Resultados dos 3 grandes em 2016/17

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Excelente iniciativa

Posts atualizados!
Post 1 - regras gerais
Post 2 - introdução ao Q1
Post 3 - previsões resultados SCP no Q1

Se virem que há erros ou incorreções por favor digam, para corrigir.

« Última modificação: Novembro 26, 2016, 21:11 pm por alemid »
Posts atualizados!
Post 4 - previsões resultados SAD vermelha no Q1

Se virem que há erros ou incorreções por favor digam, para corrigir.
Muito, muito bom este topico. Parabens pela iniciativa! :D


Citar
Há coisas na vida que nunca mudam, a nobreza de carácter é uma delas, ou se tem, ou não. Por mais “riqueza” que ostentem, os pobres de espírito sempre o serão. O complexo de inferioridade demonstrado por todas estas atitudes é totalmente incompatível com um clube que para além de títulos quer ser grande, pois a grandeza é muito mais do que o vencer. A grandeza é vencer, é saber vencer, é saber perder, é saber estar, algo que não está ao alcance de todos.

O Sporting Clube de Portugal,
Lisboa, 28 de Outubro de 2013
Corrigidos os posts 3 e 4: havia um erro nas receitas da Champions, uma vez que foram disputados em SET já 2 jogos, inclui as receitas com resultados dos mesmos. +1,5M para o Sporting, mais 0,5M para a SAD vermelha.
@alemid

As receitas da LC não entram na totalidade no 1T

Apesar de garantido O prémio e market pool é dividido por 3(salvo erro) trimestres o que altera os valores que tens de previsão.

SL

mais uma vez Excelente Iniciativa @alemid

Passemos aos números (PREVISÃO).
Sabemos logo à partida que os clubes têm receitas e custos operacionais que são normalmente negativos e depois compensam isso com resultados desportivos (Champions League) e sobretudo vendas de jogadores. Por isso vou fazer a minha previsão usando exatamente essa divisão.

Concordo (LC é receita extraordinária) mas as SADs contabilizam em Receitas Operacionais esta verba e se no 1T ano anterior apresentámos 1,5M resultado operacional positivo 20,2-18,7= +1,5M, este ano espero resultado similar, com aumento das receitas a compensarem aumento dos custos, para 22-20,2= +1,8M


O ano passado fizemos 13,8M nestes items. Este ano, deveremos ter maior receitas em bilheteira (estádios com mais público), em merchandising, com o novo patrocinador das camisolas (que não existia em Q1 do ano passado), no PPTV que aumentou 2M/trimestre. Por outro lado vão diminuir as receitas de bilheteira da champions (o ano passado tivemos a pré-eliminatória, 0,3M de receita, este ano esse valor foi zero), e não tivemos o torneio na África do Sul que foi 0,8M. No final acho que devemos aumentar 1-2M aqui, prevejo 16M de receitas (excetuando a Champions, já lá vamos).

Aqui a minha previsão é de TV +2M, patrocinios +1M, e Bilheteira +0,6M (aumento bilhete época +20%) - 1M torneio = +2,6M, (um pouco acima da tua previsão, +0,4M),  mas vamos contar os mesmos 16M Receita Operacional Q1


Custos mercadorias: 0.6M (era bom que crescesse muito, significava que havia muitas vendas)
FSE: 5M (valor que tem crescido paulatinamente, era 4M há 1 ano)
Pessoal: Aqui é a maior incógnita de todos os números que vou apresentar neste post. Não conhecemos os salários dos novos jogadores e dos que sairam. Sabemos que sairam 5 jogadores (JM, Slimani, Labiad, Naldo, Mané) mas entraram 14, além de algumas renovações salariais (Adrien?). Temo que esta rúbrica possa dar um salto muito grande. Estava em 13M no último trimestre, e em 11,7 há 1 ano. Poderá saltar para 15M? Repito, é uma incógnita.
Depreciações excetuando plantel: 1,1M
Outros gastos e perdas: 0,7M (rúbrica que oscila muito, poderá ser isto como 0,4 ou 1,1M).
Total de Custos: 22,4M

nos Custos
apresentámos 18,7M no Q1 com 11,6 custos pessoal Q1 e no último Trimestre 13M.

