O presidente que salta!

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

:great: Lion73!
Jugadors. Seguidors. Tots unis fem força. Són molts anys plens d'afanys. Són molts gols que hem cridat. I s'ha demostrat s'ha demostrat. Que mai ningú no ens podrà tòrcer.
Não sei se se importa , mas pretendo escrever baseado nisto que li um texto chamado o "bom trabalho" sendo que pretendo aprofundar ainda mais , após a apresentação de Jesus.

Claro, meu caro.
(...)O Sporting, em Junho de 2015 e após 2 anos de trabalho da actual direcção, apresenta sinais de evolução indiscutíveis, sejam quais forem os indicadores para onde se olhe.

Nas classificações do Campeonato Nacional:

2009/2010    4º
2010/2011    3º
2011/2012    4º
2012/2013    7º
2013/2014    2º
2014/2015    3º


No Aproveitamento pontual

74,5% ( média destes 2 anos ), que compara com:

A média dos últimos 5 anos prévios a esta direcção:

58,46%

Ou com a média dos últimos 10 anos, prévios a esta direcção:

63,1%

Nos resultados financeiros:

2008/2009 -13,3M
2009/2010  -28,2M
2010/2011 -43,9M
2011/2012 -45,9M
2012/2013 -43,8M
2013/2014 368 mil
2014/2015 22,1M ( primeiros 9 meses )

Nos seus activos ( direitos económicos dos seus atletas ):

http://www.forumscp.com/index.php?action=dlattach;topic=39530.0;attach=24343;image

Em 2012 e no plantel profissional apenas 6 jogadores cujos direitos económicos eram detidos pelo Sporting em mais de 50% . Os activos da SAD estavam literalmente nas mãos de terceiros.

http://web3.cmvm.pt/sdi/emitentes/docs/PCT55955.pdf

Em 2015, só em 2 jogadores detinha uma percentagem inferior a 50%.

____________________


No número de sócios e antes da actual remuneração, atingiu-se um crescimento de cerca de 30%, em apenas 2 anos.
Bateu-se o recorde de assistência média no novo estádio.

O passivo decresceu, os capitais próprios são positivos, o clube finalmente tem a sua televisão e vai ter o desejado pavilhão.

Após meia década sem Champions, em 2014/2015 o clube regressou à mais importante prova de clubes da Europa, para a próxima época estará na pré eliminatória, conquistou um título sete anos depois, consolidou a sua capacidade competitiva, encurtando o fosso para os rivais e afastando-se da classe média do futebol português, para onde estava perto de cair.
(...)

Isto é objectivo, isto é indiscutível, isto é indesmentível.

Por mais que os responsáveis pela criação de um passivo monstruoso que asfixiou o clube peçam o internamento do actual presidente.

Por mais que os responsáveis por prejuízos financeiros na ordem das dezenas de milhões levam as mãos à cabeça à frente das televisões pela suposta irresponsabilidade de Bruno de Carvalho.

Os irresponsáveis pela decadência desportiva do clube, pelo papel subalterno e secundário do grande Sporting no panorama do futebol nacional, têm batido esta semana recordes olímpicos de hipocrisia, de desfaçatez, de falta de vergonha.

Como referi anteriormente, quem ataca adversários internos e externos e a Comunicação Social, não pode esperar outra coisa que não contra ataques concertados, principalmente quando o Sporting demonstra força negocial, sagacidade, capacidade de antecipação e até músculo financeiro e numa jogada de mestre, dá um tiro certeiro no clube dos 6 milhões, embevecidos pelo bicampeonato e seguros de uma nova hegemonia do futebol português.

Este tiro de Bruno de Carvalho, mostra que o Sporting quer reocupar o seu lugar e que tem as armas ( competência, trabalho, empenho ) para se intrometer no domínio bicéfalo deste futebol e há quem não suporte essa evidência.

