Bruno de Carvalho - Presidente do Sporting Clube de Portugal

fulgorexxi, rust-kun, iSKILLED, GodSmack, VerdyBranco (+ 2 Escondidos) e 22 Visitantes estão a ver este tópico.


Leia-se, jogos oficiais na equipa sénior do SCP... Talvez agora acabem os disparates que a imprensa tem publicado... Para o ano sim, Rui Patrício será o nº 1 histórico.
« Última modificação: Março 13, 2018, 10:58 am por Erdos »
Bruno, para a próxima época temos urgentemente de rever o nosso scouting/departamento desportivo de prospecção. O tão falado director desportivo já se percebeu que não vai existir mas continuamos a investir demasiado dinheiro em jogadores com pouca qualidade. Se já muito critiquei o Jesus hoje tenho de o defender, foi perceptível o porquê de Lumor ou Misic não jogarem. E só aqui estão 5M.

Comprar menos, mas melhor.

Temos mesmo de solucionar este problema.

É "perceptivel"?

A meu ver, não é. São perceptiveis as dificuldades quando não se joga durante meses e depois são utilizados em contextos dificeis ( metade dos titulares de fora ), isso sim.
Bruno, para a próxima época temos urgentemente de rever o nosso scouting/departamento desportivo de prospecção. O tão falado director desportivo já se percebeu que não vai existir mas continuamos a investir demasiado dinheiro em jogadores com pouca qualidade. Se já muito critiquei o Jesus hoje tenho de o defender, foi perceptível o porquê de Lumor ou Misic não jogarem. E só aqui estão 5M.

Comprar menos, mas melhor.

Temos mesmo de solucionar este problema.

É "perceptivel"?

A meu ver, não é. São perceptiveis as dificuldades quando não se joga durante meses e depois são utilizados em contextos dificeis ( metade dos titulares de fora ), isso sim.

Eu não faço um julgamento definitivo aos jogadores. O Lumor foi uma contratação de futuro para ser uma alternativa e em condições normais seria sempre um suplente de Coentrão/Acuña. E o Misic apesar de ter mostrado pouco vem de meses sem competição a sério.

Mas a questão do scouting/director desportivo, tão badalada por aqui, é para mim um dos factores que deveria ter uma revisão definitiva para a próxima época. Eu sou sincero, não desgosto do Geraldes e até acho que poderia ser ele a liderar esse tal departamento, mas que tem de ser formulado, para mim tem.

Para um clube que tem a formação que nós temos, os activos emprestados que nós temos e até o plantel que temos, quem vem tem de ter um perfil técnico e psicológico(e de rendimento imediato o que não aconteceu em Janeiro, que foram essencialmente contratações de futuro) analisado ao limite. Acredito que o futuro passe por contratar menos, eventualmente até por valores mais altos, e melhor.

Por exemplo para a próxima época, acho que mantendo Coentrão a defesa nem precisava de ser mexida(trazendo de volta Domingos Duarte). O que ser inédito com Jesus.

Consegui arranjar um convite para a bancada que fica em cima das claques.

Bem haja ao Conselho Leonino.


Realmente não é verdade. Enganei-me na parte da tribuna.

Convites prá bola do Conselho Leonino?  :think:
Afinal a histeria com os estatutos tinha explicações bem simples.
Temos pena: acabou-se o tachinho!
Se uns voltam prá bancada (dizem eles), o séquito de lacaios nem isso :lol:

Acabar com o CL percebo e apoio, agora vir com esse discurso quando ao lado se cria um séquito oficioso de lambe-cus é para rir. :lol:
Normalmente sou dos mais críticos das notícias do Correio da Manhã sobre o nosso presidente (onde é bem notória que existe uma clara perseguição pessoal), mas hoje não deixo de ficar um pouco apreensivo com a notícia de capa: É normal demorar tanto tempo este tipo de conflitos tributários nos tribunais? É que acho que esta polémica já vem ainda do tempo da primeira candidatura (+/- 2011). Ainda por cima o montante em dívida tem aumentado.
Mais carvão do CM sobre o presidente.. Alegadas dividas de 3,3M..


Devem ser as dívidas do costume.  Volta e meia lá aparecem.
Mais carvão do CM sobre o presidente.. Alegadas dividas de 3,3M..


Devem ser as dívidas do costume.  Volta e meia lá aparecem.

