Arbitragem 2017/2018 - Lances da Jornada

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

   Liga NOS 2017/2018 - 23.ª jornada

   Benfica - Boavista [17.02.2018]
   Tiago Martins foi desde cedo contestado, e verdade seja dita realizou uma primeira parte muito tremida, apesar de pouco influir no desenrolar do jogo e do marcador. Assinalou bem a grande penalidade inequívoca de Rossi (14), que rasteirou Cervi, mas não penalizou disciplinarmente o jogador - nem qualquer outro jogador do Boavista, durante todo o jogo, apesar de algumas situações para tal. Pouco depois, existiu um lance de possível grande penalidade que ficou por assinalar, pois Henrique desviou a bola com o braço estendido, ao disputar o lance com Jonas no centro da grande-área (20). Aparentemente quer o árbitro de campo quer o vídeo-árbitro interpretaram o lance como sendo involuntário, mas ficaram muitas dúvidas. Os seus auxiliares foram também contestados, e se é verdade que erraram numa ou outra situação de fora-de-jogo, falta ou canto por assinalar, acabaram por cumprir razoavelmente a sua função. Na 2.ª parte pouco mais a destacar, o mesmo tipo de lances divididos que aqui e ali foram mal avaliados, como ressaltos da bola no braço, contactos ou bolas tocadas para fora, mas sem grande importância ou influência no resultado final.
   (arbitragem fraca, critério disciplinar macio mais favorável ao Boavista, penalti por assinalar a favor do Benfica)



   2 cartões amarelos para o Benfica: Jardel (30) e David Gonçalves (79). Folha limpa para a equipa do Boavista.

   Vídeo-árbitro: Hélder Malheiro e Bruno Jesus pouco mais fizeram que corroborar todas as decisões da equipa de campo, não só nos lances de golo, como nos lances de penalti, quer o que foi bem assinalado, a punir o derrube de Cervi por Rossi (14), quer o que ficou por assinalar, cometido por Nuno Henrique (20).

   Rio Ave - FC Porto [18.02.2018]
   Carlos Xistra teve uma prestação aceitável, onde na maior parte das vezes decidiu bem e foi bem auxiliado. Poupou nos cartões amarelos, para ambos os lados, mas conseguiu segurar o jogo. Algumas falhas de avaliação, sem grande peso nem influência no desenrolar da partida ou do seu resultado. Ficam dúvidas se houve ou não um penalti por marcar a anteceder o último golo, apontado por Soares (84), mas uma vez que a jogada seguiu e resultou em golo, verificado pela equipa de arbitragem que o avançado brasileiro estava em jogo, decidiu por considerar válido o golo e ignorar o lance de eventual grande penalidade, não assinalada pela equipa de campo.
   (arbitragem com uma ou outra falha técnica, critério disciplinar ligeiro mas suficiente, desempenho razoável)



   Dois cartões amarelos para cada equipa, um em cada parte. Os jogadores do Rio Ave admoestados foram Tarantini (14) e Nelson Monte (71). Do FC Porto foram amarelados Corona (36) e Sérgio Oliveira (68).

   Vídeo-árbitro: Rui Oliveira e seu auxiliar Paulo Vieira não tiveram grande trabalho, limitando-se praticamente a validar os golos - inclusivamente o último (84), em que houve dúvidas de um possível penalti de Marcelo sobre Hernâni a antecedê-lo, assim como na posição de Soares, que estava em jogo.

   Tondela - Sporting CP [19.02.2018]
   A arbitragem de João Capela conseguiu mais uma vez não passar despercebida num jogo do Sporting CP, desta vez no reduto do Tondela. Se é verdade que a 1.ª parte nem foi assim tão mal conseguida, com o aproximar do intervalo começaram a suceder-se os lances polémicos, como o lance na sequência de livre em que Mathieu, rodando para executar o remate no centro da área adversária, foi agarrado no braço por Ricardo Costa (37). No fim da 1.ª parte, estipulou apenas um minuto de descontos de tempo, que considerando todas as perdas de tempo após o golo inaugural da equipa da casa, ficou aquém do esperado. Além disso, não permitiu a marcação de um pontapé de canto favorável ao Sporting CP, apesar do tempo estar ainda por esgotar-se quando a bola saiu do campo. A 2.ª parte, até porque o desafio se tornou mais aguerrido e combatido, foi ainda mais comprometedora para a equipa de arbitragem, pelos erros que acumulou em algumas decisões influentes no desenrolar do jogo. Cometeu falhas de avaliação no critério disciplinar, expulsando com muito rigor Mathieu, admoestado com dois cartões amarelos (54, 60). Novamente, surgiram alguns lances de possível grande penalidade. Um cruzamento de Gelson Martins que resvalou (?) no braço de Joãozinho (64), lance não sancionado sem grande contestação, pacífico, um lance na área do Sporting, em que Murilo tentou penetrar entre Piccini e William Carvalho (66), sendo desarmado por este sem qualquer falta e já perante a saída de Rui Patrício, e que o árbitro considerou simulação do atacante e o puniu com cartolina amarela - falta não houve, resta saber se ele se desequilibrou ou se projectou para tentar ganhar a grande penalidade. Existiu ainda um lance, o mais discutível, em que novamente na sequência de um livre, Ricardo Costa voltou a agarrar um central adversário na grande área, desta feita Sebastián Coates (73).
   Com várias paragens, substituições, perdas de tempo, anti-jogo, a 2.ª parte foi acrescida de 4 minutos de descontos de tempo, já de si insuficientes, tal como à saída para o intervalo foi o único minuto acrescentado. Nesses 4 minutos houve ainda várias paragens resumindo-se o tempo útil de jogo a cerca de minuto e meio, culminando a 18 segundos do fim do tempo de compensação com a interrupção por lesão de Bruno Monteiro (94), lance em que William Carvalho jogou primeiro a bola mas depois acertou de sola na perna do adversário, ficando falta e cartão amarelo por mostrar. No reatamento, já aos 96 minutos e poucos segundos, o árbitro permitiu que se jogassem mais 2, tal como avisara as equipas aquando da suspensão do jogo para assistir o jogador do Tondela. Antes que se completassem esses 2 minutos, precisamente cerca dos 98 minutos, o Sporting conseguiu obter o golo - sem qualquer irregularidade - que definiu o resultado final. Em suma, uma arbitragem atribulada e que mal conseguiu estar à altura de levar o jogo até ao fim.
   (arbitragem que se ao início pareceu dar garantias, foi decaindo e acumulando várias decisões questionáveis e influentes no desenrolar do jogo, com vários lances polémicos, e um critério disciplinar desgarrado)


Ricardo Costa agarrou Mathieu na grande-área do Tondela (37) (in A Bola, 20/02/2018)
Ricardo Costa agarrou Mathieu na grande-área do Tondela (37) (in Mister do Café)

Há penalti de Ricardo Costa sobre Coates? (73) (Tribunal, in O Jogo, 20/02/2018)
Ricardo Costa agarrou Coates na grande-área do Tondela (73) (in Mister do Café)

Vídeo com o tempo de descontos jogado após os 90m. O 2.º golo do Sporting surge aos 2:54 de tempo de jogo útil do minuto 90 em diante (in Mister do Café)


    Cinco cartões amarelos para jogadores do Tondela, os dois primeiros no 1.º tempo, mostrados a Ricardo Costa (28) e depois a Miguel Cardoso (36), e os outros três na etapa complementar, a Pedro Nuno (59), Jorge Fernandes (65) e Murilo (66). Do lado do Sporting, três cartões amarelos exibidos, um na 1.ª parte a Bruno César (39), e depois voltou a mostrar dois cartões a Mathieu (54, 60), que viu o cartão vermelho por acumulação. Para concluir, foi ainda exibido um cartão vermelho directo a Murilo (90+10), já depois do término, por protestar veementemente com o árbitro principal. Eventualmente, ficou ainda por punir Coates (98) com um cartão amarelo, por despir a camisola nos festejos do golo que apontou ao cair do pano.

   Vídeo-árbitro: Bruno Esteves e seu auxiliar Rui Teixeira foram discretos, pouco intervenientes, deixando sempre o jogo prosseguir de acordo com as decisões do árbitro principal e seus auxiliares de campo. Se é verdade que não têm tantas responsabilidades quanto ele, porque se inibiram de ser mais participativos e corrigir as muitas decisões erradas, saem igualmente penalizados pela sua inoperância. Nas decisões de grande penalidade deram sempre o aval, permanecendo o critério de deixar o jogo seguir sem interromper. No fundo, o melhor que conseguiram foi limitarem-se a validar os golos, o último mais polémico porque obtido já tardiamente (90+8), mas inteiramente válido, tal como os anteriores, segundo as regras do futebol.
« Última modificação: Fevereiro 21, 2018, 03:20 am por HULK VERDE »
Citar
   Liga NOS - 23.ª jornada
   (números totais)


   Golos

   Sporting: 14 assinalados contra e a favor 47 / 1 mal assinalados contra e a favor 0 / 1 por assinalar contra e a favor 2
   FC Porto: 12 assinalados contra e a favor 61 / 0 mal assinalados contra e a favor 1 / 0 por assinalar contra e a favor 0
   Benfica  : 15 assinalados contra e a favor 59 / 0 mal assinalados contra e a favor 3 / 0 por assinalar contra e a favor 0
   
   Penaltis

   Sporting: 3 assinalados contra e a favor 5 / 0 mal assinalados contra e a favor 0 / 0 por assinalar contra e a favor 7
   FC Porto: 0 assinalados contra e a favor 2 / 0 mal assinalados contra e a favor 0 / 3 por assinalar contra e a favor 5
   Benfica  : 1 assinalados contra e a favor 7 / 0 mal assinalados contra e a favor 2 / 6 por assinalar contra e a favor 3

   Offsides

   Sporting: 51 assinalados contra e a favor 26 / 0 mal assinalados contra e a favor 2 / 0 por assinalar contra e a favor 1
   FC Porto: 53 assinalados contra e a favor 21 / 1 mal assinalados contra e a favor 0 / 0 por assinalar contra e a favor 0
   Benfica  : 46 assinalados contra e a favor 59 / 0 mal assinalados contra e a favor 2 / 2 por assinalar contra e a favor 0

