A Formação do Sporting - Tópico Geral

0 Membros e 2 Visitantes estão a ver este tópico.

Encontro-me profundamente preocupado em relação ao estado da nossa academia. Mesmo neste fórum é frequente ver users a pedir que a academia seja destruída... ignorância. Outros pedem talentos brutos (Ronaldos como já cheguei a ouvir) sem saber a gestão danosa que os nossos espaços de formação estão a sofrer, principalmente quando a academia do Dubai ali ao lado está a bombar.
As mentalidades parece que se inverteram e o Sporting parece estar mais interessado em juntar títulos na formação e ao rendimento imediato, do que em dar os estímulos certos aos seus jogadores. Os jogadores do SLB jogam um escalão/divisão acima relativamente ás restantes equipas das respetivas gerações. Sim é lixado (Luis Nascimento, treinador dos lamps perdeu 2 títulos de iniciados assim) mas em escalões mais á frente depois rebentam connosco como foi o caso dos juniores A (nossa geração de 2000) que foi perder 5-2 com os juniores B do SLB... e alguns de 2002. Depois o pessoal fica todo feliz a adicionar os títulos aos quadros de honra da formação e a gabar-se dos títulos e queixa-se que os outros têm mais jogadores que nós (os campeões) nas seleções jovens!
E isso vai de encontro á parte 2: o nosso recrutamento mudou. Parece-me uma vez mais que olhamos mais para o físico e para o rendimento. Só a título de exemplo: fala-se que vamos contratar um Koné de 2001 (não me lembro do clube).  Um gajo super maturado. E depois?  E também na utilização de jogadores. Dou um exemplo: Bavikson Biai. Jogador dos nossos juniores. Muitos o conhecem como sendo o nosso 6 mas nunca na vida o miúdo é 6! Apenas têm vantagem em metê-lo lá porque ele rebenta com os outros.
E depois vem a parte 3. Os melhores jogadores ao perceberem que não têm os estímulos mais corretos e a ver a carruagem a passar (o Sr Bruno de Carvalho ainda tem de explicar porque acabou com a equipa B) acham que vão querer ficar? Claro que não e assim vamos continuar a perder os nossos melhores jogadores. O Sporting continua a pensar que por ter o nome e a história que tem os miúdos vão querer lá ficar, ficando parados no tempo nesta evolução do futebol de formação português. E digo mais, com o investimento que Braga, Guimarães e Belenenses fizeram nestes últimos tempos não me escandalizava que começassem a lutar taco a taco com Sporting e Porto... Mas o Porto é um caso à parte e uma discussão para outra altura.
O Sporting desde a geração do Bruma só tem metido água na formação, não percebendo a incompetência de quem lá está não dando aos nossos jogadores os melhores estímulo. Nós continuamos a ganhar títulos e os outros a formarem jogadores... Esperemos que com o Varandas esta situação se resvolva... de vez.
To you from failing hands we throw the torch. Be yours to hold it high.

Privilege. Not a right.
Encontro-me profundamente preocupado em relação ao estado da nossa academia. Mesmo neste fórum é frequente ver users a pedir que a academia seja destruída... ignorância. Outros pedem talentos brutos (Ronaldos como já cheguei a ouvir) sem saber a gestão danosa que os nossos espaços de formação estão a sofrer, principalmente quando a academia do Dubai ali ao lado está a bombar.
As mentalidades parece que se inverteram e o Sporting parece estar mais interessado em juntar títulos na formação e ao rendimento imediato, do que em dar os estímulos certos aos seus jogadores. Os jogadores do SLB jogam um escalão/divisão acima relativamente ás restantes equipas das respetivas gerações. Sim é lixado (Luis Nascimento, treinador dos lamps perdeu 2 títulos de iniciados assim) mas em escalões mais á frente depois rebentam connosco como foi o caso dos juniores A (nossa geração de 2000) que foi perder 5-2 com os juniores B do SLB... e alguns de 2002. Depois o pessoal fica todo feliz a adicionar os títulos aos quadros de honra da formação e a gabar-se dos títulos e queixa-se que os outros têm mais jogadores que nós (os campeões) nas seleções jovens!
E isso vai de encontro á parte 2: o nosso recrutamento mudou. Parece-me uma vez mais que olhamos mais para o físico e para o rendimento. Só a título de exemplo: fala-se que vamos contratar um Koné de 2001 (não me lembro do clube).  Um gajo super maturado. E depois?  E também na utilização de jogadores. Dou um exemplo: Bavikson Biai. Jogador dos nossos juniores. Muitos o conhecem como sendo o nosso 6 mas nunca na vida o miúdo é 6! Apenas têm vantagem em metê-lo lá porque ele rebenta com os outros.
E depois vem a parte 3. Os melhores jogadores ao perceberem que não têm os estímulos mais corretos e a ver a carruagem a passar (o Sr Bruno de Carvalho ainda tem de explicar porque acabou com a equipa B) acham que vão querer ficar? Claro que não e assim vamos continuar a perder os nossos melhores jogadores. O Sporting continua a pensar que por ter o nome e a história que tem os miúdos vão querer lá ficar, ficando parados no tempo nesta evolução do futebol de formação português. E digo mais, com o investimento que Braga, Guimarães e Belenenses fizeram nestes últimos tempos não me escandalizava que começassem a lutar taco a taco com Sporting e Porto... Mas o Porto é um caso à parte e uma discussão para outra altura.
O Sporting desde a geração do Bruma só tem metido água na formação, não percebendo a incompetência de quem lá está não dando aos nossos jogadores os melhores estímulo. Nós continuamos a ganhar títulos e os outros a formarem jogadores... Esperemos que com o Varandas esta situação se resvolva... de vez.
Achas que as nossas gerações de 2002, 2003, 2004 e 2005 são inferiores às dos lamps? Na minha opinião, bem pelo contrário, portanto acho que não é um caso de mau recrutamento...agora em relação aos estimulos de competição concordo em completo!

