Bruno de Carvalho - Presidente do Sporting Clube de Portugal

0 Membros e 9 Visitantes estão a ver este tópico.

Era arranjar ao pessoal um "amigo" para colocar ao vosso lado, no vosso emprego, todos os dias, todo o dia a insultarem-vos. Fiquem felizes da vossa vida e façam  bem o vosso trabalho.
Não só a ti como a toda a tua familia!
Até denuncias anónimas de crimes!
Eu no lugar dele já tinha cagado ha muito!
Mas são os sócios do Sporting Clube de Portugal que lhe faze isso?
Os sócios incluem os que estão com ele e os que não estão. Sei lá, é como quereres começar uma corrida, tens lá milhares de pessoaa a dar te apoio moral mas há sempre um boi que sem ninguém o ver consegue ir lá apertar te os atacadores um ao outro.
Não "os sócios"! Mas muitos são ou não sócios?! Ele quer poder para atuar sobre esses!
Movimento PSN "Por um Sporting sem notáveis"

"Um em cada três lampiões é tão burro com os outros dois" Carlos Dolbeth
Vou fazer o possível e o impossível para estar na AG de dia 17 no Pavilhão João Rocha, o Presidente pode cair, mas cai comigo ao lado dele, se depender de mim nunca ficará sozinho, já foi assim nas últimas 3 eleições, não é agora que vai ser diferente...

Força Presidente, eu estou contigo, és um de nós! :arrow:
 :arrow:

somos dois



Já agora para aqueles que dizem que o Sporting não acaba, o que entendem que é o Sporting?

Um nome? Uma equipa de futebol? Um clube desportivo?

Se bem me recordo no inicio do ano de 2013:

quanto ao nome - já se discutia um novo nome, pois entendia-se que uma das eventuais soluções era fecharmos as portas descermos às distritais mudarmos de nome e recomeçar a partir do zero.

quanto à equipa de futebol - estava em 7º lugar do campeonato

quanto ao Clube Desportivo - vão ver o que tínhamos ganho na época anterior e chorem

Na realidade no inicio de 2013 o Sporting tinha acabado em todas as vertentes possíveis, nunca se convençam que o Sporting é um dado adquirido porque não é
No dia 23 de junho de 2018 o Sporting abdicou de ser grande. No dia 08 de setembro de 2018 o Sporting abdicou de qualquer esperança, obrigado aos que votaram varandas, não podiam ter escolhido pior!
@Kareem Abdul-Jabbar  e @KRUGER PARK ,

Eu entendo perfeitamente o que estão a dizer. Mas não concordo. Eu não posso tomar uma decisão sobre os estatutos e regime disciplinar com o fantasma do que poderá advir dessas votações.

Temos de separar as águas. Temos de tomar decisões individualmente e sem pressões. A minha decisão será apenas e só sobre cada um dos 3 pontos. Tudo o que vier daí é da responsabilidade dos órgãos sociais.

Pode dar-se o caso de haver muita gente, que apoia e votou em BdC nas últimas eleições, votar negativamente nos dois primeiros pontos e positivamente no terceiro ponto.

São coisas independentes.

A questão é que não haverá ponto 3, se um dos anteriores for chumbado
23.894
Era arranjar ao pessoal um "amigo" para colocar ao vosso lado, no vosso emprego, todos os dias, todo o dia a insultarem-vos. Fiquem felizes da vossa vida e façam  bem o vosso trabalho.
Não só a ti como a toda a tua familia!
Até denuncias anónimas de crimes!
Eu no lugar dele já tinha cagado ha muito!
Mas são os sócios do Sporting Clube de Portugal que lhe faze isso?
Os sócios incluem os que estão com ele e os que não estão. Sei lá, é como quereres começar uma corrida, tens lá milhares de pessoaa a dar te apoio moral mas há sempre um boi que sem ninguém o ver consegue ir lá apertar te os atacadores um ao outro.
Não "os sócios"! Mas muitos são ou não sócios?! Ele quer poder para atuar sobre esses!

Para que serve a justiça civil?
Esta alteração estatutária parece-me claramente de alguém que quer fazer justiça pelas suas próprias mãos.
Quanto mais leio, mas desiludido fico com os Sportinguistas, mas vamos explicar porquê.

Sabem o porquê de não se concordar com o método de Hondt? A nível metodológico favorece quem tem mais representatividade. Ou seja, Bruno de Carvalho não concorda com um método que o favorece e por larga margem! Esse ditador que quer acabar com mecanismos que o favorecem...

