Antigos Presidentes do Sporting Clube de Portugal

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Citar
"Pode acontecer que o Sporting não tenha por si capacidade para se manter como acionista maioritário. (...)

Nojo
Citar
José Roquette pede "refundação" e aprova perda da maioria da SAD

"Sportinguistas devem conceder apoio e solidariedade a Sousa Cintra", frisou

Presidente do Sporting entre 1996 e 2000, José Roquette comentou o atual período do clube e não tem dúvidas de que os leões precisam de uma "refundação". O empresário falou ainda de Bruno de Carvalho, de Sousa Cintra e mostrou-se recetivo a uma eventual perda da maioria das ações da SAD por parte do clube, dando o exemplo de gigantes europeus e colocando um preço no Sporting.

Sobre Bruno de Carvalho, José Roquette garantiu que, ao contrário de outras pessoas, não foi enganado e definiu um momento crítico para a queda do antigo presidente. "Tenho de confessar que nunca comprei a imagem nem os processos do presidente deposto. Aconteceu que muita gente, e gente que conheço e que é difícil de enganar - atenção, não subestimemos este facto -, confiou até ao limite e só na fase final precebeu com quem estavam a lidar e o que estava em risco para o Sporting. (...) Houve um momento fundamental, que só pode ser classificado de traumático, que foi o dia 15 de maio com o que se passou em Alcochete", frisou em entrevista ao jornal 'Record', lançando o mote da "refundação". "O que importa agora é refundar o Sporting, o que é uma tarefa de todos e não apenas daqueles 71 por cento [que votaram a favor da destituição]."

Em relação a José Sousa Cintra, presidente interino da SAD, Roquette pediu aos adeptos "o apoio e a solidariedade a quem se disponibiliza para uma função extraordinariamente muito difícil". "[Sousa Cintra] está a cumprir dentro da responsabilidade específica pela gestão da SAD que tem um caminho de pedras pela frente. Alguma coisa está a acontecer em termos de soluções em relação àqueles que rescindiram. Há questões muito complexas. Acho que os sportinguistas, mais do que o benefício da dúvida, devem conceder nesta altura o apoio e a solidariedade a quem se disponibiliza para uma função extraordinariamente muito difícil, no clube e na SAD. Desejo muito sinceramente que estes dois meses ajudem a esclarecer algumas coisas e que, na altura da substituição, a ser feita no bom caminho, possamos dizer: obrigado", referiu.

Uma eventual perda da maioria das ações da SAD por parte do clube tem sido um tema cada vez mais falado na vida do Sporting e, ao contrário de vários candidatos à presidência, José Roquette não vê esse cenário com maus olhos. "Pode acontecer que o Sporting não tenha por si capacidade para se manter como acionista maioritário. (...) Não aconteceu nenhuma desgraça ao Manchester United nem ao Paris Saint-Germain, nem ao Chelsea. O que se deve saber é que o tipo de vínculo se mantém e que é o fundamental da marca Sporting. Se fizermos umas contas simples a traço de lápis, acredito que a marca Sporting pode valer entre 300 e 500 milhões de euros. Ora, imagine o grupo acionista que controla o Manchester United ter em Portugal um clube que tem uma academia que produz talento como o Cristiano Ronaldo. Pode ser uma coisa atraente", contou.


Bancada

Este sabe bem do que fala. Não abram os olhos não.
Citar
José Roquette pede "refundação" e aprova perda da maioria da SAD

"Sportinguistas devem conceder apoio e solidariedade a Sousa Cintra", frisou

Presidente do Sporting entre 1996 e 2000, José Roquette comentou o atual período do clube e não tem dúvidas de que os leões precisam de uma "refundação". O empresário falou ainda de Bruno de Carvalho, de Sousa Cintra e mostrou-se recetivo a uma eventual perda da maioria das ações da SAD por parte do clube, dando o exemplo de gigantes europeus e colocando um preço no Sporting.