O Koné que estás a falar é o Mamadou Koné que foi dos lamps? Se for esse de maturado não tem muito, tem 1,67 e pesa 68 kg...
« Última modificação: Janeiro 26, 2019, 12:40 pm por LeãoBB »
"Infelizmente tenho pena que partilhem o amor pelo mesmo clube que eu"
Encontro-me profundamente preocupado em relação ao estado da nossa academia. Mesmo neste fórum é frequente ver users a pedir que a academia seja destruída... ignorância. Outros pedem talentos brutos (Ronaldos como já cheguei a ouvir) sem saber a gestão danosa que os nossos espaços de formação estão a sofrer, principalmente quando a academia do Dubai ali ao lado está a bombar.
As mentalidades parece que se inverteram e o Sporting parece estar mais interessado em juntar títulos na formação e ao rendimento imediato, do que em dar os estímulos certos aos seus jogadores. Os jogadores do SLB jogam um escalão/divisão acima relativamente ás restantes equipas das respetivas gerações. Sim é lixado (Luis Nascimento, treinador dos lamps perdeu 2 títulos de iniciados assim) mas em escalões mais á frente depois rebentam connosco como foi o caso dos juniores A (nossa geração de 2000) que foi perder 5-2 com os juniores B do SLB... e alguns de 2002. Depois o pessoal fica todo feliz a adicionar os títulos aos quadros de honra da formação e a gabar-se dos títulos e queixa-se que os outros têm mais jogadores que nós (os campeões) nas seleções jovens!
E isso vai de encontro á parte 2: o nosso recrutamento mudou. Parece-me uma vez mais que olhamos mais para o físico e para o rendimento. Só a título de exemplo: fala-se que vamos contratar um Koné de 2001 (não me lembro do clube).  Um gajo super maturado. E depois?  E também na utilização de jogadores. Dou um exemplo: Bavikson Biai. Jogador dos nossos juniores. Muitos o conhecem como sendo o nosso 6 mas nunca na vida o miúdo é 6! Apenas têm vantagem em metê-lo lá porque ele rebenta com os outros.
E depois vem a parte 3. Os melhores jogadores ao perceberem que não têm os estímulos mais corretos e a ver a carruagem a passar (o Sr Bruno de Carvalho ainda tem de explicar porque acabou com a equipa B) acham que vão querer ficar? Claro que não e assim vamos continuar a perder os nossos melhores jogadores. O Sporting continua a pensar que por ter o nome e a história que tem os miúdos vão querer lá ficar, ficando parados no tempo nesta evolução do futebol de formação português. E digo mais, com o investimento que Braga, Guimarães e Belenenses fizeram nestes últimos tempos não me escandalizava que começassem a lutar taco a taco com Sporting e Porto... Mas o Porto é um caso à parte e uma discussão para outra altura.
O Sporting desde a geração do Bruma só tem metido água na formação, não percebendo a incompetência de quem lá está não dando aos nossos jogadores os melhores estímulo. Nós continuamos a ganhar títulos e os outros a formarem jogadores... Esperemos que com o Varandas esta situação se resvolva... de vez.
Achas que as nossas gerações de 2002, 2003, 2004 e 2005 são inferiores às dos lamps? Na minha opinião, bem pelo contrário, portanto acho que não é um caso de mau recrutamento...agora em relação aos estimulos de competição concordo em completo!

O Koné que estás a falar é o Mamadou Koné que foi dos lamps? Se for esse de maturado não tem muito, tem 1,67 e pesa 68 kg...
Acho que devido ao patamar competitivo em que as dos lamps estão acabam por estar mais preparadas e uns furos acima. Agora em termos de talento geracional as de 2002 e 2003 acho que estão equilibradas com 2002 a tender para nós e 2003 para eles. 2004 DE LONGE nós. 2005 sou tendencioso pois nunca joguei contra/vi jogos da geração deles. Eu digo que o recrutamento é mau na medida em que olham mais para o rendimento imediato: 2005 é caso disso.

Penso que sim, se for DD então quase de certeza que é o mesmo. Não é por aí. Ele não deixa de ser maturado por ser baixo. Se ele tiver 1,70m, já for mais alto que os pais, apresentar os sinais da puberdade e o seu nível de crescimento for pequeno, conclui-se que esta maturado para a sua idade e que não vai crescer muito mais.
To you from failing hands we throw the torch. Be yours to hold it high.

Privilege. Not a right.
Continuem a comer gelados com a testa e a dizer que somos uma das melhores escolas de formação do mundo.

Para além de termos cada vez menos capacidade para produzir atletas com talento, nem homens sabemos formar.

Mal encontram uma oportunidade para fugir não hesitam.

