1 cartão amarelo a cada 8,3 faltas dos adversários.
   FC Porto: 163/29 = 1 cartão amarelo a cada 5,6 faltas dos adversários. (+1 vermelho por acumulação)
   Benfica  : 155/22 = 1 cartão amarelo a cada 7,0 faltas dos adversários. (+1 vermelho directo)

   O mesmo se pode fazer para os cartões mostrados aos grandes:

   Sporting: 171/18 = 1 cartão amarelo a cada 9,5 faltas.
   FC Porto: 169/20 = 1 cartão amarelo a cada 8,5 faltas.
   Benfica  : 195/18 = 1 cartão amarelo a cada 10,8 faltas.

   Um mero exemplo, que de especulativo nada tem. Portanto isto é tudo contabilizado a partir dos dados oficiais - basta considerar que as faltas que ficaram por marcar e os cartões que ficaram por mostrar não entram nestas contas.

   Também sei bem que nem todos os cartões amarelos resultam de faltas assinaladas, por vários motivos, e cito alguns:

   - faltas não sancionadas por aplicação da lei da vantagem (punidas à posteriori)
   - protestos (seja em campo ou a partir do banco)
   - confrontos entre jogadores
   - demora em substituições ou reposição da bola em jogo
   - conduta anti-desportiva ou simulação

   Mas isso não impede que uma equipa que cometa mais faltas, com mais frequência, e algumas delas até com bastante agressividade ou perigo para a integridade do adversário, esteja mais exposta a ver mais cartões, pela ordem natural das coisas (sem "gestões" de cartões).

   E há casos gritantes, como o jogo com o Belém e o Eliseu a surfar a perna do jogador que tinha feito o tackle. Foi um dos tais jogos "folha limpa". Fora as outras 3 expulsões (2 por vermelho directo e uma delas por acumulação de amarelos) que não foram concretizadas - e isto contando por baixo, como já referi, e com casos mais do que dissecados, e normalmente bastante evidentes. O Benfica, que é a equipa que mais faltas fez das 3, e a que tem menos cartões a par do Sporting (18, -2 que o FCP), tem nada mais que 3 folhas limpas, 2 jogos com 1 amarelo e 3 jogos com 2 amarelos, 8 em 11 jogos em que mereciam quase o prémio-fairplay!

  O FC Porto também não é propriamente imaculado. Tem no entanto 2 folhas limpas, 2 jogos com 1 amarelo e 3 jogos com 2 amarelos, o que dá 7 jogos em que praticamente não sofreu danos a nível disciplinar. Já podia ter jogadores expulsos por 3 vezes, com um deles bastante reincidente (Felipe) e nada cauteloso, diria até bastante despreocupado (ainda no último jogo com o Belenenses fez o que quis - e a sua equipa foi premiada com a 2.ª "folha imaculada"). Apesar do FCP ser a equipa que tem menos faltas cometidas (169, menos duas que o Sporting - a média de ambos é praticamente a mesma), o Sporting é a equipa que sofreu mais faltas de longe. E o Porto é a equipa que tem mais amarelos exibidos contra os seus adversários. Isto significa que a cada 5,6 faltas sobre os azuis-e-brancos, tem saído um cartão do bolso do árbitro admoestando o oponente.

   Por outras palavras, o Sporting sofreu mais 36 faltas que o FC Porto, mas os adversários destes viram mais 5 cartões amarelos (e 1 vermelho por acumulação) que os do Sporting. Dá que pensar. O Sporting que teve uma única folha limpa na 1.ª jornada, na Vila das Aves, até agora. Tem 4 jogos com 1 cartão amarelo e outros 4 jogos terminados com 2, pelo que tem 9 jogos em 11 quase sem grandes danos (tirando a concentração dos cartões em alguns jogadores, como Bruno Fernandes).

    Não esquecer que a tónica dominante tem sido um critério de disciplina bastante difuso e pouco rigoroso. Portanto dá para ver como o critério disciplinar tem sido "gerido". Se me disserem que o número de faltas não tem que necessariamente reflectir o número de cartões, é óbvio. Porém, volto a frisar os casos evidentes e indiscutíveis em que os cartões ficaram no bolso, pelo que na verdade o número de cartões a Benfica e Porto (e também Sporting) seria ainda superior se o critério fosse mais constante, rigoroso e equilibrado. Mas teriam uma distribuição diferente.