Sobre Bruno de Carvalho, José Roquette garantiu que, ao contrário de outras pessoas, não foi enganado e definiu um momento crítico para a queda do antigo presidente. "Tenho de confessar que nunca comprei a imagem nem os processos do presidente deposto. Aconteceu que muita gente, e gente que conheço e que é difícil de enganar - atenção, não subestimemos este facto -, confiou até ao limite e só na fase final precebeu com quem estavam a lidar e o que estava em risco para o Sporting. (...) Houve um momento fundamental, que só pode ser classificado de traumático, que foi o dia 15 de maio com o que se passou em Alcochete", frisou em entrevista ao jornal 'Record', lançando o mote da "refundação". "O que importa agora é refundar o Sporting, o que é uma tarefa de todos e não apenas daqueles 71 por cento [que votaram a favor da destituição]."

Em relação a José Sousa Cintra, presidente interino da SAD, Roquette pediu aos adeptos "o apoio e a solidariedade a quem se disponibiliza para uma função extraordinariamente muito difícil". "[Sousa Cintra] está a cumprir dentro da responsabilidade específica pela gestão da SAD que tem um caminho de pedras pela frente. Alguma coisa está a acontecer em termos de soluções em relação àqueles que rescindiram. Há questões muito complexas. Acho que os sportinguistas, mais do que o benefício da dúvida, devem conceder nesta altura o apoio e a solidariedade a quem se disponibiliza para uma função extraordinariamente muito difícil, no clube e na SAD. Desejo muito sinceramente que estes dois meses ajudem a esclarecer algumas coisas e que, na altura da substituição, a ser feita no bom caminho, possamos dizer: obrigado", referiu.

Uma eventual perda da maioria das ações da SAD por parte do clube tem sido um tema cada vez mais falado na vida do Sporting e, ao contrário de vários candidatos à presidência, José Roquette não vê esse cenário com maus olhos. "Pode acontecer que o Sporting não tenha por si capacidade para se manter como acionista maioritário. (...) Não aconteceu nenhuma desgraça ao Manchester United nem ao Paris Saint-Germain, nem ao Chelsea. O que se deve saber é que o tipo de vínculo se mantém e que é o fundamental da marca Sporting. Se fizermos umas contas simples a traço de lápis, acredito que a marca Sporting pode valer entre 300 e 500 milhões de euros. Ora, imagine o grupo acionista que controla o Manchester United ter em Portugal um clube que tem uma academia que produz talento como o Cristiano Ronaldo. Pode ser uma coisa atraente", contou.


Bancada

Este sabe bem do que fala. Não abram os olhos não.

Este sabe do que fala?
Temos praticamente a mesma idade. Tens memória do que este indivíduo fez ao Sporting?
Eu não esqueço o triste projeto roquete e quero ver este tipo de personagens bem longe do meu querido Sporting.
Citar
José Roquette pede "refundação" e aprova perda da maioria da SAD

"Sportinguistas devem conceder apoio e solidariedade a Sousa Cintra", frisou

Presidente do Sporting entre 1996 e 2000, José Roquette comentou o atual período do clube e não tem dúvidas de que os leões precisam de uma "refundação". O empresário falou ainda de Bruno de Carvalho, de Sousa Cintra e mostrou-se recetivo a uma eventual perda da maioria das ações da SAD por parte do clube, dando o exemplo de gigantes europeus e colocando um preço no Sporting.

Sobre Bruno de Carvalho, José Roquette garantiu que, ao contrário de outras pessoas, não foi enganado e definiu um momento crítico para a queda do antigo presidente. "Tenho de confessar que nunca comprei a imagem nem os processos do presidente deposto. Aconteceu que muita gente, e gente que conheço e que é difícil de enganar - atenção, não subestimemos este facto -, confiou até ao limite e só na fase final precebeu com quem estavam a lidar e o que estava em risco para o Sporting. (...) Houve um momento fundamental, que só pode ser classificado de traumático, que foi o dia 15 de maio com o que se passou em Alcochete", frisou em entrevista ao jornal 'Record', lançando o mote da "refundação". "O que importa agora é refundar o Sporting, o que é uma tarefa de todos e não apenas daqueles 71 por cento [que votaram a favor da destituição]."