Como o rei-toupeira os ameaçou, não têm notícias pra encher chouriços, bora la falar no presidente do Sporting pra contornar a coisa.. :menos:
Bruno, para a próxima época temos urgentemente de rever o nosso scouting/departamento desportivo de prospecção. O tão falado director desportivo já se percebeu que não vai existir mas continuamos a investir demasiado dinheiro em jogadores com pouca qualidade. Se já muito critiquei o Jesus hoje tenho de o defender, foi perceptível o porquê de Lumor ou Misic não jogarem. E só aqui estão 5M.

Comprar menos, mas melhor.

Temos mesmo de solucionar este problema.

É "perceptivel"?

A meu ver, não é. São perceptiveis as dificuldades quando não se joga durante meses e depois são utilizados em contextos dificeis ( metade dos titulares de fora ), isso sim.

Não sei se será já perceptível ainda para mais no contexto de tantas mexidas mas sei que se chegaram a 31/1 e no início de Março já vão no 2 jogo então tb não estiveram Meses sem jogar.

 

Bruno, para a próxima época temos urgentemente de rever o nosso scouting/departamento desportivo de prospecção. O tão falado director desportivo já se percebeu que não vai existir mas continuamos a investir demasiado dinheiro em jogadores com pouca qualidade. Se já muito critiquei o Jesus hoje tenho de o defender, foi perceptível o porquê de Lumor ou Misic não jogarem. E só aqui estão 5M.

Comprar menos, mas melhor.

Temos mesmo de solucionar este problema.

Essa lógica no futebol actual não funciona.

Se queres fazer dinheiro e ter uma boa equipa, tens de comprar muito e também comprar bem.

Que se dê as voltas que se quiser dar, os empresários é que determinam para onde o jogador vai, e não os clubes. E não é a relação linear com o dinheiro, os empresários querem é sugar o máximo de dinheiro possível da cadeia de transferências por onde fazem o jogador passar e anexar ao mesmo os 3/4 jogadores "apêndice" que também representam.

É à custa deste modelo que por exemplo nos livrámos de um Jonathan e conseguimos trazer um Doumbia por um valor líquido de 1 milhão de euros.

Estando nós num mercado interno que é miserável, valores de tv dos mais baixos da Europa e escasso acesso a crédito, só resta crescer como temos feito, cada vez vamos comprando mais caro, mas também vamos vendendo ainda mais caro! E a realidade é que o saldo líquido entre entradas e saídas tem sido cada vez mais elevado à conta disso. Ou acham que um Bruno Fernandes, um Acuña, um Bas Dost não vão render pelo menos 20M de euros cada um? Reforço o "pelo menos".

Tem é que se comprar mais, mais caro e melhor e por ano lançar 2/3 miúdos da Academia para lhes anexar o preço de referência do restante plantel.

Eu adorava que fossemos um Barcelona, mas para isso precisávamos de uma economia nacional muito mais robusta. :)
"Estou cansado daquela conversa dos sportinguistas sobre se devo ter elevação ou não devo ter elevação. Para elevação temos o Bas Dost, que tem quase dois metros." by Bruno de Carvalho
Normalmente sou dos mais críticos das notícias do Correio da Manhã sobre o nosso presidente (onde é bem notória que existe uma clara perseguição pessoal), mas hoje não deixo de ficar um pouco apreensivo com a notícia de capa: É normal demorar tanto tempo este tipo de conflitos tributários nos tribunais? É que acho que esta polémica já vem ainda do tempo da primeira candidatura (+/- 2011). Ainda por cima o montante em dívida tem aumentado.
Really ?

Consegui arranjar um convite para a bancada que fica em cima das claques.

Bem haja ao Conselho Leonino.


Realmente não é verdade. Enganei-me na parte da tribuna.

Convites prá bola do Conselho Leonino?  :think:
Afinal a histeria com os estatutos tinha explicações bem simples.
Temos pena: acabou-se o tachinho!
Se uns voltam prá bancada (dizem eles), o séquito de lacaios nem isso :lol:

Acabar com o CL percebo e apoio, agora vir com esse discurso quando ao lado se cria um séquito oficioso de lambe-cus é para rir. :lol:


15 pessoas, em vez de uma infinidade deles, nomeadas para aconselhar o presidente. Não são orgãos sociais, logo não há tacho.
Não é nada difícil conseguir perceber as diferenças entre uma e outra, e como não te tenho como burro o teu comentário só pode ser mal intencionado.