   Este ponto serve para perceber que o número de cartões exibidos aos 3 grandes, mas principalmente a Porto e Benfica, seria provavelmente mais elevado, ou pelo menos haveria uma propensão para haver menos "folhas limpas" ou cartões para as estatísticas (1 ou 2 amarelos por jogo, para manter a fasquia no mínimo).

   Mais a mais há dados estatísticos intrigantes, não é tão "normal" que uma equipa que fez mais 24 faltas que o SCP (fora as que ficaram por assinalar contra ambas, mas utilizando sempre os números oficiais) tenha o mesmo número de cartões que o Sporting. E outras anomalias existem fazendo uma análise estatística criteriosa. O Sporting sofreu mais 44 faltas que o Benfica, os seus adversários viram mais 2 amarelos que os do rival.

   Não sei se os árbitros hoje em dia têm "contadores de cartões", e se os têm como funcionam, mas que há uma "poupança" ou "gestão" neste primeiro terço da Liga é notório, e os mais beneficiados também parecem evidentes.

   E estes dados são extraídos dos dados oficiais das partidas (ou pelo menos supostamente oficiais), portanto são tão válidos para uma análise quanto os números produzidos pelo futebol das equipas. Os remates falhados, os passes falhados, as recuperações de bola, os acertos. Os árbitros também falham e também acertam durante o jogo e é essa produção, subdivida nas suas componentes, que neste tópico é abordada.

   Quanto à Liga com a contabilidade alternativa, parece-me um exercício como qualquer outro, no sentido em que é feito de espontânea e livre vontade, e neste caso até me parece, dentre das suas características, bastante coerente e bem conseguido, uma vez que também é feito de forma moderada e ponderada, e quanto a mim clara e concisa nos seus pressupostos, portanto, não sendo da minha responsabilidade, penso que complementa bastante bem a parte de compilação, síntese e relatório que eu tenho desenvolvido. O tópico só fica a ganhar, com participações construtivas de todos.
« Última modificação: Novembro 08, 2017, 18:31 pm por HULK VERDE »
Não vejo casos nenhuns no jogo para além de foras-de-jogo mal assinalados. E não, não foi roubado nenhum golo ao scBraga, visto que o árbitro apitou antes (pelo menos é o que dizem, eu não ouço apito algum e não revi lance algum). Quanto muito poderá ter ficado um cartão por mostrar, por ter chutado a bola após o apito (o que é sempre parvo em situações onde não seja claramente para demorar tempo, seja falta ou não).

Não vejo faltas ou penaltys por marcar. E se não em engano, ainda na 1ª parte o mesmo fiscal assinala mal um fora-de-jogo a um jogador do Sporting. pena não haver imagens disso. Tenho quase a certeza que isso aconteceu.

Qualquer pessoa que defende que o que o Doumbia faz é falta para ser marcada, não está atenta aos jogos. Principalmente em Portugal. Ou aquela m**** só é falta se for o atacante? É que vejo os defesas fazerem aquilo em todos os jogos e ninguém marca porra nenhuma. E quanto mais altos, mais recorrente é.

Não existem Tabelas classificativas reais para além da que é factual e homologada pela Liga. Fazerem-se contas e publicarem-se outras tabelas à conta de lances de arbitragem é um exercício puramente faccioso e sempre errado. Ninguém pode fazer um exercício desses acreditando que o jogo seria o mesmo mudando um momento, um fenómeno, um acontecimento. Ninguém sabe o que teria acontecido caso não fosse marcado fora-de-jogo ao Fransérgio e/ou ele tivesse marcado golo. Podiam ter empatado à mesma, podiam ter ganho por 5 ou perdido por 5. Isso da Liga real é invenção de um jornalista e algo que já um jornal tinha feito. Mas de real não tem nada.

Se vês o jogos da nossa liga sabes que a resposta é sim ...
Como é que eu não conhecia este tópico??

Excelente trabalho!!


 :venia: :venia: :venia:
«Já vi o suficiente deste JJ e já lhe tirei as medidas. Com ele, o Sporting não vai a lado nenhum»
@SCP Always in forumscp 22-08-17

Queria aproveitar este momento conturbado e preocupante da vida do nosso Clube para publicamente reconhecer que o amigo tinha toda a razão. Ainda mais do que aquela que na altura todos suponhamos ser possível.
@Toca_do_lobo 18/05/2018