Em relação a José Sousa Cintra, presidente interino da SAD, Roquette pediu aos adeptos "o apoio e a solidariedade a quem se disponibiliza para uma função extraordinariamente muito difícil". "[Sousa Cintra] está a cumprir dentro da responsabilidade específica pela gestão da SAD que tem um caminho de pedras pela frente. Alguma coisa está a acontecer em termos de soluções em relação àqueles que rescindiram. Há questões muito complexas. Acho que os sportinguistas, mais do que o benefício da dúvida, devem conceder nesta altura o apoio e a solidariedade a quem se disponibiliza para uma função extraordinariamente muito difícil, no clube e na SAD. Desejo muito sinceramente que estes dois meses ajudem a esclarecer algumas coisas e que, na altura da substituição, a ser feita no bom caminho, possamos dizer: obrigado", referiu.

Uma eventual perda da maioria das ações da SAD por parte do clube tem sido um tema cada vez mais falado na vida do Sporting e, ao contrário de vários candidatos à presidência, José Roquette não vê esse cenário com maus olhos. "Pode acontecer que o Sporting não tenha por si capacidade para se manter como acionista maioritário. (...) Não aconteceu nenhuma desgraça ao Manchester United nem ao Paris Saint-Germain, nem ao Chelsea. O que se deve saber é que o tipo de vínculo se mantém e que é o fundamental da marca Sporting. Se fizermos umas contas simples a traço de lápis, acredito que a marca Sporting pode valer entre 300 e 500 milhões de euros. Ora, imagine o grupo acionista que controla o Manchester United ter em Portugal um clube que tem uma academia que produz talento como o Cristiano Ronaldo. Pode ser uma coisa atraente", contou.


Bancada

Este sabe bem do que fala. Não abram os olhos não.

Este sabe do que fala?
Temos praticamente a mesma idade. Tens memória do que este indivíduo fez ao Sporting?
Eu não esqueço o triste projeto roquete e quero ver este tipo de personagens bem longe do meu querido Sporting.

Sim, sabe. Ele é um fervoroso adepto de vender o Sporting.
Por algum motivo é que apoiou o Soares Franco.
Ele é daqueles cancros que entraram no Sporting mas que ao fim de algum tempo conseguiu-se amenizar a dor. Parece que a doença vai voltar em força e só espero que não seja terminal.

"Eu não esqueço o triste projeto roquete e quero ver este tipo de personagens bem longe do meu querido Sporting." - Nutro do mesmo sentimento.
Citar
José Roquette pede "refundação" e aprova perda da maioria da SAD

"Sportinguistas devem conceder apoio e solidariedade a Sousa Cintra", frisou

Presidente do Sporting entre 1996 e 2000, José Roquette comentou o atual período do clube e não tem dúvidas de que os leões precisam de uma "refundação". O empresário falou ainda de Bruno de Carvalho, de Sousa Cintra e mostrou-se recetivo a uma eventual perda da maioria das ações da SAD por parte do clube, dando o exemplo de gigantes europeus e colocando um preço no Sporting.

Sobre Bruno de Carvalho, José Roquette garantiu que, ao contrário de outras pessoas, não foi enganado e definiu um momento crítico para a queda do antigo presidente. "Tenho de confessar que nunca comprei a imagem nem os processos do presidente deposto. Aconteceu que muita gente, e gente que conheço e que é difícil de enganar - atenção, não subestimemos este facto -, confiou até ao limite e só na fase final precebeu com quem estavam a lidar e o que estava em risco para o Sporting. (...) Houve um momento fundamental, que só pode ser classificado de traumático, que foi o dia 15 de maio com o que se passou em Alcochete", frisou em entrevista ao jornal 'Record', lançando o mote da "refundação". "O que importa agora é refundar o Sporting, o que é uma tarefa de todos e não apenas daqueles 71 por cento [que votaram a favor da destituição]."

