Tudo sobre o incêndio no estádio da luz

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Quem tem camarote corporate tem direito a bilhetes especiais para o merdica e para os corruptos. Os primeiros são lugares a 50 euros situados no primeiro anel do estádio e os segundos são por baixo dos camarotes existentes no porco.
Força grande SPORTING
Aqui fica uma foto da tal noticia das 800 cadeiras(desculpa a má qualidade, mas é foto de telemovel):

Xbox Live - Luis1906
Meia dúzia de jogos ganhos por nós e as campainhas de alarme soaram ali no Colombo. O ataque de início de época não foi suficiente. Era preciso aumentar a carga
Não tenho dúvidas nenhumas que tudo foi preparado ao pormenor e em duas frentes.
Inflamar os ânimos dos adeptos, provocá-los  o mais possível
No final, provocar jogadores e equipa técnica no túnel.

A primeira pôs a nu a burrice dos animais.
A segunda correu mal.



O 2º grande incêndio demorou uma eternidade a ser extinto pois passaram uns 15 ou 20 min para aí sem o irem lá apagar. Ora ainda estávamos nós todos na bancada quando ele começou. Bombeiros e bófia nem vê-los. Tivemos nós todo o tempo do mundo para sair, e ninguém foi lá para apagar.

Gostava também de saber de que belo material são feitas as cadeiras, que quando aquilo ardia lançava partículas para todo o lado. Parecia algo químico.

Já é muita gente a dizer o mesmo

1- O fogacho não foi combatido.
Por incúria, por falta de meios, por descoordenação, por acção deliberada? Não sei.
Só sei que deixaram arder.

2- O único material combustível era mesmo um conjunto de cadeiras de papel, de qualidade pré-histórica
O fogo manteve-se e propagou-se porque as cadeiras eram altamente inflamáveis.

3- Os animais foram vitimas da sua decisão de criar uma "zona de conforto", com cadeiras químicas, inflamáveis e perigosas, e com acessos profundamente dificultados

4- Para a próxima, deviam preparar-se melhor para estes jogos
Esse momento da cadeira cuspidora de partículas foi bizarro, sem dúvida, serviu essencialmente para me despertar, eu que estava sentado a pensar em como não foi o Sporting capaz de marcar pelo menos um golo, e sair dali, porque estava a escassos metros da fogueira que cresceu e cresceu.

É unânime que aquela zona pré-definida impede a polícia de actuar. Não há espaço, a não ser que queiram fazer como aquele polícia que quis espancar adeptos do Sporting, mas que acabou por cair, fazendo-nos a todos rir. Foi um momento risonho, sem dúvida.

A actuação dos bombeiros, lenta, em poucos números e sem meios, fala por si. Antes de pensarem sequer em querer imputar aos Sportinguistas agressões e outras atitudes que não existiram, pensem é em fazerem o trabalho para o qual são pagos, ao contrário de outros colegas da mesma profissão, com os meios minimamente necessários.

Eu nem quero ousar pensar numa situação de problema médico. Ah, e não estamos a falar de bombeiros voluntários, atenção!

Cá fora, poucos minutos depois do principal meio de aquecimento ter sido activado, porque o frio começava a fazer-se notar, a polícia de intervenção, ainda estavam os adeptos do Sporting no interior do acesso à bancada que nos foi destinada, fartou-se de desancar em mulheres, realçando eu uma senhora nos seus 50 e tal anos que estava revoltadissíma com aquilo.

Uma outra observação fiz eu sobre como são os benfiquistas: protegidos por este mecanismo que impede contactos entre adeptos, eles são os maiores. Antes, quando o nosso lugar era no primeiro piso daquele asqueroso estádio, só éramos provocados por aqueles protegidos em bancadas diferentes, como em cima, mas agora até ficam à espera no estádio, sem ali fazer nada senão provocar sem possibilidade de nós respondermos de forma decente: ir-lhes à tromba.
« Última modificação: Novembro 29, 2011, 10:30 am por danielw »
   Na reportagem da RTP 1, após visita ao local dos jornalistas, afinal só arderam meia centena (50) de cadeiras... alguém lá para aqueles lados tem dificuldades em fazer contas, e gosta de inventar números. O costume. Como é que no CM se fala em 800 cadeiras empilhadas e às quais foi ateado fogo?

