"SPORTING SAD 2014" ... sai um empréstimo de 20 milhões.

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Esperando sinceramente que a moderação não volte a impor a censura de um post que não ofendia ninguém, volto a referir que me causa espanto que opinões tão desprovidas de conhecimento económico sejam para aqui lançadas, não se inibindo de difamar os autores deste empréstimo e de opinar sobre os juros altos sem saber minimamente o cenário macroeconómico existente.

João, é o cenário Macroeconómico, é o Bin Laden, é o que quiseres... Deixa-te de m****@s e mete dinheiro nos miseráveis que inexplicavamente apoias...

"Difamar os autores deste empréstimo", mostra onde está a difamação e refere as qualidades deste empréstimo, não é preciso um curso de Gestão, nem de Economia para ver que a médio/longo prazo é um negócio ruinoso para o Sporting. É a típica fuga para a frente, a qual não terá Responsáveis...
Porque as pessoas não sabem minimamente o cenário macroeconómico existente...
O último que feche a porta e viva a propaganda roquetteira...
"Reforçamos ainda a solução que temos vindo a defender para a sustentabilidade do Clube:
a)   O afastamento do Clube de todos os dirigentes envolvidos no “Projecto Roquette” e com responsabilidades na gravíssima situação actual, apuradas após a realização de uma verdadeira auditoria de gestão. Pedido de indemnização cível pelos danos causados ao Sporting Clube de Portugal;
b)    A renegociação firme, corajosa e realista da dívida bancária, de forma a reduzir drasticamente os encargos financeiros anuais; 
c)    A redução drástica dos custos com pessoal, como ponto de partida para que se alcance o equilíbrio da exploração operacional. Se analisarmos as últimas épocas, bem como o descalabro no balanço entre contratações e vendas de jogadores, facilmente verificamos duas realidades: (i) maior investimento não tem sido sinónimo de maior rendimento desportivo, (ii) os maiores encaixes financeiros com venda de jogadores foram com jogadores formados no Clube, e não com jogadores adquiridos pelas administrações e gestores de activos profissionais da SAD."
 - Candidatura Independente ao Conselho Fiscal e Disciplinar
Quem confia no trabalho destes dirigentes que meta graveto neste empréstimo obrigacionista e espere que a SAD aguente os próximos 3 anos.

Apesar dos juros atractivos que pagam, acho um risco elevado meter dinheiro nas mãos de quem não sabe gerir. É o efeito bola de neve... Onde a capacidade de reduzir a bola de neve é nula.

Defensores da continuidade e da Direcção de Godinho, mostrem lá a vossa confiança e a cor do vosso dinheiro. Falar não chega...

 :arrow:
23-03-2013 O dia mais feliz da minha vida como sportinguista.
A partir de agora mandamos nós e o Sporting terá o seu caminho novamente, quero vos agradecer a todos e dizer claramente para que toda a gente oiça:
Viva o Sporting Clube de Portugal! É nosso outra vez!
Palavras do Presidente do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho. Bem-haja Presidente!
23-06-2018 O pior dia da minha vida como sportinguista. Após campanha orquestrada entre lampiões, croquetes e comunicação social, cai o melhor Presidente da história do clube. Obrigado do fundo do coração Presidente por ter trazido um orgulho e alegria que estavam esmagados no meu coração para mim será eterno.
É um empréstimo obrigacionista como todos os outros. Não há nada de novo aqui, exceptuando, claro, que se confirma a tendência de os juros oferecidos serem cada vez mais altos.

Tenho investido em todos os empréstimos obrigacionistas dos últimos anos (exceptuando os do Benfica), mas realmente neste estou mais apreensivo porque, lá está, se a coisa corre mal...
Também acho que isto não tem grande discussão.

É um efeito bola de neve e o Sporting não está a conseguir atenuar essa bola, daí o empréstimo ser cada vez de um montante superior. Os juros são atractivos em relação ao que se costuma praticar no futebol português.

Portanto a equação é simples. Quem tem a certeza que a SAD em 2014 está em condições de pagar ou quem tem um perfil de investidor de risco, tem aqui uma boa oportunidade para avançar. Quem não tem nenhuma das condições, tem aqui uma boa oportunidade para estar quieto.
Campo Grande paga a traidores.
Quando não queremos como alguns não quiseram a mudança, então os que não a quiseram não tem que ter medo.

Então meus amigos não comecem a querer falhar, pois não existe nada que falhe é tudo CREDIBILIDADE, ou será que mudou?! Não posso opinar pois eu queria Bruno de Carvalho e o seu fundo Russo, é que esse não tinha espinhas estes desta direcção afinada parecem começar a ter, quem disse que não era a continuidade que responda agora e na hora das vitórias ou derrotas, pois se apoiamos uma direcção devemos apoia-la até ao fim. Claro, isto sou eu a falar!

