Futuro da Sporting S.A.D.

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

E vocês acham mesmo que se vier para aqui algum fundo comprar isto para lavar dinheiro não vai comprar tudo o resto também? Coitadinhas das toupeiras e dos emails, ao pé destes fundos são brincadeirinhas de crianças, verdadeiros meninos de coro.
Não sou apologista desta solução mas só para ter o gozo de ver os vermelhos e os azuis a agoniar completamente vergados a um sistema podre de verde não posso dizer que seja algo que me tire o sono.
Citar
Empresa reclama insolvência da SAD do Sporting
CM TV avança alegada dívida de mais de meio milhão de euros. Leões já contestaram

Uma empresa especializada em atividades de cobrança e avaliação de créditos terá pedido a insolvência da SAD do Sporting. A informação foi avançada pela CM TV, devido a uma alegada dívida dos leões que ascende a meio milhão de euros. A ação interposta contra o Sporting data de março e, de acordo com a mesma fonte, foi rejeitada numa primeira instância pelo Tribunal de Comércio de Lisboa, porém mais de seis meses depois foi aceite por decisão do Tribunal da Relação de Lisboa. Confrontado com a notícia, o Sporting já prepara mecanismos para contestar o pedido, garantindo possuir total estabilidade financeira.

Recorde-se que, em março, foi noticiado que a sociedade Camacho & Nunes, precisamente uma empresa especializada em recuperação de créditos, requereu a insolvência da SAD leonina. Tal decisão estava relacionada com uma alegada dívida do Sporting a uma empresa que prestou serviços de bilhética em Alvalade, entre 2011 e 2012. Nessa altura, o montante acabou por ser cedido a crédito à Camacho & Nunes por valor inferior aos tais 511 mil euros, ficando a sociedade com o risco de tentar depois recuperar esse montante da alegada dívida.

Por sua vez, os leões negaram qualquer dívida e manifestaram intenção de apresentar queixa-crime e uma participação junto da Ordem dos Advogados. A Record, o então ‘vice’ com o pelouro das infraestruturas, Paulo Pereira Cristóvão, frisou que "não ocorreram quaisquer ‘serviços’ da dita empresa" enquanto esteve em funções, pois foram por si "dispensados de qualquer colaboração com o Sporting".


Record

Citar

SPORTING MANDATOU MONTEPIO GERAL PARA O EMPRÉSTIMO OBRIGACIONISTA
SPORTING 21:52
Por
Redação
A direção do Sporting comunicou, esta sexta-feira, que na sequência da estruturação financeira irá ser lançado um empréstimo obrigacionista de 30 milhões de euros.

 

«O Conselho de Administração mandatou o Montepio Investimento para a prestação dos serviços de organização, montagem e colocação do novo empréstimo obrigacionista, operação que é fundamental para o cumprimento de compromissos financeiros da Sociedade», revela a nota enviada à CMVM.

 

O comunicado acrescenta ainda que o empréstimo será realizado através de subscrição pública, podendo o valor ser aumentado por opção da Sporting SAD.


A Bola



Citar
COMUNICADO DA SPORTING CLUBE DE PORTUGAL - FUTEBOL, SAD
Por
26 Out, 2018
COMUNICADOS
Informações sobre as deliberações do Conselho de Administração na Assembleia Geral de 26 de Outubro de 2018

COMUNICADO

Nos termos e para os efeitos do disposto do artigo 248º-A do Código dos Valores Mobiliários, o Conselho de Administração informa que a Assembleia Geral de 26 de Outubro de 2018 tomou as seguintes deliberações:

1. Ratificar, nos termos do disposto no n.º 4 do artigo 393º do Código das Sociedades Comerciais, a cooptação efectuada pelo Conselho de Administração da Sociedade, aos 14 de Setembro de 2018, do Senhor Dr. Francisco Albuquerque Salgado Zenha como membro do Conselho de Administração da Sociedade. A proposta apresentada no ponto 1 da ordem do dia foi aprovada, por maioria, tendo obtido 627 577 votos a favor, 1 voto contra e 1 656 abstenções;

