Bruno de Carvalho - Presidente do Sporting Clube de Portugal

zenairas, garra111, FVicente, BentoXVII, vascomata, Alberto Silva, goncalogdct, Álvaro Moura, MPeixoto, PedroMSR, diplomata, cdrusso, bruno31, calheta, SGL, Monaka, Bolas, baraomit, Typhoeus, Leão_da_Estrela, sc33, IgorCruz, Bit06, Danny.Santos, overkill, Jpcarc, joaommx, ElPacheco, Aeminium23, Lagarto, bgomes (+ 3 Escondidos) e 59 Visitantes estão a ver este tópico.

Os tais 10% continuam a ter o apoio de metade do país (adeptos rivais) uma vez que têm muito mais tempo de antena do que os outros 90%.

Veja-se quem foi chamado pela CS para comentar este assunto...

O PMR na AG teve calado que nem um rato e agora já tem direito a entrevista na CS. São estes ratos que têm de desaparecer do Sporting!
Do que estou a ler aqui neste tópico está-se a dicotomizar demasiado a coisa não? Do que leio aqui parece que no clube só há ou BdC ou croquetes, não há mais ninguém? O clube está resumido a isso? É que se está, desculpem que diga mas então não temos grande futuro.
Eu da parte que me toca acho que os croquetes (que nem sei exactamente o que isso seja, imagino que seja a linha dos ex presidentes dos últimos 20 anos) já foram, já tiveram o seu tempo e já lá vão, não voltam, até porque os sócios já não os querem lá.
BdC não é a última coca cola do deserto, tenho a certeza que há muito boa gente no clube com vontade e capacidade para continuar o bom trabalho.


tens uma maneira muito fácil de calar quem diz isso... Apresenta nomes válidos. Diz-nos quem são as alternativas válidas que se vislumbram.
Vou votar sim, na alteração dos estatutos e no regulamento disciplinar. Tudo o que advenha dessa votação é da inteira responsabilidade dos órgãos sociais.
Não misturem as coisas.

São 3 votações. Não apenas essas duas.

Se não tivesses apagado a parte inicial do que escrevi talvez percebesses o contexto.
Esta situação é toda inenarrável. Desde as guerrinhas internas, ao dar atenção a 10% que são muito menos do que isso, às declarações de Saraiva tiradas a papel químico de Godinho, JEB e amigos (o papel de Salvador, do Clube acabar se...).

Mas pelos vistos é o ADN do Clube e não há nada a fazer quanto a isso, é ir gerindo e aguentando o nosso fado.

Não posso no entanto deixar de dizer o seguinte: não tendo concordando com as recentes acções do Presidente, olho para o Clube desde 2013 e o positivo vence sempre. Portanto, figuras de estilo à parte e laivos de personalidade, para mim o Clube está à frente de tudo e todos, e o Clube está muito melhor desde que BdC assumiu o cargo. Faltam campeonatos é verdade, mas estamos agora mais perto de os ter do que antes, com casas às costas, negócios ruinosos e por aí adiante. Não concordo com a alteração do método de Hondt no CF, e tenho dúvidas sobre o regulamento que prevê que quem queira concorrer o tenha que fazer a todos os OS. Não sei se estou a interpretar bem, mas por exemplo a Candidatura Independente ao CFeD nestes moldes não poderia nunca existir, mas isso será elucidado dia 17, na AG onde mais uma vez estarei presente.

No entanto, caso essa escolha tenha que ser feita no Ponto 3, não vou nunca (apesar de estar completamente contra estas "rants" de BdC) retirar o meu apoio ao Presidente. E não vou porque apesar de não estar alinhado com estas acções, não posso nunca ver ratos de esgoto a vencer. E ratos de esgoto não são aquelas pessoas que estão na Lista. A maioria delas são grandes Sportinguistas. Ratos de esgoto são aqueles Sportinguistas que conspiram com rivais nos almoços, que passam informações internas à CS; ratos de esgoto são aqueles que se aliam à corja lampiónica para derrubar BdC. Uns bandalhos. Uns m*****. Não valem nada. Põem a sua agenda pessoal à frente do Clube, chegando ao ponto de passar informações a rivais, à CS e procurando tacho nos rivais. Uns m*****.

