Moto GP

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Grande Miguel!
Que final emocionante!!! fantástico :venia:
“There seems to be this snobbery around football that everyone has to play the most entertaining football" 
Gary Neville dixit
C'mon MIG44

Enviado do meu STF-L09 através do Tapatalk

”Deixe-me fazer uma nota prévia, por ser o sentimento de toda a equipa: nós não temos memória curta e, independentemente das boas ou más acções das pessoas, só temos de dedicar esta vitória ao Presidente Bruno de Carvalho, que esteve sempre connosco e nos apoiou. Somos atletas, estamos sujeitos à crítica, temos de viver com elas, e resta-nos, em campo, dar tudo pelo nosso clube” - Capitão do Andebol do Sporting
Muito bem o Miguel.
Aquela última volta, muita qualidade.
Compreendo a aposta desportiva e de carreira do Miguel em continuar com a KTM....mas vê-lo a brilhar como tem brilhado, desde a Mahindra que colocou competitiva e não o ter numa equipa de fábrica enquanto que outros entram lá diretamente por serem espanhois ou italianos...custa-me!
Corajosos não são aqueles que não têm medo mas sim os que o vencem!
Esforço, Dedicação, Devoção e Gloria!
Compreendo a aposta desportiva e de carreira do Miguel em continuar com a KTM....mas vê-lo a brilhar como tem brilhado, desde a Mahindra que colocou competitiva e não o ter numa equipa de fábrica enquanto que outros entram lá diretamente por serem espanhois ou italianos...custa-me!
A KTM é uma equipa oficial. Em teoria está à frente das dos seus adversários actuais.
Já para o ano, a conversa será mais complicada.
Quando passou pela Mahindra, aquilo não valia nada. A única coisa que correu mesmo muito mal foi a estreia em Moto2 pela Leopard.
« Última modificação: Agosto 06, 2018, 14:45 pm por one_o_six »
«Opiniões divergentes não significam ataques pessoais»
Compreendo a aposta desportiva e de carreira do Miguel em continuar com a KTM....mas vê-lo a brilhar como tem brilhado, desde a Mahindra que colocou competitiva e não o ter numa equipa de fábrica enquanto que outros entram lá diretamente por serem espanhois ou italianos...custa-me!
A KTM é uma equipa oficial. Em teoria está à frente das dos seus adversários actuais.
Já para o ano, a conversa será mais complicada.
Quando passou pela Mahindra, aquilo não valia nada. A única coisa que correu mesmo muito mal foi a estreia em Moto2 pela Leopard.


O problema é que a KTM está muito atras das outras marcas em MotoGP. Por cada melhoria da KTM, as outras marcas fazem o mesmo, daí a diferença de um segundo em quase todas as qualificações e um segundo ali é muito. O Miguel apostou na continuidade com pessoas que conhece bem, mas o projeto desportivo da KTM mesmo com a Tech3 é um projeto a longo prazo e o Miguel tem potencial para chegar e convencer....assim tivesse a oportunidade de Mir ou Rins. Vejam o Luthi e o Morbidelli com a MarcVDS....desapareceram. Pol Espagaro igual com a red Bull KTM e nem falo do Smith.
Corajosos não são aqueles que não têm medo mas sim os que o vencem!
Esforço, Dedicação, Devoção e Gloria!
 O Miguel parece que nasceu para a última volta. Incrível como mais uma vez, na última e derradeira volta, vence com brilho e inteligência. Fantástico.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Compreendo a aposta desportiva e de carreira do Miguel em continuar com a KTM....mas vê-lo a brilhar como tem brilhado, desde a Mahindra que colocou competitiva e não o ter numa equipa de fábrica enquanto que outros entram lá diretamente por serem espanhois ou italianos...custa-me!
A KTM é uma equipa oficial. Em teoria está à frente das dos seus adversários actuais.
Já para o ano, a conversa será mais complicada.
Quando passou pela Mahindra, aquilo não valia nada. A única coisa que correu mesmo muito mal foi a estreia em Moto2 pela Leopard.