Em relação a José Sousa Cintra, presidente interino da SAD, Roquette pediu aos adeptos "o apoio e a solidariedade a quem se disponibiliza para uma função extraordinariamente muito difícil". "[Sousa Cintra] está a cumprir dentro da responsabilidade específica pela gestão da SAD que tem um caminho de pedras pela frente. Alguma coisa está a acontecer em termos de soluções em relação àqueles que rescindiram. Há questões muito complexas. Acho que os sportinguistas, mais do que o benefício da dúvida, devem conceder nesta altura o apoio e a solidariedade a quem se disponibiliza para uma função extraordinariamente muito difícil, no clube e na SAD. Desejo muito sinceramente que estes dois meses ajudem a esclarecer algumas coisas e que, na altura da substituição, a ser feita no bom caminho, possamos dizer: obrigado", referiu.

Uma eventual perda da maioria das ações da SAD por parte do clube tem sido um tema cada vez mais falado na vida do Sporting e, ao contrário de vários candidatos à presidência, José Roquette não vê esse cenário com maus olhos. "Pode acontecer que o Sporting não tenha por si capacidade para se manter como acionista maioritário. (...) Não aconteceu nenhuma desgraça ao Manchester United nem ao Paris Saint-Germain, nem ao Chelsea. O que se deve saber é que o tipo de vínculo se mantém e que é o fundamental da marca Sporting. Se fizermos umas contas simples a traço de lápis, acredito que a marca Sporting pode valer entre 300 e 500 milhões de euros. Ora, imagine o grupo acionista que controla o Manchester United ter em Portugal um clube que tem uma academia que produz talento como o Cristiano Ronaldo. Pode ser uma coisa atraente", contou.


Bancada

Este sabe bem do que fala. Não abram os olhos não.

Este sabe do que fala?
Temos praticamente a mesma idade. Tens memória do que este indivíduo fez ao Sporting?
Eu não esqueço o triste projeto roquete e quero ver este tipo de personagens bem longe do meu querido Sporting.

Sim, sabe. Ele é um fervoroso adepto de vender o Sporting.
Por algum motivo é que apoiou o Soares Franco.
Ele é daqueles cancros que entraram no Sporting mas que ao fim de algum tempo conseguiu-se amenizar a dor. Parece que a doença vai voltar em força e só espero que não seja terminal.

"Eu não esqueço o triste projeto roquete e quero ver este tipo de personagens bem longe do meu querido Sporting." - Nutro do mesmo sentimento.

Estavas a ser irónico.
Não tinha percebido.
 :beer:
Porra Gluf... essa me$%# é spoiler da nova temporada de Walking Dead.  :naughty:
9377
Porra Gluf... essa me$%# é spoiler da nova temporada de Walking Dead.  :naughty:
O problema é que eu já vi este filme/série e não gostei mesmo nada!
Porra Gluf... essa me$%# é spoiler da nova temporada de Walking Dead.  :naughty:
O problema é que eu já vi este filme/série e não gostei mesmo nada!

Tu e mais de um milhão de adeptos que se lembram bem.
Só que temos uma parte da massa adepta que deixou-se levar na onda da CS, e criou um ódio tal que preferem regressar ao maior pesadelo do Sporting que começou, já no Cintra, e acabou no Godinho.
Eles querem é que não falem mal do Sporting e que voltemos a ganhar 1-2 campeonatos a cada 15-20 anos, e mais umas migalhas nas modalidades.
Querem voltar ao crónico candidato que acaba sempre atrás de outros.
Preferem isso a ter de aturar alguns pormenores de feitio do BdC.
São os que usam os argumentos da CS, principalmente o mais palerma de todos:
"Destruíu tudo o que fez em 3 meses" - surreal.  :wall:

Esses merecem este actual Sporting dos estagiários da SAD, mereciam voltar aos croquetes que tínhamos antes, e merecem toda a CS portuguesa.
Comem e calam... e até gostam.
9377
Porra Gluf... essa me$%# é spoiler da nova temporada de Walking Dead.  :naughty:
O problema é que eu já vi este filme/série e não gostei mesmo nada!