Entre estes ratos de esgoto e o Presidente actual, não poderá nunca haver outra escolha, por muito ou pouco que se concorde com a recente actuação de BdC. Eu já fiz a minha escolha. Achava sinceramente que a purga se limitaria à corja roquetteira, mas estarei ao lado de qualquer Presidente que esteja a ser sabotado por sabujos bandalhos ratos de esgoto que se vendem aos lampiões. Enquanto estes existirem no clube a purga nunca estará terminada.
Este forista recusa aplicar nos seus posts o novo Acordo Ortográfico
O Bruno é um presidente que ganhou eleições há pouquíssimo tempo com 90% dos votos!!!

E sempre que oiço, vejo, Sportinguistas a falar, a escrever, é MUITO raro ver um comentário a dizer que o Bruno não serve!

Tem pessoas contra ele, que lhe querem fazer a vida negra? Que surpresa...um gajo que é presidente do Sporting e que se mete em conflitos com tudo e todos (e muitos dele bem, outros não) está à espera de quê? Que lhe andem constantemente a oferecer rosas e bombons? Se não aguenta isso, então tem de decidir, ou mete-se em menos conflitos ou tem de sair do cargo.

Se não aguenta mais isso, que o diga de forma claro e diga que vai pôr o cargo à disposição porque a sua vida pessoal não aguenta com o cargo.

Não entremos em coisas ridiculas como "ou aceitam as mudanças nos estatutos que eu quero ou saio", este tipo de ultimato não fica nada bem e muita gente odeia este tipo de coisas, é entrar em guerra com quem o sempre apoiou só porque há quem não esteja de acordo com os estatutos (e isto começou porque ainda há muita gente que precisa de entender melhor o que significa esta mudança nos estatutos, que só queriam adiar a votação!).

Ainda por cima isto de querer falar em coisas tão sensíveis como mudanças nos estatutos a meio da época, não lembra a ninguém, criar guerras internas quando os lamps e o seu presidente estão com toda a gente em cima, quando estavamos em 1º no futebol, depois de ganharmos pela 1ª vez a taça da liga, isto não é de maneira nenhuma pensar no melhor para o Sporting.

E não me venham com conversas do "Bruno ou Caos", "Bruno ou Croquettes", o Sporting vai sempre existir com ou sem Bruno, SEMPRE. Até pode ficar desmaiado, moribundo, em coma, ou até pode ficar melhor, não sei, sei que vai sempre existir, cabe aos sócios decidirem isso. E o Sporting pode ter um presidente que nem seja o Bruno nem seja os croquettes, não sei se sabiam. Ou querem ver que no Sporting não há um único possível futuro candidato que não seja croquette?

Deu importância aos famosos "Sportingados" e aos fora, o que é para mim um erro dos grandes, só os ajuda e não o contrário. E eu sei bem disto, porque os nomes que ele referiu dos "net" discuti muito com vários deles, nos grupos do face (onde fui banido em mais que um), em blogs, especialmente no antes e nas eleições antes do Bruno ser presidente, então com o Ruben Proença de Amorim, o Ruben Coelho, o Pedro Quartin Graça, entre outros (porque faltam ali nomes), foi um fartote. Digo, sem dúvida alguma, devem ter adorado o post do presidente a referi-los, devem estar muito orgulhosos.

A grande maioria Sportinguista está com ele, ganhou as últimas eleições com cerca de 90% dos votos, mesmo que o critiquem (e eu por exemplo critico em algumas coisas) não significa que o deixaram de apoiar, o Bruno não é perfeito, é normal que faça coisas erradas e por isso é normal que seja criticado, como qualquer outra pessoa.

