Ryan Gauld (Emp. - Hibernian)

0 Membros e 2 Visitantes estão a ver este tópico.

Gestão absurda de um jogador que tinha potencial para vingar por cá.

Gestão danosa foi contratar este craque, isso sim!

(tem que aparecer um totozinho que só lê CM e não vê jogos de futebol)

Não vejo tv portuguesa. Por isso cmg não podes usar esses templates.
Mas devias seguir a CM tv tal como faz o teu grande líder bruninho a dar audiências e a ligar para lá.
O Gauld foi um falhanço total, como foram 80% das contratações do teu grande líder bruninho e negar isto é ser, isso sim, um totó completo.

O pessoal quer tanto ser do contra que acaba por ser só parvo, perdem-se em lutas entre Brunistas e anti-Brunos e acabam por acrescentar 0. Coerência precisa-se.

A contratação do Gauld é boa e pediam-se mais deste tipo, tal como a de Jonathan por exemplo. Jogadores com potencial e a um custo relativamente baixo. Se queres atribuir culpas ao Bruno(e à sua estrutura) podes atribuir na gestão das carreiras dos jogadores. Assim já te levam mais a sério...

Claro que tenho que atribuir culpas principalmente à estrutura, liderada pelo Bruno de Carvalho...

O jogador era contratado e havia um projecto e uma direcção que apostavam num treinador e nesses jogadores contratados ou mais valia terem poupado o dinheiro e terem contratado mais jogadores na onda do Dost, Coates, Mathieu...

Agora o que fizeram foi contratar putos e exigir o mesmo que exigiam ao Dost, Coates, etc... Nunca houve coerência.
Sem Geraldes, tenho esperança que fique.
Gestão absurda de um jogador que tinha potencial para vingar por cá.

Gestão danosa foi contratar este craque, isso sim!

(tem que aparecer um totozinho que só lê CM e não vê jogos de futebol)

Não vejo tv portuguesa. Por isso cmg não podes usar esses templates.
Mas devias seguir a CM tv tal como faz o teu grande líder bruninho a dar audiências e a ligar para lá.
O Gauld foi um falhanço total, como foram 80% das contratações do teu grande líder bruninho e negar isto é ser, isso sim, um totó completo.

O pessoal quer tanto ser do contra que acaba por ser só parvo, perdem-se em lutas entre Brunistas e anti-Brunos e acabam por acrescentar 0. Coerência precisa-se.

A contratação do Gauld é boa e pediam-se mais deste tipo, tal como a de Jonathan por exemplo. Jogadores com potencial e a um custo relativamente baixo. Se queres atribuir culpas ao Bruno(e à sua estrutura) podes atribuir na gestão das carreiras dos jogadores. Assim já te levam mais a sério...

Claro que tenho que atribuir culpas principalmente à estrutura, liderada pelo Bruno de Carvalho...

O jogador era contratado e havia um projecto e uma direcção que apostavam num treinador e nesses jogadores contratados ou mais valia terem poupado o dinheiro e terem contratado mais jogadores na onda do Dost, Coates, Mathieu...

Agora o que fizeram foi contratar putos e exigir o mesmo que exigiam ao Dost, Coates, etc... Nunca houve coerência.

Não são possíveis as duas coisas? Contratações como a do Gauld e a do Jonathan Silva (ou mesmo a do Slavchev) fazem todo o sentido. Não fazem sentido são contratações como o Sarr e o Sakho (curiosamente ambos vendidos com lucro - será?). Jogadores jovens, com capacidade para evoluir e para ir entrando na equipa. Ninguém exigia a titularidade destes miúdos. O Jonathan Silva chegou e jogou porque o Jefferson, na altura, se lesionou. O Gauld foi integrado na equipa B, o Slavchev foi mal avaliado e MUITO mal gerido (tal como qualquer um destes três nomes).