Entraram vários jogadores e em diferentes timings, alguns só terão 1 mês ordenado neste trimestre mas quase (deduzo) substituições directas em encargos exemplo: Dost/Teo , Ewerton/Castainhos, Aquilani/Elias, Slimani/Campbel, Labyard/Marko, Naldo/Petrovic, JMario/André, Barcos/Douglas, Mané/ALan, etc
Por tudo isto contar com mais de 1M já me parece exagerado
mas contando +1,5M no total (FSE+Custos Pessoal)temos 18,7M+1,5M= 20,2M Total custos Operacionais (-2,2M vs tua previsão de +3,7M de custos)


Começamos assim com 16-22,4M, resultado de -6,4M.

nas minhas previsões 16M-20,2M = -4,2M (sem LC)

Vamos acrescentar agora as amortizações do plantel.  Contudo isto mudou bastante este ano. O Sporting contratou em Q4 e agora em Q1 cerca de 32M de EUR. As vendas e fim de contratos não compensam muito este valor. Assumindo que os contratos são de 4 ou 5 anos, vamos fazer uma média de 4,5 anos, o que dá um valor de 7M adicionais por ano (ou seja, quase duplica; ainda fica muito distante dos adversários mas é um aumento significativo). Trimestralmente, 1,7M adicionais. Prevejo para este Q1, -3,7M, a que junto mais 0,5 para imparidades. Total: -4,2M

No ano anterior o Valor Bruto do Plantel era 38M no 1T (2M amortização)
No último R&C o valor Bruto 48M (3M amortização) o que dá extrapolando anualmente 12M ano
Entram neste Trim +20M mas apenas é contabilizado 1/12 de 1/5 , exemplo DOST entre outros só entra Setembro o que 20/5/12 0,300M mês a minha previsão anual anda pelos 12/13M amortizações neste Trimestre 3M.

aliás no R&C anual acabamos com 32M valor liquido plantel /4 dá 8M ano amortização (já com 12M dos teus 32M aquisições incluídos)se juntarmos +20M defeso /5 anos +4M o que dá total de 12M amortizações para este ano de 2016/2017


Finalmente, custos financeiros. Sabe-se que fruto da renegociação da dívida financeira ocorrida no início do mandato, o Sporting tem excelentes condições no que se refere a juros. Contudo, à medida que o sufoco financeiro vai diminuindo, as condições vão piorando. Passamos de 1,1M há  2 épocas para 5,7 no ano passado. Este ano a tendência deve-se manter. Previsão Q1: -1,5M

concordo com a previsão 1,5M para Q1

Chegamos assim aos resultados sem as receitas "extra" de jogadores vendidos e champions:
Vendas 16
Custos -22,4
Amortiz -4,2
Custos financ -1,5
Resultado: -12,1 - anualizando seriam quase -50M/ano! Este é o valor com que começamos. Temos que fazer vendas de jogadores e competições europeias neste valor para chegar ao zero.

nas minhas previsões

Receitas   16,0M
Custos     20,2M
Resultado Operacional (sem LC)  -4,2M

Amortizações  -3M
Custos Financeiros -1,5M

Resultado: -8,7M Q1 (sem LC e sem Mais valias Atletas) anualizando -34,8M necessidades receitas extraordinárias vs 33,1M de 2015/2016 ...... as tuas previsões aumentam em 17M as necessidades face ano anterior e contabilizando aumento de 8,8M nas receitas operacionais que previste, daria um aumento de custos totais anuais em 25M + 27% face ano anterior. e não gostava  de ver um aumento custos em dobro face aumento receitas fixas.


Agora entram finalmente:
Vendas de jogadores: João Mário (40), Slimani (30), Naldo (4,5). Empréstimos de Mané, Teo, Ewerton, Walisson e outros (2,5M). Total de 77M de vendas/empréstimos. Mas este valor há que abater comissões e valor do imobilizado, e ainda o facto de haver valores a pagar a terceiros por deterem partes dos passes dos jogadores. Estimo tudo isto em 16,3M. Valor liquido das vendas, 60,7M.

concordo com o valor aproximado 60M números redondos em mais valias este Trimestre já +52M vs total ano anterior.