Consegui arranjar um convite para a bancada que fica em cima das claques.

Bem haja ao Conselho Leonino.


Realmente não é verdade. Enganei-me na parte da tribuna.

Convites prá bola do Conselho Leonino?  :think:
Afinal a histeria com os estatutos tinha explicações bem simples.
Temos pena: acabou-se o tachinho!
Se uns voltam prá bancada (dizem eles), o séquito de lacaios nem isso :lol:

Acabar com o CL percebo e apoio, agora vir com esse discurso quando ao lado se cria um séquito oficioso de lambe-cus é para rir. :lol:


15 pessoas, em vez de uma infinidade deles, nomeadas para aconselhar o presidente. Não são orgãos sociais, logo não há tacho.
Não é nada difícil conseguir perceber as diferenças entre uma e outra, e como não te tenho como burro o teu comentário só pode ser mal intencionado.

Ui, não são orgãos sociais, se isso é tacho os restantes orgãos sociais são tacho? Ganham dinheiro?

O que se estava a falar era de bilhetes para a bola, como se quando for pedido não salta também o convite para esses. lol São mais 15 amigos que agora com carácter oficioso podem tecer loas na comunicação social ao BdC ou a quem vier a seguir, os chamados lambe-cus.
Normalmente sou dos mais críticos das notícias do Correio da Manhã sobre o nosso presidente (onde é bem notória que existe uma clara perseguição pessoal), mas hoje não deixo de ficar um pouco apreensivo com a notícia de capa: É normal demorar tanto tempo este tipo de conflitos tributários nos tribunais? É que acho que esta polémica já vem ainda do tempo da primeira candidatura (+/- 2011). Ainda por cima o montante em dívida tem aumentado.

Que eu saiba BC nunca escondeu que tem um diferendo com o fisco relativamente a dividas contra si revertidas enquanto sócio gerente da Polibuild.
Quando o propósito deliberado é denegrir a imagem de alguém e não há nada de novo para atacar vão-se buscar assuntos mais que requentados.
Se deve tem de pagar como qualquer outro cidadão, se não deve faz bem em contestar.
Normalmente sou dos mais críticos das notícias do Correio da Manhã sobre o nosso presidente (onde é bem notória que existe uma clara perseguição pessoal), mas hoje não deixo de ficar um pouco apreensivo com a notícia de capa: É normal demorar tanto tempo este tipo de conflitos tributários nos tribunais? É que acho que esta polémica já vem ainda do tempo da primeira candidatura (+/- 2011). Ainda por cima o montante em dívida tem aumentado.

Que eu saiba BC nunca escondeu que tem um diferendo com o fisco relativamente a dividas contra si revertidas enquanto sócio gerente da Polibuild.
Quando o propósito deliberado é denegrir a imagem de alguém e não há nada de novo para atacar vão-se buscar assuntos mais que requentados.
Se deve tem de pagar como qualquer outro cidadão, se não deve faz bem em contestar.

A notícia já se encontra disponível... há desenvolvimentos (pus a bold), mas só o correio da manhã para por uma disputa fiscal pessoal na capa, LOL! Como se não houvesse mais nada que preocupasse este País. Com estes problemas durmo eu bem...

Citar
Bruno de Carvalho deve 3,3 milhões ao Fisco Presidente do Sporting mete quatro processos para evitar execuções fiscais.



A luta do presidente do Sporting contra o Fisco está ao rubro. Numa semana (de 27 de fevereiro até 7 de março), Bruno de Carvalho interpôs quatro reclamações de quatro processos de execução fiscal num valor de quase 3,3 milhões de euros. Todas as ações deram entrada no Tribunal Tributário de Lisboa, sendo que as três primeiras são colocadas contra a Direção de Finanças de Lisboa e a última (que entrou no passado dia 7) é interposta contra a Direção de Serviços da Justiça Tributária (DSJT), entidade que supervisiona todas as execuções de dívidas fiscais. Com estas ações, Bruno de Carvalho pretende parar as execuções fiscais que correm contra o seu património por dívidas fiscais. A batalha do presidente do Sporting contra a Autoridade Tributária (AT) dura há uma década. Em setembro de 2008 já Bruno de Carvalho pedia ao Fisco, na qualidade de gerente da empresa de construção civil Polibuild, a anulação de processos fiscais referentes aos anos de 2004, 2005 e 2006, por atraso no envio das declarações de IRC. Segundo apurou o CM junto de fonte próxima do presidente dos leões, as novas reclamações estão todas ligadas ao processo Polibuild, já que sempre que recebe uma notificação da AT para liquidar as dívidas, Bruno de Carvalho avança com uma contestação porque não reconhece as mesmas. Contactada pelo CM, fonte oficial do Sporting optou por não fazer comentários.