A nossa formação tem de ser repensada a fundo.
Petizes Sub-7: Sporting CP 11-0 Beira-Mar Almada
Petizes Sub-7: Sporting CP 19-1 Sesimbra
Traquinas B Sub-8: Sporting CP 7-3 E. Afonsoeirense
Traquinas A Sub-9: F. Salesianos 2-10 Sporting CP
Traquinas A Sub-9: Sporting CP 22-0 Alenquer e Benfica
Benjamins B Sub-10: Sporting CP 7-1 FC Alverca B
Benjamins B Sub-10: SL Benfica 2-2 Sporting CP
Benjamins A Sub-11: Sporting CP 12-0 Col. S. J. Brito
Benjamins A Sub-11: GS Loures 1-4 Sporting CP
Benjamins A Sub-11: Sporting CP 17-2 Santa Maria
Infantis B Sub-12: SG Sacavenense B 1-10 Sporting CP
Infantis B Sub-12: Linda-a-Velha B 1-3 Sporting CP
Infantis B Sub-12: Sporting CP 2-4 Linda-a-Velha A
Infantis A Sub-13: O. Moscavide 1-5 Sporting CP
Infantis A Sub-13: Sporting CP 8-0 Col. S. J. Brito B
Iniciados Sub-14 A: CAC 1-1 Sporting CP
Iniciados: SL Benfica 1-1 Sporting CP
Juvenis Sub-16: Sporting CP 3-2 1.º Dezembro
Juvenis: Sporting CP 3-2 Sacavenense
Juniores: Sporting CP 1-0 Estoril-Praia
Citar
Varandas e a formação: «Estamos a pagar um 'gap' visível entre os sub-17 e os sub-23»
Presidente comenta facto de o Sporting ter iniciado encontro em Setúbal sem qualquer elemento da Academia

Exatamente 568 jogos depois, o Sporting começou um jogo sem qualquer jogador formado no clube - aconteceu diante do V. Setúbal, na quarta-feira. Questionado sobre se a formação bateu no fundo no Bonfim, Frederico Varandas não quis ser "tão drástico" mas assumiu um cenário preocupante.

"Não serei tão drástico, mas obviamente estamos a pagar um 'gap' visível entre os sub-17 e os sub-23 que não é habitual. Esse 'gap' deve-se a uma política da qual discordei completamente nos últimos cinco anos, mas hoje estamos a investir forte pois a base do Sporting está aqui", começou por dizer numa entrevista à RTP3, apontado responsabilidades à anterior direção pelo rumo tomado.

O presidente leonino explica como tenta agora inverter esta situação: "Nós não olhamos só para o jogador tecnicamente, e posso adiantar em primeira mão que vai começar a trabalhar o departamento de liderança e formação interna liderado pelo Tomáz Morais. Este departamento será transversal a todos os jogadores, a miúdos, treinadores, funcionários que lidam com os atletas, modalidades. Tem de ser incutido o orgulho de vestir esta camisola, e os valores do Sporting e da cultura do Desporto. Não gosto de ver jogadores a atirarem-se para o chão ou a queimarem tempo, não gosto de ver jogadores a falar com os árbitros, e esta educação para mim é fundamental, não só para os capitães como todos os atletas e treinadores. Temos de ter todos a mesma linguagem e a mesma cultura. Este departamento vai começar a funcionar este mês, eu partilho as mesmas ideias e valores do Tomáz Morais que já conhecia, e vai ser mais uma mais-valia."


Record

Se Leão não tem rescindido será que jogava no Sporting? Obviamente que não é mais que certo. Os miúdos sabem que não vão ter oportunidades daí fugirem todos
Se Leão não tem rescindido será que jogava no Sporting? Obviamente que não é mais que certo. Os miúdos sabem que não vão ter oportunidades daí fugirem todos

Titular.
«Honra, sua, luta, acredita. Somos o Sporting. O Clube de Portugal!»
A aposta na formação nos últimos anos é uma vergonha... fico profundamente triste com o rumo que a nossa academia está a levar... de que adianta apostar em comprar jogadores aos lotes, apostem nestes jovens que o futuro do Sporting será de certeza mais promissor...
Se Leão não tem rescindido será que jogava no Sporting? Obviamente que não é mais que certo. Os miúdos sabem que não vão ter oportunidades daí fugirem todos

Titular.

Mas no Sporting não. Aqui jogam sempre as 3 vacas sagradas e o Leão dividia a bancada com o Jovane e o Miguel Luis
Se Leão não tem rescindido será que jogava no Sporting? Obviamente que não é mais que certo. Os miúdos sabem que não vão ter oportunidades daí fugirem todos

Titular.

Mas no Sporting não. Aqui jogam sempre as 3 vacas sagradas e o Leão dividia a bancada com o Jovane e o Miguel Luis
infelizmente tenho de concordar, nem o leao, nem o felix ou o gedson, se fossem nossos
O Sporting tem sido um degredo estes ultimos tempos. Temos sido peritos em arruinar carreiras a jogadores.

