Manuel Fernandes - Diretor do Departamento de Scouting

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.



Bruno de Carvalho oficializou esta noite os regressos de Manuel Fernandes e Octávio Machado ao Sporting.

«Neste novo tempo que se inicia, é também tempo de regressos. Já hoje assinalámos com entusiasmo, no nosso estádio, o regresso a casa de Jorge Jesus, o nosso treinador. É com alegria que anuncio que Manuel Fernandes e Octávio Machado estão de volta a casa, para colaborarem com a estrutura do futebol profissional», afirmou o presidente leonino, no discurso que encerrou a 2.ª Gala Honoris Sporting, no Coliseu dos Recreios.


Manuel Fernandes nasceu, em Sarilhos Pequenos, a 5 de Junho de 1951


Começou a jogar futebol como amador, aos 16 anos, no clube da sua terra natal, o 1º de Maio Futebol Clube Sarilhense. Duas épocas depois convidaram-no para ir jogar (e trabalhar) para a CUF, convite esse que aceitou. Passou um ano a marcar golos na equipa de reservas. Na época seguinte, com a substituição de treinador, a equipa da CUF tornou-se a equipa revelação do Campeonato Nacional, classificando-se em quarto lugar: com um golo de Manuel Fernandes, que derrotou o FC Porto, a CUF garantiu uma participação histórica na Taça UEFA.

Surgiram, de imediato, propostas de Alvalade, Antas e do Restelo. Aceitou o convite que lhe foi feito pelos leões, pois lembrou-se da premonição da mãe (que falecera quando ele tinha 11 anos), e que lhe disse que um dia haveria de jogar no Sporting, o clube de toda a família. Quando era pequeno e a mãe o mandava para a cama, Manuel Fernandes escondia o rádio para ouvir os relatos dos jogos europeus do Sporting, às quartas-feiras à noite. Era assim, a concretização de um sonho de menino.

Chegou a Alvalade em 1975 (ano da despedida de Yazalde) e apesar de ser um extremo-direito bem relacionado com o golo, todas as atenções se concentraram nele como substituto do argentino. A expectativa parecia exagerada mas Manuel Fernandes não só a cumpriu como a superou: dimensionou o seu futebol com números de grande ponta-de-lança (marcou 26 golos na época de estreia) e tornou-se um dos maiores símbolos da história verde-e-branca.

Como jogador, Manuel Fernandes era rápido, forte, corajoso nos últimos 15 metros e bastante letal na desmarcação. Tinha uma inteligência própria dos homens de área, capaz de antecipar em centésimos de segundo a trajectória da bola e toda a movimentação periférica dos adversários. Um predestinado, portanto!

Manuel Fernandes gosta de recordar dois momentos da sua carreira no Sporting: o facto de ter apontado um golo na vitória sobre a União de Leiria que deu o título na época de 1979/1980 e ter marcado quatro golos na célebre goleada 7-1 sobre o eterno rival Benfica, realizado a 14 de Dezembro de 1986. "Marquei quatro golos, uma sensação inesquecível, mas estou convencido que se o jogo durasse mais algum tempo... mas, mais do que qualquer golo ou qualquer jogo, o maior momento de glória da minha vida foi aquele em que vesti, pela primeira vez, a camisola do Sporting".

Somou 31 internacionalizações (7 golos) pela Selecção Nacional, apesar de ter ficado de fora dos convocados para o Campeonato do Mundo de 1986, disputado no México, mesmo sendo o melhor marcador do Campeonato Nacional com 30 golos.

No final da época de 1986-1987, com 36 anos, o avançado ainda não se mentalizara para encerrar a carreira, enquanto o treinador inglês Keith Burkinshaw considerava que já não estava em condições de lhe dar sempre a titularidade, o que fez com que aceitasse o convite e influência do velho amigo e colega (dos tempos da CUF) Fernando Oliveira, que então presidia ao Vitória de Setúbal, ingressando no clube sadino.

Em Setúbal jogou ainda mais dois anos, mas no final da época 1987-1988 iniciou a carreira de treinador, com a sorte rara de começar pela 1ª Divisão, num clube com o prestígio do Vitória de Setúbal. Treinou depois o Estrela da Amadora, Ovarense, Campomaiorense, Santa Clara e o 'seu' Sporting, pelo qual conquistou a Supertaça 'Cândido de Oliveira' em 2001, ao vencer o FC Porto por 1-0.