   Sem dúvida está a haver muito aproveitamento deste episódio, muita vitimização de alguns agentes responsáveis pela segurança do recinto e sistema contra-incêndios do mesmo, que pelos vistos demorou a actuar e dessa forma permitiu que o incêndio deflagrasse por mais tempo.
« Última modificação: Novembro 29, 2011, 11:41 am por HULK VERDE »
   Na reportagem do canal 1, afinal só arderam meia centena (50) de cadeiras... alguém lá para aqueles lados tem dificuldades em fazer contas, e gosta de inventar números. O costume.

 :rotfl:

50 ... 800 é quase a mesma coisa!

até já se falou em meio milhão de prejuízos... ora isso dá para aí uns 10 mil euros por cadeira: devem ser banhadas a ouro
 :mrgreen:
Gostava de ver as imagens que impossibilitaram os bombeiros de apagar o fogo. Sinceramente... as coisas que se leêm é de rir!
Demasiado fiel para desistir ! Só todos unidos podemos VENCER!
Eu ouvi ontem no jornal que as 800 (nº apresentado pelo benfica) diz respeito à soma das cadeiras partidas+queimadas, nº que me parece excessivo pelas imagens, e nº que a delegação do SCP recusou, pelo que haverá recontagem.

1- O fogacho não foi combatido.
Por incúria, por falta de meios, por descoordenação, por acção deliberada? Não sei.
Só sei que deixaram arder.

Também não percebi o porque de levarem tanto tempo, e não me admirava que houvesse ordens superiores para serem mais tarde ressarcidos num valor superior.

2- O único material combustível era mesmo um conjunto de cadeiras de papel, de qualidade pré-histórica
O fogo manteve-se e propagou-se porque as cadeiras eram altamente inflamáveis.


Afirmação ridícula. Se fossem altamente inflamáveis, podes ter a certeza que hoje estariamos a falar possivelmente de mortos.

3- Os animais foram vitimas da sua decisão de criar uma "zona de conforto", com cadeiras químicas, inflamáveis e perigosas, e com acessos profundamente dificultados

Os animais não foram vitímas nenhumas. Ganharam o jogo e conseguiram que os adeptos do Sporting passassem a imagem de vandâlos. Se fosse necessário arranjar justificação para aquela caixa ridícula, os vandalos que pegaram fogo às cadeiras, deram-lhes o pretexto pretendido.

No meio desta confusão, vão passar ao lado a recepção nojenta a que fomos sujeitos, tal como a agressão a um jornalista por parte de um guarda costas do pinto da costa.

4- Para a próxima, deviam preparar-se melhor para estes jogos

Prepararem-se para o que? Já reparaste que tu próprio estás a assumir que os adeptos do Sporting que vão à luz não passam de vandâlos e marginais?


Em suma, está um ambiente de cortar à faca entre ambos os clubes e os seus adeptos, e não que não me desse prazer ter a desforra da derrota, mas ter outro derby tão cedo não será o mais aconselhável. Que ganhe o Maritimo na taça.

Gostava de ver as imagens que impossibilitaram os bombeiros de apagar o fogo. Sinceramente... as coisas que se leêm é de rir!

Eles que disponibilizem essas imagens. De certeza que as têm, se existirem.
SPORTING CLUBE DE PORTUGAL - O NOSSO GRANDE AMOR!
Quem tem camarote corporate tem direito a bilhetes especiais para o merdica e para os corruptos. Os primeiros são lugares a 50 euros situados no primeiro anel do estádio e os segundos são por baixo dos camarotes existentes no porco.