   Faltas

   Sporting: 336 faltas cometidas e sofridas 407 / 14,6 média de faltas por jogo cometidas e sofridas 17,7
   FC Porto: 377 faltas cometidas e sofridas 346 / 16,4 média de faltas por jogo cometidas e sofridas 15,0
   Benfica  : 370 faltas cometidas e sofridas 322 / 16,1 média de faltas por jogo cometidas e sofridas 14,0

   Cartões

   Sporting: 41 (+1) atribuídos contra e a favor 56 (+1) / 0 (+0) mal atribuídos contra e a favor 0 (+0) / 0 (+0) por atribuir contra e a favor 0 (+2)
   FC Porto: 42 (+2) atribuídos contra e a favor 61 (+4) / 0 (+0) mal atribuídos contra e a favor 0 (+0) / 0 (+4) por atribuir contra e a favor 0 (+1)
   Benfica  : 38 (+1) atribuídos contra e a favor 44 (+3) / 0 (+0) mal atribuídos contra e a favor 0 (+0) / 0 (+8) por atribuir contra e a favor 0 (+2)

   Média de faltas por cartão dos adversários dos grandes

   Sporting: 407/56 = 1 cartão amarelo a cada 7,3 faltas dos adversários. (+1 vermelho por acumulação + 1 vermelho directo pós-jogo)
   FC Porto: 346/61 = 1 cartão amarelo a cada 5,7 faltas dos adversários. (+4 vermelhos por acumulação)
   Benfica  : 322/44 = 1 cartão amarelo a cada 7,3 faltas dos adversários. (+2 vermelhos directos + 1 vermelho por acumulação)

   Média de faltas por cartão dos grandes

   Sporting: 336/41 = 1 cartão amarelo a cada 8,2 faltas. (+1 vermelho por acumulação)
   FC Porto: 377/42 = 1 cartão amarelo a cada 9,0 faltas. (+2 vermelhos por acumulação)
   Benfica  : 370/38 = 1 cartão amarelo a cada 9,7 faltas. (+1 vermelho por acumulação)

   Folha Disciplinar

   Sporting: 3 folha limpa contra e a favor 4 / 6 1 amarelo contra e a favor 4 / 6 2 amarelos contra e a favor 2
                                                                             1 1 vermelho contra e a favor 1 / 0 2 vermelhos contra e a favor 0
   FC Porto: 0 folha limpa contra e a favor 4 / 6 1 amarelo contra e a favor 3 / 6 2 amarelos contra e a favor 7
                                                                             2 1 vermelho contra e a favor 4 / 0 2 vermelhos contra e a favor 0
   Benfica  : 4 folha limpa contra e a favor 5 / 5 1 amarelo contra e a favor 4 / 7 2 amarelos contra e a favor 7
                                                                             1 1 vermelho contra e a favor 2 / 0 2 vermelhos contra e a favor 0

   Castigos / suspensões

   Sporting: 4 jogadores
   n.º castigos (x5): Bruno César (x1); Fábio Coentrão (x2); Acuña** (x1); Mathieu (x1)
   n.º de jogos (x5): Bruno César (x1); Fábio Coentrão (x2); Acuña (x1); Mathieu (x1)

   FC Porto: 4 jogadores [4 expulsões perdoadas: Maxi Pereira (x1) e Felipe (x3)]
   n.º castigos (x4): Danilo (x1); Corona (x1); Herrera* (x1); Felipe (x1)
   n.º de jogos (x5): Danilo (x1); Corona (x1); Herrera (x2); Felipe (x1)

   Benfica  : 4 jogadores [8 expulsões perdoadas: Eliseu (x2), Pizzi (x1), Luisão (x2), Salvio (x1), Jonas (x1), Fejsa (x1)]
   n.º castigos (x4): Zivkovic (x1); Samaris* (x1); Fejsa (x1); André Almeida (x1)
   n.º de jogos (x5): Zivkovic (x1); Samaris (x2); Fejsa (x1); André Almeida (x1)

   *castigados em jogos da Taça da Liga/CTT
  **castigados em jogos da Taça de Portugal/Placard



   Liga NOS - 23.ª jornada
   (árbitros & VAR)


   Liga NOS -   1.ª jornada [Desportivo das Aves 0-2 Sporting CP / FC Porto 4-0 Estoril-Praia / Benfica 3-1 Braga]
                                             Tiago Martins & João Pinheiro / Hugo Miguel & Luís Ferreira / Carlos Xistra & Fábio Veríssimo

   Liga NOS -   2.ª jornada [Sporting CP 1-0 Vitória de Setúbal / Tondela 0-1 FC Porto / Chaves 0-1 Benfica]
                                 Bruno Paixão & Hugo Miguel / Fábio Veríssimo & Hélder Malheiro / Jorge Sousa & Tiago Martins

   Liga NOS -   3.ª jornada [Vitória de Guimarães 0-5 Sporting CP / Benfica 5-0 Belenenses / FC Porto 3-0 Moreirense]
                                                         Hugo Miguel & Jorge Sousa / Rui Costa & Vasco Santos / Manuel Oliveira & Tiago Martins

   Liga NOS -   4.ª jornada [Rio Ave 1-1 Benfica / Sporting CP 2-1 Estoril-Praia / Braga 0-1 FC Porto]
                            Hugo Miguel & Fábio Veríssimo / Luís Godinho & Tiago Martins / Carlos Xistra & Bruno Esteves

   Liga NOS -   5.ª jornada [Feirense 2-3 Sporting CP / Benfica 2-1 Portimonense / FC Porto 3-0 Chaves]
                    Artur Soares Dias & Tiago Martins / Gonçalo Martins & Fábio Veríssimo / Rui Oliveira  & Hugo Miguel

   Liga NOS -   6.ª jornada [Sporting CP 2-0 Tondela / Boavista 2-1 Benfica / Rio Ave 1-2 FC Porto]
                    Manuel Oliveira & Tiago Martins / Artur Soares Dias & Bruno Esteves / Jorge Sousa & Luís Godinho

   Liga NOS -   7.ª jornada [FC Porto 5-2 Portimonense / Moreirense 1-1 Sporting CP / Benfica 2-0 Paços de Ferreira]
                                      Luís Ferreira & Jorge Sousa / Luís Godinho & João Pinheiro / Carlos Xistra & Hugo Miguel

   Liga NOS -   8.ª jornada [Sporting CP 0-0 FC Porto / Marítimo 1-1 Benfica]
                                    Carlos Xistra & Hugo Miguel / Jorge Sousa & Luís Godinho

   Liga NOS -   9.ª jornada [FC Porto 6-1 Paços de Ferreira / Desportivo das Aves 1-3 Benfica / Sporting CP 5-1 Chaves]
                                 Manuel Oliveira & Fábio Veríssimo / Nuno Almeida & Vítor Ferreira / Rui Costa & Bruno Esteves

   Liga NOS - 10.ª jornada [Benfica 1-0 Feirense / Rio Ave 0-1 Sporting CP / Boavista 0-3 FC Porto]
                    Luis Godinho & Carlos Xistra / Jorge Sousa & João Capela / Hugo Miguel & Tiago Martins

   Liga NOS - 11.ª jornada [FC Porto 2-0 Belenenses / Vitória de Guimarães 1-3 Benfica / Sporting CP 2-2 Braga]
                   Fábio Veríssimo & Luis Ferreira / Artur Soares Dias & Hélder Malheiro / Carlos Xistra & Rui Costa
   
   Liga NOS - 12.ª jornada [Desportivo das Aves 1-1 FC Porto / Paços de Ferreira 1-2 Sporting CP / Benfica 6-0 Vitória de Setúbal]
                                                         Rui Costa & Bruno Esteves / Tiago Martins & Carlos Xistra / Luís Godinho & João Pinheiro

   Liga NOS - 13.ª jornada [Sporting CP 1-0 Belenenses / FC Porto 0-0 Benfica]
                                      Nuno Almeida & Luís Godinho / Jorge Sousa & Hugo Miguel

   Liga NOS - 14.ª jornada [Benfica 3-1 Estoril-Praia / Boavista 1-3 Sporting CP / Vitória de Setúbal 0-5 FC Porto]
                     João Pinheiro & Manuel Oliveira / Luís Godinho & Vasco Santos / Tiago Martins & Rui Oliveira

   Liga NOS - 15.ª jornada [Sporting CP 2-0 Portimonense / Tondela 1-5 Benfica / FC Porto - Marítimo]
                                 João Capela & Carlos Xistra / Tiago Martins & Hélder Malheiro / Manuel Mota & António Nobre

   Liga NOS - 16.ª jornada [Feirense 1-2 FC Porto / Benfica 1-1 Sporting CP]
                       Fábio Veríssimo & Bruno Paixão / Hugo Miguel & Tiago Martins
   
   Liga NOS - 17.ª jornada [Moreirense 0-2 Benfica / Sporting CP 5-0 Marítimo / FC Porto 4-2 Vitória de Guimarães]
                          Manuel Mota & Luís Godinho / Carlos Xistra & Bruno Esteves / Artur Soares Dias & António Nobre

   Liga NOS - 18.ª jornada [Braga 1-3 Benfica / Sporting CP 3-0 Desportivo das Aves / Estoril 1-3 FC Porto]
                    Artur Soares Dias & Luís Godinho / João Pinheiro & Jorge Sousa / Vasco Santos & Luís Ferreira

   Liga NOS - 19.ª jornada [Vitória de Setúbal 1-1 Sporting CP / FC Porto 1-0 Tondela / Benfica 3-0 Chaves]
                              Fábio Veríssimo & António Nobre / Luís Godinho & Artur Soares Dias / Bruno Esteves & Vasco Santos
   
   Liga NOS - 20.ª jornada [Belenenses 1-1 Benfica / Moreirense 0-0 FC PortoSporting CP 1-0 Vitória de Guimarães]
                           Bruno Paixão & Rui Oliveira / Luís Ferreira & Manuel Oliveira / Luís Godinho & Hugo Miguel

   Liga NOS - 21.ª jornada [Benfica 5-1 Rio Ave / FC Porto 3-1 Braga / Estoril-Praia 2-0 Sporting CP]
                   Manuel Oliveira & Vítor Ferreira / Hugo Miguel & Nuno Almeida / Manuel Mota & Luís Ferreira

   Liga NOS - 22.ª jornada [Portimonense 1-3 Benfica / Chaves 0-4 FC Porto / Sporting CP 2-0 Feirense]
                        Carlos Xistra & Rui Oliveira / Artur Soares Dias & Manuel Mota / Luís Ferreira & Manuel Oliveira
   
   Liga NOS - 23.ª jornada [Benfica 4-0 Boavista / FC Porto 5-0 Rio Ave / Tondela 1-2 Sporting CP]
                   Tiago Martins & Hélder Malheiro / Carlos Xistra & Rui Oliveira / João Capela & Bruno Esteves
« Última modificação: Fevereiro 28, 2018, 13:20 pm por HULK VERDE »
Boa noite amigos sportinguistas!
Aqui fica a análise de mais uma jornada, a jornada 23, em que ganhamos ainda que com muito sofrimento!

