Futebol Inglês - Parte II

0 Membros e 3 Visitantes estão a ver este tópico.

É pena, hoje venceu o petróleo.

Pode ter sido injusto para o Liverpool, mas não se pode dizer que foi injusto o City ganhar. Ambos mereceram, não é como 15/16 onde uma equipa com um futebol horrivel ganha jogos por margens minimas com oferendas. Se bem que o Guardiola foi um pouco mauzinho, o Liverpool já merecia um campeonato.
(…) qualquer pessoa um dia pode entrar num bloco operatório e nesse caso posso ser eu também a lá estar e aí não vos daria muito jeito que expremido a fundo o meu conhecimento ficasse num monte de referências aleatórias. Poderiam sair de lá pior do que entraram..
É pena, hoje venceu o petróleo.

Pode ter sido injusto para o Liverpool, mas não se pode dizer que foi injusto o City ganhar. Ambos mereceram, não é como 15/16 onde uma equipa com um futebol horrivel ganha jogos por margens minimas com oferendas. Se bem que o Guardiola foi um pouco mauzinho, o Liverpool já merecia um campeonato.

O city joga com regras diferentes do resto.
Perder com o Cardiff....lol
E com isto tudo, quem ficou a rir no final foi o Chelsea ao ficar em 3. :lol:
"Para mim , o Sporting é como uma mulher que se ama logo à primeira vista. Um homem pode conhecer várias mulheres , mas há sempre ‘aquela’, a especial. Independentemente de ficarmos com ela ou não, lembramo-nos dela para sempre!" - Ivone De Franceschi
O city joga com regras diferentes do resto.

 Nem por isso. Podemos dizer que nem precisam de vender para investir, que é por isso que estão com problemas, agora o Liverpool investiu tanto quanto o City ou até mais. O United também investiu e investe imenso. O Chelsea investiu menos por o dono querer despachar o clube. Logo, estamos a falar de regras muito semelhantes.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
O city joga com regras diferentes do resto.

 Nem por isso. Podemos dizer que nem precisam de vender para investir, que é por isso que estão com problemas, agora o Liverpool investiu tanto quanto o City ou até mais. O United também investiu e investe imenso. O Chelsea investiu menos por o dono querer despachar o clube. Logo, estamos a falar de regras muito semelhantes.

Aconselho te vivamente a ir rever o q tem gasto city nos últimos anos.
Aconselho te vivamente a ir rever o q tem gasto city nos últimos anos.

 Tinham que o fazer, por falta de receitas ao nível do United ou Liverpool. O investimento tem dado retorno, têm crescido imenso nos últimos anos e certamente o objectivo será investir menos (capital do petróleo) e investir a receita. Também andam atentos à formação de jovens atletas. Para entrar ali na luta, com o United / Chelsea / Liverpool, tinha que investir muito e foi o que fizeram. Há quem se reveja nesta estratégia e há quem a condene, é normal que assim o seja.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
A culpa é do Mou

Enviado do meu SM-J530F através do Tapatalk

"Infelizmente, o Sporting é o Clube mais divisionista, intriguista e falso-puritano que conheço. Por muito que doa aos sportinguistas, não há sentido de Corpo neste Clube. Somos todos sportinguistas, sim senhor, mas desde que o Sporting seja à medida de cada um e não à medida de todo o mundo leonino. Há quem exulte com as derrotas do clube, se isso significar estar um passo mais perto do lugar, do cargo, da posição ou, como se diz na gíria leonina, do "croquete" "
Citar
Manchester City foi campeão... mas pode ser excluído da Champions

Incumprimento das regras do fair-play financeiro pode ditar castigo de um ano à formação onde mora Bernardo Silva.

O Manchester City pode ficar excluído da Liga dos Campeões 2019/20, segundo o New York Times. A UEFA, organismo de futebol europeu, está a investigar há vários meses o clube inglês, à raiz de uma série de denúncias por alegadas infrações às regras do fair-play financeiro.