Em 12 anos, Manuel Fernandes envergou por 570 vezes a camisola do Sporting, muitas delas como capitão. Dos 433 jogos oficiais que disputou, 326 foram para o Campeonato Nacional, facto que lhe confere ser o 3º jogador da história leonina com mais jogos disputados nesta prova, logo a seguir aos também históricos Damas e Hilário. Adicionalmente, é o 3º melhor marcador de sempre nesta prova, logo a seguir a Peyroteo e Vasques. Marcou de leão ao peito 342 golos, pelo que é hoje ainda o segundo maior goleador de sempre do Sporting, logo atrás do inatingível Fernando Peyroteo. Depois dele (e de Vítor Damas), o clube de Alvalade não conseguiu criar um símbolo tão marcante e forte no coração de todos os Sportinguistas.

Curriculum:
   Nome: Manuel José Tavares Fernandes
   Local de Nascimento: Sarilhos Pequenos
   Data de Nascimento: 5 de Junho de 1951
   Início de Carreira no Sporting: 1975
   Internacionalizações: 31

   Títulos conquistados ao serviço do Sporting:
           2 Campeonatos Nacionais
           2 Taças de Portugal
           1 Supertaça 'Cândido de Oliveira'
« Última modificação: Julho 02, 2015, 04:48 am por Moutinho-Kun »
Bem vindo de novo a casa "Leão", que seja uma mais valia na Formação.
      SPORTING mais que um clube uma Paixão!        «O SPORTING SOMOS NÓS»
Como jogador é uma bandeira do clube mas era a ultima pessoa q queria de regresso ao clube!!!

regresso demasiado precipitado. iria voltar, isso parece-me óbvio, mas foi muito cedo, depois da forma (e razão) como saiu.

se se confirmar o cargo no scouting... ridículo! o scouting de hoje não é certamente um departamento onde se deva encaixar (à força) o Manel Fernandes. nada a ver...

má notícia. siga.
we do not pass to move the ball, we pass to move the opposition. Pep Guardiola
Hoje acordei e tive de ir olhar para 4 calendarios.
Estranho que todos dizem 2/7/15.
Is this real life?
Citação de: Presidente
A questão para mim nunca foi essa.
Citação de: Presidente
Pode ser difícil de acreditar mas o mundo não gira em volta de BdC.
Muito contente com o regresso do Manél. Esta é a tua casa por isso, sê bem-vindo de volta.
O regresso ao "tacho". Depois de Octávio ainda Manuel fernandes, alguém que fez parte da lista de godinho, alguém que não só fez parte, como ajudou activamente a perpetuar o mesmo na presidência. Sim Manuel, não me esqueço, não me esqueço do que fizeste, nem das tuas palavras sobre " fantástico trabalho de godinho " enquanto lá andavas a receber uma enormidade de dinheiro para entregares um papelinho ao quarto árbitro com as substituições ...

Se a vinda de Octávio e absolutamente ridícula, então esta do Manuel e completamente surreal e a fazer lembrar tempos passados.

Ainda para mais as suas funções para onde não tem experiência alguma. Numa das áreas mais importantes para o futuro do clube.
Sporting Clube de Portugal
O regresso ao "tacho". Depois de Octávio ainda Manuel fernandes, alguém que fez parte da lista de godinho, alguém que não só fez parte, como ajudou activamente a perpetuar o mesmo na presidência. Sim Manuel, não me esqueço, não me esqueço do que fizeste, nem das tuas palavras sobre " fantástico trabalho de godinho " enquanto lá andavas a receber uma enormidade de dinheiro para entregares um papelinho ao quarto árbitro com as substituições ...

Se a vinda de Octávio e absolutamente ridícula, então esta do Manuel e completamente surreal e a fazer lembrar tempos passados.

Ainda para mais as suas funções para onde não tem experiência alguma. Numa das áreas mais importantes para o futuro do clube.

Isto cheira-me tanto, a tentar calar vozes, fora do Sporting.
Preocupa-me que se dê tanta importância a elas.
Preocupa-me que os "regressos" nao se fiquem por aqui.
Enfim...
Citação de: Presidente
A questão para mim nunca foi essa.
Citação de: Presidente
Pode ser difícil de acreditar mas o mundo não gira em volta de BdC.
Depois do passado recente isto cheira mal por todos os lados.
23 de Março 2013 - A batalha que definirá o desfecho da guerra.
Não me agrada. Que valências tem Manuel Fernandes para um cargo no scouting? Qual o objetivo?

A estrutura está a tornar-se um saco de gatos.
Mais um regresso incompreensível, não percebo a mais-valia deste regresso, depois da forma como saiu mas sobretudo não consigo perceber o que acrescenta o Manuel Fernandes a uma estrutura que se quer moderna, competente e que comunique com eficácia.

