Resultados dos 3 grandes em 2016/17

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Acrescentado post #5 - previsões Q1 para SAD do fcp

@alemid corrige a soma final

-7,8(-10+5)-4= -16,8 resultado em vez 7,8 trocaste o sinal -

Obrigado pela correção, este valor vai mais de encontro ao que eu estava à espera inicialmente.
Eles estão num caminho muitíssimo interessante. Últimos 3 trimestres: -27; -20; -20; e agora -16. No acumulado destes 4 trimestres, ou seja num ano, resultado acumulado total de uns impressionantes -83,6M. O equivalente ao que faturam num ano.

Incluido o post# 6  - conclusões do Q1 (previsões)
Deixo aqui a minha previsão para Q1 dos resultados dos 3 Grandes.



@alemid tenho tb a tua compilada da mesma forma, que te posso enviar ou postar em separado ou lado a lado.

temos diferenças (algumas significativas.... :)) nomeadamente Custos com Pessoal e Amortizações que extrapolando para o anual se tornam bastante significativas.
Onde acho que foste mesmo demasiado pessimista foi: Nas Amortizações e nos Custos com Pessoal na sequência do que disse antes relacionado com SCP, usei o mesmo raciocínio para os outros.

Amanhã logo veremos.... mas uma coisa é certa BRUTAIS os RESULTADOS do SCP

SL

alterei foto pq tinha formula errada nos custos totais.

 
« Última modificação: Novembro 29, 2016, 22:58 pm por Tarântula »
boas, afinal qd é q apresentamos os resultados?
boas, afinal qd é q apresentamos os resultados?
Tem que ser hoje. Acho que o Sporting podia ter gerido isto melhor, apresentando primeiro, esperando a publicidade positiva, mandando umas bocas sobre o tema (vendas milionárias, comissões, gestão ponderada, sad saudável) e esperar sentado pelas contas dos outros
Deixo aqui a minha previsão para Q1 dos resultados dos 3 Grandes.



@alemid tenho tb a tua compilada da mesma forma, que te posso enviar ou postar em separado ou lado a lado.

temos diferenças (algumas significativas.... :)) nomeadamente Custos com Pessoal e Amortizações que extrapolando para o anual se tornam bastante significativas.
Onde acho que foste mesmo demasiado pessimista foi: Nas Amortizações e nos Custos com Pessoal na sequência do que disse antes relacionado com SCP, usei o mesmo raciocínio para os outros.

Amanhã logo veremos.... mas uma coisa é certa BRUTAIS os RESULTADOS do SCP

SL

alterei foto pq tinha formula errada nos custos totais.
Olá @Tarântula, arranja os 2 e eu coloco no post #6.
boas, afinal qd é q apresentamos os resultados?
Tem que ser hoje. Acho que o Sporting podia ter gerido isto melhor, apresentando primeiro, esperando a publicidade positiva, mandando umas bocas sobre o tema (vendas milionárias, comissões, gestão ponderada, sad saudável) e esperar sentado pelas contas dos outros

A apresentaçao de resultados no Q1 deixou de ser obrigatoria. O Sporting vai apresentar, mas aposto q os outros 2 não.
« Última modificação: Dezembro 01, 2016, 21:38 pm por Cisito »
#NasciLeaoNaoNasciLampiao
boas, afinal qd é q apresentamos os resultados?
Tem que ser hoje. Acho que o Sporting podia ter gerido isto melhor, apresentando primeiro, esperando a publicidade positiva, mandando umas bocas sobre o tema (vendas milionárias, comissões, gestão ponderada, sad saudável) e esperar sentado pelas contas dos outros

A presentaçao de resultados no Q1 deixou de ser obrigatoria. O Sporting vai apresentar, mas aposto q os outros 2 não.
Obrigado pela informação.
Mais um motivo então para apresentar e martelar indiretas na cabeça dos outros  8)
Resposta ou tentativa resposta a excelente pergunta bastante pertinente.... @Lion73

Previ 13M de Gastos com Pessoal para Q1 , mas não pensei , na alocação imediata a custos de verba extra em prémio de assinatura

