Fernando Mendes (1937-2016)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Fernando Mendes, de 78 anos, faleceu esta quinta-feira no Hospital Pulido Valente, vítima de doença prolongada.

O antigo jogador e treinador do Sporting, natural de Seia, não resistiu à doença e faleceu esta tarde.

Fernando Mendes fez uma longa carreira ao serviço do Sporting, primeiro como jogador, embora tenha representado também o Atlético, e depois como treinador.

Depois de ter vencido a Taça das Taças com a braçadeira de capitão, o antigo internacional português liderou s leões em três ocasiões, a última das quais na época de 2000/2001.


http://www.ojogo.pt/Futebol/1a_liga/Sporting/interior.aspx?content_id=5103222




Até sempre Capitão.   :venia:
Paz à sua alma.

Hoje a família Sportinguista perde um verdadeiro Leão.
"Good judgment comes from experience, and experience comes from bad judgment." - Barry LePatner
Um verdadeiro LEÃO!!

Obrigado por tudo, lembro-me de lhe ter pedido um autógrafo quando o Sporting veio jogar a Olhão em 94 ou 95 para a Taça quando ganhámos com um golo de Sá Pinto aos 90 minutos.

Que descanse em paz.
Hoje como sempre, tenho o FórumSCP na mente e o Sporting Clube de Portugal no coração!
Um passado que regressa com a forma de futuro.


Espero que se encontre num local melhor.
Os meus pêsames à família enlutada e a todos nós Sportinguistas.
Um GRANDE Leão!

O Sporting está de luto devido à morte de uma das maiores figuras da sua história.

Que descanse em paz!
 :-\

Que descanse em paz.
O Sporting perdeu um bravo leão serrano.. :( ele era de seia, e era o orgulho aqui do concelho.. Meu pai falava me bastante dele, era excelente pessoa.. Em seia o sr custódio do " farol" , um dos fundadores do nucleo, quando por la passo, volta e meia falavamos dele e de outras boas recordações do Sporting, tem um espólio no estabelecimento, enche uma pessoa de orgulho so de ver!!

Os meus sentimentos a família!! Descansa em paz fernando!! :'(
Foi o treinador do primeiro título de que tenho memória, não só por isso mas por tudo o que representou para o nosso clube deixa-nos mais pobres, era uma das grandes referências daquilo que é o Sporting.
Paz à sua alma  :venia:
Um dos míticos partiu. Zero ídolos cada vez mais.

Obrigado Capitão.
Uma pena não ter sido incluído nesta secção ainda em vida. Se o capitão da equipa vencedora da Taça das Taças não é motivo de orgulho, então quem será...?

Pormenor interessante que vi agora: apesar da famosa lesão que o impediu de ir ao Mundial de 1966 e que praticamente o afastou dos relvados, o seleccionador fez questão de o integrar na comitiva que se deslocou a inglaterra para esse mítico torneio. Só isto mostra bem o estatuto e a importância do nosso capitão dentro e fora dos relvados.

Para além da vitória na Taça das Taças, Fernando Mendes foi campeão enquanto jogador (duas vezes) e enquanto treinador (uma). Mais recentemente, tenho a agradecer-lhe o facto de ter segurado o barco da equipa sénior no período conturbado da ressaca do título de 2000.

Até sempre, capitão!
«What's with these new bands? Everyone knows Rock attained perfection in 1974, it's a scientific fact!»

Sem ajudas de regimes nem cafés com leite... SPORTING, A MAIOR POTÊNCIA DESPORTIVA NACIONAL
São sempre os bons que partem.

O acervo vivo do Sporting ficou mais pobre.

RIP Grande Capitão.
Uma grande perda.

Um beijinho de solidariedade às duas filhas do FM e com quem fui muitas vezes a Alvalade.

 :venia:
#SPORTINGsempre
#OSportingÉoNossoGrandeAmor
Em Alvalade todos de verde!



Momento de Glória...  :venia:
Citar
"O capitão fez isto, o nosso Cacholas disse aquilo, o Fernando Mendes, o Fernando Mendes, o Fernando Mendes" - na viagem que fizemos a Antuérpia em Maio de 2014, quando celebrámos os 50 anos da conquista da Taça dos Vencedores das Taças, ele não esteve presente mas foi uma das figuras mais faladas por toda a capacidade de liderança e qualidade enquanto jogador e treinador.
Partiu hoje aquele que foi o líder em campo da primeira equipa que conquistou um título europeu para o Sporting Clube de Portugal e que, mais tarde, seguiu as pisadas de Juca e Mário Lino como um dos heróis que foram campeões nacionais enquanto jogadores e treinadores.
Era um homem bom que se distinguia por ser bom condutor de homens. É ainda hoje uma das figuras mais emblemáticas dos tempos áureos do nosso futebol após os Cinco Violinos. Será, sempre, um exemplo para todos aqueles que entram no Clube ainda na formação, sentem o Sporting como uma segunda casa e vivem as nossas alegrias sabendo que contribuíram para nos colocarem no patamar de maior potência desportiva nacional.
Até sempre Fernando Mendes porque, como todos falámos em Antuérpia, os diamantes são eternos.
No dia em que se inaugurou a Cidade do Futebol, foi o Mundo do Futebol que ficou mais pobre.