2. Deliberar sobre a eleição do Conselho de Administração, incluindo a designação do seu Presidente para o quadriénio 2018/2022. A proposta apresentada no ponto 2 da ordem do dia foi aprovada, por maioria, tendo obtido 627 577 votos a favor, 8 votos contra e 1 651 abstenções;

3. Deliberar sobre a eleição dos membros do Conselho Fiscal para o quadriénio 2018/2022. A proposta apresentada no ponto 3 da ordem do dia foi aprovada, por maioria, tendo obtido 629 127 votos a favor, 108 votos contra e 1 abstenção;

4. Deliberar sobre a eleição da Sociedade de Revisores Oficiais de Contas para o quadriénio 2018/2022. A proposta apresentada no ponto 4 da ordem do dia foi aprovada, por maioria, tendo obtido 629 227 votos a favor, 3 votos contra e 6 abstenções;

5. Deliberar sobre a eleição da Mesa da Assembleia Geral para o quadriénio 2018/2022. A proposta apresentada no ponto 5 da ordem do dia foi aprovada por maioria, tendo obtido 627 577 votos a favor, 108 votos contra e 1 551 abstenções;

6. Deliberar sobre a eleição da comissão de accionistas prevista no art. 18º dos Estatutos para o quadriénio 2018/2022. A proposta apresentada no ponto 6 da ordem do dia foi aprovada por maioria, tendo obtido 627 577 votos a favor, 1 656 votos contra e 3 abstenções.

Lisboa, 26 de Outubro de 2018

O Representante das Relações com o Mercado



https://www.sporting.pt/pt/noticias/clube/comunicados/2018-10-26/comunicado-da-sporting-clube-de-portugal-futebol-sad-0

Citar

COMUNICADO DA SPORTING CLUBE DE PORTUGAL - FUTEBOL, SAD
Por
26 Out, 2018
COMUNICADOS
Informações sobre o empréstimo obrigacionista

COMUNICADO

A SPORTING CLUBE DE PORTUGAL – FUTEBOL, SAD vem, nos termos e para efeitos do cumprimento da obrigação de informação que decorre do disposto no artigo 248º-A, nº1 al. a) do Código dos Valores Mobiliários, informar o mercado que o Conselho de Administração se encontra a proceder à estruturação e montagem de um novo empréstimo obrigacionista, a realizar por subscrição pública, no montante de até € 30.000.000, o qual poderá ser aumentado, por opção da Sporting SAD.

O Conselho de Administração mandatou o Montepio Investimento para a prestação dos serviços de organização, montagem e colocação do novo empréstimo obrigacionista, operação que é fundamental para o cumprimento de compromissos financeiros da Sociedade.

Lisboa, 26 de Outubro de 2018

O Representante das Relações com o Mercado


https://www.sporting.pt/pt/noticias/clube/comunicados/2018-10-26/comunicado-da-sporting-clube-de-portugal-futebol-sad-1


Citar
AG da SAD do Sporting ratificou cooptação de Francisco Salgado Zenha

Na AG estiveram presentes Carlos Vieira e Rui Caeiro, ex-administradores da SAD na gerência de Bruno de Carvalho, e também Pedro Baltazar, antigo candidato à presidência.

A Assembleia-Geral (AG) da SAD do Sporting ratificou a cooptação de Francisco Salgado Zenha como membro do Conselho de Administração da SAD, efetuada por este órgão em 14 de setembro último.

Esta proposta foi aprovada por maioria, tendo obtido 627.577 votos a favor, um voto contra e 1.656 abstenções.

Além deste ponto, a AG, que durou cerca de uma hora, aprovou por maioria, para o quadriénio 2018/22, a eleição dos membros do conselho de administração, do Conselho Fiscal, da Mesa da Assembleia-Geral da SAD, da Comissão de Acionistas e da Sociedade de Revisores Oficiais de contas.

