Futuro da Sporting S.A.D.

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Vejo aqui coisas escritas completamente irrealísticas...Lutar pelo sétimo lugar? Mas têm a noção que o quarto e quinto classificados são o Rio Ave e o P.Ferreira????

Estamos mal mas mesmo desinvestindo o mínimo tem de ser sempre o terceiro lugar o Braga é um clubezeco de uma cidade. Não é preciso tanto desespero!Tem de haver é competência!

Não nos podemos conformar com um Sporting pequeno!
Vejo aqui coisas escritas completamente irrealísticas...Lutar pelo sétimo lugar? Mas têm a noção que o quarto e quinto classificados são o Rio Ave e o P.Ferreira????

Estamos mal mas mesmo desinvestindo o mínimo tem de ser sempre o terceiro lugar o Braga é um clubezeco de uma cidade. Não é preciso tanto desespero!Tem de haver é competência!

Não nos podemos conformar com um Sporting pequeno!

Não é conformar com um Sporting pequeno, é apostar nos miudos e não lhes pedir o mundo. Com competência estaríamos no topo da liga em 3 ou 4 anos. Mas pelos vistos ter visão pragmática é conformar-nos com um Sporting pequeno, enfim. Espero não ter razão quando digo que este ano descemos de divisão, depois quero ver as tuas palavras de um grandioso Sporting. E não é desespero, fiz um post com medidas que poderiam ser implementadas, e pegaste numa mariquice em 20 pontos diferentes em vez de, ao menos, te dignares a apresentar soluções ao que apresentei. Pareces os nossos políticos.
Vejo aqui coisas escritas completamente irrealísticas...Lutar pelo sétimo lugar? Mas têm a noção que o quarto e quinto classificados são o Rio Ave e o P.Ferreira????

Estamos mal mas mesmo desinvestindo o mínimo tem de ser sempre o terceiro lugar o Braga é um clubezeco de uma cidade. Não é preciso tanto desespero!Tem de haver é competência!

Não nos podemos conformar com um Sporting pequeno!
Mas qual 3º lugar? Algum dia chegaremos ao 3º lugar este ano? Mais um ano a ir à Liga Europa (e isto com sorte, já para nem falar das regras de fair-play financeiro) e a ver zero de dinheiro pela participação em competições europeias!

É preciso desespero sim. Racionalidade, mas o desespero cada vez mais tem lugar e não se pode censurar ninguém.

Tem de haver competência, sim. E não a há. E não a há por causa de pessoas que pensavam assim:

"Para as Finanças, Nobre Guedes que baixou nos 2 anos que lá esteve o passivo de 300milhões para 180 milhões após a conclusão da operação das VMOC´S...
Para o Futebol, Luís Duque que toda a gente reclamava mas agora já não presta...
Para o Marketing, Carlos Barbosa que transformou o ACP no maior clube português...
Moniz Pereira também está com ele...
Manuel Fernandes está com ele...
Rogério Alves está com ele...
Chega?"

"Amanha Godinho será o presidente do Sporting!
Com Luís Duque voltamos a ser campeões!!!
Domingos,Alex Silva,Rodriguez,Garay,Hugo Almeida,Wendt,Bobô,Jô,Zahavi...
O trabalho de casa foi feito ou contrário de outros que falaram muito e não apresentaram nada...
Voto Godinho!!!Força Godinho!!!"

"Desculpa mas achas fácil alguém arranjar 40-50 milhões na banca hoje em dia? O Godinho conseguiu graças ao Ricciardi e isso é um facto! Graças à equipa que tem com ele podemos gostar ou não deles mas têm credibilidade no sector financeiro!"

"Acham que novas eleicões iam ajudar o nosso clube nalguma coisa?Quem ia aguentar outra campanha eleitoral?Qual 2ªvolta, os estatutos não permitem isso!
Termino como o comunicado da Juve Leo:
O SPORTING ESTÁ ACIMA DE NÓS E PRECISA DE PAZ E UNIÃO!"

E se agora pensas de forma diferente não quero saber, porque há 1 ano e 8 meses foste dos que contribuiu para isto. E não, não to perdoo (e escusas de vir dizer que não queres saber do meu perdão, é-me indiferente).