Se acha que ninguém pode criticá-lo, então a única direcção que pode tomar é a porta da saída.

Se acha que os 10% que estão contra ele importam mais que os 90% que o apoiam, então precisa de fazer um retiro espiritual e perceber que 90% é MUITO mais significativo que 10%.

Se acha que a sua vida pessoal não aguenta mais o cargo de presidente do Sporting, que o diga de forma sincera e clara e passemos à próxima fase, marcar eleições e preparar o Sporting para o futuro.

Uma coisa eu sei, aconteça o que acontecer dia 17, o SPORTING NUNCA IRÁ ACABAR!!
O Bruno é um presidente que ganhou eleições há pouquíssimo tempo com 90% dos votos!!!

E sempre que oiço, vejo, Sportinguistas a falar, a escrever, é MUITO raro ver um comentário a dizer que o Bruno não serve!

Tem pessoas contra ele, que lhe querem fazer a vida negra? Que surpresa...um gajo que é presidente do Sporting e que se mete em conflitos com tudo e todos (e muitos dele bem, outros não) está à espera de quê? Que lhe andem constantemente a oferecer rosas e bombons? Se não aguenta isso, então tem de decidir, ou mete-se em menos conflitos ou tem de sair do cargo.

Se não aguenta mais isso, que o diga de forma claro e diga que vai pôr o cargo à disposição porque a sua vida pessoal não aguenta com o cargo.

Não entremos em coisas ridiculas como "ou aceitam as mudanças nos estatutos que eu quero ou saio", este tipo de ultimato não fica nada bem e muita gente odeia este tipo de coisas, é entrar em guerra com quem o sempre apoiou só porque há quem não esteja de acordo com os estatutos (e isto começou porque ainda há muita gente que precisa de entender melhor o que significa esta mudança nos estatutos, que só queriam adiar a votação!).

Ainda por cima isto de querer falar em coisas tão sensíveis como mudanças nos estatutos a meio da época, não lembra a ninguém, criar guerras internas quando os lamps e o seu presidente estão com toda a gente em cima, quando estavamos em 1º no futebol, depois de ganharmos pela 1ª vez a taça da liga, isto não é de maneira nenhuma pensar no melhor para o Sporting.

E não me venham com conversas do "Bruno ou Caos", "Bruno ou Croquettes", o Sporting vai sempre existir com ou sem Bruno, SEMPRE. Até pode ficar desmaiado, moribundo, em coma, ou até pode ficar melhor, não sei, sei que vai sempre existir, cabe aos sócios decidirem isso. E o Sporting pode ter um presidente que nem seja o Bruno nem seja os croquettes, não sei se sabiam. Ou querem ver que no Sporting não há um único possível futuro candidato que não seja croquette?

Deu importância aos famosos "Sportingados" e aos fora, o que é para mim um erro dos grandes, só os ajuda e não o contrário. E eu sei bem disto, porque os nomes que ele referiu dos "net" discuti muito com vários deles, nos grupos do face (onde fui banido em mais que um), em blogs, especialmente no antes e nas eleições antes do Bruno ser presidente, então com o Ruben Proença de Amorim, o Ruben Coelho, o Pedro Quartin Graça, entre outros (porque faltam ali nomes), foi um fartote. Digo, sem dúvida alguma, devem ter adorado o post do presidente a referi-los, devem estar muito orgulhosos.

A grande maioria Sportinguista está com ele, ganhou as últimas eleições com cerca de 90% dos votos, mesmo que o critiquem (e eu por exemplo critico em algumas coisas) não significa que o deixaram de apoiar, o Bruno não é perfeito, é normal que faça coisas erradas e por isso é normal que seja criticado, como qualquer outra pessoa.

Se acha que ninguém pode criticá-lo, então a única direcção que pode tomar é a porta da saída.

