Octávio Machado - Diretor Desportivo

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Discordo frontalmente da vinda deste senhor para o clube e não auguro nada de bom no relacionamento deste com a mentalidade e cultura da restante direcção. Um treinador, quem quer que ele seja, não merece tantos sacrificios.

Prefiro não me alongar muito neste tópico e espero não ter de voltar a ele num futuro próximo.
Minoritariamente...pelo verdadeiro Sporting!

www.facebook.com/The-Hanging-Man-1733378720009340/
Fico preocupado, não tanto pela seriedade e até competência, mas pelo risco enorme de rapidamente criar conflitos e pela certeza em que se sair a mal se tornará uma fonte de maledicências.
Eles sabem o que estao a fazer Jesus assim pode concentrar apenas e so na parte desportiva e delegar os cenarios menos agradaveis ao Octavio que vai fazer o que sabe fazer melhor, meter os meninos na linha e servir de escudo do treinador.

Tem muitos anos de futebol e nao vai ser apanhado de surpresa das trafulhices a norte, para os truques do outro lado da segunda circular ja esta o Jesus.

Ele nao esta ca para saber do futebol jogado vai servir para o resto que e muito importante mas raramente aparece na praca publica.
Eles sabem o que estao a fazer Jesus assim pode concentrar apenas e so na parte desportiva e delegar os cenarios menos agradaveis ao Octavio que vai fazer o que sabe fazer melhor, meter os meninos na linha e servir de escudo do treinador.

Tem muitos anos de futebol e nao vai ser apanhado de surpresa das trafulhices a norte, para os truques do outro lado da segunda circular ja esta o Jesus.

Ele nao esta ca para saber do futebol jogado vai servir para o resto que e muito importante mas raramente aparece na praca publica.

Basicamente é isto  :arrow:
Total de utilizadores ignorados: 44
Não tive oportunidade de ver a gala ontem, mas desta não estava mesmo nada à espera...  :o :o :o
Primeira decisão deste direcção a qual sou frontalmente contra.


No entanto, vou confiar e esperar que corra tudo pelo melhor.  :great:
SPORTING CLUBE DE PORTUGAL - O NOSSO GRANDE AMOR!
Não percebi esta escolha e o seu regresso... não percebo o que possa vir acrescentar neste momento (só se for a questão da rigidez...), mas o tempo o dirá.

Para já, vejo-o como o aspecto menos positivo do trabalho desta Direcção. Mas como referi, para já... só após o seu trabalho poderei verdadeiramente opinar a sua mais-valia ou não.

Apesar de ser contra este regresso, que seja bem vindo e que o mesmo represente o regresso também do Sporting aos títulos de campeão!
Eles sabem o que estao a fazer Jesus assim pode concentrar apenas e so na parte desportiva e delegar os cenarios menos agradaveis ao Octavio que vai fazer o que sabe fazer melhor, meter os meninos na linha e servir de escudo do treinador.

Tem muitos anos de futebol e nao vai ser apanhado de surpresa das trafulhices a norte, para os truques do outro lado da segunda circular ja esta o Jesus.

Ele nao esta ca para saber do futebol jogado vai servir para o resto que e muito importante mas raramente aparece na praca publica.

Basicamente é isto  :arrow:

Basicamente, não propriamente.
Wishful thinking, sim.

Vocês acham que alguem tem respeito ao O.Machado? Alias 90% do plantel ainda nao tinha pelos nos tomates, quando ele era "conhecido".
Mas brincamos, ou quê?
Citação de: Presidente
A questão para mim nunca foi essa.
Citação de: Presidente
Pode ser difícil de acreditar mas o mundo não gira em volta de BdC.
Também não simpatizo com o Octávio Machado, mas tenho ideia que, se nós não gostamos dele os nossos rivais ainda gostam menos!

Uma das criticas mais comuns ao presidente era que estava a abrir frentes de batalha a mais, penso que é aí que vai entrar o OM …
Vai permitir ao presidente focar-se em algumas questões importantes (como por exemplo a guerra com a Doyen) e poderá deixar algumas das guerras internas para o Octávio.

De uma coisa tenho a certeza… com Bruno Carvalho, Inácio, Jesus e Octávio … temos uma estrutura que vai defender os interesses do Sporting em todas as circunstancias e todas as frentes de batalha.
"Never try to teach a pig to sing. It is a waste of your time, and it annoys the pig."
Já agora, quem o quiser encontrar é só ir ao restaurante o pescador (a caminho do Poceirão).
:)

Juntamente com o Toy e com a filha da Ermelinda Freitas! :mrgreen:
Discordo frontalmente da vinda deste senhor para o clube e não auguro nada de bom no relacionamento deste com a mentalidade e cultura da restante direcção. Um treinador, quem quer que ele seja, não merece tantos sacrificios.