Estou FARTINHO de ver a lata que as pessoas que apoiaram estes imbecis agora têm para continuar a falar e a opinar sobre o Sporting, ao fim de 1 ano e 8 meses de PROVAS de que fizeram uma asneira grave e provavelmente irremediável. Seja aqui, no facebook, na vida real... fartinho de os ouvir, fartinho de os ver.
Querem acabar de vez com a nossa paixão!
Não vamos deixar... porque nunca desistimos de ti!
Estou FARTINHO de ver a lata que as pessoas que apoiaram estes imbecis agora têm para continuar a falar e a opinar sobre o Sporting, ao fim de 1 ano e 8 meses de PROVAS de que fizeram uma asneira grave e provavelmente irremediável. Seja aqui, no facebook, na vida real... fartinho de os ouvir, fartinho de os ver.

Também já cheguei a esse ponto. Já não posso ver Situacionista(s) à frente.
Passam a vida a escamotear a realidade, defendendo o indefensável e atirando as culpas apenas para os jogadores.

Já nem perco tempo com explicações. Só quando o SCP bater realmente no fundo (já nem sei se isto tem fim) é que vão perceber. Depois não venham tirar satisfações. O aviso já foi dado.. os que acordam, sejam bem-vindos.. os que insistentemente defendem o pior presidente da história do Sporting, arranjem um clube, porque o meu não pode mesmo que o deles.

Pegando no exemplo do J Pereira e Cédric... quantos anos pensas que o Cédric pode continuar no Sporting? Imagina que dizes 3 anos, o suficiente para 2 contratos. O Cédric chega aos 23 anos e nessa altura é titular da Selecção e também no Sporting. Quer um contrato de 1,5 M€ por época porque tem uma proposta do estrangeiro com um salário dessa ordem. Tu dizes que sim, porque ele é de facto um jogador já feito, importante para a equipa e que convém manter. Entretanto tens um Arias que nunca se afirmou e mais 2 ou 3 jogadores que entretanto completaram a formação e têm um potencial semelhante ao do Cédric quanto tinha 20 anos e que têm sido emprestados ano após ano porque não encontram lugar.

Então tu mandas 3 jogadores desse género mais Arias darem uma volta, ie, não renovas (nem sequer os vendes, porque eles não tiveram oportunidade de mostrar o seu valor, logo não valem quase nada). Ou seja, onde está a rentabilização da Academia?... Não está.

No entanto, se chegada a essa situação vendesses o Cédric porque ele já entrava na categoria de jogadores valorizados por, sei lá, 5 M€, ficavas com esse dinheiro e metias um dos 3 jogadores ou o Arias a titular em sua substituição. Com um salário talvez 5x mais baixo que o Cédric dos 23 anos. E um jogador esse que dali a 3 anos poderia valer novos 5 M€.

Agora multiplica o exemplo Cédric para as outras posições.

Estamos na mesma página, eu concordo com isso! Aqui a questão é que nem sempre consegues ter jogadores para substituíres um jogador numa determinada posição, e é nesses casos que eu defendo o jogador actual em vez do "desconhecido".

O Cedric neste momento já fez o seu primeiro contrato como Sénior (até 2016), e já deve ter um salário razoável, uma vez que também tem uma clausula de 30 M. Se quiser um aumento terá de provar em campo que é um grande jogador e aumentar o seu estatuto que ainda não é consensual sequer a sua qualidade para ser titular do Sporting. Posto isto se conseguir chegar à titularidade na Selecção é caso para a tal ponderação. Será que temos um jogador para o substituir? Será que ele está pronto para assumir o lugar no plantel? Se tivermos um Arias com qualidade para assumir o lugar, concordo com a venda, se assim não for, e sendo o jogador essencial para o 11 inicial, acredito que possamos fazer o sacrifico por mais uma temporada, até que se encontre solução para o jogador.

No fundo os salários mais elevados só seriam atribuídos a quem de facto fosse titular indiscutível e com qualidade. Neste sentido seria 3/4 jogadores de classe Mundial. Por exemplo do actual plantel só o Patrício justificava um esforço do clube, mas como há Marcelo esse esforço não é preciso. Agora não havendo Marcelo não vejo qualidade suficiente no Golas para ser um jogador do nível do Rui, para além que ainda tem muito que aprender.

Por exemplo, neste momento é imprescindível segurar o Insua para a próxima época porque não há outra solução de imediato, já que o Turan ainda é uma incógnita, apesar de como rezam as crónicas estar a jogar bem na Turquia.