Se acha que os 10% que estão contra ele importam mais que os 90% que o apoiam, então precisa de fazer um retiro espiritual e perceber que 90% é MUITO mais significativo que 10%.

Se acha que a sua vida pessoal não aguenta mais o cargo de presidente do Sporting, que o diga de forma sincera e clara e passemos à próxima fase, marcar eleições e preparar o Sporting para o futuro.

Uma coisa eu sei, aconteça o que acontecer dia 17, o SPORTING NUNCA IRÁ ACABAR!!

Infelizmente tenho de concordar contigo
@Lion73 explica-me só uma última coisa antes de eu vos deixar discutir quantos votos é que precisam para satisfazer ou chatear o Bruno de Carvalho:

Como é que uma pessoa diz que não se chateia por votarem contra ele, que diz que não leva nada à AG a pensar se vai ser aproveitado ou rejeitado, justifica que esteja tanto a pensar no resultado da AG de dia 17 que até se demite se não for o que ele acha mais correcto?

Como?

Uma pessoa que não consegue debater numa Ag aquilo que se propôs.
Acho que BdC deve cumprir o mandato para o qual foi eleito até ao fim e não percebo porque foi toda esta encenação em que o único prejudicado no meio disto tudo foi o Sporting Clube de Portugal e isso não lhe perdoo. Para além do mais não gosto de chantagens pelo que não negoceio com chantagistas e por isso não vou à AG, porque se fosse iria votar contra e como acho que uma demissão de uma Direcção nesta altura ia levar o clube para um pântano, prefiro ficar em casa a bem do Sporting. Como já disse noutro post, votei nele o ano passado para um mandato de 4 anos, não foi de 1. Quando se elabora um programa de uma candidatura para um clube as linhas de acção têm duas componentes, uma em que a sua aplicação depende apenas do executivo e outras que dependem da aprovação de terceiros (neste caso dos sócios). No Sporting podem-se ganhar eleições com 50% +1 (por exemplo) dos votos dos sócios, mas para alterações estatutárias são precisos 75% dos votos. Quem não perceber esta diferença não está apto a presidir a uma instituição que se regula por práticas democráticas.
ficar em casa é dar força ás sombras
Quem deu força ás sombras foi BdC. BdC tem o clube na mão como sempre teve desde que chegou, mesmo aquando da primeira eleição que perdeu(ganhou...). Não tem necessidade de estar a esticar a corda. A oposição ladra mas nunca morderia porque nós não deixávamos. Da maneira como BdC pôs as coisas até pode vir a morder porque os sócios do Sporting não comem gelados com a testa e não gostam de ser empurrados para onde não querem ir.
Mas, BC não está a propor nada que não estivesse no seu programa, certo?
Apenas podemos discordar da altura e da forma, porque acho que é legitimo que quem tanto trabalhou e conseguiu em prol do SCP, também queira jogar um trunfo de modo a conseguir o que se propõem, não é estar sempre com o jugo ao pescoço!!
Obviamente que ele tem o direito de propor o que quiser mesmo que não tivesse inicialmente no seu programa, agora quando se propõe algo estamos sujeitos a que não seja aprovado e temos que aceitar isso como normal para mais numa votação que exige 75% de votos (isto quer dizer que é preciso haver um consenso alargado, não é uma mera formalidade).
Ora bem, deixem-me montar aqui um cenário hipotético que nem é assim muito inverosímil, só para vermos no que este circo todo pode resultar:

- o pessoal vai lá à AG, e vota favoravelmente os pontos 1 e 2, tal como BdC tanto quer, alterações aliás "que nada têm de especial" até porque para BdC "tanto se lhe dá que votem a favor ou não" (nota-se...  :think:);

- no ponto 3, o homem não recebe a percentagem de votos que quer, e vai-se embora (eu não acredito, mas se ele diz, vamos acreditar);

Conclusão: BdC vai-se embora, e ficamos com uns estatutos fresquinhos e catitas, mesmo à medida de qualquer croquete que apareça para ocupar a vaga deixada livre!