Até á data não jogo nem dou cartas, mas tenho estado mais ao menos caladinho embora já sinta que as pessoas me parecem começar a ficar inquietas! Ou será que já tremem!

SL
« Última modificação: Julho 20, 2011, 21:24 pm por ruitrind »
23-03-2013 O dia mais feliz da minha vida como sportinguista.
A partir de agora mandamos nós e o Sporting terá o seu caminho novamente, quero vos agradecer a todos e dizer claramente para que toda a gente oiça:
Viva o Sporting Clube de Portugal! É nosso outra vez!
Palavras do Presidente do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho. Bem-haja Presidente!
23-06-2018 O pior dia da minha vida como sportinguista. Após campanha orquestrada entre lampiões, croquetes e comunicação social, cai o melhor Presidente da história do clube. Obrigado do fundo do coração Presidente por ter trazido um orgulho e alegria que estavam esmagados no meu coração para mim será eterno.
Esperando sinceramente que a moderação não volte a impor a censura de um post que não ofendia ninguém, volto a referir que me causa espanto que opinões tão desprovidas de conhecimento económico sejam para aqui lançadas, não se inibindo de difamar os autores deste empréstimo e de opinar sobre os juros altos sem saber minimamente o cenário macroeconómico existente.

João, é o cenário Macroeconómico, é o Bin Laden, é o que quiseres... Deixa-te de trampa@s e mete dinheiro nos miseráveis que inexplicavamente apoias...

"Difamar os autores deste empréstimo", mostra onde está a difamação e refere as qualidades deste empréstimo, não é preciso um curso de Gestão, nem de Economia para ver que a médio/longo prazo é um negócio ruinoso para o Sporting. É a típica fuga para a frente, a qual não terá Responsáveis...
Porque as pessoas não sabem minimamente o cenário macroeconómico existente...
O último que feche a porta e viva a propaganda roquetteira...

Este empréstimo não será ruinoso desde que o dinheiro seja devidamente aplicado em mais-valias para o Sporting, tanto no plano desportivo como estrutural. Desafio-te a ti ou a qualquer outro a mostrar uma outra alternativa de financiamento deste montante com o juro mais baixo. Quando o fizerem, cá estarei para reconhecer o meu erro.
Queixam-se da falta de investimento, mas quando há quem os tenha no sítio para arriscar e seguir um caminho que os nossos rivais já vêm seguindo há muito tempo, também se queixam.


Quando não queremos como alguns não quiseram a mudança, então os que não a quiseram não tem que ter medo.

Então meus amigos não comecem a querer falhar, pois não existe nada que falhe é tudo CREDIBILIDADE, ou será que mudou?! Não posso opinar pois eu queria Bruno de Carvalho e o seu fundo Russo, é que esse não tinha espinhas estes desta direcção afinada parecem começar a ter, quem disse que não era a continuidade que responda agora e na hora das vitórias ou derrotas, pois se apoiamos uma direcção devemos apoia-la até ao fim. Claro, isto sou eu a falar!

Até á data não jogo nem dou cartas, mas tenho estado mais ao menos caladinho embora já sinta que as pessoas me parecem começar a ficar inquietas! Ou será que já tremem!

SL

Antes de mais, acho que é escusado estar sempre com as bocas de "direcção afinada" para aqui e para ali. Acho que a moderação deverá estar mais atenta a este tipo de comportamentos.
Eu continuo a achar que isto não é continuidade, mas gostava de saber já agora o que é que o caro forista @Ruitrind vê actualmente, nomeadamente neste empréstimo, que o faça afirmar com toda a convicção de que se trata de continuidade.

Eu não estou inquieto. Vejo as capas dos jornais de manhã, vejo se há notícias há noite, e de vez em quando dou um salto aqui ao fórum. A procissão ainda vai no adro, o caminho a ser seguido tem-me agradado, e estou confiante de que mais surpresas estarão reservadas para perto do lançamento das gameboxs.
Chamem-me o que quiserem, mas acredito piamente que é este ano que somos campeões, e não há nada que eu deseje mais, como verdadeiro Sportinguista!
Falam em juros elevados?

Vou contra a corrente, até acho que a taxa está mal calculada, depois dos resultados e operações dos últimos anos, o risco que acarreta está declaradamente nivelado por baixo. Os malucos que invistam.
Sporting Clube de Portugal, somos diferentes, somos melhores.
Eu acredito sinceramente que em 2014 a SAD vai ter capacidade de pagar os juros (elevados) deste empréstimo. Não é por confiar propriamente na gestão desta gente, mas porque acredito que até lá vamos ser campeões pelo menos uma vez e que, mesmo que isso não aconteça, é difícil a sociedade falir até essa altura.