É incrivel como um clube como o nosso tradicionalmente formador agora tem desaproveitado tanto jogador bom. Quanto já custou esta estratégia bacoca ao clube entre ordenados e contratações de entulho para posições onde tinhamos melhor em casa?
Não é só dizer que se aposta na formação e também não é lançar de qualquer maneira jogadores na equipa A. Há jogadores que aos 18 anos pelo sua qualidade podem ser opção para A, mas há outros que só vão estar prontos aos 20,21, 22, tem que sempre ser analisado caso a caso. Para alguns jogadores esta passagem é complicada há jogadores que prometem muito enquanto jovens e chegam a idade adulta e não se conseguem impor, e isso acontece muito em todos os clubes. Para recuperarmos nesta área temos que apostar tudo no recrutamento nas idades mais jovens e depois dar os melhores instrumentos a estes jovens para evoluírem não só como jogadores mas como pessoas também.
Encontro-me profundamente preocupado em relação ao estado da nossa academia. Mesmo neste fórum é frequente ver users a pedir que a academia seja destruída... ignorância. Outros pedem talentos brutos (Ronaldos como já cheguei a ouvir) sem saber a gestão danosa que os nossos espaços de formação estão a sofrer, principalmente quando a academia do Dubai ali ao lado está a bombar.
As mentalidades parece que se inverteram e o Sporting parece estar mais interessado em juntar títulos na formação e ao rendimento imediato, do que em dar os estímulos certos aos seus jogadores. Os jogadores do SLB jogam um escalão/divisão acima relativamente ás restantes equipas das respetivas gerações. Sim é lixado (Luis Nascimento, treinador dos lamps perdeu 2 títulos de iniciados assim) mas em escalões mais á frente depois rebentam connosco como foi o caso dos juniores A (nossa geração de 2000) que foi perder 5-2 com os juniores B do SLB... e alguns de 2002. Depois o pessoal fica todo feliz a adicionar os títulos aos quadros de honra da formação e a gabar-se dos títulos e queixa-se que os outros têm mais jogadores que nós (os campeões) nas seleções jovens!
E isso vai de encontro á parte 2: o nosso recrutamento mudou. Parece-me uma vez mais que olhamos mais para o físico e para o rendimento. Só a título de exemplo: fala-se que vamos contratar um Koné de 2001 (não me lembro do clube).  Um gajo super maturado. E depois?  E também na utilização de jogadores. Dou um exemplo: Bavikson Biai. Jogador dos nossos juniores. Muitos o conhecem como sendo o nosso 6 mas nunca na vida o miúdo é 6! Apenas têm vantagem em metê-lo lá porque ele rebenta com os outros.
E depois vem a parte 3. Os melhores jogadores ao perceberem que não têm os estímulos mais corretos e a ver a carruagem a passar (o Sr Bruno de Carvalho ainda tem de explicar porque acabou com a equipa B) acham que vão querer ficar? Claro que não e assim vamos continuar a perder os nossos melhores jogadores. O Sporting continua a pensar que por ter o nome e a história que tem os miúdos vão querer lá ficar, ficando parados no tempo nesta evolução do futebol de formação português. E digo mais, com o investimento que Braga, Guimarães e Belenenses fizeram nestes últimos tempos não me escandalizava que começassem a lutar taco a taco com Sporting e Porto... Mas o Porto é um caso à parte e uma discussão para outra altura.
O Sporting desde a geração do Bruma só tem metido água na formação, não percebendo a incompetência de quem lá está não dando aos nossos jogadores os melhores estímulo. Nós continuamos a ganhar títulos e os outros a formarem jogadores... Esperemos que com o Varandas esta situação se resvolva... de vez.

In youth football, results aren't that important for the club, for the players it can be important because good results give more moral, give more pleasure, give more confirmation.   I know that in Genk (Belgium) they want the players to do the things that  they have learned in training and that results.  Youth football is developing the skills of the player and put them to play in function of the system.   At Genk the elite players are evaluated 3 a 4 times per season and if they don't develop at the end of the season it's bye bye and another gets his chance.   Parents only get feedback at the moments that the players are evaluated, players that get tactical indications during the game from family are sent away or get punished.   

In Belgium in Youth football there is elite, inter-province, province and regional football.   If you watch a game of the elite  the fans - mostly family - are quiet or only encouraging the football players, if you go to watch a game that isn't elite then the fans are giving tactical guidelines but if you do that at elite level, the player can go.

A player at tactical level has to be ready at 16 - 17 years and most of them can play in more then 3 positions. Off course  that at the best position they will perform better.    If I read here that A squad players have to be "trabalhado by the coach" that is something you don't see there.

Most of the youth players are tactical ready at 16-17 years what they lack is fysical strength and body. But those players learn to play out of the battles, that is by good positionement, fast ball circulation and passing the ball into places where there is space.   

About CR7 Ferguson said he was a diamant that but when he arrived he needed to be polished. Wenger says that a player has to be ready tactically at the age of 16-17.  The head coach of PSG said for youth you only need half a pitch and a video recorder.  Sturaro came to watch Sporting games and study what football Sporting wanted to play.


And only CR7 is that good that he can say I don't do much when the other team has the ball but at Sporting there are a lot of players that don't work when the team hasn't the ball. In Belgium they call it "vuile meters" players don't like those but they are of a vital importance for the defensive stability of the club. 


If I would make a suggestion to Varandas, try to get Michel Ribeiro - a tecnical trainer at Kansas City - to the youth formation.  I know that when he was at Genk he was asked by Porto but he declined the offer. Some years ago he left  Genk and got a job in the youth formation of Kansas City. 








Encontro-me profundamente preocupado em relação ao estado da nossa academia. Mesmo neste fórum é frequente ver users a pedir que a academia seja destruída... ignorância. Outros pedem talentos brutos (Ronaldos como já cheguei a ouvir) sem saber a gestão danosa que os nossos espaços de formação estão a sofrer, principalmente quando a academia do Dubai ali ao lado está a bombar.
As mentalidades parece que se inverteram e o Sporting parece estar mais interessado em juntar títulos na formação e ao rendimento imediato, do que em dar os estímulos certos aos seus jogadores. Os jogadores do SLB jogam um escalão/divisão acima relativamente ás restantes equipas das respetivas gerações. Sim é lixado (Luis Nascimento, treinador dos lamps perdeu 2 títulos de iniciados assim) mas em escalões mais á frente depois rebentam connosco como foi o caso dos juniores A (nossa geração de 2000) que foi perder 5-2 com os juniores B do SLB... e alguns de 2002. Depois o pessoal fica todo feliz a adicionar os títulos aos quadros de honra da formação e a gabar-se dos títulos e queixa-se que os outros têm mais jogadores que nós (os campeões) nas seleções jovens!
E isso vai de encontro á parte 2: o nosso recrutamento mudou. Parece-me uma vez mais que olhamos mais para o físico e para o rendimento. Só a título de exemplo: fala-se que vamos contratar um Koné de 2001 (não me lembro do clube).  Um gajo super maturado. E depois?  E também na utilização de jogadores. Dou um exemplo: Bavikson Biai. Jogador dos nossos juniores. Muitos o conhecem como sendo o nosso 6 mas nunca na vida o miúdo é 6! Apenas têm vantagem em metê-lo lá porque ele rebenta com os outros.
E depois vem a parte 3. Os melhores jogadores ao perceberem que não têm os estímulos mais corretos e a ver a carruagem a passar (o Sr Bruno de Carvalho ainda tem de explicar porque acabou com a equipa B) acham que vão querer ficar? Claro que não e assim vamos continuar a perder os nossos melhores jogadores. O Sporting continua a pensar que por ter o nome e a história que tem os miúdos vão querer lá ficar, ficando parados no tempo nesta evolução do futebol de formação português. E digo mais, com o investimento que Braga, Guimarães e Belenenses fizeram nestes últimos tempos não me escandalizava que começassem a lutar taco a taco com Sporting e Porto... Mas o Porto é um caso à parte e uma discussão para outra altura.
O Sporting desde a geração do Bruma só tem metido água na formação, não percebendo a incompetência de quem lá está não dando aos nossos jogadores os melhores estímulo. Nós continuamos a ganhar títulos e os outros a formarem jogadores... Esperemos que com o Varandas esta situação se resvolva... de vez.