O problema não está na exigência para com o Gauld. O problema está no espaço para espevitar o aparecimento deste tipo de jogadores. O Sporting CP tem tendências de 8 ou 80. No tempo do Paulo Bento a tendência era de não contratar jogadores aproveitando-se tudo o que havia (de bom e mau) na formação. Quando entrou o Godinho Lopes e o Domingos Paciência (com o aval do Carlos Freitas e do Luís Duque) começou-se uma campanha de contratações que nunca mais terminou. Foi até estoirar com o clube e recomeçar a campanha com o Bruno de Carvalho.

O Sporting CP continua com a triste inabilidade de avaliar talento e um plantel. O Sporting CP continua a fazer contratações estapafúrdias. Na temporada passada foi-se buscar um Mattheus Oliveira quando por cá já estavam o Geraldes e o Gauld que, curiosamente, até faziam a mesma posição. Destino: Gauld emprestado ao Aves (lol) e Francisco Geraldes emprestado ao Rio Ave (ok, aceita-se). Mattheus Oliveira encostado (lol) e emprestado ao Guimarães (ok, aceita-se). Cabe perceber o empréstimo destes jogadores: são emprestados porque, por cá, àquela data, estavam Bryan Ruiz e Bruno César (lol). Ao fim de 2 meses queixavam-se de falta de opções no banco e queriam o regresso do Geraldes. O que, diga-se, é óbvio e previsível, uma vez que à data não existiam alternativas.

O que não faltam são exemplos destes. Na temporada do LJ assistiu-se ao mesmo. O Sporting CP estava envolvido em competições nacionais (apenas), mas contratou-se o Weldinho, o Piris e o Magrão (também fazia as laterais) para jogar nas laterais. O Weldinho não jogou. O Magrão andava a jogar no meio campo (posição natural), onde nada acrescentava e onde se questionava o porquê de os minutos não irem para o João Mário (que entretanto saiu para o Setúbal por empréstimo). Nessa mesma altura, decide-se contratar o Heldon (lol) quando na equipa B andava um Ricardo Esgaio em grande e um Iuri Medeiros chateado por estar estagnado (a par do João Mário).
Gestão absurda de um jogador que tinha potencial para vingar por cá.

Gestão danosa foi contratar este craque, isso sim!

(tem que aparecer um totozinho que só lê CM e não vê jogos de futebol)

Não vejo tv portuguesa. Por isso cmg não podes usar esses templates.
Mas devias seguir a CM tv tal como faz o teu grande líder bruninho a dar audiências e a ligar para lá.
O Gauld foi um falhanço total, como foram 80% das contratações do teu grande líder bruninho e negar isto é ser, isso sim, um totó completo.

O pessoal quer tanto ser do contra que acaba por ser só parvo, perdem-se em lutas entre Brunistas e anti-Brunos e acabam por acrescentar 0. Coerência precisa-se.

A contratação do Gauld é boa e pediam-se mais deste tipo, tal como a de Jonathan por exemplo. Jogadores com potencial e a um custo relativamente baixo. Se queres atribuir culpas ao Bruno(e à sua estrutura) podes atribuir na gestão das carreiras dos jogadores. Assim já te levam mais a sério...

Claro que tenho que atribuir culpas principalmente à estrutura, liderada pelo Bruno de Carvalho...

O jogador era contratado e havia um projecto e uma direcção que apostavam num treinador e nesses jogadores contratados ou mais valia terem poupado o dinheiro e terem contratado mais jogadores na onda do Dost, Coates, Mathieu...

Agora o que fizeram foi contratar putos e exigir o mesmo que exigiam ao Dost, Coates, etc... Nunca houve coerência.

Não são possíveis as duas coisas? Contratações como a do Gauld e a do Jonathan Silva (ou mesmo a do Slavchev) fazem todo o sentido. Não fazem sentido são contratações como o Sarr e o Sakho (curiosamente ambos vendidos com lucro - será?). Jogadores jovens, com capacidade para evoluir e para ir entrando na equipa. Ninguém exigia a titularidade destes miúdos. O Jonathan Silva chegou e jogou porque o Jefferson, na altura, se lesionou. O Gauld foi integrado na equipa B, o Slavchev foi mal avaliado e MUITO mal gerido (tal como qualquer um destes três nomes).