A minha justificação de previsão foi "nos Custos
apresentámos 18,7M no Q1 com 11,6 custos pessoal Q1 e no último Trimestre 13M.
Entraram vários jogadores e em diferentes timings, alguns só terão 1 mês ordenado neste trimestre mas quase (deduzo) substituições directas em encargos exemplo: Dost/Teo , Ewerton/Castainhos, Aquilani/Elias, Slimani/Campbel, Labyard/Marko, Naldo/Petrovic, JMario/André, Barcos/Douglas, Mané/ALan, etc
Por tudo isto contar com mais de 1M já me parece exagerado
mas contando +1,5M no total (FSE+Custos Pessoal)"


estavas a pensar em determinado prémio assinatura ?
página 41 R&C Q1 SSAD

24- Outros Credores
      - Operações com o pessoal e 2,245 M em 30/672016 para 0,535M em 30 Setembro 2016
      ( 1,710M de impacto em Remunerações com Pessoal que não se tornam a repetir nos próximos trimestres)


vejamos o histórico da mesma rubrica
24- Outros Credores "Operações com Pessoal"
(Lembrar que Prémios pagos a Empresários será Fornecedores e não Pessoal)

Q4 2014/2015 30 Junho 2015        0,054M
Q1 2015/2016 30 Setembro 2015  0,200M
Q2 2015/2016 31 Dezembro 2015  0,074M
Q3 2015/2016 31 Marco 2016        0,412M
Q4 2015/2016 30 Junho 2016        2,245M (+1,833M)

Liquidados neste 1Q 2016/2017 1,710M em Prémios Assinatura ao Pessoal
que retirados da rubrica remunerações 15M-1,7M= 13,3M será o total Gastos com Pessoal a repetir próximos Trimestres
13,3M * 4T = 51,4M Anualizado

48,9M 2015/2016
51,4M 2016/2017 diferente de 60M ano

(apenas +2,5M) praticamente aumento apenas de 5%
 


Vejamos o que diz Segurança Social por exemplo:

C - Praticantes desportivos profissionais
A base de incidência contributiva corresponde a um quinto do valor da sua remuneração efetiva com o limite
mínimo de uma vez o valor do IAS (419,22 EUR).
Pode ser considerada como base de incidência (base de incidência facultativa) contributiva a remuneração
mensal efetiva do trabalhador, mediante acordo entre o trabalhador e a entidade empregadora, celebrado por
escrito no início do contrato de trabalho para durar por toda a sua vigência, desde que seja superior ao valor
do IAS.
Neste caso as entidades empregadoras devem remeter à instituição de Segurança Social competente cópia
do acordo celebrado.
Considera-se remuneração mensal efetiva as prestações pecuniárias ou em espécie estabelecidas no
contrato que os vincula à respetiva entidade empregadora:
Integram o valor das remunerações os montantes pagos a título de prémios de assinatura de contrato, os
quais são parcelados por cada um dos meses da sua duração, e os atribuídos por força de regulamento
interno do clube ou de contrato em vigor
 Não integram o conceito de r emuneração mensal efetiva as importâncias despendidas pela entidade
empregadora, a favor do trabalhador, na constituição de seguros de doença, de acidentes pessoais e de
seguros de vida que garantam exclusivamente o risco de morte, invalidez ou reforma por velhice, no último
caso desde que o benefício seja garantido após os 55 anos de idade, desde que não garantam o
pagamento e este se não verifique nomeadamente por resgate ou adiantamento de qualquer capital em
vida durante os primeiros 5 anos.
« Última modificação: Dezembro 01, 2016, 00:42 am por Tarântula »
@Tarântula @Lion73

Os premios de assinatura nao vao a custos com pessoal. Sao reconhecidos primeiro no activo fixo intangivel e amortizados ao longo dos anos de contrato (tal e qual as comissoes).