E esta hein?! Mas nada temam, a alteração dos Estatutos é totalmente benigna, e alarga o espectro democrático!! 8) Por isso...
GANHEM JUÍZO!

Entre este presidente (com todos os defeitos que tenha), mas que se dedica como nenhum outro (24-24) ao nosso clube, contra tudo e contra todos, e RECUPEROU O CLUBE DAS TREVAS em 5-6 anos, hoje todos NOS TEMEM.

Entre este, e uma destas figuras desprezíveis que não o querem deixar cumprir aquilo por que votamos, QUEM AMA O SPORTING sabe bem o que tem que fazer na assembleia.

Não sejamos ridículos, ESTE É O MELHOR PRESIDENTE QUE NOS PODIA ACONTECER, mostremos alguma gratidão por favor! 

Este clube já sofreu demais, não vamos retroceder agora.

Pavilhão, numero se sócios record, equipas para disputar/ganhar titulos em todas as modalidades, e sobretudo falar em SPORTING HOJE É FALAR EM VENCER - mudou as mentalidades de sportinguistas e dos outros perante nós.

Isto é um trabalho que só não valoriza quem É MESQUINHO, INGRATO ou de outro clube.

Do Cotonete e das misérias prévias nenhum benfiquista ou bimbo falava mal. Porque será? Que passou-se?

Já ninguem se lembra da ultima classificação conseguida pelo gordinho no campeonato!

ESTOU CONTIGO BRUNO!!!
Obrigado PAI LEÃO !
Ora bem, deixem-me montar aqui um cenário hipotético que nem é assim muito inverosímil, só para vermos no que este circo todo pode resultar:

- o pessoal vai lá à AG, e vota favoravelmente os pontos 1 e 2, tal como BdC tanto quer, alterações aliás "que nada têm de especial" até porque para BdC "tanto se lhe dá que votem a favor ou não" (nota-se...  :think:);

- no ponto 3, o homem não recebe a percentagem de votos que quer, e vai-se embora (eu não acredito, mas se ele diz, vamos acreditar);

Conclusão: BdC vai-se embora, e ficamos com uns estatutos fresquinhos e catitas, mesmo à medida de qualquer croquete que apareça para ocupar a vaga deixada livre!

E esta hein?! Mas nada temam, a alteração dos Estatutos é totalmente benigna, e alarga o espectro democrático!! 8) Por isso...

Mesmo à medida? E em que sentido?
Ora bem, deixem-me montar aqui um cenário hipotético que nem é assim muito inverosímil, só para vermos no que este circo todo pode resultar:

- o pessoal vai lá à AG, e vota favoravelmente os pontos 1 e 2, tal como BdC tanto quer, alterações aliás "que nada têm de especial" até porque para BdC "tanto se lhe dá que votem a favor ou não" (nota-se...  :think:);

- no ponto 3, o homem não recebe a percentagem de votos que quer, e vai-se embora (eu não acredito, mas se ele diz, vamos acreditar);

Conclusão: BdC vai-se embora, e ficamos com uns estatutos fresquinhos e catitas, mesmo à medida de qualquer croquete que apareça para ocupar a vaga deixada livre!

E esta hein?! Mas nada temam, a alteração dos Estatutos é totalmente benigna, e alarga o espectro democrático!! 8) Por isso...

Mesmo à medida? E em que sentido?
Mais sabes tu... lol
A responsabilidade é de quem manda, os sócios, os que votam.
A bola está onde sempre deve estar: nos sócios.

Eu sei que é chato ter a responsabilidade de decidir.
É mais fácil comentar as decisões dos outros.

Eu sei que era mais fácil, para todos, se ele se demitisse por sua iniciativa.
Podíamos dizer que era por birra, etc.