Não acho que seja um empréstimo de subscrição muito arriscada para qualquer um de nós, pelo que acho que até é um bom investimento. Preocupa-me mais na óptica do Clube, que é a mais importante, porque os juros são realmente muito elevados e o efeito bola de neve há-de continuar, a menos que haja sucesso desportivo significativo, até rebentar daqui a uns tempos.
Querem acabar de vez com a nossa paixão!
Não vamos deixar... porque nunca desistimos de ti!
Esperando sinceramente que a moderação não volte a impor a censura de um post que não ofendia ninguém, volto a referir que me causa espanto que opinões tão desprovidas de conhecimento económico sejam para aqui lançadas, não se inibindo de difamar os autores deste empréstimo e de opinar sobre os juros altos sem saber minimamente o cenário macroeconómico existente.

João, é o cenário Macroeconómico, é o Bin Laden, é o que quiseres... Deixa-te de trampa@s e mete dinheiro nos miseráveis que inexplicavamente apoias...

"Difamar os autores deste empréstimo", mostra onde está a difamação e refere as qualidades deste empréstimo, não é preciso um curso de Gestão, nem de Economia para ver que a médio/longo prazo é um negócio ruinoso para o Sporting. É a típica fuga para a frente, a qual não terá Responsáveis...
Porque as pessoas não sabem minimamente o cenário macroeconómico existente...
O último que feche a porta e viva a propaganda roquetteira...

Este empréstimo não será ruinoso desde que o dinheiro seja devidamente aplicado em mais-valias para o Sporting, tanto no plano desportivo como estrutural. Desafio-te a ti ou a qualquer outro a mostrar uma outra alternativa de financiamento deste montante com o juro mais baixo. Quando o fizerem, cá estarei para reconhecer o meu erro.
Queixam-se da falta de investimento, mas quando há quem os tenha no sítio para arriscar e seguir um caminho que os nossos rivais já vêm seguindo há muito tempo, também se queixam.


Quando não queremos como alguns não quiseram a mudança, então os que não a quiseram não tem que ter medo.

Então meus amigos não comecem a querer falhar, pois não existe nada que falhe é tudo CREDIBILIDADE, ou será que mudou?! Não posso opinar pois eu queria Bruno de Carvalho e o seu fundo Russo, é que esse não tinha espinhas estes desta direcção afinada parecem começar a ter, quem disse que não era a continuidade que responda agora e na hora das vitórias ou derrotas, pois se apoiamos uma direcção devemos apoia-la até ao fim. Claro, isto sou eu a falar!

Até á data não jogo nem dou cartas, mas tenho estado mais ao menos caladinho embora já sinta que as pessoas me parecem começar a ficar inquietas! Ou será que já tremem!

SL

Antes de mais, acho que é escusado estar sempre com as bocas de "direcção afinada" para aqui e para ali. Acho que a moderação deverá estar mais atenta a este tipo de comportamentos.
Eu continuo a achar que isto não é continuidade, mas gostava de saber já agora o que é que o caro forista @Ruitrind vê actualmente, nomeadamente neste empréstimo, que o faça afirmar com toda a convicção de que se trata de continuidade.

Eu não estou inquieto. Vejo as capas dos jornais de manhã, vejo se há notícias há noite, e de vez em quando dou um salto aqui ao fórum. A procissão ainda vai no adro, o caminho a ser seguido tem-me agradado, e estou confiante de que mais surpresas estarão reservadas para perto do lançamento das gameboxs.
Chamem-me o que quiserem, mas acredito piamente que é este ano que somos campeões, e não há nada que eu deseje mais, como verdadeiro Sportinguista!

Um empréstimo obrigacionista para pagar outro empréstimo obrigacionista...
Daqui a 3 anos se a Sad aguentar-se vais ter outro empréstimo obrigacionista para pagar este empréstimo obrigacionista, acrescido de juros record...

Agora explica onde é que estão as mais valias? Explica onde é que está o investimento?

A tua cegueira ao apoiares esta Direcção faz com que apresentes este tipo de argumentos e justificações que não têm um mínimo de sentido. Apenas perdes credibilidade com estes argumentos, na defesa de uma Direcção já muito pouco ou nada credível...

Se acreditas na gestão financeira investe no empréstimo obrigacionista.
Se acreditas que o Sporting vai ser campeão investe na Betclic.
Pagam bem, o pior é se a SAD dá o estoiro e se o Sporting não é campeão. São logo duas facadas a nível económico e a nível sentimental...