Tu e mais de um milhão de adeptos que se lembram bem.
Só que temos uma parte da massa adepta que deixou-se levar na onda da CS, e criou um ódio tal que preferem regressar ao maior pesadelo do Sporting que começou, já no Cintra, e acabou no Godinho.
Eles querem é que não falem mal do Sporting e que voltemos a ganhar 1-2 campeonatos a cada 15-20 anos, e mais umas migalhas nas modalidades.
Querem voltar ao crónico candidato que acaba sempre atrás de outros.
Preferem isso a ter de aturar alguns pormenores de feitio do BdC.
São os que usam os argumentos da CS, principalmente o mais palerma de todos:
"Destruíu tudo o que fez em 3 meses" - surreal.  :wall:

Esses merecem este actual Sporting dos estagiários da SAD, mereciam voltar aos croquetes que tínhamos antes, e merecem toda a CS portuguesa.
Comem e calam... e até gostam.
Fazem-me lembrar aquele género de pessoas que vão ao Sr. Dr. do dedo em riste e pedem para pôr dois dedos para ter a certeza. Enfim.
Disclaimer: todas as imagens de emails são fictícias, inúteis, e de fonte secundária.

"If you can survive disappointment, nothing can beat you."

(...) But my dreams have been stolen away.
Esse apenas está a pedir a conclusão do projecto que começou há mais de 20 anos.
Normalíssimo.
Foi ele o pioneiro.


Ele é o pai do Sporting amorfo e perdedor.
É o expoente máximo de  tudo aquilo que o Sporting não representa.
Esse apenas está a pedir a conclusão do projecto que começou há mais de 20 anos.
Normalíssimo.
Foi ele o pioneiro.


Ele é o pai do Sporting amorfo e perdedor.
É o expoente máximo de  tudo aquilo que o Sporting não representa.

Na cabeça dele deve ser o "herdeiro do clube", só por causa do avô.
Entretanto o avô deve estar a rebolar na campa, capaz de vir á terra apertar-lhe o pescoço.
9377
José Roquette pede "refundação" e aprova perda da maioria da SAD
Esse apenas está a pedir a conclusão do projecto que começou há mais de 20 anos.
Normalíssimo.
Foi ele o pioneiro.


Ele é o pai do Sporting amorfo e perdedor.
É o expoente máximo de  tudo aquilo que o Sporting não representa.

Na cabeça dele deve ser o "herdeiro do clube", só por causa do avô.
Entretanto o avô deve estar a rebolar na campa, capaz de vir á terra apertar-lhe o pescoço.

Já faltou mais para descer à terra e acertar contas com o avô.
Eu sei que é um bocado dark, mas já dou por mim a desejar a redução da esperança de vida para este tipo de sportinguistas.
Roquette é um nojento.
Em 1º sempre o grande Sporting!!
Roquete deve pensar que o SCP ainda não é dos sócios(burros que se fartam 71%), deve pensar que é o Totta ou o Banesto!!!
Disclaimer: todas as imagens de emails são fictícias, inúteis, e de fonte secundária.

"If you can survive disappointment, nothing can beat you."

(...) But my dreams have been stolen away.
Gosto da moral de alguns ex-presidentes que só fizeram m****, venderam património e acabaram com modalidades... p*** que os pariu!!!!!
Gosto da moral de alguns ex-presidentes que só fizeram m****, venderam património e acabaram com modalidades... p*** que os pariu!!!!!

Eles não tem um pingo de vergonha..
Em 1º sempre o grande Sporting!!
Gosto da moral de alguns ex-presidentes que só fizeram m****, venderam património e acabaram com modalidades... p*** que os pariu!!!!!

Eles não tem um pingo de vergonha..
E é impressionante como não há um único jornalista que os relembre de algumas coisas do passado...