Quanto ao regulamento disciplinar, as alterações propostas basicamente definem que quem chora-se ao Sporting por apoios e até consegue um protocolo, não pode ter sócios a fazer críticas, insultos e injúrias sem sofrer sanções. E qual o problema aqui? Quem quer ser uma oposição ao Presidente, quer ter o Presidente a aprovar apoios? Mas isto faz sentido?
@Kareem Abdul-Jabbar  e @KRUGER PARK ,

Eu entendo perfeitamente o que estão a dizer. Mas não concordo. Eu não posso tomar uma decisão sobre os estatutos e regime disciplinar com o fantasma do que poderá advir dessas votações.

Temos de separar as águas. Temos de tomar decisões individualmente e sem pressões. A minha decisão será apenas e só sobre cada um dos 3 pontos. Tudo o que vier daí é da responsabilidade dos órgãos sociais.

Pode dar-se o caso de haver muita gente, que apoia e votou em BdC nas últimas eleições, votar negativamente nos dois primeiros pontos e positivamente no terceiro ponto.

São coisas independentes.

Não. Não.

Neste ponto, não são coisas independentes. E se votar contra nos dois primeiros pontos está a votar a favor da demissão do CD. Porquê? Porque, para o CD, governar o Sporting neste momento exige que esses dois pontos tenham de ser aprovados. É um silogismo elementar: se vota contra os dois primeiros pontos, logo está a dizer que quer que este CD, que não governará sem esses dois pontos, se demita. Simples, não é?


Neste momento não há meios termos, meu caro: ou aceita tudo ou reprova tudo. A decisão é sua. Assuma-a. Mas sem meias-palavras. Sem fugas.

SL
(...)O CD acha indispensável estas mudanças agora. Constavam do programa. O Presidente já disse que não suporta e que isso lhe está a afetar o desempenho das funções. Ou concordas ou discordas, simples.


Não acho q o CD ache isso. Nem vejo como pode achar.

O que acho é que perante toda a discussão sobre estas alterações e a forma como correu a AG, o sentimento é de um clube refém dos Severinos e que os 90% actualmente pouco significam. São um número. Sem substância prática que nem ser ouvido em AG, conseguiu.
Nesta altura parece ser obrigatório escrever algo sobre o Presidente do Sporting.

Eu cá acho que estas sao as típicas situacoes em que se recomenda recato, reflexao, silencio e uma dose industrial de bom senso. De todos os lados da barricada.

Entretanto vou olhando para o armário onde tenho armazenada a farda de guerrilheiro e penso em que estado e' que a mesma estará...

 :offtopic:E se ainda serve  >:D :lol: :offtopic:
SL
#NasciLeaoNaoLampiao
Quanto mais leio, mas desiludido fico com os Sportinguistas, mas vamos explicar porquê.

Sabem o porquê de não se concordar com o método de Hondt? A nível metodológico favorece quem tem mais representatividade. Ou seja, Bruno de Carvalho não concorda com um método que o favorece e por larga margem! Esse ditador que quer acabar com mecanismos que o favorecem...

Quanto ao regulamento disciplinar, as alterações propostas basicamente definem que quem chora-se ao Sporting por apoios e até consegue um protocolo, não pode ter sócios a fazer críticas, insultos e injúrias sem sofrer sanções. E qual o problema aqui? Quem quer ser uma oposição ao Presidente, quer ter o Presidente a aprovar apoios? Mas isto faz sentido?

Já me estava a esquecer do Conselho Leonino. Essa feira de vaidades só com poder consultivo. São 50 pessoas que não têm poder para nada. E o objectivo é para reduzir para 15 pessoas que vão continuar a não ter poder para nada. Faz-me confusão saber que uma das fontes de conflito de muitos Sportinguistas é não poderem escolher 50 pessoas que não fazem trabalho que acrescente valor à Instituição.


Não. Não.

Neste ponto, não são coisas independentes. E se votar contra nos dois primeiros pontos está a votar a favor da demissão do CD. Porquê? Porque, para o CD, governar o Sporting neste momento exige que esses dois pontos tenham de ser aprovados. É um silogismo elementar: se vota contra os dois primeiros pontos, logo está a dizer que quer que este CD, que não governará sem esses dois pontos, se demita. Simples, não é?


Neste momento não há meios termos, meu caro: ou aceita tudo ou reprova tudo. A decisão é sua. Assuma-a. Mas sem meias-palavras. Sem fugas.