O problema não está na exigência para com o Gauld. O problema está no espaço para espevitar o aparecimento deste tipo de jogadores. O Sporting CP tem tendências de 8 ou 80. No tempo do Paulo Bento a tendência era de não contratar jogadores aproveitando-se tudo o que havia (de bom e mau) na formação. Quando entrou o Godinho Lopes e o Domingos Paciência (com o aval do Carlos Freitas e do Luís Duque) começou-se uma campanha de contratações que nunca mais terminou. Foi até estoirar com o clube e recomeçar a campanha com o Bruno de Carvalho.

O Sporting CP continua com a triste inabilidade de avaliar talento e um plantel. O Sporting CP continua a fazer contratações estapafúrdias. Na temporada passada foi-se buscar um Mattheus Oliveira quando por cá já estavam o Geraldes e o Gauld que, curiosamente, até faziam a mesma posição. Destino: Gauld emprestado ao Aves (lol) e Francisco Geraldes emprestado ao Rio Ave (ok, aceita-se). Mattheus Oliveira encostado (lol) e emprestado ao Guimarães (ok, aceita-se). Cabe perceber o empréstimo destes jogadores: são emprestados porque, por cá, àquela data, estavam Bryan Ruiz e Bruno César (lol). Ao fim de 2 meses queixavam-se de falta de opções no banco e queriam o regresso do Geraldes. O que, diga-se, é óbvio e previsível, uma vez que à data não existiam alternativas.

O que não faltam são exemplos destes. Na temporada do LJ assistiu-se ao mesmo. O Sporting CP estava envolvido em competições nacionais (apenas), mas contratou-se o Weldinho, o Piris e o Magrão (também fazia as laterais) para jogar nas laterais. O Weldinho não jogou. O Magrão andava a jogar no meio campo (posição natural), onde nada acrescentava e onde se questionava o porquê de os minutos não irem para o João Mário (que entretanto saiu para o Setúbal por empréstimo). Nessa mesma altura, decide-se contratar o Heldon (lol) quando na equipa B andava um Ricardo Esgaio em grande e um Iuri Medeiros chateado por estar estagnado (a par do João Mário).

O que eu gostava de entender é o facto de se contratar determinados jogadores (com qualidade duvidosa para o plantel) com enorme regularidade.

Será problemas de empresários, do scouting, do director do futebol, do Presidente????

Faz-me confusão termos contratado Sarr, Sakho, M. Oliveira, Petrovics, Misics, Alan Ruizes para nomear algumas das mais recentes pérolas.

Um bom scout depois de ver vários jogos destes jogadores nunca iria aprovar a vinda de qualquer um deles.
Gestão absurda de um jogador que tinha potencial para vingar por cá.

Gestão danosa foi contratar este craque, isso sim!

(tem que aparecer um totozinho que só lê CM e não vê jogos de futebol)

Não vejo tv portuguesa. Por isso cmg não podes usar esses templates.
Mas devias seguir a CM tv tal como faz o teu grande líder bruninho a dar audiências e a ligar para lá.
O Gauld foi um falhanço total, como foram 80% das contratações do teu grande líder bruninho e negar isto é ser, isso sim, um totó completo.

O pessoal quer tanto ser do contra que acaba por ser só parvo, perdem-se em lutas entre Brunistas e anti-Brunos e acabam por acrescentar 0. Coerência precisa-se.

A contratação do Gauld é boa e pediam-se mais deste tipo, tal como a de Jonathan por exemplo. Jogadores com potencial e a um custo relativamente baixo. Se queres atribuir culpas ao Bruno(e à sua estrutura) podes atribuir na gestão das carreiras dos jogadores. Assim já te levam mais a sério...

Claro que tenho que atribuir culpas principalmente à estrutura, liderada pelo Bruno de Carvalho...

O jogador era contratado e havia um projecto e uma direcção que apostavam num treinador e nesses jogadores contratados ou mais valia terem poupado o dinheiro e terem contratado mais jogadores na onda do Dost, Coates, Mathieu...

Agora o que fizeram foi contratar putos e exigir o mesmo que exigiam ao Dost, Coates, etc... Nunca houve coerência.