Têm direito como? Têm os bilhetes reservados, mas têm que os pagar? Ou é uma troca entre clubes?
   O CM provou claramente que não é sério e actua como meio de propaganda e difamação de alguns interesses a que serve ou que apoia. Já vi alguns vídeos, em nenhum se vê alguém a empilhar cadeiras, quanto mais 800. Além de ser mentira, é uma difamação gratuita e atirada para o ar, ela sim incendiária. Não se pode brincar com coisas sérias. O CM tem obrigação de se retratar e o Sporting tem de responder de alguma forma a mais uma provocação e difamação que fizeram contra o Clube e os seus adeptos e tomar uma posição perante um suposto orgão de informação que vem servindo como tablóide de agendas de propaganda duvidosa e desinformação.

   Além disso tem de haver exposição das condições em que os milhares de adeptos do Sporting foram recebidos e tratados. Dos lasers que foram apontados aos jogadores do Sporting. Das falhas de segurança, do sistema contra-incêndios e da acção policial e dos ARDs. E das outras situações que os envolvidos identificaram, como a falta de condições e como a das gravações sobre um alegado comportamento grave dos responsáveis da casa no túnel de acesso aos balneários.
« Última modificação: Novembro 29, 2011, 12:18 pm por HULK VERDE »
O fogo começou no sector mais pequeno, o da esquerda, foi imediatamente combatido pelos bombeiros. Depois no sector da direita que era onde eu estava começaram a atear pequenos fogos e a juntar cadeiras, se o incendio chegou aquela dimensão foi porque não quiseram actuar, não me venham com isso de terem agredido bombeiros, porque isso é mentira, a unica coisa que fizemos aos bombeiros foi gritar "olé" enquanto eles subiam a bancada, nada mais. 500 mil euros por cerca de 300 ou 400 cadeiras ? Devem ser cadeiras de cinema  :wall:
"Queremos que o Sporting seja um grande Clube, tão grande como os maiores da Europa"
Alguém que tenha o jogo completo e que possa fazer um apanhado em video dos lasers apontados aos nossos jogadores?
SPORTING CLUBE DE PORTUGAL - O NOSSO GRANDE AMOR!
   O CM provou claramente que não é sério e actua como meio de propaganda e difamação de alguns interesses a que serve ou que apoia. Já vi alguns vídeos, em nenhum se vê alguém a empilhar cadeiras, quanto mais 800. Além de ser mentira, é uma difamação gratuita e atirada para o ar, ela sim incendiária. Não se pode brincar com coisas sérias. O CM tem obrigação de se retratar e o Sporting tem de responder de alguma forma a mais uma provocação e difamação que fizeram contra o Clube e os seus adeptos e tomar uma posição perante um suposto orgão de informação que vem servindo como tablóide de agendas de propaganda duvidosa e desinformação.

   Além disso tem de haver exposição das condições em que os milhares de adeptos do Sporting foram recebidos e tratados. Dos lasers que foram apontados aos jogadores do Sporting. Das falhas de segurança, do sistema contra-incêndios e da acção policial e dos ARDs. E das outras situações que os envolvidos identificaram, como a falta de condições e como a das gravações sobre um alegado comportamento grave dos responsáveis da casa no túnel de acesso aos balneários.