Destituído em 2009 passa a gerência à mãe  Segundo os registos do Portal da Justiça, Bruno de Carvalho foi destituído da gerência da Polibuild - Construção Civil Lda, a 2 de dezembro de 2009, e foi substituído um dia depois pela sua mãe, Ana Paula Araújo de Azevedo Gaspar de Carvalho. A gerência da mãe do presidente do Sporting dura até ao início de 2013, altura em que renuncia ao cargo. Em 2015, a Polibuild passa para a forma jurídica de sociedade unipessoal, liderada por Paulo Jorge de Figueiredo Vasco. Prédios arrestados para garantia Já em 2009, a Fazenda Pública pediu no Tribunal Tributário de Lisboa um arresto de três imóveis, todos em Lisboa, propriedade de Bruno de Carvalho. Tratou-se de uma medida cautelar para assegurar o pagamento das dívidas fiscais da empresa Polibuild, da qual o presidente do Sporting era sócio-gerente desde 2001 e, consequentemente, devedor subsidiário.

http://www.cmjornal.pt/desporto/futebol/detalhe/bruno-de-carvalho-contesta-33-milhoes-de-dividas?ref=HP_Grupo1

Consegui arranjar um convite para a bancada que fica em cima das claques.

Bem haja ao Conselho Leonino.


Realmente não é verdade. Enganei-me na parte da tribuna.

Convites prá bola do Conselho Leonino?  :think:
Afinal a histeria com os estatutos tinha explicações bem simples.
Temos pena: acabou-se o tachinho!
Se uns voltam prá bancada (dizem eles), o séquito de lacaios nem isso :lol:

Acabar com o CL percebo e apoio, agora vir com esse discurso quando ao lado se cria um séquito oficioso de lambe-cus é para rir. :lol:


15 pessoas, em vez de uma infinidade deles, nomeadas para aconselhar o presidente. Não são orgãos sociais, logo não há tacho.
Não é nada difícil conseguir perceber as diferenças entre uma e outra, e como não te tenho como burro o teu comentário só pode ser mal intencionado.

Ui, não são orgãos sociais, se isso é tacho os restantes orgãos sociais são tacho? Ganham dinheiro?

O que se estava a falar era de bilhetes para a bola, como se quando for pedido não salta também o convite para esses. lol São mais 15 amigos que agora com carácter oficioso podem tecer loas na comunicação social ao BdC ou a quem vier a seguir, os chamados lambe-cus.

Tu queres mesmo comparar, do ponto de vista dos convites, um órgão com 50 membros + inerências com um conselho no máximo com 15 elementos (e que até pode nem existir)?

O felizmente extinto, e que tanto espernear gerou (pelos vistos, ainda gera, porque quando se fala nisso acendem-se logo, como se vê, as campainhas de vários  :lol:), dava tanto de mamar que até chegava aos aqui andam a lamber as botas de uma dezena de palermas que por lá se pavoneava
"O Sporting é nosso outra vez"
(declaração de Bruno de Carvalho, 42º presidente do Sporting Clube de Portugal, aos sócios do clube, em 23 de Março de 2013).
Bruno, para a próxima época temos urgentemente de rever o nosso scouting/departamento desportivo de prospecção. O tão falado director desportivo já se percebeu que não vai existir mas continuamos a investir demasiado dinheiro em jogadores com pouca qualidade. Se já muito critiquei o Jesus hoje tenho de o defender, foi perceptível o porquê de Lumor ou Misic não jogarem. E só aqui estão 5M.

Comprar menos, mas melhor.

Temos mesmo de solucionar este problema.

Essa lógica no futebol actual não funciona.

Se queres fazer dinheiro e ter uma boa equipa, tens de comprar muito e também comprar bem.

Que se dê as voltas que se quiser dar, os empresários é que determinam para onde o jogador vai, e não os clubes. E não é a relação linear com o dinheiro, os empresários querem é sugar o máximo de dinheiro possível da cadeia de transferências por onde fazem o jogador passar e anexar ao mesmo os 3/4 jogadores "apêndice" que também representam.