O modelo que me estás a descrever não é suficiente, desaproveita em demasia a Academia. Se tivéssemos uma formação mediana, eu seria o primeiro a defender esse teu modelo... vender titulares para promover os jovens com maior potencial alguma vez demonstrado nas camadas jovens. Mas se vais apostar verdadeiramente na Academia então tem de existir maior turn-over, para o bem e também para o mal.

Tens mesmo de vender jogadores no pico da sua valorização em vez de os manteres mais um anito ou dois apenas porque achas que eles são muito bons e uma mais-valia para a competitividade da equipa principal. Não, o pensamento deve ser antes proceder à renovação de jogadores para quase todas as posições numa base de 2-3 anos... em alguns casos acabarás por substituir um jogador muito bom e que se tinha afirmado por uma incógnita que se revela depois não ser tão conseguida, noutros casos acabarás por substituir alguém que não andava a render o que se esperava por uma incógnita que se vem a revelar melhor que o esperado.

A dinâmica criada por este processo de auto-renovação garantiria o aproveitamento do melhor que há em Portugal (porque detemos a melhor formação do país a nível futebolístico) com o risco de alguma falta de continuidade na equipa principal (mas em bom abono da verdade, quantos jogadores mesmo é que permanecem mais de 3 anos num clube ganhador?).
Para já parece que há uma empresa a pedir a insolvência por falta de pagamento. Acaba de dar na TSF!

E também aqui!

http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=589479
Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
Para já parece que há uma empresa a pedir a insolvência por falta de pagamento. Acaba de dar na TSF!

E também aqui!

http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=589479

Houve um forista que tinha alertado para este caso há uns tempos.
Total de utilizadores ignorados: 44
Para já parece que há uma empresa a pedir a insolvência por falta de pagamento. Acaba de dar na TSF!

E também aqui!

http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=589479

Houve um forista que tinha alertado para este caso há uns tempos.

Ao que sei há mais. Bastantes...
Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
Para já parece que há uma empresa a pedir a insolvência por falta de pagamento. Acaba de dar na TSF!

E também aqui!

http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=589479

Houve um forista que tinha alertado para este caso há uns tempos.

Ao que sei há mais. Bastantes...

Elas que venham a publico que eu agradecia.
Total de utilizadores ignorados: 44
Para já parece que há uma empresa a pedir a insolvência por falta de pagamento. Acaba de dar na TSF!

E também aqui!

http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=589479

Deus nos livre... há sempre algo mais para adicionar a este pesadelo?!
Estatutos: Artigo 3º 1 - O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL É UMA UNIDADE INDIVISÍVEL CONSTÍTUIDA PELA TOTALIDADE DOS SEUS ASSOCIADOS.
____________________________________________
Os 10 Mandamentos do Sportinguista por Salazar  Carreira
http://www.forumscp.com/wiki/index.php?title=%22Os_dez_mandamentos_do_Sportinguista%22
A guilhotina é um instrumento utilizado para aplicar a pena de morte por decapitação.
 :sick:
Para já parece que há uma empresa a pedir a insolvência por falta de pagamento. Acaba de dar na TSF!

E também aqui!

http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=589479

Houve um forista que tinha alertado para este caso há uns tempos.

Ao que sei há mais. Bastantes...

Elas que venham a publico que eu agradecia.

Esta só foi a primeira!!! A partir de agora vão ser em catadupa.
Saudações Leoninas
Pegando no exemplo do J Pereira e Cédric... quantos anos pensas que o Cédric pode continuar no Sporting? Imagina que dizes 3 anos, o suficiente para 2 contratos. O Cédric chega aos 23 anos e nessa altura é titular da Selecção e também no Sporting. Quer um contrato de 1,5 M€ por época porque tem uma proposta do estrangeiro com um salário dessa ordem. Tu dizes que sim, porque ele é de facto um jogador já feito, importante para a equipa e que convém manter. Entretanto tens um Arias que nunca se afirmou e mais 2 ou 3 jogadores que entretanto completaram a formação e têm um potencial semelhante ao do Cédric quanto tinha 20 anos e que têm sido emprestados ano após ano porque não encontram lugar.

Então tu mandas 3 jogadores desse género mais Arias darem uma volta, ie, não renovas (nem sequer os vendes, porque eles não tiveram oportunidade de mostrar o seu valor, logo não valem quase nada). Ou seja, onde está a rentabilização da Academia?... Não está.