Mas não é o Bruno que sai por sua iniciativa.
É quem vota que o tira de lá e, claro, arca com as consequências.

Ele continuará a ser sócio. A ter poder de voto, como todos nós que tb somos sócios.
E o clube prossegue, com outra direcção, etc.
"O Sporting é nosso outra vez"
(declaração de Bruno de Carvalho, 42º presidente do Sporting Clube de Portugal, aos sócios do clube, em 23 de Março de 2013).
Frente ao papa do norte que apesar de estar no fim , sem duvida que os que lhe seguirão , vão lhe seguir as pisadas e frente ao Pablo Escobar e sua máfia e sistema tentacular , alguma duvida que o Sporting para viver neste meio , tem que ter uma presidência musculada , forte.

A mim causa-me impressão , como é que ainda não perceberam isso , se fossemos o clube dos 6 milhões , poderíamos-nos dar ao luxo de discutir o sexo dos anjos , 1001 formas de democracia , de eleger um líder todos os anos , de deitar abaixo um , só por capricho , que apesar de tudo , os arbitros continuariam a beneficiar-nos e os sedentos de poder a cortejar-nos.

O Sporting é um clube que só pode vencer na desforra , na luta constante e no desejo de afirmação , contra todos aqueles que nos querem deitar abaixo , a começar pelos lampiões em grande número.

Por isso é que nunca podemos ter uma aliança com os lampiões , porque aí já entramos a perder e a indicar a todos os agentes no desporto e fora , quem manda , quanto muito uma aliança tactica com o Porto mais nada.

É normal que o Bruno de Carvalho queira mexer nos estatutos , se as constituições dos países mudam , porque não os estatutos dos clubes , ainda para mais quando o futebol português já não é o mesmo.

Isso tem sido o problema principal do Sporting , como clube temos funcionado ainda como se estivessemos ainda nos anos 60 , e desde os anos 70 , temos ganho só quando tivemos um líder forte como o João Rocha , ou quando o Benfica e Porto se distraíram.

É normal que Bruno de Carvalho queira se resguardar de ataques internos  , para se concentrar nos nossos adversarios , tem razões para isso , afinal , os emails estão aí , o Benfica não tem parado de manipular a oposição do Sporting em benefício proprio e com o objectivo de destruír o Sporting por dentro.

O Benfica só tem assegurado o sucesso com um Sporting manso , domesticado , por isso , os lampiões perdem tanto tempo e recursos em denegrir o Sporting em todos os espaços e frentes , se lhes deixamos de dar guerra , somos comidos por eles , não há volta a dar.

Só podemos neste contexto , ter um líder que lhes dê guerra , e neste momento , o unico líder com personalidade de guerreiro , é o nosso presidente , que muitos de vocês , não percebem que a personalidade dele é a unica que os lampiões não podem admitir num presidente do Sporting , porque simplesmente se recusa sentar à mesa com eles e por isso é tão atacado por eles , porque para eles e para nós é uma guerra existencial.

São dois galos para o mesmo poleiro , ou vencem eles , ou nós e nisso pouco importa a democracia , no entanto , isso não impede que tenhamos eleições e que os nossos líderes sejam sufragados , mas logo que o sejam têm que ter redea solta para atacarem os lampiões.

Em Fevereiro de 2018 finalmente descobriu-se que afinal o que impede o Sporting de ganhar mais são os estatutos. :venia:

Não, em Fevereiro de 2018 finalmente é o culmina de uma estratégia concertada para tomar o poder. A maioria dos sócios e adeptos já toparam o filme todo. Agora é só saber se dá para salvar o Clube dessa gente.

O quê, vamos, por exemplo, chegar ao ponto de expulsar o Benedito do Clube? Um dos atletas mais históricos do Clube?  :think:

Gostava de perceber, primeiro, afinal essa gente dessa lista que publicou que tanto o incomodam que efeitos práticos têm tido na gestão do Clube? ZERO!