SPORTING:
Pontos atuais:56
Pontos reais:56 (tendo sido possivelmente prejudicado em  dois pontos , contra o Moreirense, fora, na 7ª jornada)

Foi um jogo em que o árbitro errou muitas vezes, e ao contrário do que os nosso adversários e até sportinguistas dizem, não foi a nosso favor, mas sim a favor do Tondela. Por mais que uma vez poderia ter sido assinalado penalty a nosso favor, e neste momento, parece-me que a questão do minuto a que o golo foi marcado é bem possível de ser explicada. A expulsão foi bem admoestada, de resto, a compensação foi, em ambas as partes, pequena demais. Não se esperava outro tipo de atuação do árbitro que esteve em campo ...

BENFICA, ou Nabos
Pontos atuais:56
Pontos reais:48( devido ao favorecimento   em 1 ponto contra o Rio Ave (F) na 4ª jornada e contra o Feirense (C) em mais   2 pontos na 10ª jornada, de modo efetivo. É ainda possível o favorecimento em 2 pontos frente ao Portimonense (C). Na 18ª frente ao Braga (F) foram favorecidos em dois pontos de modo efetivo. Na jornada 14ª, (C) frente ao Estoril, foram favorecidos, de modo efetivo, em 2 pontos. Foram beneficiados de modo efetivo em 1 ponto na jornada 20 (F) contra o Belenenses.)

Arbitragem razoável. Ficou um penalty por assinalar a favor do Benfica, de resto nada a dizer.

PORTO, ou Dragonas
Pontos atuais:61
Pontos reais:59( por favorecimento   real em dois pontos frente ao Belenenses (C), na 11ª jornada. Na jornada 22 (F) contra o Chaves foram possivelmente beneficiados em 2 pontos )

Um desempenho razoável, uma vitória de 5-0, tal como a do Benfica, também dificilmente seriam questionadas pela arbitragem.

Qualquer coisa falar com o @HULK VERDE ou comigo! E viva o Sporting!

Saudações Leoninas!

« Última modificação: Fevereiro 25, 2018, 20:41 pm por AndreCruzomago »
   Liga NOS 2017/2018 - 24.ª jornada

   Paços de Ferreira - Benfica [24.02.2018]
   Fábio Veríssimo teve um jogo complicado, que ele e a sua equipa também não ajudaram a facilitar. Começou cedo por interromper a partida para apanhar objectos arremessados para dentro de campo por adeptos da equipa visitante (10), algo que aconteceu mais duas ou três vezes ao longo do jogo. Foi demasiado complacente com a agressividade excessiva e o jogo perigoso de alguns jogadores, nomeadamente Ruben Dias, a quem perdoou ainda na 1.ª parte um cartão amarelo (32), e depois ainda teve mais três ou quatro lances em que podia e devia ter sido admoestado, nomeadamente o lance em que se envolveu com Ruben Micael (52), e ainda o lance dentro da área com Gian Martins (63). A verdade é que acabou o jogo sem ver qualquer penalização. Além desta permissividade disciplicar, houve alguns lances polémicos e discutíveis na área da equipa da cada que suscitaram dúvidas, sem que o árbitro marcasse qualquer penalti, e o VAR o interpelasse. Logo na 1.ª parte, o lance em que Ricardo intercepta com o braço atrás das costas o cruzamento de André Almeida (43), ou as quedas de Rafa na grande área (59, 70), em lances envolvendo Gian e Quiñones. Logo a abrir o 2.º tempo, foi assinalada uma falta à tangente de Pedrinho sobre Cervi (48), mesmo à entrada da grande área, ficando dúvidas quanto à falta. Antes, na origem do contra-ataque, não considerou falta o roubo de bola de Ruben Dias sobre Luiz Phellype (46), que se desmarcava no corredor lateral. Ainda a referir o momento caricato em que Fábio Veríssimo interrompeu o jogo e depois quando o foi reatar, lançando a bola ao solo, começou a ser rodeado por jogadores, que reclamavam a posse da bola no momento da interrupção, e o árbitro  sem saber o que fazer perante o ajuntamento, demorando vários segundos até finalmente o jogo recomeçar. O golo da reviravolta surge na sequência desse lance que parece ter perturbado a concentração de alguns jogadores. Ainda a referir a expulsão de um jogador do Paços de Ferreira, já no início dos descontos de tempo, tendo o árbitro um assomo tardio de rigor.
   (arbitragem insegura, passiva perante várias faltas disciplinares, permitindo algum jogo sujo e agressões, algumas faltas mal assinaladas e outras por assinalar, lances complicados na área do Paços de Ferreira de possível penalti por assinalar a favor do Benfica, ficando a dúvida)



   Do Paços de Ferreira, foram três os jogadores admoestados, todos na 2.ª parte: Rafael Assis (61) por conduta anti-desportiva, Quiñones (86) e Gian Martins expulso com vermelho directo (90+1), no primeiro dos sete minutos de descontos de tempo, por um lance dividido com Jonas. 2 cartões amarelos para o Benfica, um em cada parte: Zivkovic (16) e Pizzi (50), ambos por faltas cometidas sobre o adversário.

   Vídeo-árbitro: Bruno Esteves e Rui Teixeira não contestaram as decisões da equipa de campo, nem mesmo nos lances mais discutíveis, alguns deles dentro da grande área do Paços de Ferreira, não só de possíveis grandes penalidades, como também de agressão, como a de Ruben Dias (63). Nos golos decidiram também por deixar seguir, e aqui sem dúvidas algumas foram correctamente validados.

   Portimonense - FC Porto [25.02.2018]
   Jorge Sousa teve uma prestação aceitável num jogo sem casos que começou com um golo da equipa visitante, desnivelando-se o resultado ao longo do jogo, e acabou com o golo de honra dos visitados. A exibição pouco aguerrida do Portimonense e o controlo do resultado pelo FC Porto fizeram com que o jogo se disputasse sem grandes despiques físicos e sem rispidez, tendo o árbitro sido praticamente um mero elemento figurativo, passando pelo jogo sem centrar em si as atenções. Uma ou outra dúvida, no entanto, em alguns lances de falta e fora-de-jogo. O golo inaugural de Marega (10) foi precedido por uma falta na recuperação de bola que originou o lance que passou em claro ao VAR, um erro que acabou por não ter influência no resultado.
   (arbitragem discreta e correcta, critério disciplinar inócuo mas adequado face à ausência de agressividade na contenda, desempenho aceitável)



   Num jogo pouco disputado, apenas um cartão amarelo, exibido a um jogador do Portimonense, Fabrício (48).

   Vídeo-árbitro: Hugo Miguel e seu auxiliar Nuno Roque pouco mais fizeram que ir atestando a validade dos golos ao longo do jogo, tendo errado na avaliação do primeiro golo da equipa forasteira, pois houve falta na origem da jogada de ataque. Erro que acabou diminuído pelo avolumar do desnível no resultado.

   Sporting CP - Moreirense [26.02.2018]
   A arbitragem de Tiago Martins deu nas vistas logo à passagem do primeiro quarto de hora do jogo, e precisamente pelo critério disciplinar, neste caso contemplativo, quando Rúben Lima abalroou Gelson Martins (15), que seguia na passada num momento de ruptura do ataque leonino para uma situação de 2 para 1 no último terço do campo. Por entre pequenas falhas em lances pouco relevantes, começou a puxar dos cartões amarelos já na segunda metade da 1.ª parte, revelando que afinal trouxera os cartões e os iria utilizar. Depois do intervalo apareceram os casos do jogo, primeiro o lance do golo de Bilel (52), que tocou a bola com o braço para a controlar sem que nenhum elemento da equipa de campo detectasse a irregularidade, tendo sido o VAR a anular o golo. Depois começaram a acentuar-se as oscilações no critério disciplinar, que se tornou tão apertado que até serviu para expulsar Petrovic (61) pelo 2.º cartão amarelo erradamente atribuído por indicação do 4.º árbitro José Almeida, que viu o que não existiu, pois foi Zizo quem pisou o centro-campista sérvio. Dois lances ainda, um em cada área, com Petrovic a cair na área do Moreirense (58), e depois Tozé a cair perante André Pinto na área contrária, mas que foram correctamente relevados, sem lugar a marcação de grande penalidade. O mais foram os habituais erros habituais na avaliação de faltas. Uma arbitragem que revelou dualidade no critério disciplinar e tecnicamente esteve longe de ser de bom nível.
   (má arbitragem, com tendência para cometer erros técnicos e disciplinares, revelando dualidade de critérios na atribuição de cartões, penalizando o Sporting com 2 expulsões, golo mal validado ao Moreirense que o VAR anulou correctamente)



Zizo pisou Petrovic, o árbitro expulsou o sérvio com o 2.º cartão amarelo, por indicação do 4.º árbitro José Almeida (61) (in Facebook Ultra Leoninos)

Rúben Lima travou Gelson que ia lançado para a baliza, falta que não foi penalizada disciplinarmente (15) (in Fórum SCP, @paufaria)


    Cinco cartões amarelos para jogadores do Sporting, resultando em duas expulsões por acumulação, mostrados a Petrovic (39, 61), que foi expulso por uma falta que não fez, Acuña (56) e Gelson Martins (87, 90+2), que levou o 2.º cartão e o vermelho subsequente por despir a camisola após apontar o golo da vitória já quase no fim do jogo. Do lado do Moreirense, 4 cartões amarelos exibidos, 2 em cada parte: a Boubacar (27) e Ângelo Neto (35), e depois Tozé (85) e Bilel (89).