Os membros da junta de controlo financeiro da UEFA, um grupo criado para analisar as contas dos clubes, reuniu-se há duas semanas em Nyon para tomar uma decisão sobre este assunto.

Espera-se que o castigo ao Manchester City possa ser de uma temporada sem participar na Liga dos Campeões. Alguns arquivos revelados pelo Football Leaks a revelar determinadas infrações dos citizens poderão contribuir para esta tomada de decisão.

A mesma publicação, avança que vários funcionários dos organismos de controlo financeiro também disseram em privado que a reputação da UEFA pode ser afetada se se considera que o seu trabalho não tiver consequências contra o City.

Fonte: Noticias ao Minuto
”Deixe-me fazer uma nota prévia, por ser o sentimento de toda a equipa: nós não temos memória curta e, independentemente das boas ou más acções das pessoas, só temos de dedicar esta vitória ao Presidente Bruno de Carvalho, que esteve sempre connosco e nos apoiou. Somos atletas, estamos sujeitos à crítica, temos de viver com elas, e resta-nos, em campo, dar tudo pelo nosso clube” - Carlos Carneiro

"O adversário pensa que vem jogar contra 7 e encontra 2600" - Hugo Canela

Ainda vai o United à Champions.
Citar
Manchester City foi campeão... mas pode ser excluído da Champions

Incumprimento das regras do fair-play financeiro pode ditar castigo de um ano à formação onde mora Bernardo Silva.

O Manchester City pode ficar excluído da Liga dos Campeões 2019/20, segundo o New York Times. A UEFA, organismo de futebol europeu, está a investigar há vários meses o clube inglês, à raiz de uma série de denúncias por alegadas infrações às regras do fair-play financeiro.

Os membros da junta de controlo financeiro da UEFA, um grupo criado para analisar as contas dos clubes, reuniu-se há duas semanas em Nyon para tomar uma decisão sobre este assunto.

Espera-se que o castigo ao Manchester City possa ser de uma temporada sem participar na Liga dos Campeões. Alguns arquivos revelados pelo Football Leaks a revelar determinadas infrações dos citizens poderão contribuir para esta tomada de decisão.

A mesma publicação, avança que vários funcionários dos organismos de controlo financeiro também disseram em privado que a reputação da UEFA pode ser afetada se se considera que o seu trabalho não tiver consequências contra o City.

Fonte: Noticias ao Minuto

 Jamais a UEFA tem tomates para expulsar o $hitty da Champions. Acredito que lhes passem uma multa bem pesada e os proíbam de contratar jogadores por cerca de 1 ano, mas não mais que isso. Acho que deverão levar um pequeno castigo como esse apenas para que a UEFA "evite" ficar com a sua credibilidade ainda mais manchada.
Citar
Manchester City foi campeão... mas pode ser excluído da Champions

Incumprimento das regras do fair-play financeiro pode ditar castigo de um ano à formação onde mora Bernardo Silva.

O Manchester City pode ficar excluído da Liga dos Campeões 2019/20, segundo o New York Times. A UEFA, organismo de futebol europeu, está a investigar há vários meses o clube inglês, à raiz de uma série de denúncias por alegadas infrações às regras do fair-play financeiro.

Os membros da junta de controlo financeiro da UEFA, um grupo criado para analisar as contas dos clubes, reuniu-se há duas semanas em Nyon para tomar uma decisão sobre este assunto.

Espera-se que o castigo ao Manchester City possa ser de uma temporada sem participar na Liga dos Campeões. Alguns arquivos revelados pelo Football Leaks a revelar determinadas infrações dos citizens poderão contribuir para esta tomada de decisão.

A mesma publicação, avança que vários funcionários dos organismos de controlo financeiro também disseram em privado que a reputação da UEFA pode ser afetada se se considera que o seu trabalho não tiver consequências contra o City.

Fonte: Noticias ao Minuto

Também não fazia grande diferença, o Guardiola também não ia vencer a próxima edição da prova  :twisted:
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
 @Kaiser @LOLsangulo

 

 O nosso old friend.

