Franco em defesa de Carlos Freitas

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Citar
ASSEMBLEIA GERAL "QUENTE"

Os resultados negativos da equipa de futebol e, sobretudo, as aquisições feitas no início da temporada chegaram para aquecer uma Assembleia Geral (AG), destinada a aprovar a venda de mais uma parcela do património (a secretaria), e levaram Soares Franco a levantar a voz, com o intuito de defender Carlos Freitas.

“Não se criticou a actuação do Carlos Freitas. Fez-se foi um comentário menos abonatório, que mereceu total reprovação da minha parte e da parte do Conselho Directivo”, esclareceu o presidente, que, questionado sobre o seu posicionamento em relação ao administrador da SAD, disparou: “Total confiança no Carlos Freitas.”

Ataques à parte, para Soares Franco esta foi “uma AG como outras que têm acontecido, com melhores e piores intervenções”, em que até “nem se falou muito de futebol profissional”. “Falou-se mais de futebol amador”, ironizou o líder leonino.

Venda-se

Quanto ao ponto único da reunião magna – delegar no Conselho Leonino a deliberação de incluir a secretaria do clube no lote de património não desportivo a alienar –, ele foi aprovado por uma maioria de dois terços (66%) dos 78 associados presentes. 25 por cento votaram contra e 8 por cento optaram por abster-se.

In: PAsquim 2
É de pensar que o Sporting é muito grande, e que são estas coisas que valem muito para um clube. São estas coisas que trazem sportinguismo ao clube. Isto não é quantificável. Isto não são 6%, 7%... Isto é o Sporting! Isso traz coisas muito importantes ao Sporting. Fervor sportinguista, acima de tudo! - João Benedito, 20-06-2010