   Vídeo-árbitro: Carlos Xistra e seu auxiliar Paulo Brás tiveram uma intervenção decisiva quando invalidaram correctamente o golo de Bilel (52), que dominou a bola com o braço sem que a equipa de campo assinalasse a infracção. No lance da expulsão de Petrovic (61) nada podia fazer uma vez que o regulamento determina que o VAR só pode intervir em lances de cartão vermelho directo.
« Última modificação: Março 03, 2018, 13:50 pm por HULK VERDE »
Boa noite a todos os sportinguistas deste fórum !
Venho deixar aqui a análise final do Estoril-Porto, jogo em que, infelizmente, a atitude dos jogadores deixou muito a desejar, e muito para desconfiar também ( ::) ) .

PORTO, ou Porcalhada
Pontos atuais:61
Pontos reais:59 ( por favorecimento   real em dois pontos frente ao Belenenses (C), na 11ª jornada. Na jornada 22 (F) contra o Chaves foram possivelmente beneficiados em 2 pontos. Na 18ª jornada, (F), contra o Estoril, foram possivelmente beneficiados em 2 pontos. )

O 1º golo foi vergonhoso, haviam uns 4 jogadores em fora-de-jogo e nem o árbitro nem o VAR anularam o lance. Acontece que por ser o 1º, podia ter alterado o rumo do jogo, confiando numa suposta boa fé do Estoril, pois aquilo que se passou foi muito, muito estranho, ao ponto de o treinador do Estoril ficar exaltado a falar dos próprios jogadores. Mas confiando nessa suposta boa fé, o que acontece é que o Porto pode muito bem ter sido beneficiado em 2 pontinhos, pelo menos, por isso o meu veredito é: possivelmente prejudicados em 2 pontos.

Saudações Leoninas, e qualquer dúvida, comuniquem-me amigos, ou ao @HULK VERDE ! Fiquem bem!
Citar
   Liga NOS - 24.ª jornada
   (números totais)


   Golos

   Sporting: 14 assinalados contra e a favor 48 / 1 mal assinalados contra e a favor 0 / 1 por assinalar contra e a favor 2
   FC Porto: 13 assinalados contra e a favor 66 / 0 mal assinalados contra e a favor 1 / 0 por assinalar contra e a favor 0
   Benfica  : 16 assinalados contra e a favor 62 / 0 mal assinalados contra e a favor 3 / 0 por assinalar contra e a favor 0
   
   Penaltis

   Sporting: 3 assinalados contra e a favor 5 / 0 mal assinalados contra e a favor 0 / 0 por assinalar contra e a favor 7
   FC Porto: 0 assinalados contra e a favor 2 / 0 mal assinalados contra e a favor 0 / 3 por assinalar contra e a favor 5
   Benfica  : 1 assinalados contra e a favor 7 / 0 mal assinalados contra e a favor 2 / 6 por assinalar contra e a favor 3

   Offsides

   Sporting: 51 assinalados contra e a favor 27 / 0 mal assinalados contra e a favor 2 / 0 por assinalar contra e a favor 1
   FC Porto: 56 assinalados contra e a favor 21 / 1 mal assinalados contra e a favor 0 / 0 por assinalar contra e a favor 0
   Benfica  : 48 assinalados contra e a favor 62 / 0 mal assinalados contra e a favor 2 / 2 por assinalar contra e a favor 0

   Faltas

   Sporting: 351 faltas cometidas e sofridas 426 / 14,6 média de faltas por jogo cometidas e sofridas 17,8
   FC Porto: 396 faltas cometidas e sofridas 369 / 16,5 média de faltas por jogo cometidas e sofridas 15,4
   Benfica  : 386 faltas cometidas e sofridas 338 / 16,1 média de faltas por jogo cometidas e sofridas 14,1

   Cartões

   Sporting: 46 (+3) atribuídos contra e a favor 60 (+1) / 0 (+0) mal atribuídos contra e a favor 0 (+0) / 0 (+0) por atribuir contra e a favor 0 (+2)
   FC Porto: 42 (+2) atribuídos contra e a favor 62 (+4) / 0 (+0) mal atribuídos contra e a favor 0 (+0) / 0 (+4) por atribuir contra e a favor 0 (+1)
   Benfica  : 40 (+1) atribuídos contra e a favor 46 (+3) / 0 (+0) mal atribuídos contra e a favor 0 (+0) / 0 (+8) por atribuir contra e a favor 0 (+2)

   Média de faltas por cartão dos adversários dos grandes

   Sporting: 426/60 = 1 cartão amarelo a cada 7,1 faltas dos adversários. (+1 vermelho por acumulação + 1 vermelho directo pós-jogo)
   FC Porto: 369/62 = 1 cartão amarelo a cada 6,0 faltas dos adversários. (+4 vermelhos por acumulação)
   Benfica  : 338/46 = 1 cartão amarelo a cada 7,3 faltas dos adversários. (+2 vermelhos directos + 1 vermelho por acumulação)

   Média de faltas por cartão dos grandes

   Sporting: 351/46 = 1 cartão amarelo a cada 7,6 faltas. (+3 vermelhos por acumulação)
   FC Porto: 396/42 = 1 cartão amarelo a cada 9,4 faltas. (+2 vermelhos por acumulação)
   Benfica  : 386/40 = 1 cartão amarelo a cada 9,7 faltas. (+1 vermelho por acumulação)

   Folha Disciplinar

   Sporting: 3 folha limpa contra e a favor 4 / 6 1 amarelo contra e a favor 4 / 6 2 amarelos contra e a favor 2
                                                                             1 1 vermelho contra e a favor 1 / 1 2 vermelhos contra e a favor 0
   FC Porto: 0 folha limpa contra e a favor 5 / 6 1 amarelo contra e a favor 4 / 6 2 amarelos contra e a favor 7
                                                                             2 1 vermelho contra e a favor 4 / 0 2 vermelhos contra e a favor 0
   Benfica  : 4 folha limpa contra e a favor 5 / 5 1 amarelo contra e a favor 4 / 8 2 amarelos contra e a favor 8
                                                                             1 1 vermelho contra e a favor 3 / 0 2 vermelhos contra e a favor 0

   Castigos / suspensões

   Sporting: 6 jogadores
   n.º castigos (x7): Bruno César (x1); Fábio Coentrão (x2); Acuña** (x1); Mathieu (x1); Petrovic (x1); Gelson (x1)
   n.º de jogos (x7): Bruno César (x1); Fábio Coentrão (x2); Acuña (x1); Mathieu (x1); Petrovic (x1); Gelson (x1)

   FC Porto: 4 jogadores [4 expulsões perdoadas: Maxi Pereira (x1) e Felipe (x3)]
   n.º castigos (x4): Danilo (x1); Corona (x1); Herrera* (x1); Felipe (x1)
   n.º de jogos (x5): Danilo (x1); Corona (x1); Herrera (x2); Felipe (x1)

   Benfica  : 4 jogadores [8 expulsões perdoadas: Eliseu (x2), Pizzi (x1), Luisão (x2), Salvio (x1), Jonas (x1), Fejsa (x1)]
   n.º castigos (x4): Zivkovic (x1); Samaris* (x1); Fejsa (x1); André Almeida (x1)
   n.º de jogos (x5): Zivkovic (x1); Samaris (x2); Fejsa (x1); André Almeida (x1)

   *castigados em jogos da Taça da Liga/CTT
  **castigados em jogos da Taça de Portugal/Placard



   Liga NOS - 24.ª jornada
   (árbitros & VAR)


   Liga NOS -   1.ª jornada [Desportivo das Aves 0-2 Sporting CP / FC Porto 4-0 Estoril-Praia / Benfica 3-1 Braga]
                                             Tiago Martins & João Pinheiro / Hugo Miguel & Luís Ferreira / Carlos Xistra & Fábio Veríssimo

   Liga NOS -   2.ª jornada [Sporting CP 1-0 Vitória de Setúbal / Tondela 0-1 FC Porto / Chaves 0-1 Benfica]
                                 Bruno Paixão & Hugo Miguel / Fábio Veríssimo & Hélder Malheiro / Jorge Sousa & Tiago Martins

   Liga NOS -   3.ª jornada [Vitória de Guimarães 0-5 Sporting CP / Benfica 5-0 Belenenses / FC Porto 3-0 Moreirense]
                                                         Hugo Miguel & Jorge Sousa / Rui Costa & Vasco Santos / Manuel Oliveira & Tiago Martins

   Liga NOS -   4.ª jornada [Rio Ave 1-1 Benfica / Sporting CP 2-1 Estoril-Praia / Braga 0-1 FC Porto]
                            Hugo Miguel & Fábio Veríssimo / Luís Godinho & Tiago Martins / Carlos Xistra & Bruno Esteves

   Liga NOS -   5.ª jornada [Feirense 2-3 Sporting CP / Benfica 2-1 Portimonense / FC Porto 3-0 Chaves]
                    Artur Soares Dias & Tiago Martins / Gonçalo Martins & Fábio Veríssimo / Rui Oliveira  & Hugo Miguel

   Liga NOS -   6.ª jornada [Sporting CP 2-0 Tondela / Boavista 2-1 Benfica / Rio Ave 1-2 FC Porto]
                    Manuel Oliveira & Tiago Martins / Artur Soares Dias & Bruno Esteves / Jorge Sousa & Luís Godinho

   Liga NOS -   7.ª jornada [FC Porto 5-2 Portimonense / Moreirense 1-1 Sporting CP / Benfica 2-0 Paços de Ferreira]
                                      Luís Ferreira & Jorge Sousa / Luís Godinho & João Pinheiro / Carlos Xistra & Hugo Miguel

   Liga NOS -   8.ª jornada [Sporting CP 0-0 FC Porto / Marítimo 1-1 Benfica]
                                    Carlos Xistra & Hugo Miguel / Jorge Sousa & Luís Godinho