In youth football, results aren't that important for the club, for the players it can be important because good results give more moral, give more pleasure, give more confirmation.   I know that in Genk (Belgium) they want the players to do the things that  they have learned in training and that results.  Youth football is developing the skills of the player and put them to play in function of the system.   At Genk the elite players are evaluated 3 a 4 times per season and if they don't develop at the end of the season it's bye bye and another gets his chance.   Parents only get feedback at the moments that the players are evaluated, players that get tactical indications during the game from family are sent away or get punished.   

In Belgium in Youth football there is elite, inter-province, province and regional football.   If you watch a game of the elite  the fans - mostly family - are quiet or only encouraging the football players, if you go to watch a game that isn't elite then the fans are giving tactical guidelines but if you do that at elite level, the player can go.

A player at tactical level has to be ready at 16 - 17 years and most of them can play in more then 3 positions. Off course  that at the best position they will perform better.    If I read here that A squad players have to be "trabalhado by the coach" that is something you don't see there.

Most of the youth players are tactical ready at 16-17 years what they lack is fysical strength and body. But those players learn to play out of the battles, that is by good positionement, fast ball circulation and passing the ball into places where there is space.   

About CR7 Ferguson said he was a diamant that but when he arrived he needed to be polished. Wenger says that a player has to be ready tactically at the age of 16-17.  The head coach of PSG said for youth you only need half a pitch and a video recorder.  Sturaro came to watch Sporting games and study what football Sporting wanted to play.


And only CR7 is that good that he can say I don't do much when the other team has the ball but at Sporting there are a lot of players that don't work when the team hasn't the ball. In Belgium they call it "vuile meters" players don't like those but they are of a vital importance for the defensive stability of the club. 


If I would make a suggestion to Varandas, try to get Michel Ribeiro - a tecnical trainer at Kansas City - to the youth formation.  I know that when he was at Genk he was asked by Porto but he declined the offer. Some years ago he left  Genk and got a job in the youth formation of Kansas City.

Não concordo com a primeira frase. Isso é como dizer a um pai que não faz mal que o filho dele chumbe na escola todos os anos, porque o importante é participar.

Mas é curioso como primeiro dizes que os resultados não importam e depois dás o exemplo do Genk onde os miúdos levam um chuto no rabo caso não mostrem resultados ao fim de 1 ano.  8)
Os putos da Academia deveria ser obrigados a ver esta entrevista, e já agora os séniores tb.
Sempre aprendiam mais qualquer coisa.


apartir dos 48 mins basta.

O nosso problema não é o formar do Benjamim ao Juvenil. O problema é do Juvenil do segundo ano para o Sénior. O problema do Sporting nos ultimos anos tem vindo a ser esse mesmo. Quando users deste forum dizem que a nossa formação é pior que a do Benfica é errado. O que é e isto é um facto preocupante é ser menos aproveitada. Eles tiram um rendimento muito maior do junior do que nós por exemplo ao colocá-lo em situações de jogar com homens de 10 e 15 anos mais velhos que eles, bem como apostar no momento certo para a equipa titular. Nós vendemos os nossos maiores talentos por truta e meia porque eles próprios sabem que secalhar não vao ser aposta na equipa principal porque não vao ter a oportunidade... Se tivessem com 18 anos preferiam poder jogar numa liga de Honra ou num campeonato de sub 23 por exemplo..? Fica a questao
 :clap: :clap: :clap:

Há sportinguistas que deviam ser protegidos deles próprios. Se o Bruno é mercenário e luta como luta, quero uma equipa de mercenários como ele. Quero lá saber se vêm jogadores do Mendes, quero é ser campeão!! Os campeões vendem mais caro compram mais barato e atraiem os melhores jogadores. Chama-se ripple effect.
O amor à camisola vem em grande partes das conquistas e o respeito dos jovens da formação vem da mística criada por essas vitórias. Os jogadores são seres humanos, gostam mais do que lhes dá mais retorno. Vivem a competir, querem ganhar troféus (e dinheiro claro). Se estão sempre a levar no c* é f***.
Já eu, quero no Sporting, os melhores. Caguei se eles são mercenários, caguei se eles fingem que amam aquela camisola. Infelizmente, não dá para saber quem fala a verdade ou não.

Apenas quero que, enquanto enverguem a camisola, apresentem: Raça, luta, crer, querer, ambição, competência. Este gajo apresenta isso tudo. Portanto, tudo o resto passa-me ao lado.

Prefiro ser campeão com 11 mercenários (E SIM, SER CAMPEÃO), que ter 11 jogadores de amor à camisola e ficar em 4o ou 5o.

Há pessoal que continua a viver no século passado, quando tinham Peyroteo e o resto dos Violinos que jogavam com amor à camisola.