Prefiro não me alongar muito neste tópico e espero não ter de voltar a ele num futuro próximo.

Exactamente o que eu penso. Muito preocupado com o regresso deste senhor.
23 de Março 2013 - A batalha que definirá o desfecho da guerra.
Será que virá fazer algo do género do que o falecido Manolo Vidal fazia? Julgo que faz falta alguém assim
"a minha cabeça já não me doi , mas a dele (Bébé) deve estar a doer e não é pela cabeçada!" by Divanei

"O Eng.º GL que é um homem pelo que já percebi muito bem informado menos no meu nome" - BdC
Pessoalmente não era pessoa que quisesse ver na estrutura Sportinguista. No entanto, reconheço que é uma "raposa velha" do Futebol Português!
Além do mais, a nível de imprensa é uma figura muito respeitada o que poderá ser um bom aliado para o Sporting, visto que embora nunca se possa esperar nada de positivo da CS, é importante garantir que nada de negativo sai cá para fora!
A acrescentar a isto, conhece muitas manhas e manias do Futebol Português e todos sabemos que isto pode ajudar e muito!
Já agora, quem o quiser encontrar é só ir ao restaurante o pescador (a caminho do Poceirão).
:)

Juntamente com o Toy e com a filha da Ermelinda Freitas! :mrgreen:
Correcto. :)
Aliás, segundo línguas, o toy tem sempre mesa reservada.
Quer vá, quer não vá.
Belíssimo restaurante, à minha imagem... E com um moscatel caseiro. F.d.P. :)
Sempre Sporting!
Pessoalmente não era pessoa que quisesse ver na estrutura Sportinguista. No entanto, reconheço que é uma "raposa velha" do Futebol Português!

Mas Augusto Inácio não era também uma "raposa velha" do futebol português?
Citar
http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Sporting/interior.aspx?content_id=945623

Octávio Machado: «Ou é intectualmente pouco sério ou Marco Silva não continuará»
OCTÁVIO MACHADO CRITICA BRUNO DE CARVALHO


Octávio Machado criticou, esta quinta-feira, Bruno de Carvalho e forma como a preparação da nova temporada tem sido feita, nomeadamente porque permanecem as dúvidas em torno da continuidade de Marco Silva.

"Tem tanto tempo para tantos eventos e não tem tempo para aquilo que deveria ser essencial, que é começar a trabalhar a época que vem com quem tem contrato de quatro anos. Ou é intelectualmente pouco sérioou a continuidade de Marco Silva não vai ser uma realidade", afirmou à margem do Estoril Open, a propósito da reunião que ainda não aconteceu entre  Bruno de Carvalho e o treinador leonino.

Octávio Machado lembrou que Marco Silva é muito apreciado pelos adeptos,

"Quando alguém trabalha com a postura e honestidade em prol de um clube, neste caso o Sporting, como é o caso, não pode ser tratado desta maneira. É triste e desagradável.  A massa associativa do Sporting já falou mais alto. Se o Marco Silva se mantém no Sporting, é porque disse que queria o treinador", frisou.

Fica para a posteridade...
Citação de: Presidente
A questão para mim nunca foi essa.
Citação de: Presidente
Pode ser difícil de acreditar mas o mundo não gira em volta de BdC.
Muito a custo, irei dar o beneficio da dúvida a esta entrada ( e à de Manuel Fernandes ) e unicamente pela confiança que tenho no presidente. Más opções só o são, de facto, após trabalho (des)feito e a (in)utilidade demonstrada.

Partindo do principio que Octávio será no Sporting o que Manolo Vidal foi um dia e não terá responsabilidades de cariz estratégico e portanto o seu papel deverá ser relativizado, não me esqueço o regabofe mediático que foi a sua saída do Sporting há 20 anos e a forma como despiu o clube em praça pública, fora aquilo que se já se sabe que é. Sabe muito, fala muito, tem muita coragem, mas diz nada de concreto e mete o rabinho entre as pernas quando a coisa fica feia.

Não confio no homem.

E espero que esta aposta não estoure nas mãos de BdC, como Marco Silva estourou.
Discordo frontalmente da vinda deste senhor para o clube e não auguro nada de bom no relacionamento deste com a mentalidade e cultura da restante direcção. Um treinador, quem quer que ele seja, não merece tantos sacrificios.