   Liga NOS -   9.ª jornada [FC Porto 6-1 Paços de Ferreira / Desportivo das Aves 1-3 Benfica / Sporting CP 5-1 Chaves]
                                 Manuel Oliveira & Fábio Veríssimo / Nuno Almeida & Vítor Ferreira / Rui Costa & Bruno Esteves

   Liga NOS - 10.ª jornada [Benfica 1-0 Feirense / Rio Ave 0-1 Sporting CP / Boavista 0-3 FC Porto]
                    Luis Godinho & Carlos Xistra / Jorge Sousa & João Capela / Hugo Miguel & Tiago Martins

   Liga NOS - 11.ª jornada [FC Porto 2-0 Belenenses / Vitória de Guimarães 1-3 Benfica / Sporting CP 2-2 Braga]
                   Fábio Veríssimo & Luis Ferreira / Artur Soares Dias & Hélder Malheiro / Carlos Xistra & Rui Costa
   
   Liga NOS - 12.ª jornada [Desportivo das Aves 1-1 FC Porto / Paços de Ferreira 1-2 Sporting CP / Benfica 6-0 Vitória de Setúbal]
                                                         Rui Costa & Bruno Esteves / Tiago Martins & Carlos Xistra / Luís Godinho & João Pinheiro

   Liga NOS - 13.ª jornada [Sporting CP 1-0 Belenenses / FC Porto 0-0 Benfica]
                                      Nuno Almeida & Luís Godinho / Jorge Sousa & Hugo Miguel

   Liga NOS - 14.ª jornada [Benfica 3-1 Estoril-Praia / Boavista 1-3 Sporting CP / Vitória de Setúbal 0-5 FC Porto]
                     João Pinheiro & Manuel Oliveira / Luís Godinho & Vasco Santos / Tiago Martins & Rui Oliveira

   Liga NOS - 15.ª jornada [Sporting CP 2-0 Portimonense / Tondela 1-5 Benfica / FC Porto - Marítimo]
                                 João Capela & Carlos Xistra / Tiago Martins & Hélder Malheiro / Manuel Mota & António Nobre

   Liga NOS - 16.ª jornada [Feirense 1-2 FC Porto / Benfica 1-1 Sporting CP]
                       Fábio Veríssimo & Bruno Paixão / Hugo Miguel & Tiago Martins
   
   Liga NOS - 17.ª jornada [Moreirense 0-2 Benfica / Sporting CP 5-0 Marítimo / FC Porto 4-2 Vitória de Guimarães]
                          Manuel Mota & Luís Godinho / Carlos Xistra & Bruno Esteves / Artur Soares Dias & António Nobre

   Liga NOS - 18.ª jornada [Braga 1-3 Benfica / Sporting CP 3-0 Desportivo das Aves / Estoril 1-3 FC Porto]
                    Artur Soares Dias & Luís Godinho / João Pinheiro & Jorge Sousa / Vasco Santos & Luís Ferreira

   Liga NOS - 19.ª jornada [Vitória de Setúbal 1-1 Sporting CP / FC Porto 1-0 Tondela / Benfica 3-0 Chaves]
                              Fábio Veríssimo & António Nobre / Luís Godinho & Artur Soares Dias / Bruno Esteves & Vasco Santos
   
   Liga NOS - 20.ª jornada [Belenenses 1-1 Benfica / Moreirense 0-0 FC PortoSporting CP 1-0 Vitória de Guimarães]
                           Bruno Paixão & Rui Oliveira / Luís Ferreira & Manuel Oliveira / Luís Godinho & Hugo Miguel

   Liga NOS - 21.ª jornada [Benfica 5-1 Rio Ave / FC Porto 3-1 Braga / Estoril-Praia 2-0 Sporting CP]
                   Manuel Oliveira & Vítor Ferreira / Hugo Miguel & Nuno Almeida / Manuel Mota & Luís Ferreira

   Liga NOS - 22.ª jornada [Portimonense 1-3 Benfica / Chaves 0-4 FC Porto / Sporting CP 2-0 Feirense]
                        Carlos Xistra & Rui Oliveira / Artur Soares Dias & Manuel Mota / Luís Ferreira & Manuel Oliveira
   
   Liga NOS - 23.ª jornada [Benfica 4-0 Boavista / FC Porto 5-0 Rio Ave / Tondela 1-2 Sporting CP]
                   Tiago Martins & Hélder Malheiro / Carlos Xistra & Rui Oliveira / João Capela & Bruno Esteves

   Liga NOS - 24.ª jornada [Paços de Ferreira 1-3 Benfica / Portimonense 1-5 FC Porto / Sporting CP 1-0 Moreirense]
                                  Fábio Veríssimo & Bruno Esteves / Jorge Sousa & Hugo Miguel / Tiago Martins & Carlos Xistra
« Última modificação: Março 20, 2018, 01:37 am por HULK VERDE »
Um dia destes, a esquecida regra dos 6 segundos vai ser ressuscitada para ser aplicada contra o Sporting, vão ver.
Garanto-vos.
Um dia destes, a esquecida regra dos 6 segundos vai ser ressuscitada para ser aplicada contra o Sporting, vão ver.
Garanto-vos.
O único caso que me recordo de essa regra ter sido aplicada foi, coincidência das coincidências, contra nós, ao Schmeichel.
Boa tarde a todos!
Peço desculpas mais uma vez, pela demora em colocar aqui a análise à última jornada, neste caso, a jornada 24, mas nem sempre me é possível colocar o meu trabalho aqui quando quero, e peço a vossa compreensão. De resto, esta jornada merece ser analisada e comecemos pelo nosso Sporting:

SPORTING
Pontos atuais:59
Pontos reais:59 ( tendo possivelmente prejudicado em dois pontos, fora, na jornada 7, frente ao Moreirense )
Fomos inclusive, prejudicados, pois Petrovic nunca na vida seria expulso por algo que não fez. O golo também parece bem anulado. Por isso nada a dizer.

Benfica, ou Clube da data de fundação alterada
Pontos atuais:59
Pontos reais:51( devido ao favorecimento   em 1 ponto contra o Rio Ave (F) na 4ª jornada e contra o Feirense (C) em mais   2 pontos na 10ª jornada, de modo efetivo. É ainda possível o favorecimento em 2 pontos frente ao Portimonense (C). Na 18ª frente ao Braga (F) foram favorecidos em dois pontos de modo efetivo. Na jornada 14ª, (C) frente ao Estoril, foram favorecidos, de modo efetivo, em 2 pontos. Foram beneficiados de modo efetivo em 1 ponto na jornada 20 (F) contra o Belenenses.)

Jogo muito complicado este aqui em Paços de Ferreira. Se, por um lado, Rubén Dias poderia ter levado não 1, não 2, mas vários amarelos, também podia ter sido assinalado penalty a favor dos visitantes. Por exemplo, acho que ambos os clubes foram beneficiados no decorrer do jogo, com o árbitro a ser muito passivo perante a agressividade dos jogadores.

Porto, ou Panões
Pontos atuais:64
Pontos reais:62( por favorecimento   real em dois pontos frente ao Belenenses (C), na 11ª jornada. Na jornada 22 (F) contra o Chaves foram possivelmente beneficiados em 2 pontos. Na 18ª jornada, (F), contra o Estoril, foram possivelmente beneficiados em 2 pontos. )

Arbitragem aceitável numa vitória inquestionável, olhando ao resultado, por isso nada a dizer.

Já sabem: qualquer dúvida ou sugestão, falar comigo ou com o @HULK VERDE !

Saudações Leoninas!

   Liga NOS 2017/2018 - 25.ª jornada

   FC Porto - Sporting CP [02.03.2018]
   Artur Soares Dias, árbitro nomeado da AF Porto para um jogo muito importante para as contas do título de campeão nacional, começou por deixar jogar, sendo contestado e pressionado muito cedo, quando deu a lei da vantagem após Coates atrapalhar a progressão de Marega (6), sem o impedir de prosseguir a jogada e fazer o passe, num ataque que se gorou. O caso do jogo surgiu pouco depois, quando Doumbia recebeu a bola na grande-área do adversário, com Dalot atrás, que tentou impedir a conclusão da jogada, mas não jogou a bola e sim a perna do avançado (17). Nem o árbitro nem o auxiliar assinalaram a falta, e foi preciso esperar alguns segundos, quando a bola saiu de campo pela linha lateral, para que o VAR interpelasse o árbitro àcerca do lance de grande penalidade. Este, depois de ir ver o vídeo, manteve peremptoriamente a decisão, e mandou prosseguir o jogo, ignorando quer as dúvidas do VAR, quer o que as imagens revelam sem margem para dúvidas. Grande penalidade e expulsão de Dalot, pois tratou-se de uma situação de golo iminente e impedida em falta pelo último defesa. Até ao final, destaque para o dobro das faltas cometidas da equipa da casa, que viu os mesmos cartões amarelos que a equipa do Sporting CP, com metade das faltas. E a expulsão dos socorristas, que retiveram a bola quando esta saiu pela linha lateral e Fábio Coentrão a foi buscar junto deles (60). No estádio daquele clube é assim, já sabíamos que o apanha-bolas pode marcar golos que o árbitro valida, que Artur Soares Dias é uma espécie de Arthur Pendragon que os guia à vitória com os seus dois pesos e duas medidas, agora também sabemos que os bombeiros, lá, retêm a bola e praticam anti-jogo. Sempre se pode dizer que pelo menos, sendo proibido marcar penaltis e expulsar jogadores do FC Porto, os carregadores de maca ainda não são "inimputáveis"... e ainda podem ser expulsos.
   (arbitragem que começou a falhar num penalti por marcar contra o FC Porto, que nem com a advertência do VAR foi assinalado, critério técnico e disciplinar muito caseiro, como era de esperar do árbitro da Associação de Futebol do Porto)



    Apesar do FC Porto ter cometido praticamente o dobro das faltas do Sporting CP, na distribuição dos cartões houve dois para cada equipa, todos na 2.ª parte: Felipe (63) e Herrera (90+3), Bruno Fernandes (77) e Acuña (87).