Esqueçam, a maioria dos jogadores que passaram pelo Sporting desde 1990 para cá, não têm amor algum à camisola, têm amor ao dinheiro. Assim como na maioria dos clubes.

Nem em terceiro ficas, pq é que estas a falar em ser campeao? A verdade é que nas duas epocas c o teu jogador fetiche nao fazes melhor do que um 3° lugar, ele so parece que joga muito pq os outros sao mediocres ou subutilizados como acontecia c o Vukcevicna sua primeira epoca vai la ver como ele acabou
So rir c estes croquetes, aplaudir um jogador que é directamente responsavel pela situaçao em que o clube caiu

Enviado do meu Moto G (5) Plus através do Tapatalk


Croquetes para aqui.. Croquetes para ali.. Tens toda a razão, o sporting tava uma maravilha e recomendava-se. E todos os sportinguistas que não tenham a opinião dos fiéis seguidores ou são croquetes ou estúpidos. E é isto, adeptos que acham que são mais adeptos e que todos os outros valem bola. Uma coisa conseguiu o Bruno, dividir este clube como nunca antes tinha visto. Está de parabéns.

Enquanto o BdC la esteve mais não fizeram voces para minar tudo, ate se aliaram aos rabolhos para correrem com ele, e agora vem dizer que ele é que dividiu o clube, que lata
A diferença entre nós é que eu felizmente penso pela minha cabeça. Nem sou croquete, nem brunista, nem varandista. Aliás, fui sempre votar e n foi em nenhum destes. Eu sou do Sporting, sempre fui. Mas n sou mercenário a soldo de alguém que acha que o Sporting é deles. Não bato em jogadores, assobio quando tenho que associar, bato palmas quando tenho que bater. Quero que o sporting volte ao que era, mas uma vez que trabalho há 20 anos e sei que o dinheiro n nasce no bolso, TENHO CONSCIÊNCIA, que não é por querer que seja grande, que não veja que não somos a potência em termos de futebol 11 que já fomos. Os resultados em termos de títulos falam por si. Factos - há que crescer de forma suportada e sustentável. Há que voltar a ter academia, uma vez que a anterior direção se esqueceu dela e quase não há um jogador que se aproveite. Se n tens dinheiro para grandes craques, temos que os ir apanhando na academia. Mas não, vamos endividar, comprar barretes com dinheiro que n temos, querer ganhar a liga dos campeões quando mal temos plantel pra um 3 lugar e se não conseguirmos, arraiamos nos jogadores.
Para quem diz q pensa pela própria cabeça... meu caro, se calhar era boa ideia então pensares melhor. Muito melhor.
Eu não digo, meu caro. Eu penso mesmo pela minha cabeça. Quanto ao melhor ou pior já será algo muito mais complexo. Eu não serei dono da razão, mas também não acho que sou dono da razão. Não ofendo, não meto todos os que não têm a minha opinião como sendo sportinguistas inferiores e culpados de tudo e mais alguma coisa. Não tenho o "estatuto de super moderador" de um fórum onde todos se ofendem há meses. Mas se és o dono da razão, e se o fórum respira saúde bem como a união dos sportinguistas, então parabéns pelo bom trabalho. E o facto de não falar tanto, prende-se pelo facto de ser muito difícil aqui ter uma discussão saudável, se as opiniões forem muito divergentes, ou principalmente, se forem diferentes do núcleo duro deste fórum.
No entanto n significa que não acompanhe ou leia atentamente. E concordo contigo, BF a capitão, nunca deveria ter acontecido. Que vai sair no fim da época? É mais que óbvio, e sim, será a transferência mais rentável (ou não, porque em comissões nem quero imaginar o que vai sair) e aos poucos vai-se arrumando a casa. Volte o matheus, o Domingos Duarte e o dala. E começar a libertar o entulho que tem chegado época após época. Mas mais importante que isso, que se comecem a acabar as guerras de m**** entre sportinguistas. E aqui, moderadores, super moderadores ou super hiper mega seja o que for, fazem parte dessa solução, e muitas vezes fazem o Oposto.

Não digo que não pensas pela tua cabeça. O que estou a dizer é que tens que pensar muito melhor.

Até porque e pelo que li do que escreveste, apenas debitas soundbites estafados que se pululam que nem coelhos por todo o lado.

"A formação em cacos".
"Não sou do Sporting que bate em jogadores"
"Endividamento".

Para quem tem pensameno próprio, gostaria de ver algo de novo. Ou, pelo menos, algo mais concreto.  Alguém que me diga, por exemplo,  os valores do activo, do passivo, fale da sua evolução e sustente esses soundbites financeiros.

Mas não. Soundbites, everywhere.
A formação em cacos, porque não reconheço qualidade para o plantel principal de momento em jogadores dos sub 23. Salvo uma ou outra excepção, como o Daniel Bragança ou quiçá o T. Correia e o Tiago Ferreira, sendo este ainda muito novo. Mas em relação a anos anteriores, a escassez, está à vista. Até poderás ter mais nomes que gostas, eu falo apenas baseado na minha opinião pessoal. Quanto a valores específicos de passivos e afins, tens razão, não os sei ao certo. Mas haverá razões para a aflição de baixar a folha salarial e para os soundbites nesse sentido. Mas n passam disso, soundbites. Poderás saber/acreditar mais que eu nesse sentido, e até estarem as contas boas e que se recomendam, nesse caso, será uma boa surpresa pra mim, espero bem que seja o caso.
Um aparte, lion73, caso te tenhas sentido ofendido, n era a ti que me estava a referir diretamente, até porque concordo em grd parte da tua visão que tens aqui exposto. Caso seja o caso, as minhas desculpas.