Se querias ter defendido GL dirias que este empréstimo obrigacionista é apenas a continuidade do empréstimo obrigacionista anterior. Não foi GL que criou o primeiro empréstimo, ele apenas tem de o pagar, está preso e vinculado a ele... Náo fosse uma lista afinada de continuidade, não fosse a presença de Castro Guedes, Ricciardi e companhia na lista, podia ser uma argumentação mais sólida.
"Reforçamos ainda a solução que temos vindo a defender para a sustentabilidade do Clube:
a)   O afastamento do Clube de todos os dirigentes envolvidos no “Projecto Roquette” e com responsabilidades na gravíssima situação actual, apuradas após a realização de uma verdadeira auditoria de gestão. Pedido de indemnização cível pelos danos causados ao Sporting Clube de Portugal;
b)    A renegociação firme, corajosa e realista da dívida bancária, de forma a reduzir drasticamente os encargos financeiros anuais; 
c)    A redução drástica dos custos com pessoal, como ponto de partida para que se alcance o equilíbrio da exploração operacional. Se analisarmos as últimas épocas, bem como o descalabro no balanço entre contratações e vendas de jogadores, facilmente verificamos duas realidades: (i) maior investimento não tem sido sinónimo de maior rendimento desportivo, (ii) os maiores encaixes financeiros com venda de jogadores foram com jogadores formados no Clube, e não com jogadores adquiridos pelas administrações e gestores de activos profissionais da SAD."
 - Candidatura Independente ao Conselho Fiscal e Disciplinar
Esperando sinceramente que a moderação não volte a impor a censura de um post que não ofendia ninguém, volto a referir que me causa espanto que opinões tão desprovidas de conhecimento económico sejam para aqui lançadas, não se inibindo de difamar os autores deste empréstimo e de opinar sobre os juros altos sem saber minimamente o cenário macroeconómico existente.

João, é o cenário Macroeconómico, é o Bin Laden, é o que quiseres... Deixa-te de trampa@s e mete dinheiro nos miseráveis que inexplicavamente apoias...

"Difamar os autores deste empréstimo", mostra onde está a difamação e refere as qualidades deste empréstimo, não é preciso um curso de Gestão, nem de Economia para ver que a médio/longo prazo é um negócio ruinoso para o Sporting. É a típica fuga para a frente, a qual não terá Responsáveis...
Porque as pessoas não sabem minimamente o cenário macroeconómico existente...
O último que feche a porta e viva a propaganda roquetteira...

Este empréstimo não será ruinoso desde que o dinheiro seja devidamente aplicado em mais-valias para o Sporting, tanto no plano desportivo como estrutural. Desafio-te a ti ou a qualquer outro a mostrar uma outra alternativa de financiamento deste montante com o juro mais baixo. Quando o fizerem, cá estarei para reconhecer o meu erro.
Queixam-se da falta de investimento, mas quando há quem os tenha no sítio para arriscar e seguir um caminho que os nossos rivais já vêm seguindo há muito tempo, também se queixam.


Quando não queremos como alguns não quiseram a mudança, então os que não a quiseram não tem que ter medo.

Então meus amigos não comecem a querer falhar, pois não existe nada que falhe é tudo CREDIBILIDADE, ou será que mudou?! Não posso opinar pois eu queria Bruno de Carvalho e o seu fundo Russo, é que esse não tinha espinhas estes desta direcção afinada parecem começar a ter, quem disse que não era a continuidade que responda agora e na hora das vitórias ou derrotas, pois se apoiamos uma direcção devemos apoia-la até ao fim. Claro, isto sou eu a falar!

Até á data não jogo nem dou cartas, mas tenho estado mais ao menos caladinho embora já sinta que as pessoas me parecem começar a ficar inquietas! Ou será que já tremem!

SL

Antes de mais, acho que é escusado estar sempre com as bocas de "direcção afinada" para aqui e para ali. Acho que a moderação deverá estar mais atenta a este tipo de comportamentos.
Eu continuo a achar que isto não é continuidade, mas gostava de saber já agora o que é que o caro forista @Ruitrind vê actualmente, nomeadamente neste empréstimo, que o faça afirmar com toda a convicção de que se trata de continuidade.

Eu não estou inquieto. Vejo as capas dos jornais de manhã, vejo se há notícias há noite, e de vez em quando dou um salto aqui ao fórum. A procissão ainda vai no adro, o caminho a ser seguido tem-me agradado, e estou confiante de que mais surpresas estarão reservadas para perto do lançamento das gameboxs.
Chamem-me o que quiserem, mas acredito piamente que é este ano que somos campeões, e não há nada que eu deseje mais, como verdadeiro Sportinguista!

@McCandless

Sempre aborrecido com o que se diz, não o dizemos por dizer, se o referimos é porque algo está mal, a meu ver até muito mal, pois se temos 100 milhões não fui eu quem o referiu não precisamos de empréstimos! Penso que nem necessito de dizer mais nada! Se existissem explicações aos sócios e adeptos no fundo a todos os que sofrem pelo Sporting Clube de Portugal, talvez não existissem tantas interrogações!

Falei na afinação e ela foi proferida por um alto dirigente do Sporting Clube de Portugal, foi mais que demostrada infelizmente no próprio site do clube que ditava os resultados dos votantes das eleições, para mim e para milhões de Sportinguistas e não só, os números foram colocados mais que uma vez, não fui eu quem os afinou, foram afinados.