Não são possíveis as duas coisas? Contratações como a do Gauld e a do Jonathan Silva (ou mesmo a do Slavchev) fazem todo o sentido. Não fazem sentido são contratações como o Sarr e o Sakho (curiosamente ambos vendidos com lucro - será?). Jogadores jovens, com capacidade para evoluir e para ir entrando na equipa. Ninguém exigia a titularidade destes miúdos. O Jonathan Silva chegou e jogou porque o Jefferson, na altura, se lesionou. O Gauld foi integrado na equipa B, o Slavchev foi mal avaliado e MUITO mal gerido (tal como qualquer um destes três nomes).

O problema não está na exigência para com o Gauld. O problema está no espaço para espevitar o aparecimento deste tipo de jogadores. O Sporting CP tem tendências de 8 ou 80. No tempo do Paulo Bento a tendência era de não contratar jogadores aproveitando-se tudo o que havia (de bom e mau) na formação. Quando entrou o Godinho Lopes e o Domingos Paciência (com o aval do Carlos Freitas e do Luís Duque) começou-se uma campanha de contratações que nunca mais terminou. Foi até estoirar com o clube e recomeçar a campanha com o Bruno de Carvalho.

O Sporting CP continua com a triste inabilidade de avaliar talento e um plantel. O Sporting CP continua a fazer contratações estapafúrdias. Na temporada passada foi-se buscar um Mattheus Oliveira quando por cá já estavam o Geraldes e o Gauld que, curiosamente, até faziam a mesma posição. Destino: Gauld emprestado ao Aves (lol) e Francisco Geraldes emprestado ao Rio Ave (ok, aceita-se). Mattheus Oliveira encostado (lol) e emprestado ao Guimarães (ok, aceita-se). Cabe perceber o empréstimo destes jogadores: são emprestados porque, por cá, àquela data, estavam Bryan Ruiz e Bruno César (lol). Ao fim de 2 meses queixavam-se de falta de opções no banco e queriam o regresso do Geraldes. O que, diga-se, é óbvio e previsível, uma vez que à data não existiam alternativas.

O que não faltam são exemplos destes. Na temporada do LJ assistiu-se ao mesmo. O Sporting CP estava envolvido em competições nacionais (apenas), mas contratou-se o Weldinho, o Piris e o Magrão (também fazia as laterais) para jogar nas laterais. O Weldinho não jogou. O Magrão andava a jogar no meio campo (posição natural), onde nada acrescentava e onde se questionava o porquê de os minutos não irem para o João Mário (que entretanto saiu para o Setúbal por empréstimo). Nessa mesma altura, decide-se contratar o Heldon (lol) quando na equipa B andava um Ricardo Esgaio em grande e um Iuri Medeiros chateado por estar estagnado (a par do João Mário).

O que eu gostava de entender é o facto de se contratar determinados jogadores (com qualidade duvidosa para o plantel) com enorme regularidade.

Será problemas de empresários, do scouting, do director do futebol, do Presidente????

Faz-me confusão termos contratado Sarr, Sakho, M. Oliveira, Petrovics, Misics, Alan Ruizes para nomear algumas das mais recentes pérolas.

Um bom scout depois de ver vários jogos destes jogadores nunca iria aprovar a vinda de qualquer um deles.

Nos tempos do J não havia scouting nenhum...

ele queria o jogador, caso viesse insistia, insistia, insistia... um milhão de oportunidades ... tipo alan ruiz, que nos 1ºs jogos toda a gente percebeu que era um grande nabo... e continuava a jogar

o jogador era contratado, J não era perdido nem achado na compra... era pura e simplesmente encostado, 0 oportunidades, o talento não interessava... interessa é o gosto dele...

foi assim que funcionou... e pelos vistos continua a funcionar...

o que falta é entrar alguem que dê um muro na mesa e diga «o plantel é este», o treinador treina... não quer, xau e adeus... e que não venham com tretas pois um bom treinador consegue sempre tirar o melhor dos jogadores que tem, se estes não sabem ele ensina...
Gestão absurda de um jogador que tinha potencial para vingar por cá.

Gestão danosa foi contratar este craque, isso sim!