Bem pelo menos aqui está a festejar na bancada, já é melhor que festejar no campo. :mrgreen:
Bem pelo menos aqui está a festejar na bancada, já é melhor que festejar no campo.

:mrgreen:

There's only one Mike Dean.



O Brighton despachou o Chris Hughton.

Fala-se do Graham Potter para o lugar.


Foi a penalties, mas o Steer resolveu.
O Brighton despachou o Chris Hughton.

Fala-se do Graham Potter para o lugar.

 O homem garante-lhes a permanência, é despachado. Estranho. É que o plantel do Brighton era bem fraco, em comparação com outras equipas. Desconheço o trabalho do Graham Potter, o Swansea tem olho para treinadores, mas com um plantel como o actual, é lutar para evitar a descida até à última.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Perder o Potter é a machadada final no clube. Sem ele, e a menos que os americanos finalmente vendam isto, o Swansea vai por aí abaixo.

O trabalho dele resume-se em poucas palavras: fez um autêntico milagre. Jogou-se bom futebol (muito bom, a espaços) durante quase toda a época e conseguiu-se uma manutenção mais do que tranquila. Isto com um plantel que só não foi mais surripiado porque os americanos não conseguiram poupar/fazer dinheiro com mais ninguém em Janeiro (mas vão fazer agora, que os principais jogadores vão todos direitinhos).

Sem qualquer tipo de apoio da direcção para contratações (muito pelo contrário, pois despachou-se o Carroll e o Jefferson Montero por empréstimo para rivais directos na luta pela promoção só para se poupar em salários, e este é apenas um de vários exemplos quase surreais), amanhou-se com o que conseguiu, chegando a levar 8 ou 9 jogadores da formação/ex-sub 23 do clube para muitas convocatórias. Transformou o Matt Grimes (eleito o melhor jogador da época do clube) de um médio-ofensivo a um jogador que chegou a fazer 90 minutos de qualidade a central e/ou a lateral-esquerdo, apostou no Dan James, que é um autêntico diamante em bruto tanto para o clube como para o futuro do futebol do País de Gales (tanto que, há dias, a Sky dava-o como certo no Manchester United por 15M£), potenciou inúmeros jovens como o Connor Roberts (agora internacional A galês), o Joe Rodon (que também já estreou na selecção), o George Byers ou o McBurnie (que acaba a época com 24 golos e vários interessados na Premier League), maximizou o talento de um pequeno craque como é o Bersant Celina, recuperou históricos do clube como o Nathan Dyer ou o Routledge, teve de gerir e lidar com as enormes limitações físicas do Leroy Fer, do Martin Olsson e de um pobre Bony sem joelhos (três dos melhores e mais experientes jogadores da equipa, e que fazem a diferença no Championship)...

Já vi vários treinadores de uma qualidade incrível no clube. Roberto Martínez, Brendan Rodgers, Michael Laudrup. De todos, o Potter é aquele que menos probabilidades de sucesso poderia ter no clube, pelos colossais obstáculos internos (ainda antes dos externos) que enfrentou e continua a enfrentar. E ainda assim, não consigo não ficar satisfeito com a época do clube. Dificilmente algum treinador no planeta faria melhor do que ele, no contexto actual.

Calculo que ele, sendo realista e já tendo percebido onde se veio meter, pondere aceitar a proposta do Brighton. Acho mesmo que é o melhor para a carreira dele, e vou-lhe ficar para sempre agradecido. Não tenho dúvidas de que chegará ao topo do futebol, porque as suas equipas e o seu trabalho não enganam.
"If God had meant football to be played in the air, he would have put grass in the sky" - Brian Clough

“Quando treinava o Saragoça, um jogador veio ter comigo no início da época e disse-me, todo contente: ‘Mister, estou melhor do que nunca fisicamente.’ Olhei para ele e respondi-lhe: ‘Isso é a pior notícia que me podias dar. Agora vais estar em mais sítios errados mais vezes, c*****.’” - Juan Manuel Lillo
Bonito o cântico dos jogadores do city sobre o Liverpool.
Inspirador