O problema é que a KTM está muito atras das outras marcas em MotoGP. Por cada melhoria da KTM, as outras marcas fazem o mesmo, daí a diferença de um segundo em quase todas as qualificações e um segundo ali é muito. O Miguel apostou na continuidade com pessoas que conhece bem, mas o projeto desportivo da KTM mesmo com a Tech3 é um projeto a longo prazo e o Miguel tem potencial para chegar e convencer....assim tivesse a oportunidade de Mir ou Rins. Vejam o Luthi e o Morbidelli com a MarcVDS....desapareceram. Pol Espagaro igual com a red Bull KTM e nem falo do Smith.
Chegou a um ponto em que a evolução é muito difícil, o gargalo é muito apertado e está cheio.
«Opiniões divergentes não significam ataques pessoais»
Compreendo a aposta desportiva e de carreira do Miguel em continuar com a KTM....mas vê-lo a brilhar como tem brilhado, desde a Mahindra que colocou competitiva e não o ter numa equipa de fábrica enquanto que outros entram lá diretamente por serem espanhois ou italianos...custa-me!
A KTM é uma equipa oficial. Em teoria está à frente das dos seus adversários actuais.
Já para o ano, a conversa será mais complicada.
Quando passou pela Mahindra, aquilo não valia nada. A única coisa que correu mesmo muito mal foi a estreia em Moto2 pela Leopard.

O problema é que a KTM está muito atras das outras marcas em MotoGP. Por cada melhoria da KTM, as outras marcas fazem o mesmo, daí a diferença de um segundo em quase todas as qualificações e um segundo ali é muito. O Miguel apostou na continuidade com pessoas que conhece bem, mas o projeto desportivo da KTM mesmo com a Tech3 é um projeto a longo prazo e o Miguel tem potencial para chegar e convencer....assim tivesse a oportunidade de Mir ou Rins. Vejam o Luthi e o Morbidelli com a MarcVDS....desapareceram. Pol Espagaro igual com a red Bull KTM e nem falo do Smith.
Chegou a um ponto em que a evolução é muito difícil, o gargalo é muito apertado e está cheio.

Está apertado por ele ser português. Basta ver o Vinales que andou na luta com o Miguel no campeonato espanhol e a ser batido inumeras vezes e chega à Yamaha oficial. O Mir na Suzuki, o Rins idem, Bagnaia na Pramac com a Ducati. O Miguel chegar a MotoGP é revelador de uma qualidade acima da maioria. Sinceramente no padock ao nivel do Miguel ou acima vejo poucos.
Corajosos não são aqueles que não têm medo mas sim os que o vencem!
Esforço, Dedicação, Devoção e Gloria!
Compreendo a aposta desportiva e de carreira do Miguel em continuar com a KTM....mas vê-lo a brilhar como tem brilhado, desde a Mahindra que colocou competitiva e não o ter numa equipa de fábrica enquanto que outros entram lá diretamente por serem espanhois ou italianos...custa-me!
A KTM é uma equipa oficial. Em teoria está à frente das dos seus adversários actuais.
Já para o ano, a conversa será mais complicada.
Quando passou pela Mahindra, aquilo não valia nada. A única coisa que correu mesmo muito mal foi a estreia em Moto2 pela Leopard.


O problema é que a KTM está muito atras das outras marcas em MotoGP. Por cada melhoria da KTM, as outras marcas fazem o mesmo, daí a diferença de um segundo em quase todas as qualificações e um segundo ali é muito. O Miguel apostou na continuidade com pessoas que conhece bem, mas o projeto desportivo da KTM mesmo com a Tech3 é um projeto a longo prazo e o Miguel tem potencial para chegar e convencer....assim tivesse a oportunidade de Mir ou Rins. Vejam o Luthi e o Morbidelli com a MarcVDS....desapareceram. Pol Espagaro igual com a red Bull KTM e nem falo do Smith.