@alemid grande topico que seguirei com extrema atencao. A tua previsao  de 54.2M de resultado 'falhou' em 8.7M, dos quais 8.5M sao a diferenca entre o que 'reconheceste' como receita pelo acesso a fase de grupos (4.2M) e o que foi reconhecido (12.7M - de forma nao faseada).  :great:
@Tarântula @Lion73

Os premios de assinatura nao vao a custos com pessoal. Sao reconhecidos primeiro no activo fixo intangivel e amortizados ao longo dos anos de contrato (tal e qual as comissoes).

@alemid grande topico que seguirei com extrema atencao. A tua previsao  de 54.2M de resultado 'falhou' em 8.7M, dos quais 8.5M sao a diferenca entre o que 'reconheceste' como receita pelo acesso a fase de grupos (4.2M) e o que foi reconhecido (12.7M - de forma nao faseada).  :great:


a minha dúvida é se entra/pode entrar logo a totalidade por acordo com Empregado ou entrava em remunerações faseadamente.
...  em activo intangível ? não me parece porque é um pagamento de Remuneração como prémios objectivos.
diferente de Pagamento Comissões/ custos transacção direitos de passe que até podia ser ao jogador , penso eu.

uma coisa é certa foram liquidados 1,7M a PESSOAL porque diminuiu a divida ao mesmo.

Editado
@Gonz tens razão
sim já vi que não será o prémio Assinatura do Alan por exemplo (os valores tb não batiam totalmente)
que entra em Activo Intangivel
mas é devido a outra Remuneração que estava em dívida a 30/6 que não se irá repetir nos próximos trimestres, certo?

 
 

« Última modificação: Dezembro 01, 2016, 01:19 am por Tarântula »

No R&C de 2015/16 (http://web3.cmvm.pt/sdi/emitentes/docs/PC61538.pdf) temos na pagina 115:

1.5 Activos intangíveis

"Esta rubrica compreende os custos incorridos com a aquisição dos direitos desportivos dos jogadores profissionais de futebol (Valor do Plantel), e demais despesas relacionadas, tais como comissões de intermediação e prémios de assinatura"


logo, depois veremos a passagem a custo na rubrica 'Amortizações e perdas de imparidade do plantel'. Penso eu.


@Gonz
sim já estava a Editar quando respondeste, mas do total de Gastos com Pessoal
existe uma verba extra que foi liquidada ao Pessoal no valor de 1,7M que não se irá repetir , certo?

uma coisa é certa foram liquidados 1,7M a PESSOAL porque diminuiu a divida ao mesmo.

Editado
@Gonz tens razão
sim já vi que não será o prémio Assinatura do Alan por exemplo (os valores tb não batiam totalmente)
que entra em Activo Intangivel
mas é devido a outra Remuneração que estava em dívida a 30/6 que não se irá repetir nos próximos trimestres, certo?

 
@Tarântula @Lion73

Os premios de assinatura nao vao a custos com pessoal. Sao reconhecidos primeiro no activo fixo intangivel e amortizados ao longo dos anos de contrato (tal e qual as comissoes).

@alemid grande topico que seguirei com extrema atencao. A tua previsao  de 54.2M de resultado 'falhou' em 8.7M, dos quais 8.5M sao a diferenca entre o que 'reconheceste' como receita pelo acesso a fase de grupos (4.2M) e o que foi reconhecido (12.7M - de forma nao faseada).  :great:
Obrigado @Gonz, mas o mérito também é do @Tarântula por ter feito algumas correções. Acabamos por falhar ambos no principal valor, a Champions, uma vez que cada SAD faz de forma diferente. Assumimos que ia ser feito "à lampião" e afinal foi diferente. Por acaso até preferia que tivesse sido como eles fazem, eram 8M a menos agora (ainda ficava o espetacular número de 55M de lucro, e no Q2 em que apontamos neste momento para uns -14 ou -15, ficavam só -6 a -7M. Já se prevê um forte ataque quando aparecerem essas contas.

Esta discussão ficará ainda mais rica quando outros colegas como o @Strikerr e muitos outros começarem também a dar os seus inputs.