   Vídeo-árbitro: João Pinheiro e seu auxiliar Bruno Rodrigues fizeram a primeira intervenção chamando a atenção de Artur Soares Dias para o lance ocorrido pouco antes entre Dalot e Doumbia (17) na grande área da equipa da casa, uma grande penalidade ignorada pela equipa de campo. O árbitro dirigiu-se ao ecrã para ver a repetição do lance, e sem demorar-se muito, fez sinal para que se prosseguisse o jogo. Mais um penalti contra o FC Porto por marcar, a favor do Sporting, ainda por cima em sua casa? Que sacrilégio! Menção ainda para o momento insólito em que que o VAR teve de intervir para indicar ao árbitro a expulsão dos bombeiros que retiveram a bola, impedindo Fábio Coentrão de a recuperar para o lançamento de linha lateral (60). Agora só falta que sirva para expulsar os jogadores "mal-comportados" do FC Porto, já que os adeptos já vimos que é possível.

   Benfica - Marítimo [03.03.2018]
   A arbitragem de Hélder Malheiro não foi de elevado grau de exigência, mas cumpriu, num jogo em que foi definido muito cedo quem seria o vencedor. Nas decisões mais difíceis, o penalti assinalado e o vermelho directo exibido, acabou por cumprir de acordo com as leis do jogo. Uma ou outra falha menor, num jogo desnivelado pela diferença de qualidade exibicional das duas equipas.
   (arbitragem globalmente acertada, bem complementada pelo VAR, bem nas decisões de fora-de-jogo, critério disciplinar oscilante)



    Um cartão amarelo foi exibido a jogadores do Benfica, a Pizzi (90), já muito perto do fim do jogo. Três cartões amarelos exibidos a jogadores do Marítimo: Pablo (41), o único da 1.ª parte, Bebeto (54) e Fabrício (90+3). Um vermelho directo para Gamboa por atingir com os pitons a perna de Zivkovic (57).

   Vídeo-árbitro: António Nobre e Pedro Martins, para além de se limitarem a validar os golos e o lance de grande penalidade assinalada, ainda chamaram a atenção do árbitro para a entrada de Gamboa sobre Zivkovic aos 57 minutos, que não o tinha punido disciplinarmente. Vendo as imagens, Hélder Malheiro mudou de ideias e exibiu o vermelho directo ao jogador do Marítimo.
« Última modificação: Março 18, 2018, 19:23 pm por HULK VERDE »
Citar
   Liga NOS - 25.ª jornada
   (números totais)


   Golos

   Sporting: 16 assinalados contra e a favor 49 / 1 mal assinalados contra e a favor 0 / 1 por assinalar contra e a favor 2
   FC Porto: 14 assinalados contra e a favor 68 / 0 mal assinalados contra e a favor 1 / 0 por assinalar contra e a favor 0
   Benfica  : 16 assinalados contra e a favor 67 / 0 mal assinalados contra e a favor 3 / 0 por assinalar contra e a favor 0
   
   Penaltis

   Sporting: 3 assinalados contra e a favor 5 / 0 mal assinalados contra e a favor 0 / 0 por assinalar contra e a favor 8
   FC Porto: 0 assinalados contra e a favor 2 / 0 mal assinalados contra e a favor 0 / 4 por assinalar contra e a favor 5
   Benfica  : 1 assinalados contra e a favor 8 / 0 mal assinalados contra e a favor 2 / 6 por assinalar contra e a favor 3

   Offsides

   Sporting: 52 assinalados contra e a favor 28 / 0 mal assinalados contra e a favor 2 / 0 por assinalar contra e a favor 1
   FC Porto: 57 assinalados contra e a favor 22 / 1 mal assinalados contra e a favor 0 / 0 por assinalar contra e a favor 0
   Benfica  : 49 assinalados contra e a favor 63 / 0 mal assinalados contra e a favor 2 / 2 por assinalar contra e a favor 0

   Faltas

   Sporting: 363 faltas cometidas e sofridas 449 / 14,6 média de faltas por jogo cometidas e sofridas 17,8
   FC Porto: 419 faltas cometidas e sofridas 381 / 16,5 média de faltas por jogo cometidas e sofridas 15,4
   Benfica  : 396 faltas cometidas e sofridas 355 / 16,1 média de faltas por jogo cometidas e sofridas 14,1

   Cartões

   Sporting: 48 (+3) atribuídos contra e a favor 62 (+1) / 0 (+0) mal atribuídos contra e a favor 0 (+0) / 0 (+0) por atribuir contra e a favor 0 (+2)
   FC Porto: 44 (+2) atribuídos contra e a favor 64 (+4) / 0 (+0) mal atribuídos contra e a favor 0 (+0) / 0 (+5) por atribuir contra e a favor 0 (+1)
   Benfica  : 41 (+1) atribuídos contra e a favor 49 (+4) / 0 (+0) mal atribuídos contra e a favor 0 (+0) / 0 (+8) por atribuir contra e a favor 0 (+2)

   Média de faltas por cartão dos adversários dos grandes

   Sporting: 449/62 = 1 cartão amarelo a cada 7,2 faltas dos adversários. (+1 vermelho por acumulação + 1 vermelho directo pós-jogo)
   FC Porto: 381/64 = 1 cartão amarelo a cada 6,0 faltas dos adversários. (+4 vermelhos por acumulação)
   Benfica  : 355/49 = 1 cartão amarelo a cada 7,2 faltas dos adversários. (+3 vermelhos directos + 1 vermelho por acumulação)

   Média de faltas por cartão dos grandes

   Sporting: 363/48 = 1 cartão amarelo a cada 7,6 faltas. (+3 vermelhos por acumulação)
   FC Porto: 419/44 = 1 cartão amarelo a cada 9,5 faltas. (+2 vermelhos por acumulação)
   Benfica  : 396/41 = 1 cartão amarelo a cada 9,7 faltas. (+1 vermelho por acumulação)

   Folha Disciplinar

   Sporting: 3 folha limpa contra e a favor 4 / 6 1 amarelo contra e a favor 4 / 7 2 amarelos contra e a favor 3
                                                                             1 1 vermelho contra e a favor 1 / 1 2 vermelhos contra e a favor 0
   FC Porto: 0 folha limpa contra e a favor 5 / 6 1 amarelo contra e a favor 4 / 7 2 amarelos contra e a favor 8
                                                                             2 1 vermelho contra e a favor 4 / 0 2 vermelhos contra e a favor 0
   Benfica  : 4 folha limpa contra e a favor 5 / 6 1 amarelo contra e a favor 4 / 8 2 amarelos contra e a favor 8
                                                                             1 1 vermelho contra e a favor 4 / 0 2 vermelhos contra e a favor 0

   Castigos / suspensões

   Sporting: 7 jogadores
   n.º castigos (x9): Bruno César (x1); Fábio Coentrão (x2); Acuña** (x2); Mathieu (x1); Petrovic (x1); Gelson (x1); Bruno Fernandes (x1)
   n.º de jogos (x9): Bruno César (x1); Fábio Coentrão (x2); Acuña (x2); Mathieu (x1); Petrovic (x1); Gelson (x1); Bruno Fernandes (x1)

   FC Porto: 4 jogadores [5 expulsões perdoadas: Maxi Pereira (x1); Felipe (x3) e Dalot (x1)]
   n.º castigos (x4): Danilo (x1); Corona (x1); Herrera* (x1); Felipe (x1)
   n.º de jogos (x5): Danilo (x1); Corona (x1); Herrera (x2); Felipe (x1)

   Benfica  : 5 jogadores [8 expulsões perdoadas: Eliseu (x2), Pizzi (x1), Luisão (x2), Salvio (x1), Jonas (x1), Fejsa (x1)]
   n.º castigos (x5): Zivkovic (x1); Samaris* (x1); Fejsa (x1); André Almeida (x1); Pizzi (x1)
   n.º de jogos (x6): Zivkovic (x1); Samaris (x2); Fejsa (x1); André Almeida (x1); Pizzi (x1)

   *castigado em jogo da Taça da Liga/CTT
  **castigado em jogo da Taça de Portugal/Placard



   Liga NOS - 25.ª jornada
   (árbitros & VAR)


   Liga NOS -   1.ª jornada [Desportivo das Aves 0-2 Sporting CP / FC Porto 4-0 Estoril-Praia / Benfica 3-1 Braga]
                                             Tiago Martins & João Pinheiro / Hugo Miguel & Luís Ferreira / Carlos Xistra & Fábio Veríssimo

   Liga NOS -   2.ª jornada [Sporting CP 1-0 Vitória de Setúbal / Tondela 0-1 FC Porto / Chaves 0-1 Benfica]
                                 Bruno Paixão & Hugo Miguel / Fábio Veríssimo & Hélder Malheiro / Jorge Sousa & Tiago Martins

   Liga NOS -   3.ª jornada [Vitória de Guimarães 0-5 Sporting CP / Benfica 5-0 Belenenses / FC Porto 3-0 Moreirense]
                                                         Hugo Miguel & Jorge Sousa / Rui Costa & Vasco Santos / Manuel Oliveira & Tiago Martins

   Liga NOS -   4.ª jornada [Rio Ave 1-1 Benfica / Sporting CP 2-1 Estoril-Praia / Braga 0-1 FC Porto]
                            Hugo Miguel & Fábio Veríssimo / Luís Godinho & Tiago Martins / Carlos Xistra & Bruno Esteves

   Liga NOS -   5.ª jornada [Feirense 2-3 Sporting CP / Benfica 2-1 Portimonense / FC Porto 3-0 Chaves]
                    Artur Soares Dias & Tiago Martins / Gonçalo Martins & Fábio Veríssimo / Rui Oliveira  & Hugo Miguel

   Liga NOS -   6.ª jornada [Sporting CP 2-0 Tondela / Boavista 2-1 Benfica / Rio Ave 1-2 FC Porto]
                    Manuel Oliveira & Tiago Martins / Artur Soares Dias & Bruno Esteves / Jorge Sousa & Luís Godinho

   Liga NOS -   7.ª jornada [FC Porto 5-2 Portimonense / Moreirense 1-1 Sporting CP / Benfica 2-0 Paços de Ferreira]
                                      Luís Ferreira & Jorge Sousa / Luís Godinho & João Pinheiro / Carlos Xistra & Hugo Miguel

   Liga NOS -   8.ª jornada [Sporting CP 0-0 FC Porto / Marítimo 1-1 Benfica]
                                    Carlos Xistra & Hugo Miguel / Jorge Sousa & Luís Godinho