A glorificação dos "feitos" de Marco Silva, os elogios ao seu carácter e à sua "capacidade de defender o clube que lhe paga, pese as diatribes de um presidente louco que é apenas um obstáculo no desempenho de excelência do ex  treinador do clube" e o sentimento de consternação pelo seu despedimento quando a justa causa apresentada, num documento de 400 páginas, é um fato que não se vestiu em um pós jogo qualquer, é a maior intoxicação mediática que tenho memória.

Como referido ao longo destes meses, Marco Silva ( que provou ser extremamente inteligente na forma como lidou com os adeptos e a imprensa ), foi a arma de arremesso ideal para atacar Bruno de Carvalho.

O 3º lugar com o 3º melhor plantel e 3º maior orçamento, são vendidos como uma época brilhante do clube, a vitória na Taça como um feito histórico, competição que a 3 minutos do fim do final esteve perdida e foi salva por um verdadeiro milagre, troféu que nos últimos 4 anos, foi conquistada por um Guimarães e Académica desta vida ( com todo o respeito pelos clubes ).

Referi também que do ponto de vista puramente desportivo, havia condições para um técnico jovem continuar o trabalho desenvolvido, mas as evidências mostram que a saída de Marco Silva não é por razões desportivas, como já era previsível.

Sai um treinador que entrou em confronto com a sua entidade patronal ( culpas de ambas as partes, certamente ) e entra um treinador com estatuto e títulos.

Seria algo simples e natural, num mundo que não o de um Sporting que parece infectado pela parvoíce.

Os parvos que se vão belfodil.
« Última modificação: Junho 06, 2015, 12:47 pm por Lion73 »
Alguém confirma veracidade?
Jew me, sue me - everybody do me
Kick me, kike me - don´t you black or white me
Não há mais nenhuma referência ao assunto? Ou será que estou no tópico errado? Eles ainda não tiraram a publicação.
Jew me, sue me - everybody do me
Kick me, kike me - don´t you black or white me
Vocês são todos uns facciosos, que interessam esses números, quando o Marquinhos está a ser vítima de maus tratos?
O Marquinhos é que é o salvador, e não esse bruto...
 
Agora, passando para o lado de cá (da sanidade mental), e ainda quanto ao coitadinho do Marquinhos, ninguém mais do que nós gostaria de resolver as coisas doutra maneira. Mas, como por acaso até o disse Dias Ferreira, não houve tempo.
Temos muita pena do Marquinhos das falinhas mansas, detestamos agir como os outros, mas, dado o estado lastimoso em que os cRoquetteiros deixaram as finanças do clube e da SAD, alguém saiu a perder (por enquanto, tenham lá calma Marco-lovers) no meio disto tudo.
Voltando aos números, este é o caminho a seguir. Só espero que o sonho de ganhar o campeonato não o
comprometa.
«Opiniões divergentes não significam ataques pessoais»
Não sei se se importa , mas pretendo escrever baseado nisto que li um texto chamado o "bom trabalho" sendo que pretendo aprofundar ainda mais , após a apresentação de Jesus.

Claro, meu caro.

Perdoe-me o mini-plágio mas já aqui está: http://svpn.blogspot.pt/2015/06/bruno-de-carvalho-e-o-paradigma-do-bom.html

Esqueci-me de no meu texto credita-lo.
Não sei se se importa , mas pretendo escrever baseado nisto que li um texto chamado o "bom trabalho" sendo que pretendo aprofundar ainda mais , após a apresentação de Jesus.

Claro, meu caro.

Perdoe-me o mini-plágio mas já aqui está: http://svpn.blogspot.pt/2015/06/bruno-de-carvalho-e-o-paradigma-do-bom.html

Esqueci-me de no meu texto credita-lo.

Muito mini, que nem é plágio ou algo que se assemelhe... :mrgreen:

Está excelente. :great:  :beer:
Muito bom! Como é possível existir uma onda de imbecis que ainda falam mal deste homem! Espero que fique por muitos e bons anos. Ainda terão que engolir tudo o que disserem do Bruno.
Muito bom post  :clap: :clap: :clap:

Com o BdC estamos no caminho certo
Socio do Sporting CP n#19077-0, desde 1990