Votação

Quem foi para ti o dirigente da época?

Gilberto Borges - Hóquei em Patins
19 (38.8%)
Miguel Albuquerque - Futsal
27 (55.1%)
Moniz Pereira - Atletismo
1 (2%)
Mário Patrício - Vice-Modalidades
1 (2%)
Mário Casquilho - Museu
0 (0%)
Costinha - Director Futebol
0 (0%)
José Couceiro - Director Geral + Treinador Interino
1 (2%)
Diogo Matos - Escolas Academia Sporting
0 (0%)
Pampulha - Andebol (Formação)
0 (0%)
Miguel Almeida - Ténis de Mesa
0 (0%)

Votos totais: 41

Votação encerrada: Julho 02, 2011, 21:14 pm

[Votação] Dirigente da época - VOTAÇÕES ABERTAS

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Por sugestão do nosso estimado forista CARLOS10ALMEIDA no seguimento das votações de MVP e Jogador Jovem da época em futebol; trago votação para dirigente do ano.

Mas primeiro que tudo precisamos de eleger os nomeados e conto com vocês para sugestões! Peço abrangência por quase todas as modalidades!

SL
« Última modificação: Junho 24, 2011, 16:36 pm por AKi9 »
Por um Sporting construído de baixo para cima, e não de cima para baixo.
O Engenheiro Gilberto Borges
Miguel Albuquerque
Moniz Pereira
“Para mim, o Sporting é como uma mulher que se ama logo à primeira vista. Um homem pode conhecer várias mulheres, mas há sempre ‘aquela’, a especial. Independentemente de ficarmos com ela ou não, lembramo-nos dela para sempre!” De Franceschi
Caso a votação seja em tons da ironia, pegando no futebol com as seguintes sugestões:

1) Bettencourt - Primeiro presidente remunerado da História do Sporting (Santana Lopes não era oficial), pior Presidente da História do Sporting no cúmulo dos resultados desportivos, financeiros e patrimoniais;
2) Castro Guedes - Este administrador da SAD conseguiu comprar um novo número de sócio, acumular prejuízos na SAD e aguentar o seu tacho no Sporting.
3) Costinha - O ministro do Chapitô pelo excelente contrato com o amigo Maniche. Outro que bateu com a porta e tentou fugir pelos pingos da chuva.
4) Couceiro - Em 6 meses conseguiu ser contratado, despromovido e receber uma indemnização.

Nas modalidades;

5) Mário Patrício, pela sua prestação na Assembleia Geral do Sporting onde agrediu pessoalmente um sócio. Tendo dado ordens para outros sócios serem coagidos moralmente e fisicamente.

Sem ironia o dirigente da época deveria ser o Eng Gilberto Borges, pelo excelente trabalho desenvolvido no Hóquei.
"Reforçamos ainda a solução que temos vindo a defender para a sustentabilidade do Clube:
a)   O afastamento do Clube de todos os dirigentes envolvidos no “Projecto Roquette” e com responsabilidades na gravíssima situação actual, apuradas após a realização de uma verdadeira auditoria de gestão. Pedido de indemnização cível pelos danos causados ao Sporting Clube de Portugal;
b)    A renegociação firme, corajosa e realista da dívida bancária, de forma a reduzir drasticamente os encargos financeiros anuais; 
c)    A redução drástica dos custos com pessoal, como ponto de partida para que se alcance o equilíbrio da exploração operacional. Se analisarmos as últimas épocas, bem como o descalabro no balanço entre contratações e vendas de jogadores, facilmente verificamos duas realidades: (i) maior investimento não tem sido sinónimo de maior rendimento desportivo, (ii) os maiores encaixes financeiros com venda de jogadores foram com jogadores formados no Clube, e não com jogadores adquiridos pelas administrações e gestores de activos profissionais da SAD."
 - Candidatura Independente ao Conselho Fiscal e Disciplinar
1 - Miguel Albuquerque
2 - Gilberto Borges
3 - Moniz Pereira
4 - Mário Patrício
5 - Mário Casquilho (Pelo trabalho no Museu Sporting)
1 - Miguel Albuquerque
2 - Gilberto Borges
3 - Moniz Pereira
4 - Mário Patrício
5 - Mário Casquilho (Pelo trabalho no Museu Sporting)