No entanto, se chegada a essa situação vendesses o Cédric porque ele já entrava na categoria de jogadores valorizados por, sei lá, 5 M€, ficavas com esse dinheiro e metias um dos 3 jogadores ou o Arias a titular em sua substituição. Com um salário talvez 5x mais baixo que o Cédric dos 23 anos. E um jogador esse que dali a 3 anos poderia valer novos 5 M€.

Agora multiplica o exemplo Cédric para as outras posições.

Estamos na mesma página, eu concordo com isso! Aqui a questão é que nem sempre consegues ter jogadores para substituíres um jogador numa determinada posição, e é nesses casos que eu defendo o jogador actual em vez do "desconhecido".

O Cedric neste momento já fez o seu primeiro contrato como Sénior (até 2016), e já deve ter um salário razoável, uma vez que também tem uma clausula de 30 M. Se quiser um aumento terá de provar em campo que é um grande jogador e aumentar o seu estatuto que ainda não é consensual sequer a sua qualidade para ser titular do Sporting. Posto isto se conseguir chegar à titularidade na Selecção é caso para a tal ponderação. Será que temos um jogador para o substituir? Será que ele está pronto para assumir o lugar no plantel? Se tivermos um Arias com qualidade para assumir o lugar, concordo com a venda, se assim não for, e sendo o jogador essencial para o 11 inicial, acredito que possamos fazer o sacrifico por mais uma temporada, até que se encontre solução para o jogador.

No fundo os salários mais elevados só seriam atribuídos a quem de facto fosse titular indiscutível e com qualidade. Neste sentido seria 3/4 jogadores de classe Mundial. Por exemplo do actual plantel só o Patrício justificava um esforço do clube, mas como há Marcelo esse esforço não é preciso. Agora não havendo Marcelo não vejo qualidade suficiente no Golas para ser um jogador do nível do Rui, para além que ainda tem muito que aprender.

Por exemplo, neste momento é imprescindível segurar o Insua para a próxima época porque não há outra solução de imediato, já que o Turan ainda é uma incógnita, apesar de como rezam as crónicas estar a jogar bem na Turquia.

O modelo que me estás a descrever não é suficiente, desaproveita em demasia a Academia. Se tivéssemos uma formação mediana, eu seria o primeiro a defender esse teu modelo... vender titulares para promover os jovens com maior potencial alguma vez demonstrado nas camadas jovens. Mas se vais apostar verdadeiramente na Academia então tem de existir maior turn-over, para o bem e também para o mal.

Tens mesmo de vender jogadores no pico da sua valorização em vez de os manteres mais um anito ou dois apenas porque achas que eles são muito bons e uma mais-valia para a competitividade da equipa principal. Não, o pensamento deve ser antes proceder à renovação de jogadores para quase todas as posições numa base de 2-3 anos... em alguns casos acabarás por substituir um jogador muito bom e que se tinha afirmado por uma incógnita que se revela depois não ser tão conseguida, noutros casos acabarás por substituir alguém que não andava a render o que se esperava por uma incógnita que se vem a revelar melhor que o esperado.

A dinâmica criada por este processo de auto-renovação garantiria o aproveitamento do melhor que há em Portugal (porque detemos a melhor formação do país a nível futebolístico) com o risco de alguma falta de continuidade na equipa principal (mas em bom abono da verdade, quantos jogadores mesmo é que permanecem mais de 3 anos num clube ganhador?).

De acordo. Mas isto só se consegue fazer com uma liderança muito forte e comunicação muito sólida. Não basta dizer que se vendem os melhores por razões financeiras, tem que se compensar os adeptos com alguma coisa. Difícil.
Pegando no exemplo do J Pereira e Cédric... quantos anos pensas que o Cédric pode continuar no Sporting? Imagina que dizes 3 anos, o suficiente para 2 contratos. O Cédric chega aos 23 anos e nessa altura é titular da Selecção e também no Sporting. Quer um contrato de 1,5 M€ por época porque tem uma proposta do estrangeiro com um salário dessa ordem. Tu dizes que sim, porque ele é de facto um jogador já feito, importante para a equipa e que convém manter. Entretanto tens um Arias que nunca se afirmou e mais 2 ou 3 jogadores que entretanto completaram a formação e têm um potencial semelhante ao do Cédric quanto tinha 20 anos e que têm sido emprestados ano após ano porque não encontram lugar.