Se a moderação achar que não devo invocar o termo afinado, tudo bem eu não voltarei a falar nele, mas não entendo, afinal existiram ou não eleições para primeiro-ministro aqui há dias, é que assim de repente pareceu-me que talvez não vivêssemos em democracia. Sou incómodo por referir as afinações?!

Quanto ao acreditares em sermos campeões gostaria de ter essa fé, mas até ao momento não consigo ter, não quer dizer que venha a mudar se tudo correr bem como sempre dizes, serás o primeiro a quem agradecerei!

Pois verdade seja dita, não sei se até estás ou não, por dentro do que se passa no clube, mas uma coisa tenho que dizer se tiveres razão, terás não só o meu agradecimento como o meu enorme reconhecimento, pois acredita dado o estado das coisas desde 26 de Março de 2011, és de longe quem mais defende o Sporting Clube de Portugal, tenho é que esperar, para ver se defendes bem ou se defendes mal, mas o tempo falará por ti e por mim, no fundo por todos nós!

Não te zangues afinal todos sem excepção queremos o bem do Sporting Clube de Portugal e por ele sofremos sempre, uns dias melhores outros piores, mas todos nós queremos é ver nem que seja uma pequena luzinha ao fundo do túnel, para que possamos sair desta tristeza que nos absorveu a todos.

SL

23-03-2013 O dia mais feliz da minha vida como sportinguista.
A partir de agora mandamos nós e o Sporting terá o seu caminho novamente, quero vos agradecer a todos e dizer claramente para que toda a gente oiça:
Viva o Sporting Clube de Portugal! É nosso outra vez!
Palavras do Presidente do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho. Bem-haja Presidente!
23-06-2018 O pior dia da minha vida como sportinguista. Após campanha orquestrada entre lampiões, croquetes e comunicação social, cai o melhor Presidente da história do clube. Obrigado do fundo do coração Presidente por ter trazido um orgulho e alegria que estavam esmagados no meu coração para mim será eterno.
Andamos com a corda na garganta há alguns anos, e cada vez mais, isso parece-me óbvio.

Andamos a investir cada vez mais, a ter resultados desportivos cada vez piores, e a ficar cada vez mais endividados e asfixiados pela banca.

Sendo assim, as minhas conclusões são de que não se tem investido pouco (principalmente face ao que se fazia anteriormente): tem-se é investido mal!

Em vez de investir mais (e endividar-mo-nos cada vez mais, e ficarmos cada vez mais dependentes e asfixiados pela banca, e  vivermos mais 10 anos com a corda - ainda mais - apertada á volta da garganta) preocupe-mo-nos é em investir melhor!

Ao contrário do que se quer fazer crer, acho que era perfeitamente possível nesta última temporada, por exemplo, termos discutido no mínimo uma presença na Champions (mais seria impossível, fosse com que orçamento fosse, porque suplantar aquele Porto não era difícil, era impossível, com craques ou sem eles) com o mesmo orçamento. Tinhamos a mesma despesa, aumentávamos as receitas. Seria possível fazê-lo. Com JEB e Costinha, de facto, nunca.

Temo que nestes próximos anos aconteça o mesmo. Que se pense que é investindo mais que teremos mais êxitos colectivos, e que se continue a ter o mesmo problema que antigamente: investimos mal. O Sporting - a meu ver - não tem de investir o mesmo que os rivais, porque têm mais-valias diferentes em termos estruturais e em termos da composição do plantel do futebol profissional do clube.

A questão, para mim, é simples:
Vamos continuar a investir cada vez mais (tendência das últimas 2,3 épocas) e ficarmos na mão da banca, dependendo a estabilidade e a vitalidade do clube, única e exclusivamente, dos resultados do futebol do fim-de-semana no relvado?
Ou vamos procurar investir melhor, potenciar ao máximo as mais-valias que temos (apoiando-as e suportando-as de forma convicta e, acima de tudo, planeada) e, com isso, "viver" de forma mais segura e, ainda assim, passível de ser coroada com vitórias (porque são possíveis títulos investindo o mesmo com os rivais, se o fizermos de forma competente e se potenciarmos o que já de bom possuimos)?

Desculpem o off-topic, mas isto é um facto que me preocupa. Falam-se em milhões e em mais milhões, em vez de se procurar uma forma de gerir o que já se possui de forma competente, e de se entender que, com um grande trabalho, um grande critério e rigor, e uma grande envolvência com os adeptos, se pode também conseguir êxitos sem viver com o espectro da falência á nossa volta?
E essa é uma escolha obrigatória? Ser competente ou investir?

Que se gastou mal, sem critério e sem retorno, quer financeiro, quer desportivo, indiscutível.