A formação não está em cacos. Com o devido respeito, é uma ideia que serve um propósito negro.

Vamos lá a nomes e números. Thierry Correia, Bragança, Leão, Podence, Djaló, Matheus Pereira, Iuri Medeiros, Demiral, Domingos Duarte.

Aproveitando a tua sugestão do Thierry Correia, juntei 8 jogadores da nossa formação com qualidade para integrar o plantel. Uns foram emprestados e outros saíram. As opções na formação do plantel principal não deveriam tolher a ideia sobre o trabalho que se faz na formação, que tem feito o seu papel. Se é aproveitado ou não, são outras contas.

Juntando àqueles 9, que mencionei, deixa lá atirar outros nomes para a fogueira, que resultam da minha apreciação pessoal: Gonçalo Costa, Miguel Luís, Francisco Geraldes, Jovane (estes 3 que já fazem parte do plantel), Abdou Conté, Bruno Paz, Diogo Brás, Bernardo Sousa, Elves Baldé...

Foram meros 17 jogadores, produto da formação, que mencionei. Uns com potencial para integrar imediatamente este plantel, outros com potencial para o integrar, num futuro próximo, e outros que se foram embora.

É a formação que está a falhar?
"Players lose you games, not tactics. There's so much crap talked about tactics by people who barely know how to win at dominoes." - Brian Clough

"He is a perfect illustration of my constant theme about assembling a team of imperfect players who compliment each other perfectly. Unless he is surrounded by team mates who recognise his strenghts and cover for his weaknesses, his special goal scoring ability will go largely untapped. He needs to to be in the right place at the right time!" - Bob Paisley on John Wark
 :clap: :clap: :clap:

Há sportinguistas que deviam ser protegidos deles próprios. Se o Bruno é mercenário e luta como luta, quero uma equipa de mercenários como ele. Quero lá saber se vêm jogadores do Mendes, quero é ser campeão!! Os campeões vendem mais caro compram mais barato e atraiem os melhores jogadores. Chama-se ripple effect.
O amor à camisola vem em grande partes das conquistas e o respeito dos jovens da formação vem da mística criada por essas vitórias. Os jogadores são seres humanos, gostam mais do que lhes dá mais retorno. Vivem a competir, querem ganhar troféus (e dinheiro claro). Se estão sempre a levar no c* é f***.
Já eu, quero no Sporting, os melhores. Caguei se eles são mercenários, caguei se eles fingem que amam aquela camisola. Infelizmente, não dá para saber quem fala a verdade ou não.

Apenas quero que, enquanto enverguem a camisola, apresentem: Raça, luta, crer, querer, ambição, competência. Este gajo apresenta isso tudo. Portanto, tudo o resto passa-me ao lado.

Prefiro ser campeão com 11 mercenários (E SIM, SER CAMPEÃO), que ter 11 jogadores de amor à camisola e ficar em 4o ou 5o.

Há pessoal que continua a viver no século passado, quando tinham Peyroteo e o resto dos Violinos que jogavam com amor à camisola.

Esqueçam, a maioria dos jogadores que passaram pelo Sporting desde 1990 para cá, não têm amor algum à camisola, têm amor ao dinheiro. Assim como na maioria dos clubes.

Nem em terceiro ficas, pq é que estas a falar em ser campeao? A verdade é que nas duas epocas c o teu jogador fetiche nao fazes melhor do que um 3° lugar, ele so parece que joga muito pq os outros sao mediocres ou subutilizados como acontecia c o Vukcevicna sua primeira epoca vai la ver como ele acabou
So rir c estes croquetes, aplaudir um jogador que é directamente responsavel pela situaçao em que o clube caiu

Enviado do meu Moto G (5) Plus através do Tapatalk


Croquetes para aqui.. Croquetes para ali.. Tens toda a razão, o sporting tava uma maravilha e recomendava-se. E todos os sportinguistas que não tenham a opinião dos fiéis seguidores ou são croquetes ou estúpidos. E é isto, adeptos que acham que são mais adeptos e que todos os outros valem bola. Uma coisa conseguiu o Bruno, dividir este clube como nunca antes tinha visto. Está de parabéns.

Enquanto o BdC la esteve mais não fizeram voces para minar tudo, ate se aliaram aos rabolhos para correrem com ele, e agora vem dizer que ele é que dividiu o clube, que lata
A diferença entre nós é que eu felizmente penso pela minha cabeça. Nem sou croquete, nem brunista, nem varandista. Aliás, fui sempre votar e n foi em nenhum destes. Eu sou do Sporting, sempre fui. Mas n sou mercenário a soldo de alguém que acha que o Sporting é deles. Não bato em jogadores, assobio quando tenho que associar, bato palmas quando tenho que bater. Quero que o sporting volte ao que era, mas uma vez que trabalho há 20 anos e sei que o dinheiro n nasce no bolso, TENHO CONSCIÊNCIA, que não é por querer que seja grande, que não veja que não somos a potência em termos de futebol 11 que já fomos. Os resultados em termos de títulos falam por si. Factos - há que crescer de forma suportada e sustentável. Há que voltar a ter academia, uma vez que a anterior direção se esqueceu dela e quase não há um jogador que se aproveite. Se n tens dinheiro para grandes craques, temos que os ir apanhando na academia. Mas não, vamos endividar, comprar barretes com dinheiro que n temos, querer ganhar a liga dos campeões quando mal temos plantel pra um 3 lugar e se não conseguirmos, arraiamos nos jogadores.
Para quem diz q pensa pela própria cabeça... meu caro, se calhar era boa ideia então pensares melhor. Muito melhor.
Eu não digo, meu caro. Eu penso mesmo pela minha cabeça. Quanto ao melhor ou pior já será algo muito mais complexo. Eu não serei dono da razão, mas também não acho que sou dono da razão. Não ofendo, não meto todos os que não têm a minha opinião como sendo sportinguistas inferiores e culpados de tudo e mais alguma coisa. Não tenho o "estatuto de super moderador" de um fórum onde todos se ofendem há meses. Mas se és o dono da razão, e se o fórum respira saúde bem como a união dos sportinguistas, então parabéns pelo bom trabalho. E o facto de não falar tanto, prende-se pelo facto de ser muito difícil aqui ter uma discussão saudável, se as opiniões forem muito divergentes, ou principalmente, se forem diferentes do núcleo duro deste fórum.
No entanto n significa que não acompanhe ou leia atentamente. E concordo contigo, BF a capitão, nunca deveria ter acontecido. Que vai sair no fim da época? É mais que óbvio, e sim, será a transferência mais rentável (ou não, porque em comissões nem quero imaginar o que vai sair) e aos poucos vai-se arrumando a casa. Volte o matheus, o Domingos Duarte e o dala. E começar a libertar o entulho que tem chegado época após época. Mas mais importante que isso, que se comecem a acabar as guerras de m**** entre sportinguistas. E aqui, moderadores, super moderadores ou super hiper mega seja o que for, fazem parte dessa solução, e muitas vezes fazem o Oposto.