Agora entram finalmente:
Champions: prémio de presença na fase de grupos, 12,7M. 2 jogos realizados, 1V, significa um extra de 1,5M. Total 14,2M.
.

como disse anteriormente , a contabilização correcta e que calculo que será utilizada (igual aos Lamps), relativo ao prémio da LC é de 2M por jogo realizado , apesar de sabermos que iremos contar com 12,7M + Market Pool, mais jogos realizados.
o que dará , nas minhas contas, neste trimestre 4M+1,5M+MP = 6M (ano anterior Q1 contabilizamos 6,5M) a verba anual 2016/2017 será pelo menos perto de 20M mais 12M do que no ano anterior.


Demonstração de Resultados Q1 (ESTIMATIVA):
Vendas: 30,2M
Custos: 22,4M
Resultado operacional sem jogadores +7,8M
Amortiz.jogadores  -4,2M
Vendas jogadores 60,7M
Resultados operacionais: +64,3,5M
Result financeiros -1,5M
Resultados PREVISTOS Q1 antes de impostos: 62,8M


Minha Estimativa Q1 2016/2017
Receitas Operacionais com LC  (16+6) = +22M (só contabilizo 4M do Prémio LC , 2jogos)
Custos Operacionais -20,2M
Resultados Operacionais sem receitas com Atletas +1,8M
Custos com Atletas  -3M
Receitas com Atletas +60M
Resultados com Atletas      +57M
Resultados Operacionais com Atletas  +58,8M
Resultados Financeiros -1,5M

Resultados Previstos Q1 antes Impostos +57,3M
se contabilizar os 12,7M da LC, já no Q1, este valor aumenta  +8M para 66M resultado previsto


Provavelmente o melhor resultado de sempre, num trimestre, de qualquer SAD em Portugal. E também a garantia de que nesta época o resultado vai ser positivo, uma vez que os 50M "extra" que têm que ser feitos no ano já foram ultrapassados com 12M na Champions e 60M no saldo da venda de jogadores. Apontamos assim para +22M neste momento, no resultado do ano.

O Melhor resultado de sempre em Q1 e a única vez que uma SAD garantiu lucro anual significativo logo no Q1

Anual Garantido face ano anterior
Receitas +12M LC (20-8)  +8M receitas = +20M receitas  (ano anterior 68M), este ano vamos aos 88M receitas sem jogadores
+53M (60-7) Mais valias jogadores

Receitas totais previstas para já 148M
despesas totais +10M face ano anterior = 93M +10 = 103M despesas totais

As minhas contas apontam para +45M de resultado do ano. :) :) :)

Bom nos Lamps, aqui fiquei todo baralhado com a tua previsão Alemid
vou ter de ler com mais calma e perceber as diferenças vs a minha visão...

Os Lamps 1Q 2015/2016

Total Receitas com LC 29,8 (só contabilizaram 4M de 2jogos , 3M 2 vitórias ,0,6 Market pool , 0,6 acertos)
Receitas  21,5M
LC 8,350M
Total Receitas sem LC   21,5M
FSE 8
Pessoal 12,4 (contam 17M no Q4 pq são variáveis habituais)
Outros 3,6
Total Custos  Operacionais 24M  resultado ano anterior sem LC -2,5M
Amortizações 7,4
Vendas (21,9M-3,6M custo venda) 18,3M
Resultado com Atletas +10,9M
Resultados Financeiros -4,4M

Total Custos (24M+7,4M+4,4M) = -35,8M
Total Receitas sem LC e sem vendas Atletas 21,5M


Total Receitas extraordinárias (LV+vendas) (8,3+18,3M) = 26,6M
Resultado do Q1 2015/2016 (-2,5M-4,4M+8,3M+10,9M) = +12,3M

O Risco Anual (necessidade de receitas extraordinárias) anda nos 80M


Previsão de Alterações Q1 para 2016/2017 de forma simplista.