Não penses que eu quero defender o CM, mas a bolha de hoje fala novamente do nº 800, como sendo o nº que os animais falam
Presumo que o CM só tenha propagado o disparate provindo da boca dos animais. Fê-lo acritica e acefalamente, como é hábito, como se de um mero amplificador propagandístico se tratasse. E, pelos vistos, trata.
Mas são as bestas lampiónicas que têm andado a plantar esses nºs ridículos das 800 cadeiras, do meio-colhão de prejuízo, do nº de bilhetes, etc.
Os lampiursos têm um sério problema com a realidade.
Isto é só mais uma manifestação desse constante alucinação em que vivem. E alguns compram-na. Coitados
Não sou pirómano mas muito menos hipócrita para mim aquela lixeira tinha ardido toda desculpem o "políticamente incorrecto"
Eu não percebo uma coisa: se a polícia começou a distribuir fruta à entrada, atrasaram a entrada dos adeptos do Sporting, iam um batalhão deles no cortejo, como é que não entraram à bastonada sobre quem ateou o fogo? Foram-se embora quando acabou o jogo? Parece-me demasiado propositado... Assim como as imagens, dá a ideia que deixaram a trampa queimar para filmar e fazerem-se de vítimas. Não quero ilibar quem o fez, condeno e só descemos ao nível desses porcos.

Não entraram porque estavam em "território" inferior e tinham de desbravar a subir...
Acham que a bófia ia agora carregar sobre uma zona de conforto?  :naughty:
QUERO    UM   SPORTING
CREDÍVEL  -  LIMPO  -  AMBICIOSO
Um ou outro bombeiro pode ter levado com uma cadeira no capacete quando adeptos do Sporting impediam que o aquecimento ali criado perdesse fulgor e obrigasse todos ao terror que a temperatura de então fazia sentir sobre todos.

Pode, repito, não tenho a certeza, é apenas plausível, mas posso, contudo, garantir que alguns bombeiros foram alvos de brincadeiras simpáticas, nada mais, inclusive respondendo com sorrisos.
Vindo de quem vem e tendo estado naquela caixa, só posso dizer que (tal como tinha a certeza) fomos para uma armadilha em forma de matadouro.

Aquela caixa foi montada para que fôssemos lá para dentro levar porrada. Aquela caixa é um convite a uma tragédia. Aquela caixa não tem saídas de emergência.

É preciso mais?

Quanto ao 2º incêndio, posso falar à vontade pois estava no grupo que lá ficou para o fim e que teve alguma dificuldade para sair. E porque é que esse grupo teve dificuldades para sair? Simples: porque aquela merd* tem 3 ou 4 saídas (que não são iguais às nossas em Alvalade...), com o máximo de 2 metros de largura para escoar... mais de 3.500 pessoas! É obra. Esse grupo de pessoas que teve mais dificuldade em sair era composto por muita malta nova (e quando digo "nova", digo acompanhada pelos pais), miúdas, etc. Malta pouco habituada a estas andanças e que facilmente entrou em pânico (não eram 3, nem 4, nem 5 pessoas as que estavam a chorar...). Se o fogo tem alastrado, poderia ter havido ali uma catástrofe de proporções impensáveis.

E porque é que o fogo não foi logo apagado? Incompetência? Má vontade? Premeditação? Custa-me escolher porque tudo isto é cara de quem nos recebeu e dos seus fiéis escudeiros (aqueles que têm bastões e escudos...). Sem desculpar a irresponsabilidade que foi atearem fogo às cadeiras com muitos adeptos no Sporting ainda lá dentro, repito: aquela caixa é um convite a uma tragédia.

E por si só, motivo para corte de relações!
Não sou pirómano mas muito menos hipócrita para mim aquela lixeira tinha ardido toda desculpem o "políticamente incorrecto"
Pois eu também acho mal os nossos adeptos terem incendiado aquela porcaria mas... deu-me cá um prazer! :twisted: Estaria a ser hipócrita se dissesse o contrário. Por acaso alguém ficaria triste se aquele estádio fosse abaixo por causas naturais? Eu não!
hehehe :twisted: Os otários do serorc.com ficaram mesmo lixados, alguns daqui, eu incluído, já tiveram o prazer de ser citados naquele aviário por causa deste tópico. Parafraseando o farinha amparo: "Os lampiursos têm um sério problema com a realidade. Isto é só mais uma manifestação desse constante alucinação em que vivem. E alguns compram-na. Coitados."