O Mário Casquilho pelo comportamento inqualificável nas eleições...
"Reforçamos ainda a solução que temos vindo a defender para a sustentabilidade do Clube:
a)   O afastamento do Clube de todos os dirigentes envolvidos no “Projecto Roquette” e com responsabilidades na gravíssima situação actual, apuradas após a realização de uma verdadeira auditoria de gestão. Pedido de indemnização cível pelos danos causados ao Sporting Clube de Portugal;
b)    A renegociação firme, corajosa e realista da dívida bancária, de forma a reduzir drasticamente os encargos financeiros anuais; 
c)    A redução drástica dos custos com pessoal, como ponto de partida para que se alcance o equilíbrio da exploração operacional. Se analisarmos as últimas épocas, bem como o descalabro no balanço entre contratações e vendas de jogadores, facilmente verificamos duas realidades: (i) maior investimento não tem sido sinónimo de maior rendimento desportivo, (ii) os maiores encaixes financeiros com venda de jogadores foram com jogadores formados no Clube, e não com jogadores adquiridos pelas administrações e gestores de activos profissionais da SAD."
 - Candidatura Independente ao Conselho Fiscal e Disciplinar
jnrodrigues, nem sabes (ou deves saber) a dificuldade que tive em enumerar 5 nomes, coloquei o Casquilho somente por causa do Museu. Se fosse a avaliar pelas pessoas em causa, limitava as minhas escolhas às 3 primeiras.
jnrodrigues, nem sabes (ou deves saber) a dificuldade que tive em enumerar 5 nomes, coloquei o Casquilho somente por causa do Museu. Se fosse a avaliar pelas pessoas em causa, limitava as minhas escolhas às 3 primeiras.

A luta tem de ser entre os 3 primeiros, exactamente as minhas escolhas. Mas sinceramente para mim não consigo votar em nenhum dos 3  :inde:
“Para mim, o Sporting é como uma mulher que se ama logo à primeira vista. Um homem pode conhecer várias mulheres, mas há sempre ‘aquela’, a especial. Independentemente de ficarmos com ela ou não, lembramo-nos dela para sempre!” De Franceschi

O Pedro Soares no Judo tem feito um trabalho notável, mas mais como treinador, não?
QUERO    UM   SPORTING
CREDÍVEL  -  LIMPO  -  AMBICIOSO
1 - Lino de Castro
2 - Mário Patrício

Ambos pela noção que têm de democracia

Sugiro ainda à votação:

Diogo Matos (EAS)
Pampulha (Andebol Formação)
Miguel Albuquerque (Futsal)


SAUDAÇÕES LEONINAS
CARLOS ALMEIDA
16.126
SPORTING SEMPRE 10RGULH0
1 - Lino de Castro
2 - Mário Patrício

Ambos pela noção que têm de democracia



o afinador?   :lol:
"Brace Yourselves, Winter is Coming. "
1 - Lino de Castro
2 - Mário Patrício

Ambos pela noção que têm de democracia



o afinador?   :lol:

É ironia do bigfoot.
1 - Lino de Castro
2 - Mário Patrício

Ambos pela noção que têm de democracia



o afinador?   :lol:

Cuidado, olhem que se o metem na votação ele afina-a de forma a ganhar :whistle:

Gilberto Borges.
Aki,

És o Rei das votações  ;D
Substituam lino de castro por "You Know Who" ou "He Who Must Not Be Named" porque não consigo ler o nome desse tipo  >:D
Miguel Albuquerque
Gilberto Borges
Miguel Almeida.
Grande trabalho na secção de Ténis de Mesa.
Podemos não ter chegado à final do campeonato, mas vencemos a Taça de Portugal. E, o trabalho deste dirigente, tem sido notável.
Leão ao peito, SPORTING no coração!
Ecletismo: uma bandeira do Sporting Clube de Portugal!
O dirigente do ano e claramente Lino de Castro, o dirigente da golpada. De caras e a grande distancia da concorrencia!
Quero começar isto em breve! Aguardo últimos nomes!
Por um Sporting construído de baixo para cima, e não de cima para baixo.