(tem que aparecer um totozinho que só lê CM e não vê jogos de futebol)

Não vejo tv portuguesa. Por isso cmg não podes usar esses templates.
Mas devias seguir a CM tv tal como faz o teu grande líder bruninho a dar audiências e a ligar para lá.
O Gauld foi um falhanço total, como foram 80% das contratações do teu grande líder bruninho e negar isto é ser, isso sim, um totó completo.

O pessoal quer tanto ser do contra que acaba por ser só parvo, perdem-se em lutas entre Brunistas e anti-Brunos e acabam por acrescentar 0. Coerência precisa-se.

A contratação do Gauld é boa e pediam-se mais deste tipo, tal como a de Jonathan por exemplo. Jogadores com potencial e a um custo relativamente baixo. Se queres atribuir culpas ao Bruno(e à sua estrutura) podes atribuir na gestão das carreiras dos jogadores. Assim já te levam mais a sério...

Claro que tenho que atribuir culpas principalmente à estrutura, liderada pelo Bruno de Carvalho...

O jogador era contratado e havia um projecto e uma direcção que apostavam num treinador e nesses jogadores contratados ou mais valia terem poupado o dinheiro e terem contratado mais jogadores na onda do Dost, Coates, Mathieu...

Agora o que fizeram foi contratar putos e exigir o mesmo que exigiam ao Dost, Coates, etc... Nunca houve coerência.

Não são possíveis as duas coisas? Contratações como a do Gauld e a do Jonathan Silva (ou mesmo a do Slavchev) fazem todo o sentido. Não fazem sentido são contratações como o Sarr e o Sakho (curiosamente ambos vendidos com lucro - será?). Jogadores jovens, com capacidade para evoluir e para ir entrando na equipa. Ninguém exigia a titularidade destes miúdos. O Jonathan Silva chegou e jogou porque o Jefferson, na altura, se lesionou. O Gauld foi integrado na equipa B, o Slavchev foi mal avaliado e MUITO mal gerido (tal como qualquer um destes três nomes).

O problema não está na exigência para com o Gauld. O problema está no espaço para espevitar o aparecimento deste tipo de jogadores. O Sporting CP tem tendências de 8 ou 80. No tempo do Paulo Bento a tendência era de não contratar jogadores aproveitando-se tudo o que havia (de bom e mau) na formação. Quando entrou o Godinho Lopes e o Domingos Paciência (com o aval do Carlos Freitas e do Luís Duque) começou-se uma campanha de contratações que nunca mais terminou. Foi até estoirar com o clube e recomeçar a campanha com o Bruno de Carvalho.

O Sporting CP continua com a triste inabilidade de avaliar talento e um plantel. O Sporting CP continua a fazer contratações estapafúrdias. Na temporada passada foi-se buscar um Mattheus Oliveira quando por cá já estavam o Geraldes e o Gauld que, curiosamente, até faziam a mesma posição. Destino: Gauld emprestado ao Aves (lol) e Francisco Geraldes emprestado ao Rio Ave (ok, aceita-se). Mattheus Oliveira encostado (lol) e emprestado ao Guimarães (ok, aceita-se). Cabe perceber o empréstimo destes jogadores: são emprestados porque, por cá, àquela data, estavam Bryan Ruiz e Bruno César (lol). Ao fim de 2 meses queixavam-se de falta de opções no banco e queriam o regresso do Geraldes. O que, diga-se, é óbvio e previsível, uma vez que à data não existiam alternativas.

O que não faltam são exemplos destes. Na temporada do LJ assistiu-se ao mesmo. O Sporting CP estava envolvido em competições nacionais (apenas), mas contratou-se o Weldinho, o Piris e o Magrão (também fazia as laterais) para jogar nas laterais. O Weldinho não jogou. O Magrão andava a jogar no meio campo (posição natural), onde nada acrescentava e onde se questionava o porquê de os minutos não irem para o João Mário (que entretanto saiu para o Setúbal por empréstimo). Nessa mesma altura, decide-se contratar o Heldon (lol) quando na equipa B andava um Ricardo Esgaio em grande e um Iuri Medeiros chateado por estar estagnado (a par do João Mário).
Quando eu digo apostar neles, é mesmo para serem titulares ou serem jogadores com muitos minutos. Tudo para cima de 2000m por epoca.
A exemplo do que faz o Leonardo Jardim no Monaco.

