Fernando Peyroteo - O Melhor Goleador da História do Futebol

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Único jogador a marcar um hat-trick de hat-tricks num só jogo de primeiro escalão a nível mundial.

3x3 no Sporting 14:0 Leça

03' 10' 23'
38' 47' 50'
60' 80' 88'
Muito bem Aproveitado pelo Sporting trazer a Homenagem do Centenário do nascimento do Peyroteo e os seus feitos para esta eliminatória da Liga Europa dado que foi exactamente o Atlético de Madrid que veio a Lisboa fazer o jogo de despedida do Maior Goleador de sempre do Futebol Português

Enviado do meu SM-J320FN através do Tapatalk

ESFORÇO, DEDICAÇÃO, DEVOÇÃO E GLÓRIA
https://socionumminuto.pt/
Página do Peyroteo em inglês na Wiki disponível desde ontem: Fernando Peyroteowiki
Citar
Lendas do Universo Sportinguista: Fernando Peyroteo
Por Jorge Faria Sousa - 30/04/201

Fernando Peyroteo, a máquina de fazer golos! Peyroteo foi o melhor marcador de sempre do futebol português, com 706 golos em 435 jogos. Se contarmos apenas com jogos oficiais, o goleador leonino somou 543 golos em 343 jogos.

O maior goleador de sempre, Fernando Peyroteo, iniciou a sua carreira em Angola, onde representou o Atlético Moçâmedes, o Académico Sá da Bandeira, até chegar ao Sporting de Luanda. Transferiu-se para o Sporting a troco de quinhentos escudos, com um vencimento de setecentos.

O “stradivarius” dos “Cinco Violinos”, chega ao Sporting na época de 1937/1938, durante doze temporadas vestiu de leão ao peito. Nesse período venceu um Campeonato de Portugal, cinco Campeonatos Nacionais, oito Campeonatos de Lisboa e uma Taça do Império, sendo um dos jogadores mais titulados da história do Sporting.

Com a camisola verde e branca, Peyroteo marcou 706 golos em 435 jogos, sendo o melhor marcador do Campeonato Nacional por seis vezes, estabelecendo um recorde de 43 golos em dezanove jogos, que só seria batido em 1974 por Yazalde que marcou 46 golos mas em 29 jogos. Em competições oficiais, Peyroteo deixou vários recordes, num só jogo marcou nove golos ao Leça e oito ao Boavista, conseguindo ainda marcar seis golos numa única partida por quatro vezes, cinco por nove vezes, quatro por dezoito vezes e três por 41 vezes, apenas em competições oficiais.

Outro facto na sua carreira foi ter sido o primeiro jogador a marcar um golo no Estádio Nacional, ao inaugurar o marcador no jogo em que o Sporting derrotou o Benfica por 3-2 com dois golos seus, conquistando a Taça Império.

O eterno número nove dos leões, representou a seleção nacional por vinte ocasiões, tendo também deixado a sua marca, com quinze golos apontados. Além de atleta, foi ainda selecionador nacional, onde orientou a equipa das “quinas” em dois jogos.

No dia 25 de Setembro de 1949, os sportinguistas despediram-se de uma lenda, Fernando Peyroteo retira-se dos relvados. Na sua despedida, conquista a Taça de Preparação, ao vencer o Atlético de Madrid por 2-1.

Uma carreira de títulos, vitórias e golos! O “stradivarius” apoiado por Jesus Correia, Vasques, Travassos e Albano, os “Cinco Violinos”.

Para sempre, ficará na história do desporto nacional, o maior goleador de sempre. Na história do Sporting Clube de Portugal ficarão sempre os golos, as vitórias e os títulos que conquistou de leão ao peito. Para sempre será o sócio número nove do Sporting Clube de Portugal, Fernando Peyroteo.

Bola na Rede
Expliquem me uma coisa: não ficou aprovado na AG de dia 3 de fevereiro a atribuição perpétua de numero 9 de sócio ao peyroteo? Pk então o mesmo não ficou inscrito nos estatutos, nesta ultima alteração??
Em 1º sempre o grande Sporting!!
.
.
LIIIIINNNNDDOOOOOOOOOO

Enviado do meu SM-J320FN através do Tapatalk

ESFORÇO, DEDICAÇÃO, DEVOÇÃO E GLÓRIA
https://socionumminuto.pt/
Guardei como recordação, selos
comemorativos de peyroteo, emitidos pelos ctt..
Em 1º sempre o grande Sporting!!
ESFORÇO, DEDICAÇÃO, DEVOÇÃO E GLÓRIA
https://socionumminuto.pt/
Nunca esquecendo o registo absolutamente estratosférico de golos que marcou, Peyroteo é para mim uma referência incontornável do clube porque, depois de ter dado a palavra ao Sporting, foi fortemente assediado pelos fruteiros e escolheu honrar o seu compromisso.
O resto é a história que todos conhecemos, um goleador ímpar E um homem de carácter. Daqueles que já não se fazem.
Daí a minha singela homenagem. 
"Não é o Sporting que se orgulha do nosso valor. Nós é que nos devemos sentir honrados por ter esta camisola vestida."
Francisco Stromp
Já cá canta. Leitura Obrigatória.

Enviado do meu SM-J320FN através do Tapatalk

ESFORÇO, DEDICAÇÃO, DEVOÇÃO E GLÓRIA
https://socionumminuto.pt/