Segundo, mesmo que essa gente deixe de pertencer ao Clube se não é isso que os impede de escrever e falar na mesma nas redes sociais e blogs, vai o BdC continuar a não ter condições para fazer o seu trabalho?  :lol:

Circo ridículo, prejudicial para o Sporting, e apenas por uma birrinha só para o BdC ter o prazer de alguma retaliação.
Estou muito desapontado com o Presidente.

Porque das duas uma, ou foi verdadeiro na sua declaração - está esgotado emocionalmente - ou é um jogo de reforço de poder.

Ora ambas as razões me espantam.

Está esgotado ? Quer dizer que não sabia o que era ser Presidente do Sporting Clube de Portugal ? Que foi voluntarista e inconsciente ? E não sabia isso no final do primeiro mandato ? Agora, menos de um ano depois, é que se lembra ? E se está assim tão esgotado, porque é quee admite continuar se uma grande maioria o quiser ? Ficará mais fresco se isso acontecer ? E o compromisso com 90% dos Sportinguistas que confiaram nele ? Não vale nada ? E o Sporting, vale tão pouco ? Larga-se assim às feras porque está cansado ? Muitas questões que me preocupam.

Se é simplesmente um jogo de reforço de poder, porque está convencido que vai ober as votações pedidas, o que é que ganha com isso ? A oposição e os ataques vão desaparcer ? Satisfaz-lhe o ego ? Precisa disso todos os anos ? E a rejeição de alterações de estatutos são suficientes para abandonar o clube ? Para que é que ele quer mais poder ? É para bem do Sporting ? Como ?

São muitas questões, são muitas dúvidas. Aquilo ontem foi patético. Uma eternidade a choramingar. Não tem estofo para Presidente do SCP ? Ou foi tudo uma encenação ?

Enfim, para dizer a verdade, nesta altura estou mais preocupado que saia o Carlos Vieira do que ele.
Caro Bruno,

Há 1 ano os meus 5 votos contribuíram para a tua esmagadora vitória.

Aliás, já tinha votado em ti em 2011 e 2013, não por qualquer capricho ou fetiche, mas porque em cada um desses 3 atos eleitorais achei seres o melhor candidato para a presidência do SCP.

Na tomada de posse, prometeste honrar a confiança dos sócios nos 4 anos de mandato. Para um homem sério, e tenho-te na conta de pessoa séria, palavra dada é palavra honrada.

Os atos de meia dúzia de gatos pingados não justificam esta tua birra, que mais parece de adolescente mimado do que do Bruno lutador que eu conheço e respeito.

Faz agora um ano votei em ti para presidires ao meu clube nos próximos 4 anos. Não vejo nenhuma necessidade de ter que ratificar esse meu voto no dia 17.

Cumpre o mandato para que foste eleito.
Ora bem, deixem-me montar aqui um cenário hipotético que nem é assim muito inverosímil, só para vermos no que este circo todo pode resultar:

- o pessoal vai lá à AG, e vota favoravelmente os pontos 1 e 2, tal como BdC tanto quer, alterações aliás "que nada têm de especial" até porque para BdC "tanto se lhe dá que votem a favor ou não" (nota-se...  :think: );

- no ponto 3, o homem não recebe a percentagem de votos que quer, e vai-se embora (eu não acredito, mas se ele diz, vamos acreditar);

Conclusão: BdC vai-se embora, e ficamos com uns estatutos fresquinhos e catitas, mesmo à medida de qualquer croquete que apareça para ocupar a vaga deixada livre!

E esta hein?! Mas nada temam, a alteração dos Estatutos é totalmente benigna, e alarga o espectro democrático!! 8) Por isso...


E qual é mesmo a diferença entre os estatutos atuais e os que serão aprovados?
O que é que uma direcção mal intencionada poderá fazer com os novos estatutos que não pode fazer com os antigos?


Na minha opinião, atitude rídicula digam o que disserem e passem os paninhos quentes que quiserem.