Este thread é excelente, e é bom para percebemos se o caminho que estamos a efectuar é, ou não o mais correcto (sobretudo numa altura em que os resultados desportivos estão aquém do esperado).
Vão fazer uma análise ao 2º Trimestre?
(...)
A SAD vermelha já garantiu, para atingir estes 100M: 12M+0,5 champions (4 no Q1, 8 no Q2, 0,5 por 1E); 16M de vendas de jogadores. Total de 32,5M. Estão 59M abaixo de zero.


Com a venda do Guedes e do Helder Costa, e passagem aos 8 os da CL, eles já quase garantiram esses 59M€, certo?
Agora percebo o facto de o orelhas e o veiga andarem na China com cromos da panini a tentarem venderem jogadores (curiosamente, o Jimenez era para ser 60M€, precisamente o valor que o Alemid afirmou ser necessário para terem lucro ao fim de ano).
Interessante...
O porto anda a fazer all-ins para ganhar o campeonato, e com isto, parece-me que após o fim desta época vão provocar um grande desmantelamento da equipa para fazer +100M€ (o PdC falou à pouco tempo que podiam fazer 90M€ de vendas no Verão passado).
Nós, com a revenda do André e do Elias, e redução dos custos com pessoal, suponho que tenhamos como objectivo atingir os +30M€ no final do ano, que foi o valor de prejuízo que obtivemos no ano passado.
Este thread é excelente, e é bom para percebemos se o caminho que estamos a efectuar é, ou não o mais correcto (sobretudo numa altura em que os resultados desportivos estão aquém do esperado).
Vão fazer uma análise ao 2º Trimestre?
Olá @Principe Perfeito, sim a minha intenção é fazer o mesmo para os trimestres todos. Aliás fazer também para os rivais, contudo a partir do momento em que eles não publicam os resultados trimestrais não há forma de aferir a certeza das contas.

Ainda não o fiz um pouco por preguiça e porque os resultados (desportivos) não têm ajudado e  a vontade diminui. Mas tenho andado a pensar nisso com algum sentimento de culpa.

Ainda por cima o 2º semestre é fácil de acertar. Não há saídas nem entradas de jogadores e todas as outras receitas e custos são bastante previsiveis.

Para breve...


« Última modificação: Fevereiro 07, 2017, 19:33 pm por alemid »
(...)
A SAD vermelha já garantiu, para atingir estes 100M: 12M+0,5 champions (4 no Q1, 8 no Q2, 0,5 por 1E); 16M de vendas de jogadores. Total de 32,5M. Estão 59M abaixo de zero.


Com a venda do Guedes e do Helder Costa, e passagem aos 8 os da CL, eles já quase garantiram esses 59M€, certo?
Agora percebo o facto de o orelhas e o veiga andarem na China com cromos da panini a tentarem venderem jogadores (curiosamente, o Jimenez era para ser 60M€, precisamente o valor que o Alemid afirmou ser necessário para terem lucro ao fim de ano).
Interessante...
O porto anda a fazer all-ins para ganhar o campeonato, e com isto, parece-me que após o fim desta época vão provocar um grande desmantelamento da equipa para fazer +100M€ (o PdC falou à pouco tempo que podiam fazer 90M€ de vendas no Verão passado).
Nós, com a revenda do André e do Elias, e redução dos custos com pessoal, suponho que tenhamos como objectivo atingir os +30M€ no final do ano, que foi o valor de prejuízo que obtivemos no ano passado.
@Principe Perfeito, é mais ou menos isso, mas não é bem. Eles precisam de fazer 60M de mais valias, não de vendas. Um jogador como o Jimenez está no ativo deles, o passe foi bem caro. Vamos ser otimistas e meter só 10%, ou 6M para comissões. Fazendo contas muito a correr, ele custou 9,8M em Q1 2015/16 e mais 12M em Q1 2016/17. Vamos imaginar que o contrato dele é de 5 anos. Deve valer no ativo, em JAN, 15,3M. Por isso a mais valia dessa eventual venda seria de 60 - 6 - 15 =  39M.

A minha teoria para os 60M é outra. Por um lado mr orelhas precisa desesperadamente de bater o record de venda do JM. Vais fazer tudo e mais alguma coisa para o bater. Nem que venda um jogador por 60M e compre outro a seguir por 59M.