Estão os sportinguistas prontos e aceitam do Gauld, do Geraldes, do Domingues Duarte, do Palhinha aquilo que aceitaram do Patricio, do Adrien, do Cedric ou do Nani? Muito pouca consistencia, perda de pontos em momentos cruciais e adeus ao titulos em Dezembro?!

A minha resposta é não... os sportinguistas nao aceitam isso, e foi esse passar do 8 para o 80 em termos de exigencia entre Leonardo Jardim/Marco Silva para o Jorge Jesus que na minha opinião acabou por começar a deitar tudo a perder...
Apostar no que se prega constantemente neste clube é que tá quieto ó meu.

E depois há quem tenha coragem para criticar o jogador que nunca jogou mais de 51 minutos pelo clube na liga portuguesa.

Não posso então criticar a contratação do Ciani, ou Castaignos, Barcos, ou Jug, nem do Welder ou Sarr, ou do André (pdl brasileiro), do Misic ou Sakho, do Shikabala ou Douglas, Meli ou Paulista ou até Rosel...
Isto só para enumerar alguns e não fazer um post longo.
Elucida-me, por favor, de quantos minutos são necessários para se poder avaliar uma contratação?
E se não ser titular do Aves também não conta?
Apostar no que se prega constantemente neste clube é que tá quieto ó meu.

E depois há quem tenha coragem para criticar o jogador que nunca jogou mais de 51 minutos pelo clube na liga portuguesa.

Não posso então criticar a contratação do Ciani, ou Castaignos, Barcos, ou Jug, nem do Welder ou Sarr, ou do André (pdl brasileiro), do Misic ou Sakho, do Shikabala ou Douglas, Meli ou Paulista ou até Rosel...
Isto só para enumerar alguns e não fazer um post longo.
Elucida-me, por favor, de quantos minutos são necessários para se poder avaliar uma contratação?
E se não ser titular do Aves também não conta?

Mais de metade dos jogadores que falaste são jogadores com carreiras feitas em que já podes fazer uma analise aprofundada se tem potencialidade para ser bom ou vai ser tosco para a vida toda.

Um jovem precisa de tempo e mais importante que tudo rotina de jogo para se poder afirmar. O Gauld, por muita culpa nossa, não tem rotina de jogo em lado nenhum porque tem se brincado com a carreira dele. Portanto, querem criticar a qualidade do jogador quando nem sequer o viram jogar?
"Para mim , o Sporting é como uma mulher que se ama logo à primeira vista. Um homem pode conhecer várias mulheres , mas há sempre ‘aquela’, a especial. Independentemente de ficarmos com ela ou não, lembramo-nos dela para sempre!" - Ivone De Franceschi
Apostar no que se prega constantemente neste clube é que tá quieto ó meu.

E depois há quem tenha coragem para criticar o jogador que nunca jogou mais de 51 minutos pelo clube na liga portuguesa.

Não posso então criticar a contratação do Ciani, ou Castaignos, Barcos, ou Jug, nem do Welder ou Sarr, ou do André (pdl brasileiro), do Misic ou Sakho, do Shikabala ou Douglas, Meli ou Paulista ou até Rosel...
Isto só para enumerar alguns e não fazer um post longo.
Elucida-me, por favor, de quantos minutos são necessários para se poder avaliar uma contratação?
E se não ser titular do Aves também não conta?

Mais de metade dos jogadores que falaste são jogadores com carreiras feitas em que já podes fazer uma analise aprofundada se tem potencialidade para ser bom ou vai ser tosco para a vida toda.

Um jovem precisa de tempo e mais importante que tudo rotina de jogo para se poder afirmar. O Gauld, por muita culpa nossa, não tem rotina de jogo em lado nenhum porque tem se brincado com a carreira dele. Portanto, querem criticar a qualidade do jogador quando nem sequer o viram jogar?