SL

@Kareem Abdul-Jabbar  e @KRUGER PARK ,

Eu entendo perfeitamente o que estão a dizer. Mas não concordo. Eu não posso tomar uma decisão sobre os estatutos e regime disciplinar com o fantasma do que poderá advir dessas votações.

Temos de separar as águas. Temos de tomar decisões individualmente e sem pressões. A minha decisão será apenas e só sobre cada um dos 3 pontos. Tudo o que vier daí é da responsabilidade dos órgãos sociais.

Pode dar-se o caso de haver muita gente, que apoia e votou em BdC nas últimas eleições, votar negativamente nos dois primeiros pontos e positivamente no terceiro ponto.

São coisas independentes.

A questão é que não haverá ponto 3, se um dos anteriores for chumbado

De acordo. Mas isso será da responsabilidade dos órgãos sociais. Não de quem não votou positivamente nos primeiros dois pontos. Porque mais uma vez digo, são coisas independentes.

Está-se a votar nas alterações dos estatutos e regime disciplinar, nada mais.
O palhaço de serviço não se cansa, parece o Madeirinha carunchosa a pôr-se em bicos de pés.

Parece um fantoche, alguém comenta e ele faz "citar" e mete mais uma garfada, parece os cartilheiros rabolhos.
(...)O CD acha indispensável estas mudanças agora. Constavam do programa. O Presidente já disse que não suporta e que isso lhe está a afetar o desempenho das funções. Ou concordas ou discordas, simples.


Não acho q o CD ache isso. Nem vejo como pode achar.

O que acho é que perante toda a discussão sobre estas alterações e a forma como correu a AG, o sentimento é de um clube refém dos Severinos e que os 90% actualmente pouco significam. São um número. Sem substância prática que nem ser ouvido em AG, conseguiu.

Exactamente. Basta meia dúzia de palermas para lixar o trabalho feito por todos os outros.


Não. Não.

Neste ponto, não são coisas independentes. E se votar contra nos dois primeiros pontos está a votar a favor da demissão do CD. Porquê? Porque, para o CD, governar o Sporting neste momento exige que esses dois pontos tenham de ser aprovados. É um silogismo elementar: se vota contra os dois primeiros pontos, logo está a dizer que quer que este CD, que não governará sem esses dois pontos, se demita. Simples, não é?


Neste momento não há meios termos, meu caro: ou aceita tudo ou reprova tudo. A decisão é sua. Assuma-a. Mas sem meias-palavras. Sem fugas.

SL




Saudades dele, meu caro? Mantenha essa linha de pensamento e vai matá-las em breve, garanto-lhe.

SL

Era arranjar ao pessoal um "amigo" para colocar ao vosso lado, no vosso emprego, todos os dias, todo o dia a insultarem-vos. Fiquem felizes da vossa vida e façam  bem o vosso trabalho.
Não só a ti como a toda a tua familia!
Até denuncias anónimas de crimes!
Eu no lugar dele já tinha cagado ha muito!

Não me parece que saibam do que falam.

E sim provavelmente vai haver pessoas no teu trabalho (colegas, clientes) que não gostam de ti e vão te tratar mal, isso é igual em todo o lado. Ou queixas-te ao teu superior, ou ás entidades certas ou não ligas ou vais-te embora-

Mas o Bruno é o presidente, se tem funcionários que o tratem mal, tem o poder para resolver isso.

Se o problema são sócios do clube que não gostam dele? Qual é o problema? Então agora só se pode ser sócio do clube se gostar do presidente?

Deixem-se de armar em coitadinhos.

Sobre denúncias anónimas de crimes e por aí, se ele não fez nada, só tem de estar de consciência tranquila e fazer queixa às autoridades competentes para o caso.




Errado, meu caro. Errado. A não ser que o que existia, naqueles cinco ou dez anos anteriores à chegada de Bruno de Carvalho, fosse, no seu entendimento, o Sporting. Para mim não era. Era uma espécie de Sporting. Uma espécie de coutada. Uma espécie de Club, melhor o colocando. Mas se eu quiser jogar golfe e conviver com os meus distintos amigos vou para a Aroeira, não para o Campo Grande. Olhos bem abertos. Olhos bem abertos. Sem dramas mas também sem ingenuidades. Os abutres pairam, escondidos, de sorriso nos lábios, aparentemente inofensivos, sempre fofinhos, à espera de um cadáver. Não lho entreguemos de mão beijada, por favor.