Mas o motivo principal tem a ver com o carrossel instalado e o enorme défice nas contas do SLB. O buraco vai crescendo todos os anos. Primeiro taparam com uma pá. Depois usaram um carrinho de mão. A seguir um buldozer. E vão continuar a fazer aumentar o défice, que já vai nos 100M acima falados.

Começaram por compras jogadores até 10M e vender por 15M (a célebre "chapa 15"). A seguir passaram para as compras de 20M e vendas de 25-30M. O passo a seguir já se percebeu: compras de 25-30M e vendas de 40-50M.

Mais concretamente: há 2 anos amortizaram 30M/ano. No seguinte, quase 37M. Este ano calculo que andarão nos 42-44M. Ou seja, têm que arranjar 40M EUR todos os anos só para pagar o buracos dos jogadores. Há 2 formas de tapar esse buraco:
- a forma normal: fazer lucros na atividade que atinjam esses 40M
- a forma SLB: comprar/vender jogadores por valores inflacionados. Se comprarem 2 jogadores por "20 milhões" e venderem outros 2 por "20 milhões" têm um lucro imediato de 32M. Está resolvido o problema. Por mais 1 ano.

Espero que tenhas entendido.



(...)
A SAD vermelha já garantiu, para atingir estes 100M: 12M+0,5 champions (4 no Q1, 8 no Q2, 0,5 por 1E); 16M de vendas de jogadores. Total de 32,5M. Estão 59M abaixo de zero.


Com a venda do Guedes e do Helder Costa, e passagem aos 8 os da CL, eles já quase garantiram esses 59M€, certo?
Agora percebo o facto de o orelhas e o veiga andarem na China com cromos da panini a tentarem venderem jogadores (curiosamente, o Jimenez era para ser 60M€, precisamente o valor que o Alemid afirmou ser necessário para terem lucro ao fim de ano).
Interessante...
O porto anda a fazer all-ins para ganhar o campeonato, e com isto, parece-me que após o fim desta época vão provocar um grande desmantelamento da equipa para fazer +100M€ (o PdC falou à pouco tempo que podiam fazer 90M€ de vendas no Verão passado).
Nós, com a revenda do André e do Elias, e redução dos custos com pessoal, suponho que tenhamos como objectivo atingir os +30M€ no final do ano, que foi o valor de prejuízo que obtivemos no ano passado.
@Principe Perfeito, é mais ou menos isso, mas não é bem. Eles precisam de fazer 60M de mais valias, não de vendas. Um jogador como o Jimenez está no ativo deles, o passe foi bem caro. Vamos ser otimistas e meter só 10%, ou 6M para comissões. Fazendo contas muito a correr, ele custou 9,8M em Q1 2015/16 e mais 12M em Q1 2016/17. Vamos imaginar que o contrato dele é de 5 anos. Deve valer no ativo, em JAN, 15,3M. Por isso a mais valia dessa eventual venda seria de 60 - 6 - 15 =  39M.

A minha teoria para os 60M é outra. Por um lado mr orelhas precisa desesperadamente de bater o record de venda do JM. Vais fazer tudo e mais alguma coisa para o bater. Nem que venda um jogador por 60M e compre outro a seguir por 59M.

Mas o motivo principal tem a ver com o carrossel instalado e o enorme défice nas contas do SLB. O buraco vai crescendo todos os anos. Primeiro taparam com uma pá. Depois usaram um carrinho de mão. A seguir um buldozer. E vão continuar a fazer aumentar o défice, que já vai nos 100M acima falados.

Começaram por compras jogadores até 10M e vender por 15M (a célebre "chapa 15"). A seguir passaram para as compras de 20M e vendas de 25-30M. O passo a seguir já se percebeu: compras de 25-30M e vendas de 40-50M.