Prefiro não me alongar muito neste tópico e espero não ter de voltar a ele num futuro próximo.

Concordo, a personagem em causa nada tem a ver com a conduta e imagem da Direcção, especialmente do Presidente, não gosto nada do Octávio nem do que ele representa, é claramente um pedido do JJ e só por isso também prefiro não me alongar, mas o desconforto é muito grande.  :sick:
Hoje como sempre, tenho o FórumSCP na mente e o Sporting Clube de Portugal no coração!
Malta, apesar de algum desconforto, parece-me que só há um caminho. Acreditar que poderá ser útil, acreditar no trabalho da direcção e apoiá-los a todos, inclusive o Octávio. Só lá muito para a frente se verá se foi ou não uma boa opção.
Entrevista de Octávio Machado ao jornal Expresso em 2008

O maior erro da minha carreira foi sair do Sporting
http://expresso.sapo.pt/desporto/o-maior-erro-da-minha-carreira-foi-sair-do-sporting=f392894

Citar
Expresso – Voltemos ao seu livro, onde assume que o maior erro da sua carreira foi ter saído do Sporting. Sabendo-se dos muitos anos passados no FC Porto e da forte ligação que sempre teve com o clube, esta sua afirmação tem a ver com a forma como a sua relação com Pinto da Costa se degradou ou é apenas uma análise do ponto de vista desportivo?
Octávio Machado – No Sporting não acabei aquilo que tinha iniciado. Eu não estou muito vocacionado para as lutas internas, estou mais vocacionado para as lutas externas. Lutar com aqueles que fazem parte do meu grupo é algo muito difícil de acontecer. E que me custa muito. Por vezes, há posições que têm de ser tomadas e não há outra opção… O José Maria Pedroto disse-me uma vez que andar no futebol muitos anos acaba por nos tornar uns bichos insensíveis. E eu fiz muitas vezes períodos de retirada, de rejuvenescimento, de purificação se quiserem, para não perder a minha sensibilidade. Quando estive no Sporting, eu devia ter assumido claramente que tinha de ficar. Eu não estava em causa dentro do clube, mas tinha feito um grande trabalho ao Sporting se tivesse corrido muito mais cedo com Norton de Matos e companhia. Tinha poupado ao Sporting milhões de contos e o Sporting teria ficado muito mais perto de chegar ao título de campeão.

Expresso – Quer explicar melhor porquê?
Octávio Machado – Em termos de história do Sporting, o que aconteceu depois da minha saída? O desperdício que houve nos anos seguintes… Mas eles sabiam que eu era assim e conhecendo-me como me conhecem criaram as condições para que eu, como sempre fiz, para não querer incomodar ninguém, para não participar em lutas internas, abandonasse Alvalade. Daí eu dizer que foi um grande erro, porque deixei aqueles jogadores à mercê deles. Estou a lembrar-me de um Oceano, de um Pedro Barbosa, de um Pedro Martins, de um Luís Miguel, de um Marco Aurélio, de um Naybet, de um Amunike… Eu devia era ter tomado duas ou três decisões de grande impacto, de grande força, e tenho a certeza de que o Sporting não teria passado aquele momento. Assumo que esse foi o maior erro da minha carreira.

Expresso – Era indispensável, para si, ‘correr’ com o Norton de Matos?
Octávio Machado – Entrei no Sporting, um clube de risco para qualquer treinador, com um contrato de prestação de serviços. Ficaram todos muito admirados, mas era assim que eu queria. Sentir-me livre. Mas perante tanta irresponsabilidade deveria ter assumido claramente essa guerra e correr com eles. E tinha feito um grande serviço ao Sporting. Teria contribuído para que o Sporting não tivesse de esperar três anos para ser campeão nacional. Aquele grupo de jogadores que eu deixei era um grande grupo. Tinha duas ou três situações para gerir e era preciso correr com o Norton de Matos. E rapidamente. Aí não cumpri o meu papel para com o Sporting e peço desculpa por isso aos sportinguistas. Era impossível ao Sporting ou a qualquer clube ter êxito ou de estratégia futura com alguém com aquele pensamento e aquela forma de estar e de ser. O Sporting pagou uma factura elevadíssima e eu podia ter evitado tudo isso. Mas, insisto, nunca estive vocacionado para as lutas internas…
"Never try to teach a pig to sing. It is a waste of your time, and it annoys the pig."