Seja como for, boa sorte Manel!
Hoje como sempre, tenho o FórumSCP na mente e o Sporting Clube de Portugal no coração!
Um sentimento agridoce. O Manel é mesmo um dos símbolos do clube e nunca pus em causa o seu amor ao Sporting. O Manuel Fernandes, esse que ganhava milhares e milhares de euros por mês, associado à direcção anterior, mostrou ser alguém que punha outros interesses à frente do Sporting.

Não podemos esperar que todos estejam de acordo com este regresso. No entanto, Bruno de Carvalho foi o próprio a dizer que, gostando mais da direita ou da esquerda, o importante é estarmos unidos.

Eu dou o benefício da dúvida.
"O Mundo sabe que, pelo teu amor, eu sou doente..."
Mais um regresso incompreensível, não percebo a mais-valia deste regresso, depois da forma como saiu mas sobretudo não consigo perceber o que acrescenta o Manuel Fernandes a uma estrutura que se quer moderna, competente e que comunique com eficácia.

Seja como for, boa sorte Manel!

Faço minhas as tuas palavras. :great: :arrow:
Bem vindo a casa Leâo  :beer:, um simbolo vivo do nosso clube faz sempre falta, nem que seja para ensinar os avançados da formaçâo a marcar golos.

SL
Sporting Clube de Portugal 💚🦁
Um sentimento agridoce. O Manel é mesmo um dos símbolos do clube e nunca pus em causa o seu amor ao Sporting. O Manuel Fernandes, esse que ganhava milhares e milhares de euros por mês, associado à direcção anterior, mostrou ser alguém que punha outros interesses à frente do Sporting.

Não podemos esperar que todos estejam de acordo com este regresso. No entanto, Bruno de Carvalho foi o próprio a dizer que, gostando mais da direita ou da esquerda, o importante é estarmos unidos.

Eu dou o benefício da dúvida.

 :arrow: :arrow:

Por enquanto vou confiar nas decisões.
Mais um regresso incompreensível, não percebo a mais-valia deste regresso, depois da forma como saiu mas sobretudo não consigo perceber o que acrescenta o Manuel Fernandes a uma estrutura que se quer moderna, competente e que comunique com eficácia.

Seja como for, boa sorte Manel!

É isto mesmo.

É... Nem tenho palavras.
Bem-vindo de volta manelão!

Que venha ajudar também a nossa formação e o Sporting a ser campeão.

Boa sorte, que será também a nossa.
Sócio 29 mil com quotas em dia, gamebox, missão pavilhão, e com mensagem para os croquetes: que la chupen y la sigan chupando!
Acho que a função de Director do Departamento de Scouting lhe assenta que nem uma luva. Se o Mourinho o diz, quem sou eu para duvidar?



Vejam a partir do minuto 4:19.
Entende-se "só" pelo que representa como simbolo do clube... numa tentativa de pacificação da família sportinguista.

Isto é, agora que se criou a verdadeira clivagem com a croquetagem, vejo o seu regresso como uma forma de trazer para dentro aqueles simbolos que, de outra forma, poderiam ser usados como armas de aremesso contra o (bom) caminho que o clube está a levar.

Vejo isto como uma jogada tática (e não estratégica) para pacificar durante este ano, face ao alvorço que o caso MS deixou na família sportinguista. Sera eficaz?? Se o fôr e contribuir para pacificar de vez todos em torno dos objetivos do clube, acho boa jogada, independentemente das funções propriamente ditas (acho que o Manel irá fazer aquilo que gosta, que é observar jogadores, mas julgo -espero!- que esteja rodeado de pessoal mais novo que compensem alguma desatualização dele inevitável). Obviamente teria preferido que regressasse num cargo menos executivo, tipo embaixador ou conselheiro ou algo do genero, mas enfim..

O problema é que, não estando garantido que este regresso aproxime alguns sportinguistas entretanto mais afastados (fruto do desgaste do processo MS+CS+JJ), o que sim já conseguiu foi deixar de pé atrás alguns dos muitos que apoiaram incondicionalmente as medidas até agora tomadas (entre as quais me incluo). A ver vamos.

Seguindo as palavras ontem, muitas vezes repetidas pelo Presidente, só existe um Sporting Clube de Portugal, vamos para a frente and may the force be with us

PS: ganda troika se montou JJ-OM-MF.... uma coisa é certa, pelo menos, a colagem a clube de viscondes e malta da linha.. já nos livramos dela de vez ;)
« Última modificação: Julho 02, 2015, 10:49 am por Italo »
"Playing football is very simple, but playing simple football is the hardest thing there is." - Johan Cruijff -
É um bom sportinguista, mas não lhe vejo nenhuma valia como profissional.