Na AG estiveram presentes Carlos Vieira e Rui Caeiro, ex-administradores da SAD na gerência de Bruno de Carvalho, e também Pedro Baltazar, antigo candidato à presidência.


O Jogo

Milagre, sair os comunicados no jornal do clube..

Varandas, podes explicar o motivo de tantos votos contra na ultima AG da SAD, nos pontos sobre a eleição da MAG e CF da sociedade ( mais de 100 votos contra) e da comissao ( mais de 1600 contra) ? Ja nem pergunto sobre aqueles 8 contra a tua nomeação/ equipa e as 1600 abstençoes , neste ponto e na ratificação da cooptação..

Julgo que no geral, foi dar um sinal.. Não abras os olhos..
Citação de: desconfiado em Hoje às 22:55
"O jogo de hoje mostra claramente o porquê de o sporting não ganhar um campeonato há 16 anos e ter estado outros 18 sem o ganhar. Jogo completamente encomendado. Bastou o sporting ter 1 hipótese em 100 de roubar a champions ao foculporto que logo a "fruta" entrou em acção. Expulsão completamente exagerada e propositada. Mas atenção a culpa não é só do "sistema".Também é nossa. Somos um clube "sem tomates". Um clube de "varandetes". Qualquer "pressãozita" ou qualquer "roubo" que nos façam que abrimos logo as p**** das pernas e o foculporto.Hoje fomos completamente sodomizados em Alvalade e nós deixamos porque não temos espinha.É por isto que nunca seremos campeões."
Citar

Empresa desiste de pedido de insolvência da SAD do Sporting
Camacho & Nunes, especializada em recuperação de crédito, considerou-se quitada da quantia peticionada

A empresa Camacho & Nunes, especializada em recuperação de crédito, desistiu do pedido de declaração de insolvência da Sporting SAD e considerou-se quitada da quantia peticionada. Consequentemente, a SAD leonina aceitou a desistência e desistiu do pedido de litigância de má fé e de responsabilidade civil por pedido infundado, segundo fonte do clube ade Alvalade confirmou a Record.

"Não houve qualquer acordo - nem irá ocorrer qualquer pagamento, até porque a requerente considerou que já estava tudo pago -, mas antes desistência por parte da requerente. Perante isto, não se chegou, portanto, a apreciar sequer a alegada insolvência da Sporting SAD", afirmou a mesma fonte.

A ação interposta contra o Sporting data de março e, de acordo com a mesma fonte, foi rejeitada numa primeira instância pelo Tribunal de Comércio de Lisboa, porém mais de seis meses depois foi aceite por decisão do Tribunal da Relação de Lisboa.

Recorde-se que, em março, foi noticiado que a sociedade Camacho & Nunes requereu a insolvência da SAD leonina. Tal decisão estava relacionada com uma alegada dívida do Sporting a uma empresa que prestou serviços de bilhética em Alvalade, entre 2011 e 2012. Nessa altura, o montante acabou por ser cedido a crédito à Camacho & Nunes por valor inferior aos tais 511 mil euros, ficando a sociedade com o risco de tentar depois recuperar esse montante da alegada dívida.

Por sua vez, os leões negaram qualquer dívida e manifestaram intenção de apresentar queixa-crime e uma participação junto da Ordem dos Advogados. A Record, o então ‘vice’ com o pelouro das infraestruturas, Paulo Pereira Cristóvão, frisou que "não ocorreram quaisquer ‘serviços’ da dita empresa" enquanto esteve em funções, pois foram por si "dispensados de qualquer colaboração com o Sporting".