Que faltou competência para aplicação desses recursos e engenho para encontrar meios sem maior endividamento do clube, também.

E ainda está para saber qual foi o ponto de viragem onde nos tornámos os coitadinhos, entre os 3 grandes, em termos de orçamento para o futebol e investimento no mesmo. O destino assim o quis ou houve responsáveis por isso?
E essa é uma escolha obrigatória? Ser competente ou investir?

Que se gastou mal, sem critério e sem retorno, quer financeiro, quer desportivo, indiscutível.

Que faltou competência para aplicação desses recursos e engenho para encontrar meios sem maior endividamento do clube, também.

E ainda está para saber qual foi o ponto de viragem onde nos tornámos os coitadinhos, entre os 3 grandes, em termos de orçamento para o futebol e investimento no mesmo. O destino assim o quis ou houve responsáveis por isso?
É possível ser competente e investir. Tenho é dúvidas que sejam capazes de o fazer - de momento. Sobre a questão de ser os coitadinhos... bom, seremos os coitadinhos no número de milhões que gastamos, talvez não o sejamos noutras áreas do futebol (onde eles, sim, são os incompetentes).

Não sei se o Barcelona, se não comprasse o Adriano e o Villa esta última temporada, optando pelo Bojan (por exemplo) a titular, teria sido um coitadinho quando comparado com o Real Madrid.
O Barcelona é outro caso de quem não investe bem. Mas tem uma cantera, paga a peso de ouro, porque podem. Realidades diferentes.

Ou segue-se um caminho de corte brutal nas despesas* e aposta-se num projecto de médio/longo prazo, sem promessas de títulos, para um crescimento sustentável do clube ou tem-se o engenho de dotar ( no curto prazo ) a equipa de futebol de competitividade na luta pelo primeiro lugar, oferecendo um espectáculo condigno, conseguindo receitas extraordinárias, valorizando os activos e com presenças na Champions. São estes os 2 caminhos que vejo e como em tudo, tem que haver competência nos actos de gestão.

* O grande problema é que grande parte dessas despesas não estão relacionadas com o futebol, mas sim com o passivo financeiro... aquele que daqui a 3 anos, alguém disse que diminuirá...
Esperando sinceramente que a moderação não volte a impor a censura de um post que não ofendia ninguém, volto a referir que me causa espanto que opinões tão desprovidas de conhecimento económico sejam para aqui lançadas, não se inibindo de difamar os autores deste empréstimo e de opinar sobre os juros altos sem saber minimamente o cenário macroeconómico existente.

João, é o cenário Macroeconómico, é o Bin Laden, é o que quiseres... Deixa-te de trampa@s e mete dinheiro nos miseráveis que inexplicavamente apoias...

"Difamar os autores deste empréstimo", mostra onde está a difamação e refere as qualidades deste empréstimo, não é preciso um curso de Gestão, nem de Economia para ver que a médio/longo prazo é um negócio ruinoso para o Sporting. É a típica fuga para a frente, a qual não terá Responsáveis...
Porque as pessoas não sabem minimamente o cenário macroeconómico existente...
O último que feche a porta e viva a propaganda roquetteira...

Este empréstimo não será ruinoso desde que o dinheiro seja devidamente aplicado em mais-valias para o Sporting, tanto no plano desportivo como estrutural. Desafio-te a ti ou a qualquer outro a mostrar uma outra alternativa de financiamento deste montante com o juro mais baixo. Quando o fizerem, cá estarei para reconhecer o meu erro.
Queixam-se da falta de investimento, mas quando há quem os tenha no sítio para arriscar e seguir um caminho que os nossos rivais já vêm seguindo há muito tempo, também se queixam.


Quando não queremos como alguns não quiseram a mudança, então os que não a quiseram não tem que ter medo.

Então meus amigos não comecem a querer falhar, pois não existe nada que falhe é tudo CREDIBILIDADE, ou será que mudou?! Não posso opinar pois eu queria Bruno de Carvalho e o seu fundo Russo, é que esse não tinha espinhas estes desta direcção afinada parecem começar a ter, quem disse que não era a continuidade que responda agora e na hora das vitórias ou derrotas, pois se apoiamos uma direcção devemos apoia-la até ao fim. Claro, isto sou eu a falar!

Até á data não jogo nem dou cartas, mas tenho estado mais ao menos caladinho embora já sinta que as pessoas me parecem começar a ficar inquietas! Ou será que já tremem!

SL

Antes de mais, acho que é escusado estar sempre com as bocas de "direcção afinada" para aqui e para ali. Acho que a moderação deverá estar mais atenta a este tipo de comportamentos.
Eu continuo a achar que isto não é continuidade, mas gostava de saber já agora o que é que o caro forista @Ruitrind vê actualmente, nomeadamente neste empréstimo, que o faça afirmar com toda a convicção de que se trata de continuidade.