Calma, vi entrevistas do Espagaro depois de terem testado novos componentes KTM, que só serão utilizados para o ano, e ele queria usá-los já, porque ficou estupefacto com as diferenças.
Claro que os outros também vão evoluir, mas parece-me que a KTM estará mais competitiva para o ano em MotoGP.
Compreendo a aposta desportiva e de carreira do Miguel em continuar com a KTM....mas vê-lo a brilhar como tem brilhado, desde a Mahindra que colocou competitiva e não o ter numa equipa de fábrica enquanto que outros entram lá diretamente por serem espanhois ou italianos...custa-me!
A KTM é uma equipa oficial. Em teoria está à frente das dos seus adversários actuais.
Já para o ano, a conversa será mais complicada.
Quando passou pela Mahindra, aquilo não valia nada. A única coisa que correu mesmo muito mal foi a estreia em Moto2 pela Leopard.


O problema é que a KTM está muito atras das outras marcas em MotoGP. Por cada melhoria da KTM, as outras marcas fazem o mesmo, daí a diferença de um segundo em quase todas as qualificações e um segundo ali é muito. O Miguel apostou na continuidade com pessoas que conhece bem, mas o projeto desportivo da KTM mesmo com a Tech3 é um projeto a longo prazo e o Miguel tem potencial para chegar e convencer....assim tivesse a oportunidade de Mir ou Rins. Vejam o Luthi e o Morbidelli com a MarcVDS....desapareceram. Pol Espagaro igual com a red Bull KTM e nem falo do Smith.

Calma, vi entrevistas do Espagaro depois de terem testado novos componentes KTM, que só serão utilizados para o ano, e ele queria usá-los já, porque ficou estupefacto com as diferenças.
Claro que os outros também vão evoluir, mas parece-me que a KTM estará mais competitiva para o ano em MotoGP.


O problema é precisamente esse. As outras equipas continuam a evoluir. A KTM entrou em Moto2 o ano passado e rapidamente conseguiu resultados, chegando ao fim do ano em claro ascendente sobre a concorrecia. Este ano, mesmo com mais KTM´s no grid, a Kalex evoluiu e tem estado na frente. Em MotoGP estamos a falar de equipas crónicas como a Honda, Ducati e Yamaha que estão sempre no topo e ainda a Suzuki que começa a marcar posição. Das motas oficiais apenas a KTM está abaixo e não é pouco. Se formos para as equipas satélite, pior que uma Tech3 KTM, só uma MarcVDS. Mas vamos ver....o Miguel fez da Mahindra uma moto vencedora.
Corajosos não são aqueles que não têm medo mas sim os que o vencem!
Esforço, Dedicação, Devoção e Gloria!
Boa conferência do Miguel. Sempre muito divertido.  :lol:

O Rossi fartou-se de grizar com ele.
Bué chuva, esperemos que não o impeça de afinar correctamente a moto para amanhã.
«Opiniões divergentes não significam ataques pessoais»
Bué chuva, esperemos que não o impeça de afinar correctamente a moto para amanhã.

O Miguel é um excelente piloto à chuva. Hoje teve o azar de sair para a pista sempre nos momentos em que começou a chover mais, o que o  impediu de realizar uma volta rapida. A ideia hoje foi deixar rodarem os pilotos todos primeiro para que pudesse beneficiar de zonas mais secas quando entrasse, mas sempre que entrou a chuva voltou em força.
Corajosos não são aqueles que não têm medo mas sim os que o vencem!
Esforço, Dedicação, Devoção e Gloria!
Grande trombada que o Miguel levou na última volta dos treinos livres!!

Felizmente saiu ileso, mesmo levando com a mota do outro gajo em cima.
Finalmente uma boa posição na grelha para uma corrida. 2º lugar.