SL

Era o Sporting, em modo zombie, em modo coma, o que quiseres chamar, era o Sporting Clube de Portugal. E não foi 5 ou 10 anos anteriores, foram mais, desde que o Roquette chegou ao clube. E festejaste os títulos que ganhámos ou não?

E com aceitação da grande parte dos sócios (infelizmente a maior parte acordou tarde).

Voltar a esses tempos estará nas mãos dos sócios, caso aceitem votar num futuro possível candidato que queira voltar a esses tempos.



@Kareem Abdul-Jabbar  e @KRUGER PARK ,

Eu entendo perfeitamente o que estão a dizer. Mas não concordo. Eu não posso tomar uma decisão sobre os estatutos e regime disciplinar com o fantasma do que poderá advir dessas votações.

Temos de separar as águas. Temos de tomar decisões individualmente e sem pressões. A minha decisão será apenas e só sobre cada um dos 3 pontos. Tudo o que vier daí é da responsabilidade dos órgãos sociais.

Pode dar-se o caso de haver muita gente, que apoia e votou em BdC nas últimas eleições, votar negativamente nos dois primeiros pontos e positivamente no terceiro ponto.

São coisas independentes.

 :arrow: :arrow:


Saudades dele, meu caro? Mantenha essa linha de pensamento e vai matá-las em breve, garanto-lhe.

SL

Por não ter qualquer empatia com um dos coveiros do Sporting e com as suas atitudes pré AG é que não estou a gostar de toda esta situação porque não é muito diferente a chantagem/táctica ou o que lhe queiram chamar que foi feita aos sócios por Bruno de Carvalho daquela que foi feita na altura por Soares Franco.
Saudades dele, meu caro? Mantenha essa linha de pensamento e vai matá-las em breve, garanto-lhe.

O melhor é fechar o BdC num bunker com os melhores médicos e nutricionistas do Mundo, não vá dar-lhe alguma coisa a nível de saúde ou assim e o Sporting acabar nesse dia.
Quanto mais leio, mas desiludido fico com os Sportinguistas, mas vamos explicar porquê.

Sabem o porquê de não se concordar com o método de Hondt? A nível metodológico favorece quem tem mais representatividade. Ou seja, Bruno de Carvalho não concorda com um método que o favorece e por larga margem! Esse ditador que quer acabar com mecanismos que o favorecem...

Quanto ao regulamento disciplinar, as alterações propostas basicamente definem que quem chora-se ao Sporting por apoios e até consegue um protocolo, não pode ter sócios a fazer críticas, insultos e injúrias sem sofrer sanções. E qual o problema aqui? Quem quer ser uma oposição ao Presidente, quer ter o Presidente a aprovar apoios? Mas isto faz sentido?




Loool isso nem sequer é legal não podes penalizar uma associação por um dos elementos falar alguma coisa em nome individual. Chama-se liberdade de expressão e esta na constituição.


Alem disso quem fizer isso individualmente injurias calunias etc actualmente já pode ser penalizado pelos estatutos actuais e nem precisas de la ter a parte de grupos associações etc.


As penalizações já existem actualmente a única coisa de relevante que altera é o tipo de castigo e foi ai que o presidente falou.


A já agora passa a existir um protocolo com essas entidades mas para protecção da marca Sporting.


Saudades dele, meu caro? Mantenha essa linha de pensamento e vai matá-las em breve, garanto-lhe.

SL

Por não ter qualquer empatia com o senhor em questão e com as suas atitudes pré AG é que não estou a gostar de toda esta situação porque não é muito diferente a chantagem/táctica ou o que lhe queiram chamar que foi feita aos sócios por Bruno de Carvalho daquela que foi feita na altura por Soares Franco.

O que Bruno de Carvalho quer é uma moção de confiança, nada mais simples do que isso. Faz-se por todo o mundo em todas as situações em que uma liderança necessita de sair reforçada — tenha ela sido eleita com 90 ou com 51% dos votos. Se quer dar-lhe essa confiança, dá; se não quer, não dá. Nada de chantagem: simples democracia. Faça a sua escolha. Simples.

SL
Certos adeptos deviam ser banidos do clube, parece que não percebem que o Sporting é um clube de desporto e não de futebol e nas modalidades tem sido o melhor. Mesmo andando o benfica a ser investigado e a mandar bocas, não há união, como é que é possivel? Severinos, Madeiras Rodrigues, etc, tudo lampiões, é que não há outra explicação.