Receitas
Contrato NOS (contabilizavam 36M ano, 7M Q1, da BTV mas tb tinham custos)
no 1Q sempre assumiram valor menor e no final maior para compensar perda receitas LC
com novo contrato podemos assumir um acréscimo de 1M para Q1
Não fizeram digressão pelo que -3M receita
Nas receitas totais temos -2M o que dará (21,5M+1M-3M) = 19,5M

Nos Custos
FSE + custos com pessoal assumir +1M (24M+1M) = -25M

Resultado Operacional (sem LC) -5,5M com LC +0,5M

Amortizações, usando valor de Q4 aumenta custos em 1,6M para 9M será o mínimo. (calculo que será 10M)
Custos Financeiros mantendo número redondo de 5M
dá um total de custos (25M+9M+5,5M) = 39,5M  (mais +15M do que SCP)
para receitas fixas de  19,5M (mais 3,5M do que SCP)
resultado SLB sem receitas extraordinárias de -20M no Q1 Risco e necessidades de receitas extra >80M ano


receita LC desceu porque só fizeram empate em vez de 2 vitórias -2,5M face ano anterior. total Q1 6M
receitas vendas 19M mantêm os valores 
Total Receitas com LC e Vendas 44,5M  (o SCP terá +82M)
Total Custos  39,5M

Resultado previsto Lamp Q1 antes impostos de (-39,5M+19,5M+6M+19M) = +5M
-7,3M face ano anterior descida de 60%

para breakeven anual ainda necessitam no mínimo de mais 40M receitas líquidas em vendas o que significa mais de 50M Brutos até 30 junho.

o SCP já "garantiu" Lucro Anual em +40M........... é uma diferença de 90M

SL
@alemid

As receitas da LC não entram na totalidade no 1T

Apesar de garantido O prémio e market pool é dividido por 3(salvo erro) trimestres o que altera os valores que tens de previsão.

SL

Olá colega @Tarântula, no histórico dos 2 últimos anos penso que não funcionou assim. No fcp não foi de certeza (em 2014/15 eles mal acabaram a época rconheceram logo os +/- 10M de prémio de entrada na fase de grupos); no SCP os últimos 8 trimestres foram:
8,5 - 2,0 - 0,2 - 0,6
6,4 - 2,0 - 0,0 - 0,1
Lamps:
3,7 - 9,3 - 1,5 - 0,0
8,4 - 12,1 - 9,5 - 5,0

Como vês, um grande bolo no Q1 e depois sempre a descer até zero. Aqueles 0,6 e 0,1 no SCP no Q4 são uns acertos que fazem no fim da época. Não estarás a confundir com as datas em que a UEFA paga? É que o Sporting (e os outros) podem reconhecer o proveito mal têm direito a ele, ou seja mal disputam o jogo/competição.

Vou continuar a utilizar o critério que coloquei.

Vou fazer um acerto no SCP nos "Outros gastos não recorrentes", que aparece cá em baixo antes dos resultados financeiros e que tem a ver com juros do caso Rojo - anda na cada dos 0,15M/trimestre.

@alemid

As receitas da LC não entram na totalidade no 1T

Apesar de garantido O prémio e market pool é dividido por 3(salvo erro) trimestres o que altera os valores que tens de previsão.

SL

Olá colega @Tarântula, no histórico dos 2 últimos anos penso que não funcionou assim. No fcp não foi de certeza (em 2014/15 eles mal acabaram a época rconheceram logo os +/- 10M de prémio de entrada na fase de grupos); no SCP os últimos 8 trimestres foram:
8,5 - 2,0 - 0,2 - 0,6
6,4 - 2,0 - 0,0 - 0,1
Lamps:
3,7 - 9,3 - 1,5 - 0,0
8,4 - 12,1 - 9,5 - 5,0

Como vês, um grande bolo no Q1 e depois sempre a descer até zero. Aqueles 0,6 e 0,1 no SCP no Q4 são uns acertos que fazem no fim da época. Não estarás a confundir com as datas em que a UEFA paga? É que o Sporting (e os outros) podem reconhecer o proveito mal têm direito a ele, ou seja mal disputam o jogo/competição.

Vou continuar a utilizar o critério que coloquei.

Vou fazer um acerto no SCP nos "Outros gastos não recorrentes", que aparece cá em baixo antes dos resultados financeiros e que tem a ver com juros do caso Rojo - anda na cada dos 0,15M/trimestre.

