Porque nos orgulhamos de sermos Sporting Clube de Portugal

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

"É fraqueza entre ovelhas ser Leão." (Lusíadas, I-68)
Falaram aí atrás do hino cantado pela José Valério. Isso não é o hino. É uma marcha.
Confesso que não conheço o hino do Sporting nem sei se alguma vez o ouvi.
Falaram aí atrás do hino cantado pela José Valério. Isso não é o hino. É uma marcha.
Confesso que não conheço o hino do Sporting nem sei se alguma vez o ouvi.

Para ouvires vai ao tópico "Hino do Sporting" na wiki sporting

O Hino do Sporting data de 1953. A música foi composta pelo Maestro Flaviano Rodrigues e letra escrita por Ramiro Guedes de Campos e a sua versão original era a seguinte:

Marchando ao Sol, entre vivas e palmas,
E verdes ondas, bandeiras - mais e mais!...
O Sporting surge! E cinquenta mil almas
No Estádio bradam ovações triunfais!

É verde a Esperança! É assim o Emblema
Que o povo tem sobre o peito, a palpitar!
Ser «leão» rampante é a honra suprema
Em Portugal d’Aquém e d’Além-Mar!

Lutai! Lutai! Lutai como leões!
Erguei-vos como fachos a arder!
Fazei vibrar os nossos corações!
A Esperança nos diz: - «Vencer! Vencer!»

«Leões»! «Leões»! Fazei que em vós assome
A Glória num clarão imortal!
Lembrai que tendes no nome
Este nome - PORTUGAL!!!

Letra: Ramiro Guedes de Campos; Música: Maestro Flaviano Rodrigues


"É fraqueza entre ovelhas ser Leão." (Lusíadas, I-68)
Eu amo o Sporting porque sim...não se explica.
Não amo nem mais nem menos porque ganho um título no andebol, no basquetebol ou porque o Fernando Mamede bate o recorde mundial dos 10.000 metros.
Não gosto menos porque fico em 7º lugar, nem quando estou mais de uma dezena de anos sem conquistar um título no futebol.
Corre-me no sangue um sentimento que não se explica, que não tem adjectivos que o qualifiquem correctamente.
Eu amo o Sporting esteja à frente dele o Sousa Cintra, o José Roquette, o João Rocha, o Bruno de Carvalho, o José Eduardo Bettencourt, o Amado de Freitas, o Frederico Varandas ou quem quer que seja.
O Sporting é muito mais do que os nomes que o compõem num determinado período e contexto.
Eu amo o Sporting porque sim...não se explica.
Não amo nem mais nem menos porque ganho um título no andebol, no basquetebol ou porque o Fernando Mamede bate o recorde mundial dos 10.000 metros.
Não gosto menos porque fico em 7º lugar, nem quando estou mais de uma dezena de anos sem conquistar um título no futebol.
Corre-me no sangue um sentimento que não se explica, que não tem adjectivos que o qualifiquem correctamente.
Eu amo o Sporting esteja à frente dele o Sousa Cintra, o José Roquette, o João Rocha, o Bruno de Carvalho, o José Eduardo Bettencourt, o Amado de Freitas, o Frederico Varandas ou quem quer que seja.
O Sporting é muito mais do que os nomes que o compõem num determinado período e contexto.

Confesso que sinto inveja dessa maneira de ser. Também já vivi assim o Sporting, mas à maneira que vou progredindo nesta vida vou perdendo muito desse amor pelo Sporting apenas por ser o Sporting e vou cada vez mais valorizando a componente da competência. Porque revolta-me que uma Instituição que tem tudo para ser maior que todas as outras juntas neste País ser tão menorizada por incompetência interna e falta de ambição.
Eu amo o Sporting porque sim...não se explica.
Não amo nem mais nem menos porque ganho um título no andebol, no basquetebol ou porque o Fernando Mamede bate o recorde mundial dos 10.000 metros.
Não gosto menos porque fico em 7º lugar, nem quando estou mais de uma dezena de anos sem conquistar um título no futebol.
Corre-me no sangue um sentimento que não se explica, que não tem adjectivos que o qualifiquem correctamente.
Eu amo o Sporting esteja à frente dele o Sousa Cintra, o José Roquette, o João Rocha, o Bruno de Carvalho, o José Eduardo Bettencourt, o Amado de Freitas, o Frederico Varandas ou quem quer que seja.
O Sporting é muito mais do que os nomes que o compõem num determinado período e contexto.

Confesso que sinto inveja dessa maneira de ser. Também já vivi assim o Sporting, mas à maneira que vou progredindo nesta vida vou perdendo muito desse amor pelo Sporting apenas por ser o Sporting e vou cada vez mais valorizando a componente da competência. Porque revolta-me que uma Instituição que tem tudo para ser maior que todas as outras juntas neste País ser tão menorizada por incompetência interna e falta de ambição.

Antes de mais obrigado por responderes, teres uma opinião distinta da minha, que percebo e não partires para o insulto fácil, como tanto se vê por aqui neste fórum.
Compreendo o que dizes, mas já passei por muito nesta vida com o nosso clube...já sofri mesmo muito...já chorei como uma criança quando perdemos a final da Taça Uefa em casa...já fiquei sem saber o que dizer quando fomos campeões frente ao Salgueiros...e esses momentos permitiram-me perceber que aquilo que se sente, é imutável quaisquer que sejam as épocas e as pessoas que, a determinada altura da vida, representam o nosso clube.
Peço desculpa se deveria antes ter criado um novo tópico, mas nunca o fiz :D.

Proponho que, caso concordem, se acrescente na secção de orgulho leonino, a secção de futsal temporada 2018/2019 devido à conquista da uefa futsal champions league.