Nunca gostei de chantagens e para mim mais que o querer mudar o Sporting, é o fazer chantagem.
Ou está com ele ou contra ele, não podem haver pontos de descordia.

Muito disuludido com a postura.

Estás numa guerra e o teu General pergunta: "vamos à guerra?"
Todos respondem: "vá, estamos todos consigo?"
Ele diz:" já vi que vou sozinho... Ao menos posso levar armas para me defender e fazer as coisas à minha maneira? É que lutar sozinho à vossa maneira não vai dar e eu vou morrer. Para isso não vou. Decidam lá o que querem ".

Onde está a chantagem aqui?

Desiludido deve estar o Bruno de Carvalho... Eu no lugar dele estaria...

Enviado do meu WAS-LX1A através do Tapatalk




O ir à guerra não quer dizer que eu tenha de concordar com a táctica.

Lutar sozinho? Ele fez e faz muito pelo clube, mas algo que não pode apontar o dedo é aos sócios e adeptos.
Claro que vai haver sempre quem esteja contra, vai haver oposição e vai haver veneno de todo o lado.

Não me parece que o Bruno seja o tipo de pessoa que não se sinta seguro das suas atitutes e decisões.

Na minha opinião é bom haver discordia, discussão e desafios - só assim se evolui.


Mas é como a analogia que trouxeram no outro dia - A bola é minha e se não tenho as regras que quero ninguém joga. Ou neste caso tem que se arranjar outro que tenha uma bola.


E eu não estou se quer a discutir o que ele está a exigir que se aprove, e para ser sincero, nem estou muito por dentro do assunto pois não pensei nunca que se criasse este mundo de problemas em torno do clube.


Não gostei foi do discurso dirigido, principalmente, aos que estão com ele - pois os que estão contra, esses, vão continuar a estar.
Ora bem, deixem-me montar aqui um cenário hipotético que nem é assim muito inverosímil, só para vermos no que este circo todo pode resultar:

- o pessoal vai lá à AG, e vota favoravelmente os pontos 1 e 2, tal como BdC tanto quer, alterações aliás "que nada têm de especial" até porque para BdC "tanto se lhe dá que votem a favor ou não" (nota-se...  :think:);

- no ponto 3, o homem não recebe a percentagem de votos que quer, e vai-se embora (eu não acredito, mas se ele diz, vamos acreditar);

Conclusão: BdC vai-se embora, e ficamos com uns estatutos fresquinhos e catitas, mesmo à medida de qualquer croquete que apareça para ocupar a vaga deixada livre!

E esta hein?! Mas nada temam, a alteração dos Estatutos é totalmente benigna, e alarga o espectro democrático!! 8) Por isso...

Mesmo à medida? E em que sentido?
Mais sabes tu... lol

Mais sei eu? Mais sei eu, o quê?
Ora bem, deixem-me montar aqui um cenário hipotético que nem é assim muito inverosímil, só para vermos no que este circo todo pode resultar:

- o pessoal vai lá à AG, e vota favoravelmente os pontos 1 e 2, tal como BdC tanto quer, alterações aliás "que nada têm de especial" até porque para BdC "tanto se lhe dá que votem a favor ou não" (nota-se...  :think:);

- no ponto 3, o homem não recebe a percentagem de votos que quer, e vai-se embora (eu não acredito, mas se ele diz, vamos acreditar);

Conclusão: BdC vai-se embora, e ficamos com uns estatutos fresquinhos e catitas, mesmo à medida de qualquer croquete que apareça para ocupar a vaga deixada livre!

E esta hein?! Mas nada temam, a alteração dos Estatutos é totalmente benigna, e alarga o espectro democrático!! 8) Por isso...

Mesmo à medida? E em que sentido?

Ainda tou a tentar perceber o bicho papão destas alterações dos estatutos. Digam-me lá em que pode beneficiar hipotéticos maus presidentes?