Record
Citar
PEDIDO DE INSOLVÊNCIA RETIRADO
SPORTING 08:57
Por
Redação
A empresa Camacho & Nunes, especializada em recuperação de crédito e que em março tinha interposto uma ação contra o Sporting, desistiu do pedido de declaração de insolvência da SAD dos leões e considerou-se quitada da quantia peticionada. Consequentemente, também a Sporting SAD, aceitando a desistência, desistiu do pedido de litigância de má fé e de responsabilidade civil por pedido infundado.

 

«Não houve qualquer acordo - nem irá ocorrer qualquer pagamento, até porque a requerente considerou que já estava tudo pago - mas antes desistência por parte da requerente. Perante isto, não se chegou, portanto, a apreciar sequer a alegada insolvência da Sporting SAD», explicou fonte do Sporting a A BOLA.

 

Recorde-se que a empresa Camacho & Nunes reclamava uma alegada dívida por prestação de serviços de bilhética, entre 2011 e 2012, com um valor a rondar os 500 mil euros. O Sporting negou qualquer dívida e manifestou intenção de apresentar queixa-crime e queixa na Ordem dos Advogados.




A Bola


SAD anuncia emissão obrigacionista até 30 milhões e explica ao pormenor

Operação tem como objetivo financiar o reembolso de outra emissão, cuja dívida vence no próximo dia 26. Dirige-se aos investidores de retalho, leia-se, clientes particulares, e pode ser duplicada para os 60 milhões caso a sociedade assim o entenda.

A Sporting SAD anunciou esta sexta-feira o lançamento de uma emissão de obrigações no valor de até 30 milhões de euros, operação que servirá para financiar o reembolso de uma outra emissão, cuja dívida vence no próximo dia 26. Segundo o prospeto publicado na CMVM (Comissão do Mercado de Valores Mobiliários), a empresa vai pagar uma taxa de juro de 5,25%. Dirige-se aos investidores de retalho, leia-se, clientes particulares.

O mesmo documento revela ainda que a subscrição das obrigações terá início a 12 de novembro e um ponto final a 22. Explica-se, depois, que caso a oferta não seja subscrita na totalidade, a sociedade tem fundos suficientes para o reembolso: 15 milhões obtidos via atividade da SAD e os restantes 15 através da banca.


Refira-se, por fim, que o valor inicial da oferta pode ser duplicado (para os 60 milhões de euros) até 16 de novembro, caso a empresa assim o decida. Anuncia-se, também, que a operação inicial apenas será concretizada caso sejam garantidos, no mínimo, 15 milhões de euros."

JOGO
Citação de: desconfiado em Hoje às 22:55
"O jogo de hoje mostra claramente o porquê de o sporting não ganhar um campeonato há 16 anos e ter estado outros 18 sem o ganhar. Jogo completamente encomendado. Bastou o sporting ter 1 hipótese em 100 de roubar a champions ao foculporto que logo a "fruta" entrou em acção. Expulsão completamente exagerada e propositada. Mas atenção a culpa não é só do "sistema".Também é nossa. Somos um clube "sem tomates". Um clube de "varandetes". Qualquer "pressãozita" ou qualquer "roubo" que nos façam que abrimos logo as p**** das pernas e o foculporto.Hoje fomos completamente sodomizados em Alvalade e nós deixamos porque não temos espinha.É por isto que nunca seremos campeões."
Citar

Miguel Cal: «Vamos fazer melhor»
Entrevista ao administrador da SAD do Sporting

Notabilizou-se com um relatório sobre o futuro do Sporting mas admite que foi leviano ao defender o fim das claques, porque não imaginava chegar onde está. Hoje, aos 41 anos, é administrador da SAD e propõe um caminho conjunto para sair da pressão financeira.

RECORD - Em pleno período de subscrição do empréstimo obrigacionista, mediante um quadro de aperto financeiro, o Sporting tem condições para investir no futebol?