Não digo que não pensas pela tua cabeça. O que estou a dizer é que tens que pensar muito melhor.

Até porque e pelo que li do que escreveste, apenas debitas soundbites estafados que se pululam que nem coelhos por todo o lado.

"A formação em cacos".
"Não sou do Sporting que bate em jogadores"
"Endividamento".

Para quem tem pensameno próprio, gostaria de ver algo de novo. Ou, pelo menos, algo mais concreto.  Alguém que me diga, por exemplo,  os valores do activo, do passivo, fale da sua evolução e sustente esses soundbites financeiros.

Mas não. Soundbites, everywhere.
A formação em cacos, porque não reconheço qualidade para o plantel principal de momento em jogadores dos sub 23. Salvo uma ou outra excepção, como o Daniel Bragança ou quiçá o T. Correia e o Tiago Ferreira, sendo este ainda muito novo. Mas em relação a anos anteriores, a escassez, está à vista. Até poderás ter mais nomes que gostas, eu falo apenas baseado na minha opinião pessoal. Quanto a valores específicos de passivos e afins, tens razão, não os sei ao certo. Mas haverá razões para a aflição de baixar a folha salarial e para os soundbites nesse sentido. Mas n passam disso, soundbites. Poderás saber/acreditar mais que eu nesse sentido, e até estarem as contas boas e que se recomendam, nesse caso, será uma boa surpresa pra mim, espero bem que seja o caso.
Um aparte, lion73, caso te tenhas sentido ofendido, n era a ti que me estava a referir diretamente, até porque concordo em grd parte da tua visão que tens aqui exposto. Caso seja o caso, as minhas desculpas.

A formação não está em cacos. Com o devido respeito, é uma ideia que serve um propósito negro.

Vamos lá a nomes e números. Thierry Correia, Bragança, Leão, Podence, Djaló, Matheus Pereira, Iuri Medeiros, Demiral, Domingos Duarte.

Aproveitando a tua sugestão do Thierry Correia, juntei 8 jogadores da nossa formação com qualidade para integrar o plantel. Uns foram emprestados e outros saíram. As opções na formação do plantel principal não deveriam tolher a ideia sobre o trabalho que se faz na formação, que tem feito o seu papel. Se é aproveitado ou não, são outras contas.

Juntando àqueles 9, que mencionei, deixa lá atirar outros nomes para a fogueira, que resultam da minha apreciação pessoal: Gonçalo Costa, Miguel Luís, Francisco Geraldes, Jovane (estes 3 que já fazem parte do plantel), Abdou Conté, Bruno Paz, Diogo Brás, Bernardo Sousa, Elves Baldé...

Foram meros 17 jogadores, produto da formação, que mencionei. Uns com potencial para integrar imediatamente este plantel, outros com potencial para o integrar, num futuro próximo, e outros que se foram embora.

É a formação que está a falhar?

Não é bem o tópico para esta discussão mas eu acho que a formação está estagnada e em processo de retrocesso. A formação não está a acompanhar a viragem do que se pretende como jogador tipo para o actual futebol. No passado éramos a bandeira da formação em Portugal. Todos os jovens queriam pertencer a essa formação. Viamos os rivais a comprar jovens talentos estrangeiros e a ignorar a formação. Nós pelo contrário, apostávamos em equipas mais portuguesas e com muitos jovens. Hoje vimos precisamente o contrário. Os rivais a apostarem cada vez mais no produto feito em casa e nós a não ter espaço para o nosso produto na equipa recheada de estrangeiros. É certo que isso é produto de um trabalho de casa muito mais conseguido dos rivais. Apostas em tipos de jogadores não para ganhar nas camadas jovens mas sim na preparação dos atletas para um contexto de 1ª equipa. Todos nós gostam,os de ver a técnica do Messi mas hoje o futebol é muito mais físico do que técnico. O meu filho joga muitas vezes contra as equipas do Sporting e Benfica nos escalões de formação. Temos um Sporting muito técnico e um Benfica de cavalos. Dou dois exemplos Geraldes VS Gedson. Ambos jovens, ambos em clubes de topo em Portugal, e ambos com qualidade. Quem é que é aposta no seu clube? Quem é que apresenta mais argumentos para ser aposta? A formaçãom do Sporting parou no tempo e tem de se reinventar. É claro que a falta de espaço no plantel principal e a falta de aposta é uma das razões principais mas o ADN de jogador made by Alcochete tem de ser repensado.