Tens razão nestes valores .mas .... (Não sei se existe alguma recomendação) porque ...
Os Lamps sim contabilizam 2M prémio presença (12,7/6 jogos) (o mesmo com market Pool) por cada jogo realizado no período respectivo e prémio vitórias/empates tb.
Espero que SCP o faça a partir de agora, igual , uma vez que agora não é necessária a entrada do valor para melhorar resultados e talvez seja a forma mais correcta.
(Tenho de ir ver os Acréscimos e Deferimentos para tentar perceber se tem impacto)

Por isso usei esse cálculo para poder comparar.

 ;). Vais ter de refazer as contas  8)

Não está aqui incluído o valor relativo ao prémio de acesso à edição 2016/2017 da UEFA Champions League uma vez que a equipa não garantiu o direito ao acesso direto à prova no exercício em análise e, por outro lado, pelo facto de a Sociedade ter procedido à alteração de respetiva política contabilística. A FC Porto – Futebol, SAD, neste exercício, alterou a forma de contabilização do prémio fixo relativo à obtenção do direito à participação em competições europeias (na UEFA Champions League ou na UEFA Europa League), passando a reconhecer o mesmo no exercício em que os jogos são disputados, e não no exercício em que aquele direito de acesso é garantido, política esta seguida até ao exercício 2014/2015. Ainda que a Sociedade considere que esta política estava a ser corretamente adotada, procedeu à alteração pelo facto de a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários entender que esta deverá ser a política contabilística a ser seguida. Caso a FC Porto – Futebol, SAD mantivesse a política contabilística adotada nos exercícios anteriores, os proveitos operacionais e o resultado líquido da
_________________________________________________________________________________________ __
Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD 9
os jog
Mas isto foi o que eu disse acima, o FCP fez em 2014/15 o reconhecimento da época a seguir - nesse ano reconheceram 2 presenças na champions - tal era o desespero para apresentarem números. A CMVM disse-lhes que não podia ser, e por isso em 2015/16 não reconheceram nenhum prémio de acesso. É o que diz esse parágrafo e foi bastante comentado quando sairam os números anuais deles.

Olha o que eles escrevem no Q1: Proveitos operacionais excluindo proveitos com passes de jogadores caem 3.987m€, comparativamente com o 1º trimestre de 2014/2015, pela diminuição das receitas de participação na UEFA Champions League, dado o prémio de participação na edição 2015/2016 ter sido contabilizado nas contas 2014/2015, quando o acesso foi garantido.

Contudo talvez tenhas razão. Os lamps declararam em Q1 4M de prémio de fase de grupos e declararam em Q2 mais 8M. Vou usar o mesmo critério!

Obrigado pela nota.

Ainda não li com detalhe o teu post "grande", faço mais tarde.


Exacto, Relativo ao registo na época os Fruteiros foram obrigados a mudar.
Mas sublinhei "em que os Jogos são disputados" que é usado pelos Lamps.


Já agora relativo à tua questão/dúvida , Merchandising Lamp

A rubrica de royalties diz respeito a uma percentagem que a Ben ca SAD tem direito pelas vendas de produtos Ben ca nas Lojas Adidas, conforme previsto no contrato. Estes rendimentos atingem os 2,1 milhões de euros, o que equivale a um crescimento de 53,1%, sendo explicado pelo crescimento das vendas de produtos Ben ca, dado que foi ultrapassado pela primeira vez o valor mínimo estipulado no novo contrato que entrou em vigor na época 2013/2014.
Post nº 3 alterado (Resultados SCP Q1). Alterei a estrutura para refletir fielmente a Demonstração de Resultados. Inclui os juros do caso Doyen. Inclui apenas 1/3 do prémio da fase de grupos da champions. Obrigado ao Tarântula pelas correções.
« Última modificação: Novembro 29, 2016, 16:46 pm por alemid »
Post nº 4 alterado, para refletir na SAD vermelha a estrutura fiel da Demonstraçao de resultados e a distribuição da receita dos grupos da champions em 1/3 neste Q1.
Obrigado Tarântula pelas dicas e correções. Vamos por partes.