Então tu mandas 3 jogadores desse género mais Arias darem uma volta, ie, não renovas (nem sequer os vendes, porque eles não tiveram oportunidade de mostrar o seu valor, logo não valem quase nada). Ou seja, onde está a rentabilização da Academia?... Não está.

No entanto, se chegada a essa situação vendesses o Cédric porque ele já entrava na categoria de jogadores valorizados por, sei lá, 5 M€, ficavas com esse dinheiro e metias um dos 3 jogadores ou o Arias a titular em sua substituição. Com um salário talvez 5x mais baixo que o Cédric dos 23 anos. E um jogador esse que dali a 3 anos poderia valer novos 5 M€.

Agora multiplica o exemplo Cédric para as outras posições.

Estamos na mesma página, eu concordo com isso! Aqui a questão é que nem sempre consegues ter jogadores para substituíres um jogador numa determinada posição, e é nesses casos que eu defendo o jogador actual em vez do "desconhecido".

O Cedric neste momento já fez o seu primeiro contrato como Sénior (até 2016), e já deve ter um salário razoável, uma vez que também tem uma clausula de 30 M. Se quiser um aumento terá de provar em campo que é um grande jogador e aumentar o seu estatuto que ainda não é consensual sequer a sua qualidade para ser titular do Sporting. Posto isto se conseguir chegar à titularidade na Selecção é caso para a tal ponderação. Será que temos um jogador para o substituir? Será que ele está pronto para assumir o lugar no plantel? Se tivermos um Arias com qualidade para assumir o lugar, concordo com a venda, se assim não for, e sendo o jogador essencial para o 11 inicial, acredito que possamos fazer o sacrifico por mais uma temporada, até que se encontre solução para o jogador.

No fundo os salários mais elevados só seriam atribuídos a quem de facto fosse titular indiscutível e com qualidade. Neste sentido seria 3/4 jogadores de classe Mundial. Por exemplo do actual plantel só o Patrício justificava um esforço do clube, mas como há Marcelo esse esforço não é preciso. Agora não havendo Marcelo não vejo qualidade suficiente no Golas para ser um jogador do nível do Rui, para além que ainda tem muito que aprender.

Por exemplo, neste momento é imprescindível segurar o Insua para a próxima época porque não há outra solução de imediato, já que o Turan ainda é uma incógnita, apesar de como rezam as crónicas estar a jogar bem na Turquia.

O modelo que me estás a descrever não é suficiente, desaproveita em demasia a Academia. Se tivéssemos uma formação mediana, eu seria o primeiro a defender esse teu modelo... vender titulares para promover os jovens com maior potencial alguma vez demonstrado nas camadas jovens. Mas se vais apostar verdadeiramente na Academia então tem de existir maior turn-over, para o bem e também para o mal.

Tens mesmo de vender jogadores no pico da sua valorização em vez de os manteres mais um anito ou dois apenas porque achas que eles são muito bons e uma mais-valia para a competitividade da equipa principal. Não, o pensamento deve ser antes proceder à renovação de jogadores para quase todas as posições numa base de 2-3 anos... em alguns casos acabarás por substituir um jogador muito bom e que se tinha afirmado por uma incógnita que se revela depois não ser tão conseguida, noutros casos acabarás por substituir alguém que não andava a render o que se esperava por uma incógnita que se vem a revelar melhor que o esperado.

A dinâmica criada por este processo de auto-renovação garantiria o aproveitamento do melhor que há em Portugal (porque detemos a melhor formação do país a nível futebolístico) com o risco de alguma falta de continuidade na equipa principal (mas em bom abono da verdade, quantos jogadores mesmo é que permanecem mais de 3 anos num clube ganhador?).

Não consigo concordar, com uma aposta na formação a todo o custo. Temos qualidade na formação sem dúvida, mas nem tudo o que reluz é ouro. É preciso dar condições para deixar os miúdos começarem a brilhar e só esses é que devem vestir o manto sagrado da equipa principal. O meio termo continua a ser essencial. As equipas precisam de referencias e de uma base sólida para se manterem competitivas ao longo dos anos, e eu apesar de todas as dificuldades financeiros quero que o clube continue com um plantel digno do seu historial e que lute pelo titulo, mesmo com mais limitações financeiras, limitações essas que serão colmatadas com a qualidade dos nossos jovens.
Alguém me sabe dizer quais são as leis das SAD's que estão actualmente em vigor ?