MIGUEL CAL – Estamos a desenvolver uma estrutura profissional e a pensar no longo prazo, quer no futebol, quer no resto da gestão. Vamos fazer melhor e não necessitaremos de tanto. Porquê? Porque existe um plano muito concreto, em termos de valências e pessoas, e eu acredito que teremos o melhor impacte tanto na parte desportiva como na componente organizativa, o que vai gerar criação de valor, experiência para os adeptos e receita relacionada com todo o negócio dentro do Sporting.

R - Fazer melhor não investindo tanto…

MC – Não sendo necessário investir tanto. Quando se é mais eficiente, faz-se melhor.

R - Foi esse o sinal que quiseram dar ao contratar Marcel Keizer?

MC – O que eu posso dizer, porque acompanhei, foi que o ‘due diligence’ feito por parte do Frederico Varandas foi fantástico. Acredito plenamente na escolha feita.

R - Voltando à primeira questão, o Sporting tem margem para contratar jogadores em janeiro?

MC – Essa questão tem de ser colocada um pouco mais à frente. Nós agora estamos num processo de empréstimo obrigacionista, que é muito relevante. Temos de ver como corre, até ao fim. Depois teremos uma conversa com os bancos. Existem muitas partes móveis a acontecer ao mesmo tempo.

R - O sucesso do empréstimo obrigacionista é assim tão decisivo para esta época?

MC –O empréstimo obrigacionista é a primeira alavanca que estamos a utilizar para sairmos um pouco daquela pressão financeira em que toda a gente sabe que o Sporting está. Dentro desta componente estratégica, obviamente é muito relevante para o que vai acontecer para a frente.

R - Pode determinar se o Sporting vai ter condições para investir mais no futebol?

MC – Tudo o que for folga financeira vai ajudar-nos. O montante para investir em jogadores em janeiro depende de muita coisa. O que nós estamos aqui a falar é que é preciso criar uma dinâmica que nos permita estar mais à vontade e confiantes, para depois investirmos não só no futebol mas também na estrutura de gestão.

R - É possível criar valor se não houver sucesso desportivo?

MC – Idealmente, temos de criar um ciclo virtuoso. O sucesso desportivo, como eu costumo dizer, é um catalisador. Não podemos ficar parados. Temos de gerir e preparar o futuro, para não estarmos dependentes quase só de se a bola entra ou não entra. O Arsenal não é campeão desde 2004 e não é por isso que eles não são um dos clubes mais ricos do Mundo. Pensar que se não ganharmos não acontece nada, é uma falácia. Portanto, é possível, desde que haja uma gestão profissional, a todos os níveis. Ganhar vai ajudar, mas eu não posso contar com isso para gerir.

R - O Sporting está condenado a ser formador/vendedor?

MC – Não podemos pensar em ter as superestrelas, os Cristianos Ronaldos desta vida, até aos 25 anos; é insustentável. Depois existe uma camada intermédia, de jogadores muito bons que podem ficar mais tempo. E há outros que até podem fazer a carreira toda no Sporting. Mas temos de estar protegidos e gerir as expectativas dos miúdos desde os 16 anos. Com uma estratégia clara, não há surpresas. E assim o Sporting poderá potenciar mais a formação.

FUTURO?
COMO ASSIM, FUTURO?!?! 
:inde:
Ultimamente devido à instabilidade que o clube vive ao tempo, surge muitas vezes aqui o comentário 'Vendam a SAD que não temos remédio' e coisas desse género.

Defendem mesmo isso ou é apenas reações a quente?
"Infelizmente, o Sporting é o Clube mais divisionista, intriguista e falso-puritano que conheço. Por muito que doa aos sportinguistas, não há sentido de Corpo neste Clube. Somos todos sportinguistas, sim senhor, mas desde que o Sporting seja à medida de cada um e não à medida de todo o mundo leonino. Há quem exulte com as derrotas do clube, se isso significar estar um passo mais perto do lugar, do cargo, da posição ou, como se diz na gíria leonina, do "croquete" "
" Sporting: admissão à negociação de 28 milhões de euros em ações
   
Sporting: admissão à negociação de 28 milhões de euros em ações
Valor nominal de 1 euro cada

A SAD Sporting lançou na CMVM um prospeto de admissão à negociação no mercado regulamentado.