Entendo a tua forma de pensamento mas as coisas não são tão retilíneas assim...
Que me dizes do Slimani que foi fiasco em Inglaterra? É mau jogador então?
Eu entendi o investimento que fizemos no Gauld mas não podemos justificar a idade dele (até porque já tem anos suficientes para se ter adaptado ao jogo tuga) para não ter vingado nem que fosse no Aves agora este ano.
Pah... Não deu o que se previa, paciência! Mas não podemos estar ad eternum à espera que ele consiga jogar 3 jogos inteiros seguidos. Então e se tivesse no último ano de contrato? Renovavas com ele só porque pode dar eventualmente alguma coisa?
Até este momento foram 3,5M deitados ao lixo e bastava não contratar 40% do camião de jogadores para podermos ter 2 jogadores de valia no nosso plantel para ajudar ao 11 inicial.
Gestão absurda de um jogador que tinha potencial para vingar por cá.

Gestão danosa foi contratar este craque, isso sim!

(tem que aparecer um totozinho que só lê CM e não vê jogos de futebol)

Não vejo tv portuguesa. Por isso cmg não podes usar esses templates.
Mas devias seguir a CM tv tal como faz o teu grande líder bruninho a dar audiências e a ligar para lá.
O Gauld foi um falhanço total, como foram 80% das contratações do teu grande líder bruninho e negar isto é ser, isso sim, um totó completo.

O pessoal quer tanto ser do contra que acaba por ser só parvo, perdem-se em lutas entre Brunistas e anti-Brunos e acabam por acrescentar 0. Coerência precisa-se.

A contratação do Gauld é boa e pediam-se mais deste tipo, tal como a de Jonathan por exemplo. Jogadores com potencial e a um custo relativamente baixo. Se queres atribuir culpas ao Bruno(e à sua estrutura) podes atribuir na gestão das carreiras dos jogadores. Assim já te levam mais a sério...

Claro que tenho que atribuir culpas principalmente à estrutura, liderada pelo Bruno de Carvalho...

O jogador era contratado e havia um projecto e uma direcção que apostavam num treinador e nesses jogadores contratados ou mais valia terem poupado o dinheiro e terem contratado mais jogadores na onda do Dost, Coates, Mathieu...

Agora o que fizeram foi contratar putos e exigir o mesmo que exigiam ao Dost, Coates, etc... Nunca houve coerência.

Quando eu digo apostar neles, é mesmo para serem titulares ou serem jogadores com muitos minutos. Tudo para cima de 2000m por epoca.
A exemplo do que faz o Leonardo Jardim no Monaco.

Estão os sportinguistas prontos e aceitam do Gauld, do Geraldes, do Domingues Duarte, do Palhinha aquilo que aceitaram do Patricio, do Adrien, do Cedric ou do Nani? Muito pouca consistencia, perda de pontos em momentos cruciais e adeus ao titulos em Dezembro?!

A minha resposta é não... os sportinguistas nao aceitam isso, e foi esse passar do 8 para o 80 em termos de exigencia entre Leonardo Jardim/Marco Silva para o Jorge Jesus que na minha opinião acabou por começar a deitar tudo a perder...

Mas porque é que uma coisa tem de estar relacionada com outra? Existem 4 competições, algumas de menor importância e com adversários mais acessíveis, uma excelente altura para se começar a lançar alguns miúdos, até porque nunca foi a aposta em miúdos que nos hipotecou o titulo.

Aliás, qualquer jogador precisa de jogar para adquirir estatuto, não jogando não o atingem certamente. Felizmente Quaresma, CR7, Hugo Viana apareceram numa altura que não havia medo de se apostar em jovens.
Gestão absurda de um jogador que tinha potencial para vingar por cá.

Gestão danosa foi contratar este craque, isso sim!

(tem que aparecer um totozinho que só lê CM e não vê jogos de futebol)

Não vejo tv portuguesa. Por isso cmg não podes usar esses templates.
Mas devias seguir a CM tv tal como faz o teu grande líder bruninho a dar audiências e a ligar para lá.
O Gauld foi um falhanço total, como foram 80% das contratações do teu grande líder bruninho e negar isto é ser, isso sim, um totó completo.