São as do Decreto-Lei n.º 67/97 de 3 de Abril ( http://www.idesporto.pt/ficheiros/file/DL_67_1997.pdf )
ou as que estão presentes neste relatório de propostas de 2011 ( http://www.portugal.gov.pt/media/364613/rel_gt_sad.pdf ) ?
És um verdadeiro Leão na Internet... mas ainda não és sócio? Muda isso num só minuto, faz-te sócio e sê uma voz activa/participativa no nosso clube! Precisamos da ajuda de todos os Sportinguistas! -> https://socionumminuto.pt

RESULTADOS E CONCLUSÕES DA AUDITORIA DE GESTÃO 1995-2013
Só há 2 possiveis futuros da SAD:

1) Acaba. Vamos parar as distritais e começamos de novo mas isto muita gente é contra.

2) É comprada por 80-100 Milhoes de Euros e quem a compra toma conta das dividas (PSG, Man City etc). Isto também os adeptos não querem...

Sinceramente não me importo com nenhuma delas. Importo-me sim com a situação actual que é vergonhosa e não anda nem desanda, resumindo é só perder tempo.
EPA mas onde é que ir para distritais é opção? Fazes do que isso implica??
Só há 2 possiveis futuros da SAD:

1) Acaba. Vamos parar as distritais e começamos de novo mas isto muita gente é contra.

2) É comprada por 80-100 Milhoes de Euros e quem a compra toma conta das dividas (PSG, Man City etc). Isto também os adeptos não querem...

Sinceramente não me importo com nenhuma delas. Importo-me sim com a situação actual que é vergonhosa e não anda nem desanda, resumindo é só perder tempo.

Mas porque só há essas duas opções? Eu prefiro uma gestão competente, realista e honesta que explique aos sócios os reais problemas do Clube e se for preciso mentalizar que talvez sejam necessários uns 3 ou 4 anos de uma equipa a lutar pelo terceiro lugar por via a ajustar depesas e lucros do Sporting.

Nem essa conversa dos investidores é bem assim, as pessoas acho que fazem um filme muito errado. Os investidores não vão assumir divida nenhuma, assumem o controlo do Clube e nada mais. Não vai aparecer nenhum russo ou árabe maluco no Sporting disposto a estoirar centenas de milhões. Isso é ser sonhador e irrealista, é noção ter a minima noção da diferença de potêncial económico de um campeonato inglês ou espanhol ao pé do nosso, mesmo o francês é num país com uam ecnonmia mais forte e mais conhecido. Além disso para mim isso seria algo 100% fora de questão, não sou a favor de se perder a maioria da sad.

Volto a frisar com a minima competência acredito que o Clube se tornava governável, mas para isso teria quer se correr com os cancros actuais e rever as gestões passadas, adicionando um necessário e estruturado projecto a curto, médio e longo prazo para o Clube.
Estatutos: Artigo 3º 1 - O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL É UMA UNIDADE INDIVISÍVEL CONSTÍTUIDA PELA TOTALIDADE DOS SEUS ASSOCIADOS.
____________________________________________
Os 10 Mandamentos do Sportinguista por Salazar  Carreira
http://www.forumscp.com/wiki/index.php?title=%22Os_dez_mandamentos_do_Sportinguista%22
Vejo aqui coisas escritas completamente irrealísticas...Lutar pelo sétimo lugar? Mas têm a noção que o quarto e quinto classificados são o Rio Ave e o P.Ferreira????

Estamos mal mas mesmo desinvestindo o mínimo tem de ser sempre o terceiro lugar o Braga é um clubezeco de uma cidade. Não é preciso tanto desespero!Tem de haver é competência!

Não nos podemos conformar com um Sporting pequeno!

Eu tenho noção. E o grave é que qualquer um deles pratica melhor futebol do que o Sporting.
Tava a ler uma coisa interessante no livro do Ferran Soriano, ex-dirigente do Barcelona. Segundo ele, há uma lei em Espanha que obriga a que os dirigentes de um clube ao entrarem em funções dêm um aval conjunto de 50M€ para o caso da sua gestão gerar perdas ao clube.