Ao todo, 28 milhões de ações com o valor nominal de 1 euro cada (41,79 por cento do capital social) serão admitidas à negociação no mercado."

Maisfutebol
Citação de: desconfiado em Hoje às 22:55
"O jogo de hoje mostra claramente o porquê de o sporting não ganhar um campeonato há 16 anos e ter estado outros 18 sem o ganhar. Jogo completamente encomendado. Bastou o sporting ter 1 hipótese em 100 de roubar a champions ao foculporto que logo a "fruta" entrou em acção. Expulsão completamente exagerada e propositada. Mas atenção a culpa não é só do "sistema".Também é nossa. Somos um clube "sem tomates". Um clube de "varandetes". Qualquer "pressãozita" ou qualquer "roubo" que nos façam que abrimos logo as p**** das pernas e o foculporto.Hoje fomos completamente sodomizados em Alvalade e nós deixamos porque não temos espinha.É por isto que nunca seremos campeões."
" Sporting: admissão à negociação de 28 milhões de euros em ações
   
Sporting: admissão à negociação de 28 milhões de euros em ações
Valor nominal de 1 euro cada

A SAD Sporting lançou na CMVM um prospeto de admissão à negociação no mercado regulamentado.

Ao todo, 28 milhões de ações com o valor nominal de 1 euro cada (41,79 por cento do capital social) serão admitidas à negociação no mercado."

Maisfutebol

Pronto aí está a golpada...
"Se apenas vagamente vocês compreendessem o que é para mim aquela camisola, morreriam em campo hoje para me dar a vitória" - Miguel d'Almada
" Sporting: admissão à negociação de 28 milhões de euros em ações
   
Sporting: admissão à negociação de 28 milhões de euros em ações
Valor nominal de 1 euro cada

A SAD Sporting lançou na CMVM um prospeto de admissão à negociação no mercado regulamentado.

Ao todo, 28 milhões de ações com o valor nominal de 1 euro cada (41,79 por cento do capital social) serão admitidas à negociação no mercado."

Maisfutebol

28M só? ***.  :wall:
SPORTING ACIMA DE TUDO E TODOS c******!
Este artigo dá ideia que nada vai acontecer é só uma admissão à negociaçao mas que nada vai ser negociado

Citar
A operação não implica qualquer encaixe financeiro para a SAD, ou alteração na estrutura acionista.

O capital social da Sporting SAD é de 67 milhões de euros, estando atualmente admitidas à negociação 39 milhões de ações, representando 58,21% do capital. Assim passa a estar a totalidade do capital admitido à negociação.
https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/desporto/detalhe/sporting-sad-vai-admitir-em-bolsa-mais-de-41-do-capital?ref=DestaquesTopo&fbclid=IwAR1nYLtKqgsvtcxKcwRNNGAhh0AcD2Sde0AIiz0eBI1SFcVvTb08rP3AiVk
"An army of sheep led by a lion can defeat an army of lions led by a sheep"
Este artigo dá ideia que nada vai acontecer é só uma admissão à negociaçao mas que nada vai ser negociado

Citar
A operação não implica qualquer encaixe financeiro para a SAD, ou alteração na estrutura acionista.

O capital social da Sporting SAD é de 67 milhões de euros, estando atualmente admitidas à negociação 39 milhões de ações, representando 58,21% do capital. Assim passa a estar a totalidade do capital admitido à negociação.
https://www.jornaldenegocios.pt/empresas/desporto/detalhe/sporting-sad-vai-admitir-em-bolsa-mais-de-41-do-capital?ref=DestaquesTopo&fbclid=IwAR1nYLtKqgsvtcxKcwRNNGAhh0AcD2Sde0AIiz0eBI1SFcVvTb08rP3AiVk

Baby steps...