   Liga NOS -   9.ª jornada [FC Porto 6-1 Paços de Ferreira / Desportivo das Aves 1-3 Benfica / Sporting CP 5-1 Chaves]
                                 Manuel Oliveira & Fábio Veríssimo / Nuno Almeida & Vítor Ferreira / Rui Costa & Bruno Esteves

   Liga NOS - 10.ª jornada [Benfica 1-0 Feirense / Rio Ave 0-1 Sporting CP / Boavista 0-3 FC Porto]
                    Luis Godinho & Carlos Xistra / Jorge Sousa & João Capela / Hugo Miguel & Tiago Martins

   Liga NOS - 11.ª jornada [FC Porto 2-0 Belenenses / Vitória de Guimarães 1-3 Benfica / Sporting CP 2-2 Braga]
                   Fábio Veríssimo & Luis Ferreira / Artur Soares Dias & Hélder Malheiro / Carlos Xistra & Rui Costa
   
   Liga NOS - 12.ª jornada [Desportivo das Aves 1-1 FC Porto / Paços de Ferreira 1-2 Sporting CP / Benfica 6-0 Vitória de Setúbal]
                                                         Rui Costa & Bruno Esteves / Tiago Martins & Carlos Xistra / Luís Godinho & João Pinheiro

   Liga NOS - 13.ª jornada [Sporting CP 1-0 Belenenses / FC Porto 0-0 Benfica]
                                      Nuno Almeida & Luís Godinho / Jorge Sousa & Hugo Miguel

   Liga NOS - 14.ª jornada [Benfica 3-1 Estoril-Praia / Boavista 1-3 Sporting CP / Vitória de Setúbal 0-5 FC Porto]
                     João Pinheiro & Manuel Oliveira / Luís Godinho & Vasco Santos / Tiago Martins & Rui Oliveira

   Liga NOS - 15.ª jornada [Sporting CP 2-0 Portimonense / Tondela 1-5 Benfica / FC Porto - Marítimo]
                                 João Capela & Carlos Xistra / Tiago Martins & Hélder Malheiro / Manuel Mota & António Nobre

   Liga NOS - 16.ª jornada [Feirense 1-2 FC Porto / Benfica 1-1 Sporting CP]
                       Fábio Veríssimo & Bruno Paixão / Hugo Miguel & Tiago Martins
   
   Liga NOS - 17.ª jornada [Moreirense 0-2 Benfica / Sporting CP 5-0 Marítimo / FC Porto 4-2 Vitória de Guimarães]
                          Manuel Mota & Luís Godinho / Carlos Xistra & Bruno Esteves / Artur Soares Dias & António Nobre

   Liga NOS - 18.ª jornada [Braga 1-3 Benfica / Sporting CP 3-0 Desportivo das Aves / Estoril 1-3 FC Porto]
                    Artur Soares Dias & Luís Godinho / João Pinheiro & Jorge Sousa / Vasco Santos & Luís Ferreira

   Liga NOS - 19.ª jornada [Vitória de Setúbal 1-1 Sporting CP / FC Porto 1-0 Tondela / Benfica 3-0 Chaves]
                              Fábio Veríssimo & António Nobre / Luís Godinho & Artur Soares Dias / Bruno Esteves & Vasco Santos
   
   Liga NOS - 20.ª jornada [Belenenses 1-1 Benfica / Moreirense 0-0 FC PortoSporting CP 1-0 Vitória de Guimarães]
                           Bruno Paixão & Rui Oliveira / Luís Ferreira & Manuel Oliveira / Luís Godinho & Hugo Miguel

   Liga NOS - 21.ª jornada [Benfica 5-1 Rio Ave / FC Porto 3-1 Braga / Estoril-Praia 2-0 Sporting CP]
                   Manuel Oliveira & Vítor Ferreira / Hugo Miguel & Nuno Almeida / Manuel Mota & Luís Ferreira

   Liga NOS - 22.ª jornada [Portimonense 1-3 Benfica / Chaves 0-4 FC Porto / Sporting CP 2-0 Feirense]
                        Carlos Xistra & Rui Oliveira / Artur Soares Dias & Manuel Mota / Luís Ferreira & Manuel Oliveira
   
   Liga NOS - 23.ª jornada [Benfica 4-0 Boavista / FC Porto 5-0 Rio Ave / Tondela 1-2 Sporting CP]
                   Tiago Martins & Hélder Malheiro / Carlos Xistra & Rui Oliveira / João Capela & Bruno Esteves

   Liga NOS - 24.ª jornada [Paços de Ferreira 1-3 Benfica / Portimonense 1-5 FC Porto / Sporting CP 1-0 Moreirense]
                                  Fábio Veríssimo & Bruno Esteves / Jorge Sousa & Hugo Miguel / Tiago Martins & Carlos Xistra

   Liga NOS - 25.ª jornada [FC Porto 2-1 Sporting CP / Benfica 5-0 Marítimo]
                          Artur Soares Dias & João Pinheiro / Hélder Malheiro & António Nobre
« Última modificação: Abril 04, 2018, 20:10 pm por HULK VERDE »
Boa noite! Aqui fica mais uma análise, desta feita à jornada 25, em que fomos, mais uma vez, prejudicados pela arbitragem ...

SPORTING
Pontos atuais:59
Pontos reais:60 ( tendo possivelmente prejudicado em dois pontos, fora, na jornada 7, frente ao Moreirense. Foi prejudicado em menos 1 ponto, de modo efetivo, contra o Porto, na jornada 25, fora. )

Porto, ou Polvo Azul
Pontos atuais:67
Reais:63( por favorecimento   real em dois pontos frente ao Belenenses (C), na 11ª jornada. Na jornada 22 (F) contra o Chaves foram possivelmente beneficiados em 2 pontos. Na 18ª jornada, (F), contra o Estoril, foram possivelmente beneficiados em 2 pontos. Contra o Sporting, na jornada 25, em casa, foram beneficiados em 2 pontos. )

No Clássico, o lance capital é o do Diogo Dalot sobre o Doumbia, e aquele lance, tanto era penalty, como podia realmente ser vermelho para o rapaz do Porto. Eu não vou dizer que ganharíamos o jogo, mas um vermelho e um penalty a nosso favor no início do jogo podia muito bem ter-nos dado pelo menos um empate, pelo menos, que já estou a ser benevolente.

Benfica, ou Prison Break Portugal
Pontos atuais:62
Pontos reais:54( devido ao favorecimento   em 1 ponto contra o Rio Ave (F) na 4ª jornada e contra o Feirense (C) em mais   2 pontos na 10ª jornada, de modo efetivo. É ainda possível o favorecimento em 2 pontos frente ao Portimonense (C). Na 18ª frente ao Braga (F) foram favorecidos em dois pontos de modo efetivo. Na jornada 14ª, (C) frente ao Estoril, foram favorecidos, de modo efetivo, em 2 pontos. Foram beneficiados de modo efetivo em 1 ponto na jornada 20 (F) contra o Belenenses.)

Foi um jogo bem arbitrado, ainda que tenham existido outras questões fora do campo que puderam existir e alterar o resultado ...


Mais uma jornada bem corrupta e dúbia em Portugal, pelo menos estas detenções de tipos como PG deixam-nos esperançados, mas ver se com fundamento.
PS:@HULK VERDE esvazia a caixa de msg's pff !
« Última modificação: Março 06, 2018, 20:42 pm por AndreCruzomago »
   Já actualizei o tópico de abertura. Parabéns pela tua colaboração neste tópico!

   Já agora, aproveito para esclarecer algumas coisas.

   As contas apresentadas neste tópico assentam na recolha dos dados apresentados nas fichas disponiblizadas online do jornal A Bola. Por um lado, as fichas de jogo contêm grande parte dos dados, das equipas, da folha disciplinar, os nomes dos intervenientes, etc, e apresentam-na de forma concisa e suficiente, fácil de ler. Daí o recurso às mesmas. Isto não significa, porém, que todos os dados estejam correctos, e nas últimas fichas é possível ver vários lapsos nas folhas disciplinares, nos dados do jogo, etc (sempre que detecto erros nas fichas, consulto o site da Liga oficial, com os dados "oficiais").

   Quanto às notas atribuídas às prestações de jogadores, treinadores ou árbitros (muito discutíveis), de carácter subjectivo dos autores das fichas de jogo, não têm qualquer relevância para a análise dos dados objectivos extraídos das mesmas fichas de jogo, e portanto são irrelevantes.

   O que quero dizer é que os números exactos, por mais que procure detectar os erros ou os lapsos da fonte que utilizo, e corrigi-los, podem não ser exactamente os apresentados oficialmente pela Liga. No entanto, a discrepância não será assim tão grande, e os dados são suficientemente válidos para o que se pretende.

   Daí que até é útil utilizar uma fonte como a Bola para poder fazer as contas com os dados "menos exactos", detectar os "erros", as "gralhas" e as "omissões" que cometem em relação aos dados oficiais, e procurar decifrar toda a informação que se pode obter a partir da análise de coisas tão simples como as que têm sido aqui abordadas e aferidas.

   Desta maneira é possível verificar que o trabalho que aqui tem sido feito, com as suas limitações, é do mais honesto que se vê por aí, e digo isto não tanto para me defender ou ao @AndreCruzomago que colabora no tópico, mas para esclarecer qualquer dúvida que estes ou outros pontos possam levantar.

   Cumprimentos a todos! :great:
« Última modificação: Março 06, 2018, 21:01 pm por HULK VERDE »
Limpa a caixa outra vez @HULK VERDE ! Nunca mais limpas isso  :lol: !
   Cuidado com as mensagens privadas, ainda nos acusam de tráfico de influências, no mínimo... :mrgreen:

   Pelo menos ninguém nos pode acusar de comprar jogos, seja ao princípio, seja ao intervalo... :inde:
Parabéns pelo vosso excelente trabalho @HULK VERDE e @AndreCruzomago e obrigado.  :clap: :clap: :clap:
23-03-2013 O dia mais feliz da minha vida como sportinguista.
A partir de agora mandamos nós e o Sporting terá o seu caminho novamente, quero vos agradecer a todos e dizer claramente para que toda a gente oiça:
Viva o Sporting Clube de Portugal! É nosso outra vez!
Palavras do Presidente do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho. Bem-haja Presidente!
23-06-2018 O pior dia da minha vida como sportinguista. Após campanha orquestrada entre lampiões, croquetes e comunicação social, cai o melhor Presidente da história do clube. Obrigado do fundo do coração Presidente por ter trazido um orgulho e alegria que estavam esmagados no meu coração para mim será eterno.
Parabéns pelo vosso excelente trabalho @HULK VERDE e @AndreCruzomago e obrigado.  :clap: :clap: :clap:
Obrigado, é bom ver que reconhecem o nosso trabalho  :great: !