Eu não estou inquieto. Vejo as capas dos jornais de manhã, vejo se há notícias há noite, e de vez em quando dou um salto aqui ao fórum. A procissão ainda vai no adro, o caminho a ser seguido tem-me agradado, e estou confiante de que mais surpresas estarão reservadas para perto do lançamento das gameboxs.
Chamem-me o que quiserem, mas acredito piamente que é este ano que somos campeões, e não há nada que eu deseje mais, como verdadeiro Sportinguista!

Já há um subscritor, 20 M garantidos por ti.
Aplicado em mais valias? é de mim ou tu não sabes que dia 19/07/2011 tens que pagar 19 M do outro empréstimo?
Bruno de Carvalho o meu Presidente!
Viva o Sporting Clube de Portugal!
Sócio desde 1994!
Esperando sinceramente que a moderação não volte a impor a censura de um post que não ofendia ninguém, volto a referir que me causa espanto que opinões tão desprovidas de conhecimento económico sejam para aqui lançadas, não se inibindo de difamar os autores deste empréstimo e de opinar sobre os juros altos sem saber minimamente o cenário macroeconómico existente.

João, é o cenário Macroeconómico, é o Bin Laden, é o que quiseres... Deixa-te de trampa@s e mete dinheiro nos miseráveis que inexplicavamente apoias...

"Difamar os autores deste empréstimo", mostra onde está a difamação e refere as qualidades deste empréstimo, não é preciso um curso de Gestão, nem de Economia para ver que a médio/longo prazo é um negócio ruinoso para o Sporting. É a típica fuga para a frente, a qual não terá Responsáveis...
Porque as pessoas não sabem minimamente o cenário macroeconómico existente...
O último que feche a porta e viva a propaganda roquetteira...

Este empréstimo não será ruinoso desde que o dinheiro seja devidamente aplicado em mais-valias para o Sporting, tanto no plano desportivo como estrutural. Desafio-te a ti ou a qualquer outro a mostrar uma outra alternativa de financiamento deste montante com o juro mais baixo. Quando o fizerem, cá estarei para reconhecer o meu erro.
Queixam-se da falta de investimento, mas quando há quem os tenha no sítio para arriscar e seguir um caminho que os nossos rivais já vêm seguindo há muito tempo, também se queixam.


Quando não queremos como alguns não quiseram a mudança, então os que não a quiseram não tem que ter medo.

Então meus amigos não comecem a querer falhar, pois não existe nada que falhe é tudo CREDIBILIDADE, ou será que mudou?! Não posso opinar pois eu queria Bruno de Carvalho e o seu fundo Russo, é que esse não tinha espinhas estes desta direcção afinada parecem começar a ter, quem disse que não era a continuidade que responda agora e na hora das vitórias ou derrotas, pois se apoiamos uma direcção devemos apoia-la até ao fim. Claro, isto sou eu a falar!

Até á data não jogo nem dou cartas, mas tenho estado mais ao menos caladinho embora já sinta que as pessoas me parecem começar a ficar inquietas! Ou será que já tremem!

SL

Antes de mais, acho que é escusado estar sempre com as bocas de "direcção afinada" para aqui e para ali. Acho que a moderação deverá estar mais atenta a este tipo de comportamentos.
Eu continuo a achar que isto não é continuidade, mas gostava de saber já agora o que é que o caro forista @Ruitrind vê actualmente, nomeadamente neste empréstimo, que o faça afirmar com toda a convicção de que se trata de continuidade.

Eu não estou inquieto. Vejo as capas dos jornais de manhã, vejo se há notícias há noite, e de vez em quando dou um salto aqui ao fórum. A procissão ainda vai no adro, o caminho a ser seguido tem-me agradado, e estou confiante de que mais surpresas estarão reservadas para perto do lançamento das gameboxs.
Chamem-me o que quiserem, mas acredito piamente que é este ano que somos campeões, e não há nada que eu deseje mais, como verdadeiro Sportinguista!

Já há um subscritor, 20 M garantidos por ti.
Aplicado em mais valias? é de mim ou tu não sabes que dia 19/07/2011 tens que pagar 19 M do outro empréstimo?

Pois, pois é sempre a mesma treta empréstimo paga empréstimo e não saímos disto onde estão os 100 milhões?!  :wall: :wall:
23-03-2013 O dia mais feliz da minha vida como sportinguista.
A partir de agora mandamos nós e o Sporting terá o seu caminho novamente, quero vos agradecer a todos e dizer claramente para que toda a gente oiça:
Viva o Sporting Clube de Portugal! É nosso outra vez!
Palavras do Presidente do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho. Bem-haja Presidente!
23-06-2018 O pior dia da minha vida como sportinguista. Após campanha orquestrada entre lampiões, croquetes e comunicação social, cai o melhor Presidente da história do clube. Obrigado do fundo do coração Presidente por ter trazido um orgulho e alegria que estavam esmagados no meu coração para mim será eterno.
O Barcelona é outro caso de quem não investe bem. Mas tem uma cantera, paga a peso de ouro, porque podem. Realidades diferentes.