É à custa deste modelo que por exemplo nos livrámos de um Jonathan e conseguimos trazer um Doumbia por um valor líquido de 1 milhão de euros.

Estando nós num mercado interno que é miserável, valores de tv dos mais baixos da Europa e escasso acesso a crédito, só resta crescer como temos feito, cada vez vamos comprando mais caro, mas também vamos vendendo ainda mais caro! E a realidade é que o saldo líquido entre entradas e saídas tem sido cada vez mais elevado à conta disso. Ou acham que um Bruno Fernandes, um Acuña, um Bas Dost não vão render pelo menos 20M de euros cada um? Reforço o "pelo menos".

Tem é que se comprar mais, mais caro e melhor e por ano lançar 2/3 miúdos da Academia para lhes anexar o preço de referência do restante plantel.

Eu adorava que fossemos um Barcelona, mas para isso precisávamos de uma economia nacional muito mais robusta. :)
É isto. O mercado de transferências hoje em dia é muito controlado pelos empresários, para colocarem num determinado clube um bom jogador, daqueles que faz a diferença, esse mesmo clube tem de comprar mais 2/3 jogadores desse mesmo empresário para fazer a rotação e o mesmo ganhar mais uns cobres. Um bom departamento de scouting ajuda como é lógico, mas a palavra final é do empresário. Não adianta ter um olho clínico para descobrir uma estrela a baixo preço se "quem decide" disser "não, o meu jogador não vai para o clube x, a não ser que o clube queira também comprar fulano, cicrano e beltrano".

Consegui arranjar um convite para a bancada que fica em cima das claques.

Bem haja ao Conselho Leonino.


Realmente não é verdade. Enganei-me na parte da tribuna.

Convites prá bola do Conselho Leonino?  :think:
Afinal a histeria com os estatutos tinha explicações bem simples.
Temos pena: acabou-se o tachinho!
Se uns voltam prá bancada (dizem eles), o séquito de lacaios nem isso :lol:

Acabar com o CL percebo e apoio, agora vir com esse discurso quando ao lado se cria um séquito oficioso de lambe-cus é para rir. :lol:


15 pessoas, em vez de uma infinidade deles, nomeadas para aconselhar o presidente. Não são orgãos sociais, logo não há tacho.
Não é nada difícil conseguir perceber as diferenças entre uma e outra, e como não te tenho como burro o teu comentário só pode ser mal intencionado.

Ui, não são orgãos sociais, se isso é tacho os restantes orgãos sociais são tacho? Ganham dinheiro?

O que se estava a falar era de bilhetes para a bola, como se quando for pedido não salta também o convite para esses. lol São mais 15 amigos que agora com carácter oficioso podem tecer loas na comunicação social ao BdC ou a quem vier a seguir, os chamados lambe-cus.

Tu queres mesmo comparar, do ponto de vista dos convites, um órgão com 50 membros + inerências com um conselho no máximo com 15 elementos (e que até pode nem existir)?

O felizmente extinto, e que tanto espernear gerou (pelos vistos, ainda gera, porque quando se fala nisso acendem-se logo, como se vê, as campainhas de vários  :lol:), dava tanto de mamar que até chegava aos aqui andam a lamber as botas de uma dezena de palermas que por lá se pavoneava

Epa, quero, porque se o problema que se vê é bilhetes de borla, não é por umas dezenas num Estádio de milhares que faz diferença.

O CL não serve para nada como este grupo maravilha também não serve, se é pelos bilhetes é o mesmo porque também não devem faltar.

Já se percebeu que o problema não é lamber as botas é a quem se lambe. Se for ao Presidente é uma mama boa, se não é uma mama má.
Presidente, Neto de Moura e o Exmo. Prof. Dr. Meirim têm alguma relação para além da ideológica?

Disclaimer: todas as imagens de emails partilhadas têm como fonte primária o mercadodebenficapolvo.wordpress.com, podendo, tal como expresso pelos presumíveis autores, ser falsas, de conteúdos truncados, ou vítimas de desenhos meus de qualidade duvidosa v( ´ ▽ ` )b  (valor acrescentado pro bono)

"If you can survive disappointment, nothing can beat you."

Bankai!! Korose, Kamishini no Yari
Presidente, Neto de Moura e o Exmo. Prof. Dr. Meirim têm alguma relação para além da ideológica?


O Santa Clara anda a tentar ser entalado, não?