PS: @HULK VERDE se calhar estamos a combinar comprar alguém que trabalhe num tribunal, não sei ...
Parabéns pelo vosso excelente trabalho @HULK VERDE e @AndreCruzomago e obrigado.  :clap: :clap: :clap:
Obrigado, é bom ver que reconhecem o nosso trabalho  :great: !

PS: @HULK VERDE se calhar estamos a combinar comprar alguém que trabalhe num tribunal, não sei ...

@AndreCruzomago, é merecido, o trabalho que está neste tópico é fantástico e como tal merece ser agradecido, é o mínimo que penso ser correto ser feito por todos os sportinguistas porque este além de ser um trabalho do @HULK VERDE  e também teu é acima de tudo um trabalho em prol de todos nós, portanto, é como disse é o mínimo, mais uma vez o meu muito obrigado.  :great:
23-03-2013 O dia mais feliz da minha vida como sportinguista.
A partir de agora mandamos nós e o Sporting terá o seu caminho novamente, quero vos agradecer a todos e dizer claramente para que toda a gente oiça:
Viva o Sporting Clube de Portugal! É nosso outra vez!
Palavras do Presidente do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho. Bem-haja Presidente!
23-06-2018 O pior dia da minha vida como sportinguista. Após campanha orquestrada entre lampiões, croquetes e comunicação social, cai o melhor Presidente da história do clube. Obrigado do fundo do coração Presidente por ter trazido um orgulho e alegria que estavam esmagados no meu coração para mim será eterno.
   Liga NOS 2017/2018 - 26.ª jornada

   Benfica - Desportivo das Aves [10.03.2018]
   Rui Costa não teve um jogo que lhe desse muito trabalho, ainda assim um ou outro lapso, sem grande expressão, em faltas por marcar a favor da equipa visitante, como a obstrução a Amilton (5). Os auxiliares estiveram bem nos foras-de-jogo, inclusivamente no lance em que Diego Galo estava ligeiramente adiantado (22). No lance em que o guarda-redes Adriano Facchini agarrou e soltou a bola no limite da grande-área, não houve qualquer falta, pois soltou-a ainda dentro da mesma. Quase todos os lances acabaram por ser bem avaliados pela equipa de campo, pelo que o VAR somente teve de intervir para validar os golos. A única pecha foi a distribuição de cartões amarelos, onde houve alguma parcialidade.
   (arbitragem de bom nível técnico, sem grandes máculas, bem auxiliada, porém com alguma dualidade no critério disciplinar)



   2 cartões amarelos para o Benfica: Rúben Dias (52) e Fejsa (90+3). Do lado do Desportivo das Aves, o dobro dos cartões. O primeiro ainda na 1.ª parte, a Nélson Lenho (24), e os restantes na 2.ª, a Vítor Gomes (70), Jorge Fellipe (73) e Machado (90+1).

   Vídeo-árbitro: Rui Oliveira e Paulo Vieira foram apenas necessários para confirmar as decisões tomadas pela equipa de campo, num jogo praticamente sem casos e onde os lances foram quase sempre bem ajuizados.

   Paços de Ferreira - FC Porto [11.03.2018]
   Bruno Paixão conseguiu realizar uma arbitragem sem grandes lapsos, e até começou com bastante excesso de zelo, assinalando livre indirecto à entrada da área do Paços de Ferreira por jogo perigoso de Pedrinho (5), quando já saía com a bola para um contra-ataque promissor, após um pontapé de canto do adversário e a bola cair à entrada da grande-área, tocá-la levantando o pé à altura do peito e fazê-la passar por cima de Marcano, que chegou tarde, baixou a cabeça e ficou para trás. Apesar de alguns lances em que Felipe cometeu uma ou outra falta no reduto defensivo do Paços de Ferreira e espalhou confusão, sem qualquer admoestação, o árbitro conseguiu segurar o jogo na 1.ª parte sem recorrer aos cartões. Também não considerou falta o toque de Miguel Vieira sobre Waris (19), que o ultrapassava em arrancada, porém sem muitas hipóteses de alcançar a bola, nem o braço de Maxi na cara de Quiñones (44), que ficou caído sendo ignorado numa primeira instância pelo árbitro. Na 2.ª parte, começou por deixar passar mais um cartão amarelo, desta vez para Marcano, por falta sobre Luiz Phellype (48). Com o desenrolar do jogo e o aumento da tensão, acabou por cumprir, mesmo que possa ter errado na avaliação de um ou outro lance. Começou a apertar o critério disciplinar, com os cartões amarelos a sucederem-se e os lances mais difíceis do jogo acabaram por ser o teste final ao discernimento do árbitro, bem resolvido. No primeiro, não existiu penalti sobre Otávio (63), pois foi o jogador do FC Porto que saltou sobre o adversário. Apesar dos protestos o árbitro decidiu bem e assinalou a falta ofensiva. Depois, penalti correctamente assinalado por empurrão ostensivo de João Góis a Felipe (66).
   (arbitragem com alguns erros pontuais menores, mas assertiva e acertada nos lances capitais, critério disciplinar algo desequilibrado)



   Apenas na 2.ª parte foram exibidos cartões. Dois amarelos para jogadores do FC Porto, Sérgio Oliveira (73) e Otávio (80). O dobro dos cartões para o Paços de Ferreira: Luiz Phellype (72), Xavier (86), Mário Felgueiras (90+2) e Filipe Ferreira (90+7). Registo ainda para o cartão vermelho directo a José Sá, já depois do jogo acabar, por palavra dirigidas a Bruno Paixão.

   Vídeo-árbitro: Carlos Xistra e o auxiliar José Braga não tiveram muito trabalho e no fundo a sua actuação resumiu-se a confirmar duas decisões correctas da equipa de campo: a validação do golo da equipa da casa, na 1.ª parte, e o penalti assinalado a favor da equipa visitante, na 2.ª metade.

   Chaves - Sporting CP [12.03.2018]
   A equipa de arbitragem liderada Hugo Miguel cometeu o primeiro erro evidente no fora-de-jogo mal assinalado a Montero (1), logo a abrir o jogo. Erro do auxiliar, mas não ficou por aqui, os lances de dúvida em offsides assinalados ao ataque leonino foram alguns. Se o de Bryan Ruiz (4), pouco depois, foi correctamente assinalado, ficam dúvidas num lance assinalado a Battaglia (20) e outro a Rúben Ribeiro (31). Também o árbitro começou cedo a fazer vista grossa a alguns contactos sobre Rúben Ribeiro, por vezes em falta. Sucederam-se vários lances de faltas ofensivas assinaladas à equipa do Sporting CP, até que perdoou o cartão amarelo a Perdigão, numa falta, mais uma, sobre Rúben Ribeiro (28). Logo depois foi forçado a aplicar o mesmo critério tolerante à primeira falta passível de admoestação, e também advertiu verbalmente Coates (29), num lance de transição no meio campo com perdas de bola e cortes sucessivos. Na 2.ª parte manteve a toada, perdoando pelo menos mais um amarelo a Paulinho (60), numa entrada de sola sobre o pé de Lumor, junto à linha lateral. Além disso, destaque para a facilidade com que assinalou a grande penalidade (90) a favor do Chaves, no lance em que Coates disputou a bola com Djavan e lhe pôs o braço sobre o ombro, aproveitando o jogador da equipa flaviense para se deixar cair. Ao contrário, pouco depois, no último minuto de descontos de tempo, já não considerou qualquer falta para grande penalidade quando Tiba aparentemente derrubou William Carvalho (90+3). Resumindo, uma arbitragem muito incoerente, com dois pesos e duas medidas, e normalmente favorecendo a equipa da casa nos lances de maior dúvida. Salva-se pela correcta avaliação e validação dos lances de golo, principalmente no lance do primeiro golo do desafio, totalmente legal, e por não ter influenciado o desenrolar do jogo e o resultado, pois ambos os lances polémicos nas 2 áreas ocorreram já com o jogo quase a acabar, e sem grandes consequências.
   (arbitragem com um critério disciplinar muito largo, e com algumas falhas que impediram que passasse despercebida, nomeadamente a dualidade na análise de faltas para penalti numa e outra área, no entanto sem influência decisiva na definição do vencedor)


Nuno André Coelho colocou Bas Dost em jogo no momento do cruzamento de Rúben Ribeiro para o primeiro golo (62) (in Mister do Café)

Penalti cometido por Pedro Tiba sobre William que ficou por assinalar? (90+3) (in Fórum SCP, @paufaria )


   Hugo Miguel exibiu apenas um cartão amarelo em todo o jogo, já nos descontos de tempo finais, penalizando um jogador do Sporting, Bryan Ruiz (90+2). Folha limpa para o Chaves.

   Vídeo-árbitro: Fábio Veríssimo e Paulo Brás estiveram bem na avaliação da posição de Bas Dost no momento em que Rúben Ribeiro lhe endossou a bola, corroborando a validação do golo inaugural (62). Depois não contrariaram o árbitro quando assinalou prontamente o penalti de Coates sobre Djavan (90), muito forçado. Outra situação polémica, mas não sancionada, um lance rápido pouco antes do fim, de possível penalti sobre William Carvalho (90+3), que não foi assinalado e deixaram passar. Avaliando a sua prestação, foram 100% concordantes com a equipa de campo, deixando passar alguns erros que cometeu para não a desautorizar. Não saem porém tão penalizados.
« Última modificação: Março 13, 2018, 16:17 pm por HULK VERDE »
Aquele penalti é um gozo, nunca na vida era marcado contra benfica ou porto.