Ou segue-se um caminho de corte brutal nas despesas* e aposta-se num projecto de médio/longo prazo, sem promessas de títulos, para um crescimento sustentável do clube ou tem-se o engenho de dotar ( no curto prazo ) a equipa de futebol de competitividade na luta pelo primeiro lugar, oferecendo um espectáculo condigno, conseguindo receitas extraordinárias, valorizando os activos e com presenças na Champions. São estes os 2 caminhos que vejo e como em tudo, tem que haver competência nos actos de gestão.

* O grande problema é que grande parte dessas despesas não estão relacionadas com o futebol, mas sim com o passivo financeiro... aquele que daqui a 3 anos, alguém disse que diminuirá...
A cantera é paga a peso de ouro? Bom, será cara, mas tenho dúvidas se esse valor é assim tão exorbitante, face ao que equipas do seu nível gastam no mercado de transferências - e, regra geral, ficam muito pior servidas.

Não comparei realidades. Referi apenas o exemplo de um clube que, investindo muito menos que o principal rival, poderia ter êxitos estrondosos a nível nacional e internacional. Isto é, alguns clubes (no caso o Barcelona) podem optar por não investir tanto como os rivais por uma questão de de estratégia e de filosofia, e não por falta de dinheiro ou por serem coitadinhos.

Uma coisa é não investir por falta de capacidades (e parece-me que, ultimamente, no Sporting tem acontecido exactamente isto). Outra, para mim completamente diferente, é não investir o que os rivais investem por uma questão de estratégia, de rumo, de identidade, por uma questão opcional, apenas. E, aí, acredito que se possam ter os mesmos resultados que os adversários. Agora investir pouco por falta de capacidade, e não por opção planificada e idealizada... bom, aí os resultados estão á vista...
Eu jamais encetaria uma operação, que no fundo é uma opção entre muitas outras disponíveis, consoante os termos que definem esta. Substituir dívida por dívida, e aumentando sempre o juro associado, não é de todo uma atitude inteligente. Eu faria questão de não só garantir o capital suficiente à substituição, como aumentaria o pedido em cerca de 10 milhões de euros. É preciso investir, rentabilizar e, depois, vender. Só com este processo será possível pagar aquilo a que o SCP se compromete fazer.

Sem imbuir uma óptica de investimento neste tipo de operações, chegaremos a um ponto é totalmente insustentável sequer pensar em servir apenas a dívida, ou seja, pagar os juros. Estamos a incorrer em endividamento improdutivo. Este é o tipo de endividamento que destrói empresas.

Esta operação visa saldar uma outra feita anteriormente, correcto?
[...]
Quanto a quem teme pelo futuro do Sporting, não temam, pois haverá Sporting enquanto houver gente cobarde, ingrata e dúplice (os três eixos do Sportinguismo contemporâneo).
[...]
Falam em juros elevados?

Vou contra a corrente, até acho que a taxa está mal calculada, depois dos resultados e operações dos últimos anos, o risco que acarreta está declaradamente nivelado por baixo. Os malucos que invistam.

Obviamente. Mas não deixa de ser uma oportunidade, com dizes, para quem o tem. A SAD não vai falir em 3 anos, e para quem não lhe faça falta uns milhares isto é aliciante. Espero que os malucos estejam de boa maré e que o SCP aproveite a maluqueira.
Sim, danielw. Destina-se a liquidar outro empréstimo que vence agora. Daqui a 3 anos emite-se outro... quanto maior fosse o montante agora a emitir, maior seria o valor a substituir nesse prazo.

Gonçalo. Vê os gastos do Barcelona com transferências e vês que não são nada comedidos... que quem suporta os resultados desportivos, ano após ano, são mega estrelas como Xavi, Iniesta, Messi e outros como Valdés, Puyol, Busquets, Pedrito e que não são poucos os que custaram dezenas de milhões e que não resultaram.

Por alguma razão estão numa situação financeira aflitiva.

Mas é incomparável. Não conseguimos segurar nem permitimos um crescimento sustentados aos nossos jovens por falta de uma estrutura base de qualidade e falta de condições para o sucesso. Não temos Ronaldo, Nani, Quaresma, Veloso e outros no plantel nem obtivemos deles o rendimento desportivo nem financeiro que poderíamos ter tido ( salvo excepção Nani )...

Defendo um paradoxo, investimento forte numa estrutura forte que permita rendimento imediato e retorno futuro, para criar menos atritos e potenciar a integração dos nossos jovens.
« Última modificação: Junho 26, 2011, 19:29 pm por Lion73 »