O pessoal quer tanto ser do contra que acaba por ser só parvo, perdem-se em lutas entre Brunistas e anti-Brunos e acabam por acrescentar 0. Coerência precisa-se.

A contratação do Gauld é boa e pediam-se mais deste tipo, tal como a de Jonathan por exemplo. Jogadores com potencial e a um custo relativamente baixo. Se queres atribuir culpas ao Bruno(e à sua estrutura) podes atribuir na gestão das carreiras dos jogadores. Assim já te levam mais a sério...

Claro que tenho que atribuir culpas principalmente à estrutura, liderada pelo Bruno de Carvalho...

O jogador era contratado e havia um projecto e uma direcção que apostavam num treinador e nesses jogadores contratados ou mais valia terem poupado o dinheiro e terem contratado mais jogadores na onda do Dost, Coates, Mathieu...

Agora o que fizeram foi contratar putos e exigir o mesmo que exigiam ao Dost, Coates, etc... Nunca houve coerência.

Quando eu digo apostar neles, é mesmo para serem titulares ou serem jogadores com muitos minutos. Tudo para cima de 2000m por epoca.
A exemplo do que faz o Leonardo Jardim no Monaco.

Estão os sportinguistas prontos e aceitam do Gauld, do Geraldes, do Domingues Duarte, do Palhinha aquilo que aceitaram do Patricio, do Adrien, do Cedric ou do Nani? Muito pouca consistencia, perda de pontos em momentos cruciais e adeus ao titulos em Dezembro?!

A minha resposta é não... os sportinguistas nao aceitam isso, e foi esse passar do 8 para o 80 em termos de exigencia entre Leonardo Jardim/Marco Silva para o Jorge Jesus que na minha opinião acabou por começar a deitar tudo a perder...

Mas porque é que uma coisa tem de estar relacionada com outra? Existem 4 competições, algumas de menor importância e com adversários mais acessíveis, uma excelente altura para se começar a lançar alguns miúdos, até porque nunca foi a aposta em miúdos que nos hipotecou o titulo.

Aliás, qualquer jogador precisa de jogar para adquirir estatuto, não jogando não o atingem certamente. Felizmente Quaresma, CR7, Hugo Viana apareceram numa altura que não havia medo de se apostar em jovens.

a sorte deles foi terem apanhado o Bölöni... se fosse agora, com o J, andavam a ser emprestados a um «aves» qualquer deste campeonato... e eram substituídos pelo alan ruiz  :lol: :lol:
Com todas as outras saídas ainda tenho esperança que fique

Enviado do meu Redmi Note 4 através do Tapatalk


 Foi mal gerido, mas ainda vai a tempo.

Agora empresta lo para o nosso campeonato seria um erro, com a sua nacionalidade se fosse para a liga escocesa ou inglessa valorizava logo.
Foi apresentado?

Enviado do meu Redmi Note 4 através do Tapatalk

Foi apresentado?

Enviado do meu Redmi Note 4 através do Tapatalk


Não, tal como o filho do Bebeto.
 Está fora e sinceramente não me surpreende. Incapaz de fazer algo nos dois clubezecos em que foi emprestado, não esperava que fosse capaz de ser opção. Um empréstimo para a Championship com clausula que permita reaver o que se gastou com ele e já ficava bastante satisfeito.
Sócio 103769-0
Tem a desculpa de não ter sido avaliado por um treinador esta pré-época mas o tempo passa e não se destaca...

Veremos o que será o seu futuro. As soluções apresentadas na imprensa não me agradam minimamente.
Campo Grande paga a traidores.
Enfim...mais do mesmo...que escolha um clube como deve ser para se mostrar..

Enviado do meu Redmi Note 4 através do Tapatalk
Tinha muita esperança neste miúdo, muita pena não ser aposta  ::)
Não querendo ofender ninguém mas qual é a panca que o pessoal tem com o Gauld? Ele no Aves mal calçou... porque é que há de jogar no Sporting?
«Não é o Sporting que se orgulha do nosso valor. Nós é que nos devemos sentir honrados por ter esta camisola vestida.» - Francisco Stromp