Mudei a estrutura do texto, de forma a incluir as receitas com UEFA e jogadores pela ordem na que aparecem na DR. No final meti uma nota com as contas do que deve ser o nosso "break even".

Citar
Concordo (LC é receita extraordinária) mas as SADs contabilizam em Receitas Operacionais esta verba e se no 1T ano anterior apresentámos 1,5M resultado operacional positivo 20,2-18,7= +1,5M, este ano espero resultado similar, com aumento das receitas a compensarem aumento dos custos, para 22-20,2= +1,8M

Infelizmente acho que não vamos conseguir. Acho que os salários vao dar um salto muito superior.

Algumas das observações que fazes sobre os custos (salários) e amortizações fazem algum sentido, talvez tenhas razão. Contudo em caso de dúvida prefiro fazer contas conservadoras. Por exemplo nas amortizações utilizo 4,5 anos, não só porque alguns contratos são mais curtos, como quase de certeza que algumas renovações não são para 5 anos. Gostava no futuro de ter um quadro jogador a jogador com o seu custo/amoirizaçoes/renovações, mas o tempo era curto. Além disso eu meti mais 0,5M em imparidades com o plantel, porque o histórico assim o tem ditado: 3,5M há 2 anos, 1,2M no ano passado. Pode ser zero (de facto foi zero nos 2 anteriores Q1's), mas lá está, perpetiva conservadora. Oxalá os teus números sejam os certos, seriam excelente noticias!


Citar
Resultado: -8,7M Q1 (sem LC e sem Mais valias Atletas) anualizando -34,8M necessidades receitas extraordinárias vs 33,1M de 2015/2016 ...... as tuas previsões aumentam em 17M as necessidades face ano anterior e contabilizando aumento de 8,8M nas receitas operacionais que previste, daria um aumento de custos totais anuais em 25M + 27% face ano anterior. e não gostava  de ver um aumento custos em dobro face aumento receitas fixas.

Aqui está realmente onde as nossas contas divergem. Eu acho que com a fortissima aposta competitiva para esta época os nossos custos com salários vão disparar (tu achas que vai ser "ela por ela") e que as amortizações também vão aumentar brutalmente, quase duplicar (aqui admito que possa ter sido algo pessimista a mais). Anualmente estamos a falar de uma diferença considerável, 33M (teu número) para 50M (meu número). Rezo para que tenhas razão!!! Espero que sim!!!


Citar
como disse anteriormente , a contabilização correcta e que calculo que será utilizada (igual aos Lamps), relativo ao prémio da LC é de 2M por jogo realizado , apesar de sabermos que iremos contar com 12,7M + Market Pool, mais jogos realizados.
o que dará , nas minhas contas, neste trimestre 4M+1,5M+MP = 6M (ano anterior Q1 contabilizamos 6,5M) a verba anual 2016/2017 será pelo menos perto de 20M mais 12M do que no ano anterior.
Já corrigi para só incluir 1/3 do prémio de acesso à fase de grupos. Mas usei os 12,7M. Quanto ao market Pool, os lamps metem aqui mas o Sporting coloca-o na conta de Prestação de Serviços, por isso não aparece aqui (Outros rendimentos e ganhos). É um valor que não coloquei. No ano passado os lamps ganharam uns 4M nisto. Não podemos comparar com o ano passado porque fomos eliminados na ronda de qualificação. Este ano o bolo aumentou um pouco, mas é a dividir por 3. Vou meter mais 1M na 1ª linha.

Citar
Resultados Previstos Q1 antes Impostos +57,3M
Com as correções referidas, o meu total é +55,2M.


Acrescentado post #5 - previsões Q1 para SAD do fcp

Acrescentado post #5 - previsões Q1 para SAD do fcp

@alemid corrige a soma final

-7,8(-10+5)-4= -16,8 resultado em vez 7,8 trocaste o sinal -
Acrescentado post #5 - previsões Q1 para SAD do fcp

@alemid corrige a soma final

-7,8(-10+5)-4= -16,8 resultado em vez 7,8 trocaste o sinal -

Obrigado pela correção, este valor vai mais de encontro ao que eu estava à espera inicialmente.