Mais concretamente: há 2 anos amortizaram 30M/ano. No seguinte, quase 37M. Este ano calculo que andarão nos 42-44M. Ou seja, têm que arranjar 40M EUR todos os anos só para pagar o buracos dos jogadores. Há 2 formas de tapar esse buraco:
- a forma normal: fazer lucros na atividade que atinjam esses 40M
- a forma SLB: comprar+vender jogadores por valores inflacionados. Se comprarem 2 jogadores por "20 milhões" e venderem outros 2 por "20 milhões" têm um lucro imediato de 32M. Está resolvido o problema. Por mais 1 ano. E a parte "boa" é que isto tem o mesmo efeito para o outro clube! Fantástico! 40M de compra e de vendas no clube 1 e clube 2, em vez de dar saldo zero, dá saldo 32+32 = 64M!!!

Espero que tenhas entendido.

(...)
A SAD vermelha já garantiu, para atingir estes 100M: 12M+0,5 champions (4 no Q1, 8 no Q2, 0,5 por 1E); 16M de vendas de jogadores. Total de 32,5M. Estão 59M abaixo de zero.


Com a venda do Guedes e do Helder Costa, e passagem aos 8 os da CL, eles já quase garantiram esses 59M€, certo?
Agora percebo o facto de o orelhas e o veiga andarem na China com cromos da panini a tentarem venderem jogadores (curiosamente, o Jimenez era para ser 60M€, precisamente o valor que o Alemid afirmou ser necessário para terem lucro ao fim de ano).
Interessante...
O porto anda a fazer all-ins para ganhar o campeonato, e com isto, parece-me que após o fim desta época vão provocar um grande desmantelamento da equipa para fazer +100M€ (o PdC falou à pouco tempo que podiam fazer 90M€ de vendas no Verão passado).
Nós, com a revenda do André e do Elias, e redução dos custos com pessoal, suponho que tenhamos como objectivo atingir os +30M€ no final do ano, que foi o valor de prejuízo que obtivemos no ano passado.
@Principe Perfeito, é mais ou menos isso, mas não é bem. Eles precisam de fazer 60M de mais valias, não de vendas. Um jogador como o Jimenez está no ativo deles, o passe foi bem caro. Vamos ser otimistas e meter só 10%, ou 6M para comissões. Fazendo contas muito a correr, ele custou 9,8M em Q1 2015/16 e mais 12M em Q1 2016/17. Vamos imaginar que o contrato dele é de 5 anos. Deve valer no ativo, em JAN, 15,3M. Por isso a mais valia dessa eventual venda seria de 60 - 6 - 15 =  39M.

A minha teoria para os 60M é outra. Por um lado mr orelhas precisa desesperadamente de bater o record de venda do JM. Vais fazer tudo e mais alguma coisa para o bater. Nem que venda um jogador por 60M e compre outro a seguir por 59M.

Mas o motivo principal tem a ver com o carrossel instalado e o enorme défice nas contas do SLB. O buraco vai crescendo todos os anos. Primeiro taparam com uma pá. Depois usaram um carrinho de mão. A seguir um buldozer. E vão continuar a fazer aumentar o défice, que já vai nos 100M acima falados.

Começaram por compras jogadores até 10M e vender por 15M (a célebre "chapa 15"). A seguir passaram para as compras de 20M e vendas de 25-30M. O passo a seguir já se percebeu: compras de 25-30M e vendas de 40-50M.

Mais concretamente: há 2 anos amortizaram 30M/ano. No seguinte, quase 37M. Este ano calculo que andarão nos 42-44M. Ou seja, têm que arranjar 40M EUR todos os anos só para pagar o buracos dos jogadores. Há 2 formas de tapar esse buraco:
- a forma normal: fazer lucros na atividade que atinjam esses 40M
- a forma SLB: comprar+vender jogadores por valores inflacionados. Se comprarem 2 jogadores por "20 milhões" e venderem outros 2 por "20 milhões" têm um lucro imediato de 32M. Está resolvido o problema. Por mais 1 ano. E a parte "boa" é que isto tem o mesmo efeito para o outro clube! Fantástico! 40M de compra e de vendas no clube 1 e clube 2, em vez de dar saldo zero, dá saldo 32+32 = 64M!!!

Espero que tenhas entendido.